Como aplicar óleo de amêndoas no cabelo: 12 passos

  • Cada tipo de cabelo tem suas próprias necessidades de hidratação e, por isso, existem diversas máscaras caseiras, econômicas e eficazes, que podem ser utilizadas.
  • É possível garantir a hidratação dos fios com produtos naturais como maisena, abacate, mel e iogurte, combinando a sua utilização com alguns óleos naturais, como o azeite de oliva, óleo de amêndoas, óleo de argan ou óleo de coco, que hidratam e nutrem profundamente os fios de cabelo. 
  • Para conseguir uma hidratação profunda e profissional em casa, é necessário evitar fazer a máscara no banho para não diluir o produto, assim como é recomendado aplicar a máscara nos fios mecha por mecha, sempre de cima para baixo. Veja, a seguir, as máscaras recomendadas para cada tipo de cabelo:

1. Cabelo cacheado

  1. Como Aplicar Óleo de Amêndoas no Cabelo: 12 Passos
  2. O cabelo cacheado tende a ser mais seco porque a oleosidade natural da raiz não chega até as pontas, e por isso a solução ideal é hidratar o cabelo de 2 a 3 vezes por semana. Para o fazer, pode-se optar por usar uma máscara caseira de Maisena, que pode ser preparada do seguinte modo: 
  3. Máscara caseira de Maisena: 
  • Ingredientes: 2 colheres de sopa de Maisena + 2 colheres de máscara hidratante + 1 colher de sopa de óleo de coco; 
  • Como preparar: colocar 1 xícara de água numa panela e adicionar as 2 colheres de maisena. Levar ao fogo durante alguns minutos até que a mistura adquira a consistência de máscara de cabelo. Retirar do fogo e deixar esfriar. Por fim, misturar todos os ingredientes e passar no cabelo. 

Veja outras receitas de máscaras caseiras e naturais para hidratar os cabelos cacheados.

2. Cabelo crespo

  • Como Aplicar Óleo de Amêndoas no Cabelo: 12 Passos
  • O cabelo crespo geralmente é mais seco e quebra facilmente e por isso ele necessita de cuidados diários, que permitam uma boa hidratação. Para hidratar este tipo de cabelo, a máscara de abacate e maionese é uma ótima opção e pode ser preparada da seguinte forma:
  • Máscara caseira de abacate e maionese:
  • Ingredientes: 1 abacate maduro + 2 colheres de sopa de maionese + 1 colher de sopa de óleo de amêndoas; 
  • Como preparar: descascar e triturar o abacate, adicionando em seguida a maionese e o óleo de amêndoas. Misturar bem todos os ingredientes e passar no cabelo como uma máscara. 

Esta máscara deve ser feita 1 a 2 vezes por semana e para pentear devem ser usados creme de pentear, sérum ou mousse hidratantes. 

3. Cabelo seco

  1. Como Aplicar Óleo de Amêndoas no Cabelo: 12 Passos
  2. Os cabelos secos necessitam de ingredientes que confiram brilho, hidratação e suavidade. Para isso, a máscara de mel e abacate é uma excelente opção, que pode ser preparada da seguinte forma: 
  3. Máscara caseira de mel e abacate: 
  • Ingredientes: 3 colheres de sopa de mel + 1 abacate maduro + 1 colher de sopa de óleo de argan; 
  • Como preparar: descascar e triturar o abacate, adicionando em seguida o mel e o óleo de argan. Misturar bem todos os ingredientes e passar no cabelo como uma máscara.

Veja outras receitas caseiras para hidratar os cabelos secos e danificados

4. Cabelo pintado

  • Como Aplicar Óleo de Amêndoas no Cabelo: 12 Passos
  • Os cabelos pintados também precisam de bastante atenção, pois se não forem hidratados regularmente têm tendência para secar e quebrar. Para isso, uma máscara de banana com mel é uma boa opção: 
  • Máscara de banana com mel
  • Ingredientes: 1 banana maduras + 1 pote de iogurte natural + 3 colheres de sopa de mel + 1 colher de sopa de azeite de oliva; 
  • Como preparar: descascar as bananas, adicionar em seguida o mel, o iogurte e o azeite de oliva. Misture bem todos os ingredientes e passar no cabelo como uma máscara.

5. Cabelo quebradiço e ressecado

  1. Como Aplicar Óleo de Amêndoas no Cabelo: 12 Passos
  2. Os cabelos quebradiços e sem vida necessitam de cuidados diários e devem ser hidratados 1 a 2 vezes por semana. Nestes casos, o mais indicado é a máscara de glicerina, que pode ser preparada do seguinte modo: 
  3. Máscara de glicerina: 
  • Ingredientes: 1 tampa de glicerina líquida bi-destilada + 2 colheres de máscara hidratante à escolha; 
  • Como preparar: misturar a glicerina com a máscara hidratante e passar no cabelo.  

6. Cabelo loiro

  • Como Aplicar Óleo de Amêndoas no Cabelo: 12 Passos
  • O cabelo loiro necessita não só de hidratação mas também de produtos que ajudem a avivar e manter a sua cor, sendo por isso indicada a utilização de uma máscara de camomila e maisena. 
  • Máscara de camomila e maisena: 
  • Ingredientes: 2 colheres de sopa de flores secas de Camomila ou 2 sachês de chá + 2 colheres de sopa de Maisena + 2 colheres de creme hidratante;
  • Como preparar: ferver 1 xícara de água e adicionar a camomila. Tampar e deixar em repouso durante 10 a 15 minutos. Depois, colocar o chá numa panela e adicionar as 2 colheres de maisena e levar ao fogo durante alguns minutos até que a mistura adquira a consistência de máscara de cabelo. Deixar a mistura arrefecer e misturar com o creme hidratante. 

Veja outras formas de usar a camomila para clarear o cabelo.

Passo-a-passo para fazer uma hidratação caseira

As hidratações caseiras, quando feitas de forma correta, podem resultar tão bem quanto as hidratações feitas no salão. A diferença está muitas vezes nos detalhes e por isso ela deve ser feita da seguinte forma: 

  1. Começar por lavar bem o cabelo com um shampoo à escolha; 
  2. Retirar o excesso de água do cabelo usando uma toalha ou papel toalha ou toalhas de microfibra, que evitam o frizz e reduzem a eletricidade estática;
  3. Desembaraçar o cabelo com uma escova ou pente e separar o cabelo em diferentes partes usando piranhas; 
  4. Depois começar a aplicar a máscara na parte de baixo do cabelo, mecha por mecha e de cima para baixo, evitando passar muito perto da raiz; 
  5. Deixar a máscara caseira atuar por 20 minutos. Para potenciar o efeito da máscara, pode-se optar por enrolar uma toalha na cabeça ou usar uma touca térmica.

Por fim, deve-se retirar toda a máscara com água abundante e pentear e secar o cabelo como normalmente. 

Guia para o cabelão: Dicas e passos completos para o cabelo crescer

Guia para o cabelão: Dicas e passos completos para o cabelo crescer – Reprodução

Guia para o cabelão: Dicas e passos completos para o cabelo crescer. Como fazer o cabelo crescer rápido naturalmente? Não tem muito segredo.

Basicamente, a pessoa precisa se alimentar de maneira saudável, consumir bastante água e evitar o consumo de alimentos processados e acúmulo de toxinas. Mas existem outras dicas adicionais que ajudam o cabelo crescer mais rápido.

Projeto Rapunzel 2.0: Passo a passo correto para ter o cabelão saudável

Comer alimentos ricos em proteínas

Os alimentos ricos em proteínas ajudam o cabelo crescer mais rápido, pois são essenciais para a formação dos fios. Se você for vegetariano estrito não se esquece de checar se precisa suplementar vitamina B12 e consuma fontes diversificadas de proteína para obter todos os aminoácidos essenciais.

Máscara caseira de abacate

Para o cabelo crescer mais rápido aplique nele uma máscara caseira de abacate batido com azeite de oliva na proporção de meio para meio. Massageie no couro cabelo e ao longo dos fios. Deixe agir por 20 minutos e lave naturalmente, como de costume.

É Fácil: três máscaras capilares com abacate para transformar a aparência dos fios

Massageie o couro do cabelo

Ao lavar o cabelo massageie todo o couro cabeludo com as pontas dos dedos. Dessa forma você ativa a circulação sanguínea, favorecendo naturalmente o crescimento do cabelo. Se você não lava o cabelo todos os dias, faça massagem com ele seco.

Babosa

Para fazer o cabelo crescer rápido pegue uma folha grande de babosa, descasque-a, armazene a gelatina que há no interior, corte-a em cubinhos e ponha para congelar.

O congelamento conserva a babosa por mais tempo. Uma vez por semana você pode bater um cubinho desses com um pouco de azeite de oliva e passar nos cabelos. A babosa é um ótimo hidratante natural.

Leia também:  Como alimentar um recém‐nascido com mamadeira

Cinco formas de usar babosa no cabelo com 5 resultados

Jaborandi

A casca da árvore do jaborandi é um fortificante ótimo para quando o cabelo está enfraquecido por estresse, poluição ou doenças, além de fazer o cabelo crescer mais rápido também.

Óleos para hidratar

Recomenda-se o uso de um óleo vegetal uma vez por semana pelo menos para a hidratação dos fios, dentre eles estão o azeite de oliva, o óleo de semente de uva e o óleo de amêndoas

Você pode utilizar qualquer óleo de sua preferência, pois todos os óleos vegetais são bons para essa finalidade. O óleo de coco também é uma ótima alternativa para fazer o cabelo crescer naturalmente.

Para preparar o óleo é só misturar o óleo vegetal escolhido em um vidro com alecrim ou com sálvia (pode ser a essência, o chá ou as folhas) e deixe curtir em um local escuro.

Depois é só colocar o óleo na palma da mão e passar por todo o cabelo, da raiz até as pontas, massageando bem o couro cabeludo. Faça este tratamento apenas quando o cabelo estiver limpo.

Óleo de coco e alecrim: Tratamento caseiro para fazer o cabelo crescer

Água pura

Uma dica é lavar os cabelos só com água pura, ou seja, da fonte, pois a água que recebemos em casa contém cloro. Você também pode utilizar um sabão neutro para tirar o excesso de gordura, uma boa opção é lavar o cabelo uma vez por semana com sabão de coco ou xampu neutro e nas outras vezes lavar com água pura.

Influência da lua

O planeta é afetado diretamente pela variação das forças da gravidade que é alterada de acordo com as fases da lua. Assim, se você cortar seu cabelo quando for lua nova ou no começo da lua crescente, a tendência é que ele cresça mais rápido.

Vinagre de maçã

Você pode misturar o vinagre de maçã com um pouco de água e usar para lavar os cabelos; em seguida, lave o cabelo com shampoo (de preferência caseiro) normalmente. Portanto, isso estimula os folículos capilares, fazendo o cabelo crescer mais rápido.

> Vinagre para os cabelos: veja a forma certa de aplicar para ter resultado

Como Aplicar Óleo de Amêndoas no Cabelo: 12 PassosComo Aplicar Óleo de Amêndoas no Cabelo: 12 Passos

Como usar óleo de amêndoa para cabelos? Aprenda aqui!

Ele é poderoso, não é a toa que está fazendo muito sucesso entre as mulheres: óleo de amêndoa para cabelos. Além de hidratar, esse óleo promete dar brilho, recuperar fios ressecados e outros benefícios. Parecer ser um ótimo aliado para a nossa saúde capilar, não é mesmo? Então fique por dentro de todas as vantagens que você pode tirar desse produto.

Benefícios do óleo de amêndoa

O óleo de amêndoa é conhecido pelas suas vitaminas B1, B2, PP, B5, B6, pró-vitamina A e substâncias minerais. Além de ser um excelente emoliente, esse produto hidrata a pele e o cabelo. Muito usado em massagens e para prevenir estrias, muitas pessoas ainda não sabem que ele faz muito bem à saúde capilar.

Suas propriedades hidratantes são facilmente absorvidas pelas fibras capilares. Seu uso é indicado para cabelos ressecados, com frizz e pontas duplas.

Como Aplicar Óleo de Amêndoas no Cabelo: 12 PassosCabelo hidratado e brilhante

Como usar o óleo de amêndoas no cabelo?

Você pode usar durante a umectação diurna, seguindo os passos:

  • Aplique uma quantidade de óleo nos fios secos, mecha por mecha, do comprimento até as pontas.
  • Deixe o óleo agir por uns 30 minutos.
  • Depois, lave o cabelo normalmente com shampoo e condicionador específicos para o seu tipo de fio.
  • Se preferir, passe uma máscara hidratante a base de óleo. Deixe agir pelo tempo indicado na embalagem e enxágue bem.

Para fortalecer a raiz do cabelo, algumas pessoas aplicam o óleo de amêndoa no couro cabeludo e massageiam com os dedos essa região. Depois, a lavagem é feita com um shampoo anticaspa. Massageie o couro cabeludo, enxágue, passe condicionador no comprimento e lave novamente.

Óleo de amêndoa em cabelos coloridos

Cabelos descoloridos ou coloridos pela química tendem a ficar mais ásperos, ressecados e porosos. O óleo de amêndoa pode ser uma boa solução para combater esses problemas, devolvendo brilho e maciez aos fios.

Hidratação com óleo de amêndoas para cabelos cacheados

A oleosidade natural dos cabelos cacheados e crespos tem mais dificuldade de caminhar da raiz capilar até as pontas. Isso explica o ressecamento nas extremidades desses tipos de texturas. O óleo de amêndoa pode ser um bom aliado para reverter esse estado e dar brilho aos cachos.

Onde comprar óleo de amêndoa para cabelos?

É possível encontrar em farmácias e lojas especializadas em cosméticos. O preço varia entre 3 e 30 reais, depende do tamanho e da marca.

Tenha cuidado!

Algumas informações na internet indicam que o óleo de amêndoa combate a caspa e a queda capilar. Mas sabemos que esse produto apenas hidrata os fios. Para acabar com as caspas, use produtos específicos para isso.

Sugestões de produtos

Para hidratar nossa dica é a Máscara De Tratamento Nexxus Oil Infinite. Enriquecida com proteína concentrada, glicerina e um blend de óleos preciosos, incluindo babaçu e marula, essa máscara hidratante nutre o cabelo para deixá-lo sedoso, radiante e responsivo.

11 passos para hidratar os cabelos em casa corretamente

Engana-se quem acha que só é possível ter cabelos sempre hidratados indo ao salão. Hoje em dia isso não cola mais, já existem muitas máscaras boas, que agem em pouco tempo e, se aplicadas da forma correta, hidratam o cabelo consideravelmente e ajudam a mantê-lo saudável, sem que você precise ir ao cabeleireiro toda semana.

Preparei um post para ajudar quem ainda tem dúvidas sobre como hidratar os cabelos em casa da forma certa e talvez isso possa facilitar a vida de muitas. Claro que algumas dicas aí já são velhas (bem velhas) conhecidas, outras nem tanto, então vale a pena conferir!

1. Cabelos limpos fazem toda a diferença

Se o cabelo não for lavado da forma certa, o excesso de oleosidade e impurezas impedirá que a máscara capilar aja no fio e dê o efeito desejado. Por isso, é importante lavar o cabelo muito bem antes da hidratação.

2. Condicionador antes/depois da hidratação pode?

Melhor não. Por dois motivos: primeiro porque as cutículas do fio precisam estar abertas para o produto agir corretamente, e a função do condicionador é justamente fechá-las – logo, ele vai atrapalhar a ação da máscara. O segundo motivo é meio óbvio: o excesso de produtos hidratantes poderão deixar o cabelo pesado, sem balanço.

Depois da aplicação não é necessário, também para não pesar os fios. Se você quiser, na hora de secar, pode aplicar algumas gotinhas de leave-in.

3. Evite aplicar a máscara nos cabelos molhados

Hidratar os cabelos no banho é extremamente prático (as famosas máscaras que agem em 3 minutos!), mas tem seus pontos negativos. Ao aplicar a máscara nos cabelos molhados o produto é diluído e perde a eficiência, o que não é nem um pouco bom.

Para evitar isso, antes da aplicação seque os cabelos na toalha (sem esfregar), apertando suavemente os fios para tirar o excesso de água, depois desembarace-os com um pente largo e só então aplique a máscara.

4. Higiene é essencial

Evite colocar as mãos no pote para retirar/aplicar o produto, de preferência use um pincel de tintura bem limpo. Se você não tem, use uma colherzinha para retirar o produto do pote e o aplique com as mãos bem limpas.

Isso tudo evita que o produto seja contaminado por bactérias ou altere seu pH.

Leia também:  Como aliviar síndrome do túnel do carpo com massagem terapêutica

 5. Aplicando a máscara da forma correta

O ideal é aplicar a máscara mecha por mecha, partindo da parte de baixo do cabelo (próximo à nuca) até a parte frontal (proximo à testa). Para cabelos normais a secos, o produto deve ser aplicado a partir de dois até quatro dedos de distância da raiz. Para cabelos mistos e oleosos, do meio do cabelo às pontas. O importante é nunca aplicar a máscara na raiz, em nenhum dos casos!

Obs: se você tem cabelo muito oleoso e acha que seu cabelo pode “ensebar”, aplique somente nas pontas.

6. Quantidade não é qualidade

Evite emplastar o cabelo de creme, não é a quantidade que faz a diferença e sim a forma de aplicação. Preocupe-se em garantir que todos os fios recebam produto igualmente.

7. Truques de salão

O ponto chave da hidratação é massagear cada mecha com cuidado. Uma dica bacana é aplicar o produto de cima para baixo, distribuindo-o por toda a mecha. Depois, massageie de baixo para cima para que o produto penetre melhor na cutícula do cabelo. Para finalizar, de cima para baixo novamente, para fechar a cutícula e dar brilho aos fios.

8. Não passe do tempo

Siga à risca o tempo recomendado para deixar a máscara agir. Passar do tempo não otimiza o efeito, muito pelo contrário, pode até ressecar os cabelos.

9. O calor ajuda, mas pode atrapalhar

Depois da aplicação da máscara, prenda o cabelo e coloque uma touca laminada (se você não tiver nenhuma, touca de banho serve ou ainda uma toalha morna). O calor ajuda a abrir as cutículas do cabelo e garante que o produto atue melhor.

Evite toucas térmicas (aquelas de 1900 e dinossauro, que você liga na tomada) porque na maioria das vezes elas fornecem calor além da conta e podem danificar a estrutura do fio, bem como queimar o couro cabeludo.

10. Não deixe resíduos de produto

Depois da hidratação, enxague bem os cabelos apenas com água até que o produto saia completamente. Muita gente acha que deixar resíduos de máscara ou condicionador faz bem para os fios e isso é um péssimo engano: não retirar esses resíduos pode deixar os cabelos opacos, pesados e até causar a queda.

11. A temperatura da água faz toda a diferença

Antes da hidratação, a água morna é bacana para ajudar a abrir a cutículas do cabelo. Depois, na hora de enxaguar a máscara, a temperatura da água precisa ser ligeiramente fria (não muito) para selar a cutícula do cabelo, evitar fios arrepiados e deixá-los brilhosos.

E aí, gostou das dicas?

12 passos simples para você ter um cabelo crespo de dar inveja

  • Os cabelos crespos têm a característica de serem mais ressecados por serem espiralados, fazendo com que a oleosidade natural dos cabelos não chegue até as pontas, ficando somente na raiz.
  • Mas, hoje existem no mercado várias marcas de produtos para se conseguir ter um cabelo crespo de dar inveja em qualquer um.
  • Antes, eles eram muito difíceis de cuidar, mas hoje com essa variedade de produtos, com certeza ficou muito mais fácil.
  • Mas, só isso não basta.
  • Há alguns cuidados que você deve ter se optou por assumir os fios crespos.
  • Os cuidados vão desde a lavagem dos cabelos até a escolha do produto ideal para os fios.
  • Elaboramos este artigo com várias dicas para você cuidar devidamente dos fios e sair por aí com um cabelo crespo de dar inveja!
  • Tome nota.
  • Veja Também: 8 privilégios que só quem tem cabelo crespo conhece

1 – O que comer?

  • Comece ingerindo frutas frescas e vegetais diariamente – isso fará com que melhore o aspecto dos fios, nada melhor do que uma dieta rica em frutas e vegetais para manter a saúde dos cabelos.
  • Tome bastante água ela mantém a vitalidade dos cabelos.
  • O abacate é ótimo para manter a oleosidade natural dos cabelos, pois é uma fruta rica em gordura, portanto, não exagere na dose!

Veja Também: Cabelo crespo loiro perfeito: saiba como conseguir

2 – Cabelos crespos podem ser tingidos?

A resposta é sim! As tinturas podem até ajudar na hidratação dos fios, desde que sejam produtos de boa qualidade.

Portanto, não saia por aí passando qualquer coisa nos cabelos pois, além de ressecar os fios, você (dependendo do que passar) pode danificar a estrutura dele.

Veja Também: 10 Coisas que você precisa saber antes de pintar o cabelo

3 – Qual a forma correta de lavar os cabelos crespos?

  1. Pois bem, a forma mais correta de se obter um cabelo bem lavado é massagear bastante o couro cabeludo, a massagem irá estimular a produção de gordura e essa atua protegendo os cabelos.
  2. Veja Também: Cabelos crespos sem frizz na praia: 6 truques infalíveis

4 – Quando devo hidratar meus cabelos?

  • Cabelos crespos devem ser hidratados pelo menos 1 vez na semana, pois são cabelos bastante ressecados então precisam de uma hidratação intensa.
  • Aposte nos produtos à base de:
  • Derivados de silicone
  • Óleos e extratos vegetais
  • Ceramidas
  • Vitamina E
  • Melaleuca

Estes atuam profundamente nos cabelos recuperando-os, repondo nutrientes e deixando seu cabelo crespo de dar inveja em qualquer um.

Veja Também: Máscara de hidratação caseira para cabelos cacheados

5 – Cronograma capilar é muito importante!

  1. Faça o seu cronograma capilar, alternando em hidratação, nutrição e reconstrução, isso devolverá todos os nutrientes que seu cabelo precisa.
  2. Lembrando que o cronograma capilar deve ser feito com cuidado e sem excessos, não devendo ser feito sempre, digo, toda semana, igual a hidratação, você deve analisar o aspecto dos seus fios e perceber o que estão precisando naquele momento.
  3. Veja Também: 6 itens essenciais para quem tem cabelo cacheado ou crespo

6 – Qual produto devo usar para ter um cabelo crespo de dar inveja?

  • Você deve optar, na hora de lavar os cabelos, pelo shampoo sem sal e específico para cabelos crespos.
  • E para você quem tem os cabelos crespos com química, o melhor é usar produtos específicos, ou seja, uma linha própria para manutenção dos fios crespos com química que já são facilmente encontrados em drogarias e supermercados.
  • Conheça: Os 6 melhores shampoos para cabelos cacheados

7 – Devo usar condicionador em meus cabelos?

Sim, você deve usar pois o condicionador fecha as cutículas do cabelo fazendo reduzir o volume e dar brilho.

Portanto, não abra mão do condicionar em seus fios sempre após a lavagem. Ah! E sempre com produtos específicos para cabelos crespos.

Veja Também: A importância do condicionador para o cabelo

8 – Qual a temperatura da água que devo lavar os cabelos?

  1. Se você quer conquistar um cabelo crespo de dar inveja, lave-o com água morna ou fria, a água muito quente acaba ressecando os cabelos, e não adianta nada você fazer de tudo – comprar cremes, hidratar, lavar com o shampoo correto – e usar a água quente.
  2. Seu cabelo continuará ressecado e sem brilho.
  3. Veja Também: Cabelos crespos estão em alta: a volta do estilo black power!

9 – E após lavar os cabelos, o que devo usar?

  • Após a lavagem dos cabelos você deve usar um creme para pentear especifico para seu tipo de cabelo, deixando-os secar naturalmente.
  • Se você preferir pode usar um gel hidratante ou um spray intensificador de brilho, estes ajudarão a prevenir o ressecamento dos fios.
  • Conheça: Os melhores tratamentos para cabelos crespos
Leia também:  Como capturar os 3 regis em pokémon sapphire e ruby

10 – Quando devo cortar os cabelos?

  1. Você deve cortar os cabelos sempre que achar que as pontas estão muito ressecadas e sem vida, um bom corte irá ajudar a manter seu cabelo saudável e sem aquelas pontas duplas que incomodam qualquer uma.
  2. O importante é evitar o corte reto, especialistas dizem que isso faz com que o cabelo fique armado e volumoso.
  3. Veja Também: Tendência: Cortes Curtos para Cabelos Cacheados

11 – Como devo pentear meus cabelos?

Cabelos crespos requerem muito cuidado, e na hora de pentear não é diferente. Você deve optar por pentes de dentes largos assim você evita quebra-los.

Passe um creme para pentear específico para cabelos crespos e penteie devagar com os cabelos ainda úmidos.

Veja Também: 8 penteados para cabelos crespos e cacheados

Como faço para livrar dos cabelos arrepiados depois de secos?

Existem várias formas de conseguir um cabelo sem frizz ou arrepiados. Veja algumas delas:

  • Use finalizadores à base de cera ou silicone
  • Use a pomada como finalizadora

Lembrando que esses finalizadores devem ser usados em pequenas quantidades para evitar que os cabelos fiquem embaçados e com aspecto de cabelo sujo.

Veja Também: Aprenda a cuidar do cabelo crespo e cacheado

Os benefícios do óleo de amêndoa para a pele, cabelos e culinária

Amêndoas são potências nutricionais. Eles são cheios de gorduras saudáveis, fibras, fitoquímicos, vitaminas e minerais.

Amêndoas foram originalmente cultivadas no Oriente Médio. Hoje, a Califórnia é o maior produtor de amêndoas do mundo. A produção de amêndoas da Califórnia dobrou nos últimos 20 anos. Isso ocorre porque mais e mais pessoas estão se conscientizando dos benefícios de saúde. A American Heart Association recomenda amêndoas para as gorduras saudáveis ​​para o coração.

Mas e o óleo de amêndoa? Aqui está uma olhada nos benefícios para a saúde.

O que é óleo de amêndoa?

Quase metade do peso de uma amêndoa seca é óleo. Amêndoas maduras são pressionadas para extrair o óleo com o mínimo de calor.

Este óleo de amêndoa não refinado protege os nutrientes e o sabor do óleo. Alto calor e, às vezes, produtos químicos são usados ​​para criar óleo de amêndoa refinado.

Embora o óleo de amêndoa refinado seja mais tolerante ao calor, ele pode não ter o valor nutricional de variedades não refinadas. O óleo de amêndoa, que também é chamado de óleo de amêndoa doce, não é o mesmo que o óleo de amêndoa amarga.

O óleo de amêndoa amarga é feito de uma variedade diferente de amêndoas. É refinado para remover toxinas que estão naturalmente presentes na pele das amêndoas.

Benefícios gerais do óleo de amêndoa

O óleo de amêndoa é rico em vitamina E e é uma ótima fonte de magnésio, fósforo e cobre. O óleo rico em antioxidantes é conhecido por suas habilidades de combate aos radicais livres. Também é anti-inflamatório e aumenta a imunidade.

Contendo ácidos graxos ômega-3, o óleo de amêndoa pode ajudá-lo a manter níveis saudáveis ​​de colesterol e melhorar sua memória. Isso pode ajudar a diminuir o risco de doenças como câncer e doenças cardíacas.

Benefícios do óleo de amêndoa para a pele

O óleo de amêndoa é usado há séculos para acalmar a pele e tratar pequenas feridas e cortes. Ele tem sido usado em práticas chinesas e ayurvédicas antigas para tratar doenças de pele como eczema e psoríase.

Mais do que suavizar a pele seca, o óleo de amêndoa pode melhorar a tez e o tom da pele. É altamente emoliente, o que significa que ajuda a equilibrar a absorção de umidade e a perda de água.

Por ser antibacteriano e cheio de vitamina A, o óleo de amêndoa pode ser usado para tratar a acne.

Sua concentração de vitamina E também pode ajudar a curar os danos causados ​​pelo sol, reduzir os sinais de envelhecimento e desaparecer as cicatrizes.

O óleo de amêndoa absorve rapidamente e é um poderoso hidratante, para que possa ser usado no rosto ou no corpo. Você pode aplicá-lo diretamente ou misturá-lo com óleos essenciais para obter seus benefícios. Além de hidratar a pele, o óleo de amêndoa é um ótimo óleo de massagem ou tratamento de pele.

Também possui poderosas propriedades antifúngicas. Esfregue-o nos pés para evitar o pé de atleta ou para ajudar a remover outras infecções fúngicas como a micose. Você pode usar o óleo de amêndoa como limpador ou para remover delicadamente a maquiagem.

Benefícios do óleo de amêndoa para cabelos

Sua pele não é a única coisa que pode se beneficiar do óleo de amêndoa. O óleo nutritivo pode amaciar e fortalecer o cabelo. Como é rico em vitamina B-7, ou biotina, o óleo de amêndoa ajuda a manter os cabelos e as unhas saudáveis ​​e fortes. Também pode ajudar a proteger o cabelo dos danos causados ​​pelo sol, com um FPS 5 natural.

Você pode usar o óleo de amêndoa como tratamento para o couro cabeludo. Suas propriedades antibacterianas e fungicidas o tornam eficaz no equilíbrio do fermento que causa a caspa. Ele absorve facilmente a pele, portanto o óleo de amêndoa funciona bem em hidratar o couro cabeludo e limpar os folículos capilares.

Você também pode suavizar o frizz e curar cabelos danificados com óleo de amêndoa. Aplique uma quantidade do tamanho de uma moeda de dez centavos ou menos nas pontas dos cabelos antes de secar para hidratar e diminuir o frizz.

Você deve cozinhar com óleo de amêndoa?

Seu coração vai agradecer por comer óleo de amêndoa. Cheio de ácidos graxos monoinsaturados, o óleo de amêndoa pode elevar os níveis de colesterol “bom” ou lipoproteínas de alta densidade (HDL). Também pode diminuir os níveis de colesterol “ruim” ou lipoproteínas de baixa densidade (LDL), quando substitui as gorduras saturadas e trans.

O óleo de amêndoa pode ajudar a reduzir o risco de doença cardiovascular por causa de seus altos níveis de antioxidantes, sua capacidade de diminuir a inflamação no organismo e seu efeito no colesterol.

Ao cozinhar com óleo de amêndoa, lembre-se de manter os óleos não refinados ou virgens em fogo baixo para evitar queimar o óleo e destruir o valor nutricional. O óleo de amêndoa é melhor usado para molho para salada, cozimento em fogo baixo ou como óleo de acabamento em cima de um prato para adicionar sabor e nutrição extras.

Seu sabor suave o torna perfeito para escorregar em pratos. O óleo refinado pode ser usado para assar ou refogar porque foi processado para tolerar um calor muito maior, até 215 ° C (420 ° F).

Próximos passos

Embora as amêndoas inteiras forneçam mais nutrição, o óleo de amêndoa pode ser uma adição saudável à sua dieta.

Quer você o coloque no corpo ou na salada, procure óleo de amêndoa não refinado ou virgem. O óleo não refinado retém mais nutrientes benéficos para a pele, cabelo e saúde.

Se você não tiver certeza de ter alergia a nozes, é melhor fazer o teste antes de comer óleo de amêndoa ou usá-lo em seu corpo.

Se você não se considera alérgico, tente fazer um pequeno teste do óleo na parte interna do pulso antes de usá-lo em sua rotina de cuidados com a pele.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*