Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

Ir direto para menu de acessibilidade. Dicas de Português Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

Mal é advérbio e opõe-se a bem. Mau é adjetivo e opõe-se a bom.

Assim: mau cheiro (bom cheiro), mau humor (bom humor), mal-humorado (bem-humorado),mal-intencionado (bem-intencionado), mal-estar (bem-estar). Os advérbios, do ponto de vista mórfico, são invariáveis, portanto: mal-humorados, mal-estares, mal-educadas. 

Em contrapartida, os adjetivos concordam em gênero e número com os substantivos a que se referem: maus cheiros, más-criações, maus elementos.

A festa começa às 8 hrs. ou às 8 h?

As abreviaturas do sistema métrico não têm plural nem são seguidas de ponto. Assim: 8 h, 2 km, 5 m, 10 kg. Para minutos, a abreviatura é min: 10h30min. (dessa forma).

Entretanto,  podemos escrever: 10h30. Devemos colocar min. obrigatoriamente quando os segundos vierem especificados. Ex.: 10h30min15s.

Andou por todo país ou por todo o país?

Seguido de artigo, todo significa “inteiro”: Andou por todo o país; Toda a turma chegou. Sem o artigo, todo significa “cada, qualquer”: Todo homem é mortal. Posposto ao substantivo, todos significa sempre “inteiro”: Trabalho todo dia e o dia todo.

Ao persistirem ou A persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado?

Ao persistirem os sintomas indica circunstância de tempo (= quando persistirem), estando implícita a afirmação de que os sintomas persistem. A persistirem tem sentido puramente condicional, portanto é a forma adequada ao contexto:  A persistirem (= se persistirem; caso persistam) os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Fonte: http://www.curso-objetivo.br/vestibular/bom_portugues/250203.aspx

Paulo Roberto Ribeiro

DCOM

Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal? Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal? Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom. Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal? Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal? Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

4 maneiras de ajudar um amigo que tem mau hálito

Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

A situação incomoda e pode até prejudicar as relações sociais e pessoais. O mau hálito é questão de saúde e precisamos falar sobre isso

Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

Produto Relacionado:

Anti-Séptico Bucal Pró-Saúde

Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

Numa roda de conversa entre amigos você percebe um mau cheiro que chama a sua atenção. Em poucos segundos se dá conta de que um dos colegas presentes está com mau hálito. Ninguém está imune a desenvolver halitose.

Só no Brasil, cerca de 50 milhões de pessoas sofrem com esse problema, segundo dados da Associação Brasileira de Halitose (ABHA).

Mas então, qual a melhor forma de ajudar alguém que passa por esse problema e não sabe? Pensando nisso, separamos algumas dicas de como agir nessas horas.

1 – Ofereça uma bala ou um chiclete sem açúcar

Você pode ser sutil e simplesmente oferecer uma bala para a pessoa que está com o mau odor na boca. A medida ajuda temporariamente, mas é uma forma do portador do problema entender o recado.

O chiclete sem açúcar é a melhor opção nesse caso, porque aumenta a produção de saliva e ajuda na limpeza dos restinhos de alimentos. Uma das causas mais comuns do mau hálito é a diminuição desse fluxo salivar.

 Além disso, a goma de mascar tem o poder de diluir os ácidos que são produzidos pelas bactérias presentes na boca.

2 – Pergunte se a pessoa comeu algo diferente

Essa dica funciona melhor caso a pessoa com halitose seja seu parceiro ou parceira. O melhor momento é após o beijo, pergunte se a pessoa comeu algo diferente, pois você sentiu um gosto estranho ao beijá-la. É também uma forma de criar abertura para entrar no assunto, já que vocês são próximos. O mau hálito é um sintoma de que algo não anda bem com o corpo.

3 – Pergunte à pessoa se você está com mau hálito

Sim, isso mesmo, a lógica funciona ao contrário. Caso você não tenha tanta intimidade com a pessoa use essa técnica. Em algum momento da conversa, chame a pessoa em algum canto e pergunte-a se você está com mau hálito.

As chances de ela te questionar do mesmo são grandes e você poderá falar a verdade. A ênfase precisa ser em alertá-la sobre a halitose ser uma questão de saúde, dessa forma, você consegue amenizar o assunto que é super delicado.

 

4 – Seja sincero, mas gentil

Não existe modo mais simples do que ser sincero e dizer a verdade para a pessoa. O que faz diferença aqui é a maneira como abordá-la e falar do assunto. Gentileza é o ponto-chave. Afinal, a situação envolve muito a autoestima da pessoa e, abordar de forma errada pode ser arriscado. Por isso, nada de zombar ou fazer brincadeiras.

A grande questão dessa alteração bucal é o fato das pessoas não saberem que possuem halitose. Isso acontece porque depois de alguns segundos expostas a determinado odor, as células olfativas se adaptam a ele. Esse fenômeno é conhecido como fadiga olfatória.

E claro, a ideia não é só fazê-lo perceber sua condição, mas buscar ajuda. Indique um dentista bacana que você conhece ou se ofereça para ir à consulta com ele.

Pode parecer constrangedor, mas, feito da forma certa você estará ajudando a pessoa e fazendo um bem danado a ela.

Colega tem mau cheiro? Veja o que fazer

“Às vezes são necessárias conversas um pouco mais delicadas e que se tornam altamente desafiadoras, como avisar que o colega tem um alface no dente, por exemplo”, diz Pollini Jorio, cofundadora da Feedback House, plataforma e metodologia de feedbacks para empresas.

A especialista lista cinco feedbacks estilo “pisando em ovos” e diz como aplicá-los da maneira mais sutil e assertiva possível.

Falta de banho? Desodorante ruim? Roupas mal lavadas? Distúrbio de saúde nas glândulas sebáceas? Não importa a razão, o mau cheiro na axila incomoda, afasta as pessoas e atrapalha o ambiente, principalmente para quem é mais sensível ao odor.

Em salas pequenas com ar-condicionado, por exemplo, o cheiro fica ainda pior. Nesses casos, para iniciar a conversa, não se deve partir do pressuposto de que a pessoa não se cuida. “Não é justo com qualquer ser humano deduzir que ele é desleixado. A pessoa pode estar passando por N situações. Por isso, a regra número um é: empatia. Como você se sentiria sendo abordado por algum desconforto corporal que esteja acontecendo com você?”, questiona Pollini. “Sempre se imagine no lugar do outro para falar.”

Segundo ela, um jeito elegante de entregar a mensagem é chamar para conversar num café, um local mais reservado. “Olha, espero que você não se sinta constrangido, mas eu preciso conversar com você sobre um assunto delicado. Algumas pessoas estão comentando sobre o cheiro de suor… você já percebeu alguma coisa?”

Pollini indica deixar espaço para a pessoa falar e, neste momento, ela provavelmente vai se abrir se tiver algum distúrbio de saúde. Se for esse o caso, pergunte como você poderia ajudá-la.

Se ela disser que nunca percebeu, então provavelmente é baixo uso de desodorante, então você deve emendar um sugestão: “Eu entendo sua situação, sei que você vem de longe e o dia começa cedo.

Eu também passo por isso, quando eu corro muito de manhã chego aqui no trabalho, às vezes eu vou ao banheiro reaplicar o desodorante”, é um jeito delicado e direto, onde você já está dando a solução.

Se a pessoa ficar na reativa, será necessário ser mais direto, dizendo que por mais constrangido que você esteja ao ter que falar sobre esse assunto, é preferível isso do que ter pessoas falando dela pelas costas.

Esse tipo de feedback deve ser feito pelo gestor ou por alguém muito próximo, onde exista uma relação de confiança. “É importante que quem esteja dando o feedback demonstre empatia no rosto e no tom de voz.

Na impossibilidade de o gestor dar o feedback, é preciso dar a tarefa a alguém que tenha abertura e boa relação com a pessoa para poder fazer essa abordagem”.

Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

'Teste do cheiro' analisa eficácia do desodorante

É muito parecido com o caso acima, pode ser falta de higiene bucal, mas também um problema de saúde sério ou sazonal (relacionado a hormônios e ciclo menstrual, por exemplo).

Durante a conversa, deve-se dar uma dica para a pessoa de como amenizar isso, como por exemplo, dizendo que você sempre tem com um pacote de balas no bolso e traz escova e pasta para o trabalho.

“Não esquecer da empatia. Poderia ser você em uma fase complicada com os dentes ou com algum distúrbio estomacal. Deixe claro que sabe muito bem que é uma fase passageira, mas que prefere falar, apenas do constrangimento para ambas as partes, pois você se preocupa com ela. Fale com naturalidade e amor no coração”, explica Pollini. Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

Dentista explica de onde vem o mau hálito

Alface no dente e zíper aberto

“Tem que falar. Não existe a possibilidade de permitir que um colega, chefe ou funcionário se exponha dessa forma em todos os lugares por onde passar naquele dia. Pode ter certeza de que, ao chegar em um espelho e vir o dente com alface, a pessoa irá se sentir péssima e morrendo de vergonha”, diz Pollini.

A melhor forma de apontar o problema é com discrição e naturalidade, mostrando real preocupação: “Mário, corre no banheiro pois tem algo no seu dente. Desculpe falar assim, mas eu gostaria que fizesse o mesmo comigo se fosse o contrário. Termine com um sorriso empático e acolhedor. Isso é, de fato, ajudar essa pessoa”.

Zíper aberto é parecido, mas não fique olhando muito para a região do zíper. Em ambos os casos, o toque pode vir de qualquer um, não precisa ser o gestor direto, ressalta Pollini.

O profissional tem uma produtividade absurda, é rápido, objetivo e traz resultado. Mas, existe um viés da sua personalidade um tanto quanto exagerado, mesmo para as empresas mais descontraídas: excesso de palavrões. Alguns não ligam, já outros se incomodam. A naturalidade com que ele fala é tanta que já perdeu a vergonha até em reuniões.

Leia também:  Que Concurso Televisivo Tinha Como Mascote A Bota Botilde?

“É supernecessário dar o feedback nesses casos. Não é proibir de falar, pois todo mundo fala, mas essa pessoa precisará se policiar, ou seja, encontrar formas de se perceber e de manter um certo controle”, diz Pollini.

Segundo ela, ele precisará aprender a perceber o impacto que esses palavrões têm nos outros, emendando um “me desculpe o palavrão”, caso perceba alguém incomodado. Nesse caso, uma forma elegante de entregar esse feedback é “falar que alguns clientes elogiaram o profissional na qualidade do trabalho, mas que comentaram que se sentiram um pouco constrangidos com o excesso de palavrões”, diz Pollini. Objetividade junto com empatia, nessas horas, é o mais recomendado.

Dar um feedback para o gestor é o mais amarrado de todos os feedbacks, porque tem gestor que realmente não dá abertura. E se for esse o seu caso, ensaie seu feedback. Sempre relacione seu feedback a uma tarefa do seu trabalho na qual você se sentiu desamparado em algum aspecto.

“Nunca reclame do seu chefe, tente ajudá-lo a ser um chefe melhor. Diga o que você gostaria de receber dele, o que você sente falta para que o dia a dia seja mais produtivo, e o relacionamento de vocês seja mais leve”, diz Pollini.

Feedback não é para criticar

Pollini afirma que o feedback de melhorias é o que leva para frente e faz evoluir. Por isso, o segredo é falar de entregas e não fazer críticas soltas sobre comportamentos.

“Lembre-se que um bom feedback começa com um elogio do esforço da pessoa em relação a uma meta ou atividade, seguido do que ela poderia fazer para melhorar, caso você tenha algum ponto a levantar. Se for só para reclamar, criticar e não trazer solução, nem dê o feedback”, diz Pollini.

“Se você gostaria de falar sobre algum comportamento inadequado do colaborador, chame-o para um conversa olho no olho, dizendo por que você está se sentindo incomodado”, conclui.

COMO É QUE SE DIZ A ALGUÉM QUE ELA CHEIRA MAL?

Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

Uma consultora amiga minha conta que
estava trabalhando numa empresa, cujo funcionário, da área financeira, tinha um
odor demasiado intenso, nos dias quentes, insuportável, mas ele era um dos melhores
funcionários e um “gênio” em finanças, só que não tinha o hábito de tomar banho.

Falar isso para uma pessoa não é
coisa fácil nem bonita, mesmo quando toda área financeira preferia abrir a janela
do que ficar perto dele, mesmo quando a temperatura lá fora estava perto dos 40
graus.

Nos dias de inverno era mais
suportável, mas no verão…

O pior é que não era só a área
financeira a “sofrer” com isso. Os colegas no refeitório, produção,
gerência etc. foram à direção se queixar do cheiro.

Claro que ninguém queria dizer-lhe
nada diretamente temendo uma interpretação 
descriminatória, como é moda agora em nosso país, tudo virou descriminação.

Claro que não tem nada a haver com descriminação, tem a haver com o cheiro, e o
jeito encontrado pela direção – que não queria perder tão valoroso colaborador –
foi coloca-lo num “aquário”.

Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

O negócio ficou pior quando um dos
principais clientes disse numa reunião: “– Seu escritório cheira como um
ginásio de futebol depois de uma partida!”

Como todo mundo pensa que consultor
tem uma “varinha mágica”, pediram a minha amiga que sugerisse uma solução para
o caso.

Fim de semana complicado.

Como
resolver o problema? O jeito é apelar para “São Magayver”, o santo protetor da
criatividade, pois ele sempre nos ajuda a encontrar uma forma de sair destas
situações e desta vez também não falhou: fazer
uma série de palestras na organização, sobre Saúde e Higiene.
Nela,
obviamente, se abordaria a importância da
higiene do próprio corpo, principalmente num país tropical
.

A diretoria adorou e aprovou a
sugestão e, contratados os palestrantes, em uma semana estava no ar a série de
palestras…

Por incrível que pareça, o “mal
cheiroso” na semana seguinte chegou de banho tomado, roupa nova, cabelos e
unhas cortados…

Não há necessidade de se ofender ou
magoar ninguém. Existem “meios e meios”. Neste caso, funcionou, na sua empresa
talvez seja necessário que alguém mais próximo da pessoa converse com ele. Não
é descriminação, é verdade e a verdade sempre vence!

Pense nisto e uma boa semana!

Visite o site do Prof.A.Marins – www.profantomarmarins.com

Como dizer a um amigo que ele tem mau hálito?

Você quer contar para um amigo ou parente que ele tem mau hálito, mas não sabe como? Está com medo de ser indelicado, de a outra pessoa ficar constrangida ou até de perder a amizade?

A halitose é um problema que gera constrangimento não só para quem sofre com o mau cheiro na boca, mas também para quem tem que conviver com essa pessoa.

Dizer um amigo ou conhecido que tem mau hálito pode ser desconfortável ou difícil. Por isso, muitas pessoas se veem frente a um dilema: “devo avisar ao meu amigo que ele tem mau hálito?

Para responder a esta pergunta, conversamos a cirurgiã dentista, especialista em Periodontia e secretária executiva Associação Brasileira de Halitose (ABHA), Ana Elisa da Silva. 

Segundo a especialista, a pessoa que tem mau hálito geralmente não percebe que está com mau cheiro na boca porque as células responsáveis pelo olfato, em pouco tempo, se adaptam aos odores, deixando o portador de halitose incapaz de reconhecer essa alteração.

Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

“Dessa maneira, é importante que as pessoas de confiança e próximas dessa pessoa a avisem. Mas como alertar? Existe muito constrangimento nesse processo. Sempre orientamos que essa abordagem seja feita de maneira leve, afetiva, compreensiva e respeitosa.”

Ana Elisa recomenda que se procure um lugar calmo para falar com a pessoa, e no local dizer-lhe que se preocupa com a sua saúde e que é importante resolver o problema. 

“Usar expressões como “alteração no seu hálito”, “hálito forte”, “alguma mudança na sua saúde que alterou seu hálito”, “tenho notado algumas vezes um odor desagradável do ar vindo da sua boca ou narinas”, podem ajudar a suavizar o processo de alerta. Nunca use expressões pejorativas como “bafo”.”

Empatia e cuidado durante a conversa são essenciais para evitar ferir os sentimentos da pessoa que sofre de halitose e incentivá-la a procurar ajuda. Caso você não consiga conversar, Ana Elisa dá outra dica:

“Caso você não tem coragem para abordar essa pessoa, você pode usar o serviço do SOS MAU HÁLITO, desenvolvido pela Associação Brasileira de Odontologia (ABHA). Esse serviço está disponível no site da ABHA e você fornece o nome e o e-mail da pessoa que você quer alertar e a ABHA envia uma mensagem com orientações a essa pessoa e você fica anônimo.”

Cheiros de perfume, peixe e chulé no ambiente de trabalho? Veja como lidar

Nem sempre o cheiro de comida ou perfume é agradável para todo mundo, principalmente quando se está em um ambiente de trabalho. O colega acaba nem percebendo que a marmita que ele come na mesa, por exemplo, pode ser desagradável para quem está ao seu lado.

Para ajudar a lidar com essa situação, o UOL conversou com o diretor-executivo da consultoria empresarial Innovia, Ricardo Augusto Moreira Barbosa, e a consultora de etiqueta profissional Romaly de Carvalho.

Veja quais cheiros mais atrapalham, segundo os especialistas:

Perfume Imagem: Getty Images

Quem está com o perfume pode até achar o cheiro bom, mas isso não quer dizer que todos no ambiente de trabalho vão pensar o mesmo.

“O perfume é o convidado que ninguém vê, mas que não se esquece, tanto para o bem quanto para o mal. Não é elegante alguém passar e você sentir o cheiro do perfume”, diz Carvalho.

A dica, segundo a especialista, é ter cuidado para não exagerar na quantidade e também levar em consideração a temperatura daquele dia. “Se está quente e úmido, o perfume fica mais forte. Quando está mais frio, ele fica mais discreto. Tem que observar a temperatura.”

Comidas Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal? Imagem: Thinkstock

Cheiros de peixes, legumes cozidos, como brócolis e repolho, cebola crua, laranja, goiaba e pipoca podem incomodar não só quem trabalha ao lado como clientes que vão visitar a empresa.

“Às vezes, o funcionário decide comer na própria mesa algum alimento de cheiro forte, como sardinha, por exemplo. Mas pode acontecer de você ter que receber um cliente no escritório. Fica uma situação bem desagradável”, diz Barbosa.

O especialista afirma que as empresas ou gestores precisam estabelecer regras de convívio e dizer o que pode e o que não pode acontecer no ambiente comum.

Creme, protetor solar e repelente Imagem: Getty Images

Há quem goste de usar creme corporal no ambiente de trabalho ou precisa passar protetor solar e repelente. O cheiro desses itens, porém, pode não agradar os colegas de trabalho.

A recomendação é passar os produtos antes de sair de casa ou ir até o banheiro para utilizá-los.

Suor e chulé Imagem: iStock

Suor excessivo ou até mesmo chulé do funcionário que gosta de tirar o sapato no escritório podem ser um pesadelo no ambiente de trabalho.

Nesses casos, os especialistas afirmam que não tem jeito: será preciso conversar com o colega.

Como falar para o colega que ele está incomodando?

Por mais delicado que o assunto seja, os especialistas orientam quem está passando por essa situação a tentar conversar com o colega de trabalho. “Eu acho que a primeira coisa é falar com o colega. Não precisa levar para a chefia antes disso, para não gerar um desgaste desnecessário”, diz Barbosa.

Leia também:  Como Saber Que Ele Me Ama De Verdade Teste?

Para Carvalho, o ideal é falar de forma delicada e rápida sobre o problema para evitar constrangimentos ainda maiores. “Seja carinhoso, fale rápido e, depois, o assunto morre.”

Só se a conversa não resolver, a orientação dos especialistas é buscar o chefe para falar do assunto.

Como saber se você incomoda um colega?

Não basta olhar para o lado para ver se alguém fazendo algo que deixa um cheiro desagradável no ambiente de trabalho. É preciso analisar se você mesmo não está incomodando alguém.

Os especialistas afirmam que é difícil a própria pessoa perceber que o cheiro da comida, perfume ou creme, por exemplo, incomoda os outros colegas.“Ele nunca vai achar que está incomodando porque, muitas vezes, é um hábito. Para ele é uma coisa natural”, diz Barbosa.

Carvalho diz que quem não consegue fazer essa avaliação pode perguntar para um colega mais próximo se há alguma atitude que pode incomodar os outros. “Dá para perguntar para um amigo que pode fazer uma crítica sem deboche. É uma situação constrangedora, íntima e delicada, mas um amigo pode ajudar.”

  • Dicas para deixar a mesa de trabalho arrumada

Como é a vida de quem não consegue sentir cheiros – BBC News Brasil

  • Manish Pandey
  • Repórter do programa Newsbeat

Como Dizer A Alguem Que Cheira Mal?

Crédito, Gabriella

Todos nós temos cheiros favoritos — talvez um que esteja ligado a uma memória de infância ou a uma pessoa, ou o cheiro de uma comida da qual gostamos muito.

Mas a britânica Gabriella Sanders nunca teve esse prazer, pois não é capaz de usar o olfato — e o problema não afeta apenas seu nariz.

“Eu não identifico o gosto da comida. Não consigo sentir nada que seja doce ou apimentado”, diz a jovem de 21 anos ao programa Newsbeat, da rádio da BBC.

Cerca de 5% da população sofre do mesmo transtorno que ela, o transtorno do olfato.

Mas não ter o sentido do olfato pode ter diferentes tipos de impacto, práticos e emocionais, na vida de alguém, segundo um novo estudo da Universidade de East Anglia (UEA).

Os problemas vão desde medos na infância a um sentimento de fracasso durante a vida adulta, passando por inseguranças na adolescência.

“Eu nunca foi capaz de sentir nenhum cheiro”, diz Gabriella. “É estranho porque ninguém mais na minha família tem ou já teve isso. Mas eu e minha irmã temos (o problema), então deve ser algo genético.”

Gabriella se lembra de se sentir excluída em uma atividade na escola quando era pequena.

“Era sobre os sentidos e todo mundo estava falando sobre cheiros. Então eu percebi que não tinha olfato. Todo mundo estava dando exemplos, mas eu não tinha ideia do que estava acontecendo.”

Legenda da foto,

Gabriella diz que ama frutas, mas não consegue sentir todos os gostos

A condição causou problemas na infância da jovem.

“Eu tinha um medo enorme de fogo. Tinha essa grande ansiedade de que eu não acordaria se a casa estivesse pegando fogo porque não seria capaz de sentir o cheiro”, diz ela.

“Foi algo que definitivamente me afetou quando eu era mais nova, mas eu conseguir superar.”

O medo de Gabriella não era infundado. Não ser capaz de sentir cheiro de gás ou de fumaça é um grande problema que já teve como resultado situações perigosas para algumas pessoas, segundo o professor Carl Philpott, um dos pesquisadores do estudo da UEA.

Gabriella sabe como é isso. “Me lembro de uma vez que estava cozinhando e, quando minha mãe chegou, ela percebeu que a casa toda estava cheirando a gás. Então foi algo bem preocupante”, diz ela.

A pesquisa também revela que a questão da higiene pessoal também é uma grande causa de “ansiedade e vergonha” para quem não sente cheiro, pois elas não conseguem sentir seus próprios odores.

Durante a adolescência, Gabriella encontrou uma solução para o seu caso.

Legenda da foto,

Gabriella tinha palavras-chave combinadas com seus pais sobre questões de higiene pessoal

“Meus pais e eu criamos códigos com palavras-chave. Então, se eu estivesse cheirando mal na frente de alguém, eles falavam as palavras e eu podia ir resolver o problema.”

Hoje, Gabriella é dançarina, o que é um estilo de vida obviamente muito ativo.

“Eu nunca tive nenhum perfume, nunca gostei de flores ou usei sais de banho”, diz ela. “Mas preciso usar desodorante porque eu danço, mesmo que eu não sinta o cheiro.”

Gabriella diz, embora seja estranho falar sobre isso, que não ser capaz de sentir cheiro não é algo que deve causar vergonha.

“Eu acho que ser sincera com seus amigos e com as pessoas ao seu redor é importante, como dizer que as pessoas podem ficar à vontade para te dizer se você estiver cheirando mal”, diz ela.

“Eu sempre fiz questão de dizer que não sou capaz de sentir cheiros, e que não vou ficar ofendida se me disserem que há algum cheiro ruim no ar. Eu prefiro isso a criar uma situação desagradável para todo mundo.”

Ela diz que sentir cheiro não é algo que ela de fato precise, porque ela nunca teve essa habilidade e não tem noção do que está perdendo.

“Mas eu adoraria ter essa experiência — e aquela sensação de estar 'provando' as coisas.”

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Como posso falar para o meu colega de trabalho do seu mal cheiro? – Gosta

  • Psicólogos
  • >

  • Habilidades sociais
  • >

  • Perguntas
  • >

  • Como posso falar para o meu colega de trabalho do seu mal cheiro?
  • Feita por >rosimeri · 31 out 2013 Habilidades sociais

    Gostaria de dizer a ele que ele fede muito, mas é delicada a situação. Todos reclamam do seu mau cheiro. Não sabemos, mas imaginamos que é por falta de lavar suas roupas, usa a mesma a semana toda e é fumante para ajudar.

    A melhor resposta 4 NOV 2013 · Esta resposta foi útil a 181 pessoas

    Esse é realmente um assunto delicado, não tendo intenção de magoar, mas sim de ajudar uma pessoa. Acredito que se você iniciar falando do fumo, pode chegar ao desconforto do cheiro do cigarro impregnando as roupas.

    E como você faz quando sua roupa fica impregnada com o cheiro do fumo quando permanece em ambiente de fumantes e pode perguntar se ele percebe que as roupas ficam mal cheirosas.

    Esse acredito ser o caminho para o papo, tudo vai depender também da receptividade dele e você vai poder medir se pode ir mais fundo no assunto.

    Espero ter ajudado, boa sorte.

    • A resposta foi útil a você?
    • Obrigado pela sua avaliação!

    8 AGO 2015 · Esta resposta foi útil a 177 pessoas

    Ola Rosimeri
    O dialogo é a melhor opção. Busque chama-lo em um local reservado, não o expondo a constrangimentos, seja assertiva, cuidado no tom de voz.

    Afinal de contas vários são os fatores que podem estar agravando esta situação: por exemplo: o tipo de tecido da roupa, a saúde do colega, a alimentação ingerida, o ambiente em geral e claro o fator higiênico pessoal.

    Com uma fala adequada, com certeza ele reflitirá sobre a questão. Abraços

    A resposta foi útil a você?

    Obrigado pela sua avaliação!

    12 FEV 2014 · Esta resposta foi útil a 177 pessoas

    Rosimeri, seria interessante inicialmente você pensar na forma que você gostaria de ser abordada. Iniciar pela questão do fumo também é uma boa saída, falando sobre a saúde, por exemplo, que está sendo prejudicada, por consequência o cheiro de cigarro iria desaparecer.

    A resposta foi útil a você?

    Obrigado pela sua avaliação!

    29 NOV 2013 · Esta resposta foi útil a 170 pessoas

    Rosimeri, Fale. É melhor do que falar pelas costas e não saber como a informação que você quer passar chegará. Ou peça ao RH da empresa para trabalhar o tela higiene e saúde. Pode ser um caminho.

    Juliana Galhardi Martins – CRP: 06/76.313

    A resposta foi útil a você?

    Obrigado pela sua avaliação!

    5 NOV 2013 · Esta resposta foi útil a 179 pessoas

    Olá, Rosimeri. Sobre o que indaga, uma maneira é imaginar como você gostaria que te abordassem para falar sobre uma situação dessa e como você reagiria.

    Resguardas as diferenças de personalidade de uma pessoa para outra, costumamos reagir de maneira igual e isso pode ajudar a tomar decisões. No mais, mantenha-se consciente de qual é a real intenção de interpelar o colega e coloque sinceridade nas suas ações.

    Assim, mesmo que você não seja bem interpretada, ainda assim se sentirá tranquila com sua sincera atitude de uma ação correta.

    A resposta foi útil a você?

    Obrigado pela sua avaliação!

    4 NOV 2013 · Esta resposta foi útil a 174 pessoas

    Olá Rosimeri, essa é uma situação um tanto delicada, pois pelo visto seu colega de trabalho não percebe o incomodo que causa em decorrência de seu mal cheiro, mais nesse caso seria certo todos se reunirem com ele e o comunicarem, pois é um ambiente de trabalho e isto está com certeza causando grandes inconvenientes. Procure conversar com ele de forma clara, sincera com delicadeza para não causar maiores constrangimentos ok?

    A resposta foi útil a você?

    Leia também:  Como Fundir Personagens Que Não Aoarecem Para Comprar No Mortal Kombat X?

    Obrigado pela sua avaliação!

    4 NOV 2013 · Esta resposta foi útil a 174 pessoas

    Olá Rosimeri.

    Acreditamos que saber falar não apenas do odor como de qualquer tema ligado a saúde e a higiene no local de trabalho precisa ser feito com a total cuidado para não criar atritos e sinergias negativas desnecessárias no ambiente de trabalho. Eu recomendaria que a empresa ou setor fizesse uma palestra sobre higiene e saúde laboral e assim não causaria constrangimentos e má interpretação. Juliana Galhardi Martins CRP: 06/76.313

    https://br.mundopsicologos.com/consultorios/juliana-galhardi-martins

    A resposta foi útil a você?

    Obrigado pela sua avaliação!

    4 NOV 2013 · Esta resposta foi útil a 179 pessoas

    Olá Rosimeiri! Acredito que a melhor solução é falar mesmo, uma vez que ele está incomodando várias pessoas, porém a forma de abordar o assunto é que deve ser cuidadosa.

    Se vocês conseguirem demonstrar que estão preocupados com o bem-estar físico dele isso pode ser um ponto bastante favorável. Procure falar em particular, ele e somente mais uma única pessoa.

    Talvez uma pessoa de um nível hierárquico mais elevado seja também uma boa solução. Boa sorte!

    Att.: Rosanna

    A resposta foi útil a você?

    Obrigado pela sua avaliação!

    Ver mais psicólogos especializados em Habilidades sociais

    Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

    11900

    Psicólogos

    13100

    perguntas

    39800

    respostas

    Encontre respostas entre as mais de 13100 perguntas feitas em MundoPsicologos.com

    Como é que se diz a alguém que cheira mal?

    O estagiário que está a trabalhar comigo tem um odor demasiado intenso. Como é que eu hei-de dizer isto de uma forma simpática, mas digamos que o odor dele não é propriamente Calvin Klein e, digamos que por vezes chega a ser assim a modos que um pouco para o insuportável.

    Não é uma coisa bonita de se dizer, eu sei, e nem é mau todos os dias mas quando passo um dia inteiro, tal como ontem, a virar a cara para a parede com a esperança de que o cheiro minimize ou a abrir as janelas quando estão 3ºC lá fora para respirar ar puro, é um pouco demais.

    Na maioria dos dias até que esse odor dele não se sente de manhã, e com o decorrer do dia vai ficando mais forte, de tal forma que não gosto nada quando ele se decide a ficar a trabalhar até mais tarde. No entanto há outros dias como o de ontem em que chegou ao escritório de manhã já com aquele odor forte que, obviamente só se intensificou ao longo do dia.

    O pior é que não sou a única a “sofrer” com isso e já colegas meus se vieram queixar a mim do cheiro.

    Claro que ninguém lhe quer dizer nada directamente visto que o pessoal por cá é todo muito politicamente correcto e ninguém se quer estar na posição de mau da fita.

    Eu sei que ele ía conseguir evitar ou pelo menos minimizar o odor se utilizasse desodorizante ou perfume, mas o problema é que raramente os parece utilizar.

    Tenho perfeita consciência de que eu é que lhe devia falar sobre o assunto mas não é nada fácil chegar ao pé de alguém e dizer que cheira mal.

    No outro dia houve uma oportunidade quando uma colega passou pelo escritório onde estamos e inocentemente fez um comentário – “epá, este vosso escritório cheira como se fosse um ginásio”.

    Eu aproveitei a dica para dizer a todos que ela tinha razão e que todos eles (partilho o escritório com 3 colegas e 2 estagiários, todos eles homens) deviam-se dedicar a usar mais desodorizante de manhã que isto assim não podia ser. Eles riram-se e levaram a coisa na brincadeira, sabendo perfeitamente a quem estava a direccionar o comentário.

    Acho que foi uma forma sauve de pôr as coisas não deixando de dar a dica, e ao início pareceu ter resultado porque de facto ele ficou sem ter odor nenhum durante os 2-3 dias seguintes. Mas depois voltou ao mesmo. Deve-se ter esquecido.

    Quando na semana passada tive uma reunião com ele para revisão da sua performance no estágio não tive problemas nenhuns de lhe dizer aquilo que no trabalho ele fazia menos bem ou em que precisava de dedicar mais atenção, etc., mas na parte do cheiro não fui capaz de tocar.

    É que ainda por cima tenho que ter cuidado com a forma como digo as coisas para não ser considerado descriminação por ele ser de umatrabalho minoria étnica (ele é Paquistanês). É que por cá, qualquer coisa que se diga principalmente no trabalho que possa minimamente estar relacionada com descriminação pode ser levada a tribunal.

    Claro que não tem nada a haver com descriminação nenhuma, tem a haver com o cheiro.

    Mas e agora estar a escolher as melhores palavras para nem se relacionar o cheiro como algo que lhe é inerente (descriminação, estereótipo), nem indicar que várias pessoas se queixam do assunto (desmotivação pessoal e profissional) nem lhe ferir os sentimentos. Uui. Complicado. Não sei mesmo como lhe dizer.

    20 comentários

    Comentar post

    Pág. 1/2

    BAFO, CHULÉ, SOVAQUEIRA em inglês | Dicas de Inglês

    Como dizer BAFO, CHULÉ, SOVAQUEIRA em inglês? Bom, se você tem estômago fraco, não leia esta dica. Mas, se você é uma pessoa curiosa que gosta de aprender quase tudo, então continue lendo.

    Antes de continuar, saiba que algumas palavras não têm equivalente exato de uma língua para outra. Ou seja, embora a gente tenha a palavra em português, em inglês ela não existe da forma como imaginamos. Logo, temos de dar um jeitinho de explicar do que se trata.

    O problema do Chulé em Inglês

    Esse é o caso da palavra chulé em inglês. Não há assim uma palavra que expressa com exatidão esse odor violento que exala dos pés mal cuidados. Assim, caso alguém esteja com os pés nada muito bem o que eles dizem por lá é:

    • Wow, your feet stink. [Nossa, seu pé tá fedendo.]
    • Boy, your feet smell. [Cara, teu pé tá podre.]
    • You’d better wash those cheesy feet. [É bom  você lavar este pé podre.]
    • The dogs are barking today. [Que cheiro de chulé horroroso é esse!]

    Note que a última expressão se traduzida ao pé da letra não faz o menor sentido para nós. Mas, em inglês, dita no contexto correto, a maioria das pessoas saberá o que está sendo dito.

    » Leia também: Como dizer ENCRENQUEIRO em inglês

    Sovaqueira em inglês

    Dependendo da região em que você mora no Brasil, sovaqueira é também conhecido como catinga, fedor de suor, ce-cê (CC, abreviação de cheiro de corpo). Pode ser que tenham aí outras palavras, mas você já entendeu.

    Sovaqueira em inglês é BO (lê-se: bi ou). Essa é a abreviação de body odor (odor do corpo). Eles têm ainda outras palavras: fetid sweat ou body smell. Mas, prefira usar BO, pois é a palavra mais usada.

    Bafo em inglês

    Bafo é o mau hálito ou boca podre. Em inglês, eles chamam de bad breath. O nome politicamente correto, caso você não saiba, é halitosis. Mas, anote aí que assim como em português, em inglês há uma série de expressões usadas como eufemismos para isto. Veja só:

    • He’s melting the moustache.
    • She farts topside.
    • He burns tires on his tongue.

    Todas essas frases acima podem ser interpretadas como alguém tem a boca podre ou alguém tem um bafo horroroso. Claro que não é nada recomendável usar estas expressões acima. Só mesmo se a pessoa em questão não estiver no ambiente. Em todo caso, anote aí que a maneira mais educada de dizer que alguém tem mau hálito em inglês é “he/she has bad breath“.

    » Leia também: Como dizer DAR PORRADA em inglês

    Outros termos nojentos

    Se você conseguiu ler até aqui, parabéns! Prepare-se pois depois de aprender como se diz bafo, chulé, sovaqueira em inglês, você agora entrará em um outro nível de palavras desagradáveis. Vamos lá!

    Remela em inglês é sleep. Se você estiver aí querendo saber o que é isso, recomendo que leia um dicionário. Caso a ideia seja dizer catarro em inglês, então use a palavra phlegm (flém).

    Para encerrar esta dica registro aqui que em inglês há também o termo dingleberry, usada para se referir ao que alguns no Brasil conhecem como marmota. Se você não faz a mínima ideia do que seja essa tal marmota, não se preocupe.

    Eu garanto que você jamais precisará desta palavra. Não vai fazer a menor falta em seu vocabulário; seja em inglês ou em português. Mas, se você estiver muito curioso para saber o que é, leia a definição no Urban Dictionary.

    Boa sorte!

    É isso aí! Agora você já sabe como dizer BAFO, CHULÉ, SOVAQUEIRA em inglês e também outras coisas mais. Achou este texto curioso? Acredita que alguém mais precisa aprender isso? Então, compartilhe o texto e contribuir com o enriquecimento do vocabulário de outras pessoas. See you boys and girls. Take care and keep learning!

    Seja o primeiro a comentar

    Faça um comentário

    Seu e-mail não será publicado.


    *