Como calcular o erro médio de uma média aritmética no excel

Muito utilizados pelo analistas estáticos o desvio padrão parâmetro é muito usado em estatística que indica o grau de variação em um conjunto de elementos. Aprenda, portanto, como calcular o desvio padrão no Excel.

  • Sintaxe da função desvio padrão no Excel
  • valor1; valor2: valores obrigatórios e correspondentes a uma amostragem.
  • Planilha disponível para download
  • Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel
  • Vamos ao que interessa.  
  • Clique na célula C9 e digite =MÉDIA( e em seguida selecione os valores referente a cidade de Manaus:
  •  Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel Ao pressione Enter você vai obter este resultado:

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Use a alça de preenchimento arrastando para o lado que você obterá o novo resultado:

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Cadastre seu email aqui no blog para receber em primeira mão todas as novidades, posts e videoaulas que postarmos.

Preencha abaixo para receber conteúdos avançados de Excel.

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

É muito importante que você me adicione na sua lista de contatos, para que os próximos emails não caiam no SPAM. Adicione este email: [email protected]

  1. Perceba que ambos os resultados foram iguais a 29 ou seja 29°C.
  2. Isso quer dizer que embora os moradores destas cidades tenham sofridos os oscilações diferentes de temperatura a média final foi de 29°C.
  3. Vamos agora usar o desvio padrão no Excel para analisarmos de uma outra perspectiva.
  4. Usando Desvio Padrão no Excel
  5. Clique na célula C10 e digite =DESVPADA(

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Selecione o intervalo referente os valores da cidade de Manaus:

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Pressione Enter:

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Pronto. Já temos nosso primeiro desvio padrão.

Vamos ao próximo. Repita o processo:

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Pressione Enter:

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Nossa! Veja que o valor foi totalmente diferente. Usando o cálculo do desvio padrão no Excel ficou claro que a oscilação de temperatura na cidade de Curitiba foi imensamente maior que em Manaus.

Gostou da função?

Deixe seu comentário sobre a função.

Quer aprender Excel do Básico ao Avançado passando por Dashboard? Clique na imagem abaixo:

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Posts Relacionados:

Desvio Padrão: o que é, fórmula, como calcular e exercícios

Rosimar Gouveia

Professora de Matemática e Física

O desvio padrão é uma medida que expressa o grau de dispersão de um conjunto de dados. Ou seja, o desvio padrão indica o quanto um conjunto de dados é uniforme. Quanto mais próximo de 0 for o desvio padrão, mais homogêneo são os dados.

Como calcular o desvio padrão

O desvio padrão (DP) é calculado usando-se a seguinte fórmula:

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

  • Sendo,
  • ∑: símbolo de somatório. Indica que temos que somar todos os termos, desde a primeira posição (i=1) até a posição n
    xi: valor na posição i no conjunto de dados
    MA: média aritmética dos dados
    n: quantidade de dados
  • Exemplo

Em uma equipe de remo os atletas possuem as seguintes alturas: 1,55 m ; 1,70 m e 1,80 m. Qual é o valor da média e do desvio padrão da altura desta equipe?

Cálculo da média, sendo n = 3

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Cálculo do desvio padrão

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Variância e Desvio Padrão

  1. Variância é uma medida de dispersão e é usada também para expressar o quanto um conjunto de dados se desvia da média.
  2. O desvio padrão (DP) é definido como a raiz quadrada da variância (V).
  3. A vantagem de usar o desvio padrão ao invés da variância é que o desvio padrão é expresso na mesma unidade dos dados, o que facilita a comparação.

Fórmula da variância

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

Para saber mais, veja também:

Exercícios Resolvidos

1) ENEM – 2016

O Procedimento de perda rápida de “peso” é comum entre os atletas dos esportes de combate. Para participar de um torneio, quatro atletas da categoria até 66 kg, Peso-Pena, foram submetidos a dietas balanceadas e atividades físicas.

Realizaram três “pesagens” antes do início do torneio. Pelo regulamento do torneio, a primeira luta deverá ocorrer entre o atleta mais regular e o menos regular quanto aos “pesos”.

As informações com base nas pesagens dos atletas estão no quadro.

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

A primeira luta foi entre os atletas
a) I e III.
b) I e IV.
c) II e III.
d) II e IV.

e) III e IV

Ver Resposta

Para encontrar os atletas mais regulares usaremos o desvio padrão, pois essa medida indica o quanto que o valor desviou da média.

O atleta III é o com menor desvio padrão (4,08), logo é o mais regular. O menos regular é o atleta II com maior desvio padrão (8,49).

Alternativa correta c: II e III

2) ENEM – 2012

Um produtor de café irrigado em Minas Gerais recebeu um relatório de consultoria estatística, constando, entre outras informações, o desvio padrão das produções de uma safra dos talhões de sua propriedade.

Os talhões têm a mesma área de 30 000 m2 e o valor obtido para o desvio padrão foi de 90 kg/talhão. O produtor deve apresentar as informações sobre a produção e a variância dessas produções em sacas de 60 kg por hectare (10 000 m2).

A variância das produções dos talhões expressa em (sacas/hectare)2 é:

  • a) 20,25
    b) 4,50
    c) 0,71
    d) 0,50
  • e) 0,25.

Ver Resposta

Como a variância deve estar em (sacas/hectare)2 , precisamos transformas as unidades de medidas.

Cada talhão tem 30 000 m2 e cada hectare tem 10 000 m2, assim devemos dividir o desvio padrão por 3. Encontramos o valor de 30 kg/hectare. Como a variância é dada em sacas de 60 kg por hectare então temos que o desvio padrão será de 0,5 sacas/hectare. A variância será igual a (0,5)2 .

Alternativa correta e: 0,25

3) ENEM – 2010

Marco e Paulo foram classificados em um concurso. Para classificação no concurso o candidato deveria obter média aritmética na pontuação igual ou superior a 14.

Em caso de empate na média, o desempate seria em favor da pontuação mais regular.

No quadro a seguir são apresentados os pontos obtidos nas provas de Matemática, Português e Conhecimentos Gerais, a média, a mediana e o desvio padrão dos dois candidatos.
Dados dos candidatos no concurso

Como Calcular o Erro Médio de uma Média Aritmética no Excel

O candidato com pontuação mais regular, portanto mais bem classificado no concurso, é

a) Marco, pois a média e a mediana são iguais.
b) Marco, pois obteve menor desvio padrão.
c) Paulo, pois obteve a maior pontuação da tabela, 19 em Português.
d) Paulo, pois obteve maior mediana.

e) Paulo, pois obteve maior desvio padrão.

Bacharel em Meteorologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 1992, Licenciada em Matemática pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2006 e Pós-Graduada em Ensino de Física pela Universidade Cruzeiro do Sul em 2011.

Como Calcular Média no Excel – Funções mais Importantes

Neste artigo apresentarei como calcular média no Excel para diferentes tipos de dados usando as fórmulas MÉDIA ou MÉDIAA. Também apresentarei como usar as funções MÉDIASE e MÉDIASES para casos de médias que precisam atender a determinados critérios.

  • Em resumo, calcular a média para um conjunto de dados é descobrir o valor mais comum do conjunto.
  • Por exemplo, se uma dezena de atletas profissionais correm uma corrida de 100 metros, com os resultados de tempos de cada um podemos calcular o tempo médio para execução da prova, ou seja, em quanto tempo usualmente um velocista leva para completar o percurso de 100 metros.
  • Na matemática, a média é chamada de média aritmética e é calculada pela soma da série de dados dividido pela quantidade de dados da série.
  • No exemplo acima, se o primeiro atleta terminasse a prova em 10,5 segundos, o segundo precisasse de 10,7 segundos e o terceiro 11,2 segundos, o tempo médio seria de 10,8 segundos, pois = (10,5 + 10,7 + 11,2) / 3.
Leia também:  Como agir em uma situação que envolva um cliente difícil

Para calcular a média no Excel não precisaremos escrever as expressões matemáticas propriamente ditas. As poderosas funções do Excel farão todo o trabalho por nós.

Mais adiante neste artigo, vamos discutir a sintaxe de cada função que mencionei (MÉDIA, MÉDIAAMÉDIASEMÉDIASES) e, claro, acompanhados de bons exemplos de uso.

Função MÉDIA no Excel

A função MÉDIA no Excel para retornar a média aritmética de um conjunto de dados especificado.

=MÉDIA(número1;[número2];…)

númer1, número2 e etc são os valores numéricos do conjunto de dados do qual desejamos encontrar a média.

O primeiro parâmetro é obrigatório, os subsequentes são opcionais. Podemos inserir até 255 parâmetros em uma única fórmula. Os parâmetros são fornecidos como números, referências de célula ou intervalos. Vale ressaltar que não são 255 o total de dados para o cálculo da média, mas sim o total de parâmetros.

Atenção você deve tomar os seguintes cuidados com a função MÉDIA:

  • A função MÉDIA no Excel inclui valores como zero no calculo da média, o que pode ser indesejado. Caso você precise excluir os zeros, use a função MÉDIASE, como veremos em uma próxima seção.
  • Células contendo texto, valores booleanos de VERDADEIRO ou FALSO e células vazias são ignoradas. Se você deseja incluir valores booleanos e representações de números de texto no cálculo, use a função MÉDIAA.
  • Valores booleanos de VERDADEIRO ou FALSO que você digita diretamente são contados na MÉDIA. Por exemplo, a fórmula =MÉDIA(VERDADEIRO, FALSO) retorna 0,5, que é a média de 1 e 0.
  • Cheque se a opção “Mostrar um zero nas células cujo o valor é zero” está marcado para evitar confusão no cálculo da média considerar valores que são zero, porém nas células estão em branco.
    É possível checar isso no caminho Excel>Arquivo>Opções>Avançado, como na figura abaixo:

Exemplo 1. Calculando uma média aritmética

Para calcular uma média aritmética de determinados dados, você pode fornecê-los diretamente na sua fórmula média do Excel. Por exemplo, =MÉDIA(1,2,3,4) retorna 2,5 como resultado.

Para calcular uma média aritmética de uma coluna, podemos fornecer a referência para a coluna inteira:

=MÉDIA(A:A)

Para calcular a média aritmética de uma linha, podemos fornecer a referência para a linha inteira:

=MÉDIA(1:A)

Para calcular a média aritmética de dados dispostos em um intervalo como matriz, especifique esse intervalo na fórmula MÉDIA:

=MÉDIA(A1:C20)

Para retornar uma média de células não adjacentes, podemos fornecer cada célula individualmente, por exemplo, como na fórmula abaixo:

=MÉDIA(A1;C1;D1)

  1. E, claro, nada impede que você inclua valores, referências de células, intervalos ou números na mesma fórmula. Por exemplo, a fórmula média a seguir calcula a média de dois intervalos (B3:B5 e C7:D9), uma célula individual (B11) e o número 12:
  2. =MÉDIA(B3:B5;C7:D9;B11;12)
  3. DICA: Para arredondar o resultado da média para o número inteiro mais próximo, use a função de arredondamento do Excel a ARRED, por exemplo:

=ARRED(MÉDIA(B3:B5;C7:D9;B11;12), 0)

Além da média numérica, você pode usar a função MÉDIA no Excel para calcular a média de outro tipo de dados como datas e horas, conforme demonstrado nos exemplos a seguir.

Exemplo 2. Calculando a data média no Excel

Suponhamos que você tenha uma planilha sobre um curso de ensino a distância com a data de conclusão do curso de uma centena de alunos. Considerando que todos iniciaram o curso na mesma data poderíamos calcular qual a data de conclusão em média para o referido curso.

Exemplo 3. Calculando o tempo médio no Excel

No início deste artigo, calculamos o tempo médio de três velocistas com um cálculo bem simples.

Mas e se precisarmos calcular a média de um conjunto de dados que incluem horas, minutos e segundos? Calcular diferentes unidades de tempo à mão seria chato, entretanto na função MÉDIA no Excel não há distinção sobre o formato dos dados. O motivo está relacionado com a forma como o Excel trata datas e horas, como expliquei neste outro artigo aqui.

Por exemplo, imagine que agora nossos três velocistas disputaram uma maratona. Para calcularmos o tempo médio de conclusão da prova devemos fazer como na figura abaixo:

Função MÉDIAA do Excel

A função MÉDIAA é semelhante a função MÉDIA, pois calcula a média aritmética dos valores em seus parâmetros. A diferença é que a função MÉDIAA inclui todas as células não vazias em um cálculo, se elas contêm números, texto, valores booleanos de VERDADEIRO ou FALSO e  células com texto em branco, resultado de outras fórmulas.

MÉDIAA(valor1;[valor2];…)

Valor1, valor2,… são valores de referência de células ou intervalos que você deseja avaliar. O primeiro parâmetro é obrigatório, outros (até 255) são opcionais da mesma forma como em MÉDIA.

Como mencionado acima, a função MÉDIAA processa diferentes tipos de valor, como números, células com texto e valores lógicos de VERDADEIRO ou FALSO. Portanto, devemos considerar os seguintes critérios:

  • Células vazias são ignoradas
  • Valores de texto, incluindo células vazias (“”) retornadas por outras fórmulas são avaliadas como 0
  • O valor booleano VERDADEIRO é avaliado como 1 e FALSO é avaliado como 0

Por exemplo, a fórmula =MÉDIAA(2;FALSO) retorna 1, que é a média de 2 e 0. A fórmula =MÉDIAA(2;VERDADEIRO) retorna 1,5, que é a média de 2 e 1.

Função MÉDIASE no Excel

A função MÉDIASE no Excel calcula a média aritmética) de todas as células que atendem a um critério especificado.

=MÉDIASE(intervalo;critérios;[intervalo_média])

A função MÉDIASE possui os seguintes parâmetros, os 2 primeiros são obrigatórios, o último é opcional:

  • intervalo – o intervalo de células a ser testado em relação aos critérios fornecidos
  • critérios – a condição usada para determinar quais células integrarão a média. Os critérios podem ser fornecidos na forma de um número, expressão lógica, texto ou referência de célula, por exemplo, 5, “> 5”, “José” ou A2
  • intervalo_média – as células que integrarão a média (opcional). Caso seja omitido, a fórmula calculará a média dos valores do parâmetro intervalo.

Atenção a função MÉDIASE está disponível para o Excel nas versões 2010 e superior.

Nas próximas seções vamos ver como usar a função MÉDIASE em casos reais de necessidade de encontrar a média dado certo critério.

Exemplo 1. Cálculo da média de dados que se repetem em uma tabela

O caso clássico de uso da função MÉDIASE no Excel é para encontrar a média de dados que estão desordenados, então o critério seria calcular a média para dados com um determinado critério em comum. Neste exemplo, vamos calcular o preço médio (C2: C10) apenas para produtos (B2:B10) de nome “Cadeira”.

Leia também:  Como aliviar a dor de garganta: 12 passos (com imagens)

=MÉDIASE(B2:B10;”Cadeira”;C2: C10)

Ao invés de inserir a condição diretamente em uma fórmula, você pode digitá-la em uma célula separada e fazer referência a essa célula em sua fórmula:

=MÉDIASE(B2:B10;F1;C2: C10)

Dica: Para arredondar o valor do cálculo para um determinado número de casas decimais, use a função de arredondamento ARRED.

Por exemplo, para arredondar a média retornada pela fórmula acima para duas casas decimais, você pode envolvê-la na função ARRED assim:

=ARRED(MÉDIASE(B2:B10;”Cadeira”;C2: C10);2)

Como outra alternativa, você pode selecionar a célula com a fórmula (F4 neste exemplo), pressionar CTRL+1 para abrir a o menu de formatação de célula. Então, altere a formatação para a opção Número ou Moeda e selecione o número de casas decimais que deseja exibir.

Vale lembrar que, neste caso, o valor real armazenado em uma célula não será alterado, e o valor exato (não arredondado) será usado nos cálculos em que esteja presente.

Exemplo 2. Cálculo da média de dados que se repetem parcialmente em uma tabela

Na fórmula MÉDIASE no Excel podemos usar os caracteres curinga no parâmetro critérios para calcularmos a média de dados que correspondem parcialmente ao critério definido. Os caracteres curinga são os seguintes:

  • O ponto de interrogação (?) corresponde a um caractere único
  • O asterisco (*) corresponde a qualquer sequência de caracteres
  • Para  ser possível localizar um ponto de interrogação ou asterisco, digite um til (~) antes do caractere nos critérios

No exemplo anterior, suponha que você tenha 3 tipos de cadeiras diferentes e queira encontrar a média delas. Entretanto as cadeiras tem palavras antes e depois do texto real que define nosso critério “Cadeiras”. A solução é como na fórmula abaixo:

=MÉDIASE (B2:B10;”*Cadeira*”;C2: C10)

Desta forma iremos encontrar todos os registros na coluna B da tabela que tenham a palavra “Cadeira” em qualquer parte do texto.

Dica: Para encontrar a média de todos os itens, excluindo qualquer produto que tenha “Cadeira” no texto, use a seguinte fórmula:

=MÉDIASE(B2:B10;”*Cadeira*”;C2: C10)

Portanto, o par de caracteres “” serve como sinal para indicar que o texto a seguir não deve ser encontrado no intervalo avaliado para cálculo da média.

Exemplo 3. Cálculo da média com o uso de operadores lógicos

Suponha que queremos calcular a média de uma série de dados, mas somente para valores que são maior que um determinado valor. Por exemplo, temos uma lista de preços na coluna A e queremos encontrar a média de preços de produtos que estão acima de R$100,00.

A maneira correta de inserir esse tipo de critérios é digitar a fórmula da operação lógica como se fosse um texto. Então, sua fórmula para calcular a média no Excel seria a seguinte:

=MÉDIASE(A2:A7;”>100″)

Outra tarefa comum é a média de números que não são iguais a zero. Para isso, você precisaria do operador “” no parâmetro de critérios da sua fórmula MÉDIASE, assim como vimos na seção anterior no critério de texto. Portanto, a fórmula ficaria como a seguir, caso não quiséssemos computar eventuais valores 0:

=MÉDIASE(A2:A7;”0″)

Como você deve ter notado, não usamos o terceiro argumento [intervalo_média] neste exemplo, pois o intervalo avaliado pelo critério é a própria série de dados.

Exemplo 4. Cálculo da média com MÉDIASE considerando células vazias e não vazias

Ao executar a análise de dados no Excel precisamos levar em consideração todos os fatores que podem afetar nosso cálculo para não chegarmos a conclusões erradas por um erro de avaliação. Entretanto, checar manualmente uma tabela com muitos registros pode ser impraticável. Então, devemos sempre levar em conta os casos de existência de valores em branco ou não na nossa série de dados.

Para incluir células em branco que contenham absolutamente nada (sem fórmula, sem texto, sem número), insira “=” no argumento de critérios. Por exemplo, a fórmula a seguir calcula uma média de células C2:C8 se uma célula na coluna B na mesma linha estiver absolutamente vazia:

=MÉDIASE(B2: B8;”=”;C2:C8)

Para calcular a media de células visualmente em vazias, incluindo aquelas que contêm texto vazio do retorno de outras funções (por exemplo, células com uma fórmula como =””), use “” no parâmetro critérios. Por exemplo:

=MÉDIASE(B2:B8;””;C2:C8)

Para calcular a média de valores correspondentes a células não vazias, digite “” em critérios.

Por exemplo, a seguinte fórmula MÉDIASE calcula uma média de células C2:C8 se uma célula na coluna B na mesma linha não estiver em branco:

=MÉDIASE (B2: B8;””;C2:C8)

Exemplo 5. Cálculo da média com MÉDIASE com critérios compostos

Em vez de digitar os critérios em uma fórmula podemos nos referir a uma determinada célula onde seus usuários podem inserir valores diferentes critérios de forma que o restante da fórmula permaneça inalterado.

Caso uma referência de célula seja um critério de correspondência exata, basta digitá-la no argumento de critérios, como fizemos no Exemplo 1:

=MÉDIASE(A2:A8;E1;B2: B8)

Para usarmos uma expressão lógica com uma referência de célula ou outra função em critérios, será necessário incluir o operador lógico entre aspas e incluir o E comercial (&) para concatenar uma referência ou função de célula. Eu expliquei mais sobre o operador & neste outro artigo aqui.

Por exemplo, para calcular a média de vendas (C2: C8) que são maiores que o valor em E4, use a seguinte fórmula:

=MÉDIASE(C2:C8;”>” & E4)

Com datas em B2:B8, a fórmula abaixo retorna a média de vendas (C2:C8) que fizemos até a data atual:

=MÉDIASE(B2:B8;”250″)

Vale lembrar que você pode substituir os critérios “Mesa” e “>250” por referências de célula, assim como foi feito em exemplos da seção anterior.

Como você vê, apenas as células (C3 e C5) atendem a ambas as condições e, portanto, apenas essas células participaram do cálculo da média.

Exemplo 2

Cálculo da média com MÉDIASE por múltiplos critérios (data)

Como calcular média, moda e mediana no Excel =Média, =Moda e =Med

Hoje vamos tratar de um assunto que confunde muita gente: a diferença entre as funções =Média, =Moda e =Mediana.

Embora muitos confundam e usem uma ao invés da outra, as funções cumprem papéis bastante diferentes, sendo, inclusive, cobrada frequentemente em concursos públicos.

Dúvida? Clique aqui e veja como esse assunto foi cobrada recentemente. Vamos lá: 

Média

  • A média, de grande importância e muito utilizada em diversas questões matemáticas, no seu dia a dia e não somente para fins de exames e provas de concurso público, consiste em somar os valores dos elementos selecionados e retornar a média aritmética dos valores. 
  • Para isso ele divide o total dos valores pelo número de elementos selecionados e pronto, temos uma média aritmética. Vamos ver agora como funciona na prática:

Veja queno nosso exemplo temos 12 células selecionadas que somam o total de 964. Divida então 964 por 12 e você verá que o resultado não bate. Por quê? Pois o Excel ignorou a célula 11B, que está vazia, e por isso, dividiu por 11. Deu certinho.

A sintaxe dafunção é =Média(núm 1; [núm 2]…). Dica: É mais fácil selecionar o intervalo e não digitar valor por valor. Veja como fizemos no nosso exemplo: =MÉDIA(B6:B17). Última dica: Você pode descobrir a média sem precisar usar a função. Apenas selecione as células e confira o resultado na barra inferior do Excel:

Leia também:  Como beijar uma garota no cinema (com imagens)

Moda

Serve para calcular uma figura estatística que indica o valor que mais se repete numa amostra. Um detalhe: No Excel, em vez de usar o nome correto, “moda”, usa-se a função “Modo”. A sintaxe que usamos no nosso exemplo foi =MODO(B6:B17) e a sintaxe geral da função é =MODO(núm 1; [núm 2]…)

Veja, no nosso exemplo B6:B17 é a região que contém as células com os valores desejados. Conferiu como o valor que mais se repete é o 5? Agora vamos mudar e colocar 3 vezes o 48.

Veja que o 48 é nossa moda, ou seja, o número mais repetido entre os valores selecionados. Note também que a média mudou.

Note que se não houver repetição entre os valores delimitados, o resultado será um erro do tipo #N/D (não disponível).

Se houver mais de um valor modal, ou seja, mais de um valor que empata em número máximo de visualizações, a moda será o menor deles. Exemplo, entre o 5 e o 8, com 2 aparições cada, nosso modal será o 5, que é o valor menor.

Mediana

Essa função ignoraqualquer soma dos valores entre si e contabiliza apenas o seu número ordinal, independentemente do valor ser 1 ou 1000. Com a mediana, o Excel irá colocar todos os valores embaralhados em ordem, depois, irá pegar aquele que está no meio dessa lista, e, essa será nossa mediana.

Exemplo abaixo emordem: 1, 1, 3, 5, 5, 7, 8, 48, 64, 154, 667. Agora veja que temos 11 elementos (números repetidos contam cada um por si e células vazias são ignoradas), o meio exato dessa fila será nossa mediana, ou seja, o valor 6 da lista (assim fica 5 números no início, o meio [nossa mediana] e mais 5 números no final), que, por ora, é o 7.

Mas e se não tivermos um meio exato, ou seja, se tivermos x números pares em nossa lista? Nesse caso ele vai fazer uma média entre os valores do meio, no nosso exemplo abaixo: 1, 1, 3, 5, 5, 7, 12, 15, 48, 64, 154, 667 temos 12 valores, e o meio fica entre 7 e 12. Qual o meio nesse caso? Some-os e divida por 2. Resultado: Mediana 9,5.

A sintaxe da função é =MED(núm 1; [núm 2]…) e na nossa função ficou =MED(B6:B17).

Compreendido? Agora não vale mais confundir, hein? Até a próxima.

MÉDIA (Função MÉDIA)

Excel do Microsoft 365 Excel do Microsoft 365 para Mac Excel para a Web Excel 2019 Excel 2016 Excel 2019 para Mac Excel 2013 Excel 2010 Excel 2007 Excel 2016 para Mac Excel para Mac 2011 Excel Starter 2010 Mais… Menos

Este artigo descreve a sintaxe da fórmula e o uso da função média no Microsoft Excel.

Retorna a média (média aritmética) dos argumentos. Por exemplo, se o intervalo a1: A20 contiver números, a fórmula =média (a1: A20) retornará a média desses números.

MÉDIA(núm1, [núm2], …)

A sintaxe da função MÉDIA tem os seguintes argumentos:

  • Núm1    Obrigatório. O primeiro número, referência de célula ou intervalo para o qual você deseja a média.
  • Núm2, …    Opcionais. Números adicionais, referências de célula ou intervalos para os quais você deseja a média, até no máximo 255.
  • Os argumentos podem ser números ou nomes, intervalos ou referências de células que contenham números.
  • Valores lógicos e representações em forma de texto de números que você digita diretamente na lista de argumentos não são contados.
  • Se um argumento de intervalo ou referência de célula contiver texto, valores lógicos ou células vazias, esses valores serão ignorados; no entanto, as células com valor zero serão incluídas.
  • Os argumentos que são valores de erro ou texto, que não podem ser traduzidos em números, causam erros.
  • Se quiser incluir valores lógicos e representações de texto de números em uma referência como parte do cálculo, use a função MÉDIAA.
  • Se quiser calcular a média apenas dos valores que atendem a certos critérios, use a função MÉDIASE ou a função MÉDIASES.

Observação: A função MÉDIA mede a tendência central, que é o local do centro de um grupo de números em uma distribuição estatística. As três medidas mais comuns de tendência central são:

  • Média, que é a média aritmética e é calculada por meio da adição de um grupo de números e, em seguida, da divisão pela contagem desses números. Por exemplo, a média de 2, 3, 3, 5, 7 e 10 é 30 dividido por 6, que é 5.
  • Mediano, que é o número do meio de um grupo de números; ou seja, metade dos números têm valores que são maiores do que o mediano, enquanto a outra metade têm valores que são menores do que o mediano. Por exemplo, o mediano de 2, 3, 3, 5, 7 e 10 é 4.
  • Modo, que é o número que ocorre com mais frequência em um grupo de números. Por exemplo, o modo de 2, 3, 3, 5, 7 e 10 é 3.

Para uma distribuição simétrica de um grupo de números, estas três medidas de tendência central são as mesmas. Para uma distribuição enviesada de um grupo de números, elas podem ser diferentes.

Dica: Quando você calcular a média de células, lembre-se da diferença entre as células vazias e aquelas que contêm o valor zero, principalmente se tiver desmarcado a caixa de seleção Mostrar um zero nas células que têm um valor zero na caixa de diálogo Opções do Excel do aplicativo de desktop do Excel. Quando essa opção estiver marcada, as células vazias não serão contadas, mas os valores zero serão.

Para localizar a caixa de seleção Mostrar um zero nas células que têm um valor zero:

  • Na guia Arquivo, clique em Opções e na categoria Avançado, procure em Opções de exibição desta planilha.

Copie os dados de exemplo da tabela a seguir e cole-os na célula A1 de uma nova planilha do Excel. Para as fórmulas mostrarem resultados, selecione-as, pressione F2 e pressione Enter. Se precisar, você poderá ajustar as larguras das colunas para ver todos os dados.

Dados
10 15 32
7
9
27
2
Fórmula Descrição Resultado
=MÉDIA(A2:A6) Média dos números nas células de A2 a A6. 11
=MÉDIA(A2:A6, 5) Média dos números nas células de A2 a A6 e o número 5. 10
=MÉDIA(A2:C2) Média dos números nas células de A2 a C2. 19

Observação:  Esta página foi traduzida automaticamente e pode apresentar erros gramaticais ou imprecisões. Nosso objetivo é que este conteúdo seja útil para você. Você pode nos dizer se as informações foram úteis? Use o artigo em inglês como referência.​

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*