Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?

Começar uma conversa com alguém que não conhecemos ainda muito bem pode não ser uma tarefa fácil. Sempre rola uma dúvida se você está buscando o mesmo que a pessoa ali do outro lado da tela e muitas vezes acabam caindo na mesmice – e vamos combinar que ninguém mais aguenta os papos de sempre. 

Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?

Tudo bem que qualquer contato, mesmo pessoalmente, começa com um ‘oi’, mas podemos ser muito mais criativos que isso num aplicativo! O aplicativo de relacionamento Inner Circle, por exemplo, não perde tempo e já muda sua saudação clássica por uma pergunta interessante, dando um empurrão no contato inicial.

Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?

Ali, aliás, a ideia é dar match em alguém pensando em muito mais do que só uma galeria de fotos.

A área de perfil é bastante completa e garante que você tenha espaço para mostrar mais do que sua bela face, mas suas características pessoais, desejos e curiosidades sobre você.

Vale incluir ainda os lugares que gosta de ir, músicas que gosta de ouvir, deixar perguntas para as pessoas responderem, entre outros atributos.

Aproveitando que o perfil dentro do Inner é mais completo, uma boa forma de começar é olhando as fotos e fazendo um comentário divertido sobre algum detalhe das imagens ou perguntar sobre o local onde a foto foi tirada.

Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?

Nesta onda, uma boa dica é começar a conversa mais leve, falando sobre algum assunto que está bombando e que tenha a ver com o que a pessoa falou sobre ela – vale astrologia, música, ou qualquer tema que puxe para um hobbie do seu match.

Outra boa forma de começar pode ser por afinidades. Será que a pessoa escreveu ali que gosta de alguma comida em especial? Um time de futebol? Uma banda bacana? Perguntar algo sobre o que ela curte já abre caminhos de uma forma legal.

Não importa o momento, mas o mais importante é mostrar interesse na pessoa e deixar seu perfil recheado de informações bacanas sobre você para que a conversa possa fluir melhor. O match é só o começo, mas um bom papo que vai te levar além nessa busca por um par.

Se você não conhece o Inner Circle, este é o aplicativo que defende o namoro sério.

Eles desafiam seus usuários a aprimorar sua paquera e é por isso que você encontrará perfis bem preenchidos e avisos de conversa.

Ele leva tão a sério sua vida amorosa que tem até verificação manual da plataforma em busca para garantir que não tenham contas falsas ou golpistas, mantendo você seguro quando paquera online. 

Então, o que você está esperando? Inscreva-se no Inner Circle aqui.

Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?

Puxar assunto com o crush? Veja 8 mensagens incríveis para mandar

Começar uma conversa com alguém que você não conhece já é difícil por si só, imagina quando esse alguém é o seu crush. Puxar assunto se torna uma tarefa ainda mais complicada e só alguns muito letrados nessa arte conseguem algum sucesso no flerte online.

Ok, pode ser um exagero, mas todas nós já tivemos aquela coceirinha na mão para puxar assunto com o cara ou mulher que a gente gosta, e mudou de ideia na última hora por milhares de motivos. Seja por medo de ser rejeitada, vergonha, sensação de estar atrapalhando, não saber o que falar… enfim. Existe também aquele lugar que insiste que mulher não deve dar o primeiro passo.

O que a gente pode falar é: foi-se o tempo dos joguinhos no romance. E foi-se também a época em que as mulheres não ‘tinham direito’ de dar o primeiro passo no relacionamento.

Nós somos livres para fazermos o que quisermos e a honestidade é a melhor forma de começar um namoro com o pé direito.

Se você gosta de alguém e quer conversar com ele, faça isso! Não se prive com medo do que os outros vão pensar se você for a primeira a puxar assunto. 

Quem precisa de um impulso ou um motivo mais palpável para começar a conversar com o crush, não precisa se preocupar! Fizemos uma seleção de algumas mensagens que você pode mandar para puxar assunto. E se por acaso o crush ainda é inexistente, você pode usar diversos sites de encontros! 

Mensagens incríveis para puxar assunto com o crush:

Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?

1. ‘Não sei o que assistir na Netflix hoje. Me indica um filme?’

Nada mais fácil do que pedir indicação de alguma coisa. Seja de um filme ou série para ver na Netflix, uma música nova ou um lugar para conhecer (alô, oportunidade perfeita para chamar ele para ir junto!).

Pedir algum tipo de indicação é uma maneira de você começar um assunto que com certeza vai desenrolar mais. Com isso, você descobre mais sobre o que ele gosta e pode contar sobre o que você curte também.

É uma troca de experiências e, de quebra, você aprende mais sobre o crush!

2. *emoji com olhos de coração*

Na era dos emojis, nada diz mais do que uma carinha apaixonada. Se uma imagem diz mil palavras, o emoji certo pode dizer 1001.

Se você não sabe o que falar, às vezes, usar um emoji que mostre o que você está sentindo pode ser a melhor maneira de puxar assunto. E a partir daí descobrir o que você realmente quer saber: se o sentimento é mútuo.

Mas, fica o aviso: não exagere nas carinhas e símbolos na conversa! Ninguém (e isso vai além dos homens) gosta de alguém que só fala através de emojis.

3. ‘Pare de me fazer pensar em você, eu tenho muito o que fazer hoje!’

Quer uma gracinha e uma dose extra de flerte? Seja sincera e diga a real: que você não para de pensar nele e que isso está atrapalhando a sua produtividade (é verdade, vamos combinar).

Dessa maneira, você é direta e honesta ao mesmo tempo. A partir daí, é com ele.

Deixe a vergonha de lado: você é uma mulher maravilhosa e confiante, que tem a capacidade de flertar com um cara ou outra mulher porque tem vontade.

4. ‘Vi *insira o lugar / filme / série / música aqui* e lembrei de você’

Se o flerte direto não é a sua praia, você pode sempre usar alguma outra coisa como ‘desculpa’ para puxar assunto. Se vocês já conversaram alguma coisa, ou se você o acompanha nas redes sociais e sabe que ele posta constantemente sobre uma banda ou uma série. Você pode comentar que lembrou dele enquanto via/ouvia o que ele comentou.

A gente nem precisa falar que o melhor a fazer é você ter MESMO escutado a música ou visto a série em questão (ou visitado o lugar que ele gosta), né? Não vale mentir só para ter um motivo para começar a conversa – isso pode trazer desconfortos e até causar problemas no futuro. Até porque, o assunto pode render e você não quer ter que ficar inventando desculpas para não falar mais sobre o que você mesma começou a comentar, certo?

Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?

5. ‘Você conhece o lugar *insira um lugar que você quer conhecer aqui*’

O flerte rola solto, mas parece que ele é do time mais lento. Com certeza tem lugares que você quer conhecer na sua cidade – use isso para começar uma conversa e até para chamá-lo para sair.

Pode ser assim: ‘Você conhece o café do Mirante 9 de Julho? Eu queria muito ir, mas nenhuma das minhas amigas tem tempo no fim de semana… O que você vai fazer sábado?’.

Não é nenhum bicho de sete cabeças!

6. ‘Me ajuda a tirar uma dúvida?’

A ideia aqui é você usar o crush para tirar uma dúvida REAL (nada de fingimentos aqui também, ok?) sobre alguma coisa. Pode ser sobre o trabalho dele, a região que ele mora, alguma coisa que ele já fez. Como renovar a carta de motorista ou então uma atividade que ele adora. E não deixe o tópico morrer: se interesse de verdade pelo o que ele tem a dizer, tá bom?

7. ‘Você vai na festa de sexta?’

Se vocês têm amigos em comum e eventos em comum, não custa nada perguntar se ele vai naquela festa do seu amigo da faculdade.

Vocês podem falar sobre o evento em si, sobre quem estará lá e até soltar um ‘que bom que vou te ver ao vivo *emoji piscando*’. Demonstrar interesse não é motivo de vergonha ou de desespero, viu? Só não vale fazer a super carente.

Independentemente do sexo, ninguém fica confortável com uma pessoa que faz questão de falar a cada cinco segundos que está interessada em você.

8. *Insira o meme do momento aqui*

Quem não gosta de memes? Com certeza você viu algum muito engraçado ou divertido que gostaria de mandar para ele porque achou ‘a cara dele’. Humor é uma das formas mais interessantes de começar uma conversa – é leve e quebra o gelo!

O que não fazer ao puxar assunto com o crush

Olha, a real é que você pode fazer o que quiser com quem quiser! A nossa função é mostrar que você é incrível por si só e que não precisa ficar desesperada atrás de ninguém. Isso significa que você deve evitar duas coisas:

1. Investigar a vida do cara a fundo só pra ter assunto 2. Mandar o bom e velho ‘oi, sumido’ 

Não precisa forçar, entende? Fale o que você tem vontade, de uma forma que você se sinta confortável. O mais importante é sempre você se sentir bem com o que está fazendo.

Não existe motivo para você ficar desconfortável e criar uma tensão, com medo de ser descoberta a qualquer momento por causa do seu lado stalker. Não vale a pena.

Seja sincera com você mesma (e com ele) e fale o que tem vontade!

  • Na dúvida você pode fazer o Joey de Friends e soltar um ‘HOW U DOING?’
  • Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?
  • Imagem: Reprodução / Balãozinhos

Sabe exatamente como puxar assunto com o crush? Conte para a gente e o que você fala (e ajude a nossa leitora no processo) – respondendo a pergunta abaixo!

Como iniciar uma conversa no Tinder [Requisitos & Dicas] | Aplicativos e Software

Se rolar interesse entre as duas pessoas isso é um match. Veja em meu artigo como iniciar uma conversa no Tinder e saiba o que é necessário para começar a paquera. Chamadas de vídeo são liberadas quando? Vamos descobrir quais são as melhores dicas para iniciar uma boa conversa no app de relacionamento.

Leia também:  Como Evitar Que A Fruta Oxide?

Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?

App Tinder (Imagem: Kon Karampelas/Unsplash)

Quando começa uma conversa?

A possibilidade de conversa no Tinder começa quando existe um interesse mútuo entre as pessoas cadastradas no app, o famoso match, liberando o chat. Diversos perfis são apresentados de acordo com as preferências do usuário. 

Ao pressionar o botão do “coração verde”, 50% do processo para conversa foi feito. Agora, basta esperar que a outra pessoa também pressione o “coração verde” em seu perfil.

Liberar chamada de vídeo no Tinder

Caso você já tenha dado match com uma pessoa, no canto superior direito do chat, existe o símbolo da câmera. 

  1. Pressionando o app perguntará se você tem interesse em chamada de vídeo curta com a pessoa do match; 
  2. Pressione sim;
  3. Marque que está disposto para salvar a configuração;
  4. Libere o acesso do Tinder para sua câmera e microfone;
  5. Agora, basta a outra pessoa repetir o processo que ficará liberada a chamada de vídeo para vocês dois.
  6. Existem regras para as chamadas de vídeo do Tinder, ao fim da chamada, abre-se uma janela perguntando como foi a experiência e possibilitando reclamações por abusos. Fique atento, não seja tóxico.

Dicas para iniciar a conversa no Tinder

Antes de qualquer coisa, deixo claro que não existe esse contexto de match perfeito. Por isso, seja sempre educado e respeite as pessoas, não force nada.

Vamos começar com dicas para o seu perfil, afinal de contas, ele é seu cartão de visitas.

  • Sua biografia (bio): é o ponto onde você começa a se expressar, dizer o que gosta, assuntos que gosta de conversar e objetivos com o aplicativo. É de muita ajuda para quem der match com você, saber de suas preferências;
  • Edite seus interesses: é simples editar as tags sobre seus interesses, Configurações → Editar interesses. Fica mais visual para que olha seu perfil;
  • Escolha suas fotos: quanto mais verdadeiras suas fotos e mais falarem sobre você, melhor será a receptividade, mostre seus sorrisos genuínos em momentos de descontração.Como Começar Uma Conversa Com A Pessoa Que Voce Gosta?Funções Tinder (Imagem: Tinder/divulgação)

Puxando papo

  • Sem biografia: Utilize isso a seu favor! Nem todos estão atentos à importância de preencher a bio. Uma boa dica é começar a conversa dizendo seu interesse no “mistério” ou fazendo a pergunta “Por que tão misterioso(a)?”;
  • Distribua biscoitos: você se interessou pela pessoa, isso é fato, o que te chamou a atenção foi a foto, antes de ler a bio. Inicie a conversa elogiando a foto, o cenário, o sorriso, o cabelo ao vento, faça elogios;
  • Seja sincero: Está com vergonha de dizer que a pessoa mexeu com você, no caso de travar, diga que está sem palavras e não sabe o que dizer, pode ajudar que o outro continue a conversa;
  • Risadas: já deu match, já tá rolando interesse, trocaram informações básicas; agora é a hora de mostrar o quanto agradável você é, faça uma piada, um comentário levemente engraçado sobre um fato do dia, etc… Por favor, evite piadas de mau gosto, ofensivas e de assuntos polêmicos;

Nada deu certo, e agora?

Calma, separei algumas frases para você iniciar a conversa e quebrar o gelo inicial.

  • Qual foi a pior conversa que você já teve aqui no Tinder? E a melhor?
  • Você vai me julgar se eu contar que nunca assisti (insira aqui qualquer seriado mainstream)?
  • Qual a pior desculpa que você já contou para sair de um date ruim?
  • Socorro! Eu preciso de uma nova série para maratonar, me ajuda? É urgente!
  • Acho importante que você saiba que julgo pessoas acham que frutas são sobremesa.
  • Acabei de me tornar um quarentener oficial e fiz um pão! Acho que cheguei ao fundo do poço. Idéias para me levantar? (só vale até a vacina, rs)

Espero ter dado algumas boas dicas de como iniciar uma conversa no Tinder, seja educado e boa paquera!

Com informações: Tinder

Como manter uma conversa interessante com 4 técnicas

A situação é familiar: você está socializando e, de repente, tem alguém novo no grupo. Ou ainda: vocês estão sozinhos e o silêncio (e o desconforto) reinam. O que você pode fazer para manter uma conversa interessante antes que a pessoa vá “pegar uma água” ou, pior ainda, saque o celular?

  • A primeira coisa a se fazer é combater a paralisia, que pode ser tanto da timidez (e que pode ser enfrentada com um simples “oi”) quanto do medo de falar a coisa errada (e que cria tantos cenários que dão errado na sua cabeça que você prefere não falar nada).
  • Em seguida, é hora de colocar os milhares de anos de evolução para funcionar: seres humanos são seres sociais e gostam de se comunicar, mesmo aos trancos e barracos – que sempre parecem mais desastrosos do que costumam ser, vale lembrar.
  • Conversação, como tantas outras coisas, é uma prática que melhora com o tempo. 
  • Caso você realmente esteja travado, a boa notícia é que é possível decorar alguns caminhos e estratégias para começar.

Uma boa regra geral é pensar em suas experiências: que tipo de perguntas você acha interessantes e quais preferia não responder? Que conversas você teve no passado com quem não conhecia e que foram surpreendentemente boas? E as que foram ruins? Há pessoas que você conhece que têm facilidade para conversar? O que elas fazem?

Conversar com alguém não precisa ser uma quimera. E lembre-se: todo mundo já foi estranho para você um dia, mesmo seus melhores amigos.

Técnicas de especialistas para manter uma conversa

#1 Técnica: A pedra que afunda

Rob Riker, do site The Social Winner, é um expert em conversas. Uma de suas técnicas preferidas é “a pedra que afunda”, uma metáfora para pular a parte superficial de uma conversa e realmente engajar seu interlocutor através da emoção.

Para isso, é preciso seguir três passos:

Tenha um fato sobre a outra pessoa

O que ela gosta, o que ela faz ou já fez, algo que disse ou mencionou. Mantenha o gancho pessoal, mas não pessoal demais.

Pergunte sobre uma emoção relacionada ao fato

Por exemplo: “Você gosta desse assunto?” ou “Quais são os maiores desafios de quem lida com esse assunto normalmente?”

Entenda porque aquela emoção surgiu

“Por que ele é tão interessante para você?” ou “Ah, eu imaginei que esse assunto funcionasse de outra forma. O que te levou a aprender tanto sobre ele?”

Se estiver atento às respostas, você vai aprender muito sobre alguém, e rapidamente. Assim, novos assuntos podem surgir com mais naturalidade – e você vai genuinamente se divertir.

  1. #2 Técnica: Escuta ativa
  2. O termo está em voga, e por um bom motivo: com tanta gente falando sobre tudo o tempo inteiro, que realmente escuta tem uma vantagem.
  3. A escuta ativa é aquela em que sua atenção está realmente dedicada ao que a pessoa está dizendo, não só em busca de uma pausa para colocar sua própria opinião.
  4. E pode ajudar muito a manter uma conversa e fazê-la ser mais fluída, já que dali podem surgir novos tópicos para ambos.

Quando alguém engata em algum assunto, você pode escutar atentamente ao assunto e entender melhor qual é a relação entre ele e seu interlocutor. E não se preocupe em parecer que está prestando bastante atenção: se realmente estiver prestando atenção, isso estará claro.

Por que aquele assunto é interessante e como o descobriram, por exemplo? Como aparece no dia a dia da vida da pessoa? Teve algum impacto na sua vida? Caso o assunto realmente te interesse, há alguma referência que ela recomenda? E por aí vai.

Outra boa regra? Pense em uma paixão sua. O que gostaria que as pessoas te perguntassem sobre ela?

#3 Atitude: Pense como um jornalista

Entre as diversas TED Talks sobre conversação disponíveis, uma das mais charmosas é da jornalista Celeste Headlee.

“Pode soar como uma questão engraçada, mas temos de nos perguntar: Existe uma habilidade mais importante no século 21 do que ser capaz de manter uma conversa coerente e tranquila?”, indaga.

Continua após a publicidade

Para manter uma conversa assim com diversos tipos de pessoa, de caminhoneiros a vencedores do prêmio Nobel, ela criou 10 regras básicas. “Tudo se resume ao mesmo conceito básico, que é o seguinte: estar interessado nas outras pessoas.”

1) Não seja multitarefa

“E não falo só de deixar o celular de lado, o tablet ou as chaves do carro, ou o que tiver nas mãos. Quero dizer: esteja presente.”

  • 2) Não dê lições
  • “Se quiser dar sua opinião sem qualquer oportunidade para reação ou discussão, objeção ou evolução, escreva um blog.”
  • 3) Faça perguntas abertas

“Comece as perguntas com quem, o quê, quando, onde, por quê ou como”, diz Headlee. “Deixe-os descrever [experiências] e tente perguntar ‘como foi aquilo?’ e ‘como foi passar por isso?’.”

4) Deixe fluir

“Pensamentos vão surgir na sua mente e você precisa deixá-los passar.” Mantenha-se atento ao que a pessoa está falando, não no próximo passo.

  1. 5) Se você não sabe algo, assuma
  2. “Melhor pecar pelo excesso de cautela.”
  3. 6) Não compare experiências

“Todas as experiências são individuais. E, mais importante ainda, não se trata de você. Não precisa pegar aquele momento para provar como você é incrível ou quanto você sofreu.”

7) Evite ser repetitivo

“É realmente muito chato. E tendemos a fazer isso demais.”

8) Não mergulhe nos detalhes

“Francamente, as pessoas não ligam para os anos, os nomes, as datas, todos esses detalhes que você está lutando para se lembrar. Elas ligam para você.”

9) Ouça de verdade

“Sei muito bem que exige esforço e energia realmente prestar atenção em outra pessoa, mas, se não consegue fazer isso, você não está numa conversa. São apenas duas pessoas bradando sentenças desconexas no mesmo lugar.”

  • 10) Seja breve
  • É isso.
  • #4 Atitude: Não finja

Manter uma conversa não significa sair esgotado dela. A dica é: não finja.

Não finja interesse naquilo que não te interessa de verdade – seja quando estiver ouvindo outra pessoa ou falando sobre seus próprios interesses –, nem finja curiosidade. Se a pergunta parece falsa para você, chances são de que parecerá falsa para o outro também.

Leia também:  Como Funciona Leds Quando Abro Agua Do Duche?

Utilize sua emoção e sua energia da maneira correta. Quando você está genuinamente envolvido, interessado e otimista, a chance do outro se sentir da mesma maneira aumenta.

E verdade seja dita, talvez dali não saiam novos amigos ou uma interação memorável. Mas terá sido, pelo menos, uma experiência agradável para os dois.

Este texto foi originalmente publicado no portal Na Prática, parceiro do Guia do Estudante.

Quero Bolsa | Graduação, pós-graduação e técnico: bolsas de estudo com desconto de até 75% em mais de 1100 faculdades em todo o Brasil. Saiba mais!

Continua após a publicidade

5 dicas para ter uma boa conversa e parecer mais interessante

por Maria Confort

  • Tem gente que naturalmente se dá bem qualquer papo: é mais descontraído, menos tímido, mais aberto e expansivo e, por isso, parece levar qualquer conversa numa boa.
  • + Veja como falar bem (e escutar melhor)+ Descubra 6 livros com dicas para falar melhor 
  • Por outro lado, existem pessoas que travam na hora de conversar e sentem que qualquer diálogo é estranho quando não há intimidade com o outro.
  • É o seu caso? Então, veja essas dicas para ter uma boa conversa:

Saiba a hora de puxar papo – o timing é tudo

Muitas vezes, a outra pessoa não está afim de conversar e você precisa enxergar isso antes de começar a falar no ouvido dela. Preste atenção no ambiente e na ação da pessoa: ela está andando na esteira, por exemplo? Com fones de ouvido? Lendo um livro no ônibus? Concentrada em algo? Então não é uma boa hora de começar a puxar papo com ela.

Ter timing é determinante para garantir uma boa conversa. Se você, por exemplo, quer ter um papo sério e importante com seu chefe, tente agendar um horário em vez de puxar o cara pelo braço no meio do expediente. Isso vai garantir que ambos estarão concentrados no diálogo.

Se, por exemplo, você não tiver a oportunidade de agendar a conversa e encontrar seu chefe no corredor, peça licença e pergunte qual o melhor horário do dia para falar com ele.

O timing também é importante para conversas improvisadas. Talvez você esteja procurando uma maneira de conhecer seu novo vizinho, por exemplo, ou colega de trabalho.

Então, não comece uma conversa quando ele estiver entrando no prédio embaixo de chuva, parecendo exausto. Neste ponto, um simples, “Oi, como você está?” Será suficiente.

Se alguém está fazendo contato visual com você, pode ser um bom momento para iniciar uma conversa. Por exemplo, se você está andando em uma livraria e a pessoa ao lado olha com frequência para ver qual livro você está considerando, tente falar com ela. Você poderia dizer, “Este parece interessante. Você gosta de biografias?”.

Mostre interesse

Muitos de nós encontramos um número muito grande de pessoas a cada dia. Se você trabalha em uma grande empresa, ou simplesmente vê um monte de pessoas em seu bairro ou na escola de seu filho, por exemplo, pode ser difícil guardar o rosto e relacionar a pessoa ao nome.

No entanto, se você chamar as pessoas pelo nome vai conseguir memorizá-lo com mais facilidade.

Quando escuta o nome de alguém pela primeira vez, por exemplo, repita-o na conversa. Quando alguém diz, “Oi, eu sou Emily”, você deveria dizer: “É bom te conhecer, Emily”. A repetição imediata irá ajudá-lo a fixar o nome em sua memória.

Além disso, é importante fazer boas perguntas. É preciso pelo menos duas pessoas para ter uma grande conversa, obviamente. Então, certifique-se de fazer a sua parte e participar ativamente da discussão. Uma das melhores maneiras de fazer isso é fazer perguntas que permitam que discussão se desenvolva naturalmente.

Faça perguntas abertas. Em vez de dizer: “É um bom dia, não é?” Diga: “O que você está planejando fazer pra curtir o dia?”. O primeiro exemplo requer apenas uma resposta “sim” ou “não”, o que poderia ser um beco sem saída para a conversa. Então, faça perguntas que exigem mais de uma palavra.

Pergunte coisas que esclareçam o que a outra pessoa está dizendo. Se você está tendo uma conversa com seu filho, por exemplo, tente dizer: “Eu ouvi você dizendo que você está frustrado porque você sente que não tem liberdade suficiente. O que podemos fazer para encontrar uma solução que funcione para todos nós?”.

Saiba ouvir

Seja um ouvinte ativo. Isso significa que você está respondendo e demonstrando envolvimento na discussão.

Você pode indicar que está ouvindo ativamente através de pistas físicas e verbais. A escuta ativa faz com que a outra pessoa se sinta valorizada e respeitada, o que é muito importante quando se tenta desenvolver conversas eficazes.

Você pode deixar alguém saber que você está ouvindo usando uma linguagem corporal positiva. Certifique-se de fazer contato visual durante toda a conversa. Além disso, tente assentir ou abanar a cabeça nos momentos apropriados.

Você também pode fornecer dicas verbais para que alguém saiba que você está envolvido na conversa. Eles podem ser tão simples como “Isso é interessante!” Ou mais substanciais, como “Eu não sabia disso. Você pode me dizer mais sobre?”.

Outra maneira de indicar que você está ouvindo ativamente é reafirmar parte da conversa. Tente parafrasear. Por exemplo, você pode dizer: “Que interessante essa sua nova empreitada profissional, você sempre quis seguir por esse lado? Parece que você está realmente animado sobre tentar algo novo”.

Lembre-se que ouvir ativamente é pensar sobre o que a outra pessoa está dizendo. Em vez de tentar formular sua resposta, concentre-se em ouvir o que estão dizendo e absorva a informação.

Encontre pontos em comum

Ter uma grande conversa requer que você pense sobre os interesses da outra pessoa. Se você encontrar algo que ambos têm em comum, pode ser um ótimo ponto de partida. Para isso, é possível que você precise fazer várias perguntas, mas o resultado vai valer a pena.

Se, por exemplo, você estiver tentando se dar bem com seu cunhado e achar que não tem nada em comum com ele, tente falar sobre uma nova série que você já viu ou um livro que você leu.

Talvez você encontre um gosto semelhante. Se tudo mais falhar, vá para algo que as pessoas normalmente gostam. Por exemplo, a maioria das pessoas gosta de boa comida.

Pergunte qual é o seu restaurante favorito e siga a conversa naturalmente.

Evite falar demais

Um termo bem comum na nossa sociedade é o “over-sharing” que, em tradução livre, significa “compartilhar demais”. Sabe quando você conhece aquela pessoa chata que conta detalhes exagerados sobre a sua vida logo na primeira conversa? Então, não seja essa pessoa.

Para evitar que isso aconteça, saiba identificar as situações mais comuns que dão espaço para o “over-sharing”:

O Over-sharing acontece quando você está nervoso ou especialmente ansioso para causar uma boa impressão.

Por exemplo, se você estiver indo para uma entrevista de emprego importante, respire profundamente antes de entrar na sala. Também tire um momento para pensar sobre o que você vai dizer antes de realmente verbalizar seus pensamentos.

Avalie seu relacionamento com a outra pessoa. Antes de compartilhar informações, pergunte a si mesmo: “Essa é a pessoa apropriada para discutir isso?” Por exemplo, você provavelmente não quer discutir hemorróidas com seu colega de trabalho. Ele não precisa dessas informação, e provavelmente ficará desconfortável ao ouvir sobre isso, certo?

Por fim, relaxe: seja você mesmo e não fale sobre coisas que não conhece ou assuntos que não domina. Com o tempo, você vai perceber que ter uma boa conversa não é tão difícil assim.

5 dicas para ter uma boa conversa e parecer mais interessante

COMO INICIAR UMA CONVERSA RÁPIDA

O primeiro contato – seja nos relacionamentos afetivos, amizades ou carreira – sempre começa com uma conversa rápida, “small talk”. Saber como iniciar, manter e finalizar uma conversa rápida com sucesso, é uma habilidade que você pode aprender. Vamos apresentar todos os passos fundamentais que farão de você um expert em conversas (conversas-rápidas)!

1. ENCONTRE O SEU ALVO

Às vezes estão sentados do seu lado, às vezes estão distantes, mas no mesmo ambiente: Identifique aqueles que terão uma boa história pra contar e que tenham o dom do bate-papo.

2. ANALISE A LINGUAGEM CORPORAL

Fale com alguém que pareça receptivo. Não interrompa as pessoas que estão lendo, no celular ou em outras conversas. Perceba o posicionamento do corpo, quando as pessoas estão de braços cruzados normalmente não estão afim de conversar.

3. FALE ALGUMA COISA.

Respire fundo e fale alguma coisa. Ou melhor, pergunte algo genérico. Vocês estão no mesmo lugar e na mesma hora, é certo que tenham algo em comum, não é? Esse é o começo perfeito para sua conversa!

4. ALGUMA COISA DESTE TIPO, OK?

Trabalho, estudos e hobbies são assuntos clássicos que todos falam. Portanto, fale sobre notícias (tirando política e religião), música, comida, roupas… etc. Mas lembre-se de fazer perguntas que tenham algum sentido. Por exemplo: “Você se especializou em quê para o cargo que ocupa hoje?” ou “Consegue arrumar uma “quebra” na rotina para fazer algum esporte?”.

5. AGORA, A RESPOSTA MÁGICA

O segredo é, após a pessoa dizer o que faz da vida, diga: “Nossa, que interessante!”. Pronto, já vai ganhar pontos positivos na conversa!

6. ATENTE-SE AOS DETALHES

Lembre-se sempre do nome da pessoa com quem está conversando. Isso demonstra interesse e consideração com a conversa. Olhe sempre nos olhos e seja simpático! Ao final na conversa diga, por exemplo: “Marcos, muito prazer em conhecê-lo! Desejo sorte para o novo projeto.”

7. ENTÃO… ESTE CLIMA É LOUCO, NÃO É?

Depois disso, provavelmente haverá um silêncio. Tente sempre esquivar de assuntos que causarão uma falta de assunto. Levante outro tópico e dê a sua opinião sobre isso. Não tenha medo de seguir em frente com outros assuntos.

8. SEJA: BREVE, BRILHANTE E EQUILIBRADO

Na hora da despedida, saia e informe o que irá fazer. Por exemplo: “Com licença, vou ao banheiro.” E logo após disso, convide para algum evento ou informe que será um prazer reencontrar a pessoa em uma nova oportunidade.

Leia também:  Como Abrir Uma Porta Que Travou?

Siga os passos acima e assim, fará um networking perfeito. Boa sorte!

Como puxar assunto com o crush? | E aí, rolou?

Olha, a gente te garante que não é só você que passa por isso! Saber como puxar assunto com o crush pode ser uma tarefa difícil para muita gente! Às vezes rola uma insegurança ou simplesmente o sentimento de não saber o que falar, tudo sem contar aquele medo de não ser correspondida, né? 

Mas é importante saber que tem muito mais acontecendo com a gente nessa situação do que uma simples crush. Demonstrar interesse em alguém pode envolver coisas bem importantes, como sua autoestima, a forma como você se enxerga e a sua relação com o outro. 

Entender essas coisas pode ser um passo importantíssimo não só para os seus possíveis rolinhos, mas também para seu autoconhecimento e relação consigo mesma

Saca só!

Por que é tão difícil puxar assunto com o crush?

O primeiro passo para trabalhar o medo e a vergonha de falar com o crush é entender por que é tão difícil fazer isso.

Por natureza, temos muito medo da rejeição.

Seja porque a pessoa é muito bonita, muito legal ou porque você simplesmente quer ver o que pode rolar, a expectativa de receber uma validação dessa pessoa existe e pode ser bem chato ter que lidar com essa frustração.

Uma simples mensagem não respondida de volta pode gerar uma grande “trava” na vida de alguém. Porém, essa mensagem pode não ter sido respondida por inúmeros motivos. 

Mas repare: ao pensar dessa maneira, você está colocando muito mais poder na opinião de outra pessoa do que em si mesma. Muitas vezes, essa pessoa nem te conhece! Então, quando criamos o sentimento de que vai ser insuportável ser rejeitada, tornamos a tarefa de comunicar o interesse mais difícil e ainda fragilizamos nossa autoestima.

A ideia que criamos da rejeição é de algo ruim e humilhante, que devemos evitar a qualquer custo. Por isso, acabamos evitando falar de forma aberta sobre os nossos sentimentos. Às vezes, iniciar uma simples conversa pode trazer à tona um mix de sentimentos e se transformar numa bola de neve.

Porém, é importante entender que a rejeição não precisa ser tão ruim assim. O outro tem o direito de não estar interessado por você da mesma forma que você está. Além disso, receber um “não” não significa que você não é o bastante ou não é o suficiente para alguém gostar de você. 

Nós todos temos gostos pessoais, histórias de vida e passamos por momentos muito diferentes, e o fato de que uma única pessoa não está interessada em você não desvalida em nada o que você é, sente ou pensa. 

É só mais uma dessas casualidades da vida ¯\_(ツ)_/¯ 

Além disso, a sociedade vive querendo ditar quem deve iniciar uma conversa, quem deve dar em cima ou quem pode demonstrar interesse. Isso não é verdade. Você pode e deve dar o primeiro passo, se é isso que você quer. 

Como eu supero esse medo? 

Bom, agora que você sabe porque conversar com o crush pode parecer assustador, mas a gente sente o que a gente sente, não é mesmo? Por isso, trouxemos algumas dicas para te ajudar a entender e trabalhar seus sentimentos sem se colocar para baixo.

Se conheça melhor! Conheça músicas novas, experimente roupas diferentes, passe um tempo praticando um hobby que você gosta, enfim, dedique tempo e carinho para si mesma. Quanto mais você se aprecia, se gosta e descobre a sua própria personalidade, mais fácil fica se aventurar. 

Mude a sua mentalidade sobre vulnerabilidade. Ser vulnerável é muito diferente de ser fraca, de ser “desesperada” ou dramática. Está tudo bem falar sobre seus sentimentos, suas vontades – ou simplesmente responder aquele story.. Enquanto você estiver sendo respeitosa consigo mesma e com o outro, toda comunicação é válida – mesmo que ela não tenha o final esperado. Vivendo e aprendendo! 

A pessoa do seu interesse não é perfeita muito menos uma solução. É fácil se encantar e idealizar uma pessoa quando não sabemos muito sobre ela, mas a gente te garante: todo mundo tem defeitos e todo mundo tem problemas. Não devemos buscar a perfeição, nem em nós mesmas, nem nos outros. O segredo é o equilíbrio e a compatibilidade.

Mas então, como puxar assunto com o crush?

É importante dizer, antes de mais nada, que cada pessoa é diferente uma da outra. Não existem regras exatas ou fórmulas de bolo que funcionam para tudo – e é por isso que autenticidade e carisma vão ser suas maiores aliadas. E quer saber o melhor? Nossas próximas dicas podem ser levadas para outros tipos de relação e interação da sua vida. Vem com a gente!

Seja você mesma

Ah, o bom e velho clichê! ‍

Mas aqui queremos discutir um outro aspecto desta dica tão comum: ser você mesma é entender os seus limites e valorizar a pessoa que você é. Não vale a pena fingir que gosta de uma banda ou de um filme que você nem conhece, ou então achar que não tem nada interessante para falar. Você é uma pessoa complexa, interessante e única, que vale a pena conhecer! 

Elogie com atenção  

Todo mundo gosta de escutar elogios “óbvios”, especialmente focados em beleza física. Mas muitas vezes, controlamos muito pouco esta parte, principalmente porque as pessoas acham coisas diferentes bonitas. Além disso, um elogio como esse pode ser muito lisonjeiro, mas também facilmente pode passar batido e acaba não rendendo muita conversa.

elogios focados em processos e esforços são muito valiosos.

Por exemplo, você percebe a diferença entre dizer “Nossa, lindo demais!” e  “Adorei a combinação dos óculos com a camiseta!”? O primeiro foca no resultado final, enquanto o outro exalta o processo e bom gosto da pessoa – além de abrir espaço para uma possível história sobre como a pessoa encontrou aquele óculos ou aquela camiseta. 

Mas cuidado: a dica anterior prevalece! Não vale a pena fabricar um elogio que não é sincero. 

Elogios atenciosos são uma ferramenta poderosa para iniciar uma conversa positiva com alguém, que não só vai facilitar a aproximação como também deixar o dia da pessoa um pouco mais feliz!

Busque interesses em comum

Mais um clichê que muitas vezes é usado de forma errada. 

Interesses em comum podem ser muito poderosos para aproximar duas pessoas e não tem nada de errado em buscar esses links com a pessoa que você gosta. O que é importante de se manter em mente é:

Nem sempre interesses em comum garantem alguma coisa. O contrário também é válido: pessoas com gostos diferentes podem, sim, se aproximar. 

Interesses em comum muitas vezes não se manifestam da forma como estamos acostumadas. Você não precisa gostar das mesmas bandas, filmes ou comidas, mas muitas vezes uma visão de mundo parecida já pode fazer toda a diferença.

Além disso tudo, você não precisa ter os mesmos gostos pessoais que a pessoa para demonstrar interesse no que ela gosta. Nós gostamos muito de falar sobre os tópicos que nos interessam, e isso pode ser mais uma ferramenta poderosa de comunicação que faz as pessoas se sentirem bem em conversar com você. 

E só lembrando sempre da primeira dica: seja muito verdadeira com os seus limites e consigo mesma! 

Se prepare para os possíveis cenários

Ao iniciar uma interação, é importante ter em mente que ela pode se desenvolver de maneiras diversas. Claro que não é possível prever o que vai acontecer, mas é possível se preparar. 

Por exemplo, simplesmente mudar o pensamento de “Meu Deus, e se a pessoa não me responder?” para “Eu vou mandar essa mensagem, tomara que a pessoa responda, mas vai ficar tudo bem se ela não responder” já pode fazer uma super diferença. 

Ufa! Bastante coisa, né? Já deu pra perceber que puxar assunto com o crush não deve ser um bicho de sete cabeças! 

Bom, com tudo isso em mente, chegou a hora prática. E mesmo com a decisão tomada, autoestima trabalhada e celular em mãos, pode ser difícil saber exatamente o que falar. Mas acompanha com a gente que as dicas ainda não acabaram! 

Como puxar assunto com o crush pelo Instagram?

Nos últimos tempos, o Instagram se tornou um lugar muito interessante para demonstrar interesse e puxar papo com as pessoas de forma espontânea. Saca só nossas dicas para puxar assunto pelo Insta: 

Use e abuse dos stories

A gente sabe que essa é básica, mas não podia faltar! Reagir e comentar stories pode ser uma maneira descontraída de iniciar um flertezinho. E levando nossas dicas anteriores sobre elogios atenciosos e interesses em comum em consideração, pode ser legal optar por responder stories de uma maneira na qual a pessoa realmente possa engajar com você. 

Seja fazendo um comentário engraçado sobre um meme ou perguntando onde a pessoa pediu aquele lanche que parece incrível.Pense nos stories como um lugar para se expressar e demonstrar interesse de uma forma autêntica.  

Envie publicações 

O Instagram possui essa ferramenta de enviar publicações no Direct de uma pessoa que pode vir muito a calhar! Através dela, você pode ser mais direta e mandar aquela publicação engraçadinha ou então enviar uma publicação sobre algo que você sabe que a pessoa gosta e mandar a clássica “lembrei de você!”. 

Essa dica também é ótima para dar continuidade quando rolar o sentimento de que acabou o assunto. 

Faça comentários bem humorados

Já discutimos a diferença que faz pensar em elogios atenciosos. Agora, quando esse cuidado vem junto de uma dose de bom humor, é ainda melhor! 

Na hora de comentar a foto do ou da crush, que tal usar um meme engraçadinho? Ou então mencionar indiretamente algum assunto que vocês já conversaram sobre? Muitas vezes, simplesmente comentar algo fora do comum ou do esperado pode ter um efeito muito positivo. Por exemplo, é muito gostoso saber que alguém reparou no nosso corte de cabelo ou numa edição diferentona em uma foto. 

Deixe joguinhos de lado

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*