q

Jean Mello

Jornalista, especialista em Planejamento de Mídias Digitais (FGV) e Web Analytics (Google Academy).

Deus Tag

Está rolando uma pesquisa para enriquecer a gravação de meu próximo clipe. Nem eu esperava ser tão breve, considerando que lancei um clipe em agosto desse ano.

Agora mais um passo. Parceria lendária. Gente amiga. Gente que ouviu meu som e ofereceu essa possibilidade.
Ao olhar de modo mais profundo para o alicerce filosófico e histórico de uma das minhas composições, esbarrei em quem? Madiba!

Em Decepcionado com Deus, um livro simplesmente memorável, Philip Yancey compartilha com os leitores acontecimentos em forma de depoimentos pessoais, que levaram as pessoas a se decepcionarem com suas comunidades não sadias, líderes religiosos, principalmente da ramificação evangélica, templos feitos por mãos humanas ou com o próprio Deus.

Além disso, como é próprio ao Philip Yancey, investiga a questão do sofrimento humano, à luz do livro de Jó, principalmente.

Um guitarrista virtuoso, não qualquer talento, encara a fatalidade, sentiu o cheiro desagradável da morte, em um grave acidente de carro. Felizmente escapa, mas contraiu ferimentos de gravidade imensurável. Um deles, fatal ao seu talento, pelo menos nas palavras dos médicos. Danos no sistema nervoso, afetando sua mão direita. Mas, pelo bem de sua arte, e seu próprio, não aceitou aquelas palavras que, por profissionalismo, os médicos deveriam dizer.

Poucas pessoas param para pensar e discursar acerca do impacto que as revoluções tecnológicas causa no cotidiano.

Enquanto fenômeno de caráter social – quando penso no número de informações que as pessoas acessam no cotidiano – os acessos à internet, de qualquer lugar, dinamiza e muito a visão que as pessoas passam a ter da realidade. São versões diversificadas de um mesmo acontecimento. Agora não apenas de algumas mídias oficiais, centradas apenas em compromissos com patrocinadores, chegam as notícias.