Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

Ganhar dinheiro no Youtube não é uma tarefa fácil, mas está longe de ser uma tarefa impossível.

  • Para ganhar dinheiro no YouTube você vai precisar:
  • Produzir vídeos 100% originais
  • Ter ao menos 4 mil horas de conteúdo assistido nos últimos 12 meses
  • E atender a todas as diretrizes do Youtube.
  • Isso sem falar na estratégia, que pode incluir anúncios, contribuições, parcerias com marcas, percentual sobre vendas e conteúdo patrocinado.
  • Se você segue ao menos um canal de sucesso, sabe que tem como ganhar dinheiro no YouTube.
  • Não significa que seja fácil, mas está longe de ser impossível.
  • Entre os YouTubers mais bem pagos do momento há aqueles que faturam perto de milhões (ou até mais do que isso) todos os meses.
  • É claro que eles são raros, raríssimos.
  • Mas a boa notícia é que, se você tem pretensões mais modestas, pode se dar bem nessa plataforma de vídeos.
  • E é por isso que construí este artigo.
  • Ele não é um guia para você se tornar o próximo milionário entre os influenciadores digitais ganham muito dinheiro no YouTube.
  • Mas pode ajudar você a começar a monetizar o seu canal, talvez fazendo dele uma fonte de renda extra ou, em um futuro breve, a sua principal ocupação.
  • É isso que custa?
  • Então, vamos ao que interessa!
  • Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.
  • Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

Quanto ganha um YouTuber?

Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

  1. Saber quanto ganha um YouTuber é uma questão levantada por muitas pessoas.
  2. Não só pela curiosidade em si, mas também como forma de descobrir se vale ou não a pena investir na produção de vídeos para a plataforma.
  3. Os valores, no entanto, são variáveis.
  4. Significa dizer que tem aqueles que realmente faturam milhões, enquanto outros alcançam cifras bem mais modesta, mas que não se pode jogar fora.
  5. O YouTube tem mais de um bilhão de usuários e, diariamente, as pessoas assistem a mais de um bilhão de horas de vídeo, de acordo com dados fornecidos pelo próprio site.
  6. O número de canais com receitas anuais de seis dígitos cresce mais de 40% ao ano, enquanto aqueles com cinco dígitos, recebem acréscimo superior a 50%.
  7. Os dados impressionantes fazem do YouTube a maior plataforma de vídeos do mundo.
  8. Assim, criar um canal e produzir vídeos para ele pode ser uma ótima maneira de ganhar dinheiro.
  9. Vamos descobrir como?

Como ganhar dinheiro no YouTube?

Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

  • O desejo de boa parte dos produtores de conteúdo é receber dinheiro com seus esforços criativos, certo?
  • Mas você sabe como ganhar dinheiro com os vídeos?
  • Conheça 6 maneiras de criar um canal no YouTube e faturar uma grana com ele.

1. Ativando a monetização no YouTube

  1. O YouTube tem uma opção própria para a monetização de vídeos, o chamado Programa de Parcerias do YouTube (YPP).
  2. Mas o que isso quer dizer?
  3. Monetizar os conteúdos significa gerar receita sobre o consumo desse material.

  4. No caso dos vídeos, isso pode acontecer através de visualização ou clique, por exemplo.
  5. Para ativar a monetização de vídeos do YPP, é preciso seguir algumas regras impostas pelo próprio YouTube.

  6. Dentre elas, estão:
  • Produzir vídeos 100% originais, sem infringir direitos autorais de terceiros
  • Ter, pelo menos, 4 mil horas de conteúdo assistido nos últimos 12 meses
  • Passar pelos critérios de tamanho do canal, tipo do conteúdo e engajamento da audiência.

Quer saber mais a respeito?

Tenho um artigo sobre como fazer a ativação da monetização no YouTube.

2. Exibindo anúncios nos vídeos

  • Amados por uns, odiados por outros.
  • A verdade é que os anúncios exibidos durante os vídeos podem render um bom dinheiro para os YouTubers.
  • A modalidade monetiza por cliques ou visualizações.
  • Ou seja, quanto mais pessoas clicarem sobre ele ou quanto mais gente assistir ao anúncio publicitário por mais tempo, mais grana vai para o dono do canal.
  • Funciona mais ou menos assim: organizações interessadas em ampliar sua divulgação selecionam perfis de canal onde desejam fazer seus anúncios.
  • O YouTube faz a intermediação entre elas e os produtores de conteúdo que disponibilizam espaços em seus canais.
  • Toda a parte de criação e gerenciamento das propagandas fica sob responsabilidade do anunciante.
  • Cabe ao YouTuber gerar bons conteúdos e atrair muitas visualizações para ganhar cada vez mais dinheiro com publicidade.

Existe uma estimativa de que a plataforma pague, a cada 1.000 views do vídeo, entre U$ 0,25 e U$ 4,50 (o que ficaria entre R$ 1 e R$ 18, no Brasil).

  1. Ou seja, o pagamento do YouTube é realizado pelo CPM (custo por mil).
  2. É importante saber que a plataforma só considera como visualização quando há um clique no vídeo ou quando o usuário assiste ao menos 30 segundos do conteúdo.
  3. Portanto, é necessário produzir um vídeo bem atrativo e promovê-lo bastante para atrair um número considerável de visualizações e, assim, ser bem monetizado sobre o vídeo.

Tipos de anúncio

Veja em que posições os anúncios podem ficar no YouTube:

  • Anúncio Gráfico: aparece ao lado do vídeo, disponível apenas para PC
  • Anúncio de Sobreposição: banner semitransparente sobre o vídeo, também somente em PC
  • Anúncio de Vídeo Ignorável: aparece antes, durante ou no fim do vídeo e o usuário pode “pular”. Está disponível para PC, celular, smartTV e videogame
  • Anúncio de Vídeo Não Ignorável: dura até 30 segundos e não pode ser pulado. Aparece em computador e celular.

3. Pedindo contribuições

  • Outra maneira de levantar uma grana produzindo vídeos e postando no YouTube é através das contribuições daqueles que assistem ao canal.
  • O YouTuber britânico Evan Edinger, com mais de 570 mil inscritos, explica melhor como funciona:
  • “O público assiste aos vídeos e, se gosta e quer apoiar seu criador, pode pagar algo em torno de US$ 1 por vídeo ou US$ 1 por mês”.
  • Os usuários fazem pequenas contribuições regulares ou esporádicas e, então, colaboram para que o YouTuber possa manter seu trabalho com a produção dos vídeos.
  • Uma das formas de retribuir à contribuição é oferecendo algo exclusivo e de valor para esse público pagante.

Recentemente, uma instagrammer adotou a estratégia para a visualização dos seus Stories. Pela rede social de fotos, houve polêmica com a cobrança de assinatura.

Mas a realidade é que a prática já é comum entre os YouTubers há bastante tempo e funciona como uma forma para criar um canal e ganhar dinheiro com a plataforma.

Pense nessa estratégia e consiga monetizar seu trabalho.

4. Ganhando percentual sobre vendas

  1. A famosa comissão sobre vendas ganhou novos contornos no universo digital.
  2. No modo tradicional, era preciso de fato vender algo para receber um percentual sobre a operação.

  3. Com a internet e a cultura de influencers, basta que uma pessoa exerça influência sobre seu público e o direcione para efetuar a compra para receber uma parte do valor comercializado.
  4. Na realidade, chegar ao ponto de gerar a ação daqueles que assistem ao seu vídeo não é tarefa das mais simples.

  5. Mas a estratégia para ganhar dinheiro como YouTuber pode funcionar de forma efetiva.
  6. Para isso, é necessário se inscrever em programas de afiliados para receber os links certos.
  7. Com eles, a cada conversão de usuário para cliente, o YouTuber recebe uma comissão pré-determinada.

  8. Outra forma de monetizar as vendas por indicação é entrando em contato direto com empresas e, com elas, receber cupons ou links que permitam a identificação da operação.

5. Usando produtos e marcas

  • No começo dos anos 2000, os produtores de conteúdo de blogs e canais do YouTube começaram a ser transformados em verdadeiras celebridades da web.
  • Logo em seguida, as empresas perceberam o potencial publicitário dessas personalidades públicas.
  • Com isso, as marcas iniciaram campanhas online e, dentre as estratégias utilizadas, estava a de enviar produtos para os influencers.
  • A ideia era que eles utilizassem as peças e comentassem sobre suas atribuições.
  • Além disso, o simples fato de usar algum produto já era impactante para a divulgação da marca.
  • Esse tipo de publicidade – os famosos “recebidos” – se mantém até os dias de hoje.
  • O YouTuber pode, assim, receber produtos de empresas em troca da divulgação dos mesmos.
  • O uso de produtos pode ser uma ótima forma para iniciar seus ganhos no YouTube, já que é uma maneira mais simples tanto para as organizações, quanto para o produtor de conteúdo.
  • É importante criar relações interessantes com marcas e verificar aquelas que tenham, de fato, relação com a temática do canal e que sejam do interesse do público.

6. Produzindo conteúdo patrocinado

  1. Por fim, fazer conteúdo patrocinado é uma das fontes de remuneração de vídeos do YouTube.
  2. Com essa forma, criam-se parcerias pagas com marcas para o recebimento em dinheiro pela publicidade.

  3. Vou novamente citar Evan Edinger, que diz o seguinte sobre essa modalidade de monetização:
Leia também:  Qual A Utilidade De Programas Como O Winzip Winrar Entre Outros?

“Podem pagar 12 vezes mais do que o faturamento com anúncios em um mês. Parece surreal, mas é verdade.

  • Evidentemente, tudo vai depender do grau de influência do YouTuber e do quanto as empresas estão dispostas a pagar pelo trabalho.
  • Uma boa maneira para ter um parâmetro é conversando com outros produtores de conteúdo da mesma área e com nível de assinantes semelhante.
  • Além disso, existem plataformas específicas para juntar influencers interessados em patrocínio e marcas dispostas a pagar pelo serviço, como:
  • Influency.me
  • Airfluencers
  • Celebryts
  • Hubble
  • Kuak.

Estude essas plataformas, capte novos patrocinadores e verifique, dessa forma, qual a melhor maneira para você ganhar dinheiro sendo YouTuber.

Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

Como funciona o pagamento do YouTube?

Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

  1. Em 2018, houve mudança nas políticas de remuneração do YouTube.
  2. A alteração aconteceu depois que o YouTuber Logan Paul exibiu o corpo de uma vítima de suicídio em seu vídeo.
  3. Mesmo com a violação, seu conteúdo continuou sendo monetizado.
  4. Após críticas, a plataforma de vídeos decidiu mudar algumas políticas para pagar por visualizações dos vídeos.

Assim, o YouTube está mais rígido quanto à monetização. Dentre as regras vigentes desde então, está o número mínimo de inscritos e as horas visualizadas nos últimos 12 meses.

  • Além disso, a plataforma está muito mais rigorosa quanto a violações das suas regras, disparo de spam e denúncias feitas sobre o conteúdo.
  • Depois que todos esses requisitos forem cumpridos, é possível ser remunerado pelas produções publicadas na plataforma.
  • Mas como funciona o pagamento de vídeos do YouTube?

Quanto ganha um Youtuber? Veja o faturamento dos famosos

Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

Quando se pergunta “quanto ganha um youtuber”, a resposta é sempre a mesma: depende do canal, do conteúdo do vídeo, do segmento no qual está inserido, da divulgação e por aí vai.

Embora isso seja verdade, essa não é a resposta que você estava esperando, não é mesmo? Por isso, neste artigo, mostraremos tudo o que você precisa saber sobre os formatos de rentabilização dos canais no Youtube.

Como um Youtuber ganha dinheiro?

Com evolução do mercado de publicidade para os canais digitais, o número de oportunidades para ganhar dinheiro também aumentou. A internet é um ambiente democrático, no qual todos conseguem se posicionar sem a necessidade de grandes investimentos.

Nesse sentido, produzir conteúdo é o grande diferencial para alcançar o público digital. Quanto mais conteúdo de qualidade, em vídeo, texto ou imagens, mais pessoas acabam achando seu site, canal ou rede social.

  • Nesse cenário, o Youtube, maior plataforma de vídeos da internet, entra como um dos principais ambientes para compra e venda de publicidade.
  • Nele são carregados mais de 400 horas de vídeo por minuto, os quais podem ser assistidos por mais de 30 milhões de espectadores que acessam a plataforma diariamente!
  • Portanto anunciantes e youtubers de todos os tamanhos utilizam esse canal online para aumentar seu alcance, vender mais ou rentabilizar os seus negócios.

Entretanto existem várias maneiras de fazer isso. Continue lendo o nosso post e entenda como funciona cada uma delas.

Como o Youtube paga os canais?

O formato de  monetização mais popular é oferecido pelaprópria plataforma – o Programa de Parcerias do Youtube (YPP) – o qual permiteque os youtubers exibam anúncios nos vídeos do próprio canal.

Para participar do programa, o dono do canal deverá atender alguns requisitos para ser avaliado pelos especialistas do Youtube. Assim, uma vez aceito, você será pago de acordo com o número de visualizações dos seus vídeos.

Como se cadastrar no Programa de Parcerias do Youtube?

Se cadastrar como parceiro do Youtube é muito fácil, basta fazer login no seu canal, acessar o Estúdio de criação e, no menu esquerdo, selecionar Canal > Status para, enfim, clicar ativar em “geração de receita”.

Entretanto para isso você precisará atender as seguintes exigências:

  • Ter mais de 4 mil horas de exibição pública nos últimos 12 meses;
  • Ter mais de mil inscritos;

Aprenda como ganhar dinheiro no YouTube

Para muitas pessoas, o YouTube é apenas uma forma de entretenimento, uma maneira de auxiliar seus estudos ou aprender sobre curiosidades. No entanto, a plataforma de compartilhamento de vídeos é tão grande e bem estabelecida que pode se tornar uma das formas de gerar renda para muitas pessoas.

Pessoas que conhecem os canais mais bem sucedidos na rede sabem o potencial de ganhar dinheiro no YouTube. Existem criadores de conteúdo famosos, conhecidos como YouTubers, que podem ganhar até milhões anualmente.

A realidade é que estes casos são muito raros, no entanto, pessoas dedicadas que desejam monetizar seu conteúdo, podem obter sucesso através da plataforma em uma escala menor.

Essa não é uma tarefa fácil nem é tão simples quanto parece, mas é algo que pode ser alcançado através do trabalho. Portanto, se você tem dúvidas sobre o funcionamento da plataforma e estratégias, confira o nosso artigo e conheça as principais opções de monetização do YouTube.

Quanto ganha um YouTuber?

Saber quanto ganha um YouTuber é uma dúvida compartilhada por muitas pessoas. O que para muitos pode ser apenas uma curiosidade, para outros é uma forma de analisar a viabilidade de investir na carreira de produção de conteúdo.

Esses valores podem variar muito, dependendo da categoria e da quantidade de inscritos dos canais. Os principais criadores da plataforma, que contam com uma enorme base de inscritos e milhares de visualizações diárias, podem ganhar na casa dos milhões.

Porém, existem produtores de conteúdo que trabalham em menor escala, com menos inscritos e um número menor de visualizações, que ganham bem menos, mas uma quantia considerável.

Afinal, o YouTube é a maior plataforma de compartilhamento de vídeos do mundo. Segundo os dados oferecidos pela própria empresa, diariamente mais de um bilhão de usuários acessam o site diariamente para assistir vídeos.

Além disso, um dado promissor é que o crescimento de canais que faturam na casa das centenas de milhares ao ano ao redor do mundo foi de 40%, enquanto canais que faturam na cada das dezenas de milhares cresceram 50%.

Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

Quanto ganham os maiores YouTubers do Brasil?

Você já sabe sobre a viabilidade de criar seu canal e ganhar dinheiro no YouTube, mas ainda tem interesse em descobrir quanto alguns dos maiores YouTubers do Brasil ganham? Confira nossa lista com 5 dos maiores canais brasileiros.

Para medir os ganhos, utilizamos o site Social Balde que se baseia em uma estimativa do CPM (custo por mil) usando um valor entre $0,25 a $4,00 dólares para gerar uma média do ganho anual.

KondZilla

O KondZilla é o maior canal do Brasil, com mais de 62 milhões de inscritos. Seu conteúdo é voltado para o lançamento de músicas e videoclipes de Funk. De acordo com os dados gerados pelo Social Blade, seu faturamento anual está entre 507 mil a 8,1 milhões de dólares.

Whindersson Nunes

Whindersson Nunes é um comediante do Piauí que produz conteúdo nos formatos de vlog, paródias, críticas de filmes e hoje conta até mesmo com parcerias oficiais com o YouTube. Seu canal tem atualmente 41 milhões de inscritos e seu faturamento estimado está entre 83 mil a 1,3 milhões de dólares.

Felipe Neto

Felipe Neto é um influenciador digital que conta com um canal com mais de 41 milhões de inscritos. De acordo com as estimativas geradas pelo Social Blade, a renda anual gerada através de seus vídeos é de 727 mil a 11 milhões de dólares.

Você Sabia?

“Você Sabia?” é um canal sobre curiosidades e fatos interessantes produzidos pela dupla Daniel Molo e Lukas Marques. Seu canal possui 38 milhões de inscritos e gera renda em torno de 322 mil a 5,2 milhões de dólares.

Galinha pintadinha

O conteúdo voltado para o público infantil também oferece grandes oportunidades de monetização. O canal Galinha Pintadinha que produz músicas e animações para crianças tem cerca de 25 milhões de inscritos e tem o faturamento entre 897 mil a 14 milhões de dólares.

Como ganhar dinheiro no YouTube?

Após conferir os enormes valores que canais e influenciadores de nível nacional podem ganhar através do site, é hora de saber como você pode ganhar dinheiro no YouTube.

Você está enganado se pensa que a monetização do conteúdo é feita apenas através da veiculação de anúncios. Abaixo listamos os principais métodos de gerar renda usando a plataforma.

Monetizando seu conteúdo e exibindo anúncios

Ativar a monetização do seu canal para receber dinheiro através de anúncios é a forma mais conhecida de ganhar dinheiro no YouTube. Para que isso seja possível, seu canal deve participar do Programa de Parcerias do YouTube.

Isso significa que algumas regras e termos de serviços exigidos pela plataforma devem ser respeitados para que seus vídeos gerem lucro.

  • Criar seus próprios vídeos originais, respeitando as leis de direitos autorais e tomando muito cuidado com a utilização do conteúdo de outras pessoas.
  • Contar com 4 mil horas de material assisto nos últimos 12 meses.
  • Contar com todos os critérios exigidos pelo programa, como número de inscritos, engajamento e categoria de conteúdo.
Leia também:  Qual O Nome Do Presidente Do Brasil Que Ficou Conhecido Como Jango?

Após cumprir com as exigências da plataforma, seu canal poderá exibir anúncios durante seus vídeos que irão render dinheiro. A monetização será feita por cliques ou visualização. Isso significa que quanto mais pessoas assistirem seu anúncio por bastante tempo ou clicarem nos anúncios, mais você irá ganhar dinheiro no YouTube.

O trabalho para selecionar o material que será veicular em seu canal fica por conta do YouTube. A própria plataforma irá atuar como intermediadora, se comunicando com empresas e organizações interessadas em escolherem os canais em que desejam veicular seus anúncios.

Para ter uma estimativa do ganho, podemos usar novamente os dados oferecidos pelo Social Blade. Segundo a ferramenta, cada 1.000 visualizações em um vídeo podem gerar um valor entre $0,25 a $4,50 dólares.

Isso significa que será preciso conseguir um número muito alto de visualizações para gerar uma quantidade relevante de renda através deste método. Por isso, produzir vídeos criativos, interessantes, que capturam a atenção dos usuários é tão importante para quem deseja uma carreira na plataforma.

Marketing de afiliados

Você também pode ganhar dinheiro com um canal no YouTube de forma indireta. O marketing de afiliados é uma das opções mais eficazes para quem deseja produzir conteúdo e ganhar dinheiro com comissões.

Diversas empresas que vendem produtos ou prestam serviços contam com programas de afiliados. Geralmente, qualquer pessoa pode se inscrever nestes programas para receber um link de afiliado que irá render comissões para cada negócio fechado através dele.

Após aderir a estes programas, planeje produzir conteúdos que abordem temas relacionados ao que está sendo oferecido em seus links. Faça avaliações, crie vídeos informativos e tire dúvidas para incentivar que sua audiência utilize seus links.

Recebendo contribuições do seu público

Um dos recursos que diversos criadores de conteúdo da plataforma utilizam para continuar produzindo vídeos constantemente é contribuição de sua audiência. Afinal, se seus vídeos são interessantes e sãos fãs realmente desejam continuar acompanhando seu trabalho, eles podem oferecer uma ajudinha.

Esta estratégia funciona de uma forma bastante simples. Os criadores produzem seu conteúdo e disponibilizam meios para que as pessoas que assistem seus vídeos, gostam e desejam apoiá-los possam realizar contribuições mensais ou pontuais.

Geralmente, os criadores que optam por usar esta estratégia também oferecem benefícios de valor para inscritos que contribuem. Alguns exemplos são vídeos exclusivos, receber conteúdo mais cedo, a participação de grupos de conversa exclusivos.

O Patreon é uma das plataformas mais utilizadas para apoiar este tipo de criadores. Após a criação de sua conta, é possível elaborar uma página para seus fãs e disponibilizar um link para que as pessoas a acessem e façam suas contribuições.

Criando conteúdo patrocinado

Produzir conteúdos patrocinados é uma ótima forma de ganhar dinheiro no YouTube para canais bem estabelecidos, com uma boa base de inscritos e bons números de visualização.

O interesse de parceiros estará diretamente relacionado ao desempenho do seu canal e aos temas abordados. Contar com boas taxas de engajamento pode até mesmo fazer com que empresas oferecem a oportunidade de parcerias.

Se você deseja optar por esta estratégia, torne o processo mais rápido e prático criando um kit de informações sobre seu canal. Apresente os temas abordados, relatórios e, caso existam, resultados positivos de outras parcerias.

Criando uma loja e vendendo para seu público

Você tem vontade de criar um negócio que usa o YouTube para ganhar dinheiro, mas também pode funcionar sem a plataforma? Direcionar seu público para uma loja virtual pode ser um projeto paralelo ou o foco do seu canal.

Esta é uma maneira de unir o trabalho de gerar conteúdo e promover os produtos que serão vendidos em sua loja. O tráfego gerado pelo seu conteúdo na plataforma de vídeo também irá impactar de forma positiva no desempenho do seu ecommerce.

Uma das grandes vantagens de aderir a esta estratégia é a facilidade de criar sua própria loja. O que garante que seu foco poderá ser mantido na produção de conteúdo e gerenciamento do negócio. Confira algumas das melhores opções de sites para criar sua loja online rápido e fácil.

  • Tray
  • Wobiz
  • Loja Integrada
  • SITE123

Explorando o recurso Clube dos canais

Após atingir a marca de 30 mil inscritos, sua conta no YouTube irá contar com a opção de criar um Clube do canal.

O Clube é uma espécie de plano, onde inscritos podem aderir pagando um valor mensal. Ao fazer isso, seus inscritos assinados poderão contar com emojis personalizados, prévias do lançamento de vídeos, conteúdo exclusivo e mais.

Muitos produtores de conteúdo que optam por criar clubes geralmente fazem transmissões ao vivo, algo que abre mais uma oportunidade de monetização. Durante uma transmissão, usuários da rede podem pagar para que suas mensagens sejam destacadas através do Super Chat.

Como é feito o pagamento?

Quanto os YouTubers Estão Ganhando em 2020?

Tópicos  

youtube  mídia social  

Hoje em dia nem é preciso dizer que ganhar dinheiro no YouTube é possível. Com o resultado de um trabalho consistente e de qualidade, qualquer pessoa pode ter sucesso no YouTube. A questão que fica é: quanto os YouTubers ganham? Ou, quanto é possível lucrar com a criação de vídeo?

Não há uma resposta exata para isso, pois depende de muitos fatores como a quantidade de visualizações e inscritos, o fluxo nos streams, a arrecadação com anúncios, os programas de afiliados, vendas de mercadorias e acordos de patrocínio.

Como Descobrir Quanto Ganha Um Youtuber?

Basicamente, quanto dinheiro você vai ganhar no YouTube depende do seu próprio canal, da sua localização e de quanto tempo você vai poder investir nele.

Em média, a monetização do YouTube para 1000 visualizações (também conhecido como CPM – Custo Por Milha) varia de 0,5 a 6 dólares americanos com base na localização dos espectadores e do público-alvo.

Os números variam muito, mas a maioria dos canais recebe 0,5 dólares por mil visualizações de vídeo.

Conseguir inscritos e espectadores ativos o suficiente para ganhar dinheiro e conseguir se sustentar somente com o YouTube não é uma tarefa fácil. Se você quiser saber mais sobre quanto os YouTubers ganham, como pode engajar mais pessoas em seu canal e passar a ganhar dinheiro com o YouTube, continue lendo porque este artigo é sobre isso.

Ganhar dinheiro online é uma maneira conveniente que milhões de pessoas se sustentam, ao monetizar suas habilidades, recursos e talentos.

Fundado há cerca de 15 anos e com mais de 1 bilhão de horas de vídeo assistidas todos os dias, o YouTube é o lugar perfeito para iniciar um canal de vídeo e tentar monetizá-lo.

via GIPHY

No YouTube, você ganha dinheiro com base no número de visualizações. Porém, uma coisa a ser observada é que você não é pago pelas visualizações do vídeo, mas sim por quantas visualizações os anúncios obtêm.

A taxa média do CPM é a mesma para 1000 visualizações de anúncios. Portanto, para maximizar seus ganhos, você precisa construir um público fiel para ter um engajamento maior e deve ser consistente em enviar vídeos.

Você pode começar um canal no YouTube a qualquer momento mas, para ter sucesso, é essencial ter um plano desde o início e prestar atenção na qualidade do seu conteúdo logo nos primeiros passos.

YouTubers bem-sucedidos geralmente começam seus vídeos com uma introdução, que acaba se tornando uma marca registrada.

Existem muitos criadores de introdução para o YouTube online que podem te ajudar a criar uma intro de alta qualidade, dando aos seus vídeos uma aparência profissional.

Confira nosso artigo sobre como criar uma ótima introdução em alguns minutos, mesmo sem ter um conhecimento técnico anterior.

Para uma introdução de sucesso, você também precisa ter um logotipo que destaque seu canal. Isso pode ser conseguido com a mesma facilidade, com a ajuda das ferramentas de criação de logotipos disponíveis online.

Social Blade, o site que revela quanto ganham os youtubers

Quanto ganham os mais famosos youtubers do país? Está aí um dos maiores mistérios da internet, já que o algoritmo do YouTube que calcula qual quinhão da publicidade será repassada aos donos de seus canais é secreto e os ganhos podem variar bastante mês a mês. Mas o Social Blade, site americano criado em 2008 que se tornou referência em análise de dados, tem conseguido colocar luz nas especulações.

Leia também:  Como Se Chama E Onde Se Localiza A Maior Elevação De Portugal?

As estimativas divulgadas são um tanto elásticas. O piauiense Whindersson, por exemplo, receberiam só pelos acessos do YouTube (ou seja, sem contar o número muito maior que ganham com livros, eventos, publicidade e outros trabalhos) de 55.000 a 880.000 reais e a paranaense Kéfera Buchmann entre 12.300 e 200.000 a cada mês.

Mas uma série de youtubers bem sucedidos ouvidos pela reportagem diz que não é difícil decifrar o valor real: em geral, ele está mais próximo do mínimo estimado. O site é referência entre os grandes nomes da área, que costumam consultar as métricas dos colegas, em geral no aplicativo Social Blade, que pode ser baixado gratuitamente.

Oficialmente, nenhum confirma o quanto ganha.

………………………

(Atualizado em 29/9/2016. Procurados, os canais não revelaram seus rendimentos mensais.)

………………………

Como funciona

Fundado em 2005, o YouTube revolucionou o mercado publicitário da internet. São os comerciais (muitas vezes inconvenientes) exibidos no site que mantêm os canais do site e seus donos.

Para ser parceiro do site de vídeos e faturar, os canais devem cumprir uma série de requisitos e, claro, produzir material de qualidade e em grande quantidade. Resumindo: para ganhar dinheiro como youtuber, é preciso acumular uma legião de inscritos e milhões de visualizações.

No Brasil, o desenho animado Galinha Pintadinha tem o canal com mais visualizações mensais (ultrapassa 4 milhões) e, segundo o SB, faturaria entre 158.000 a 2,5 milhões de reais mensais.

Qualquer pessoa pode se tornar parceiro do YouTube, mas há normas. Existem diferentes tipos de anúncio no site – o mais comum é aquele “pulável”, que passa antes, durante ou depois dos vídeos.

Há ainda anúncios “não ignoráveis” e outros “clicáveis” (fora da tela de vídeo).

O importante para os anunciantes e, por consequência, para os canais, é que os usuários do YouTube assistam ou cliquem nos comerciais, o que, naturalmente, aumentará os lucros de todos os envolvidos.

+ Kéfera Buchmann e a cobiçada profissão youtuber

Quanto ganha um youtuber? Saiba mais!

Com mais de 1 bilhão de usuários em todo o mundo, o YouTube é a principal plataforma de vídeos em todo o mundo. Esse fato abre oportunidades profissionais e, consequentemente, muitas pessoas querem saber quanto ganha um youtuber.

Diversos motivos podem levar uma pessoa a ter o seu próprio canal no aplicativo, como ser famoso, ganhar dinheiro ou a necessidade de ensinar ou esclarecer algo, independentemente do assunto.

No entanto, não são apenas pessoas físicas que começam a produzir seus próprios vídeos.

Algumas empresas também usam a plataforma para divulgar seus produtos e/ou serviços e manter um contato direto com seus clientes.

Os youtubers mais famosos monetizam bastante os seus vídeos e servem de inspiração aos mais novatos, que desejam ter uma trajetória de sucesso. Em um passado não muito distante, ser youtuber era sinônimo de dedicar algum tempo livre a essa atividade. Hoje, no entanto, a ideia é bem diferente.

A seguir, entenda melhor o conceito de youtuber.

Mas afinal, o que são youtubers?

Todos que possuem um canal no YouTube podem ser consideradas youtubers. Não importa o assunto em foco, são pessoas que usam a plataforma para compartilhar ideias, dicas e conhecimento. Algumas dessas pessoas conseguem ter milhares ou até milhões de inscritos e influenciam o comportamento e as ideias de todos eles.

O Brasil é o país com os youtubers mais bem-sucedidos em comparação a todos os países que falam português. A ocupação entrou no imaginário popular de uma forma que passou a ser uma alternativa para a clássica pergunta que se faz a crianças: “o que você vai ser quando crescer?”.

No próximo tópico, saiba quanto ganha um youtuber e conheça as referências do segmento no Brasil.

Quanto um youtuber ganha?

Para ganhar dinheiro como um youtuber, é necessário monetizar os vídeos. Para isso, deve-se configurar o canal, clicando na aba “monetização” e então em “ativar minha conta”. Caso não haja irregularidades, os vídeos produzidos pelo canal passam a receber dinheiro, de acordo com o número de visualizações.

A cada mil acessos, o youtuber recebe U$ 1. Ao alcançar os 100 mil views, naturalmente, o pagamento sobe para US$ 100 e, com um milhão, US$ 1.000. Como se pode perceber, um canal de sucesso pode render uma boa renda para seu criador.

Para se ter sucesso, é importante manter uma continuidade na produção de vídeos e observar a opinião dos internautas através dos seus comentários. Assim como a produção de blogs, é importante encontrar um nicho e atrair um público específico, que, mesmo reduzido, tem chances de ser fiel.

Imitar outros canais também não é a saída mais eficaz. Procurar inovar e ter criatividade facilita o caminho para um grande número de visualizações e inscritos.

Além disso, uma qualidade essencial para um produtor de vídeos para o YouTube é ter paciência. Não é de uma hora para outra que um determinado canal alcança o tão esperado sucesso e o youtuber consegue ganhar dinheiro. Em alguns casos, é preciso esperar até um ano para que os primeiros dólares sejam conquistados.

Vídeos mais procurados

Os vídeos mais procurados pelos usuários do YouTube são os chamados tutoriais. Moda, receitas, serviços domésticos e quaisquer tipos de reparos têm mais chances de serem procurados e acessados.

Um outro tipo de vídeo bastante acessado é o vlog. Nele, o youtuber expressa sua opinião sobre um determinado assunto. Entretanto, declarações polêmicas podem fazer com que o vídeo deixe de ser monetizado e até mesmo que o YouTube suspenda a sua exibição.

Revelado: quanto ganha um Youtuber

Finalmente, chegou o dia em que você vai descobrir quanto ganha um youtuber. A dúvida sobre a remuneração de um youtuber é muito comum, já que atualmente essa é uma profissão em destaque.

Devido à fama, ao dinheiro e aos presentes que os grandes produtores de conteúdo ganham com seus canais, algumas pessoas desejam investir no empreendedorismo digital e se tornarem youtubers.

Se você faz parte desse grupo ou apenas quer saber quanto ganha um youtuber, a HeroSpark explica como funciona a remuneração na plataforma.

Mitos sobre o YouTube

Primeiro, vamos esclarecer uma ideia errônea que algumas pessoas têm sobre o YouTube. A plataforma não é um passaporte garantido para a fama e para a riqueza de maneira fácil. A vida de um youtuber não é tão simples quanto parece.

Os vídeos de poucos minutos dependem de roteiro, tempo, dedicação e até de investimento de dinheiro para a compra de equipamentos, por exemplo. Assim como qualquer outro segmento do empreendedorismo existem riscos.

Além disso, nem todos os criadores de conteúdo alcançam a fama, mesmo com a produção de excelentes materiais. O sucesso depende de diversos fatores, como quantidade de visualizações, de inscritos no canal e outros detalhes, que abordaremos a seguir.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Como funciona a monetização do YouTube

A monetização dos vídeos no YouTube segue regras rígidas estabelecidas pela plataforma. Elas são definidas para garantir que os anúncios dos patrocinadores sejam exibidos em vídeos que reforcem os valores da marca e para evitar que a plataforma seja um meio de disseminação de mensagens impróprias.

No entanto, a regulamentação torna um pouco mais complicada a vida dos criadores de conteúdo que desejam ganhar dinheiro no YouTube. Até 2017, qualquer canal com um total de 10 mil visualizações poderia ativar a monetização de vídeos. Isso quer dizer que, a partir dessa solicitação, anúncios seriam veiculados aos vídeos, garantindo que o youtuber receberia uma quantia por isso.

Apenas com essa regra, vários criadores de conteúdo relevante já eram excluídos da chance de monetizar, pois conseguir 10 mil visualizações não é uma tarefa fácil. Agora, quem produz conteúdo e deseja receber por eles precisa cumprir alguns critérios, como ter:

  • Mais de 18 anos;
  • Conta AdSense;
  • Mil inscritos no canal;
  • Mais de 4 mil horas de conteúdo assistido em um ano;
  • Publicações com frequência;
  • Respeito pelas normas do YouTube.

Este último critério é avaliado manualmente por quem trabalha para a plataforma, o que torna o processo de monetização mais lento. Além disso, a regra das 10 mil visualizações também entra na conta.

Mais controle dos anunciantes

O resultado da nova forma como o YouTube monetiza os criadores de conteúdo é a garantia de mais controle dos anunciantes sobre a propaganda. Antes das mudanças, eles não tinham como saber em que vídeo seus produtos estavam sendo veiculados, o que poderia resultar em pouca eficácia, já que a propaganda poderia ser exibida para um público que não se interessaria pela oferta.

Agora, com as alterações, o anunciante sabe onde seus produtos são exibidos e as vantagens do canal para a marca. Além disso, eles também podem avaliar se a união entre marca e canal está sendo benéfica.

Parceria canal e marca

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*