Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

Ganhar dinheiro no Youtube não é uma tarefa fácil, mas está longe de ser uma tarefa impossível.

  • Para ganhar dinheiro no YouTube você vai precisar:
  • Produzir vídeos 100% originais
  • Ter ao menos 4 mil horas de conteúdo assistido nos últimos 12 meses
  • E atender a todas as diretrizes do Youtube.
  • Isso sem falar na estratégia, que pode incluir anúncios, contribuições, parcerias com marcas, percentual sobre vendas e conteúdo patrocinado.
  • Se você segue ao menos um canal de sucesso, sabe que tem como ganhar dinheiro no YouTube.
  • Não significa que seja fácil, mas está longe de ser impossível.
  • Entre os YouTubers mais bem pagos do momento há aqueles que faturam perto de milhões (ou até mais do que isso) todos os meses.
  • É claro que eles são raros, raríssimos.
  • Mas a boa notícia é que, se você tem pretensões mais modestas, pode se dar bem nessa plataforma de vídeos.
  • E é por isso que construí este artigo.
  • Ele não é um guia para você se tornar o próximo milionário entre os influenciadores digitais ganham muito dinheiro no YouTube.
  • Mas pode ajudar você a começar a monetizar o seu canal, talvez fazendo dele uma fonte de renda extra ou, em um futuro breve, a sua principal ocupação.
  • É isso que custa?
  • Então, vamos ao que interessa!
  • Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.
  • Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

Quanto ganha um YouTuber?

Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

  1. Saber quanto ganha um YouTuber é uma questão levantada por muitas pessoas.
  2. Não só pela curiosidade em si, mas também como forma de descobrir se vale ou não a pena investir na produção de vídeos para a plataforma.
  3. Os valores, no entanto, são variáveis.
  4. Significa dizer que tem aqueles que realmente faturam milhões, enquanto outros alcançam cifras bem mais modesta, mas que não se pode jogar fora.
  5. O YouTube tem mais de um bilhão de usuários e, diariamente, as pessoas assistem a mais de um bilhão de horas de vídeo, de acordo com dados fornecidos pelo próprio site.
  6. O número de canais com receitas anuais de seis dígitos cresce mais de 40% ao ano, enquanto aqueles com cinco dígitos, recebem acréscimo superior a 50%.
  7. Os dados impressionantes fazem do YouTube a maior plataforma de vídeos do mundo.
  8. Assim, criar um canal e produzir vídeos para ele pode ser uma ótima maneira de ganhar dinheiro.
  9. Vamos descobrir como?

Como ganhar dinheiro no YouTube?

Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

  • O desejo de boa parte dos produtores de conteúdo é receber dinheiro com seus esforços criativos, certo?
  • Mas você sabe como ganhar dinheiro com os vídeos?
  • Conheça 6 maneiras de criar um canal no YouTube e faturar uma grana com ele.

1. Ativando a monetização no YouTube

  1. O YouTube tem uma opção própria para a monetização de vídeos, o chamado Programa de Parcerias do YouTube (YPP).
  2. Mas o que isso quer dizer?
  3. Monetizar os conteúdos significa gerar receita sobre o consumo desse material.

  4. No caso dos vídeos, isso pode acontecer através de visualização ou clique, por exemplo.
  5. Para ativar a monetização de vídeos do YPP, é preciso seguir algumas regras impostas pelo próprio YouTube.

  6. Dentre elas, estão:
  • Produzir vídeos 100% originais, sem infringir direitos autorais de terceiros
  • Ter, pelo menos, 4 mil horas de conteúdo assistido nos últimos 12 meses
  • Passar pelos critérios de tamanho do canal, tipo do conteúdo e engajamento da audiência.

Quer saber mais a respeito?

Tenho um artigo sobre como fazer a ativação da monetização no YouTube.

2. Exibindo anúncios nos vídeos

  • Amados por uns, odiados por outros.
  • A verdade é que os anúncios exibidos durante os vídeos podem render um bom dinheiro para os YouTubers.
  • A modalidade monetiza por cliques ou visualizações.
  • Ou seja, quanto mais pessoas clicarem sobre ele ou quanto mais gente assistir ao anúncio publicitário por mais tempo, mais grana vai para o dono do canal.
  • Funciona mais ou menos assim: organizações interessadas em ampliar sua divulgação selecionam perfis de canal onde desejam fazer seus anúncios.
  • O YouTube faz a intermediação entre elas e os produtores de conteúdo que disponibilizam espaços em seus canais.
  • Toda a parte de criação e gerenciamento das propagandas fica sob responsabilidade do anunciante.
  • Cabe ao YouTuber gerar bons conteúdos e atrair muitas visualizações para ganhar cada vez mais dinheiro com publicidade.

Existe uma estimativa de que a plataforma pague, a cada 1.000 views do vídeo, entre U$ 0,25 e U$ 4,50 (o que ficaria entre R$ 1 e R$ 18, no Brasil).

  1. Ou seja, o pagamento do YouTube é realizado pelo CPM (custo por mil).
  2. É importante saber que a plataforma só considera como visualização quando há um clique no vídeo ou quando o usuário assiste ao menos 30 segundos do conteúdo.
  3. Portanto, é necessário produzir um vídeo bem atrativo e promovê-lo bastante para atrair um número considerável de visualizações e, assim, ser bem monetizado sobre o vídeo.

Tipos de anúncio

Veja em que posições os anúncios podem ficar no YouTube:

  • Anúncio Gráfico: aparece ao lado do vídeo, disponível apenas para PC
  • Anúncio de Sobreposição: banner semitransparente sobre o vídeo, também somente em PC
  • Anúncio de Vídeo Ignorável: aparece antes, durante ou no fim do vídeo e o usuário pode “pular”. Está disponível para PC, celular, smartTV e videogame
  • Anúncio de Vídeo Não Ignorável: dura até 30 segundos e não pode ser pulado. Aparece em computador e celular.

3. Pedindo contribuições

  • Outra maneira de levantar uma grana produzindo vídeos e postando no YouTube é através das contribuições daqueles que assistem ao canal.
  • O YouTuber britânico Evan Edinger, com mais de 570 mil inscritos, explica melhor como funciona:
  • “O público assiste aos vídeos e, se gosta e quer apoiar seu criador, pode pagar algo em torno de US$ 1 por vídeo ou US$ 1 por mês”.
  • Os usuários fazem pequenas contribuições regulares ou esporádicas e, então, colaboram para que o YouTuber possa manter seu trabalho com a produção dos vídeos.
  • Uma das formas de retribuir à contribuição é oferecendo algo exclusivo e de valor para esse público pagante.

Recentemente, uma instagrammer adotou a estratégia para a visualização dos seus Stories. Pela rede social de fotos, houve polêmica com a cobrança de assinatura.

Mas a realidade é que a prática já é comum entre os YouTubers há bastante tempo e funciona como uma forma para criar um canal e ganhar dinheiro com a plataforma.

Pense nessa estratégia e consiga monetizar seu trabalho.

4. Ganhando percentual sobre vendas

  1. A famosa comissão sobre vendas ganhou novos contornos no universo digital.
  2. No modo tradicional, era preciso de fato vender algo para receber um percentual sobre a operação.

  3. Com a internet e a cultura de influencers, basta que uma pessoa exerça influência sobre seu público e o direcione para efetuar a compra para receber uma parte do valor comercializado.
  4. Na realidade, chegar ao ponto de gerar a ação daqueles que assistem ao seu vídeo não é tarefa das mais simples.

  5. Mas a estratégia para ganhar dinheiro como YouTuber pode funcionar de forma efetiva.
  6. Para isso, é necessário se inscrever em programas de afiliados para receber os links certos.
  7. Com eles, a cada conversão de usuário para cliente, o YouTuber recebe uma comissão pré-determinada.

  8. Outra forma de monetizar as vendas por indicação é entrando em contato direto com empresas e, com elas, receber cupons ou links que permitam a identificação da operação.

5. Usando produtos e marcas

  • No começo dos anos 2000, os produtores de conteúdo de blogs e canais do YouTube começaram a ser transformados em verdadeiras celebridades da web.
  • Logo em seguida, as empresas perceberam o potencial publicitário dessas personalidades públicas.
  • Com isso, as marcas iniciaram campanhas online e, dentre as estratégias utilizadas, estava a de enviar produtos para os influencers.
  • A ideia era que eles utilizassem as peças e comentassem sobre suas atribuições.
  • Além disso, o simples fato de usar algum produto já era impactante para a divulgação da marca.
  • Esse tipo de publicidade – os famosos “recebidos” – se mantém até os dias de hoje.
  • O YouTuber pode, assim, receber produtos de empresas em troca da divulgação dos mesmos.
  • O uso de produtos pode ser uma ótima forma para iniciar seus ganhos no YouTube, já que é uma maneira mais simples tanto para as organizações, quanto para o produtor de conteúdo.
  • É importante criar relações interessantes com marcas e verificar aquelas que tenham, de fato, relação com a temática do canal e que sejam do interesse do público.
Leia também:  Para Que Serve Cha De Hibisco E Como Tomar?

6. Produzindo conteúdo patrocinado

  1. Por fim, fazer conteúdo patrocinado é uma das fontes de remuneração de vídeos do YouTube.
  2. Com essa forma, criam-se parcerias pagas com marcas para o recebimento em dinheiro pela publicidade.

  3. Vou novamente citar Evan Edinger, que diz o seguinte sobre essa modalidade de monetização:

“Podem pagar 12 vezes mais do que o faturamento com anúncios em um mês. Parece surreal, mas é verdade.

  • Evidentemente, tudo vai depender do grau de influência do YouTuber e do quanto as empresas estão dispostas a pagar pelo trabalho.
  • Uma boa maneira para ter um parâmetro é conversando com outros produtores de conteúdo da mesma área e com nível de assinantes semelhante.
  • Além disso, existem plataformas específicas para juntar influencers interessados em patrocínio e marcas dispostas a pagar pelo serviço, como:
  • Influency.me
  • Airfluencers
  • Celebryts
  • Hubble
  • Kuak.

Estude essas plataformas, capte novos patrocinadores e verifique, dessa forma, qual a melhor maneira para você ganhar dinheiro sendo YouTuber.

Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

Como funciona o pagamento do YouTube?

Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

  1. Em 2018, houve mudança nas políticas de remuneração do YouTube.
  2. A alteração aconteceu depois que o YouTuber Logan Paul exibiu o corpo de uma vítima de suicídio em seu vídeo.
  3. Mesmo com a violação, seu conteúdo continuou sendo monetizado.
  4. Após críticas, a plataforma de vídeos decidiu mudar algumas políticas para pagar por visualizações dos vídeos.

Assim, o YouTube está mais rígido quanto à monetização. Dentre as regras vigentes desde então, está o número mínimo de inscritos e as horas visualizadas nos últimos 12 meses.

  • Além disso, a plataforma está muito mais rigorosa quanto a violações das suas regras, disparo de spam e denúncias feitas sobre o conteúdo.
  • Depois que todos esses requisitos forem cumpridos, é possível ser remunerado pelas produções publicadas na plataforma.
  • Mas como funciona o pagamento de vídeos do YouTube?

Como os criadores do YouTube ganham dinheiro

Se você gosta de interagir com seus espectadores em tempo real, vai adorar os Super Chats . Essas recompensas monetárias são presentes do seu público que só podem ser enviados durante as transmissões ao vivo do YouTube ou estreias de vídeo.

Funciona assim:

Por meio do chat ao vivo do YouTube, os espectadores podem pagar entre US $ 1 e US $ 500 para que seu comentário seja fixado no topo do chat. O tempo que um comentário permanece marcado depende de quanto dinheiro o espectador gasta.

Por exemplo, um Super Chat de $ 100 permanece fixado no chat ao vivo por uma hora; um Super Chat de $ 300 fica marcado por três horas. Os Super Chats aparecem em cores vibrantes, vermelho, verde, azul ou outro tom – e incluem o nome do doador, seu comentário e quanto dinheiro ele gastou.

  • Parece bom, certo?
  • É bom saber que sempre que você hospeda uma transmissão ao vivo, você tem a chance de ganhar dinheiro extra enquanto se relaciona com os espectadores.
  • Veja o painel do Super Chat no YouTube Analytics:

Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

3. YouTube Premium: o gerador de dinheiro que você não precisa gerenciar

O YouTube Premium é um impulsionador de receita sorrateiro. Você pensaria que a receita desse serviço só se aplica aos principais YouTubers – pessoas como Pewdiepie, NikkieTutorials e DanTDM, mas, felizmente, esse não é o caso.

O YouTube Premium é uma plataforma para espectadores que desejam uma experiência melhor no YouTube. Por uma taxa mensal de US $ 11,99, os assinantes têm acesso ao YouTube Music Premium, YouTube Originals, visualização sem anúncios, downloads de vídeos e músicas e um recurso que permite a reprodução de conteúdo em segundo plano no celular.

Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

Mas como isso se traduz em receita para os criadores? É muito simples.

Todos os vídeos da plataforma principal do YouTube estão disponíveis no Premium, portanto, quando um espectador premium assistir ao seu conteúdo, o YouTube potencialmente compartilhará parte de sua receita de assinaturas com você.

A quantidade de dinheiro que você recebe depende de quanto tempo de exibição seus vídeos recebem; quanto maior o tempo de exibição, mais dinheiro você ganhará.

É por isso que o Premium é um ganhador de dinheiro passivo e prático. Contanto que você envie conteúdo para o YouTube, você tem uma chance de ganhar receita premium.

4. Definir preços de assinatura com assinaturas de canais do YouTube

Os membros do canal são pacotes pagos de assinatura de vários níveis que oferecem conteúdo exclusivo aos espectadores. Você pode pensar nisso como a versão do Patreon do YouTube, mas os espectadores não precisarão sair do YouTube para acessar o conteúdo premium de seus criadores favoritos.

Com os membros do canal do YouTube , você pode ganhar dinheiro oferecendo uma variedade de vantagens – emblemas e emojis personalizados, vídeos, transmissões ao vivo, postagens da comunidade, bate-papos ao vivo e muito mais – definindo um preço mensal para seus serviços.

As taxas mensais são organizadas por níveis de camadas, com as camadas básicas custando menos (alguns dólares, por exemplo) e as camadas mais altas, baseadas em serviços, custando muito mais. No momento, o YouTube está permitindo que os criadores escolham quanto querem cobrar dos membros, desde que entre $ 0,99 e $ 100 por mês.

Os membros do canal são uma das melhores maneiras de controlar sua receita no YouTube. Como você define os preços e decide qual conteúdo os fãs recebem, seus ganhos podem ser enormes. Mesmo com o YouTube tendo uma redução de 30% de todos os ganhos, os 70% que pertencem a você podem ser uma quantia substancial à medida que você constrói seu público.

5. Aumente sua receita com uma estante de produtos do YouTube

Pode ser um choque para muitos quanto dinheiro pode ser ganho com a venda de seus próprios produtos no YouTube. Só em 2019, os 20 principais criadores de vendas de produtos de marca geraram um total de US $ 29,9 milhões.

Se seu canal está decolando na plataforma e você está construindo uma comunidade estável de espectadores ativos e engajados, criar e vender mercadorias de marca pode ser o próximo passo lógico em sua estratégia de geração de receita.

A partir de agora, você pode ganhar mais dinheiro no YouTube exibindo um carrossel de produtos de marca abaixo de seus vídeos. Para fazer isso, seu canal (que não deve ser relacionado à música) precisa ter mais de 10.000 inscritos. Se você tem um canal de música, ele precisa ser um canal oficial do artista para exibir mercadorias.

Empresas prontas para uso como Teespring, DFTBA, Crowdmade e Killer Merch permitem que os criadores enviem designs e abram lojas, permitindo uma ‘prateleira de mercadorias’ abaixo dos vídeos qualificados. Isso permite que o criador ofereça produtos (por exemplo, camisetas, bonés, adesivos, moletons, mochilas) ao público.

Leia também:  O Que É O Ebay E Como Funciona?

Você pode adicionar até 12 produtos em uma prateleira de mercadorias, então há muitas oportunidades para atrair os espectadores. À medida que seu canal e sua marca crescem, você tem a chance de levar essa mercadoria um passo adiante criando sua própria linha de roupas, como Jacksepticeye, e abrindo uma loja em um URL independente.

Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

Bônus: maneiras extras de ganhar dinheiro no YouTube

Por mais maravilhosos que sejam, os métodos acima são apenas uma fração das oportunidades de monetização do YouTube. Existem outras maneiras de ganhar dinheiro dentro e fora da plataforma, incluindo:

Marketing de afiliados: colar links de afiliados para produtos que você endossa nas descrições de vídeo. Quando alguém usa seu link para fazer uma compra, você recebe uma porcentagem do lucro.

Patrocínios de marca: ser pago para criar vídeos anunciando determinados produtos / serviços.

Venda de cursos: compartilhe sua experiência geral com os espectadores e, ao mesmo tempo, incentive-os a aprender mais por meio de cursos fora da plataforma.

Gere uma receita significativa no YouTube

Esperançosamente, esta postagem inspira você a começar ou continuar sua jornada no YouTube. Não se esqueça de que o YouTube está lançando novos recursos de monetização com bastante regularidade, alguns dos quais estão disponíveis apenas para os canais que atendem a critérios específicos, como tempo de exibição ou assinantes.

  1. Criar e gerenciar um canal no YouTube é um processo longo e desafiador, mas a jornada pode valer a pena se você tiver uma ideia de conteúdo que ressoa com os espectadores – bem como com o próprio YouTube.
  2. Se você se esforçar para criar e executar uma estratégia de desenvolvimento de público bem-sucedida, o YouTube e seus recursos de monetização podem ajudá-lo a recuperar o retorno do investimento e muito mais.
  3. Nada se compara a compartilhar sua paixão com o mundo, trabalhar por conta própria e plantar as primeiras sementes de liberdade financeira.

Youtuber: Saiba quem são os 10 que mais faturam no Brasil

Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

02/03/2020 | TV WEB

  • Youtuber é a “profissão” mais almejada do momento, mas você sabe quais são os canais que mais faturam no Brasil? 
  • Youtuber virou definitivamente uma profissão, principalmente sob o ponto de vista dos avanços e aparatos tecnológicos disponíveis atualmente.
  • Afinal, não é de hoje que vemos pessoas anônimas se tornando verdadeiros astros da web, através do Youtube.
  • Por conta da fama muito rápida, os mesmos se tornaram grandes referências e fontes de inspiração para crianças, jovens e adultos.
  • Ou seja, todas as faixas etárias que desejam ganhar dinheiro através de uma simples câmera e falando o que pensam ou sobre o que realmente gostam.
  • Muitos dos canais mais famosos falam de ideias muito simples, que vão desde comentários engraçados ou situações corriqueiras do cotidiano.
  • Nesse sentido, são criadas até grandes produções que possam envolver assuntos específicos – como os games, que é um universo extremamente explorado.
  • Um Youtuber ganha sua renda através das visualizações de vídeos que são veiculados dentro do Youtube, e muitas pessoas sonham em viver dessa maneira. 
  • Porém, é importante não se iludir, pois os mais famosos youtubers da atualidade não faturam somente com seus vídeos.
  • Eles complementam seus ganhos com palestras, presenças em eventos, aparições em programas de televisão, rádio e etc.
  • Se você também tem esse grande desejo de ser Youtuber e tem dúvida de quanto pode ganhar um, hoje vamos listar os 10 youtubers mais ricos de todo o Brasil e ainda por cima dar algumas dicas de como você pode se tornar um. 
  • Confira!

Youtuber: Do décimo ao sexto

Décimo lugar: CANALCANALHA

Júlio Cocielo, é um grande conhecido entre diferentes públicos. Da mesma maneira que Whindersson Nunes e Felipe Neto, o youtuber aborda diferentes assuntos do cotidiano, utilizando seu lado cômico. O canal já conta mais de 14 milhões de inscritos.

Renda mensal: aproximadamente R$ 18 mil

Nono lugar: GAMEPLAYRJ

Gustavo Sanches, também conhecido como Davy Jones, é quem comanda o canal voltado para gameplays. O canal conta com aproximadamente 5 milhões de inscritos.

Renda mensal: aproximadamente R$ 23 mil

Oitavo lugar: TAUZ

Fernando Dondé tem como foco do seu canal games e música, para o público infantil e adolescente. O youtuber compõem músicas sobre filmes, personagens de anime, videogame e séries. O canal conta mais de 6 milhões de inscritos.

Renda mensal: aproximadamente R$ 24 mil

Sétimo lugar: Coisa de Nerd

Leon Martins tem como foco em seu canal o mundo dos games. Sua esposa, Nilce Moretto, que também é youtuber também ajuda bastante em seu canal. Juntos, o casal já conta mais de 7 milhões de inscritos.

Renda mensal: aproximadamente R$ 35 mil

Sexto lugar: TAZERCRAFT

O canal é produzido por Mike e Pac, que tem como foco gameplays e tudo que envolve o tão aclamado “minecraft”. O canal conta com mais de 8 milhões de inscritos.

Renda mensal: aproximadamente R$ 38 mil

Youtuber: Os 5 primeiros colocados

Quinto lugar: AM3NIC

Conhecido também como Edukof, produz conteúdos de games, focado no público infanto-juvenil. O canal já conta com mais de 8 milhões de inscritos.

Renda mensal: aproximadamente R$ 57 mil

Quarto lugar: Whindersson Nunes

Comediante, ator e youtuber piauiense, ele é considerado atualmente como o mais influente dentro do Youtube. O canal já conta mais de 25 milhões de inscritos e é o mais canal do Youtube Brasil da atualidade.

Renda mensal: aproximadamente R$ 72 mil

Terceiro lugar: Felipe Neto

Esse é um dos mais antigos youtubers do meio online. Seus vídeos possuem uma sacada mais humorística e seu canal já conta com mais de 15 milhões de inscritos.

  1. Renda mensal: aproximadamente R$ 100 mil
  2. Segundo lugar: Authentic
  3. Marco Túlio Matos Vieira produz conteúdos infanto-juvenis, em especial sobre o famoso jogo “minecraft”, com mais de 11 milhões de inscritos.
  4. Renda mensal: aproximadamente R$ 105 mil
  5. Primeiro lugar: Rezende Evil

Pedro Afonso Rezende é o criador de conteúdos para crianças e adolescentes, mais bem-sucedido do Youtube na atualidade. Os vídeos são voltados para quem ama games e é um dos mais procurados de toda a internet, com nada menos do que mais de 13 milhões de inscritos.

Renda mensal: aproximadamente R$ 119 mil

Como se tornar um Youtuber de relevância

  • Será que ainda vale a pena abrir um canal no Youtube?
  • Isso porque uma vez que todo mundo que poderia virar um milionário com essa plataforma já chegou lá. 
  • A verdade que já não é mais tão fácil virar uma sensação da noite para o dia, porém, isso não significa que você também não pode tentar chegar.
  • O sucesso deste nicho “profissional” tem feito os marqueteiros mudarem a forma como podem potencialmente alcançar seu público. 
  • Portanto, ainda é um sonho muito realista ter seu próprio canal. 
  • A plataforma de vídeo já integra o planejamento de marketing de muitas empresas ou de qualquer pessoa procurando compartilhar suas ideias com todo mundo.
  • Separamos algumas dicas importantes para você que quer tentar se tornar um Youtuber.

Trace sua meta

  1. O primeiro passo é definir sua intenção.
  2. Lá em cima, fizemos uma lista com os que mais faturam sendo Youtube, no entanto, o sucesso pode ser definido de outra maneira, além do dinheiro na conta bancária.

     

  3. Por exemplo, se você ganhar muito dinheiro com um trabalho que não suporta, você se consideraria uma pessoa de sucesso?
  4. Por isso mesmo que, o sucesso vem de diferentes formas e cabe a você determinar onde e de que forma você vai se sentir realizado(a).

  5. Portanto, Seja sua definição de sucesso mais visualizações dos vídeos, mais assinantes do seu canal ou apenas um aumento generalizado da interação com seu canal, mantenha-se focado, sendo qualquer coisa além disso considerada bônus.

Defina seu objetivo

  • Primordialmente, você tem que se lembrar que no Youtube há muito conteúdo bom, no entanto, também existe muita coisa irrelevante.
  • Para se destacar no meio de conteúdo, é fundamental que você desenvolva seu conteúdo de forma planejada, detalhada e com objetivo. 
  • Nesse momento, é hora de você definir a voz do seu canal, e seu conteúdo deve estar alinhado com ela. 
  • Em outras palavras, mesmo que seja só você e sua câmera, você está construindo a personalidade da sua marca. 
  • A melhor forma de expandir seu canal é ser você mesmo e a primeira coisa que você precisa definir é o tipo de conteúdo que quer oferecer.

Primeiro de tudo, defina qual o tipo de conteúdo quer oferecer no seu canal.  A variedade é imensa, desde vídeos do tipo “como fazer”, até humor e resenhas. 

  1. Uma vez escolhido, volte atrás e veja como pode fazer seus vídeos serem únicos usando a personalidade da sua marca. 
  2. Dependendo do conteúdo e do nicho do seu canal, certifique-se de ter algum espaço para cobrir tópicos que são tendência, principalmente no seu mercado. 
  3. Ou seja, fique ligado se há uma grande novidade ou algum assunto que outras pessoas com canais semelhantes aos seus estão debatendo.
  4. Esforce-se para manter o seu conteúdo relevante. 
  5. Mesmo que você esteja falando sobre os mesmos assuntos que outras pessoas, essa é uma oportunidade de adicionar sua expertise no assunto. 

Foco no planejamento

  • Agora que você já está seguro em relação ao seu tipo de conteúdo, faça um planejamento sobre tudo o que está envolvido no contexto e não apenas na execução.
  • Ou seja, pense nisto como um tipo de plano de negócios e revise o planejamento sempre que puder.
  • Especialmente para se certificar de que está seguindo os padrões que você estabeleceu para seu conteúdo.
  • De tal forma que um checklist de tudo é fundamental para você planejar tudo do início ao fim.
  • Em resumo, crie um cronograma de postagens, organize os temas do seu conteúdo, e certifique-se de que você vai conseguir seguir à risca seu planejamento. 

Tenha consistência

  1. Essa é uma das dicas mais importantes – ser consistente para alcançar resultados. 
  2. Do mesmo jeito que as coisas podem não acontecer na rapidez que você espera, de nada adianta se você conseguir produzir um conteúdo viral e ficar por isso mesmo.

  3. Portanto, não importa o tipo de conteúdo que você está produzindo, seja sempre consistente com seu momento e o tipo de conteúdo. 
  4. Não esqueça de determinar um cronograma para o lançamento de seus vídeos e o mais importante, não deixe de cumprir ele.

     

  5. Por exemplo, o fato de lançar os vídeos no mesmo dia e horário não apenas mostra ao seu público quando podem esperar pelo seu novo conteúdo, mas também coloca a si mesmo um compromisso.

  6. Consistência não é apenas encontrar o momento certo, mas também garantir um conteúdo constante associado à sua marca.

Seja objetivo

  • Um erro clássico, mas que muitos acabam cometendo, ou seja, a falta de objetividade. 
  • Portanto, nada de uma explicação muito longa de alguma coisa que você pode e vai mostrar ao usuário de forma direta e reta.
  • Mesmo porque, as pessoas não têm tempo a perder então vá direto ao ponto. 
  • Se você vai lançar vídeos do tipo “como fazer”, é necessário ir direto ao ponto e, com isso, enrolar o menos possível
  • Explique do que vai tratar o vídeo e depois mergulhe direto no assunto. 
  • A ideia do vídeo é “mostrar” alguma coisa ao internauta, pois se eles quisessem só escutar, poderiam escutar um podcast.
  • Naturalmente, há certos momentos em que vai ser preciso elaborar mais ou será necessário mencionar uma solução para um problema, no entanto, guarde isso para mais adiante no vídeo. 
  • Seu público agradece.

Crie autoridade

  1. Ao se apresentar para seu público, você precisa ser visto como alguém que tem total conhecimento sobre seu mercado. 
  2. Isto implica em estar antenado com as novidades sobre seu nicho e seus pares na área de produção de vídeo. 
  3. Estar atento às novidades e ao que acontece no seu meio (incluindo aí sua concorrência) te permite criar conteúdo novo, ou seja, relevante para os usuários. 
  4. Vendo os vídeos da concorrência, você pode ter noção dos seus pontos e opiniões antes de começar seu próprio vídeo. 
  5. Isto permite seguir com seu próprio contra-argumento (se você gosta de um drama) ou então dar uma abordagem completamente distinta, de forma que seu conteúdo seja único. 
  6. Entretanto, isso também vai te ajudar a se estabelecer como um canal que deve ser procurado para alguém que quer estar atualizado com um assunto específico
  7. E aí, se anima em se tornar um grande youtuber você também?
  8. Leia também:
  9. 4 vantagens de contratar uma produtora para vídeos no Youtube
  10. Como É Que Os Youtubers Ganham Dinheiro?

Quanto o YouTube paga por mil, 100 mil e 1 milhão de visualizações?

Se você está pensando em se tornar um youtuber para ganhar uma grana extra ou até mesmo atuar profissionalmente, deve estar se perguntando quanto o YouTube paga de acordo com a quantidade de visualizações de seu conteúdo. Trazendo essa resposta, o Business Insider entrevistou várias personalidades do ramo, que contaram seus segredos.

Antes de qualquer coisa, é bom saber que, para monetizar seu canal, são necessários ao menos mil inscritos e 4 mil horas assistidas no último ano. Só então é possível aderir ao YouTube's Partner Program, que permite receber por anúncios, inscrições e financiamento coletivo (criando seu próprio clube).

(Fonte: Pixabay)Fonte:  Pixabay 

A partir disso, você pode solicitar uma avaliação para a inserção de diversos tipos de materiais publicitários, ficando a cargo da empresa liberá-los ou não. Por fim, o cálculo é baseado na taxa de CPM (custo por mil impressões), que varia dependendo de fatores que vão desde tipo de conteúdo até audiência.

E aí, preparado para começar sua jornada? Veja a variação de rendimentos, ligue sua câmera e divulgue seu canal! Os números foram informados por vários entrevistados, sendo que também não são fixos para cada um deles.

(Fonte: Pixabay)Fonte:  Pixabay 

Mil visualizações: de US$ 2 a US$ 34

Os canais analisados pela Business Insider variam de 16 mil e 1,4 milhão de inscritos, o que não determina o maior ou menor valor. Abordando diversos assuntos, 14 criadores de conteúdo responderam a entrevista.

100 mil visualizações: de US$ 500 a US$ 2,5 mil

Os criadores ressaltaram que tudo depende do conteúdo veiculado. No caso deles, a publicidade vem, principalmente, de bancos e afins, dado o público-alvo. Número de visualizações é só um dos fatores, ainda que seja realmente importante.

1 milhão de visualizações: de US$ 2 mil a US$ 4 mil dólares

Aí é estratégia pura. Um tutorial simples de uma empresa conhecida que traga muita atenção pode receber um valor bem alto, já que atrai o público. Uma grande produção pode render menos. Quatro criadores informaram esses dados.

(Fonte: Pixabay)Fonte:  Pixabay 

Estratégia é tudo

Como você percebeu, lucrar com o YouTube depende diretamente do quanto você oferece de conteúdo, do quanto ele atrai de público e do quanto as empresas responsáveis pela geração de publicidade querem investir na sua abordagem. Agora, é só fazer sua estratégia e se dedicar.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*