Como arrematar tricô: 5 passos (com imagens)

Quem tem amigos tem tudo, sem sombra de dúvidas. E é uma nova amiga que vem hoje aqui na Vila nos ensinar uma dica facílima de como fazer sapatinhos de bebê em tricô.

A queridíssima Ana Sanches, nossa colaboradora, me apresentou uma pessoa tão querida quanto ela. Solícita, disposta e super criativa. Quem é? É a artesã Pati Asai que vem nos ensinar esta aula super bacana de tricô e como fazer sapatinhos de bebê de um modo simples, que qualquer iniciante consegue fazer, mas que ainda assim tem um toque de graça gigantesco.

Como é de costume, antes de irmos pra aula vou apresentar esta artesã: Pati Asai. A Pati precisa ser muito bem recebida porque queremos que ela venha para ficar e nos dar muitas outras aulas legais, então tudo que eu mostrar dela, quero que você vá, visite e deixe seu olá, combinado?

A Pati domina o tricô e o crochê, mas também solta a criatividade no EVA e com os tecidos. Já viu que temos tudo em comum, né? Ela adora coisinhas de bebê e por isso nos deu este presente lindo e fofo nesta que é só a primeira aula. Esperamos muitas outras, não é?

Então, todos os trabalhos dela você pode ver e conhecer nos links abaixo e observem que ela tem uma loja pra você que acha lindo mas não tem paciência para as agulhas. Clique, visite, indique e aprenda junto com a Pati Asai:

Agora entrego o bastão para nossa nova colaboradora e vou junto com você aprender mais esta nova dica.

Ainda não sabe como são os pontos básicos do tricô? Clique aqui e confira.

Então, sou Pati Asai e fiz o primeiro PAP para você. Espero que goste! Fiz lindos e simples sapatinhos de bebê em tricô.Sou apaixonada por fazer peças de bebê.  Sapatinhos de bebê são legais, pois são fáceis e rápidos de fazer e para quem vende o lucro é bom. Além de ser uma peça que vende sempre!Esses foram feitos em linha, pois aqui na minha região, Lucas do Rio Verde, é o material que mais uso, afinal o calor do Mato Grosso é forte hehehehe; mas também pode ser feito em lã de bebê sem nenhum problema. Indico as lãs Círculo, veja na receita.Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

  • Linha Anne, da Círculo, nas cores rosa e branco
  • Agulha de tricô número 3 mm
  • Fita de cetim 6 mm, 2 pedaços de 25 cm
  • Agulha de tapeçaria para costurar
  • Tesoura
  • Aposte em detalhes: Produza laços muito rápido

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Coloque 30 pontos na agulha.

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Trabalhe 64 carreiras em ponto tricô.

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Trabalhe os 18 pontos restantes, para formar o peito do pé da seguinte maneira:

* na cor rosa trabalhe:

1ª e 2ª carr. em tricô, 3ª carr. em meia, 4ª carr. em tricô.

Agora com a cor branca trabalhe:

5ª carr. em tricô, 6ª carr. em meia, 7ª carr. em tricô, 8ª carr. em meia*

  1. Repita de * até * por mais 3 vezes.
  2. Trabalhe agora em tricô na cor rosa da 1ª à 4ª carreiras e arremate.

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Prepare mais um pé exatamente igual. Teremos estas duas partes.

Costurando

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Com a agulha de tapeçaria junte e costure pelo avesso a base branca com o topo decorado.

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Desvire e veja como deve ficar.

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Agora vamos dar forma ao peito do pé e para isso vamos franzir a parte de cima do tricô colorido.

Com a agulha de tapeçaria intercale os pontos como na foto.

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Puxe a linha e arremate.

A abertura que ficará no tricô branco está correta. Ela será a dobra do sapatinho.

Repita o franzido na parte de baixo, somente onde temos os fios coloridos.

Dê um pontinho pra segurar o franzido e continue costurando a sola até o calcanhar.

A estrutura do sapatinho está pronta, agora é só dar forma e finalizar.

Primeiro dobre a parte branca de cima, a que tem a abertura na frente. Fica como na foto.

Finalizando

Coloque a tira de fita de cetim por baixo da dobra e dê um laço.

O sapatinho fica parecendo uma botinha.

Corte as sobras de linha.

É legal agora você colocar um enchimento de manta acrílica ou algodão em cada sapatinho para dar o formato.

Aí uma embalagem bem legal com a sua marca também conta pontos, tanto para presentear quanto para vender.

E então, não é fácil de verdade?

Faça e depois escreva contando. Nos vemos em breve.

  • Nem vou acrescentar mais nada, apenas que começamos mais um temporada de aulas deliciosas, especialmente agora que o outono chegou e logo, logo o frio vai se anunciar.
  • Então só falta você fazer uma visita pra Pati e indicar os talentos dela, nem preciso dizer o porquê.
  • Pati, beijo grande. A Vila escancara as portas pra você  ????

Este é um post colaborativo e você que está nos lendo, também pode enviar o seu. Escreva pedindo mais informações, clique aqui.

  1. Fotos e passo-a-passo: Pati Asai
  2. Não copie, compartilhe.
  3. Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Como fazer crochê: passo a passo para iniciantes

Falar em crochê faz você lembrar a infância ou a casa da sua vó? Certamente, muitas pessoas tem essa memória afetiva ligada à técnica. E não é para menos, o crochê realmente tem essa particularidade. Contudo, mesmo com o forte apelo emocional ligado as peças, o crochê perdeu espaço durante um tempo. Descubra hoje como fazer crochê com dicas para iniciantes:

Leia também:  Como alterar a senha no pinterest: 9 passos (com imagens)

Mas com a valorização das peças artesanais, o crochê ganhou status e voltou com tudo para a moda e para a decoração das casas.

E por isso mesmo, cada vez mais pessoas tem se interessado pela técnica, seja como forma de descontrair e relaxar, seja pela possibilidade de ganhar uma graninha extra.

Se você deseja começar nesse mundo novo do crochê, continue acompanhando o post que vamos te passar todas as dicas necessárias, desde a escolha dos materiais até a explicação dos pontos básicos, com tutoriais e vídeos explicativos. Vamos começar falando sobre os tipos de agulhas e linhas. Confira:

Tipos de agulhas e linhas para crochê

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Para quem está começando com o crochê agora é importante saber qual agulha e linha usar em cada trabalho. E não menospreze esse tópico, achando que não fará diferença. Existem diversos tipos de agulhas, as mais comuns são feitas de madeira, plástico, aço, alumínio e cabo emborrachado. Os tamanhos variam entre 0,5mm a 10mm.

De modo geral, agulha grossa é para linha grossa. Agulha fina é para linha fina. Você saberá pelo tipo de trabalho que irá fazer, mas é importante saber que as linhas grossas produzem pontos mais abertos, enquanto as linhas mais finas criam pontos mais fechados.

O mais recomendado para os iniciantes é iniciar com linhas mais finas, porque são mais fáceis de trabalhar. Porém, uma linha mais grossa com uma agulha mais fina pode ajudar quem está iniciando a ter mais firmeza para fazer os pontos.

As linhas de crochê são feitas em camadas torcidas que formam um tipo de cordinha, quanto mais camadas mais grossa será a linha e sua numeração. Os materiais mais utilizados para linhas de crochê são o algodão e a lã.

Os barbantes são o tipo de fio mais usado para a fabricação de tapetes, já que ele é mais grosso e confere ao trabalho um aspecto mais rústico. Uma vantagem do barbante é que ele permite criar peças mais rapidamente, em função da espessura do fio, com isso, o trabalho rende mais.

No inicio, prefira as linhas de apenas uma cor, elas permitem que você visualize com facilidade o ponto. As linhas coloridas ou mescladas deixe para quando já tiver um pouquinho mais de prática.

Lembre-se sempre de conferir na embalagem da linha qual o tamanho de agulha mais indicado.

Como fazer crochê: materiais necessários

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

Depois de escolher a agulha e a linha mais adequada para você iniciar o trabalho, separe os demais materiais necessários. É importante ter tudo à mão para evitar que você interrompa o crochê a todo instante. Faça o check list:

  • Agulhas
  • Linhas
  • Tesoura (de qualquer tipo e tamanho, apenas para cortar o fio)
  • Fita métrica (para ajudar a medir a peça e o tamanho da correntinha inicial)

Tipos de pontos de crochê e suas abreviações

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

1. Correntinha – corr

O ponto tipo correntinha é o primeiro que deve ser aprendido. Ele é mais simples e está presente em praticamente todos os trabalhos em crochê.

Para fazer o ponto correntinha forme um nó móvel em volta da agulha, dê a volta com a linha e passe pela laçada que foi criada. Puxe o pedaço de fio que está enrolado na agulha e inicie outro ponto através dele. Treine bastante, em média de 10 a 15 minutos por dia, até que consiga fazer pontos nem tão apertados nem tão soltos.

A abreviação do ponto correntinha ou corrente, como também é conhecido, é “corr”. Por isso, todas as vezes que você ver em um gráfico ou em uma revista essa indicação, lembre-se que trata desse ponto.

No vídeo abaixo, do canal Falando de Crochê, você confere o passo a passo simplificado de como fazer o ponte corrente, além de aprender o modo correto de segurar a linha. Confira:

Como fazer ponto correntinha ou corrente

2. Ponto baixíssimo – Pbx

O ponto baixíssimo é utilizado para finalizar peças, reforçar bordas, arrematar ou unir carreiras. Esse ponto não fica visível na peça e serve apenas para fazer um ponto seguro.

Muito parecido com o ponto corrente, o ponto baixíssimo se diferencia pela forma de dar a laçada que deve ser passando a agulha na correntinha. A abreviatura para esse ponto é “Pbx”.

Para não ter dúvidas de como fazer esse ponto, selecionamos o vídeo tutorial do artesão Wagner Reis com o passo a passo detalhado. Assista e faça também:

Como fazer ponto baixíssimo

3. Ponto Baixo – Pb

O ponto baixo é usado em peças que precisam ser mais firmes, como tapetes. Esse ponto é um pouquinho mais fechado e possui uma trama parecida com a do ponto alto.

Para fazê-lo é muito simples. Faça uma nova laçada a partir do ponto correntinha, mas não use a laçada que já está na agulha. Nesse ponto, você terá duas laçadas na agulha. Puxe uma nova laçada entre as duas, mantendo apenas uma na agulha. Vá repetindo.

Nos gráficos, o ponto baixo é representado como “Pb”.

O vídeo abaixo, do canal Aprendendo Crochê, mostra como fazer o ponto baixo de forma simples e fácil. Quer ver? Pegue agulha e linha e dê o play:

Como fazer ponto baixo do crochê

4. Ponto alto – Pa

O ponto alto produz peças com tecido mais mole. Esse ponto é mais aberto do que o ponto baixo e é utilizado para fazer diferentes peças de crochê, desde tapetes até blusas.

Leia também:  Como ajudar uma amiga que está sofrendo abusos

O tamanho desse ponto equivale a três pontos correntinhas. Para fazê-lo, enrole o fio em torno da agulha conte três pontos e dê uma laçada. Coloque a agulha no quarto ponto e puxe a linha, você ficará com três pontos na agulha. Tire os dois primeiros, lace e puxe pelos dois últimos.

O ponto alto é representado pela abreviação “pa”.

Tire as dúvidas de como fazer o ponto alto nesse vídeo do artesão Wagner Reis. Confira:

Como fazer ponto alto do crochê

Esses são os pontos mais importantes para quem está aprendendo crochê agora. Após praticar bastante, você estará dominando os pontos básicos e poderá passar para os pontos mais elaborados como o ponto segredo, ponto colmeia, ponto amor, ponto x, ponto zigue zague, entre outros.

Dicas para quem está começando a fazer crochê agora

  • A primeira coisa a fazer antes de iniciar uma peça é treinar os pontos. Faça uma peça de teste e desmanche quantas vezes for necessário. Isso é importante para que você se acostume com a agulha, a linha e o ponto.
  • Segure confortavelmente a agulha na mão. Não há uma maneira certa de segurar a agulha, mas o modo como você a utiliza definirá o seu estilo na técnica.
  • Prefira, no inicio, as cores únicas e preferencialmente mais claras para que você visualize melhor os pontos e possa fazer os ajustes necessários.
  • As agulhas maiores, acima de 2,5mm são as mais indicadas para quem está começando.
  • Caso perceba muita dificuldade com a linha de crochê, pode começar usando a linha para tricô.
  • O ponto correntinha é o principal. Comece por ele e não saia dele até conseguir manusear agulha e linha com facilidade.
  • Após treinar bastante com o ponto correntinha passe para os pontos baixo e alto.
  • Não são apenas os pontos de crochê que são conhecidos por abreviaturas. Existe outras abreviações importantes de conhecer para não ficar perdido ao ler um gráfico, entre eles estão: “sp” para indicar espaço; “pq” para representar ponto; “rep” que significa repita; “ult” para indicar último e “seg” que quer dizer seguinte.
  • Faça projetos diferentes: tapetes, blusas e outras peças.
  • Não use gráficos no inicio, eles podem te confundir. Procure aprender com vídeos tutoriais até se sentir seguro o suficiente para iniciar com eles.
  • Na hora de comprar a linha atente-se para algumas indicações importantes. A primeira delas é a metragem, ou seja, o tamanho da linha. Os vídeos que você assistir indicarão a metragem de linha necessária para confeccionar a peça. Sabendo disso, você comprará a linha de acordo com a sua necessidade. Essa informação consta na embalagem e cada fabricante trabalha com uma metragem diferente, o que é bom assim evita que falte linha ou, então, sobre linha demais.
  • Verifique também o peso ou espessura da linha. Caso você compre uma linha mais fina que a indicada no modelo, será preciso dar mais pontos do que o indicado na “receita”.
  • Outra coisa importante que o aprendiz de crochê deve saber é sobre a textura e maciez da linha. Ao trabalhar com duas linhas diferentes, certifique-se de que ambas sejam da mesma marca. Dessa forma você garante a uniformidade da peça. Já a textura da linha se refere a quantidade de camadas e dobras que ela tem. Um fio mais grosso evidencia os detalhes, enquanto os fios finos não revelam detalhes, deixando a peça mais homogênea e lisa.

Vídeos tutoriais para iniciar a técnica do crochê

Aprender vendo outra pessoa fazer é bem mais fácil, não é mesmo? Por isso, selecionamos alguns vídeos aulas com passo a passo simples de como fazer crochê. Assista, treine e, com certeza, dentro de pouco tempo você estará fazendo peças lindas e variadas de crochê.

1. Bico de crochê fácil, bonito e simples para toalha e fraldas

O artesão Wagner Reis ensina nesse outro vídeo como fazer um bico simples de crochê para valorizar toalhas, fraldas e panos de fralda. Um passo a passo importante e fundamental para todos aqueles que estão começando agora na técnica.

2. Quadradinho em crochê fácil – Passo a passo

Sabe aquelas colchas ou xales de sofá feitos com quadradinhos de crochê? Você pode aprender a fazê-los nesse vídeo com a artesã Drikka Mota. Aprenda e já comece a criar lindas peças.

3. Tapete de crochê simples e fácil para iniciantes

E que tal subir mais um degrau no aprendizado e descobrir como fazer um tapete de crochê simples e bonito? Gostou da ideia? Então acompanhe o passo a passo nesse vídeo do canal JNY Crochê.

4. Caminho de mesa simples e fácil de fazer

Decore sua cozinha com um lindo caminho de mesa. O canal Artes da Desi Croche ensina o passo a passo dessa peça para que você consiga aumentar gradativamente suas habilidades com o crochê. Prepare os materiais e assista:

Crochê para iniciantes: dicas essenciais para aprender a técnica (VÍDEOS)

iStock

De tapetes de cozinha e jogos para banheiro até bolsas e biquínis, o crochê se faz presente na casa de muitas pessoas e até mesmo na moda.

São diversas as peças feitas a partir desta técnica de produção artesanal que há anos vem marcando presença no dia a dia dos brasileiros. Para quem não entende muito de crochê, ver a arte pronta parece algo impossível de fazer.

Leia também:  Como calcular frequência acumulada: 11 passos

Mas saiba que com algumas dicas, determinação e principalmente prática tudo vai ficando mais fácil! Aqui você aprenderá alguns passos de crochê para iniciantes.

Materiais necessários

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens)

iStock

Para fazer crochê, os principais materiais que você irá precisar são basicamente de linha e agulha. Outros itens como tesoura e fita métrica também irão te ajudar a começar. Confira mais detalhes:

  • Agulha: existem vários tipos de tamanho de agulhas, desde as finas até as mais grossas. No início, opte por uma fina, já que com ela é mais fácil de trabalhar.
  • Linha: utilize sempre a linha com espessura ideal de acordo com a agulha que irá manusear. Fique à vontade para escolher a cor!
  • Tesoura: a tesoura é essencial para arrematar e cortar os fios. Por isso, tenha sempre ao seu lado uma que corte bem.
  • Fita métrica: mesmo contando os pontos, é possível que o crochê comece a tomar formas diferentes. Neste caso, a fita métrica é indispensável para medir seu trabalho.

Todos os materiais listados acima têm preços acessíveis e podem ser encontrados em lojas de artesanatos e aviamentos.

Dicas de crochê para iniciantes

Se você nunca teve contato com o crochê, começar a fazer pode ser uma tarefa difícil. Mas é possível aprender esta arte tão bela com algumas técnicas. Veja!

1. Crochê do zero em 5 passos

A Ju é professora de crochê e, com muita didática, demonstra os passos necessários para quem está entrando no universo das linhas e agulhas. São eles: como segurar a agulha e o fio, laçada inicial, correntinhas e pontos baixos, altos e baixíssimos.

2. Dicas de crochê para iniciantes

Tesoura, fita métrica e caderno de anotações são alguns dos materiais indispensáveis para quem está começando a fazer crochê. A Jane também ensina a não iniciar o trabalho com pontos apertados e sempre manter as carreiras retas.

3. Tipos de linhas e agulhas para crochê

No vídeo da Drikka você aprende a conferir texturas e numerações de cores das linhas de crochê, bem como identificar as agulhas ideais para cada tipo de trabalho.

4. Agulhas de crochê

De forma mais detalhada, este vídeo mostra todos os tipos de agulha que existem no mercado com especificações de materiais, tamanhos e preços.

5. Como fazer o arremate na peça de crochê

Veja no tutorial como dar o acabamento perfeito na peça de crochê com o arremate e o fio escondido por entre os pontos.

Com todas as dicas acima você já pode começar a crochetar! Se parecer complicado de início, não desista e continue a praticar. O segredo é treino e persistência!

Crochê para iniciantes: passo a passo

Agora que você conhece as principais técnicas do crochê é hora de fazer peças mais elaboradas. Confira abaixo tutoriais selecionados especialmente para iniciantes!

1. Como fazer crochê circular

O crochê em formato redondo é ideal para treinar suas habilidades. Primeiramente faça a laçada inicial e depois continue com as carreiras até que o trabalho fique no tamanho desejado.

2. Quadradinho de crochê para iniciantes

Com três cores diferentes, este quadradinho é fácil de fazer! Após crochetar alguns, dá para fazer almofadas, colchas, mantas e diversos outros trabalhos de patchwork.

3. Flor de crochê enrolada

Comece fazendo um cordão com 68 correntinhas e depois trabalhe com pontos baixos. Depois é só enrolar e arrematar a flor!

4. Coração de crochê para aplicação

Fácil e rápido de fazer, este pequeno coração de crochê é perfeito para ser aplicado em almofadas, colchas, bolsas e onde mais sua criatividade mandar.

5. Bico de crochê

Bicos de crochê dão toque de charme nas barras de panos de prato! Para fazer, recomenda-se usar linhas e agulhas mais finas.

6. Pulseira de crochê

Com uma linha fina em mãos e agulha 1.25 mm, faça oito pequenas flores e pregue uma na outra com argolas. Um lindo acessório para complementar seu look!

Como Arrematar Tricô: 5 Passos (com Imagens) Veja também Colcha de crochê: 60 ideias e tutorais para você fazer a sua

Siga com pontos simples para fazer este belo sousplat redondo de crochê! Você precisará de uma linha mais grossa para dar firmeza à peça e agulha 1.75 mm.

8. Gorro de crochê

Nada melhor que um gorro quentinho para aquecer os dias frios! Utilize uma linha específica para gorros e agulha 6mm ou 7mm para dar acabamento mais largo aos pontos.

9. Cropped de crochê

Use linha número 3 e agulha 2mm para fazer o cropped de crochê. Versátil, pode ser utilizado também como parte de cima do biquíni.

10. Tapete simples e fácil para iniciantes

Para fazer este belo tapete de crochê você precisará de barbante 24 fios e agulha 7mm. Os pontos simples são ideais para quem está começando!

Se antigamente crochê era ‘coisa de vó’, hoje é uma arte que movimenta o mercado e ainda auxilia muita gente como forma de terapia. Além das peças aqui mostradas, a técnica abrange uma infinidade de trabalhos únicos e cheios de criatividade, tais como blusas, cachecóis, caminhos de mesa e artigos em geral para casa e decoração. Está esperando o quê? Comece a fazer você também!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*