Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Foto: Getty Images

Muito antiga, a cavalinha é uma planta de folhas pequenas que mais se parecem agulhas. Não possui flores e pode servir tanto como decoração, como ao consumo humano.

Eliane Petean Arena, nutricionista celular, especialista em Nutrição Clínica, Saúde Pública, Administração Hospitalar e Alimentos Funcionais e Nutrigenômica, e diretora da Clínica Centro Nutrição Celular, destaca que a planta é rica em silícios, vitamina C e flavonoides, atributos que a transformaram num conhecido fitoterápico.

Além dos nutrientes principais, de acordo com Eliane, a planta também reúne pequenas quantidades de óleos e de compostos inorgânicos, tais como o magnésio, o fósforo, cálcio, o potássio, o sódio e o ferro. “Utilizada em forma de chá ou consumida em cápsulas com o extrato seco, a cavalinha possui muitas propriedades para o organismo”, destaca.

Alessandra Luglio, nutricionista do Espaço P4B Saúde Personalizada, ressalta que a cavalinha é geralmente consumida na forma de chás e conhecida por ter propriedades diuréticas e anti-inflamatórias.

Na área estética, o óleo de cavalinha tem se destacado, sendo utilizado em forma de cremes para o tratamento de estrias e celulite.

Os benefícios do chá de cavalinha

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Foto: Getty Images

Alessandra destaca que, por apresentar propriedades diuréticas, o chá de cavalinha contribui para diminuir a retenção de líquido corporal e ajuda a eliminar algumas toxinas.

Eliane ressalta que, sendo um poderoso diurético, o chá atua nos processos de incontinência urinária infantil, além de auxiliar na diminuição do peso, nos quadros de dieta.

A nutricionista celular explica que as propriedades funcionais da cavalinha ainda são muito indicadas nos casos de doenças da bexiga e dos rins. “O fitoterápico também é um potente anti-inflamatório, revitalizante e adstringente, além de auxiliar a circulação sanguínea, trazendo benefícios para o metabolismo e ajudando na eliminação de várias toxinas presentes no corpo”.

  • “Os efeitos diuréticos do chá favorecem a queima de gorduras localizadas, agregando importantes benefícios antioxidantes ao organismo”, acrescenta Eliane.
  • “Hemorragias nasais, grande perda de sangue na menstruação, inflamação da próstata e vários casos de inchaço, também podem ser tratados com a ajuda do chá de cavalinha”, destaca Eliane.
  • Outra grande qualidade dessa planta é a presença das fibras que colaboram com a saúde das artérias, ainda de acordo com a nutricionista celular.

Além dos benefícios que o chá traz à saúde, ele também traz efeitos benéficos para a estética. “Atuando como um potente hidratante, o chá da planta estimula o processo de cicatrização da pele e do organismo como um todo. É benéfico também para tratar frieiras e aftas, interferindo positivamente na aparência das unhas”, diz Eliane.

  1. “Com suas características naturais adstringentes, o chá de cavalinha diminui a oleosidade, reduzindo também o surgimento de espinhas e cravos”, acrescenta a nutricionista celular.
  2. Nas questões que vão além do físico, o chá ajuda no tratamento da ansiedade e do estresse, de acordo com Eliane.
  3. Dessa forma, podem ser destacados, resumidamente, como principais benefícios do chá de cavalinha:
  • Diminui a retenção de líquidos;
  • Ajudar a eliminar toxinas do organismo;
  • Atua nos processos de incontinência urinária infantil;
  • Auxilia na diminuição do peso e na queima da gordura localizada;
  • Ajuda a tratar doenças da bexiga e dos rins;
  • Auxilia a circulação sanguínea;
  • Ajuda a tratar hemorragias nasais e grande perda de sangue na menstruação;
  • Ajuda a tratar a inflamação da próstata;
  • Colabora com a saúde das artérias;
  • É um potente hidratante para a pele;
  • Estimula o processo de cicatrização da pele;
  • Ajuda a tratar frieira;s
  • Ajuda a tratar aftas;
  • Melhora o aspecto das unhas;
  • Ajuda a diminuir a oleosidade da pele, evitando a acne;
  • Auxilia no tratamento da ansiedade e do estresse.

Vale destacar que tais efeitos benéficos não são conquistados do dia para a noite. O consumo da cavalinha deve ser adequado, para que se possa usufruir de suas vantagens. Para isso, é fundamental contar com orientação médica ou nutricional.

Chá de cavalinha: emagrece mesmo?

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Foto: Getty Images

“Todos sabem que os desequilíbrios do metabolismo dificultam a perda de peso. Os chás são reconhecidos nutricionalmente como importantes auxiliares do metabolismo orgânico, tornando esse processo mais ativo e mais eficiente”, explica Eliane.

“No âmbito do emagrecimento, o chá de cavalinha pode ser um bom aliado , já que sua ação diurética auxilia a aceleração do metabolismo, elimina as toxinas do corpo e ainda ajudar a combater o inchaço, o que torna a perda de peso mais evidente e perceptível”, destaca a nutricionista celular.

Vale lembrar, porém, que não existe nenhum chá que faz milagres! Alessandra ressalta que nenhum alimento ou ativo isolado tem a capacidade de promover a perda de peso. “O emagrecimento é consequência de um conjunto de ações como uma alimentação individualizada e equilibrada e atividade física frequente”, lembra.

Preparação e consumo do chá de cavalinha

Eliane destaca que o chá de cavalinha deve ser preparado por infusão para que não perca as suas propriedades.

Alessandra orienta fazer o chá da seguinte maneira:

  1. Ferva 300ml de água;
  2. Desligue o fogo e adicione 2 colheres (de sopa) de cavalinha;
  3. Abafe e deixe em infusão por 5 minutos;
  4. Coe e consuma quente ou frio.

Eliane lembra que o chá deve ser consumido até 24 horas depois do seu preparo.

Para a nutricionista celular, o consumo saudável do chá de cavalinha é de, no máximo, 3 xícaras ao dia, durante um período de 10 dias.

“Se o uso for em forma de cápsulas, a dose indicada usualmente é de 3 cápsulas ao dia, pelo mesmo período de tempo (250 mg, diariamente). Mas é sempre bom lembrar que a melhor forma de consumir é buscar ajuda de um profissional da saúde que respeitará as necessidades e as características de quem fará o uso do fitoterápico”, ressalta Eliane.

Contraindicações e efeitos colaterais

Alessandra destaca que o chá não é recomendado para gestantes e lactantes.

Eliane ressalta que não é indicado ainda para pessoas que possuem pressão arterial baixa. “Todo chá é um tipo de medicamento e por isso não deve ser usado indiscriminadamente. O mais adequado é conversar com um profissional que conheça as propriedades químicas e terapêuticas do chá, ouvindo suas recomendações quanto à quantidade e forma de usar”, diz.

Em relação a efeitos colaterais, a nutricionista Alessandra explica que, se consumido em excesso, pode ocasionar queda de pressão.

Qualquer chá quando usado sem muita preocupação quanto à dosagem e sua indicação, ressalta Eliane, pode afetar o organismo e causar algum mal em vez de curar.

“Como qualquer erva, alguns dos seus compostos podem ser responsáveis pelos efeitos colaterais, que podem ser: problemas digestivos e dores abdominais, perda de apetite, dores de cabeça, alguma fraqueza muscular, arritmias, que são alguns efeitos que, acredita-se, são produzidos pelo fato do chá apresentar alcaloides na sua composição”, diz a nutricionista celular.

8 chás e produtos de beleza com cavalinha

Confira exemplos de chás de cavalinha à venda pela internet, além de produtos estéticos que contém a planta como aliada da beleza.

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Cavalinha para chá 20g por R$3,64 na Puissante

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Cavalinha em cápsulas por R$102,90 na Biovea

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Creme para massagem com cavalinha pro R$77 na Lar Natural

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Chá de cavalinha 30g por R$8,90 na Mil Grãos

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Cavalinha Chá e Cia por R$17 na Tudo Saudável

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Creme com cavalinha Weleda por R$83,90 na Natue

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Creme anticelulite com extrato de cavalinha por R$119,61 na Kutiz

Chá de cavalinha Chamel por R$3,00 na Ophicina de Saúde

Os chás de cavalinha podem ser encontrados facilmente em lojas de produtos naturais e em mercados municipais.

Uso estético do óleo de cavalinha

O óleo de cavalinha recentemente tem ganhado mais destaque, sendo utilizado em forma de cremes para o tratamento e a prevenção de estrias e celulite.

Leia também:  Como Ver Qual É O Meu Ip?

De acordo com Eliane, uma receita caseira do óleo é a seguinte:

  1. Pegue um ramo de cavalinha e coloque em um vidro pequeno junto com óleo de amêndoas;
  2. Deixe a mistura de molho, no recipiente tampado, por 30 dias;
  3. Depois, esse óleo pode ser usado sobre a pele, após o banho, para evitar estrias.

Agora você já conhece os principais benefícios da cavalinha para a sua saúde e beleza. Lembre-se, porém, que a melhor maneira de usufruir das vantagens do chá é consumi-lo com orientação profissional.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Chá de cavalinha: tudo o que precisa saber

A Cavalinha é uma planta medicinal muito utilizada como remédio da avó. E um chá de cavalinha funciona como um remédio caseiro de excelência.

Um chá de cavalinha funciona como um remédio caseiro de excelência. A Cavalinha é uma planta medicinal muito utilizada como remédio caseiro para parar hemorragias e menstruações abundantes, por exemplo. Além disso, devido à sua ação diurética e anti-inflamatória, a cavalinha pode ser usada para auxiliar o tratamento de infeções urinárias e de pedra nos rins, por exemplo.

Existem rituais que criamos e que podem tornar-se extremamente vantajosos para nós, se formos esclarecidos quanto às escolhas que fazemos. Por exemplo, o ato de tomar chá pode ser simbólico. Mas se optarmos por escolher criteriosamente o chá, de acordo com as suas vantagens, estamos a demonstrar inteligência e a munir o nosso corpo de diversas defesas que ele necessita.

Já ouviu falar do chá de cavalinha? Pois ele pode não ser muito famoso, mas os seus benefícios devem ser bem conhecidos. Fique a saber algumas das razões que sustentam a tese de que este chá é absolutamente fantástico!

Chá de Cavalinha: para que serve, benefícios e riscos associados

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?Chá de Cavalinha: para que serve, benefícios e riscos associados

O que é a cavalinha?

A cavalinha – que alguns conhecem por outros nomes como Cauda-de-cavalo, Cola-de-cavalo ou Cavalinha-dos-campos – possui o nome científico de Equisetum arvense e é uma planta medicinal que tem sido usada como remédio caseiro. As suas propriedades permitem que esta seja usada para diversos fins na área da saúde, mas também da estética.

Uma das melhores formas de recorrer aos benefícios desta planta é através do chá de cavalinha. Entre os benefícios mais comuns deste chá, está o seu contributo no processo de emagrecimento (ele possui uma ação anti-inflamatória e revela-se um ótimo diurético), mas também no combate de infeções urinárias e de inchaços por retenção de líquidos e no tratamento de pedra nos rins.

Informações nutricionais

Tabela nutricional da cavalinha, cozida (88 g) por porção
Valor calórico 231 kcal
965 kJ
Gordura 15,7 g
Gorduras saturadas 3,7 g
Gorduras monoinsaturadas 6,2 g
Gorduras poliinsaturadas 3,8 g
Carboidratos 0,0 g
Açúcares 0,0 g
Proteína 21,0 g
Fibra alimentar 0,0 g
Colesterol 66,0 mg
Sódio < 0,1 g
Água 46,9 g
Vitaminas por porção
Vitamina A < 0,1 mg
Vitamina B1 0,1 mg
Vitamina B11 < 0,1 mg
Vitamina B12 < 0,1 mg
Vitamina B2 0,4 mg
Vitamina B3 6,0 mg
Vitamina B5 0,9 mg
Vitamina B6 0,4 mg
Vitamina C 0,4 mg
Vitamina D 0,0 mg
Vitamina E 0,0 mg
Vitamina K 0,0 mg
Minerais por porção
Cálcio < 13,2 mg
Cobre < 0,1 mg
Ferro 1,4 mg
Magnésio 85,4 mg
Manganês < 0,1 mg
Fósforo 244,6 mg
Potássio 352,9 mg
Selênio < 0,1 mg
Zinco 0,8 mg

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?Chá de Cavalinha: para que serve, benefícios e riscos associados

Benefícios

  • A cavalinha é uma planta que possui propriedades que a tornam:
  • – adstringente;
  • – anti-hemorrágica;
  • – anti-hipertensiva;
  • – anti-inflamatória;
  • – antidiarreica;
  • – antimicrobiana;
  • – antioxidante;
  • – antirreumática;
  • – cicatrizante;
  • – digestiva;
  • – diurética;
  • – remineralizante.
  • Tanta diversidade de efeitos leva a um número igualmente expressivo de benefícios. Por exemplo, a cavalinha:
  • – combate sintomas de ansiedade, stress e variações do humor;
  • – combate a retenção de líquidos;
  • – diminui o fluxo menstrual (quando abundante);
  • – diminui a queda de cabelo;
  • – diminui a pressão arterial;
  • – previne e ajuda no tratamento de frieiras;
  • – previne e ajuda no tratamento de hemorragias do estômago;
  • – previne e ajuda no tratamento de hemorragias nasais;
  • – presta auxílio no tratamento de problemas renais e urinários (tais como cistite, infeções urinárias e nefrite);
  • – auxilia no tratamento de reumatismo;
  • – presta auxílio no tratamento de artrite;
  • – ajuda no tratamento da gota.

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?Chá de Cavalinha: para que serve, benefícios e riscos associados

Receita de chá de cavalinha

  1. Ingredientes
  2. – 1 chávena de água fervente
  3. – 1 c. de sopa de cavalinha
  4. Modo de Preparação
  5. – Coloque a cavalinha em água fervente.

  6. – Deixe repousar por 5 minutos.
  7. – Coe o chá.
  8. – Está pronto a servir.

  9. Nota: Beba no máximo 3 chávenas por dia, idealmente na sequência das principais refeições do dia (pequeno almoço, almoço e jantar).

Formas de recorrer à cavalinha e respetivos benefícios

O talo seco da cavalinha é a parte usada para fazer chá. Ela é também requerida para banhos e para cataplasmas. Como viu, o chá de cavalinha é fácil e rápido de fazer, sendo a forma mais comum de se retirar os benefícios da planta medicinal. Existem também cápsulas que contêm grande parte dos benefícios da cavalinha.

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?Chá de Cavalinha: para que serve, benefícios e riscos associados

Efeitos colaterais, malefícios e contraindicações

Apesar da cavalinha possuir nas suas propriedades características que podem ser muito benéficas para o organismo, deve ter-se em conta que um consumo exagerado desta planta, pode trazer mais problemas, em vez das desejadas soluções.

Mais, o seu consumo deve ser limitado a um breve período temporal (até uma semana, no máximo!). Como em tudo na vida, o que é consumido em exagero é erro. Por isso, deve consumir de forma moderada e consciente a cavalinha (em formato de chá, cápsulas ou outro), de modo a evitar sofrer efeitos colaterais.

Por isso, deve recorrer à orientação de um nutricionista e/ou de um médico que tenha mais conhecimento sobre si e o seu histórico, de forma a ajudar a definir a quantidade ideal a consumir. Grávidas e lactantes estão no grupo de pessoas que não devem consumir este tipo de chá.

Existem pessoas com determinados problemas de saúde que também devem evitar o consumo da cavalinha como, por exemplo, indivíduos que sofram de doenças nos rins, de pressão baixa ou de insuficiência cardíaca, pois a cavalinha diminui a pressão arterial e tem efeitos diuréticos que podem tornar-se prejudiciais a algumas pessoas.

Um consumo exagerado do chá de cavalinha pode levar à perda de minerais importantes para o corpo, o que pode ter como consequência causar uma alteração da frequência cardíaca, diarreia, desidratação, dor de cabeça, fraqueza muscular, entre outros efeitos negativos, como perda de peso excessiva.

Importante

O conteúdo aqui apresentado é de caráter informativo. Deve sempre falar com um especialista (pode ser um nutricionista, um médico, ou ambos), antes de proceder a qualquer tratamento recomendado no NCultura, de forma a ter o devido acompanhamento de alguém que tem mais informações sobre si.

Apesar das recomendações serem baseadas em estudos científicos, um especialista tem acesso a muita informação pessoal sobre si que pode ser relevante, seja para avançar com o tratamento, seja para o impedir ou interromper.

Chá de cavalinha: para que serve e como fazer?

A cavalinha é uma planta medicinal, da espécie Equisetum arvense, muito utilizada como remédio caseiro para combater a retenção de líquidos, ajudar no emagrecimento ou fortalecer os ossos. Além disso, devido à sua ação anti-inflamatória e diurética, a cavalinha pode ser usada para auxiliar o tratamento de pedra nos rins e infecções urinárias, por exemplo.

Leia também:  Como Saber Quem É A Sua Alma Gemea?

O chá de cavalinha, preparado com o talo seco, é a forma mais utilizada para consumir a planta, que pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e algumas farmácias de manipulação. Outra forma de usar a cavalinha é na forma de cápsulas.

Embora tenha diversos benefícios para a saúde, o uso da cavalinha também pode causar vários efeitos colaterais, principalmente quando a planta é consumida em quantidade excessiva ou por mais de uma semana, incluindo dor de cabeça forte ou pancreatite, por exemplo. Por isso, seu uso deve ser sempre feito com orientação de um médico ou outro profissional de saúde com experiência no uso de plantas medicinais.

  • Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?
  • A cavalinha possui ação diurética, anti-inflamatória, antioxidante, antimicrobiana, cicatrizante e remineralizante, podendo ser utilizada para diversos fins.
  • As principais indicações da cavalinha são:

1. Combater a retenção de líquidos

A cavalinha possui efeito diurético devido às grandes quantidades de flavonóides, como quercetina e apigenina, compostos fenólicos, como os ácidos cafeico e cinâmico, e sais minerais, que agem aumentando a produção e a eliminação de líquidos através da urina, combatendo o inchaço e a retenção de líquidos. 

Um estudo realizado mostra que tomar uma dose diária de 900 mg de extrato de seco de cavalinha em forma de cápsula tem um efeito diurético mais potente do que um remédio diurético de farmácia, como a hidroclorotiazida, por exemplo. No entanto, ainda são necessários mais estudos para comprovar esse efeito. [1]

2. Ajudar a emagrecer

A cavalinha ajuda a emagrecer pois possui na sua composição substâncias antioxidantes anti-inflamatórias, desintoxicantes e diuréticas, como os flavonóides e o ácido cafeico, que aumentam a queima de gordura localizada e ajudam a eliminar líquidos que podem causar excesso de peso.

Além disso, o ácido cafeico da cavalinha, tem efeito termogênico, o que ajuda a aumentar o metabolismo e a queima de gordura, contribuindo para o emagrecimento.

3. Combater a infecção urinária

Por ter ação diurética, a cavalinha pode ser útil no combate à infecção urinária e outros problemas urinários e renais como cistite ou nefrite, por exemplo. Isto porque ao estimular a eliminação da urina, esta planta estimula também a eliminação de bactérias do trato urinário, que causam essas doenças.

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

4. Diminuir a pressão arterial

A cavalinha ajuda a diminuir a pressão arterial devido à sua ação diurética, que aumenta a eliminação de líquidos do corpo. Isso faz com que o volume de líquidos nos vasos sanguíneos diminua, reduzindo também o esforço que o coração precisa fazer para bombear o sangue e, consequentemente, diminuindo a pressão arterial. 

5. Manter a saúde dos ossos

  1. A cavalinha é rica em minerais como cálcio, fósforo e magnésio que são minerais fundamentais para fortalecer, aumentar a resistência e manter a saúde dos ossos.

  2. Além disso, alguns estudos feitos em laboratório mostram que a cavalinha pode inibir a degradação dos ossos e estimular a formação e a regeneração de células ósseas, prevenindo o desenvolvimento de doenças como a osteoporose, osteopenia ou raquitismo, por exemplo.

     

  3. Outros estudos mostram que, devido ao alto teor de sílica na sua composição, a cavalinha ajuda a melhorar a formação, a densidade e a consistência dos ossos e das cartilagens, além de aumentar a síntese de colágeno e melhorar a absorção de cálcio pelos ossos.

  4. Entretanto, ainda são necessários estudos em humanos que comprovem esses benefícios. 

6. Melhorar o aspecto das unhas e da pele

A sílica presente na cavalinha reduz a fragilidade e a formação de ondulações nas unhas, além de melhorar a hidratação, endurecer e fortalecer, ajudando a melhorar o aspecto e o crescimento das unhas.

Além disso, a cavalinha tem ação adstringente, anti-inflamatória e antioxidante, contribuindo para melhorar a qualidade da pele, pois combate os radicais livres que causam danos nas células e podem causar envelhecimento precoce, além de reduzir a oleosidade da pele combatendo e prevenindo o aparecimento de acne.

7. Eliminar fungos e bactérias

Alguns estudos mostram que a cavalinha possui óleos essenciais, como o timol e cineol, que são capazes de eliminar fungos, principalmente os fungos de pele, como a Candida sp. e bactérias como:

  • Escherichia coli que causa infecção urinária;
  • Staphylococcus aureus que causam infecções pulmonares, de pele e ósseas.

Entretanto, ainda são necessários estudos em humanos que comprovem esse benefício.

Chá De Cavalinha Para Que Serve E Como Tomar?

Como fazer o chá de cavalinha

O chá de cavalinha é a principal forma de consumo desta planta, feito com o talo seco, podendo ser utilizado como diurético para auxiliar no tratamento de infecções urinárias, ajudar a emagrecer ou combater a pressão alta.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa do talo seco da cavalinha;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Colocar o talo seco da cavalinha na xícara de água fervente e deixar repousar por cerca de 5 a 10 minutos. Coar e beber até 2 xícaras por dia, de preferência após as principais refeições do dia.

Este chá não deve ser utilizado por mais de 1 semana seguida, para evitar desidratação e eliminação de alguns minerais essenciais para o corpo.

Outras formas de usar a cavalinha

Além do chá, a cavalinha pode ser encontrada na forma de cápsulas de 100 mg, consumidas após o café da manhã e almoço, devendo sempre ser utilizadas com orientação médica ou de um profissional de saúde com experiência em plantas medicinais.

Outra forma de usar a cavalinha é fazer banho de assento que pode auxiliar no tratamento de infecções urinárias. Para fazer o banho de assento basta colocar 3 punhados de talos secos na água do banho e permanecer mergulhado na água por 5 a 10 minutos. Confira outras opções de banho de assento para infecção urinária.

Possíveis efeitos colaterais

A cavalinha é segura para a maioria dos adultos quando consumida por curto período de tempo, de até uma semana, ou conforme orientação de um médico, nutricionista ou fitoterapeuta.

No entanto, quando consumida em grande quantidade, e por muito tempo, pode causar perda de minerais importantes para o corpo, que pode resultar em diarreia, dor de cabeça forte, desidratação, perda de peso, pancreatite, alteração da frequência cardíaca e fraqueza muscular, por exemplo. 

Quem não deve usar

O consumo da cavalinha não é recomendado para grávidas e lactantes, bem como pessoas que possuem insuficiência cardíaca, pressão baixa e doenças renais, por exemplo, devido à sua capacidade de diminuir a pressão arterial e de possuir forte efeito diurético.

Chá de cavalinha: benefícios e como fazer

Quem não gosta de saborear um cházinho quente? Além de acalmar, a bebida pode trazer benefícios para a saúde. E você já tomou chá de cavalinha? Não é uma das plantas mais conhecidas, mas também tem suas propriedades que beneficiam o corpo. Por exemplo, o efeito diurético e o fato de ser fonte de silício – mineral importante para os ossos.

Mas, além desses benefícios, para que serve chá de cavalinha? Essa erva tem outras ações que auxiliam a manter uma boa saúde, por isso, vale a pena ter essa opção na despensa.

Chá de cavalinha: o que é cavalinha?

Por que esse nome: chá de cavalinha? Simplesmente, porque o caule da planta se parece com a cauda de um cavalo. Outros nomes populares são Cola-de-Cavalo, Cavalinha-dos-Campos e Cauda-de-Cavalo. Com uma aparência semelhante à do bambu, a cavalinha é muito encontrada na Europa, Oriente Médio e algumas regiões da América.

É comum as pessoas começarem a tomar chá por causa dos efeitos benéficos para a saúde. E a primeira pergunta que vem é sobre as propriedades da planta.

A cavalinha é uma erva medicinal muito procurada por causa de sua ação diurética, ou seja, basicamente por nos ajudar a fazer muuuito xixi (rs) e, por isso, é grande aliada no combate à retenção de líquidos.

  Além disso, ela também é fonte de silício – um mineral importante na formação dos tecidos-, e possui ainda vários benefícios que vão além desses mencionados:

  • Ossos fortes: o silício é essencial na formação dos tecidos do corpo, como ossos e músculos, ajudando a manter densidade óssea e muscular.  Contribuir também para o crescimento das unhas;
  • Bom pra pele e pro cabelo: por auxiliar na condução e absorção de colágeno, o silício beneficia a saúde da pele e dos cabelos;
  • Desinchar o corpo: o efeito de diurético natural ajuda no combate à retenção de líquido, que é importante para eliminar as toxinas do organismo;
  • Prevenção do envelhecimento: a cavalinha tem propriedade antioxidante, contribuindo para proteger as células dos efeitos oxidativos – quando há produção de radicais livres em excesso, podendo danificar estruturas celulares.

*Lembre-se de que nenhum chá deve substituir umo tratamento convencional. É importante sempre consultar um médico e um especialista.

Cá entre nós, compensa ter um potinho com cavalinha em casa, para variar as opções de chás. E quer saber como preparar o chá de cavalinha?. É o que veremos na próxima seção.

Como fazer chá de cavalinha

Diferente de muitas plantas medicinais, para fazer o chá usamos o talo seco da cavalinha, e não as folhas. Dica de armazenamento: quando você comprar qualquer erva para fazer chá, tire da embalagem e guarde num recipiente de vidro, feche bem e identifique com um post-it. Isso ajuda a conservar mais as propriedades da planta medicinal.

Agora, veja como fazer chá de cavalinha, na verdade é igual a fazer qualquer outro chá:

  1. Aqueça 200 ml de água filtrada até começar a formar as primeiras bolhas, sem ferver;

  2. Acrescente 1 colher de sopa de talo seco de cavalinha; mexa bem;

  3. Tampe a caneca e deixe de molho por 5 minutos;

  4. Coe numa xícara;

  5. O chá de cavalinha está pronto!

Se você quiser, pode acrescentar outras ervas, especiarias e ingredientes para dar aquele toque especial e potencializar as propriedades do chá. Use a sua intuição e capriche!

Chá de cavalinha: contraindicação

Recomenda-se beber até três xícaras (chá) de chá de cavalinha por dia. Isso porque o consumo em excesso, por períodos prolongados, pode causar inflamação e lesão no fígado; lesões no sistema urinário e dor de cabeça. 

Por isso, principalmente para quem faz uso de medicamentos diuréticos, não é aconselhável beber chá de cavalinha em grandes quantidades. 

Também não é recomendável para gestantes, lactantes e crianças.

Perguntas Frequentes

Para que serve o chá de cavalinha?

O chá de cavalinha tem propriedade diurética, ajudando no combate à retenção de líquidos, a desintoxicar e desinchar o corpo. É fonte de silício, mineral essencial para fortalecimento de ossos e músculos.

Como fazer o chá de cavalinha para emagrecer?

Por ter efeito diurético, o chá de cavalinha estimula a excreção de líquidos, ajudando a desinchar o corpo. O modo de preparo é simples: aquecer 200 ml de água; acrescentar 1 colher de sopa de cavalinha; ficar em infusão por 5 minutos; e coar.

  • Quais os efeitos colaterais do chá de cavalinha?
  • O consumo excessivo de chá de cavalinho num período prolongado pode causar lesões no fígado e no sistema urinário, e dores de cabeça.
  • Quem não pode tomar chá de cavalinha?

Não é recomendável para gestantes, lactantes e crianças. Além de pessoas que usam medicamentos diuréticos. Sempre consulte um médico e um especialista.

  1. Fonte:
  2. How to Make Horsetail Tea | Organic Facts
  3. Horsetail: Benefits, Uses, and Side Effects (healthline.com)

Silício – O que é, Benefícios e Deficiências | Cura Natural (naturalcura.com.br)

Para que serve o chá de cavalinha

O chá de cavalinha é uma bebida preparada a partir da planta de nome científico Equisetum arvense. Essa herbácea é nativa das regiões árticas e temperadas do hemisfério norte, sendo usada desde a Grécia antiga por pessoas com retenção de líquidos como um diurético natural.

A cavalinha, também chamada popularmente de equiseto e equiseto menor, é descendente de uma planta muito maior que teve origem há trezentos milhões de anos. Hoje, cresce na Europa, América do Norte e Canadá. Suas hastes em forma de tubo e folhas em forma de escama fazem com que pareça um cruzamento entre um bambu e uma samambaia.

Para que serve

Aparentemente, a cavalinha é capaz de promover uma reação no organismo humano que aumenta a produção de urina. Os pesquisadores ainda não sabem exatamente como ou por que ela tem esse efeito. Mas um estudo que comparou um diurético comum – a hidroclorotiazida – com a cavalinha, concluiu que ambos apresentaram efeitos diuréticos, sem causar perda excessiva de eletrólitos.

Além de ser usada por seu efeito diurético, a cavalinha é usada nos cuidados de pele, unhas, cicatrização de feridas, osteoporose e reparo ósseo. Alguns pesquisadores levantam a hipótese de que seus possíveis benefícios à saúde podem ser devidos à presença de um mineral chamado sílica, que ajuda o organismo humano a armazenar o cálcio necessário para formar ossos, unhas e cabelos fortes.

Os princípios ativos da cavalinha são saponinas, flavonoides, taninos, alcaloides, ácidos diversos, resinas, vitamina C, lignanos e sais minerais diversos, incluindo potássio, cálcio, fósforo, ácido silícico e compostos hidrossolúveis derivados do silício. As partes utilizadas são os talos, que podem ser colhidos no final do verão e usados em decocção (para gargarejos, banhos e compressas.

Usos

Na forma de chá, é recomendado fazer a Infusão ou decocção dos talos a 5% (50 gramas de cavalinha por litro de água) e consumir entre três e quatro xícaras por dia. Em caso de hemorroida, é recomendado utilizar supositório de 200 mg. Na forma de tintura, na proporção de 30 gramas de cavalinha por 500 ml de álcool de cereais, ingerindo até uma colher de sopa por dia ou para uso tópico.

  • Hemorroida: o que é, causas, sintomas e como tratar

O extrato seco pode ser consumido entre 200 a 500 miligramas por dia; e o pó de um a dois gramas antes de cada refeição.

Quando se pretende uma atividade diurética, a temperatura de preparo deve ser menor (inclusive na preparação de extratos), pela presença de substâncias termolábeis; Outros usos: Os talos secos podem ser utilizados para dar polimento em estanho, prata e madeira; Seu pó também foi utilizado por livreiros, para conservação de páginas de livros antigos; Também utilizado em agricultura orgânica como auxiliar no controle de pragas em hortas e pomares.

Tempo de uso

Para uso tópico é possível utilizar a cavalinha pelo tempo que se fizer necessário. Já para o uso interno aconselha-se que se evite o uso contínuo e prolongado.

Efeitos colaterais

O chá de cavalinha ou outras formas de uso podem apresentar efeitos colaterais como problemas de coordenação motora, emagrecimento, hipotermia, diarreia, cefaleia, anorexia e disfagia. Além disso, a cavalinha pode apresentar interação medicamentosa com anticoagulantes, outros diuréticos, anti-hipertensivos, cálcio e taninos.

Ele é contraindicado na gravidez e lactação.

Fontes: Governo do Paraná, Rena Goldman e Wikipedia

Veja também:

Cadastre-se e receba nosso conteúdo em seu email. Comunicar erro

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*