Como Contar Aos Pais Que Namoro?

Como Contar Aos Pais Que Namoro?

Namorar significa estar enamorado por alguém e manter com esse alguém um relacionamento amoroso. Quando estamos namorando, assumimos com essa pessoa um compromisso e dedicamos parte do nosso tempo para viver essa relação, por isso não é fácil manter isso em segredo. Chega uma hora que é preciso expor o fato às pessoas mais importantes de nossas vidas: nossos pais. O umCOMO entende que isso não é uma tarefa fácil e quer te ajudar! Continue lendo para saber como contar para os pais que está namorando.

Antes de contar para os seus pais, é preciso ter certeza que esse namoro é sério mesmo, caso contrário não vale a pena nem contar. Seus pais querem o seu melhor e por isso vão querer saber o máximo possível sobre o seu namorado ou namorada e até mesmo conhecê-los.

Segundo:

Se os seus pais são mais fechados quanto ao fato de você namorar, você terá que ir contando aos poucos, explicando como você se sente maduro para iniciar um relacionamento, como você gostaria de estar namorando e como você entende as consequências que implicam um namoro. E, muito provavelmente, qual é a sua posição em relação a sexo.

Se os seus pais forem mais abertos a ideia, é também legal ir jogando uns verdes, como primeiro falar que se tem um/uma paquera, depois que vai sair com esse/essa paquera até que após vários encontros vocês decidiram começar a namorar.

Terceiro:

Nunca jogue para os seus pais que você está namorando. Vá contando aos poucos. Esse é a melhor dica para contar para os pais que está namorando.

As pessoas só gostam de surpresas em filmes, na vida real é muito melhor ir preparando o terreno para que todos cheguem na mesma página sem grandes tensões ou estresses.

É de pouquinho em pouquinho que conquistamos qualquer coisa.

Como Contar Aos Pais Que Namoro?

Se o seu namoro é a distância, talvez os seus pais tenham ainda mais motivos para se preocupar. Por isso, esteja preparado/a para perguntas como:

  • Onde o seu namorado/namorada mora?
  • Como vocês vão fazer para se ver?
  • Quem vai pagar para vocês se verem?
  • Quanto tempo vocês vão levar esse namoro a distância?
  • Você ou ele/ela estão pensando em se mudar?
  • Esse namoro é aberto ou fechado? (Isso se os seus pais forem bem modernos)
  • Como vocês vão se comunicar?
  • O que você pretende com esse namoro? Isso é sério mesmo?

Sempre responda cada pergunta com sinceridade e, se você não souber a resposta, está tudo bem! Não minta e não omita. Por mais medo que você tenha das reações dos seus pais é fundamental manter uma relação com honestidade! O seu namoro vai ser muito mais fácil dessa maneira, contando com o apoio dos seus pais.

Deu tudo certo, você usou nossas dicas para contar para os pais que está namorando e seus pais já sabem que você está namorando. Agora eles querem conhecer a pessoa, se já não conhecem, não é mesmo?

Se os seus pais já conhecem o seu amor, pois ele/ela já era amigo/a ou conhecido/a da família, fica mais fácil fazer as honras. Você pode combinar um almoço ou um jantar com os seus pais e a pessoa que você ama. Essa é a forma mais fácil.

Para quebrar o gelo, você pode pedir para o seu namorado ou namorada levar um amigo e você também leva um. Assim, vocês terão um apoio e também mais pessoas para puxarem assunto. Tente levar amigos que vão se dar bem com os seus pais.

Evite levar a pessoa logo em festas de família, isso gera bastante pressão no relacionamento e pode ser motivos de briga. Dê tempo ao tempo. Além disso, não há tempo certo para apresentar um namorado ou namorada aos pais. Siga o seu coração e não faça nada por obrigação.

Se for você que vai ser apresentado, leia também Como conquistar os pais do seu namorado.

Deu tudo errado, mesmo usando as nossas dicas para contar para os pais que está namorando, eles não querem de jeito nenhum que você namore. Se isso acontecer, tem vários ângulos a serem analisados:

Primeiro:

Talvez os seus pais estejam certos. Se você for muito novo/a, ou se eles não tiverem um bom sentimento em relação ao seu namorado/a, eles querem evitar que você sofra por antecipação ou por causa da pessoa errada. Pense bem se eles não podem estar certos.

Segundo:

Eles estão com medos irreais. Se os seus pais estão inseguros, o que você tem que fazer é mostrar que eles podem confiar em você e em seu/sua namorado/a. Tente entender se eles deixariam você namorar, mas com as regras deles.

O que tá deixando seus pais com medo e como você pode mostrar que está pronto para namorar? Isso com certeza vai significar, entre muitas outras coisas, focar nos estudos ou/e no trabalho, evitar qualquer possível gravidez indesejada, ficar longe de bebidas, cigarro e outras drogas e o que mais for de importante para os seus pais que podem ter algumas ideias conservadoras na cabeça.

Terceiro:

  • O fundamental é entender o real motivo que os seus pais não querem te deixar namorar e, a partir daí, mostrar pelo seu comportamento que eles podem confiar em você e se livrar desses medos.
  • Você pode ainda sugerir para os seus pais a leitura dos seguintes artigos do umCOMO:
  • Boa sorte e não esqueça de compartilhar sua experiência nos comentários!

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como contar para os pais que está namorando, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Familiares.

Comecei a namorar e meus pais não sabem. Como contar para eles?

30 JAN Como Contar Aos Pais Que Namoro?

No futuro, seria bem melhor você conversar com seus pais antes de começar a namorar!

Agora, o importante é você falar com eles o mais rápido possível. Antes disso, porém, tenha uma boa conversa com Deus. Peça para ele te ajudar a contar o que está acontecendo com calma e clareza. Você também vai precisar da ajuda de Deus para ouvir com atenção e respeito aquilo que seus pais vão dizer.

Leia também:  Como Dizer Que Vai Ser Pai?

Explique para eles por que você gosta do garoto (faça uma lista das coisas que você acha legais nele) e por que resolveu namorar. O melhor é ser bem direta e objetiva, sem enrolações nem invenções.

Também é importante pedir perdão aos seus pais por não ter contado para eles antes e dizer que você vai procurar fazer as coisas de outra forma no futuro. Quanto mais sincera você for e mais maturidade você demonstrar, mais fácil vai ser de seus pais confiarem em você.

Quando a gente esconde coisas, perde a confiança deles. E, quando as pessoas não confiam em nós, elas nos prendem cada vez mais.

Para conquistar a confiança e a liberdade que você vai querer ter daqui para frente, você vai precisar mostrar três coisas: responsabilidade (pensar com muita calma antes de fazer qualquer coisa), honestidade (não fazer nada escondido) e disposição de conversar com calma.

Se, por acaso, você não tiver muito diálogo com eles, procure fazer a sua parte para melhorar isso. Se não conseguir falar algumas coisas pessoalmente, escreva uma mensagem ou grave um áudio pra eles. Deus pode te ajudar nesse sentido.

Ah, e  se seus pais não conhecem o menino, não se esqueça de apresentá-lo e dar a eles a chance de conhecê-lo melhor. Se o garoto for gente boa, é  provável que eles fiquem mais tranquilos quando souberem exatamente quem você está namorando.

E fique avisada de que existe o risco de seus pais não aprovarem o namoro. Nesse caso, você terá de respeitar a decisão deles e terminar com o menino. Infelizmente, essa é uma das consequências de fazer as coisas às escondidas. Saiba, porém, que Deus pode ajudá-la a fazer a coisa certa.

Como Contar aos Meus Pais Que Estou Namorando?

Não há nenhuma maneira fácil de contar aos pais que se está namorando. Você vai ter que optar entre o seu medo e o desconforto que essa revelação pode trazer aos pais.

No entanto, você não tem escolha. A maneira de dominar o medo dos pais é escolher entrar na conversa sem receios e com honestidade.

Mas será que existem modos de contar essa verdade aos pais de tal modo que eles aceitem o namorado? É o que veremos nesse artigo.

Comunicação Envolvendo Contato

  • Especialmente quando as pessoas são muito jovens e estão namorando pela primeira vez, acham muito difícil contarem aos seus pais sobre seus namorados.
  • No entanto uma boa dica seria iniciar essa conversa aconchegando-se debaixo do braço dos pais, pois quando se está abraçado não há nada que possa servir como uma barreira para uma comunicação.
  • A grande realidade sobre tudo isso, é o fato de começar contando aos pais de modo afetuoso que, apesar de já ter um namorado continuará sempre sendo seu/sua filha carinhosa/o que eles tanto amam.

Quando a pessoa consegue vencer o medo dos pais elas com certeza não terão esse sentimento em seus relacionamentos pessoais, casamento, etc. Segundo especialistas, a maioria dos adultos esconde fatos de seus cônjuges por causa do receio, exatamente o mesmo que eles não souberam lidar quando eram adolescentes.

A Melhor Maneira de Comunicar Algo Difícil é Criar um Contexto

Um contexto também pode ser descrito como uma situação na qual você vai inserir um conteúdo (o que você tem medo de falar).

Por exemplo: Você constrói as frases que são as suas considerações (pensamentos, medos, dúvidas e preocupações). Cada frase deve ser direcionada a seus pais.

Quanto mais forte for o contexto, ou seja, a situação criada por você para iniciar aquela conversa, mais fácil será para o entendimento do destinatário (No caso seus pais entenderão melhor a mensagem que você quer transmitir).

Poderia ser assim: “Mãe/pai, eu tenho algo que gostaria de falar. Este é um bom momento? Eu preciso que você se sente comigo”. Você tem que aprender a controlar os outros e aprende isso com seus pais. Escolha como controlar a situação para que você tenha toda a atenção de seus pais, criando um contexto de importância.

Se o pai ou a mãe responder: “É sobre o quê?” (Que é o modo como os pais retomam o controle), então você pode se comunicar com ela/ele da seguinte maneira: “Eu preciso que você sente-se comigo.

Talvez pudéssemos fazê-lo depois do jantar? Eu só não quero começar a falar até que eu tenha toda a sua atenção voltada para mim, pois é um assunto importante”.

Agora, se você não está acostumado a falar com seus pais desse modo, então é aí que você deve começar a dominar seu medo. Escolha ser sempre assertivo e ficar sempre no controle da situação.

Exemplo de Como Contar a Mãe Sobre o Namorado

Sua mãe agora está sentada com você, então ela pode perguntar: “Certo, o que você quer?” Certifique-se de que não há mais ninguém na sala. “Mãe, eu tenho algo para lhe dizer e eu tenho medo que você fique com raiva e me interrompa”.

Esse medo é chamado de consideração. Você quer dizer na verdade: Eu tenho a consideração de que na hora que eu abri a minha boca você vai adivinhar o que eu estou prestes a dizer e não vai gostar nada. O que você está fazendo é tocando sua mente. O propósito de atingir a mente é ser direita e objetiva.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=2FydJ2r79Rk[/youtube]

Depois de sugerir que ela não pode ter a capacidade de ouvir você ou que você acha que ela não pode ouvir algo sem ficar com raiva, sua mente irá inconscientemente dar-lhe o comando para provar que você está errado. E ela vai ouvir o que você tem a dizer.

“Estou com medo do que o que eu estou a ponto de dizer possa estragar o nosso relacionamento. Tenho receio de que você não será mais capaz de confiar em mim. Tenho medo de que eu nunca vou ser capaz deter de volta a sua confiança”.

E você continua comunicando seus medos específicos até que tenha comunicado todos eles. A essa altura, ela já vai estar mais do que preparada para ouvir o que é essa coisa tão terrível que você tem a dizer-lhe. Observe que você nem sequer mencionou o assunto ainda.

Leia também:  Como Saber Quem Ve O Nosso Instagram?

Agora vamos ao outro exemplo. Obviamente, o comunicado de seus pais de “não namorar até tal idade” ou “até completar tal estudo”, pode ser um argumento difícil de rebater.

Não importa, o fato é que se você não tiver as habilidades de comunicação necessárias para fazê-los ver que você está maduro/a e pronto/a para namorar, esta é a prova de que eles estavam certos. E isso não é o que você queria ouvir, não é?

Por exemplo: Se a sua mente não está desenvolvida, então você tem medo em seu relacionamento com seus pais. Você ainda não tem uma parceria. É mais ou menos assim, eu sou o chefe e mando em você. Alguns pais têm reuniões de relacionamento com os filhos na escola.

É onde eles aprendem a manipular as ideias e os pais. A dica é aprender a manipular os outros para que tanto eles quanto você ganhem sempre.

Outro exemplo: O fato de você não se sentir confiante o suficiente para discutir e ganhar a sua aprovação para o namoro revela que você ainda não tem as habilidades de comunicação, que irá tomar para afastar pessoas indesejadas de sua vida, e para atrair aquelas que você deseja que fiquem próximas.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=BbGH3J3UHzw[/youtube]

A decepção com seus pais pode ser tornar uma expressão dissimulada de desrespeito e aborrecimento. Além disso, é uma comunicação que pode fazer você se entender com pelo menos um, mas provavelmente não com os dois de uma só vez.

Por isso ao falar sobre seu novo namorado procure fazê-lo separadamente, a menos que você e seus pais sejam muito unidos e abertos a conversas francas e honestas.

Considerações Finais

Você tem uma escolha, ou restaurar a sua integridade com seus pais ou continuar com seus receios de lhes dizer a verdade. A maioria dos adultos perde muitas oportunidades na sua vida por não terem coragem de conversar de modo franco com seus pais durante a infância e adolescência.

Não seja um deles. Tenha coragem e fale aos seus pais sobre seu namoro. Você verá que todos só terão a ganhar com a verdade.

Salete Dias

Categoria(s) do artigo:

Como contar para pais que namoro uma menina? – Meus pais são um pouco hom

Feita por >Laura · 31 jan 2017 Orientação sexual

Meus pais são um pouco homofóbicos em alguns comentários.

Sabem que a Julia é lésbica, mas ainda sim, gostam dela, o que eles não sabem é que já faz 9 meses que não somos mais só amigas, e sim estamos namorando, nosso namoro é maravilhoso, a gente se ama de verdade, e não estamos confusas em relação a isso.

Apenas me incomodo com o fato de me esconder dos meus próprios pais. Não sei como contar a eles, pelo fato que vão se decepcionar demais. Como voces sugerem que pode ser a conversa?

obrigada!

A melhor resposta 1 FEV 2017 · Esta resposta foi útil a 9 pessoas

Bom dia Laura, É muito natural que em algum momento da vida uma pessoa sinta atração sexual, desejo por outra pessoa do mesmo sexo. Isso pode acontecer uma só vez, pode acontecer várias vezes, pode nunca acontecer.

Descobrir e aceitar a própria orientação sexual é, em alguns casos, é um processo que requer autoconhecimento, sinceridade e coragem. O primeiro passo para a autoaceitação é entender que a sexualidade é uma escolha individual.

Outra dica é identificar quais os familiares e amigos mais próximos e conversar com eles primeiro, principalmente para sentir o apoio deles. Além disso, é importante que os pais não saibam por terceiras pessoas e sejam um dos primeiros a saber.

O segredo é mostrar que essa opção sexual vai te fazer feliz e que não tem nada errado em assumir isso. Se as pessoas próximas perceberem que você está feliz, aos poucos, aceitarão que ter uma sexualidade diferente não é nada de outro mundo… Fico à disposição para conversar,

Marci Kraft

  • A resposta foi útil a você?
  • Obrigado pela sua avaliação!

15 OUT 2019 · Esta resposta foi útil a 0 pessoas

Olá Laura, Entendo o que você vem enfrentando, afinal são nossas escolhas o nosso eu em constante construção.

Saiba que você não deixará de ser filha deles por sua sexualidade, entendo que o medo está presente, mas afinal quero fazer alguns questionamentos: O que você está fazendo com o seu tempo? Quais são seus desejos e sonhos? Como foi para você ao longo do seu desenvolvimento a descoberta de sua sexualidade? Como é seu relacionamento com seus pais?
Quero que saiba que não há nada de errado em amar uma pessoa do mesmo sexo, ao longo da nossa vida guardamos os nossos sentimentos, guardamos vários “eu te amo”, “você faz total diferença em minha vida”, “você é especial” … Perante esses questionamentos reflita e veja a possibilidade do diálogo, pense o quanto isso é importante para você, e o quanto você é feliz em relação a isso!?
Espero ter ajudado, se precisar de alguma ajuda / conte comigo! Lembre-se e se precisar procure um psicólogo! Att,

Psicólogo: Guilherme Bondezzan

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

9 FEV 2017 · Esta resposta foi útil a 5 pessoas

Todos têm potencial inexplorado! Atendimento e acompanhamento psicológico.

Destinado a todo aquele que:
* necessita de diagnóstico quanto ao nível de alterações no comportamento, na personalidade e na cognição, bem como o nível de gravidade de determinadas lesões cerebrais e transtornos de aprendizagem; 

* deseja identificar potencialidade e dificuldades cognitivas;

* busque expressar seus conflitos e dificuldades, ultrapassar os obstáculos que o impedem de integrar-se e adaptar-se adequadamente ao meio social;

* busque otimizar desempenhos em concursos, provas e processos seletivos.

As sessões podem ser em grupo ou individuais.  Atenciosamente,

Aline M. S. De Coster

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

6 FEV 2017 · Esta resposta foi útil a 4 pessoas

Olá Laura,
Acredito que o ideal seja que você pense acerca das vantagens e desvantagens de contar neste momento, pois a escolha do momento de contar deve ser bastante consciente. O ideal é que você esteja preparada emocionalmente e psicológica para as possíveis reações que eles possam vir a ter. Estou a disposição caso precise!

A resposta foi útil a você?

Leia também:  Pais Que Tem A Tortilha Como Um Dos Pratos Tipicos?

Obrigado pela sua avaliação!

1 FEV 2017 · Esta resposta foi útil a 7 pessoas

Olá Laura!
Certamente é um assunto que pode ser delicado e não existem formas garantidas de ser abordado. O mais importante é que esteja confortável com sua orientação sexual e fortalecida emocionalmente para se sentir segura ao abordar o assunto.
Se o assunto estiver gerando conflitos, a psicoterapia pode ajudar. Fico a disposição,

Maitê Hammoud

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 FEV 2017 · Esta resposta foi útil a 5 pessoas

Olá Laura. Sugiro que vá aos poucos introduzindo o assunto já que seus pais são homofóbicos, até que fale a verdade. Seja sincera, eles podem até não aceitar no início, mas depois poderão refletir e mudar de ideia, afinal você é filha deles e os pais sonham os melhores sonhos para os filhos. Boa sorte.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

31 JAN 2017 · Esta resposta foi útil a 5 pessoas

Oi Laura, não sei se existe uma forma melhor ou pior de se contar algo que você entende que vai desestabilizar o outro de alguma forma, ainda que esse outro tenha uma posição preconceituosa.

Talvez seja interessante introduzir o assunto aos poucos, oferecendo material para que a desconstrução do pensamento deles seja feita de forma não radical.

É sempre importante lembrar que casos assim tendem a não ser fácil e rápido, então é importante que você tenha paciência para lidar com as reações, estando sempre muito segura e munida de elementos argumentativos para minimizar os impactos dessas reações. Qualquer dúvida, fico à disposição.

Talita Dantas.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

11900

Psicólogos

13100

perguntas

39800

respostas

Encontre respostas entre as mais de 13100 perguntas feitas em MundoPsicologos.com

Guia prático sobre como apresentar o namorado aos pais! – Depois Dos Quinze

você está lendo Guia prático sobre como apresentar o namorado aos pais!

Você se apaixonou e está namorando. Agora, vem uma parte decisiva: contar para seus pais sobre seu namorado. É complicado prever a reação deles, o que vão pensar ou se vão aceitar ou não, mas dá pra apresentar de um jeito bem tranqüilo e convencer seus pais de que é isso o que você quer. Quer apostar?

Como contar que estou namorando?

Caso os pais de vocês não comentem sobre o assunto e nem tomam a iniciativa de perguntar isso, talvez seja hora de você se colocar a frente da situação. É bom que eles saibam do seu namoro através de você, porque pais nenhum gostariam de receber uma notícia dessas por alguma vizinha.

É como aquela velha história de “preparar o terreno”. Se tiver muito mais intimidade com sua mãe ou com seu pai, comente com um deles antes e depois diga ao outro.

Caso prefira contar aos dois de uma só vez assim que encontrar uma “brecha”, fale sobre o assunto. Seja em um dia que eles estão mais calmos, comunicativos ou coisas do tipo.

Faça um comentário quando estiverem todos juntos, como em um almoço, e analise a reação deles.

Conte sobre seu namorado e seja sincera em todas as perguntas que eles lhe fizerem. Se mentir, eles vão perceber que foram enganados quando conhecer seu namorado. Converse com calma e seja bastante aberta.

Coloque seu ponto de vista e explique: faça-os entender que você está entrando em uma nova fase com muita responsabilidade. Eles já foram adolescentes e sabem como funcionam essas coisas.

E mais, avise que seu namorado quer conhecê-los também.

Para algumas, não é tão fácil assim contar sobre o assunto seja por um ou por outro motivo. Mas, essa hora de contar vai chegar. Caso seja um pouco mais complicado para você, peça ajuda a um parente que você tenha um pouco mais de liberdade (seja uma tia, uma prima…) e, como conhece seus pais como ninguém, tente imaginar uma reação cabível a situação.

Tenha uma coisa em mente: Diálogo é a base de tudo. Fique tranquila enquanto conta e tente fazê-los te entender.

Como apresentar o namorado para meus pais?

Depois de feito o comunicado, é hora de levar ele em casa, não é mesmo?

Para isso, escolha um dia em que todos estejam presentes e torne esse momento o mais agradável possível. Pode ser um jantar, um almoço ou uma tarde bem bonita. Lembre-se: A primeira impressão é que fica e para isso converse com seu namorado também. Fale um pouco sobre seus pais e sobre como foi a reação quando você contou sobre namoro.

Na sua casa, fale sobre um assunto que todos gostam de conversar para que seu namorado não fique sem graça e se sinta cada vez mais a vontade. No fim, as coisas dão certo. É só agir com naturalidade.

E se meus pais não concordarem com meu namoro?

É complicado entender o que leva alguns pais proibirem o namoro das filhas. Pode ser a idade ou qualquer outra coisa, mas é a adolescência e se apaixonar, se envolver e começar um namoro faz parte da vida de qualquer menina.

Mais uma vez, tente conversar com eles, sem choro ou drama. Escute pacientemente tudo que eles têm a dizer e tente entender o porquê deles não te deixarem namorar. Peça que exponham seus medos e que esclareçam a situação e o ponto de vista deles.

 Vai ser um pouco complicado e você vai se sentir muito chateada, mas tente realmente entender o motivo de tudo isso e explique você também a sua situação. Converse, converse e converse mais sempre que achar necessário.

Leve em consideração que é complicado para eles também e depois de tanto conversar, mostre que está pronta para um namoro sério e que saberá equilibrar o namoro com seus estudos e tudo mais. Quem sabe eles não acabam deixando?

Para terminar, espero que essas dicas deem certo. E lembre-se só de mais uma coisa: Paciência é fundamental. Boa sorte!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*