Como beijar em público: 8 passos (com imagens)

  • Como Beijar em Público: 8 Passos (com Imagens)
  • Olá, tudo bem Consultoras?
  • Hoje vim falar de assunto muito recorrente entre nós consultoras de imagem e estilo.

Na verdade, é o maior medo de consultoras iniciantes na profissão e que às vezes pode acabar paralisando todo um sonho. Hoje eu vim ajudar você a acabar com o medo e a insegurança de se lançar no mercado de trabalho.

Se você já se sentiu paralisada ou se neste exato momento está sentindo os efeitos deste medo, continue lendo este post e tenho certeza que você vai conseguir ter novas ideias!

Assim que me formei em Consultoria de Imagem, estava bem feliz com todo o conhecimento adquirido e cheia de planos, mas uma pergunta insistia em martelar na minha cabeça e ficava a cada dia mais insistente:

“Me formei e agora o que fazer? Como fazer para estruturar meu negócio e começar meus atendimentos?”

Essa é uma pergunta muito recorrente entre nós profissionais, especificamente os que acabaram de se formar. É normal, portanto, fique tranquila. Como disse antes, hoje eu vim te mostrar um caminho mais fácil, rápido e seguro para você se estruturar antes de começar a atender seus clientes. Dividi em 3 passos para que ficasse mais simples de entender:

  1. Passo 1
  2. Logo após terminar de fazer o curso de formação em Consultoria de Imagem e Estilo, a primeira etapa para você começar a estruturar seu negócio é:
  3. Listar os passos necessários para iniciar seus atendimentos em Consultoria de Imagem e Estilo, exemplo: montar site, redes sociais, cartões de visita, material necessário para atendimento, kit de análises de cores, etc…
  4. Passo 2
  5. Após fazer essa lista, o segundo passo é:
  6. Definir missão e propósito da sua empresa (Consultoria).
  7. Como fazer isso: Missão e propósito é uma tarefa muito pessoal e algo que faz muita diferença em seu negócio, pois isso faz com que você consiga se direcionar melhor para passar sua mensagem para seus clientes. A maneira mais fácil de você fazer isso é se fazer as seguintes perguntas:
  8. O que faz meus olhos brilharem?
  9. Se dinheiro não fosse problema e eu trabalhasse por hobby, o que faria?
  10. Para facilitar, vou escrever abaixo a minha missão e propósito:
  11. “Minha missão é usar meus talentos como Consultora de Imagem & Estilo para mudar a forma como as pessoas se enxergam e como elas se mostram ao mundo, através do seu estilo pessoal, sua personalidade e das suas roupas, baseados nos seus valores e objetivos de vida.”
  12. E o meu maior propósito é:
  13. “Ajudar (através da minha experiência), as Consultoras de Imagem e Estilo a atuarem com sucesso.”
  14. Passo 3
  15. Definida sua missão e propósito é hora do terceiro passo:
  16. Definir seu público alvo, ou seja, com quem você quer trabalhar: Noivas, homem, corporativo, varejo, mulheres, etc…
  17. Passo 4
  18. Com essas informações importantíssimas finalizadas, chegamos a etapa 4:
  19. Mão na massa!
  20. Você vai escrever sua biografia, escrever um texto bacana de divulgação do seu trabalho, redigir um plano de ação para dar início ao trabalho, ver quais são as estratégias que vai utilizar para fidelização dos seus clientes, definir escopo de serviços (quais serviços vai oferecer para o seu público), definir preços de cada serviço oferecido, definir a imagem visual do seu negócio (identidade visual) e avaliar diferentes formas de divulgação dos seus serviços.
  21. Uma das coisas que fez muita diferença para me posicionar no mercado e que eu sugiro para você é o Branding.
  22. Passo 5 (Bônus)
  23. Branding é o agrupamento de soluções que uma marca necessita para se destacar no mercado, criando uma comunicação efetiva para a forma que você quer  posicionar.

Ele abrange desde a criação de uma nova marca, na administração da mesma e no reposicionamento de marcasexistentes que passam por dificuldades. O Branding se divide nas seguintes etapas: Detalhamento do Público-Alvo, Posicionamento da Marca, Construção Multissensorial.

Detalhamento do Público-Alvo

Pesquisa, pesquisa e mais pesquisa. É o momento de descobrir quem é o público-alvo que você quer trabalhar, segmentar ao máximo e pontuar com detalhes as características deste grupo. Pois só com estas informações será possível desenvolver um trabalho de Branding de forma precisa.

Posicionamento da Marca

Com o público-alvo bem definido e segmentado, é hora de descobrir qual será a melhor identidade da marca para atingi-los. Deve-se analisar este público para definir quais são as expectativas que eles têm sobre os serviços que vai oferecer.

Assim, você consegue pontuar a personalidade que a marca deverá ter, como se fosse uma pessoa.

A marca tem que ter uma imagem “materna”? Ou ela deverá parecer “uma pessoa mais séria”? São estas características subjetivas que farão os consumidores se identificarem com o produto ou o serviço oferecido pela sua empresa.

Construção Multissensorial

Já foi definido quem será o público-alvo e qual a imagem que a marcadeve ter. Agora é o momento de construir a marca, ou retificá-la caso ela já exista. Deve-se nesse estágio, explorar TODOS os pontos de contato com o consumidor, ser multissensorial, abordando todos os 5 sentidos. Não basta apenas criar o logo, mas também pensar no aroma, na textura, som.

Pois só assim a empresa conseguirá atingir de forma eficiente a mente do público-alvo definido anteriormente. Estamos acostumados a ver muitos anúncios e logotipos todos os dias, e isso já saturou a vida de todos. O resultado é a queda na eficiência apenas visual da marca.

 Marcas que exploram mais sentidos têm muito mais chances de serem memorizadas e absorvidas pela mente do consumidor.

O Branding é uma necessidade para profissionais liberais e empresas, independente do tamanho. É uma palavra nova no mercado, mas que é capaz de trazer grandes resultados, porque investiga e descobre a sua proposta única, uma combinação de fatores que só você tem, fazendo com que você não tenha concorrentes!

Para entender melhor, recomendo este vídeo (está em inglês): CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR

Gostou? Tem alguma dúvida sobre como começar? Entre em contato ou comente abaixo.

Leia também:  Como baixar jogos online: 5 passos (com imagens)

Lembre-se: Consultora confiante e informada é consultora bem-sucedida!

Sou Consultora de Imagem e Estilo. Morei em Nova York durante uma temporada, onde estudei Consultoria de Imagem na FIT. Atendo clientes e ministro palestras de forma online e procuro mostrar a moda e estilo de uma forma diferente e fácil, tanto para clientes quanto para consultores. Para saber mais sobre como posso ajudar você, clique aqui.

Saiba quais são os 7 passos da venda perfeita

O que é uma venda? É dar uma mercadoria para alguém e receber de volta uma certa quantia em dinheiro? É passar para alguém a quantia que temos? É deixar uma pessoa satisfeita? Ou é apenas uma troca?

Eu acredito que vender é muito mais do que isso. Vender é mais do que entregar um produto e receber um pagamento, é construir um relacionamento com o cliente. Por isso, enumerei os 7 passos da venda perfeita para que você possa aplicar à realidade de seu negócio.

1. Conhecimento do produto

É fundamental conhecer o produto ou o serviço que você pretende vender. Além disso, você precisa entender de que maneira ele pode afetar positivamente a vida do seu cliente. Fazer um levantamento das dúvidas que o cliente pode ter te ajudar a conhecer ainda mais o produto ou serviço que está sendo vendido.

2. Pesquisa e Prospecção

Mantenha-se bem informado sobre o perfil do seu público-alvo, a fim de adaptar-se às tendências de consumo e de comportamento dos consumidores o quanto antes. Dessa maneira, quanto mais você conhecer a persona do seu negócio, mais chances de se dar bem nas vendas.

3. Abordagem

Na hora de abordar o cliente é fundamental transmitir empatia e simpatia. Certamente, trata-se de um dos maiores desafios do vendedor. Entenda que cada cliente possui um nível de experiência, por isso, parta do princípio de que o cliente não sabe nada sobre o produto e, a partir daí, adapte-se ao conhecimento demonstrado por ele.

O poder da abordagem para aumentar as vendas diretas

Tudo sobre um pós-venda de sucesso pelo WhatsApp 

4. Estabelecer Necessidades

Procure conhecer os motivos que despertaram o interesse do consumidor e suas expectativas para o produto. Para oferecer a solução, você precisa conhecer o problema.

5. Apresentação

Chegou a hora de estimular o desejo do cliente em adquirir o seu produto. Ofereça versões de teste e permita que ele manuseie o produto da forma que preferir. Na Francisca Joias, por exemplo, sempre oferecemos um presente na primeira compra.

6. O Fechamento da Venda

Conhecer o “timing” perfeito para fechar a venda é uma das principais dificuldades dos vendedores. Saiba a hora certa para perguntar: “Como será a forma de pagamento?”.

7. O pós-venda

Finalmente, é necessário que o cliente tenha segurança e a garantia de um acompanhamento após finalizar a compra.

Alguns dias após a venda, entre em contato e pergunte se está tudo bem, se tem alguma dúvida ou se o cliente está gostando do produto.

Inegavelmente, manter esse relacionamento de confiança com o cliente permite que você seja a primeira opção na hora de fazer uma nova compra.

A cada negócio fechado, faça uma análise sobre o atendimento realizado, assim como os erros e acertos. Com a prática, o processo de venda fica mais fácil e será possível conhecer os diversos tipos de clientes e a melhor maneira de abordá-los.

Em 1º discurso livre, Lula agradece militantes e ataca PF e MPF

Em seu primeiro pronunciamento depois de sair da prisão, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) agradeceu hoje a militância que permaneceu em Curitiba durante os quase 19 meses em que ele esteve preso. O ex-presidente também atacou a Polícia Federal (PF), em cujo prédio no Paraná Lula cumpriu prisão, e o Ministério Público Federal (MPF).

O ex-presidente Lula saiu no fim da tarde de hoje da prisão da PF em Curitiba após decisão judicial e subiu diretamente em um palanque para falar com os cerca de 200 militantes presentes no local.

“580 dias gritaram aqui: 'bom dia, Lula, boa tarde, Lula, boa noite, Lula. Não importa se estivesse chovendo, que estivesse 40 graus, que estivesse zero grau. Todo santo dia, vocês eram o alimento da democracia”, afirmou.

Na sequência, criticou forças da Justiça. “Trabalharam para tentar criminalizar a esquerda, o PT, o Lula. E eu não poderia ir embora daqui sem poder cumprimentar vocês [mlitantes]”.

“Eu quero dizer para vocês que, se pegar o [Deltan] Dallagnol, se pegar o [Sergio] Moro, se pegar alguns delegados que fizeram inquérito, enfiar um dentro do outro e bater no liquidificador, o que sobrar não é 10% da honestidade que eu represento nesse país”, afirmou Lula no discurso.

Sem ódio

“Saio daqui sem ódio. Aos 74 anos, meu coração só tem espaço para o amor, porque o amor vai vencer nesse país. Eles têm que saber que o nordestino, que nasceu em Garanhuns (PE), que passou fome e que veio para São Paulo e não morreu de fome até os 74 anos de idade, não tem nada que me vença.”

“Eu saio daqui, quero que vocês saibam, que saio com o maior sentimento de agradecimento que um ser humano pode ter pelo outro. É o que tenho por vocês. Não tenho mágoa dos policiais federais, dos carcereiros, de ninguém”, complementou.

Lula disse também que assistiu pela televisão a divulgação de dados do IBGE que apontam que “o Brasil não melhorou. Piorou. O povo está trabalhando de Uber, de bicicleta para entregar pizza. Está trabalhando sem o menor respeito”.

“Eu queria dizer ao ministro Sergio Moro que eles não prenderam um homem, eles tentaram matar uma ideia. Mas ideia não desaparece e eu quero lutar porque se existe uma quadrilha é da maracutaia que eles fizeram.”

Leia também:  Como armazenar água a longo prazo: 12 passos

Noiva

Lula beija a namorada ao deixar a prisão

Imagem: Reprodução

Ainda no primeiro discurso, Lula apresentou a socióloga Rosangela Silva como noiva. “Eu consegui a proeza de, preso, arrumar uma namorada”, disse o ex-presidente para uma multidão que o aguardava na sede da PF. Pouco depois, os dois se beijaram e arrancaram aplausos.

Mais cedo, Rosangela publicou em suas redes sociais: “Amanhã eu vou te buscar! Me espera!!”. O relacionamento fora revelado em maio pelo ex-ministro Luiz Carlos Bresser Pereira, conforme revelado pela Folha.

Próximos passos

Amanhã, o ex-presidente é aguardado para um ato no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo, onde deve fazer um pronunciamento.

A decisão da soltura de Lula coube ao juiz Danilo Pereira Jr., que substitui Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal em Curitiba. Lebbos, que está em férias, é a responsável pela execução da pena de Lula.

Lula foi beneficiado pela decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que, em julgamento finalizado ontem, proibiu prisão após condenação em segunda instância, caso de Lula. A defesa do ex-presidente havia entrado com o pedido de soltura no final da manhã de hoje.

“Determino, em face das situações já verificadas no curso do processo, que as autoridades públicas e os advogados do réu ajustem os protocolos de segurança para o adequado cumprimento da ordem, evitando-se situações de tumulto e risco à segurança pública”, escreveu o juiz em seu despacho.

O magistrado citou o “efeito vinculante” da decisão do STF. “Observa-se que a presente execução iniciou-se exclusivamente em virtude da confirmação da sentença condenatória em segundo grau, não existindo qualquer outro fundamento fático para o início do cumprimento das penas.”, afirmou Pereira Jr. na decisão.

Após protocolar o pedido, Zanin foi à sede da Justiça Federal em Curitiba para falar com o juiz.

O ex-presidente estava preso na capital paranaense desde abril de 2018 em razão da sentença que recebeu no processo do tríplex, derivado da Operação Lava Jato. A condenação foi confirmada pelo STJ (Superior do Tribunal de Justiça), uma espécie de terceira instância. O caso ainda será encaminhado ao STF.

Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Como se vestir para um casamento de dia: reunimos 8 passos para escolher o look

Casamentos de dia costumam gerar dúvidas do tipo: “Será que posso vestir meu longo preto?”. A dica para essas ocasiões é: da praia ao campo, o planejamento do look deve girar em torno da leveza e do conforto.

Abaixo, listamos 8 passos para te ajudar a arrasar no look de uma festa diurna. Confira:

1- Planejando o visual

O primeiro estágio para montar o look é entender alguns detalhes da cerimônia. Será no campo ou na praia? Durante o dia ou no final da tarde? A celebração será pequena ou trata-se de uma grande festa? Essas questões vão influenciar nos tecidos, acessórios e em toda a produção.

Veja também:

2- Elegendo a modelagem

Modelos leves e sem muito brilho são opções certeiras quando pensamos em festas durante o dia.

“Uma modelagem coringa e que cai bem para vários tipos de corpo é o longo com o decote V na frente e nas costas, e com uma marcação logo abaixo do busto.

O babado e as franjas também estão vindo forte há algumas temporadas na moda festa, mas um dos grandes destaques atualmente é o volume, que aparece em saias rodadas e bolsos”, explica a estilista Elisa Lima.

Para o comprimento, o midi está ganhando cada vez mais força e aquela ideia de que apenas mulheres altas podem usá-lo está para lá de ultrapassada. Na hora de usá-lo, a dica para as baixinhas é investir em um sapato nude ou em um decote que mostre um pouco de pele. Isso alonga a silhueta.

A estilista Vanessa Abbud explica que os vestidos mais abertos caem bem durante o dia e é possível deixar um pouco mais de pele à mostra nesse tipo de festa: “Estou trabalhando bastante recortes, decotes mais profundos e tecidos de tela. Porém, o principal é sempre pensar a modelagem para que não fique uma peça vulgar ou a cliente, desconfortável”.

3- Tecidos para a ocasião

Tecidos naturais e mais encorpados têm tudo a ver com casamentos durante o dia, afinal, não é porque a celebração será na praia ou no campo que o material do vestido precisa necessariamente ser fluido. Linho, algodão, renda guipir e seda são boas opções para criar peças com caimentos sofisticados.

“Acho bacana quando pensamos na transparência para o dia, mas não necessariamente fazer a peça sem forro. Gosto de criar uma transparência sutil, que a gente consegue obter com um tecidos leves, tipo musseline, gaza e organza, por exemplo”, indica Elisa Lima.

4- Encontrando seu estilo

Encontrar uma roupa de festa de acordo com o seu estilo faz toda a diferença na hora de ficar confortável e se sentir bem.

Algumas dicas podem facilitar essa escolha e o stylist Rapha Mendonça nos ajuda a entendê-las: “Para um visual romântico, os vestidos com tule e em tons claros são ideais.

Já para o clássico, a cintura marcada, saia evasê e comprimento midi ou na altura do joelho é lindo. Porém, para um estilo mais relaxado, o visual bohemian, com modelos fluidos, fendas e leve transparência, é perfeito”.

5- Colorindo

Os tons pastéis estão em alta, e o lavanda é uma das cores mais populares atualmente. Além deles, as tonalidades vibrantes de rosa, vermelho, laranja e azul jeans também aparecem fortes e completam muito bem o look para o dia.

Para quem quer apostar em um vestido estampado, a estilista Elisa Lima dá a dica: “Padrões com cores neutras são boas opções. Porém, isso não quer dizer que a estampa deva ter apenas duas cores, mas sim, tonalidades que conversem entre si. Se a ideia for usar uma padronagem de tons vibrantes, então a dica é escolher desenhos maiores. Isso evita a confusão de tons e formatos no vestido”.

Leia também:  Como capturar o crobat nos pokémon ruby e sapphire

6- Para calçar

“O salto fino não combina para festas durante o dia, especialmente em locais abertos, como a praia e o campo. A plataforma e o salto grosso são as melhores opções para quem não quer abrir mão do salto. Outra alternativa que eu adoro são as flats, principalmente para os casamentos na praia”, aconselha Vanessa Abbud.

7- Completando com acessórios

Aproveite o clima diurno para ousar em diferentes acessórios, como, por exemplo, aplicações de flores ou pérolas nos penteados. Elas estão super em alta. Bolsas coloridas e de materiais rústicos também são bons complementos; que tal investir nas versões de palha e estampada de animal print?

“Eu gosto muito de brincar com a bolsa e sapatos, nada de fazer o look todo combinadinho. Porém, a dica é criar essa mistura quando estiver usando um vestido mais sóbrio. Desse modo, o visual fica harmonioso”, aconselha o stylist Rapha Mendonça.

8- Para os dias frios

Festas em locais abertos durante o inverno demandam modelos mais quentinhos. Para as temperaturas frias, aposte em vestidos de veludo e tecidos mais pesados, como alfaiataria. “Se quiser deixar o visual mais sofisticado, vá de trench coat ou um lenço solto para completar”, indica Rapha.

Coronavírus: como lavar as mãos corretamente para se proteger contra o vírus

A lavagem das mãos é um cuidado básico mas extremamente importante para evitar pegar ou transmitir diferentes tipos de doenças infecciosas, especialmente após estar em ambientes com elevado risco de contaminação, como um lugar público ou o hospital, por exemplo.

Assim, saber lavar as mãos corretamente é muito importante para eliminar vírus e bactérias que possam estar na pele e causar infecções no organismo. Veja outros cuidados necessários para usar o banheiro da escola, hotel ou trabalho sem pegar doenças. 

Veja como lavar as mãos corretamente e qual a sua importância:

Qual a importância de lavar as mãos?

Lavar as mãos é um passo muito importante no combate de doenças infecciosas, seja por vírus ou bactérias. Isso porque, muitas vezes o primeiro contato com uma doença acontece através das mãos que, quando são levadas ao rosto e entram em contato direto com a boca, os olhos e o nariz, acabam deixando vírus e bactérias que resultam em infecção.

Algumas das doenças que podem ser facilmente evitadas com a lavagem das mãos incluem:

  • Gripes e resfriados;
  • Infecções respiratórias;
  • Hepatite A;
  • Leptospirose;
  • Infecção por E.coli;
  • Toxoplasmose;
  • Infecção por salmonella sp.;

Além disso, qualquer outro tipo de doença infecciosa ou infecção nova também pode ser combatida com a lavagem das mãos.

8 passos para lavar as mãos corretamente

Os 8 passos mais importantes que devem ser respeitados para garantir que se lava as mãos corretamente incluem:

  1. Passe sabonete e água limpa nas mãos;
  2. Esfregue a palma de cada mão;
  3. Esfregue a ponta dos dedos na palma da outra mão;
  4. Esfregue entre os dedos de cada mão;
  5. Esfregue o polegar de cada mão;
  6. Lave o dorso de cada mão;
  7. Lave os punhos de ambas as mãos;
  8. Seque com uma toalha limpa ou papel toalha.
  • No total, o processo de lavagem das mãos deve durar por, pelo menos, 20 segundos, já que esse é o tempo necessário para garantir que se está lavando todos os espaços das mãos.
  • Uma boa dica no final da lavagem é usar o papel toalha, que se usou para secar as mãos, para fechar a torneira e evitar entrar novamente em contato com bactérias e vírus que tenham ficado na torneira na hora de abrir a água.
  • Veja mais um vídeo com o passo-a-passo para lavar as mãos corretamente:

Que tipo de sabonete se deve usar?

O sabonete mais indicado para lavar as mãos no dia a dia, tanto em casa, como na escola ou no trabalho é o sabonete comum. Os sabonetes antibacterianos ficam reservados para serem usados em clínicas e hospitais ou quando se estiver cuidando de alguma pessoa com uma ferida infectada, em que existe uma grande carga de bactérias.

Confira a receita e saiba como fazer sabonete líquido usando qualquer sabonete em barra.

O álcool em gel e as substâncias desinfetantes também não são as melhores opções para desinfectar as mãos no dia a dia, pois podem deixar a pele ressecada e criar pequenas feridas. Mas em todo caso, pode ser útil ter uma pequena embalagem de álcool em gel ou gel antisséptico dentro da bolsa para limpar o vaso sanitário que usa na escola ou no trabalho, antes de se sentar, por exemplo.

Quando se deve lavar as mãos

Deve-se lavar as mãos no mínimo 3 vezes ao dia, mas também é preciso lavar sempre depois de usar o banheiro e antes de comer porque isso evita doenças como gastroenterite que são causadas por vírus que passam facilmente de uma pessoa para outra através da contaminação fecal-oral.

Assim, para se proteger e também proteger os outros é importante lavar as mãos:

  • Após espirrar, tossir ou mexer no nariz;
  • Antes e depois de preparar alimentos crus como salada ou sushi;
  • Após tocar em animais ou nos seus dejetos;
  • Após mexer no lixo;
  • Antes de depois de mudar a fralda do bebê ou do acamado;
  • Antes e depois de visitar uma pessoa doente;
  • Antes e depois de tocar em feridas e;
  • Sempre que as mãos estiverem aparentemente sujas.

A lavagem das mãos é especialmente indicada para quem cuida de bebês, de pessoas acamadas ou com o sistema imune enfraquecido devido a AIDS ou tratamento contra o câncer porque estas pessoas tem um maior risco de ficar doentes, sendo mais difícil sua recuperação.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*