Bluetooth O Que É E Como Funciona?

É possível que você use a conexão todos os dias, mas você sabe o que é Bluetooth? O padrão de comunicação sem fio é bastante útil para conectar dispositivos a uma curta distância, com um consumo mínimo de energia, e serve para os mais diversos fins.

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

O que é Bluetooth?

O Bluetooth é um protocolo de comunicação, projetado originalmente para curto alcance e baixo consumo de energia, que permite dois dispositivos trocarem informações entre si sem cabos. O Bluetooth utiliza um frequência de rádio específica que permite às duas pontas se identificarem e se conectarem.

O nome “Bluetooth” é uma alusão a Haroldo I, rei da Dinamarca e Noruega no fim do século X, cujo epíteto era “o Dente-Azul“, acredita-se, por causa de um dente podre; já o símbolo é a união das runas escandinavas  e  , as iniciais do nome do monarca.

A justificativa, segundo Jim Kardach da Intel, é que Haroldo I unificou os povos escandinavos, da mesma forma que a tecnologia pretendia fazer com dispositivos.

Como o Bluetooth funciona?

O Bluetooth possibilita a comunicação entre dois dispositivos, quando estes estão próximos um do outro. Através dele é possível enviar arquivos, como músicas, vídeos, arquivos, documentos e etc.

, controlar dispositivos, como consoles de videogames, através dos joysticks sem fio, ou viabilizar a transmissão de dados em tempo real, como reprodução de músicas em caixas de som e fones de ouvido que dispensam fios.

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

Por utilizar ondas de rádio, os dispositivos não precisam estar no alcance de visão um do outro, mas precisam respeitar uma distância específica, de acordo com a classe:

  • Classe 1:potência máxima de 100 mW (20 dBm), e alcance de até 100 metros de distância;
  • Classe 2:potência máxima de 2,5 mW (4 dBm), e alcance de até 10 metros de distância;
  • Classe 3:potência máxima de 1 mW (0 dBm), e alcance de até 1 metro de distância.

A velocidade da taxa de transmissão também varia, dependendo da versão:

  • Bluetooth 1.2: 1 Mb/s;
  • Bluetooth 2.0 + EDR: 3 Mb/s;
  • Bluetooth 3.0: 24 Mb/s;
  • Bluetooth 4.0: 25 Mb/s;
  • Bluetooth 5.0: 50 Mb/s.

Para estabelecer uma comunicação, o dispositivo precisa ser compatível com um entre vários perfis, que determina o tipo de conexão: se para transmissão de mídia, interface homem-máquina (como em controles remoto ou joysticks), comunicação entre sistemas automotivos, transmissão de áudio, e etc.

Uma das vantagens do Blueooth é que ele permite a transmissão de voz e dados de forma simultânea. Por exemplo, você pode enviar uma foto de seu celular para outro, enquanto atende uma chamada em seu fone de ouvido sem fio, ao mesmo tempo.

Onde o Bluetooth está presente?

Em uma série de dispositivos de nosso dia a dia.

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

O Bluetooth é utilizado na comunicação entre dois celulares, ou entre um e fones de ouvido, caixas de som, sistemas automotivos e computadores, seja transmitindo dados, ou som. Equipamentos médicos e dispositivos GPS também utilizam Bluetooth para funcionar, e substitui o infravermelho em diversas soluções, como controles remoto.

Quiosques em áreas públicas também podem se conectar e enviar informações a dispositivos Bluetooth, como propagandas e promoções.

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

O Bluetooth é seguro?

Depende. O usuário pode configurar seu celular para que ele não fique visível o tempo em que o recurso estiver ligado, mas nem todos sabem disso. Dessa forma, uma pessoa estranha pode solicitar uma conexão com seu dispositivo, e nesse caso, há chances de que a sua comunicação seja interceptada por gente má intencionada.

O melhor a fazer é não deixar o Bluteooth ligado o tempo todo, e caso precise fazê-lo (por exemplo, para usar fones de ouvido sem fio), mantenha a opção de visibilidade (que permite a outros encontrarem o seu aparelho) desligada. Assim, seu celular se conectará apenas a aparelhos que você permitir, impedindo a ação de engraçadinhos.

O que é Bluetooth? Saiba como ele funciona

Tudo sobre

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

Ericsson

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

Saiba tudo sobre Ericsson

Ver mais

Criado pela Ericsson em 1994, Bluetooth é uma tecnologia que foi desenvolvida para comunicação sem fio e troca de dados e arquivos entre diversos dispositivos móveis, de forma rápida e segura, sem a necessidade da utilização de fios.

A tecnologia de comunicação possui este nome em homenagem ao antigo rei da Dinamarca e da Noruega, chamado Harold Blatand que, em tradução para o inglês, tem-se Harold Bluetooth (“Dente Azul” em português).

  • Como parear fones de ouvido Bluetooth com o celular

Apesar de algumas controvérsias com a tradução, certos estudiosos afirmam que a provável tradução do Dinamarquês seja “homem notável de pele escura”. De todo caso, a crença popular indica que o monarca possuía realmente uma cor azulada nos seus dentes, mantendo-se assim, a tradução inicial de Bluetooth.

A homenagem foi feita a Harold pela sua façanha de ter unificado as tribos da Noruega, Suécia e Dinamarca, já que o objetivo da tecnologia é uma forma de junção de diferentes dispositivos em um ambiente só.

O símbolo e o logotipo da tecnologia também foram baseados no nome de Harold, já que são formados pela união das runas nórdicas de Hagall e Berkanan, correspondendo às inidicias dos nomes, “H” e “B”, respectivamente.

Bluetooth O Que É E Como Funciona? O logotipo da marca é a junção das runas nórdicas H e B / Imagem: Reprodução

  • CES 2020 | Novos parâmetros do Bluetooth prometem melhor qualidade sonora

Como funciona o Bluetooth?

O sistema de comunicação é realizado de forma pessoal e sem fio, ou seja, ela é feita apenas localmente entre dispositivos. Ele utiliza uma frequência de rádio de ondas curtas (2.4 GHz) para criar conexão entre dispositivos que possuem a mesma frequência.

Com um consumo de energia baixo, o raio de alcance é curto, permitindo apenas comunicação entre dispositivos próximos e é feita através de uma rede chamada piconet. Este tipo de rede permite a conexão de até oito dispositivos, porém é possível aumentar a quantidade, sobrepondo mais piconets, aumentando a conexão.

Bluetooth O Que É E Como Funciona? Apesar da curta distância, o Bluetooth garante segurança de troca de dados / Imagem: Reprodução

Embora existam alguns tipos de conexão Bluetooth que atinjam raios de 100 metros, a maioria dos dispositivos possui alcances curtos de 1 a 10 metros. Embora pareça como uma desvantagem, conexões sem fios a curta distância garante a segurança dos usuários.

Com o Bluetooth, a segurança é maior ainda, porque, para toda conexão, precisa de uma chave oferecida pelo usuário, para que não seja transferido qualquer tipo de arquivo de qualquer dispositivo sem permissão. Atualmente, a função está disponível na maioria dos dispositivos como smartphones, computadores, scanners, fones de ouvido e consoles e seus respectivos joysticks.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Como funciona o Bluetooth?

Ouvir música com fone sem fio, atender o celular quando está no carro sem precisar colocá-lo na orelha, transferir arquivos. O Bluetooth serve para tudo isso, mas você sabe quem criou a tecnologia e com qual objetivo? Neste artigo, respondemos à essas perguntas e também explicamos o que é e como funciona o Bluetooth.

Leia também: Como usar fones Bluetooth no PS4

O que é o Bluetooth?

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

O Bluetooth é uma tecnologia de conexão sem fio que possibilita a troca de informações (sejam dados ou arquivos) entre dispositivos que funcionam por meio de baterias, como computadores, scanners, celulares, fones de ouvido e smartwatches. Além disso, eles precisam estar relativamente perto uns dos outros para fazerem uma conexão (a distância pode ser de 1 a 100 metros, dependendo da versão do Bluetooth do aparelho).  

Essa função foi desenvolvida pela Ericsson, empresa de tecnologia que fortalece o mercado de equipamentos de telefonia fixa e móvel.

Os estudos para o Bluetooth funcionar começaram em 1994, com base nos conhecimentos do engenheiro eletricista Jaap Haartsen, mas ele só ganhou adesão quatro anos depois, quando o Bluetooth SIG (Bluetooth Special Interest Group) foi formado.

Até hoje, essa é uma organização sem fins lucrativos composta pela Nokia, IBM, Intel e Ericsson que estuda avanços para a tecnologia do Bluetooth.    

Leia também:  Como Saber A Quem Pertence Um Veiculo?

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

Para utilizar o Bluetooth, você precisa ativar a tecnologia nos aparelhos que trocarão informações (pode ser o seu celular e o seu fone de ouvido, o seu celular e o de um amigo etc). Depois, para que a transição seja feita, o sistema vai funcionar por meio de uma frequência de onda radiofônica de 2.4 GHz.

O funcionamento efetivo se baseia em picoredes (ou em piconets, em inglês). Basicamente, forma-se uma rede baseada em um dispositivo mestre e outros sete “escravos” dentro do raio de alcance dos aparelhos. Numa mesma zona de cobertura, podem haver até dez picoredes.

O aparelho mestre pode se conectar com todos os seus escravos, mas os escravos não se conectam entre si. A troca de informações entre o mestre e seus escravos não é feita de forma simultânea, mas sim separada e exclusivamente para cada dispositivo “escravo”.

Essa conexão, porém, acontece de forma tão rápida que temos a impressão de que foi feita ao mesmo tempo.

Para garantir uma conexão segura, existe um mecanismo de proteção chamado código PIN, um pedido de emparelhamento ao dispositivo mestre para restringir o acesso a apenas aparelhos autorizados.

A troca de dados só acontece após o fornecimento do código PIN correto. Além disso, como o alcance Bluetooth é relativamente curto, o consumo de energia é bem baixo; um ponto positivo para a tecnologia.

   

De onde surgiram o nome e o símbolo do Bluetooth?

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

O nome Bluetooth surgiu em homenagem a Harald Bluetooth (Haroldo Dente-Azul, em português), rei viking que ficou conhecido por unir a Dinamarca e a Noruega, da mesma forma que a função da tecnologia seria a de capacitar a união entre dispositivos eletrônicos.

O logo, então, homenageia Harold, segundo o alfabeto rúnico, pois une as letras H e B. Essa não era a ideia inicial de Jaap Haartsen para o logotipo, mas a ideia se fechou assim após a criação da Bluetooth SIG.

Agora que você já sabe como funciona o Bluetooth, dê uma olhada nos nossos cupons Americanas e cupons Casas Bahia para comprar produtos com desconto! Não se esqueça de conferir nossas promoções de smartphones para garantir os menores preços!

Não conhece o Promobit?

O Promobit foi criado em 2014 para ajudar o consumidor a encontrar as melhores promoções da Black Friday. Hoje somos a maior Comunidade de Ofertas da internet, reunindo as melhores promoções de TV, Celular, Fraldas, Geladeira, Notebook Gamer e muito mais, além dos mais variados cupons de desconto.

Conoce Qué es y Cómo Funciona Bluetooth

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

Bluetooth es uno de esos términos que usamos a diario pero que no estamos muy seguras sobre su significado. Entonces ¿qué es y cómo funciona bluetooth? Sabemos que es algo que podemos conectar y desconectar a voluntad y que algunos dispositivos necesitan para funcionar, pero casi nada más.

Comencemos por decir que bluetooth es un estándar industrial para conectar en forma inalámbrica (y a corta distancia) dispositivos electrónicos para la transmisión de voz y datos. Lo que implica que la señal entre dispositivos no se envia por cable sino a través de ondas de radiofrecuencia en la banda de los 2.4 Ghz.

Por ejemplo, en este momento estoy escribiendo esta nota en mi tablet, ya sabemos lo poco productivo que puede resultar el teclado de una tableta, entonces uso el teclado de mi Mac, la conexión entre teclado y tableta no se realiza mediante un cable sino activando la opción bluetooth y listo, la tableta reconoce el teclado externo.

Según la Wikipedia los principales objetivos que se pretenden conseguir con esta norma son:

  • Facilitar las comunicaciones entre equipos móviles.
  • Eliminar los cables y conectores entre éstos.
  • Ofrecer la posibilidad de crear pequeñas redes inalámbricas y facilitar la sincronización de datos entre equipos personales.

Una conexión bluetooth suele funcionar en un radio de hasta 100 metros, dependiendo de la clase de dispositivo, ya que hay hasta 3 clases que tienen un alcance de 1 m para los de clase 3, de 5 a 10 m para los de clase 2 y de hasta 100 m para los de clase 1.

Para que dos dispositivos se conecten entre si, ambos tienen que tener los chips adecuados que afortunadamente son muy económicos, luego tenemos que habilitar la conexión (bluetooth on) y por último hay que canalizar (en inglés pair) el dispositivo que se quiere conectar con lo que queda establecida la conexión entre ambos. Todo esto toma más tiempo explicarlo que hacerlo.

  • Nuestra tableta o smartphone pasan a ser los dispositivos maestros (master en inglés) y el dispositivo canalizado se denomina esclavo.
  • Una vez que un dispositivo (teclado, impresora, auriculares, modem, lápiz óptico, etc) ha sido canalizado por primera vez, cuando se enciende el dispositivo maestro, el esclavo está habilitado, siempre que el bluetooth esté encendido claro está.
  • La semana pasada hablábamos sobre el router wifi, y podríamos pensar que wifi y bluetooth es lo mismo pero no lo es.

Wi-Fi es similar a la red Ethernet tradicional y por tal motivo antes de establecer una comunicación necesita una configuración previa.

Utiliza el mismo espectro de frecuencia que Bluetooth pero con una potencia de salida mayor que lleva a conexiones más sólidas.

Wi-Fi se adecua mejor para redes de propósito general: permite conexiones más rápidas, un rango de distancias mayor y mejores mecanismos de seguridad.

En cambio bluetooth es ideal cuando se requiere conectar dos o más dispositivos en un área reducida y sin mayores necesidades de ancho de banda.

El origen del nombre y del logo de Bluetooth

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

El nombre Bluetooth procede del rey danés y noruego Harald Blåtandn cuya traducción al inglés es Harald Bluetooth. Harald es conocido por unificar en el siglo X las tribus noruegas, suecas-danesas y convertirlas al cristianismo. Dado que su mayor habilidad fue ayudar a las personas a comunicarse, su nombre fue propuesto por Jim Kardach quien desarrolló un sistema que permitiría a los teléfonos móviles comunicarse con los ordenadores y unificar la comunicación inalámbrica.

  1. El logo de Bluetooth son las runas de las iniciales del nombre y el apellido de dicho rey, corresponden a las runas;
  2. Hagall y
  3. Berkana 

Interesante, ¿no?
Si te resultó útil, por favor comparte esta nota en tus redes sociales.

Bluetooth: O que é e como funciona

O que é o Bluetooth? 

O Bluetooth é uma tecnologia de comunicação sem fio desenvolvida pela empresa de telecomunicações Ericsson, em 1994. Ela permite a troca de dados e arquivos entre celulares, computadores, scanners, fones de ouvido e demais dispositivos de forma rápida e segura.

Bluetooth O Que É E Como Funciona?Logotipo e símbolo do Bluetooth (Foto: Divulgação)

A tecnologia foi batizada Bluetooth em homenagem a um antigo rei da Dinamarca e da Noruega, Harold Blatand (em inglês, Harold Bluetooth).

O nome foi utilizado pela sua façanha de ter unificado as tribos norueguesas, suecas e dinamarquesas, já que a tecnologia é justamente uma forma de unificação de diferentes dispositivos.

O logotipo e símbolo do Bluetooth também é baseado no nome de Harold, já que é formado pela união das runas nórdicas Hagall e Berkanan, correspondentes às iniciais do nome do rei, “H” e “B”, respectivamente.

Como funciona o Bluetooth?

O sistema utiliza uma freqüência de rádio de onda curta (2.4 GHz) para criar uma comunicação entre aparelhos habilitados. Como seu alcance é curto e só permite a comunicação entre dispositivos próximos, seu consumo de energia é bem baixo.

A comunicação do Bluetooth se dá através de uma rede chamada piconet, que só permite a conexão de até oito dispositivos. Porém, para aumentar essa quantidade, é possível sobrepor mais piconets, capacitando o aumento de conexões pelo método chamado de scatternet.

Bluetooth O Que É E Como Funciona?Transferência de dados através do Bluetooth (Foto: Reprodução / Zisno.com)

Embora já existam classes de Bluetooth com alcance de 100 metros, a maioria dos dispositivos conta com alcance de 1 a 10 metros, o que, embora seja uma desvantagem, ajuda na segurança dos usuários.

Leia também:  Como E Que Se Começa A Critica De Um Filme?

Outra garantia de ambiente seguro é que, antes de efetuar trocas de dados e arquivos entre aparelhos que dispõem do Bluetooth, normalmente deve-se ativar a função através das configurações dos dispositivos.

O TechTudo apoia o Brasil Sem Vírus, movimento que dissemina práticas de segurança e distribui antivírus gratuitamente. Estima-se que 80% dos brasileiros já estiveram com os computadores ameaçados por vírus e ataques de hackers. Você pode ajudar sua rede de amigos enviando uma vacina para eles. Seja voluntário!

Como funciona a tecnologia Bluetooth?

Bluetooth O Que É E Como Funciona?

15/01/2020

Dispositivos como caixas de som e fones de ouvido fazem uso desta forma de conexão sem fio 

Você provavelmente faz uso desta tecnologia diariamente, nos mais diversos aparelhos eletrônicos. Para você conhecer mais sobre o Bluetooth, seu funcionamento e diferentes versões, a Anker preparou o seguinte material. Confira! 

Conhecendo o Bluetooth 

O Bluetooth é uma tecnologia de comunicação sem fio desenvolvida para facilitar a vida dos usuários de aparelhos eletrônicos.  

Dispositivos como smartphones, computadores, caixas de som, smartwatches e fones de ouvido que utilizam a tecnologia podem se comunicar entre si, sem a utilização de qualquer suporte físico. 

Origem  

O Bluetooth foi inicialmente desenvolvido pela empresa de telecomunicações Ericsson, em 1994. Outras grandes companhias como Nokia, Intel, IBM e Toshiba participaram do projeto posteriormente, fazendo vigorar a nova tecnologia. 

O batismo da tecnologia como Bluetooth – em tradução literal, dentes azuis – é uma homenagem ao rei dinamarquês Harald Blåtand. O nome foi escolhido em virtude de o monarca representar a unificação da Dinamarca, feito que a tecnologia realiza entre os mais diversos dispositivos.  

O logo do Bluetooth também é baseada no rei, já que é formado pela união das runas nórdicas Hagall e Berkanan, iniciais do monarca. 

Funcionamento 

O sistema utiliza uma frequência de onda de rádio, criando uma comunicação entre aparelhos habilitados.  

Existem classes de Bluetooth com alcance de até 100 metros, porém a maioria dos dispositivos possibilita uma conexão de até 10 metros de distância. 

Versões  

O Bluetooth é uma tecnologia em constante evolução, o que acaba gerando versões novas e aprimoradas. Conheça mais sobre as principais delas na sequência:  

  • Bluetooth 1.0: Se trata de uma das primeiras especificações do protocolo; 
  • Bluetooth 1.1: Lançada em 2001, estabeleceu a tecnologia como um padrão de conexão mundial; 
  • Bluetooth 2.0: Chegou em 2004, trazendo o aumento da velocidade de transmissão de dados e a diminuição do consumo de energia; 
  • Bluetooth 3.0: Lançada em 2009, trouxe altas taxas na transferência de dados, atingindo até 24 Mb/s; 
  • Bluetooth 4.0: Chegou em 2010, exigindo menos energia para seu funcionamento; 
  • Bluetooth 5.0: Lançada oficialmente em 2016, esta versão aumentou a velocidade de transferência, de 24 Mb/s para 50 Mb/s. 

Agora que você conhece melhor sobre a tecnologia, aproveite para acessar o site da Anker e confira os nossos fones de ouvido e caixas de som Bluetooth!

O que é bluetooth, como funciona e quais as suas versões?

O Bluetooth é uma forma de tecnologia sem fio usada para transmitir dados em distâncias relativamente curtas, de um dispositivo para outro, e pode ser incorporado em uma variedade de dispositivos.

Os dados podem variar de uma simples instrução – um smartphone informando a uma lâmpada inteligente paa acender, por exemplo – até pequenos arquivos, como documentos de texto e aplicativos de largura de banda mais ampla, como streaming de áudio de alta definição.

O Bluetooth ajudou os mercados multibilionários de alto-falantes e fones de ouvido sem fio, bem como diversos outros dispositivos, desde smartphones a carros. A tecnologia também é usada por controles de console de videogame sem fio, dispositivos de rastreamento e a tecnologia vestível como smartwatches, rastreadores fitness e aparelhos auditivos.

De onde vem o nome do Bluetooth?

A tecnologia foi batizada em homenagem ao rei dinamarquês do século 10, Harald Bluetooth, que uniu as tribos da Dinamarca da mesma forma que os desenvolvedores do Bluetooth esperavam que a tecnologia unisse dispositivos antes não conectados.

O desenvolvimento do Bluetooth começou no Ericsson Mobile da Suécia, em 1989, quando a Ericsson e a IBM exploraram a ideia de conectar sem fio um telefone celular a um notebook, dando ao computador uma conexão de rede celular.

Desde o início havia o acordo de que a tecnologia seria um padrão aberto da indústria, o que significa que qualquer pessoa poderia usá-la. Logo após o início do desenvolvimento, a Intel, a Toshiba e a Nokia juntaram-se à Ericsson e à IBM, antes que o Bluetooth Special Interest Group (SIG) fosse formado em 1998.

Como funciona uma conexão Bluetooth

Os dispositivos Bluetooth operam em 79 frequências diferentes no espectro de ondas de rádio de 2,45 GHz. Quando dois dispositivos desejam se conectar, digamos um smartphone ao uma smartband, eles escolhem um dos 79 canais aleatoriamente, ou tentam um diferente se este já estiver ocupado por outro par de dispositivos próximos.

Depois que um par de dispositivos for 'emparelhado', eles se lembrarão um do outro, a menos que você diga a eles para esquecer. É por isso que seu smartphone irá (ou pelo menos deveria) conectar-se automaticamente sempre que você liga seu fone de ouvido sem fio, já que os dois dispositivos se conhecem e confiam um no outro.

Diferentes versões de Bluetooth

Desde o advento da versão 1.0 em 1999, o Bluetooth passou por muitas revisões em sua tecnologia. Embora seu objetivo original fosse substituir a comunicação serial com fio, os métodos de transmissão evoluíram a cada iteração do Bluetooth, como podemos ver abaixo.

Evolução da tecnologia Bluetooth

Versão 1.0 – 3.0: Bluetooth Classic

Quando falamos sobre cada iteração do Bluetooth, três fatores ajudam a distinguir entre as diferentes versões: alcance, velocidade de dados e consumo de energia. Esses fatores são determinados pelo esquema de modulação e pelo pacote de dados usado.

Quando a primeira versão do Bluetooth foi lançada, ela abriu caminho para os fones de ouvido sem fio, alto-falantes e controles de jogos que usamos hoje. No entanto, naquela época o Bluetooth 1.0 era muito mais lento do que o que temos agora. As velocidades de dados limitavam-se a 1 Mbps, e o alcance atingiu apenas 10 metros.

A primeira versão do Bluetooth usava um esquema de modulação chamado Gaussian Frequency Shift Keying (GFSK). Com GFSK, a portadora modulada muda entre duas frequências representando 1s e 0s.

Quando o Bluetooth 2.0 foi lançado, o GFSK foi escolhido em favor de dois novos esquemas: p / 4-DQPSK e 8DPSK, que usava mudanças na fase das formas de onda para transportar informações, em oposição à modulação de frequência.

Esses dois esquemas resultaram em velocidades de dados sem precedentes de 2 Mbps e 3 Mbps, respectivamente. O Bluetooth 3.0 melhorou ainda mais as velocidades de dados com a adição de 802.11 para até 24 Mbps de transferência de dados, embora essa não fosse uma parte obrigatória da especificação 3.0.

Os resultados foram revolucionários. Soluções sem fio de curto alcance agora podiam fornecer conexão confiável e de alta velocidade, abrindo possibilidades de grande avanço tecnológico em dispositivos sem fio. No entanto, um fator significativo ainda impedia as primeiras versões do Bluetooth de integração generalizada com a IoT: o consumo de energia.

Por causa da grande quantidade de energia necessária das versões 1.0 – 3.0 do Bluetooth, também conhecidas como Bluetooth Classic, pequenos dispositivos continuariam a sofrer com a curta duração da bateria, tornando as primeiras versões do Bluetooth impraticáveis ​​para uso de IoT.

Versões 4.0 – 5.0: Bluetooth de baixa energia

Para atender à crescente demanda por conectividade sem fio entre pequenos dispositivos, o Bluetooth 4.0 foi apresentado ao mercado com uma nova categoria de Bluetooth: Bluetooth Low Energy (BLE). Voltado para aplicações que requerem baixo consumo de energia, o BLE retorna a uma taxa de transferência de dados inferior de 1Mbps usando o esquema de modulação GFSK.

Leia também:  Como Ser Aquela Pessoa Que Todo Mundo Gosta?

Embora a taxa de transferência máxima de dados do BLE de 1 Mbps possa não ser adequada para produtos que requerem um fluxo contínuo de dados, como fones de ouvido sem fio, outros aplicativos IoT precisam apenas enviar pequenos bits de dados periodicamente.

Um exemplo são os wearables fitness que transmitem pequenas quantidades de dados de temperatura para o seu smartphone apenas quando solicitados (de um aplicativo móvel, talvez). Com o foco em manter as demandas de energia baixas, o Bluetooth Low Energy torna viáveis ​​muitas aplicações IoT operadas por bateria de célula tipo moeda (por exemplo, beacons).

A versão mais recente do protocolo é o Bluetooth 5, um aprimoramento dos padrões BLE anteriores. Ele ainda é voltado para aplicativos de baixa potência, mas melhora a faixa e a taxa de dados do BLE. Ao contrário da versão 4.0, o Bluetooth 5 oferece quatro taxas de dados diferentes para acomodar uma variedade de faixas de transmissão: 2Mbps, 1Mbps, 500kbps, 125kbps.

Como um aumento no alcance de transmissão requer uma redução na taxa de dados, a taxa de dados mais baixa de 125 kbps foi adicionada para oferecer suporte a aplicativos que se beneficiam mais de um alcance aprimorado.

Um exemplo é que os sensores minúsculos não são necessários para enviar grandes quantidades de dados, portanto, assim reduzem a taxa de dados, permitindo que esses sensores transfiram informações em até 240 metros.

Em contraste, a opção de transmitir dados a 2 Mbps é voltada para aplicações em que o alcance deve ser curto, mas pode se beneficiar muito com o aumento na velocidade dos dados. A flexibilidade em velocidades de dados oferecida pelo Bluetooth 5 permite que produtos de baixa potência enviem dados ainda mais sofisticados ao usuário final.

¿Qué es el Bluetooth y para qué sirve? // SoftwareLab

El Bluetooth es un protocolo de comunicaciones que sirve para la transmisión inalámbrica de datos (fotos, música, contactos…) y voz entre diferentes dispositivos que se hallan a corta distancia, dentro de un radio de alcance que, generalmente, es de diez metros. Por ejemplo, gracias a esta tecnología, podemos vincular nuestro smartphone con una impresora para imprimir nuestras fotos preferidas sin necesidad de cables.

El uso del Bluetooth se ha asociado a los teléfonos móviles, ya que éstos fueron de los primeros dispositivos en incorporar el protocolo. Sin embargo, esta tecnología inalámbrica se encuentra presente, hoy en día, en smartphones, tablets, portátiles, ratones, teclados, impresoras, auriculares, televisores, cámaras digitales, reproductores MP3 o videoconsolas.

Curioso es, por otro lado, el origen del nombre Bluetooth.

Para explicarlo, hemos de remontarnos a la historia del dominio de los vikingos en el norte de Europa, ya que esta denominación proviene del rey de Dinamarca y Noruega Harald Blåtand (en inglés, “Harald Bluetooth”), quien unificó las tribus danesas y noruegas y contribuyó, de esa forma, a que los miembros de unas y otras pudieran comunicarse entre ellos. De ahí el sentido de llamar Bluetooth a esta tecnología inalámbrica, encargada de facilitar la comunicación (sin tener que recurrir a cables) entre distintos dispositivos.

¿Cómo funciona el bluetooth?

La tecnología Bluetooth transmite inalámbricamente datos y voz a través de ondas de radio que operan en la banda ISM (no comercial) de los 2,4 GHz. Para ello, hace uso de las Redes Inalámbricas de Área Personal (WPAN, por sus siglas en inglés). Al realizarse la transferencia por radiofrecuencia, los dispositivos no tienen la obligación de hallarse alineados.

Por otro lado, sin embargo, los equipos deben encontrarse dentro de un radio de alcance, que suele ser corto, aunque pueda variar en función del aparato. Así, se clasifican de la siguiente manera:

  • Dispositivos de Clase 1. Tienen una potencia máxima permitida de 100 mW y, por tanto, un alcance de 100 metros.
  • Dispositivos de Clase 2. Se caracterizan por tener un radio de alcance de entre 5 y 10 metros, dado que su potencia máxima permitida es de 2,5 mW. Estos son los más habituales.
  • Dispositivos de Clase 3. Cuentan con una potencia máxima de 1 mW y un alcance de, tan sólo, un metro.

¿Cómo configurar el bluetooth?

A medida que avanzamos en la explicación, nos damos cuenta de las ventajas que ofrece este protocolo para la transmisión de voz y datos de forma inalámbrica y gratuita, pero todavía no hemos comentado cómo podemos empezar a disfrutar de él. Iremos al grano: su configuración es muy sencilla.

En primer lugar, ha de activarse el Bluetooth, haciendo “visibles” entre sí los dispositivos que se desea conectar. Por lo general, esto se hace desde los ajustes o configuración del aparato.

Seguidamente, se emparejan los equipos (la primera vez que se realiza, es necesario introducir un nombre o una clave en ellos –la misma para ambos–).

Es importante, además, que los artefactos tengan versiones de Bluetooth compatibles para ahorrarse complicaciones en la conexión.

Por último, decir que es recomendable desactivar el Bluetooth cuando esta tecnología no se esté utilizando, con la finalidad de evitar el consumo de la batería y mantener seguros los dispositivos.

¿Qué usos le puedo dar al bluetooth?

Las posibilidades que ofrece la tecnología Bluetooth son numerosas e interesantes, en especial gracias a su fácil transmisión de, por ejemplo, fotos o canciones sin la necesidad de cables. Vamos a conocer, a continuación, cuáles son algunas de sus aplicaciones más frecuentes:

Transmisión de archivos, contactos, etc. entre diferentes usuarios con Bluetooth, o entre distintos dispositivos de un mismo usuario.

Conexión inalámbrica entre productos y accesorios tecnológicos. Este es el caso de las videoconsolas que incorporan Bluetooth, las cuales pueden hacer uso de mandos sin cables conectados a ellas por el protocolo, o de los sistemas de audio y su vinculación inalámbrica con los altavoces.

Acceso a contenidos específicos en áreas públicas.

Conexión inalámbrica entre un dispositivo e Internet. Por ejemplo, utilizar el móvil para acceder a la red de redes con el portátil. Si bien, no obstante, para ello se suele emplear el WiFi.

Estándares bluetooth

Esta tecnología vio la luz en 1994, cuando la compañía Ericsson comenzó a estudiar una comunicación sencilla y básica entre un móvil y sus accesorios. Posteriormente, se unieron a esa investigación otras grandes factorías, como Nokia, Sony, Intel, Toshiba e IBM.

En 1998, estas seis entidades crearon un consorcio para profundizar en este tipo de comunicación y, de esa forma, surgió el Bluetooth Special Interest Group (SIG Bluetooth).

Este grupo ha sido el encargado de hacer evolucionar la tecnología, que ya ha pasado por diversos estándares:

Bluetooth 1.0 y 1.0b. Tuvieron muchas dificultades de interoperabilidad y era obligada la inclusión de la dirección del dispositivo, por lo que el anonimato no era posible.

  • Bluetooth 1.1. Introdujo la corrección de muchos errores que estaban presentes en el estándar inmediatamente anterior. Además, añadió soporte para canales no cifrados, es decir, sin necesidad de introducir la dirección.
  • Bluetooth 1.2. Proporcionó la posibilidad de una conexión y velocidad de transmisión más rápida  y mejoró la resistencia a las interferencias en las ondas de radio.
  • Bluetooth 2.0. Introdujo una mayor velocidad de transmisión de datos (con tecnología EDR) para acelerar las transferencias. Esta característica EDR se presentó, no obstante, como una propiedad opcional.
  • Bluetooth 2.1. Mejoró el emparejamiento entre dos dispositivos y aumentó la seguridad de la tecnología.
  • Bluetooth 3.0. Incrementó la velocidad de transferencia de datos hasta los 24 Mbit/s.
  • Bluetooth 4.0. Se creó en 2010, es el más reciente y reúne el Bluetooth clásico, el de alta velocidad (basado en WiFi) y los protocolos Bluetooth de bajo consumo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*