Como Citar Um Autor Que Está Citando Outro?

Márcia Fernandes

Professora licenciada em Letras

Apud, que significa “citado por, conforme, segundo” é a expressão usada para fazer citação de citação.

Esse é um recurso utilizado nos trabalhos acadêmicos quando você quer citar um autor que tenha sido citado pelo autor e obra que está lendo. Isso quer dizer que você próprio não teve acesso a esse outro autor, mas vai aproveitar o que o autor que está lendo leu e usou.

Parece confuso, mas não é!

Como Citar Um Autor Que Está Citando Outro?Exemplo de citação de citação

Em vez de usar a expressão latina apud, você também pode utilizar outras expressões como “citado por, conforme, segundo”. O importante é deixar claro que não foi você quem teve acesso ao autor.

As citações são muito importantes nos TCCs. Um projeto embasado em bons autores e boas obras tem mais credibilidade.

Apesar de o apud (ou citação de citação) não ser bem visto pela banca examinadora, lembre-se que se você fizer uma citação sem indicar o seu autor estará cometendo plágio.

Portanto, na necessidade de usar apud, usamos, mas que seja usado de forma correta. Então, vamos aprender como fazer!

O que a ABNT fala sobre o apud?

A NBR 10520 contempla esse tipo de citação e define que se trata de uma citação direta ou indireta feita sem acesso ao texto original. Acrescenta que a expressão apud pode ser usada.

De acordo com os exemplos da norma, a expressão pode ser colocada antes da citação em si ou depois dela.

Exemplos da localização do apud:

Como Citar Um Autor Que Está Citando Outro?Apud antes e depois da citação

A citação de citação pode conter a transcrição de uma obra, com as palavras do autor ou pode se basear em uma obra, com as palavras de quem está transmitindo a informação.

Exemplos de citação de citação direta e indireta:

Como Citar Um Autor Que Está Citando Outro?Exemplos de citação de citação direta

Na primeira citação, Koch transcreve as palavras de Beaugrande e Dressler. Trata-se de um exemplo de citação direta, tal como na segunda citação, em que as palavras de Garcia foram transcritas por Koch e Travaglia.

Agora vejamos exemplos em que Koch e Travaglia escrevem baseando-se na palavras de Beaugrande e Dressler, bem como de Giora (citação indireta).

Como Citar Um Autor Que Está Citando Outro?Exemplos de citação de citação indireta

Como fazer as referências bibliográficas com apud?

Nas referências bibliográficas você deve incluir apenas as obras que você leu e não as lidas pelo autor que você citou.

Desta forma, considerando os exemplos dados acima de citação de citação direta e indireta, apenas incluiríamos nas referências bibliográficas do nosso trabalho os autores Koch e Travaglia. Não estariam incluídos Beaugrande, Dressler, Garcia e Giora.

Assim:

Como Citar Um Autor Que Está Citando Outro?

Não pare por aqui. Tem mais textos muito úteis para você:

Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.

Como citar um apud nas normas ABNT [Citação da Citação] | Educação

O que é e como citar um apud, de acordo com as regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), é uma dúvida comum principalmente entre estudantes de graduação, durante o desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

O apud significa “citado por”. O termo é usado na seguinte situação: você escolheu um texto, do autor “X”, para compor a bibliografia do seu TCC. Na obra do autor “X”, há a citação de um trecho da obra do autor “Y”, que vai ser útil para a construção do seu argumento. Para usar o trecho do autor “Y”, segundo a ABNT, o apud é necessário.

Como Citar Um Autor Que Está Citando Outro?

Ou seja, ao aplicar o apud — também chamado de citação da citação — é indicado para a sua banca avaliadora que você usou a obra do autor “X” como fonte de estudo para a sua monografia e, nesse texto, ele cita um conceito do trabalho do autor “Y”.

Como citar um apud [ABNT]

A imagem exibe um trecho da obra “Assessoria de Imprensa e Relacionamento com a Mídia – Teoria e Prática”, do organizador e autor Jorge Duarte, publicada em 2010 pela editora Atlas. No trecho sublinhado, Jorge Duarte cita Philip Schlesinger.

Como Citar Um Autor Que Está Citando Outro?

Trecho sublinhado:

Philip Schlesinger (1993, p.182) afirma que “boa parte do suor dos sociólogos tem sido empregada na tentativa de codificar estes critérios, que os jornalistas consideram indecifráveis”.

É importante destacar que o texto em mãos é de Jorge Duarte, mas a intenção é citar Schlesinger no seu TCC. Sendo assim, pode-se aplicar o apud de algumas maneiras:

1. Incluir os autores e o apud no início da citação

Sobre os valores-notícia, de acordo com Schlesinger (1993, p.182, apud DUARTE, 2010, p.307), “boa parte do suor dos sociólogos tem sido empregada na tentativa de codificar estes critérios, que os jornalistas consideram indecifráveis”.

2. Aplicar o apud no final da citação

Sobre os valores-notícia, segundo Schlesinger (1993, p. 182), “boa parte do suor dos sociólogos tem sido empregada na tentativa de codificar estes critérios, que os jornalistas consideram indecifráveis” (apud DUARTE, 2010, p. 307).

3. Transcrever o trecho com as suas palavras e indicar as referências

A missão de desvendar os códigos por trás dos valores-notícia tem concentrado grande parte dos esforços dos sociólogos, um tema considerado indecifrável pelos jornalistas (SCHLESINGER, 1993, p. 182, apud DUARTE, 2010, p. 307).

Atenção:

De acordo com esse exemplo, na lista bibliográfica (no final do TCC), deve constar apenas a referência ao texto de Jorge Duarte. O apud é usado apenas no desenvolvimento do seu trabalho.

Com informações de: ABNT, Blog PPEC e Guia da Monografia

APUD ou Citação de citação segundo as normas ABNT: tire suas dúvidas!

Tempo médio de leitura: 5 minutos

Publicado em 09 de abril de 2018. | Atualizado em 05 de janeiro de 2021.

Apud, ou citação de citação, é quando se cita a ideia de alguém que foi encontrada no texto de outro autor. Tem dúvidas ainda? Esse post é para você!

Falar sobre apud, ou a citação de citação, é essencial quando falamos de citações ou de referências bibliográficas. Especialmente porque é um tema que causa muitas dúvidas nos estudantes e pesquisadores.

Pensando nisso, escrevemos esse conteúdo para explicar como fazer uma citação com intermédio – apud ou citação de citação – de acordo com as normas da ABNT.

Depois disso, você poderá escrever qualquer trabalho acadêmico, incluindo monografia e TCC sem medo de cometer algum tipo de plágio por não citar de forma correta algum autor.

Qual a importância de utilizar citações dentro das normas da ABNT? 

Em primeiro lugar, é importante que você tenha em mente que as citações fazem parte da construção dos seus referenciais teóricos. Por essa razão, as citações garantem embasamento teórico e científico e dão credibilidade ao seu trabalho.

  • O apud aparece como hipótese quando o texto que você está lendo e citando, cita ideias de outro autor.
  • Talvez você esteja se perguntando agora: e então, o que fazer?
  • Vamos por partes.

O que é apud ou A CITAÇÃO de citação?

A citação de citação, também chamada de apud, termo em latim que significa “junto a, perto de, em”.

No contexto científico e acadêmico o significado de apud é utilizado como sinônimo de “citado por”.

De forma geral, a citação de citação é quando se insere no texto ideias de um autor que foram encontradas em outra fonte de pesquisa. Ou seja: você não tem acesso à fonte original da ideia, apenas tem acesso a um autor que fala sobre aquelas ideias.

Se eu exemplificar, pode ficar melhor de visualizar. Imagine a situação. Você está lendo o autor X. Esse autor cita ideias do autor Y. Você só possui acesso à obra de X, mas precisa citar as ideias de Y em seu trabalho. É para isso que serve a citação de citação.

É importante frisar que o ideal é sempre consultar a obra original, especialmente porque garante a credibilidade da fonte da pesquisa. Isto é, garante que a citação corresponde à intenção das ideias da fonte original.

No entanto, nem sempre a obra original é acessível. Então, caso a citação seja muito relevante e, ainda assim, a obra original seja inacessível, é possível utilizar o recurso de citação de citação com moderação.

Este formato de citação, assim como todos os demais, possui regras próprias, definidas pelas normas ABNT.

Como fazer apud ou citação de citação de acordo com as regras ABNT?

  1. Segundo as regras da ABNT, toda citação utilizada no trabalho acadêmico deve ser devidamente referenciada.
  2. Existem algumas formas pelas quais se pode fazer a referência de um apud.

  3. Analise o seguinte trecho, encontrado na obra de Nardi (1993, p. 94) que cita as ideias de um outro autor:

No modelo serial de Gough (1972, p.

59), “o ato de ler envolve um processamento serial que começa com uma fixação ocular sobre o texto, prosseguindo da esquerda para a direita de forma linear.”

Leia também:  Como Desfazer Macumba Que Fizeram Para Mim?

Veja bem: você apenas tem acesso ao texto de Nardi, que apresentou as ideias de Gough. Se você precisar citar as ideias de Gough a partir da citação de Nardi, você fará uma citação de citação.

Nessa hipótese, você poderia seguir três formas conforme os exemplos abaixo:

Exemplo de apud segundo a ABNT

A primeira maneira de se citar o trecho acima é incluindo os autores referenciados e o apud (citação de citação) no começo da citação:

  • De acordo com Gough (1972, p. 59, apud NARDI, 1993, p. 94), “o ato de ler envolve um processamento serial que começa com uma fixação ocular sobre o texto, prosseguindo da esquerda para a direita de forma linear.”

Exemplo de citação de citação (apud) segundo a ABNT

A segunda opção para fazer a citação do trecho seria incluir o apud no final da frase:

  • Segundo Gough (1972, p. 59), “o ato de ler envolve um processamento serial que começa com uma fixação ocular sobre o texto, prosseguindo da esquerda para a direita de forma linear” (apud NARDI, 1993, p. 94).

Exemplo de apud ou citação de citação

Por fim, existe a terceira alternativa que dispensa a utilização do termo apud, mas continua indicando que se trata de uma citação de citação:

  • De acordo com Gough (1972, p. 59), conforme citado por Nardi (1993, p. 94),  “o ato de ler envolve um processamento serial que começa com uma fixação ocular sobre o texto, prosseguindo da esquerda para a direita de forma linear.”

Apud (citação de citação) na lista de referências BIBLIOGRÁFICAS

  • Também é importante saber como o apud aparece na lista de referências bibliográficas.
  • Ao final do trabalho, nas referênciasdeve-se incluir apenas a obra consultada por você e não a obra que foi citada pelo autor que você teve acesso.
  • Ainda utilizando o exemplo, deveríamos inserir na lista de referências bibliográficas apenas a obra de Nardi, que foi a obra que, de fato, tivemos acesso.

Afinal, se Gough também fosse incluído na lista de referências, passaria a mensagem que sua obra também foi consultada. O que não é verdade.

Muito cuidado com isso! Porque a inclusão na lista contrariaria o uso do apud. Já que, se a obra também fosse consultada, a citação não seria uma citação de citação.

Como formatar citação de citação ( apud) de forma automática?

  1. Agora que você já sabe como fazer e formatar as citações e referências do trabalho acadêmico, sabe que o trabalho é bastante grande.
  2. Ficamos muitas horas para atender às regras da ABNT e sobra pouco tempo para focar no que realmente importa, que é o conteúdo do trabalho.

  3. Mas se você está desenvolvendo sua pesquisa, pode contar com o Mettzer.

O Mettzer é um editor de texto acadêmico que facilita sua vida ao formatar seu trabalho acadêmico de acordo com as normas ABNT.

Basta você inserir suas informações e pronto! O trabalho será formatado de forma automática.

Você pode fazer um teste gratuito por 7 dias e comprovar o que estou falando ????

Como Citar Um Autor Que Está Citando Outro?

Pesquisadora. Mestra em Direito pela UFSC. Acredita que conhecimentos acadêmicos só servem se ultrapassarem os muros das universidades e que conhecimento bom é conhecimento compartilhado e construído por todas as pessoas.

Citação de citação segundo as regras ABNT: acabe com suas dúvidas!

Os alunos de graduação em processo de produção do seu Trabalho de Conclusão de Curso sabem da importância que ter bons referenciais teóricos significa para seu projeto, afinal são estes referenciais que embasam e dão credibilidade ao que é abordado pelo aluno ao longo da sua monografia.

Para dar maior solidez ao TCC, é altamente recomendado que o aluno faça uso de excertos das obras consultadas em seu próprio trabalho, exemplificando com citações do autor o conceito que é discutido em seu texto. Mas e quando a obra consultada também está fazendo uso desse recurso e citando outro autor e obra?

Nesse post, vamos explicar como você pode fazer uma citação com intermédio (ou citação de citação) de acordo com as normas ABNT e assim poder escrever sua monografia sem medo de errar e cometer algum tipo de plágio por citar um autor que não está devidamente referenciado. Continue lendo e tire suas dúvidas!

O que é apud?

A citação de citação também pode ser chamada de apud, palavra em latim que significa “junto a, perto de, em”. No contexto científico e acadêmico, este termo é utilizado como sinônimo de “citado por” nas referências bibliográficas e é empregado sempre que se inserir no texto uma citação de um autor que foi encontrada em outra obra.

Por exemplo: vamos imaginar que você esteja utilizando um autor A como material de consulta para o seu TCC e encontra nesse material uma citação de uma outra obra, do autor B.

Caso você ache que a citação se encaixa com o assunto que você está tratando na sua monografia e queira utilizá-la, isso configura uma citação de citação e ela possui regras próprias, definidas pelas normas ABNT, sobre como deve ser feita.

Como fazer citação de citação de acordo com as regras ABNT

Segundo exigências das normas ABNT, toda citação utilizada no trabalho acadêmico deve ser referenciada e, por extensão, essa regra também se aplica à citação de citação, como falamos acima.

Existem algumas maneiras pelas quais se pode fazer a referência de uma citação com intermédio. Vamos utilizar o seguinte trecho, encontrado na obra de Nardi (1993, p. 94)) e que cita uma outra obra, para ilustrar essas possibilidades:

No modelo serial de Gough (1972, p. 59), “o ato de ler envolve um processamento serial que começa com uma fixação ocular sobre o texto, prosseguindo da esquerda para a direita de forma linear.”

  • A primeira maneira de se citar o trecho acima é incluindo os autores referenciados e o apud no começo da citação:

De acordo com Gough (1972, p. 59, apud NARDI, 1993, p. 94), “o ato de ler envolve um processamento serial que começa com uma fixação ocular sobre o texto, prosseguindo da esquerda para a direita de forma linear.”

  • A segunda opção para fazer a citação do trecho seria incluir o apud no final da frase:

Segundo Gough (1972, p. 59), “o ato de ler envolve um processamento serial que começa com uma fixação ocular sobre o texto, prosseguindo da esquerda para a direita de forma linear” (apud NARDI, 1993, p. 94).

  • Existe ainda uma terceira alternativa, que dispensa a utilização do termo apud, mas continua indicando que se trata de uma citação de citação:

De acordo com Gough (1972, p. 59), conforme citado por Nardi (1993, p. 94),  “o ato de ler envolve um processamento serial que começa com uma fixação ocular sobre o texto, prosseguindo da esquerda para a direita de forma linear.”

Na lista de referências

É preciso lembrar que na lista de referências bibliográficas, aquela que fica no final da monografia, deve-se incluir apenas a obra consultada por você, e não a obra foi citada pelo autor que você utilizou como fonte.

Ainda utilizando o exemplo acima, deveríamos então inserir na lista de referências apenas a obra de Nardi, pois se Gough também fosse incluído na lista, isso implicaria que sua obra também foi consultada na íntegra. Além disso, sua inclusão na lista contraria o uso do apud, uma vez que se sua obra também fosse utilizada como fonte de pesquisa, a citação no TCC teria sido direta e não uma citação com intermédio.

Referências

MARTINS, Everton. Citação de citação segundo as regras ABNT:acabe com suas dúvidas!. Blog Mettzer, 2018, abr. Disponível em: .  Acesso em: 13 abr. 2018.

Como citar esse post:

MARTINS, Everton. Citação de citação segundo as regras ABNT:acabe com suas dúvidas!. Blog PPEC, Campinas, v.4, n.1, abr. 2018. ISSN 2526-9429. Disponível em: .  Acesso em: dia mês abreviado ano.

Como usar citação de citação

Autor: Adrian Sgarbi. Tempo estimado de leitura: 2',58''

Recebi em meu Facebook um comentário de Rachel Herdy que foi para mim como que um… ops! Rachel sentiu a falta do caso do “apud” no post “Quando Citar Faz Bem”. Então, volto ao tema.

*   *   * 

Citação “sem” e “com” intermediário

Há dois tipos de citação: citação “sem” e citação “com” intermediário.

Citação “sem” intermediário é aquela em que ninguém se encontra entre o escritor e as palavras do autor que ele deseja citar. Portanto, ao colocar em meu texto as palavras de Murakami usando um livro de Murakami, o que estou fazendo é empregar uma citação sem intermediário.

Este o exemplo:

Segundo Haruki Murakami, “Escrever livros é basicamente trabalho manual. A escrita por si mesma é trabalho mental, mas terminar um livro inteiro se aproxima do trabalho manual” (H. Murakami, What I Talk About When I Talk About Running, New York: Vintage Books, 2009, p. 77).

Leia também:  Como Lidar Com Uma Pessoa Que Nos?

Citação de citação é aquela em que o autor do texto não teve acesso direto às palavras que deseja citar, de modo que as alcança usando o registro de outra pessoa; uma pessoa que teve acesso ao material. É uma citação “de segunda mão” ou “com intermediário”.

Este o exemplo:

“No início, eu estava planejando escrever algo alusivo, como nos meus trabalhos anteriores”, disse Murakami, durante o seminário. “Mas desta vez eu desenvolvi um grande interesse em expandir em direção a pessoas reais.

Então os personagens começaram a agir por conta própria. Eu estava intrigado com o relacionamento entre as pessoas.

” (Haruki Murakami apud Philip Maughan, em “Haruki Murakami: The Taciturn Novelist” in NewStatesman, published 7/05/2013)

O que significa “apud”

“Apud” significa “citado por”. Assim, quando transcrevo algo de Murakami em meu texto e na referência coloco 'apud Philip Maughan', estou dizendo que cheguei à Murakami pelas tintas de Maughan.

Quando está bem usar “apud”

Mas apud também significa que o original não é acessível. Desse modo, emprego bem apud quando existe um obstáculo que me impossibilita, em definitivo, de usar diretamente a obra que quero citar.

Eu não estava no seminário de Murakami e não existe gravação disponível ao público do evento, de maneira que apenas posso confiar na transcrição de Philip Maughan. Essa foi uma boa citação de citação. Posso usá-la, sem problemas, em qualquer trabalho sobre Murakami e não há motivo para me censurarem por isso. O valor do meu trabalho está preservado.

Quando não está bem usar “apud”

Dado que, quando uso apud, estou dizendo ao meu leitor que a obra é inacessível ao público ou é de dificílimo acesso ao público, sempre que ela “for acessível”, e uso apud, coloco-me em uma situação ruim. Porque com o seu uso estou carimbando que sou preguiçoso. E nada pior para um pesquisador do que a fama de ser um preguiçoso na pesquisa.

Além disso, todo pesquisador deve colocar o seu nome na frente do que escreve. Daí entende-se que toda citação de citação, quando mal empregada, é uma fragilidade no texto, pois comunica pouco zelo pelo próprio trabalho.

O uso técnico da citação de citação

  • Há, ao menos, duas formas de citação de citação: a de cópia literal; e a de paráfrase.
  • Trata-se de citação de cópia literal quando ocorre a reprodução das palavras de um autor que cita outro autor palavra por palavra.
  • Por exemplo:

Segundo Colin Tendant (Breaking Bad Habits in Dogs, p. 18 apud John Bradshaw, Dog Sense, p.

95), “a maioria dos cães vai se esforçar para dominar quaisquer outros cães ou humanos com quem eles entrem em contato através da linguagem corporal rosnando, mordendo ou realizando bullying físico agressivo”.

Trata-se de citação de paráfrase quando são reproduzidas as palavras de um autor que reafirma as ideias de um segundo autor usando outras palavras.

Por exemplo:

Todos os cães nascem com a capacidade de executar os vários elementos envolvidos no comportamento predatório, mas em algumas raças alguns destes elementos não aparecem até a adolescência e, portanto, nunca se integram completamente com o resto do seu comportamento (Ray and Lorna Cappinger, Dogs a New Understanding, p. 98 apud John Bradshaw, Dog Sense, p. 266).

Espero que com esse post eu tenha minimizado a falta. Mas antes de encerrar, deixo o meu agradecimento, sem intermediários, à Rachel. Obrigado.

Como Fazer Apud (Citação de citação)

Todo mundo que estuda, principalmente os universitários, sofre com o fato de ter que entregar tantos trabalhos ao longo dos semestres. O grande drama, na realidade é saber lidar com as normas da ABNT, e principalmente com o fato de não saber como fazer apud.

Tenha já Acesso a Materiais Exclusivos para sua Formação: Clique aqui e faça o Download dos e-Books e Infográficos do Guia da Monografia.

As regras são tantas que não é difícil entrar em pânico e não saber nem por onde começar um trabalho. Mas, se você está nessa situação, acalme-se! Hoje, vamos te ajudar, mostrando tudo o que você precisa saber para fazer citação de citação. Venha conferir!

Sumário

  • 1 Como fazer Apud
  • 2 Exemplo:
  • 3 É possível usar:

Como fazer Apud

Para começar, a palavra “apud” quer dizer “citado por”, portanto, se algum professor te mandar fazer apud, você já sabe que ele está falando de uma citação.

No entanto, dentro da norma ABNT, apud se refere a uma citação de um texto que você não leu, mas que é citado por outro autor, e este sim teve sua obra estudada por você.

Por exemplo, você está utilizando como fonte para seu trabalho uma obra do autor X, e nessa obra, ele cita o trabalho de um autor Y. Isso é uma citação de citação, e se você quer usá-la no seu projeto acadêmico, deve estar por dentro da regra determinada pela ABNT.

Muita gente não sabe como fazer apud, mas na verdade é mais fácil do que parece. Sempre que você for fazer uma citação de citação, basta acrescentar “apud” no começo ou final da citação, indicando o autor responsável por ela, e o outro que a citou.

LEIA TAMBÉM:  Citação De Livros Com Um Ou Mais Autores

Exemplo:

De acordo com X (1985, p. 60 apud Y, 2002, p.15), “Relações interpessoais são muito importantes para construir o comportamento do ser humano.”

No exemplo acima, a palavra apud está sublinhada e em itálico, mas somente para que você entenda. Na norma ABNT, isso não deve ser seguido por quem quer aprender como fazer apud.

Mas, retomando o raciocínio, nesse exemplo, usamos o apud no começo da frase, com objetivo de dizer que, segundo o autor X, citado pelo autor Y, as relações interpessoais são muito importantes para construir o comportamento do ser humano.

É possível usar:

Segundo X (1985, p. 60 citado por Y, 2002. p. 15) “Relações interpessoais são muito importantes para construir o comportamento do ser humano.

Nessa opção, você não utiliza o termo “apud”, mas, mesmo assim, precisa identificar o autor responsável pela afirmação, e o segundo autor que o cita, mesmo que seja a partir de palavras semelhantes.

Bom, agora não há mais desculpas, você já sabe como fazer apud e não precisa mais ficar perdido na hora de estruturar seus trabalhos acadêmicos.

Recapitulando

  • Para escrever “apud” entre dois autores desse jeito: (PUPPAN, 2015 apud TYBEL , 2017) será preciso habilitar a guia do Desenvolvedor.
  • Quando você vai citar 2 autores no Word, a citação fica assim: (PUPPAN e TYBEL, 2017), porém, quando se trata de apud, precisamos trocar a letra “e” por “apud” e o Word não deixa editar essa citação.
  • Veja como fazer isso, começando por habilitar a Guida Desenvolvedor.
  • Mostrar a guia Desenvolvedor em seu aplicativo do Office
  1. Clique na guia Arquivo.
  2. Clique em Opções.
  3. Clique em Personalizar Faixa de Opções.

  4. Em Personalizar a Faixa de Opções(na tela atual aberta) e em Guias Principais (à direita), marque a caixa de seleção Desenvolvedor.

LEIA TAMBÉM:  Você está escrevendo seu TCC errado, veja a Técnica TSAC

Pronto! esse foi o primeiro passo.

Se você fez tudo certo, vai aparecer uma nova Guia no Word chamada Desenvolvedor.

Agora siga os passos:

  1. Clique na guia Desenvolvedor
  2. Clique em cima da citação para que ela fique selecionada
  3. No Grupo “Controles” >> Clique no botão “Modo de Design”
  4. A partir desse momento a citação fica editável
  5. Troque a letra “e” por “apud”
  6. Volte a clicar no botão “Modo Design”
  7. Pronto!

Da mesma forma para inserir o Grifo Nosso ou Tradução nossa:

(TYBEL, 1982, tradução nossa), basta colocar o Trecho “tradução nossa” após o ano. Lembre-se de colocar uma vírgula após o ano.

(TYBEL, 1982, grifo nosso), basta colocar o Trecho “grifo nosso” após o ano. Lembre-se de colocar uma vírgula após o ano.

Se você colocar um trecho de uma citação direta em negrito, será necessário informar “grifo nosso” para que fique claro que não foi o autor que deixou negrito e sim o aluno que está escrevendo o TCC.

Viu Como Referenciar Apud na Bibliografia?

Deixe seu comentário

Citando as fontes no texto

Citação direta

Deve-se reproduzir exatamente o texto ou frase publicados por outro autor ou pelo próprio autor.

No texto, deve-se informar o autor, o ano e a página específica ou número do parágrafo em caso de material sem paginação, na lista de referências, deve-se incluir a referência completa.

Para citação com menos de 40 palavras, citá-la entre aspas duplas e incorporá-la ao parágrafo. Veja exemplos a seguir:

Caso a citação apareça no meio de uma oração, deve-se utilizar aspas duplas e incluir o ano entre parênteses.

For March (2007), EGOS was conceived “[…] as a kind of intellectual social movement within organizations scholarship, defending, developing and extending a particular point of view and producing, augmenting and proclaiming European resistance […]” (p. 10) to the hegemony of North-American scholars.
Leia também:  Como Sei Que Fui Bloqueada No Whatsapp?

Caso a citação apareça no fim da oração, cite a fonte entre parênteses imediatamente depois das aspas.

The analysis of empowerment involves, therefore, “exploring how the different catalysts cause empowerment as well as changes in empowerment capacity at individual and community levels” (Corbett & Keller, 2005, p. 95).

Para citação com 40 palavras ou mais, deve-se apresentá-la em um parágrafo distinto, com recuo à esquerda de 1,3 cm, sem aspas, espaçamento de 1,5 linhas. Em caso de parágrafos dentro da citação, deve-se recuar a primeira linha de cada um com 1,3 cm à esquerda. No final da citação, deve-se informar a fonte e o número da página entre parênteses, depois do ponto final. Veja exemplo abaixo:

Today, the market tends to become the shaping force of society at large, and the peculiar type of organization that meets its requirements has assumed the character of a paradigm for organizing human existence at large. In such circumstances, the market pattern of thinking and language tends to become equivalent to patterns of thinking and language at large; this is the environment of cognitive politics. Established organizational scholarship is uncritical or unaware of these circumstances, and thus is itself a manifestation of the success of cognitive politics. (Guerreiro Ramos, 1989, p. 92)

Caso a fonte seja citada na oração que introduz a citação (por exemplo, “Em 1989, Guerreiro Ramos afirmou que…”), deve-se informar somente o número da página no fim da citação.

Citação direta de material da internet sem paginação

Citações diretas de material eletrônico devem ser citadas informando o autor, o ano e o número de páginas entre parênteses. Em função de muitas fontes eletrônicas não indicarem paginação, inclua o número do parágrafo, caso seja numerado. Utilize a abreviatura “para”. Veja exemplo:

To George and Scerri (2007), “the alternative source for legal information is provided by the free access providers” (para. 7).

Caso o número de páginas ou de parágrafos sejam informados, indicar o título e o número do parágrafo no final da citação, entre parênteses.

Diniz (2014) afirma que a RAE “tem investido no processo de internacionalização e isto inclui: a chamada e publicação de artigos e a participação de pesquisadores estrangeiros em seu comitê editorial” (Internacionalização da RAE-Revista de Administração de Empresas, para. 1).

Quando os títulos são muito longos para serem citados integralmente, deve-se utilizar um título entre aspas para citação entre parênteses.

The alternative source for legal information is provided by the free access providers (Mowbary, Greenleaf, Chung, & Autin, 2007, “Improving stability and performance”, para 7).
Atenção: Deve-se utilizar reticências com os pontos separados em caso de supressão de texto. Exemplo:
“legitimacy is not a commodity to be possessed or exchanged but a condition reflecting cultural alignment . . .” (Scott, 1995, p. 45).

Epígrafes

São apresentadas no início do texto, antes da introdução, com recuo à esquerda de 1,3 cm. Na linha seguinte ao final da epígrafe, incluir nome e sobrenome do autor (se o autor for bem conhecido, incluir somente seu sobrenome), bem como o título da obra, alinhados à direita e precedidos de travessão. Não é preciso incluir a fonte nas Referências.

Todo ponto de vista é a vista de um ponto. Para entender como alguém lê, é necessário saber como são seus olhos e qual é a sua visão do mundo. −Leonardo Boff, A águia e a galinha: uma metáfora da condição humana

No caso de epígrafes de livros ou periódicos científicos, deve-se citar o autor, ano e a página no fim da epígrafe, em parênteses. É necessário incluir a fonte nas Referências.

While laissez-faire economy was the product of deliberate state action, subsequent restrictions on laissez-faire started in a spontaneous way. Laissez-faire was planned; planning was not. (Polanyi, 2001, p. 147)

Trabalhos de um autor

O sistema autor-data sugere que o sobrenome do autor (não deve-se incluir sufixos como Jr.) e o ano sejam inseridos no texto.

Para Cooke (2003), assim, aquilo que é considerado historiografia contribui para a legitimação das instituições, práticas e corpos de conhecimento contemporâneos.
Nesse campo emergente, defende-se, ainda, que estudos históricos dizem respeito ao presente e ao passado, concomitantemente (Cooke, 2003).

Trabalhos de múltiplos autores

Em caso de trabalhos de dois autores, deve-se citar sempre os dois autores no texto. Para três, quatro ou cinco autores, deve-se informar o sobrenome de todos os autores na primeira citação; para as citações subsequentes, incluir o sobrenome do primeiro autor seguido de et al. (sem itálico).

Pozzebon, Diniz, and Jayo (2009) have presented a conceptual framework [Primeira citação no texto]
Pozzebon et al. (2009) have presented a conceptual framework [Citações subsequentes]
Nota: Ao citar um trabalho no texto, deve-se usar “e”/ “and”/ “y” antes de último sobrenome. Para citações entre parênteses, em tabelas, em títulos de figuras e na lista de referências, utilizar “&”.
Gomes e Novaes (2006) reportam que os benefícios são aproveitados por todos os acionistas (Grossman & Hart, 1980)

Para trabalhos com seis autores ou mais, deve-se informar o sobrenome do primeiro autor seguido de et al. (sem itálico) e o ano na primeira citação e nas subsequentes.

Entidade como autor

Entidades que atuam como autores (corporações, associações, órgãos governamentais, etc) devem ser citadas por extenso sempre que aparecem no texto em caso de nomes longos ou difíceis. Quando a abreviatura é compreensível, pode-se utilizá-la a partir da segunda citação.

Autores com o mesmo sobrenome

Em caso de publicações de dois ou mais autores principais com o mesmo sobrenome, deve-se indicar as iniciais do primeiro autor em todas as citações do texto, mesmo que o ano de publicação seja distinto.

Referências:
Lee, H. (2002). Aligning supply chain strategies with product uncertainties. California Management Review, 44(3), 105-119.
Lee, P., Yeung, A., & Edwin Cheng, T. (2009). Supplier alliances and environmental uncertainty: An empirical study. International Journal of Production Economics, 120(1), 190-204.
Citações:
According to studies by H. Lee (2002) and P. Lee, Yeung, and Edwin Cheng (2009).

Dois ou mais trabalhos dentro dos mesmos parênteses

Devem ser ordenados conforme aparecem na lista de referências. Citações de trabalho no prelo devem ser incluídas por último.

efeitos do desenvolvimento econômico (Puri, 2006, 2007)

Para citações do(s) mesmo(s) autor(es) com o mesmo ano de publicação, utilizar os sufixos a, b, c e assim por diante após o ano.

conforme estudos (Diniz, 2014a, 2014b)

Dois ou mais trabalhos de autores diferentes, quando citados entre parênteses, devem ser apresentados em ordem alfabética

Inúmeros estudos (Barros & Carrieri, 2015; Taupin, 2015)

Fontes secundárias

Deve-se incluir a fonte secundária na lista de referências e no texto, informe a fonte primária seguida da secundária.

Em consonância, uma pesquisa com dados simulados feita por Zwick e Velicer (1986, como citado em Laros e Puente-Palacios, 2004).

Citações de partes específicas de uma fonte

Para citações de partes específicas de uma fonte, deve-se indicar a página, o capítulo, a figura, a tabela ou a equação no local adequado no texto.

(Fleury & Fleury, 2011, capítulo 5)
(Alcadipani, 2005, p. 29)

Citações de texto entre parênteses

Deve-se utilizar vírgula, ao invés de colchetes, para separar data.

(veja Figura 1 de Miotto & Parente, 2015)
  • Exemplos de citações no texto
  • O Quadro 1 apresenta exemplos de citações:
  • Quadro 1 Estilos básicos de citação
Tipo de citação Primeira citação no texto Citações subsequentes no texto Formato entre parênteses, primeira citação no texto  Formato entre parênteses, citações subsequentes no texto
Trabalho de um autor Walker (2007) Walker (2007) (Walker, 2007)  (Walker, 2007) 
Trabalho de dois autores Walker and Allen (2004)   Walker and Allen (2004) (Walker & Allen, 2004) (Walker & Allen, 2004)
Trabalho de três autores Bradley, Ramirez, and Soo (1999)   Bradley et al. (1999) (Bradley, Ramirez, & Soo, 1999) (Bradley et al., 1999)
Trabalho de quatro autores Bradley, Ramirez, Soo, and Walsh (2006)    Bradley et al. (2006) (Bradley, Ramirez, Soo & Walsh, 2006) (Bradley et al., 2006)
Trabalho de cinco autores Walker, Allen, Bradley, Ramirez, and Soo (2008)  Walker et al. (2008)  (Walker, Allen, Bradley, Ramirez, & Soo, 2008) (Walker et al., 2008)
Trabalho de seis ou mais autores Wasserstein et al. (2005)   Wasserstein et al. (2005) (Wasserstein et al., 2005) (Wasserstein et al., 2005)
Entidades (identificadas por abreviaturas) como autores National Institute of Mental Health (NIMH, 2003)   NIMH (2003) (National Institute of Mental Health [NIMH], 2003) (NIMH, 2003)
Entidades (sem abreviação) como autores University of Pittsburgh (2005) University of Pittsburgh (2005) (University of Pittsburgh, 2005) (University of Pittsburgh, 2005)

Recuperado de “Manual de publicação da APA”, de G. R. VandenBos et al. (Eds), 2012, p. 205.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*