Como aplicar formatação condicional no excel

O Excel é muito bom para praticamente qualquer tipo de análise de dados, porém quando temos uma planilha grande ou mesmo pequena, no mundo corrido de hoje, temos a necessidade de analisar estes dados rapidamente. É nesse contexto que entra a formatação condicional no Excel.

A formatação condicional no Excel nos permite, entre outras coisas, destacar os maiores números de um intervalo, os menores, os duplicados e por aí vai. Acompanhe nosso tutorial até o final e seja ninja em Formatação Condicional do Excel. Saiba ainda que existem diversos tipos de Formatação Condicional no Excel, mas veremos somente 4:

  • Texto que contém
  • É maior do que
  • É menor do que
  • Barra de dados

Planilha desta aula disponível para download:

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Formatação Condicional no Excel – Texto que contém

Vendo nossa planilha temos diversos municípios listados, porém você deseja dar um destaque especial para: Manaus, São Luís e Boa Vista.

Para começar, selecione o intervalo referente aos municípios e depois clique em Formatação Condicional > Realçar Regra das Células > Texto que Contém

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Obs.: é muito importante que as palavras sejam escritas na janela de maneira igual à da planilha.

Na janela Texto que Contém digite a palavra “Manaus”. Perceba na planilha que as células que contém a palavra Manaus ganham uma cor agora pressione Ok para concluirmos essa parte.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Ainda com o intervalo de células referente ao município selecionadas siga os passos anteriores: Formatação Condicional > Realçar Regra das Células > Texto que Contém, porém na janela Texto que Contém digite a palavra “São Luís”. Na lista suspensa escolha a cor: Preenchimento Amarelo e Texto Amarelo Escuro. Pressione Ok para terminarmos está etapa.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Mais uma vez, com os dados dos municípios selecionados clique Formatação Condicional > Realçar Regra das Células > Texto que Contém. Na janela Texto que Contém digite a palavra “Boa Vista” e troque a cor para: Preenchimento Verde e Texto Verde Escuro. Pressione Ok.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Pronto! Agora faça o seguinte teste: na célula C5 troque a palavra Vitória por Manaus e veja o que acontece.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Primeiro objetivo concluído. Se quiser continuar com as outras cidades fique à vontade.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Formatação Condicional no Excel – É maior do que

Seu chefe pediu para que você destacasse somente as vendas maiores que 80, deixando-as na cor Azul. Como fazer isso de maneira rápida?

Selecione o intervalo de células recentes ao mês de janeiro. Clique em Formatação Condicional > Realçar Regra das Células > É maior do que

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Na janela que se abre digite o número 80. Mas como não tem a cor azul pré-definida clique em Formato Personalizado.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

  • Na Guia Preenchimento escolha a cor AZUL a célula
  • Na Guia Fonte escolha a cor BRANCA para a letra pressione OK e OK novamente para ver o resultado.

Formatação Condicional no Excel – É menor do que

  1. Sua necessidade agora é destacar somente as vendas menores que 50 na cor verde.

    Pois bem, vá Formatação Condicional > Realçar Regra das Células > É menor do que

  2. Na janela digite o número 50 e escolha a opção: Preenchimento Verde e Texto Verde Escuro agora pressione OK para concluir.
  3. Você deve ter percebido que ainda tem outros tipos de formatação condicional, mas como seguem a mesma linha vamos deixar que você seja curioso e mecha nelas.

Formatação Condicional no Excel – Barra de dados

  • A formatação Barra de dados é outra maneira gráfica muito boa de analisarmos dados.
  • Você deseja saber, de maneira muito rápida, quais funcionários mais venderam. Ok, então selecione o intervalo de dados referente ao total de vendas, Formatação Condicional > Barra de Dados

Escolha uma das escalas de cor e serviço concluído. Quanto mais encher a barra é porque mais vendeu.

As barras pequenas são de quem teve um menor desempenho.

Formatação condicional no Excel é mesmo demais.

Gostou? Agora é com você. Não perca tempo e aprenda Excel do Básico ao Avançado!!!

Veja Também:

Como aplicar a formatação condicional no Excel

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

A formatação condicional aplica-se tipicamente a um conjunto de células e dá-nos informação diferente, dependendo do conteúdo de cada célula.

Podemos usar a formatação condicional para marcar diferenças, indicar valores relativos, destacar valores específicos ou duplicados, etc.

A formatação condicional é dinâmica, portanto, quando os valores mudam, a formatação será ajustada automaticamente.

A partir da guia «Base», em «Estilos», temos o menu da «Formatação Condicional».

Este menu contém cinco categorias de regras pré-definidas que podemos selecionar, conforme vemos na imagem seguinte.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Vamos agora analisar cada uma delas.

#1. Regras para Realce de Células

Esta categoria de regras usa operadores de comparação para determinar que células destacar, inclusive «Maior Que», «Menor que», «Entre» e «Igual A». Também podemos usar estas regras para destacar valores duplicados, texto ou datas dentro de uma variedade especificada.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Exemplo: realçar valores duplicados com cor

Escolhemos o intervalo onde desejamos formatar os valores duplicados com uma cor, neste caso a coluna Vendas.

Na guia Base, clicamos em Formatação Condicional > Regras para Realce de Células > Duplicar Valores e aparece a caixa de diálogo Valores Duplicados. Aqui, podemos escolher entre células que contenham «Duplicados» ou «Exclusivos». No nosso exemplo faz mais sentido identificar os duplicados. Assim,

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Agora, o intervalo é formatado com os itens duplicados realçados na cor selecionada.

Se quisermos ir um pouco mais além, podemos ordenar a lista por cor, isto é, podemos colocar os dados duplicados em cima ou em baixo, na lista. Isto pode facilitar a identificação dos duplicados ou dos excluídos.

Selecionamos o intervalo de dados e na guia Dados, clique em Ordenar. Como a nossa lista já está “formatada” vai aparecer uma caixa de «Aviso de ordenação». Clicamos em «Expandir a seleção» > «Ordenar».

Escolhemos «Vendas» para a opção «Ordenar por», «Ordenar em» > «Cor da Célula» e, em seguida, «Ordem» > Selecionar a Cor de Classificação > «Acima» e clicamos em OK. As células duplicadas passam, assim, para o topo da tabela, facilitando a sua identificação.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

#2. Regras para Valores Mais Altos/Baixos

Podemos usar esta categoria de regras de destacar números no topo ou no fundo da escala de valor, usando números, percentagens ou médias. Por defeito, em todas as ordens “superiores” ou “inferiores” a 10, mas podemos usar qualquer número (por exemplo, os melhores 100) ou qualquer percentagem.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Exemplo: destacar as vendas acima da média

A opção 10 Itens Principais ajuda a identificar rapidamente os principais valores num intervalo, como por exemplo, os 10 melhores clientes com base na faturação. Da mesma forma, também podemos escolher os Últimos 10 Itens, 10% dos Primeiros/Últimos ou Acima/Abaixo da Média. É possível alterar os 10 itens para qualquer valor que se queira obter após escolher uma regra.

Escolhemos o intervalo onde desejamos evidenciar os valores. Assim, continuamos com a coluna Vendas.

Na guia Base, clicamos em Formatação Condicional > Regras para Valores Mais Altos/Baixos > Acima da média. Automaticamente o Excel destaca os valores que estão acima da média, depois de escolhermos o preenchimento para o intervalo selecionado.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

#3. Barras de dados

Quando usamos formatação condicional «Barras de Dados», o Excel desenha uma barra em cada célula cujo comprimento corresponde ao valor da célula em relação a outras células no intervalo selecionado. Por outras palavras, o valor maior corresponde à barra maior. As barras ajustam-se quanto à soma de todos os valores especificados no intervalo da formatação condicionada.

Continuando com a nossa listagem, na guia Base, clicamos em Formatação Condicional > Barras de dados. Depois só temos de escolher entre as cores do «Preenchimento com gradação de cores» e do «Preenchimento sólido».

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

Se quisermos ordenar a lista depois de aplicar as barras de dados, basta marcar a coluna e, na guia Dados, clicar em Ordenar e, em seguida, escolher a opção ou clicar diretamente nos comandos para ordenar em ordem crescente ou decrescente.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

#4. Escalas de Cores

As «Escalas de Cores» são os jogos das cores que indicam valores relativos, e pode ajudar a visualizar a distribuição de valores.

Na guia Base, clicamos em Formatação Condicional > Escala de Cores.

Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

O Excel preenche as células de acordo com o seu valor dentro desse intervalo. Assim, temos o valor 198 a verde (o valor mais alto) e a vermelho temos o valor 123 (o valor mais baixo).

Como nas outras opções de formatação, podemos definir as regras que mais nos interessam. Por exemplo, vamos quer identificar os valores superiores a 150.

Na «Escala de Cores», escolhemos «Mais Regras» e definimos de acordo com o critério identificado. Assim,

#5. Conjuntos de ícones

Podemos usar ícones para indicar os valores relativos que cada um representa num intervalo de dados. Os ícones inserem-se dentro da célula, que pode necessitar de alargamento da coluna para os acomodar.

Os Conjuntos de ícones estão divididos em 4 grupos: Direccional, Formas, Indicadores e Classificações.

O Excel tentará interpretar os nossos dados e formatá-los de acordo com os mesmos, mas, também aqui podemos alterar as regras se quisermos. Se quisermos criar novas regras, clicamos em Formatação Condicional > Conjunto de Ícones > Mais Regras.

Em seguida, selecionamos o «Tipo de Regra» e especificamos a formatação pretendida. Neste caso, configuramos a regra para que os valores ≥ 150 tenham o visto verde, que os valores ≥ 130 e < 150 tenham o ponto de exclamação amarelo e que os valores < que 130 tenham o X vermelho.

Em resumo, para aplicar um formato condicional:

  1. Selecionamos as células que queremos formatar,
  2. No friso «Base», no grupo de «Estilos», clicamos em «Formatação Condicional»,
  3. Selecionamos um tipo de regra e um subtipo (por exemplo, Regras para Realce de Células > Maior Que),
  4. Entramos nos parâmetros necessários (não é necessário nenhum para Barras de Dados, Escalas a Cores ou Conjuntos de Ícones),
  5. Clicamos em OK.

E para criar uma nova regra de formatação condicional:

  1. Selecionamos as células que queremos formatar,
  2. Clique em Formatação condicional, e depois em Nova Regra,
  3. Na caixa de diálogo Nova Regra de Formatação, selecionamos um tipo de regra,
  4. Em «Edite a Descrição de Regra», fazemos as escolhas de formatação,
  5. Clicamos em OK.

Formatação Condicional – Deixe suas Planilhas Mais Inteligentes com Cores

Como Aplicar Formatação Condicional no ExcelFormatação Condicional no Excel Cores
Como Aplicar Formatação Condicional no Excel

A formatação condicional, usando cores no Excel é, sem dúvidas, um recurso que facilita muito a interpretação de planilhas.

Por exemplo, em qual das imagens abaixo fica mais claro o resultado da planilha?

Ao desenvolver suas planilhas, você pode pintar célula por célula manualmente, o que é uma prática trabalhosa e sujeita a erros humanos, ou utilizar formatações condicionais. Este recurso do microsoft excel permite que você crie condições para que suas células sejam formatadas automaticamente.

Iremos exemplificar os formatos mais abaixo, mas as condições podem ser dadas através de Ranking, – maiores valores de uma cor e um degradê até os menores – Condicionais e até através de Fórmulas. Além disso, podem ser escolhidas formatações de cor da célula e seu texto, barras de status na célula e ícones personalizados. Veja o exemplo abaixo:

A partir de agora, nesse post, iremos ensinar a usar o recurso Formatação Condicional de forma prática.

Veja também: ebook grátis com dicas de formatação condicional!

1) Como utilizar o recurso de formatação condicional?

É bastante simples utilizar o recurso de formatação condicional. Ele fica na Aba “Página Inicial”, dentro da sub-aba “Estilos”, como ilustrado na imagem abaixo.

Para iniciar o exemplo prático, crie uma lista de 15 linhas com valores de 1 a 10 no excel, como mostra o exemplo abaixo:

  • O primeiro item do Menu “Realçar Regras das Células” serve para criar formatações automáticas a partir de condições pré-estabelecidas. Seus sub-itens são:
  • a) É Maior do que… – você definirá um valor e poderá escolher formatações de célula (fonte, cor da fonte, bordas e cor de fundo) para todos os valores maiores do que este valor.
  • b) É Menor do que… – você definirá um valor e poderá escolher formatações de célula (fonte, cor da fonte, bordas e cor de fundo) para todos os valores menores do que este valor.
  • c) Está Entre… – você definirá dois valores e poderá escolher formatações de célula (fonte, cor da fonte, bordas e cor de fundo) para todos os valores dentro do intervalo entre eles.
  • d) É Igual a… – você definirá um valor e poderá escolher formatações de célula (fonte, cor da fonte, bordas e cor de fundo) para todos os valores iguais a ele.

e) Texto que Contém… – você define um fragmento de texto e poderá escolher formatações de célula (fonte, cor da fonte, bordas e cor de fundo) para todas as ocorrências deste fragmento. Por exemplo, escolhendo “maior” em uma lista, células com os textos “maior”, “maiores”, “é maior”, dentre outros, serão afetadas pela formatação escolhida.

  1. f) Uma Data que Ocorre… – Mesma coisa do item “é igual a…”, porém com datas.
  2. g) Valores Duplicados… – quaisquer valores duplicados serão afetados pela formatação escolhida.
  3. Ao selecionar a sua lista e clicar em “Formatação Condicional” > “Realçar Regras das Células” > “É Maior do que…”, você deverá visualizar o seguinte formulário ou algo semelhante, dependendo da sua versão do excel:

Quando você clica em qualquer um sub-item, além do “É Maior do que…”, o formulário que abrirá é muito semelhante em todos os casos variando apenas a regra pré-estabelecida.

O segundo sub-item do menu de formatação condicional “Regras de Primeiros/Últimos” funciona da mesma forma. Você escolhe critérios pré-estabelecidos para formar condições de formatação, porém, desta vez, você vai decidir se a regra incidirá sob os 10 maiores valores, os 10% maiores, os 10 menores, os 10% menores, os acima da média da lista e os abaixo da média da lista.

As próximas 3 opções de menu são as abordadas anteriormente neste post: “Barras de Dados”, “Escalas de Cor” e  “Conjuntos de Ícones”. Apenas para mostrá-lo, novamente, agora que você já sabe utilizar a Formatação Condicional, vou exemplificar os 3 na tabela que criamos. Você poderá escolher layouts personalizados e estes são bastante auto-explicativos. No meu caso, o resultado segue abaixo:

Os últimos itens do Menu “Limpar Regras”, “Gerenciar Regras” e “Nova Regra” funcionam como um gerenciador de regras personalizadas. Neste caso, você fica livre para criar quantas regras você quiser e com as condições que você quiser. Isso é bom, pois você não fica condicionado às regras pré-estabelecidas pelo próprio Excel.

Para iniciar, vamos clicar em “Nova Regra…”:

Você deverá visualizar um quadro muito semelhante a este da imagem. Repare que em “Mostrar regras de formatação para:” você pode trocar de “Seleção Atual” para “Esta Planilha” e visualizar todas as regras criadas na planilha. Na coluna “Aplica-se a” você verá onde a regra em questão está incidindo.

  • Quando clicamos em “Nova Regra”, podemos observar um novo quadro, desta vez para a criação de regras personalizadas a partir de condições pensadas por você:
  • Neste quadro você pode reparar os seguintes fatos:
  • – “Formatar todas as células com base em seus respectivos valores” – similar a “Realçar Regras das Células” que vimos anteriormente, mas você pode personalizar as cores e o formato da escala.
  • – “Formatar apenas os primeiros ou últimos valores” – similar a “Regras de Primeiros/Últimos” que também já vimos nesse post, mas com valores e cores personalizáveis, desta vez.
  • – “Formatar apenas valores acima ou abaixo da média” – idem ao anterior.
  • – “Formatar apenas valores exclusivos ou duplicados” – também já vimos isso em “Realçar Regras das Células”.

– As únicas novidades são “Formatar apenas células que contenham” e “Usar uma fórmula para determinar quais células devem ser formatadas”. Focaremos em exemplificar elas.

a) “Formatar apenas células que contenham”

Nesse exemplo, você fica livre para criar as suas próprias condições de formatação. No primeiro box você seleciona o que será analisado na célula dentre: Valor da Célula, Texto Específico, Vazias, Não Vazias, Com Erros e Sem Erros. Cada escolha irá te condicionar a um tipo de preenchimento do resto da condição.

Por exemplo, ao escolher Valor da Célula, você pode selecionar dentre as seguintes opções: Está Entre, Não Está Entre, É Igual a, Não é Igual a, Maior do que, Menor do que, Maior ou Igual a e Menor ou Igual a. A partir desta escolha, basta preencher os valores de referência. Você pode escolher um valor ou uma célula que contenha um valor para que a condição faça as comparações em sua lista e a formate.

Ao clicar em “Formatar…” você poderá personalizar as cores que aparecerão para esta condição. Você pode criar duas regras semelhantes (uma de cada vez), por exemplo, pintar de verde as células com valor maior que zero e pintar de vermelho as células com valor menor que zero. Depois de criadas, você poderá visualizar as regras clicando em “Formatação Condicional” > “Gerenciar Regras…”.

b) “Usar uma fórmula para determinar quais células devem ser formatadas”

Neste caso, você vai utilizar uma fórmula para definir o que será formatado. Repare que estas fórmulas são diferentes das fórmulas que você escreve na guia de fórmulas principal do Excel. Na formatação condicional, você precisa utilizar um sinal.

Por exemplo, se você selecionar a lista que criamos e utilizar este tipo de formação condicional com a fórmula “=5>1” com o sinal “>”,  todas as células da lista serão impactadas pela formatação escolhida. A leitura que o Excel faz é a seguinte: ele vai passando de linha em linha e se perguntando: “5 é maior que 1?” Como a resposta sempre será verdadeira, ele irá formatar todas as linhas.

Para tornar esta fórmula dinâmica, precisamos usar referências de célula. Por exemplo, vamos digitar agora “=$A1>5”. O resultado deve ser o seguinte:

Repare que, se você escrever “=$A$1>5”, o Excel não formatará nenhuma célula, pois você está travando a linha da célula A1 e ela sempre será menor do que 5.

Também podemos utilizar fórmulas mais complexas nesse tipo de formatação. Por exemplo, Vou trocar a fórmula para “=SE($A1=7;1;$A1)>5”. O novo resultado segue abaixo:

O Excel não aplicou a formatação ao valor 7, pois ele leu a minha fórmula e ela diz que, caso o valor seja 7, eu quero atribuir o novo valor 1 a ele. Não sendo 7, é mantido o valor da célula. Como o novo valor 1 é menor do que 5, a formatação não é aplicada.

Você também pode usar outras células para definir o que será formatado ou não. Por exemplo, digamos que essa coluna represente as notas de alunos de um colégio. A média para ser aprovado é 6 e eu quero formatar os nomes deles na coluna B a partir dos números da coluna A. Preciso selecionar a lista de nomes na coluna B, ir em criar regra e na fórmula digitar “=$A1>5”. Veja o resultado:

Agora você já sabe fazer formatação condicional e pode criar planilhas inteligentes! Parabéns! Se tiver dúvidas, comente abaixo neste post.

  1. Na LUZ  Planilhas Empresariais, desenvolvemos planilhas prontas desenvolvidas por profissionais credenciados. Aqui temos algumas planilhas da LUZ onde você vai encontrar formatação condicional:
  2. 1 – Fluxo de Caixa
  3. 2 – Prospecção de Clientes
  4. 3 – Avaliação de Desempenho e Competências
  5. 4 – Controle de Estoque

Está com dúvidas? Entre no Fórum de Excel da LUZ e envie a sua pergunta!

Como fazer formatação condicional no Excel (parte 1)

Fazer formatações condicionais, isto é, escolher as condições as quais as células serão destacadas na planilha de acordo com alguma condiçãõ prévia, pode fazer toda a diferença na hora de analisar seus dados e informações. Devida esta ferramenta ser de grande abrangência, a separaremos em mais de um tutorial para poder melhor explicá-los. Nesta PARTE 1, portanto, veremos como realçar as regras das células e suas opções.

E não esqueça de conferir depois a parte 2 e, por fim, a parte 3.

Exemplo 1

As cores e demais formatações das condições podem ser escolhidas pelo usuário através de uma lista já pronta, ou criar novas formatações.

Para praticarmos, suponha que temos uma lista com uma relação de alunos e suas respectivas notas escolares (0 a 10), onde iremos realçar uma série de informações.

Além disso, ao montar a tabela, reserve um espaço para  os alunos que realizarão exame e para suas notas finais.

É Maior do que

Primeiramente iremos realçar os alunos que estão aprovados e, para isso, iremos estipular a nota 7 como base para aprovação. Marque todas as notas e vá em “Formatação Condicional” e, na opção “Realçar Regras das Células“, clique em “É Maior do que…”

Irá abrir uma janela de condição, onde deverão ser editados o valor a partir do qual será realçado os dados e a formatação que a célula passará a ter.

No primeiro campo digite 7 (valor base estipulado anteriormente) e no campo de formatação, escolha a opção “Preenchimento Verde e Texto Verde Escuro”, a fim de designar os alunos aprovados com nota maior do que 7.

Ao confirmar, observe que a tabela estará realçada conforme configurado.

É Menor do que

Para a próxima condição, marque novamente todos os dados e opte por “É Menor do que…

no menu de “Formatação Condicional“, onde deveremos apontar o valor ao qual serão realçados os inferiores ao estipulado.

Na janela de edição, digite como valor máximo 7 e escolha a formatação “Texto Vermelho” para identificar os alunos que irão para o exame.

Está Entre

Porém, suponha que os alunos com notas entre 6,5 e 6,9 terão uma segunda chance de recuperação ao invés do exame. Portanto iremos utilizar a opção “Está Entre…” para estipularmos esta condição.

Marque os dados e selecione a opção mencionada; na janela de edição, coloque os valores aos quais serão condicionados e na opção de formatação, opte por “Preenchimento Amarelo” e “Texto Amarelo Escuro”.

É Igual a

Agora suponha que o(s) aluno(s) que obtiver(em) a nota máxima, ou seja, 10, receberá(ão) uma premiação. Marque novamente os dados e selecione a opção “É Igual a…

” para estipularmos o valor fixo, neste caso 10; já na formatação desta, escolha a opção “Formato Personalizado” e escolha a cor da letra e, na outra aba, a cor do fundo da célula a ser realçada; após confirme a ação.

  • Agora, na lista com os alunos em exame, aplique o método do Passo 1 para os alunos que serão aprovados e, para os que reprovarão, aplique novamente o Passo 3, porém, ao invés de “Texto Vermelho como formatação“, opte por “Preenchimento Vermelho Claro” e “Texto Vermelho Escuro”.

Exemplo 2

Tomaremos, agora, outra base de exemplo para explicarmos as outras alternativas presentes na opção de “Realçar as Regras das Células”. Suponhamos que temos uma lista de clientes com suas respectivas data de compra e valor comprado, dispostos de forma aleatória; as usaremos a fim de analisar alguns detalhes.

Texto que Contém

Após criada a tabela, queremos encontrar um cliente em específico para destacá-lo como pago. Para isso, marque todos os clientes e vá na opção “Realçar Regras das Células”, optando por “Texto que Contém…” e no campo de edição procuraremos pela cliente “Regina”, designando uma cor qualquer para o realce desta.

Uma Data que Ocorre

Agora, iremos encontrar quais as datas que houveram compra de produto nos “Últimos 7 dias”, por exemplo; temos, também, opções como Ontem, Este Mês, Semana Passada, entre outras.

Marque todas as datas e selecione “Uma Data que Ocorre…” e no campo de edição, escolha “Nos Últimos 7 dias” e designe uma coloração diferente para esta ação.

Observe que as datas estarão marcadas.

Valores Duplicados

Por último, surgiu a informação de que havia uma duplicação de dados e, portanto, estaria ocorrendo uma cobrança indevida.

Para descobrirmos qual cliente foi colocado duas ou mais vezes na tabela, basta selecionarmos todos estes e clicarmos  na opção “Valores Duplicados…

” Na janela de edição, podemos escolher por “Exclusivos ou Duplicados“, ou seja, as células que aparecem uma vez ou mais de uma; opte por uma e designe uma coloração para o realce; após confirme.

Contudo, damos por finalizada nossa primeira parte do quadro de Formatação Condicional. Aguarde as próximas publicações e aprenda mais sobre esta funcionalidade que poderá ser-lhe muito útil.

E não esqueça de conferir depois a parte 2 e, por fim, a parte 3.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*