Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

Muitas vezes longe da loja de conveniência mais próxima e desprovido de acesso a qualquer papel de cigarros que seja, só resta usar a criatividade e improvisar no rolê.

A seguir, confira 5 alternativas para fazer a cabeça quando não resta mais nenhum papelzinho na manga. Conhece mais alguma maneira de fumar sem papel? Deixe aí nos comentários pra gente!

1 – Localize o bong, vaporizador ou pipe mais próximo

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

Aí é fácil…Sorte de quem fica sem seda, mas tem algum bong, vaporizador ou pipe à mão. Problema resolvido e cabeça feita com facilidade e precisão!

2 – Encontre um papel substituto

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

Como a maioria das pessoas é habituada a fumar maconha em formato de cigarro, uma das primeiras coisas que se passa pela cabeça da galera é improvisar com algum tipo de papel alternativo. Há quem jure até que já fumou um em páginas da Bíblia ou de revistas. No entanto, pelo bem da saúde, é bom evitar qualquer tipo de papel com tinta.

Dê preferência a papéis e matérias de origem vegetal, como a tradicionalíssima palha de milho. Papel de pão também pode salvar nos casos mais desesperadores, assim como os populares “sedanapos” (guardanapos de papel de seda comumente disponíveis em lanchonetes e bares).

3- Se jogue na baldada

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

Quem não tem seda nem bong pode apelar com sucesso para a boa e velha baldada. Fácil de fazer, a técnica utiliza um balde cheio de água e uma garrafa de refrigerante vazia – que deverá ser cortada na base, como mostra o esquema acima. A erva deve ser colocada na outra extremidade. Após acender, basta erguer a garrafa, o que gera uma espécie de “vácuo” responsável por concentrar a fumaça. Trague com gosto e seja feliz!

4- Fume na faca quente

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

Uma das mais antigas e conhecidas formas de fumar sem papel, a técnica das facas quentes consiste também na mais perigosa de todas – especialmente para quem já está chapado. Tudo o que você precisa são duas facas e um fogão ou fogareiro à gás ou elétrico. Após acender o fogo, esquente as duas facas até que fiquem em brasa. Depois, coloque um pouco de erva ou haxixe numa das lâminas, pressionando com a outra, de forma a fazer um “sanduíche” com a maconha no meio. Daí, basta inalar a fumaça que começará a sair imediatamente, utilizando – de preferência – algum cone feito com qualquer tipo de papel. Ideal para consumir resinas, óleos e concentrados em geral (neste caso, ver também a técnica do hash no copo).

5- Apele para a maçã

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

Fonte de vitaminas e minerais, a maçã também serve como excelente suporte para fazer a cabeça. Para construir um cachimbo com a fruta, faça dois buracos que se encontrem, sendo um na lateral (por onde você puxará a fumaça) e outro acima (onde será colocada a erva). Depois, é só posicionar a maconha na parte superior e tacar fogo. De quebra, a técnica garante um sabor frutado a cada tragada.

**Junte-se à roda do Maryjuana no Telegram.

Acabou a Seda, e Agora? Formas de Chapar Sem o Papelzinho — GIRLS IN GREEN

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

“Quem tem seda?”, já perguntaria o Planet Hemp. Afinal, quantas vezes já bateu aquela vontade de fumar um e você descobriu que seu papel tinha acabado? O que parece um problemão pode ser uma oportunidade perfeita para aprender a usar a sua cannabis de novas formas – seja vaporizando, bongando ou até cozinhando com ela! 

É importante lembrar aqui que, mesmo nessas horas de seca de seda não dá pra deixar a Redução de Danos de lado! Então, além de te contar sobre os melhores truques para chapar sem seda, nós ainda vamos falar sobre o que não fazer sob hipótese alguma nesses casos. 

Vamos descobrir juntas como improvisar? Bora lá!

Testando apetrechos

Tem um bong ou pipe guardado em algum lugar? Hora de usá-los! Sem seda, você pode vaporizar ou fumar em outros tipos de equipamentos. Além de não precisar de papel, você também não vai precisar gastar ou sujar suas piteiras, seja de vidro ou de papel.

Se puder, prefira a vaporização! Sabemos que é uma questão de privilégio, afinal essa parafernália canábica não é das mais baratas, mas definitivamente é uma maneira mais segura de usar a sua cannabis. Isso porque, ao contrário da fumaça, o vapor não chega a passar pelo processo de combustão – responsável pela liberação de inúmeras substâncias danosas ao nosso organismo.

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

Vaporizando como estratégia de redução de danos

Alguns dos melhores apetrechos para fumar sem seda são os vaporizadores, bongs ou pipes de vidro e até chillums. 

Com equipamentos de cozinha

Quem não tem bong, nem pipe, nem seda, ainda pode se aventurar em outras técnicas. Uma delas é usando uma faca aquecida. Quem aí já fumou um hash na faca?

Tudo o que você vai precisar são:

  • Duas facas;
  • Um fogão ou fogareiro.

Para fumar, acenda o fogo e esquente as facas até ficarem em brasa. Depois, coloque um pouco da sua erva ou de hash em uma das lâminas e aperte com a outra. Com um cone feito em papel, puxe a fumaça que for saindo.

Cuidado: fazer isso é bem perigoso, e você pode se queimar – ainda mais chapada, né?

Outro método usando utensílios de cozinha é fumar haxixe no copo. Para isso, você vai precisar de:

  • Um copo;
  • Um porta copos de papel;
  • Uma tachinha ou alfinete;
  • Sua extração favorita.

Primeiro, transforme seu hash em uma cobrinha. Fixe a tachinha no porta copos, e o hash na tachinha – vai ficar como se ele fosse um incenso.

Você vai acendê-lo e colocá-lo no copo, fechando a boca e deixando a fumaça presa no interior. Quando o copo estiver preenchido de fumaça, você vai afastar um pouquinho o porta copos e aspirar aquela fumacinha.

Tem gente que usa até canudinho! Se for usar, dê preferência a materiais reutilizáveis.

Brincando de salada de frutas

O pipe de maçã é real, e a gente pode provar! Você vai precisar de:

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

  • Uma maçã;
  • Uma faca;
  • Sua maconha

Para fazer seu cachimbo natural, você vai precisar fazer um furo na lateral com a faca, e outro na parte superior. Esses dois furos devem se encontrar no meio do caminho para que a chapadeira dê certo! Depois de furar com a faca e tirar os pedacinhos de fruta do caminho, você deve colocar a erva no buraco de cima. Depois, é só acender e puxar a fumaça pela lateral!

O gostinho fica maravilhoso, e você mistura os terpenos.

Leia também:  Como Desligar O Iphone 6 Quando Trava?

Vale lembrar que dá para fazer com banana, morango, laranja! O que você achar melhor!

Bancando o chef

Outra alternativa muito boa é usar a sua cannabis para fazer comidinhas canábicas. Além de ser uma maneira de reduzir danos, pois você não precisa da fumaça pra chapar, esse método promete dar uma brisa mais duradoura. Então, que tal testar?

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

  • Primeiro, você vai precisar descarboxilar a sua erva e fazer a famosa manteiga de Jah! (se você preferir uma receita vegana pode ser óleo de coco)
  • Depois, você pode usar essa manteiga pra fazer qualquer tipo de sobremesa que desejar! A gente é apaixonada no brisadeiro, e já deu uma receita que a galera amou por aqui. 

Lembre de fazer uma sobremesa com cannabis e outra sem, pra quando a larica bater.

No que NÃO fumar

Agora que já te mostramos as melhores alternativas para quando o papelzinho acabar, vamos te contar quais são as coisas que “todo mundo faz” – mas que são 100% ideias ruins e é bom evitar sempre:

  • Não fume em papéis que não sejam próprios para a finalidade! Eles podem conter tinta e outros tipos de substâncias, como corantes, clareadores e toxinas impróprias para o corpo humano. Se a alternativa é essa ou ficar chapado, é melhor deixar pra fumar outra hora. (exemplos disso são cupons fiscais, papéis de pão etc)
  • Não faça apetrechos com plásticos! Fumar na caneta BIC ou em garrafas PET é uma péssima ideia. A combustão pode gerar substâncias tóxicas muito danosas para o seu organismo, e você não quer envolver o plástico no meio disso tudo. Aí não dá, né?

Chapar é bom, mas chapar com segurança é ainda melhor. Por isso, não faça nada que possa colocar a sua saúde e integridade física em risco! E você, tem algum método infalível para fumar sem a seda? Conta aqui pra gente nos comentários!!!

ACABOU A SEDA? Confira 9 Alternativas para Bolar o Beck!

Todo maconheiro já passou pela péssima situação de quando a seda acaba e você não o que fazer para chapar. Também não é nada agradável quando estamos entre amigos, todo mundo está se preparando para uma session e de repente alguém percebe que acabou a seda. Nesse caso, o que fazer?

Apesar de estarmos muito acostumados só com o beck, é possível consumir a maconha de diversas formas, seja comendo, vaporizando ou bongando.

Se você está com esse problema, confira a seguir nossas dicas com 9 alternativas do que usar quando a seda do beck acaba!

1. Use algum papel como substituto, mas não é o certo

Já ouviu falar no famoso sedanapo? É só pegar um guardanapo simples em casa, cortar seus excessos para ficar em um tamanho ideal para bolar e pronto!

Ele pode ser só um pouco mais difícil de manipular e tem um sabor mais forte, mas quebra o galho facilmente.

Uma forma criativa e saudável de fumar sua maconha é usando a palha de um milho. Você pode aproveitar as palhas já secas de algum milho que têm em casa.

Indicamos que escolha as palhas que ficam na parte mais externa dele, pois estão mais expostas e secando há mais tempo.

Atenção: Não utilize qualquer papel com tinta, como folhas de revistas, jornais ou notas fiscais. A tinta pode ser bastante prejudicial à sua saúde.

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

2. Esvazie um cigarro comum ou de palha quando acabou a seda

Se você já é fumante, uma maneira fácil quando acabou a seda é pegar algum cigarro comum ou de palha e retirar todo o conteúdo de dentro dele.

Depois, é só preencher o rolo com sua erva e fumar normalmente. Porém, nesse processo é importante ter cuidado para não rasgar o papel e acabar perdendo tanto o cigarro quanto a maconha.

Essa também é uma ótima forma de disfarçar que você fuma maconha. As pessoas em volta irão sentir o cheiro, mas quando virem o cigarro comum, podem achar que se confundiram e ignorar.

3. Faça um bong caseiro

  • Usando apenas uma garrafa pet, papel alumínio e o tubinho de caneta hidrográfica, é possível criar um bong caseiro que servirá como alternativa para sua seda e oferece uma onda ainda mais forte que o beck.
  • Também é possível fazer um bong caseiro com garrafas de vidro ou latas de tomate, sendo fácil adaptar a montagem de acordo com o material que você possui em casa.
  • Para conferir o passo a passo completo, leia nosso artigo com 3 formas de fazer um bong caseiro.

Porém, fique atento: O bong de garrafa pet é indicado para uso único, sendo descartado logo em seguida.

Isso porque quando a fumaça esquenta o plástico da garrafa pet, ela pode acabar liberando toxinas prejudiciais ao pulmão, sendo indicado não se expor muito ao material.

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

4. Quando acabou a seda uma maçã pode substituir

Você também pode usar uma maçã ou outras frutas para substituir quando acbou a seda do seu beck e fazer um cachimbo orgânico.

Para isso, siga os passos abaixo:

  1. Faça um furo na maçã da sua parte superior até a metade do núcleo;
  2. Depois, faça outro furo na lateral para criar um bocal;
  3. Encha o furo superior com sua erva;
  4. Depois acenda a maconha e inspire pelo buraco na lateral.

Pronto! Você já tem um cachimbo de fruta para substituir a seda e ainda com a vantagem de ter o sabor doce da maçã.

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?

5. Faça uma baldada para substituir a seda

Outra dica prática e barata de usar maconha quando acabou a seda a é preparando a famosa baldada.

Para preparar sua baldada de maconha, siga os passos:

  1. Corte uma garrafa pet de 1,5 L a 2 L próximo à sua base;
  2. Em seguida, faça um furo pequeno na tampa da garrafa;
  3. No furo da tampa, prepare uma pequena cuia com papel alumínio;
  4. Coloque sua erva na cuia e acenda;
  5. Agora, mergulhe a garrafa em um balde cheio de água;
  6. Enquanto a maconha queima, erga a garrafa devagar, tirando-a da água;
  7. Isso cria um vácuo onde a fumaça irá se concentrar;
  8. Agora, desenrosque a tampa e inale toda a fumaça.

Pronto! Você já fez sua baldada e a onda será bem intensa, semelhante a de um bong. Se precisar, confira nossas dicas de como evitar uma bad trip de maconha e vá com calma, pois esse método acumula bastante vapor.

6. Pulmão de plástico

Um pulmão de plástico é uma alternativa para fumar sem seda que se assemelha muito a um bong e a alguns vaporizadores de mesa, como o da Volcano.

Para criar um pulmão de plástico, você vai precisar de:

  • Uma garrafa pet de 2 litros
  • Uma tesoura
  • Papel alumínio
  • Fita adesiva
  • Uma sacola plástica
Leia também:  Como Provar Que Nao Tenho Imovel Em Meu Nome?

Depois de ter todos os itens em mãos, siga os passos abaixo:

  1. Corte a garrafa plástica ao meio;
  2. Prenda o saco plástico na metade da garrafa plástica com o auxílio da fita adesiva;
    1. A ideia é que o saco plástico fique semelhante a um balão colado na garrafa.
  3. Na boca da garrafa, crie uma cuia com o papel alumínio – é ali que você irá queimar a erva;
  4. Agora acenda a maconha e deixe o saco plástico acumular a fumaça liberada;
  5. Depois, é só retirar a tampa e inalar a fumaça que está presa dentro do saco.

Pronto! Seu pulmão de plástico caseiro já funciona e se estiver bem vedado, pode servir para guardar a fumaça por mais algumas horas, ideal para várias sessions.

Só indicamos que esse método não seja utilizado com frequência, pois o plástico da garrafa e da sacola pode liberar toxinas prejudiciais ao pulmão quando entra em contato com a fumaça quente. Ele deve servir como um quebra galho.

Se tiver ficado com dúvida, confira o vídeo abaixo de um pulmão de plástico. Siga esses passos e, caso você não tenha o pipe, apenas substitua o cachimbo pela cuia de papel alumínio:

7. Prepare uma receita de maconha quando acabou a seda

Se você estiver com tempo livre e alguns ingredientes à disposição, aproveite para fazer algum comestível de maconha. Não é necessário usar a seda e a trip é bem mais intensa que do beck.

  1. É uma ótima alternativa para quando você está com os amigos e quer inovar com alguma receita saborosa.
  2. Uma das receitas mais fáceis de fazer, por exemplo, é o brisadeiro, em que basta ter uma manteiga, leite condensado e algum chocolate (em pó ou em barra) do seu gosto.
  3. Outra possibilidade é preparar um brownie de maconha, que requer um pouco mais de tempo e trabalho, mas pode render várias porções, sendo ideal para grandes grupos de amigos ou para quem quer guardar por alguns dias na geladeira.
  4. Porém, só é importante ficar atento quanto à quantidade de comestível ingerida, pois os efeitos demoram entre 30 minutos a 1 hora e meia para surgirem, sendo ideal não exagerar.

8. Pétalas de Rosa

Essa deve ser novidade para você, não é? Mas se você possui um jardim em casa, saiba que é possível usar as pétalas de rosa para bolar um beck com perfeição, pois essa flor, especificamente, tem suas pétalas totalmente comestíveis.

Para isso, siga o tutorial abaixo:

  1. Separe 3 pétalas de rosa e seque-as no forno pré-aquecido por apenas 10 segundos;
  2. Em seguida, lamba o fundo das pétalas e cole-as uma na outra para formar um rolo de papel;
  3. Depois, coloque-as novamente no forno por mais 10 segundos para que elas colem no formato que as deixou;
  4. Retire as pétalas do forno;
  5. Se elas não estiverem muito secas ou crocantes, estarão no ponto ideal para bolar um beck;
  6. Pronto, agora é só deixar elas esfriando por cerca de 2 minutos e enrolar!

Nesse método, só é importante não deixar as pétalas por muito tempo no forno, se não elas irão secar ou queimar.

9. Use facas quentes para substituir a seda

Essa não é uma das melhores opções, pois é um método antigo para fumar maconha e hash. Mas mais perigoso de manipular.

Você vai precisar de:

  • 2 facas de cozinha comuns
  • Um fogão ou uma vela
  • Um cone (pode ser um funil ou um cone de papel)

Depois de ter todos os itens em mãos, é necessário aquecer a erva com as facas e concentrar a fumaça para inalar.

Por isso, siga os passos abaixo:

  1. Aqueça as duas facas em fogo médio no fogão ou na vela;
  2. Aguarde cerca de 3 minutos aquecendo as facas;
  3. Retire as facas do fogo;
  4. Rapidamente, coloque um pedaço da sua erva entre as duas facas, apertando-o;
  5. Coloque o funil ou o cone em cima da erva;
  6. Agora inale a fumaça que sairá da maconha.

Prontinho. Isso irá funcionar como alternativa para sua seda. Porém, é importante ter cuidado para não usar facas com cabos que esquentam muito ou para não se queimar no fogo.

Gostou dessas dicas? Então compartilhe com aquele seu amigo que ficou sem seda também ou deixe seu comentário de qual método te ajudou!

Capa

Como Dazer Para Ebrolar Uma Ganza Quando Nao Se Tem Mortalhas?O que é? Um subproduto da Cannabis sativa, feita das folhas e flores secas da planta. A substância química ativa é o THC (tetrahidrocanabinol). Os outros principais subprodutos são o haxixe, feito da resina e apresentado em blocos duros, e o óleo de haxixe.

Existem outras formas de uso, além de fumar? Também pode ser misturada ao chá ou a alimentos.

O que a pessoa sente?

Fica-se fascinado por coisas, sons e gostos triviais. Eventos corriqueiros tornam-se engraçados ou interessantes. O tempo parece passar devagar e a pessoa sente muita sede e fome.

Quanto tempo a maconha leva para fazer efeito e quanto tempo ele dura? Quando fumado, o THC entra rapidamente na corrente sanguínea e vai para o cérebro. O “barato” surge em poucos minutos e pode durar até cinco horas.

Quando ingerido, é absorvido devagar. O efeito pode levar até uma hora para começar, mas pode ficar por até 12 horas.

Os efeitos no pensamento e coordenação podem levar até 24 horas e algumas semanas na memória de curta duração.

O efeito é igual para todos? A sensação pode ser influenciada pela hereditariedade, pela personalidade e pelas circunstâncias. Um estudo com gêmeos idênticos demonstrou que eles têm mais probabilidade de responder igualmente à droga do que os não-idênticos, indicando uma base genética. Fatores psicológicos também podem condicionar o tipo de efeito.

Há perigo em fumar durante a gravidez? O uso de drogas nessa fase pode prejudicar o desenvolvimento do feto. Apesar de um estudo com animais ter relacionado a maconha à perda do feto, dois estudos em humanos não detectaram essa associação.

São necessárias mais pesquisas para entender as conseqüências.

Os cientistas não têm certeza de que os efeitos da droga durante a gravidez persistam, mas como certas partes do cérebro continuam a se desenvolver na adolescência, alguns problemas podem aparecer nessa fase.

Maconha, baseado, erva, marola, camarão, taba, fumo, beck, bagana, bagulho, cachimbo da paz,charrão, diamba, fininho, pacau, papel de gato, capim seco,chá, chibaba, erva do sonho, gererê, marijuana, mato, pacau (porção de maconha), parango/paranga (porção de maconha), tripa, beata (cigarro pequeno de maconha), Bia, preto/preta, erva maldita
Leia também:  Como É Que As Borboletas Se Reproduzem?

Pode causar dependência? Não há estudos que comprovem. O uso freqüente leva à tolerância (necessidade de cada vez mais doses para sentir o mesmo efeito), reversível após poucos dias sem usar.

Existe tratamento para a dependência? São indicadas terapia comportamental e abordagens psicossociais. Também é fundamental a avaliação por um psiquiatra.

Os estudos mostram que 70% a 90% dos dependentes químicos têm outra patologia psiquiátrica. Entre as mais comuns estão depressão, transtorno de déficit de atenção e de personalidade.

Doenças que, se não diagnosticadas e tratadas, dificultam muito sua recuperação.

A maconha leva ao consumo de outras drogas? Não há comprovação, mas estudos de longo prazo mostraram que poucos jovens usam outras drogas sem experimentar maconha, cigarro ou álcool.

Os estudos não explicam essa associação, mas evidências sugerem uma combinação de fatores biológicos, sociais e psicológicos.

Cientistas estão examinando a hipótese de que usuários de longo prazo sofram alterações cerebrais que os tornem mais suscetíveis a se viciarem em outras drogas. A maioria dos usuários de maconha não passa a utilizar outras drogas.

Pode-se morrer de overdose? Não há registros de mortes pela droga.

Qual a diferença entre legalização e descriminação? Descriminalizar significa que o comércio não é permitido, mas o usuário não vai preso. Legalizar é liberar o comércio e a propaganda, mas não é sinônimo de uso livre.

O cigarro é menos prejudicial que a maconha? Os dois são prejudiciais e cancerígenos. Apesar de a maconha conter substâncias cancerígenas, não está comprovado que a quantidade utilizada pelos usuários cause câncer.

Quais são os usos medicinais? O THC pode ser usado para tratar náuseas e vômitos que acompanham tratamentos contra o câncer e para tratar pacientes com Aids, pois a substância estimula a fome. Esses efeitos são obtidos com o uso da substância purificada (THC), e não quando a pessoa fuma a planta, expondo-se também às substâncias nocivas da fumaça, como o alcatrão.

O que acontece se for misturada a outras drogas? Pode ser perigoso misturar a maconha com outras drogas, como álcool, ou medicamentos prescritos por médicos, pois seus efeitos podem ser potencializados.

Conseqüências de longo prazo
Cérebro Diminuição na motivação, concentração, memória e habilidade de aprender coisas novas (no caso de intoxicação intensa e prolongada). Pode desencadear problemas mentais preexistentes e algumas pessoas podem apresentar efeitos psicológicos Pulmões Risco de desenvolver bronquite e outras doenças do sistema respiratório Sistema reprodutor Diminuição na quantidade de esperma
*Reversíveis após cerca de 1 mês de abstinência

hoje escreves tu!: «Que minutos damos ao nosso futuro?»

Muito pode ser dito relativamente à composição dos planteis e do trabalho dos treinadores dos 3 grandes nestas primeiras jornadas do campeonato. Com as emoções em grande nos tempos que correm, a tendência é sermos pouco objectivos na análise do desempenho dos clubes, se bem que muitas vezes são os números que nos querem enganar e adiar aquilo que a nossa intuição nos diz.

No Sporting vivem-se momentos difíceis, e é inegável que quer a composição do plantel, quer as oportunidades dadas as mais jovens não parecem caminhar para uma situação que orgulhe os Sportinguistas. Por isso, decidi fazer uma análise simples relativa aos minutos de utilização nos 3 grandes procurando responder a 3 perguntas:

1- Qual a média de idades ajustada aos minutos jogados nos 3 clubes?
2- Qual a % de minutos que os 11 jogadores mais utilizados jogaram relativamente a todo o plantel?

3- Qual a % de minutos de jogadores com 20 ou menos anos e 24 ou menos anos jogaram relativamente a todo o plantel?

Abordaremos então estas questões. Desde já aviso que apenas analisei os minutos de 1ª Liga, mas acredito que os minutos nas competições europeias não alterem muito o cenário aqui descrito.

Pergunta 1: Qual a média de idades ajustada aos minutos jogados nos 3 clubes?
O Sporting utilizou 22 jogadores nestas 7 jornadas, totalizando 6934 minutos, tendo o mais jovem 20 anos e o mais velho 34.

A média de idades ajustada aos minutos jogados foi de 27,7 anos.
O Benfica utilizou 21 jogadores nestas 7 jornadas, totalizando 6921 minutos, tendo o mais jovem 18 anos e o mais velho 34.

A média de idades ajustada aos minutos jogados foi de 25,7 anos.

O Porto utilizou 20 jogadores nestas 7 jornadas, totalizando 6930 minutos, tendo o mais jovem 19 anos e o mais velho 37. A média de idades ajustada aos minutos jogados foi de 27,4 anos.

2- Qual a % de minutos que os 11 jogadores mais utilizados jogaram relativamente a todo o plantel?
No Sporting, os 11 jogadores com mais minutos representam 82.8% do total de minutos.
No Benfica, os 11 jogadores com mais minutos representam 82.9% do total de minutos.

No Porto, os 11 jogadores com mais minutos representam 84.7% do total de minutos.

3- Qual a % de minutos de jogadores com 20 ou menos anos e 24 ou menos anos jogaram relativamente a todo o plantel?
No Sporting, os jogadores com idades ≤20 anos jogaram 3.

7% do total de minutos e os jogadores com ≤24 anos jogaram 19.8% do total de minutos.
No Benfica, os jogadores com idades ≤20 anos jogaram 6.6% do total de minutos e os jogadores com ≤24 anos jogaram 43.

8% do total de minutos.

No Porto, os jogadores com idades ≤20 anos jogaram 9.2% do total de minutos e os jogadores com ≤24 anos jogaram 21.1% do total de minutos.

Não são famosos estes números para o futuro deste plantel. O Sporting tem a maior média de idades ajustada aos minutos jogados dos 3 grandes, e a uma distância bastante significativa do Benfica, não sendo provavelmente errado dizer que o potencial do plantel não parece ser brilhante.

Adicionalmente, o Sporting é, dos 3 grandes, aquele em que os jogadores mais jovens, com idade ≤20 anos, têm menos minutos de utilização, e esse cenário mantém-se quando estendemos essa análise até aos 24 anos. No que respeita à rotação do plantel, as diferenças são mínimas entre os 3, privilegiando os 3 treinadores o 11 base a uma rotação significativa de jogadores no campeonato.

Deixo uma análise adicional para cada um. Pessoalmente espero sinceramente que se reconheçam as limitações evidentes desde plantel e se comece já a integrar jogadores que confiram um maior potencial num futuro próximo.

ESTE POST É DA AUTORIA DE… Abelixander
*às quartas, a cozinha da Tasca abre-se a todos os que a frequentam. Para te candidatares a servir estes Leões, basta estares preparado para as palmas ou para as cuspidelas. E enviares um e-mail com o teu texto para [email protected]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*