Como Esquecer Alguem Que Nos Faz Sofrer?

Como Esquecer Alguem Que Nos Faz Sofrer?

Você quer saber como esquecer um amor? Muitas pessoas querem saber isso, pois sofrer por uma pessoa que não quer nada com você é uma dor terrível. O sofrimento de muitas pessoas
está no fato de gostarem muito de alguém, mas não serem correspondidos da mesma
forma. E quando isso acontece é quase uma dor crônica, pois, não ter de uma
pessoa o mesmo sentimento que se espera dela, faz com que fiquemos cheios de aflição,
tristes e causa até certa agonia. Existe uma frase muito bonita que diz:

“Só
porque uma pessoa não te ama do jeito que você quer, não significa que ela não
te ama com tudo que pode
”, mas será realmente isto verdade?

Os motivos para alguém não te
valorizar podem ser os mais variados e vão desde a pessoa não gostar de você, até ela está brincando com seus sentimentos, porém para muitas pessoas isso já
chegou a um limite onde já não é possível aguentar mais nada desse alguém que
não a corresponde, e chega uma hora em que a pessoa diz para si mesmo: Como esquecer um amor que não me valoriza? Será que devo esquecer mesmo ou aprender como reconquistar esta pessoa?

Abaixo estão algumas dicas e conselhos que
podem ser úteis para os mais variados tipos de casos:

Como Esquecer Alguem Que Nos Faz Sofrer?

Se você está em um relacionamento
e não se sente valorizado por este alguém, pode ser que seu amado ou amada não
goste de você verdadeiramente ou não saiba demonstrar isso do jeito que você
está esperando.

No primeiro caso minha
dica para você é que avalie se vale apena ficar chorando por este amor que não te dá amor de volta ou se é preciso
partir para outra tentativa com outro alguém.

No segundo caso minha dica para
você é que avalie se o ditado que citei logo no começo deste artigo serve para
você, pois, no caso de servir, então você vai ter que arrumar paciência e
costume para estar com uma pessoa que provavelmente nunca vai fazer as coisas
do jeito que você espera.

Mas, se a frase não servir, então abra o jogo com seu
parceiro(a) e diga o que está sentindo e, caso ele ou ela goste mesmo de você, vai
tentar se adaptar às suas exigências.

Mas atenção, você também precisa se
adaptar a seu companheiro(a) para que isso dê certo, pois o amor é uma troca
diária em busca da felicidade. (veja 6 dicas para superar o término de um relacionamento).

Pergunte-se se você realmente quer saber como esquecer um amor ou se gostaria de resgatar o seu relacionamento e deixa-lo melhor.

A pessoa não tem um relacionamento

Quando isso acontece é
normalmente aquele velho caso de amor platônico, quando uma pessoa gosta de
outra, mas esta outra nem sabe que ela existe ou não dá a mínima para isso.

Se
a pessoa a quem se ama nunca te deu a menor esperança de que no futuro pudesse
acontecer um relacionamento entre vocês dois, então porque ficar esperando e
sofrendo por isso? “Caia na real”.

Quando alguém não gosta da gente, tem que ter
paciência, pois o mais importante é seguir em frente em busca da nossa
felicidade.

Não existe essa de: “Ai! fulano não gosta de mim, vou me afogar num
copinho de coca-cola”. Larga isso de mão caramba (hehe). Você tem que pensar é
deste jeito:

“NÃO GOSTA DE MIM? PACIÊNCIA, POIS VOCÊ NÃO SABE O QUE ESTÁ PERDENDO E
LÁ NA FRENTE VOCÊ VAI SE ARREPENDER QUANDO SE DER CONTA DE QUE ME PERDEU”

A frase acima é o espírito da coisa para se valorizar e saber como esquecer um amor. Temos que
nos valorizar em primeiro lugar, só então seremos valorizados por alguém. Podem te interessar ler também o seguinte:

  • Existem dois tipos de pessoas: Aquelas que sofrem e aquelas que escolheram
    não sofrer
    .
  • Aquelas que sofrem normalmente
    são as acomodadas que estão esperando sua felicidade ser entregue pelas mãos de
    outrem.
  • Aquelas que escolheram não sofrer
    são as que, mesmo diante das dificuldades amorosas, resolveram lutar pela sua
    felicidade, pois sabem que só depende delas encontrar o que tanto procuram.

Abaixo deixo 3 recomendações, pois de repente seu caso pode ser que você queira reatar seu relacionamento.

>>> Neste link você aprende um truque simples e poderoso para reconquistar quem ama.

*Você se sentiria feliz em compartilhar este artigo?

Como Esquecer Alguem Que Nos Faz Sofrer?

Somente clique no botão se você nunca foi feliz no amor!

Como Esquecer Alguem Que Nos Faz Sofrer?

Blog: Dia da saudade: dicas de como esquecer alguém que te faz sofrer | Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional

Como Esquecer Alguem Que Nos Faz Sofrer?© Depositphotos.com / 5PH A saudade pode ser um sentimento bastante doloroso, por isso ficar atento para que esse sentimento não se torne um algo excessivo.

O dia 30 de janeiro é marcado pelo Dia da Saudade, um sentimento que não pode ser traduzido em palavras e sequer existe em um em diversas línguas do mundo. Apesar disso, a saudade é tema central da maioria das obras de literatura e letras de música.

Todas as pessoas certamente já sentiram saudade de algo ou alguém, e ela pode até ser um sentimento gostoso e positivo — especialmente quando diz respeito a algum momento feliz.

Por outro lado, a saudade também pode ser um sentimento doloroso e que traz sofrimento.

Em geral, a saudade que causa dor tem relação com relacionamentos abusivos, traições, paixões proibidas, amores não correspondidos ou até mesmo aquele doloroso “não te amo mais”.

Quando um indivíduo está apaixonado, regiões do cérebro associadas aos vícios (álcool, cigarro e cocaína) são ativadas e é preciso estar atento para que a tristeza causada pelo fim do relacionamento não se torne um ciclo vicioso. Neste caso, é necessário um esforço consciente para seguir em frente e esquecer a pessoa que está causando todo esse sofrimento.

Causas da tristeza amorosa

Sofrer por amor é uma consequência da dependência emocional, em que a pessoa projeta suas expectativas e felicidade no outro e passa a depender da pessoa amada para ser feliz. Em geral, pessoas inseguras e que sentem muito medo de assumir a responsabilidade sobre a própria vida tem mais dificuldade em passar por esse processo.

Dicas para esquecer e superar

Fuja do clico vicioso

Da mesma maneira que um dependente de álcool precisa cortar todas as bebidas alcoólicas, superar a dependência emocional exige que você fique longe de tudo o que possa remeter à pessoa que te causa sofrimento. Pelo menos por um tempo, evite olhar fotos, não espie redes sociais e deixe de frequentar os mesmos locais que o outro.

Cuide de você

Mude o foco e passe a dar prioridade para você. Invista em projetos que tragam benefícios para sua vida pessoal e profissional, como um esporte, um curso ou uma viagem.

Trabalhe sua autoestima

Cuide da sua autoestima e comece a gostar de quem você é, aceitando suas fraquezas e ressaltando suas forças

Aposte na ocitocina e dopamina

A ocitocina é conhecida como o “hormônio do amor” e, quando estamos sofrendo por alguém, é natural que os níveis dessa substância caiam drasticamente. A dopamina, por sua vez, é responsável pela sensação de prazer e recompensa.

Portanto, procure fazer coisas que aumentem os níveis destas substâncias no seu organismo: faça exercícios físicos regulares, tenha uma alimentação saudável e reduza o consumo de alimentos ricos em gorduras e açúcares.

Perdoe e encerre a história

Guardar mágoas é como tomar uma dose de veneno todos os dias: só faz mal à sua saúde e torna o recomeço cada vez mais difícil. Não culpe ninguém pelo seu sofrimento, uma vez que é você o principal responsável por sua felicidade.

Dê tempo ao tempo

O tempo é muito poderoso, e você precisa confiar nele. Durante o período de sofrimento, é natural que os dias pareçam se arrastar, mas isso passa. Preencha seus dias com atividades que façam bem a você, contribuam para seu desenvolvimento e espere.

Desenvolva sua Inteligência Emocional

Se você deseja transformar sua vida, encontrar força e coragem para recomeçar e dar a volta por cima, não deixe de conhecer o Método LOTUS — um treinamento de três dias que está transformando a vida de milhares de pessoas

Como esquecer alguém: 6 dicas que funcionam para seguir em frente

Não importa se foi um envolvimento problemático, saudável ou uma paixão platônica que agora precisa ser superada: seguir em frente quando ainda existe sentimento por outra pessoa é desafiador.

“Se houve envolvimento, após a separação as memórias dos momentos felizes vividos ao lado da pessoa vêm à tona quando menos se espera.

Um cheiro, uma música ou passar em frente a um lugar é o suficiente para despertar este tipo de lembrança e, consequentemente, a tristeza por não poder mais estar ao lado do parceiro”, afirma a especialista em neuropsicologia Bia Sant'Anna.

Mesmo quando o sentimento não foi recíproco, superar a paixão também é um processo doloroso. “A tendência humana é fantasiar. Na ausência de um romance, podemos ocupar o espaço mental com aquilo que gostaríamos de viver ao lado da pessoa desejada.

Inicialmente, isso desperta a sensação de prazer. No entanto, ao perceber que as esperanças não têm futuro, parar com este hábito se torna um problema”, explica a profissional.

Em ambos os casos, quem não consegue tirar alguém da cabeça pode se sentir para baixo e perder o ânimo de viver coisas novas.

Leia também:  Como O Libriano Age Quando Esta Apaixonado?

Veja a seguir como dar um basta na situação e finalmente superá-la:

1. Corte o mal pela raiz

A indicação da especialista é ocultar as postagens ou bloquear a pessoa das redes sociais.

“Ficar consumindo conteúdo de alguém depois do término é como tirar constantemente a casquinha de uma ferida: a cicatrização fica quase impossível”, opina.

O psicólogo Roberto Debski complementa: “O corte do contato não precisa ser uma ação permanente. Com o tempo, conforme as emoções se acalmam, é possível retomar o convívio amigável entre as partes. Mas o ideal é dar tempo ao tempo”.

2. Foque no seu bem-estar

Se você pensa tanto em alguém, é sinal de que a companhia real ou imaginária dessa pessoa era, do seu ponto de vista, uma enorme fonte de prazer. “Mas é importante lembrar que ela não é a única. O que antes de conhecê-la lhe proporcionava mais felicidade? Faça uma lista de atividades e aposte nelas para resgatar as emoções positivas”, aponta Bia.

3. Deixe o calendário de lado

Evite pensar: “Faz tantos meses que não estamos mais juntos e ainda gosto dele ou dela”. Pense que está fazendo o seu melhor e buscando a cura. “O tempo é altamente subjetivo. Varia de acordo com o que aquela paixão representou para a trajetória da pessoa e com a estrutura emocional de cada um”, diz a psicóloga.

A profissional também recomenda não se comparar com os demais. “É comum pensarmos que o tempo de recuperação dos outros é mais rápido do que o nosso, porém, é um grande erro. Dores são individuais e não podem ser medidas em intensidade, nem em tempo”.

4. Não projete o alívio em um novo amor

Já ouviu dizer que, para superar de verdade alguém, só se envolvendo com uma nova pessoa? A frase tem um fundo de verdade. “O prazer de um romance novo funciona como um gás para esquecer um amor antigo”, explica Bia. No entanto, depender de um novo envolvimento para recuperar o bem-estar emocional é perigoso.

“O melhor é não sair de uma relação já entrando em outra, mas sim aprender as lições que aquela experiência lhe trouxe e apreciar a própria companhia, para, em seguida, voltar a se relacionar intimamente com alguém”, opina Roberto.

5. Deixe a natureza agir

Se alguém lhe disser: “Não pense em um elefante branco”, qual será a primeira imagem que virá a sua cabeça? A lógica é a mesma ao superar uma paixão. “O correto é ampliar as fontes de prazer e estar aberta ao novo. Jamais deixar a ideia de seguir em frente se tornar uma obsessão, pois dessa forma, os planos não irão funcionar”, acrescenta a psicóloga.

6. Honre sua própria história

Ainda que a relação não tenha sido das melhores, ela fez parte da sua vida e contribuiu para a formação da pessoa que você é. “Logo, a ideia de esquecer completamente alguém é inalcançável e pouco saudável.

Por mais dolorosa que tenha sido a experiência, ela merece ser respeitada”, aconselha Bia. Roberto concorda: “Quando nos esquecemos de um problema, podemos repeti-lo no futuro.

O melhor é entender sua origem e aprender com ele, para que o próximo relacionamento seja mais saudável”.

Saiba como esquecer alguém que não gosta de você em oito passos

Se existe algo difícil nessa vida é tirar do coração o que a mente insiste em lembrar. Um perfume, uma música, um lugar… Tudo conspira contra e faz lembrar esse alguém. Tem momentos que você até acha que está conseguindo esquecer, mas sempre tem alguém que pergunta sobre vocês e lá vem ele de volta à sua mente.

É, não é uma façanha nada fácil! Mas a nossa missão aqui é te ajudar, portanto fique atenta às dicas abaixo e em oito passos tire-o de uma vez por todas dos seus pensamentos.

1. Pense no por que você deve esquecê-lo

Foto: © Depositphotos

Você precisa ter convicção de que precisa esquecer esse homem. Quais podem ser os motivos?

  • • Você cansou de sofrer por alguém que não te dá valor e te faz sentir-se inferior frequentemente;
  • • Ele já demonstrou que não quer nada com você;
  • • Vocês terminaram e a fila já andou pra ele;
  • • Ele te traiu e demonstra que não mudou;
  • • Ele é casado e nunca será seu!
  • • Você o ama, mas ele é homossexual!

Seja qual for o motivo, reconheça que você precisa e quer esquecer esse homem. Reconheça que esse sentimento está prejudicando a sua vida e você precisa acabar com ele antes que ele acabe com você! (Até quando vale a pena lutar por um amor impossível?)

Então, os primeiros passos para uma mudança é entender o ‘motivo’ da mudança, ‘querer’ mudar e a partir daí tomar ações!

2. Decida esquecer e aja!

Quando você aceitar que precisa esquecer alguém, você deve fazer por onde. Raciocínios alimentam hábitos, portanto a coisa começa na mente! Se obrigue a não ficar relembrando bons momentos que passaram juntos, não ficar imaginando se tudo tivesse sido diferente… Não queira saber o que ele tem feito e não fuce as redes sociais em busca de informações sobre ele.

Evite a qualquer custo olhar fotos dele, perfume ou mesmo presentes que ele te deu. Você precisa esquecê-lo, então fique longe de coisas que vão alimentar sua mente com ele.

Pode ser difícil, mas uma ação que ajuda muito é jogar tudo o que ele te deu fora! Rasgue fotos de vocês, bilhetes que hoje não fazem mais sentido relerem… Jogue-os fora! Pra que ‘lembranças’ de algo que você deve esquecer?

3. Mude a rotina

Às vezes é difícil esquecer alguém porque ele fazia parte da nossa rotina. E quando infelizmente chega um momento em que a gente tem que deixá-lo ir, é dureza continuar sem ele. Logo, você terá que se ‘esforçar’ e evitar fazer as coisas que faziam juntos.

Foto: © Depositphotos

  1. Portanto, mude os hábitos, destrua aquela rotina! Por exemplo:
  2. • Se você corria com ele pela manhã, que tal correr à tardinha?
  3. • Ou que tal entrar numa academia e conhecer gente nova, ter outras companhias na atividade física?
  4. • Evite ir aos lugares que costumava ir com ele, evite até se possível, frequentar a mesma padaria que ia antes com ele;
  5. • Evite ficar em casa no dia em que vocês costumavam sair pra curtir. Saia dessa vez com bons amigos e se divirta feito louca, sem parar pra imaginar onde ele pode estar nesse momento;
  6. • Se durante o dia bater aquela vontade de ligar pra ele para saber como anda o dia dele (coisa que você costumava fazer) ignore esse sentimento e ligue para alguém que realmente mereça sua preocupação como sua mãe ou sua melhor amiga. Preocupe-se com quem vem e fica não com quem vem e vai;

• Esqueça filmes românticos durante esse processo, porque o romance só te fará lembrar-se dele ainda mais. Você vai se colocar na situação do casal da ficção e estragará a sua realidade, talvez te fazendo sofrer uma dura recaída.

Trace uma nova rota pra sua vida e siga em frente sem olhar pra trás.

4. Reabasteça-se de amor próprio

Se você vive esse dilema onde precisa esquecer alguém isso significa que você sofreu muito até aqui.

Se não houver mais alternativas para a relação de vocês além do esquecimento, isso indica que seu coração está magoado, eu sei… Então pare e reflita no que você pode fazer para ajudar a si mesma.

Estamos cansadas de saber que antes de amar alguém, precisamos nos amar primeiro! (Passo a passo para você esquecer o primeiro amor)

Não permita que alguém que não merece seja prioridade na sua vida! Cuide de você, cuide dos seus pensamentos, cuide de sua saúde e do seu bem-estar.

Olhe no espelho e veja a mulher linda e inteligente que és e sorria de quem não se achou um sortudo só pelo fato de ter você na vida.

Não coloque sua intensidade onde não há nada! Recolha todo o amor que você tinha a oferecer para ele e preencha os espaços vazios do seu coração.

5. Não se isole!

Quem disse que pra esquecer alguém é preciso se trancar no quarto e esperar o tempo curar? Você já esperou uma panela de água ferver olhando pra ela o tempo todo e parecia que nunca ia borbulhar? É a mesma coisa, enquanto você ficar parada esperando o tempo levá-lo embora de você, vai demorar muito mais do que você imagina!

Foto: © Depositphotos

Então, ocupe-se! Nada de faltar aula, emprego ou saidinha com as amigas. Estude, faça novos planos para sua vida, mude o visual, renove o guarda-roupa e até aceite convites daqueles que podem distrair seu foco do dito cujo que você deve esquecer. Viaje, conheça novas culturas… Faça o que for, mas não se isole!

6. Ocupe a sua mente e a vida com coisas e pessoas que realmente valem a pena!

Nunca, jamais deixe que sentimentos negativos puxe a cadeira e sente ao seu lado. Quando isso começar a acontecer, levante-se e saia do recinto. Quanto mais você ocupa sua mente com coisas necessárias, as sem importância vão perdendo espaço.

Leia livros de autoajuda, livros que aumentem sua autoestima. Se achegue àquelas pessoas que te fazem realmente bem e que te estimulam a seguir em frente sem comentar do seu passado, e sem te incomodar com enquetes de como será seu futuro sem ele. Você precisa estar perto de pessoas que te auxiliem na caminhada para longe dele. Então, escolha bem quem estará ao seu lado nessa etapa da vida.

Leia também:  Quem Realizou O Filme Como Agua Para Chocolate?

7. Se for pra lembrar, lembre-se do mal que ele te causou!

Não ignore os momentos ruins que você passou com ele ou por ele. Algo que nos afasta de alguém é lembrar para onde você não quer voltar. Ao invés de relembrar os momentos bons que você passou ao lado dele, como já dissemos, substitua pelos momentos que você não gostaria de repetir.

Foto: © Depositphotos

  • Não esqueça:
  • • Quando ele agiu com ignorância com você e te agrediu com palavras ou até mesmo com força física.
  • • Quando ele te traía descaradamente e sorria como se nada tivesse acontecido ou até mesmo acusava falsamente você de estar fazendo o mesmo.
  • • Quando ele te fazia sentir-se inferior a ele ou às outras mulheres.
  • • As lágrimas que ele te fez verter;
  • • Toda dor que ele te causou;
  • • Os constrangimentos que ele te fez passar;
  • • As promessas que ele não cumpriu fato pelo qual agora você se vê obrigada a esquecê-lo de vez.

8. Mantenha o foco no seu futuro!

Deixe o passado no seu devido lugar, lá atrás… O tempo não para, acompanhe o ritmo dele e siga em frente. Esqueça os planos que havia feito com ele e deixe-o saber que não são mais dele.

Não mude a página, mude o livro! Sim, mude a rota, faça novos planos para sua vida e não se permita não concretizá-los dessa vez.

O que tem que ser infinito em nossa vida e em nosso coração é o que nos faz bem.

O que não for, apague de uma vez e abra espaço para quem realmente deseje e prove que valerá a pena ficar. Não importa o que você viveu com ele, confie e mentalize o seu futuro! Mate o passado e vá viver a sua vida! Ninguém depende de ninguém para ser feliz além de si mesmo. O resto é consequência!

Por Ádria Valença / Redação: Dona Giraffa

Mais sobre este assunto:

• Como esquecer um amor não correspondido

• 10 dicas para esquecer um grande amor

• Como esquecer um amor que não deu certo

• 10 dicas para esquecer seu ex-namorado

• Ele diz que me ama, mas trai. Por que homens agem assim?

10 coisas que não se deve fazer para esquecer alguém

O que você está procurando?

Após ter tido o privilégio de conhecer muitas pessoas através do contato no site, notei que grande parte (homens e mulheres), estão em Estado Depressivo devido ao término conturbado de um relacionamento amoroso, independente do motivo que levou ao fim do mesmo.

O fim de um relacionamento em si traz muito sofrimento para ambas as partes, principalmente para quem amou demais o seu parceiro. Talvez você discorde, porque em algumas situações é praticamente impossível acreditar que o outro sofreu de alguma forma, mas o término sempre deixa uma lacuna aberta.

A rotina com aquela pessoa, quando é quebrada de vez e nunca mais volta, deixa um vazio, pois nos acostumamos com o jeito daquela pessoa, com a maneira de falar, agir e viver. Porém, nada como o tempo para curar essa sensação de vazio. E nada como um outro romance para você deixar de pensar naquele que não deu certo.

Além da dor do fim, existem alguns fatores que te ajudam a sofrer ainda mais pelo relacionamento que não deu certo.

Sentimento de culpa (eu fiz algo de errado, não fui boa o bastante, eu não enxerguei que ele (a) não valia a pena), de vergonha (o que vou dizer para as pessoas? Sempre fui segura de mim e não deu certo), medo (nunca mais vou encontrar alguém que me faça sentir o que ele (a) me fez sentir), e entre muitos outros sentimentos são muito prejudiciais, mas infelizmente na maioria dos casos é muito difícil esquivar-se deles.

Quando nos dedicamos a alguém, mudamos nossa vida, nossos desejos, nossos objetivos, somos fiéis e leais à outra pessoa, mas os sentimentos dela não são recíprocos, isso nos provoca um sentimento negativo, onde nos sentimos inúteis, usados, a autoestima vai lá para o chão, a segurança se esconde, e a tristeza por não termos sido reconhecido pelos nossos atos toma conta da gente. Então nos perguntamos o tempo todo: onde eu errei? Por que estou passando por isso? Será que o amor verdadeiro não existe mais, ou eu que não soube viver um relacionamento? Não fui capaz de fazer o outro feliz?
O grande problema está aí. Independentemente de quem terminou o relacionamento. Nos culpamos o tempo todo e todo o tempo. Como se a culpa de todo o fim fosse nossa. Até quando terminamos com alguém, ficamos mal, porque pensamos: poxa vida, passei tanto tempo sendo cauteloso para me relacionar com alguém certo, e fui escolher justo ele (a). Ninguém deseja estar com alguém, se apaixonar e viver momentos felizes e de repente descobrir que aquilo tudo foi ilusão. Temos que aprender a tirar coisas boas do fim de um relacionamento. Podemos aprender muito até mesmo com essas experiências, para que no próximo relacionamento os erros não se repitam. Podemos descobrir atitudes nossas que desagradam os outros, assim como atitudes que não toleramos nos outros.

Portanto, se o relacionamento acabou, o que nos resta é aceitarmos e lutar para superar e esquecer o ex parceiro (a). E o primeiro passo é QUERER esquecer o parceiro. Mas existem indivíduos que fazem coisas que em vez de ajudar, só prejudica ainda mais.

Você entrou em Depressão devido ao término? Tudo bem, emoções fortes podem sim causar grandes transformações em nosso estado mental, porém se você não quiser passar o resto da sua vida sofrendo por uma relação que não deu certo, perdendo a chance de conhecer outra pessoa, você precisa deixar alguns hábitos para trás.

Em suma, existem 10 comportamentos que devem ser evitados:
1. Ficar remexendo as redes sociais do parceiro (a), para manter-se informado de tudo que o mesmo (a) está fazendo;
2. Guardar as fotos do relacionamento e ficar revendo-as;
3. Ficar se lamentando o tempo todo pelo fim;
4. Achar que não vai ser mais feliz com ninguém;
5.

Ficar arranjando motivos para falar com ele(a);
6. Investigar a vida dele (a) para saber se ele (a) já tem outra pessoa;
7. Escutar as músicas do relacionamento que te fazem lembrar dele (a);
8. Se trancar no quarto e não ter mais vida social;
9.

Ficar torcendo para que o outro não seja feliz também (por mais que o parceiro (a) mereça se dar mal de algum jeito, ficar torcendo para que isso ocorra com ele (a), é manter seus pensamentos nele (a), coisa que você deve banir da sua mente);

10. Desistir do amor, achando que todo homem ou toda mulher é igual;

Enfim, se você parar a sua vida por conta do término de um relacionamento, mais difícil será para você superá-lo, pois irá sobrar tempo para você pensar, se lamentar, sofrer e chorar por algo que definitivamente não te fez bem. Se algo provoca o seu sofrimento, então você precisa aprender a afastá-lo de ti.

Sei que é complicado, que muitas vezes existe uma esperançazinha lá no fundo do coração, que faz você pensar que pode ser que um dia a pessoa mude, que te reconheça e venha te pedir perdão, ou qualquer outra coisa que reverta a situação.

É extremamente importante cultivar o amor próprio, cuidar de você, fazer coisas que você gosta, e preencher a sua vida com coisas edificantes. Existem casos de casais que terminam e depois voltam, contudo você jamais deve alimentar essas esperanças e ficar vivendo em função de algo que talvez nem aconteça.

Pode ter muita gente ao seu redor querendo apenas uma chance de estar contigo para valer.
Todos devem aprender a entrar num relacionamento de cabeça fria e racional. A paixão cega as pessoas e você deixa de dar importância a pequenos aspectos que, muitas vezes, deixam claro que a pessoa não é a certa para você.

Fique ciente de que ninguém é incapaz de magoá-lo ou decepcioná-lo. Às vezes achamos que aquela pessoa nunca irá fazer algo ruim para a gente e, quando isso acontece, a decepção é maior. Nada de idealizar relacionamentos. A ilusão é um dos fatores que mais promovem o fracasso dos relacionamentos.

Vemos aquele ser como perfeito, incrível e quando de fato passamos a conviver, tudo muda, a paixão some e o relacionamento enfraquece até chegar ao fim.
Na maioria dos casos, os casais começam um namoro sério sem uma base sólida. Sem um propósito real.

Muitos pulam o namoro (que deve ser o meio pelo qual você avalia se o parceiro é alguém que você possivelmente quer para a sua vida) e já vai morar junto ou se casam muito rapidamente. É preciso muita paciência, força de vontade e pensamentos racionais para lidar com um relacionamento amoroso. Essa história de ouvir o coração, comigo não cola.

Seja lá qual o motivo pelo qual você ou o seu parceiro (a) terminou o relacionamento, você precisa superar isso para não se machucar mais. Nada é imutável. Passamos por constantes mudanças na vida e algumas delas não estão nos nossos planos, mas reconheça que é necessário e extremamente fundamental agir para lutar contra os sentimentos ruins que essas mudanças às vezes nos trazem. Bora sair dessa? Dar um ponto final nesse sofrimento? Sei que é um processo demorado e difícil, mas você vai conseguir.

Espero que tenham gostado. Me contem suas histórias. Algum de vocês já passou ou está passando por algo parecido? O que está fazendo para superar esse obstáculo? Um grande abraço e fiquem com Deus.

Leia também:  Bluetooth O Que É E Como Funciona?

Esquecer um amor: psicólogos revelam os 5 maiores segredos para superar um ex

Esquecer um amor é uma das tarefas mais difíceis que os seres humanos têm que encarar. O luto amoroso se assemelha muito ao luto de morte, e por isso especialistas assemelham a dor de um término de namoro ou de um divórcio à dores físicas, de tão intensos que são os sentimentos que se manifestam nos nossos corpos após um rompimento.

Para a psicologia, a facilidade ou dificuldade que certos grupos de mulheres têm para esquecer um amor varia de acordo com as experiências anteriores que cada uma viveu, com as suas relações primárias, como foram os seus relacionamentos com pais, familiares e amigos na infância, com traumas pessoais e também com a autoestima.

Segundo o Dr. David Braucher, psicólogo clínico de Nova York, há três fatores que tornam os processos de recuperação após um rompimento amoroso algo extremamente complexo: confusão, vergonha e solidão.

A confusão vem da ideia de que enquanto o ex estiver na nossa mente não conseguiremos superá-lo e a nossa vida ficará estagnada; a vergonha é pelo fato de amarmos alguém que não nos quer mais ou quem já terminamos a relação; e a solidão sentimos principalmente quando não temos familiares e amigos ao lado para dividir o momento, ou ainda, quando esses mesmos já ajudaram com conselhos e apoio mas a pessoa não seguiu em frente e eles acabam se afastando por ‘falta de paciência’.

Outro sintoma bastante claro que faz com que continuemos apegadas a um ex-namorado ou um ex-marido é quando idealizamos a nossa felicidade nele e colocamos a pessoa em um pedestal e uma posição de herói e como se fosse o ‘nosso salvador’.

A idealização e a projeção são muito comuns, e o maior problema que elas causam é que no decorrer do tempo, fazem com que apaguemos e esqueçamos os problemas, as brigas e as partes ruins do relacionamento e deixemos apenas os momentos bons.

Essa memória adocicada dos fatos é o que os psicólogos chamam de ‘memórias eufóricas’, e quando estamos vulneráveis depois de um término ou de uma separação, podem nos sabotar e prejudicar muito, já que criam uma espécie de barreira que dificultam o nosso inconsciente de esquecer o ex já que ele é lembrado como alguém ‘perfeito’ e com apenas qualidades e pontos positivos.

Como esquecer um amor segundo a psicologia

Enquanto não existem fórmulas mágicas para deixar uma pessoa no passado, podemos usufruir dos processos que podem nos ajudar a lidar com o momento, e que, se usados em conjunto, irá te fazer superar o ex, esquecer um amor e seguir com a sua vida em frente.

1. Inspire-se em quem superou o ex

A psicóloga da Universidade de Stanford, Dra. Kelly McGonigal, afirma que é cientificamente comprovado que podemos ter motivação e bons resultados quando seguimos os passos de pessoas que admiramos.

Pense em uma mulher que conseguiu superar o fim de um relacionamento difícil, soube como esquecer um amor e seguiu em frente. Pensou? Então, você vai lembrar sempre dela.

Você tem euzinha que vos fala e o UNIDAS DA FOSSA inteiro para se inspirar e motivar.

Como eu já disse algumas vezes aqui no site, no canal e nas redes sociais, eu só criei o UDF porque eu gostaria muito de ter lido e acompanhado uma pessoa real que esqueceu o ex e que ‘conversasse’ comigo de igual para igual.

Como não existia na internet um projeto assim, eu mesma criei. Você pode seguir o meu guia com dicas para superar o ex definitivamente, assistir meus vídeos e se jogar em milhares de conteúdos que criei aqui.

Além de mim, siga os passos de alguma amiga que você tenha e que conseguiu sair muito melhor do término de namoro ou do casamento. Inspire-se nela, você vai ver que não é a única a viver essa fase ruim, que não está sozinha e que tudo passa.

2. Substitua um vício pelo outro

Cuidado: não significa encontrar um outro relacionamento rápido só para preencher a lacuna.

A ideia é resgatar atividades antigas que você goste – ou descobrir novas – para que a sua mente passe a lembrar de novas conquistas.

Seja um esporte, uma dança, um curso ou qualquer outro hobbie, isso vai te ajudar a canalizar as suas energias da próxima vez que começar a pensar nele ou se sentir chateada.

3. Cuide de si mesma

McGonigal afirma que o estresse é um dos principais gatilhos para desencadear vícios, incluindo desenterrar pessoas do seu passado amoroso.

Quando nos sentimos sobrecarregadas, cansadas ​​ou ansiosas, é desencadeada uma resposta que os psicólogos descrevem como “alívio por contato”, onde nós procuramos por um abraço amoroso que nos faça esquecer de todos os problemas.

Portanto, durante um luto amoroso é importante descansar e relaxar o suficiente para evitar essas reações de emergência do nosso inconsciente.

4. Efeito do urso branco

Parece controverso, mas o que faz um ex nunca sair da nossa cabeça é o fato de fazermos esforços para tirá-lo dos pensamentos. Os psicólogos chamam isso de “efeito do urso branco”: se você tentar não pensar em um urso branco, ele aparecerá na sua mente.

Isso é válido não apenas em relacionamentos amorosos, mas para pessoas que fazem dieta e se esforçam para não pensar em chocolate, ou que tentam parar de fumar evitando pensar em fumar. O resultado será pior. Inclusive existe um estudo que garante que quanto mais tentamos não pensar nos nossos ex, mais provável é que vamos sonhar com eles.

E então você me pergunta: Mas Cami, o que fazer se ele não sai da minha cabeça? E eu te digo: não se desespere. Aceite que pensar no ex faz parte do processo natural para deixá-lo para trás e, acima de tudo, entenda que qualquer lembrança que tiver dele – inclusive nos sonhos – não é nenhum tipo de sinal.

5. Corte a comunicação e arrume suas coisas

Os profissionais da psicologia relembram um ponto que muitas pessoas ignoram, especialmente nos primeiros dias após o rompimento: a necessidade de cortar totalmente o contato com o ex. Ligar, falar no WhatsApp ou pelas redes sociais só servirá para remoer as feridas.

Eu recebo mensagem de muitas mulheres que mantém relações casuais com o ex e têm recaídas na tentativa desesperada de recuperá-los e de voltar o relacionamento. Isso além atrasar todo o processo de cura emocional e de superação, não adianta de nada para reconquistar um ex.

No UNIDAS DA FOSSA meu foco é ajudar mulheres a superar o ex e a não sofrerem por problemas amorosos, mas já fiz um guia com passos, técnicas e cursos específicos e comprovados para quem acha que vale a pena dar uma nova chance ao ex e quer reconquistá-lo.

Clique aqui para acessar.

A psicologia garante de manter o contato só reacenderá as chamas, complicará as coisas e dificultará o avanço para esquecer um amor. Quando estamos tentando nos recuperar do final de um relacionamento, devemos evitar totalmente o contato e apenas restabelecê-lo quando estivermos totalmente superadas – e apenas se quisermos, é claro.

Outra coisa importante são as roupas do ex ou presentes e lembranças que ele tenha dado e que mexam muito com você. Coloque tudo dentro de uma caixa e guarde. Isso não apenas evitará que você se lembre dele sem necessidade, como também é uma metáfora do que você deve fazer com o relacionamento antes de seguir em frente. Deixar para trás, guardado nas memórias.

É possível mudar o passado?

Certamente não, mas como explica o especialista internacional em relações de casais, John Alex Clark, podemos mudar a maneira como olhamos para o nosso passado. Sim, podemos alterar completamente o ponto de vista sobre o relacionamento que deixamos para trás e isso vai nos ajudar a esquecer o ex muito mais fácil.

Em algumas entrevistas e palestras, Clark descreveu o seguinte cenário: a pessoa que termina o relacionamento e fica muito chateada, se depois de 2 anos conhecer alguém novo e se apaixonar completamente, vai olhar para trás e ficar aliviada que o relacionamento com o ex acabou, já que era o necessário para conhecer alguém melhor. Com isso, ele explica que não é o passado que nos faz sentir triste, e sim a nossa incapacidade de vislumbrar um futuro melhor e mais brilhante. Isso é o que nos faz sentir falta de um ex.

Mais dicas para esquecer um amor

Veja mais textos, vídeos e manuais que serão complementares para te ajudar a esquecer um amor de vez e muito mais rápido:

Precisa de mais ajuda?

  • Conheça AGORA os cursos e e-books aprovados pelas leitoras e seguidoras do UNIDAS DA FOSSA para:
  • Todos eles foram testados e tiveram 100% de resultados e sucesso!

Camila Oliveira, 32 anos, jornalista de comportamento, publicitária e apaixonada pelos assuntos de autoconhecimento, relacionamento e amor – mesmo sem muito êxito com ele até hoje.
Com 7 términos de namoros, 7 fossas e um pé na bunda inesperado, criei o Unidas Da Fossa para escrever e falar sobre o maior mistério da humanidade: a arte de morrer de amor e continuar vivendo!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*