Como ajustar o selim de sua bicicleta: 7 passos

Um tópico muito importante para qualquer ciclista: como regular corretamente a altura do selim?

Este é um detalhe simples, mas que pode ter repercussões consideráveis. A altura do selim não influencia somente no seu desempenho mas também na sua saúde. O uso constante da forma incorreta pode causar lesões, principalmente no joelho e quadril.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosQual é a altura do selim ideal para você?

Existem alguns métodos que te auxiliam a encontrar a altura do selim ideal para você. Vamos abordar estes métodos de forma explicativa abaixo. É importante salientar que estes métodos podem apresentar variação, uma vez que não levam em consideração alguns aspectos técnicos. A melhor forma de ajustar toda a sua bike conforme suas necessidades é realizar um Bike fit.

Confira abaixo os procedimentos mais comumente utilizados para este fim.

Altura do selim com base no comprimento da perna

Este método pode ser realizado de duas formas: em cima da bicicleta ou fora da bicicleta. Vamos analisar as duas maneiras  a seguir.

Em cima da bicicleta

Este é o método mais comumente utilizado no mercado, prático e produz um resultado coerente. Para efetuar as medições é importante que a sua bike esteja nivelada e num lugar plano. O ideal é possuir um rolo estacionário onde a bike fique nivelada (a roda dianteira também deve estar elevada).

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosUtilize um nivelador para certificar-se de que o selim está reto.

Se você não tem um rolo, pare num lugar plano, próximo à uma parede onde você tenha um apoio e consiga deixar a bike reta. É importante que você esteja com o calçado que você usa para pedalar, seja um tênis ou uma sapatilha.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosFaça o teste com o calçado que você usa para pedalar, seja tênis ou sapatilha.

Com o pedivela virado para baixo (posição 6 horas) posicione o seu calcanhar no pedal, de forma que sua perna fique esticada. Faça um teste, pedale para trás com os dois calcanhares no pedal.

Se a sua perna está um pouco flexionada, aumente mais um pouco até encontrar o ponto ideal.

No entanto, cuide para não erguer demais; quando você pedalar o seu quadril não deve se mover para as extremidades.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosNote que o pedivela está virado para baixo, na posição mais baixa. O pé está apoiado pelo calcanhar com a perna esticada.

Outro fator importante a ajustar neste caso é a posição do selim (mais para frente ou mais para trás).

Para tal, você deve considerar seu estilo de pilotagem: se for mais agressivo e você pedala com o corpo projetado para frente, é possível que você tenha que mover o selim mais para frente.

Se você pedala de uma forma mais relaxada, no ritmo de passeio, pode precisar movê-lo para trás. Certifique-se de que o seu selim está nivelado, para isso, use um nivelador.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosAjuste a posição do selim conforme seu estilo de pilotagem, levando em conta o conforto.

Se você alterou a posição do selim e agora a altura lhe parece desconfortável, realize novos ajustes.

Pronto! Seguindo estes passos você deve encontrar a altura do selim ideal. Quando você posicionar a parte do pé que usa para pedalar, sua perna ficará levemente flexionada, com uma pequena angulação que geralmente varia entre 25 e 30 graus.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosAo apoiar o seu pé no pedal na posição de pedalar, sua perna deve ficar levemente flexionada.

Fora da bicicleta

Este método utiliza basicamente a medida do seu cavalo, que é estabelecida através da distância entre o meio das pernas até o chão.

 Para conseguir esta medida, o ideal é novamente utilizar um nivelador, para garantir que você está pegando a medida central, nem mais para baixo, nem mais para cima.

Em pé, posicione o nivelador de forma que fique reto em baixo das suas pernas, como o selim ficaria.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosUtilize o nivelador para garantir que a medida será central. Peça ajuda para alguém medir ou faça uma marca numa superfície.

Peça ajuda para alguém ou marque um ponto em alguma superfície. Meça a distância entre o nivelador e o chão e em seguida subtraia 10cm. Ex: se a medida ficou em 760mm, diminuindo 10cm (ou 100mm) o resultado será 660mm.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosMedida do cavalo.

Esta medida deve ser comparada com a altura do selim. Para isso, meça do parafuso/eixo do movimento central ao topo do selim. O resultado deve ser compatível com o encontrado na medida do cavalo.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosAjuste da altura do selim com base na medida do cavalo.

Implicações

Pedalar na posição correta certamente influencia o seu desempenho. Pode não parecer, mas este pequeno detalhe faz muita diferença.

Se o seu selim estiver muito alto, você não alcançará facilmente o pedal e no movimento de pedalada o seu quadril pode se mover para as extremidades, causando um grande desconforto, podendo inclusive causar lesões.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosConforto é primordial: desempenho e saúde estão em jogo.

Já se o seu selim está muito baixo, você não conseguirá transferir corretamente a força ao pedalar, colocando muita pressão sob os joelhos, podendo causar lesões.

A correta altura do selim fará com que sua resistência seja maior pois você não sentirá desconforto algum. Com o movimento natural da pedalada você fará um pedal eficiente, confortável e seguro.

Métodos: auxílio

Utilize estes métodos de forma a te auxiliar a encontrar a altura do selim ideal, e não como regra. A dica é manter registro das características que a sua bike apresenta, antes mesmo de você fazer os ajustes.

Meça a distância entre o eixo do movimento central e o topo do selim. Em seguida da extremidade dianteira do selim ao avanço.

Assim, caso você faça uma alteração que ficou desconfortável, você pode facilmente retornar à posição inicial.

Faça anotações para não se perder.

O importante é o conforto. Estes ajustes podem te ajudar a se posicionar de forma mais saudável, mas não fique muito preso às medidas, pois o que pode parecer certo no papel pode lhe prejudicar na realidade.

Novamente, a melhor forma de verificar todas as medidas ideias para o seu corpo é realizar um bike fit.

Veja o vídeo abaixo demonstrando a maneira correta de ajustar o seu selim:

Conclusão

Existem procedimentos para lhe auxiliar a encontrar a altura do selim ideal para você. Estes, fornecem parâmetros para que você ajuste corretamente seu equipamento. Efetuar estas correções é muito importante não somente para o seu desempenho mas também para a sua saúde. Um equipamento mal posicionado pode lhe causar lesões.

Conforto é primordial para o seu pedal, então preste atenção nos pequenos detalhes e principalmente nos pequenos sinais de que algo está errado. Dores nos pulsos, joelhos, quadril, não é um bom sinal.

Caso estes procedimentos não resolvam os seus problemas, procure um especialista.

Um Bike Fit fará com que todos os elementos da sua bike fiquem de acordo com as suas medidas, como um alfaiate faz ao confeccionar uma roupa.

  • Se você gostou desta matéria, tem alguma dúvida ou sugestão, deixe um comentário!
  •  Se preferir, entre em contato conosco:

7 passos para você começar a pedalar

Mas lembre-se de que esse projeto é algo meio genérico e que você provavelmente já escutou isso de alguém, porém se você seguir essas instruções básicas, logo menos você estará pedalando livremente por aí.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos

Achar a bike ideal é um ponto crítico. Primeiro pense em qual será seu uso da bike e qual valor você quer gastar. Então:

  • Procure uma loja especializada com uma boa reputação (hoje em dia é fácil achar lojas especializadas também na internet). Planeje todas as perguntas que pensar. Se te tratarem mal ou não escutarem suas perguntas procure outra loja;
  • Faça bastante pesquisa antes de se decidir. Componentes e material do quadro variam de acordo com a performance, peso e durabilidade, então é indicado conhecer um pouco de cada;
  • Compre a melhor qualidade que seu dinheiro pode comprar – a com as melhores partes e os melhores materiais. Ela irá pagar de volta a você em termos de performance e conforto;
  • Faça um test ride. Diferentes marcas têm componentes parecidos ou materiais de quadro similares numa faixa de preço parecida também, então fique tranquilo. Procure por equipamento que seja referente ao pedal que você planeja e por um selim confortável (se você continuar vai inclusive futuramente trocar ele). Planeje um pedal de 20 ou 40 minutos por bike;
  • É sempre melhor escolher a bike que melhor te serve do que a bike que você mais gostou. Consultores de bike shops são treinados para achar o seu tamanho ideal de bike e de selim pra você.

Uma mudança geralmente praticada pelos ciclistas é o selim. Apesar de ser contra a lógica, você deveria evitar selins muito macios com muito preenchimento. Isso se dá devido ao fato de que seu peso irá afundar o modelo macio e irá pressionar contra a base do selim.

Em vez disso, planeje usar um mais firme e mais estreito para bikes de Speed que vão dar mais suporte aos músculos e ossos do bumbum.

Você irá inicialmente experimentar um pouco de dor enquanto seu bumbum não se adapta ao assento, mas isso com certeza irá diminuir em uma ou duas semanas de pedal.

Os selins não são iguais uns aos outros, assim como a bike você terá que escolher bem.

Leia também:  Como calcular valor presente líquido no excel: 10 passos

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos

Uma vez pedalando você irá querer manter uma nutrição saudável regular durante os pedais. Você irá primeiramente consumir comidas simples e cheia de carboidratos.

Coisas como gel, gomas de mascar, docinhos são convenientes e como bônus eles oferecem eletrólitos. Barrinhas de cereais são úteis também, mas tenha certeza de sempre verificar o tamanho e os ingredientes usados nela.

Evite comer coisas de digestão complicada, muito gordurosas, ou barrinhas de proteínas. Geralmente você pode seguir essas guias.

  • Se você está pedalando por uma hora ou menos, água e lanchinhos devem ser o suficiente. Dependendo do seu tamanho você provavelmente queimará de 30 a 50 gramas de carbono por hora de pedal, então você deveria ter ao menos de 7 a 10 gramas de carboidrato a cada 15 minutos depois dos seus primeiros 45 minutos de pedal. Não dê uma de “Ah, eu como na próxima parada” – isso é uma armadilha, podendo te colocar em risco de ter uma queda de açúcar no sangue;
  • Bebidas esportivas e suplemento hidrosolúvel providenciam uma melhor hidratação do que água. O ato de beber sódio e açúcar fazem o corpo ter um equilíbrio de fluídos, então eles são mais digestivos pelo sistema e aumentam a resistência,  a energia e a recuperação pós exercício. Escolha uma bebida com eletrólitos e alguns carboidratos (mas lembre-se o fator dessas calorias devem ser levadas em consideração o quanto você come;
  • Beba a cada 10 ou 20 minutos, tendo mais em mente a frequência do que a quantidade. Para distâncias mais longas é inteligente beber bastante líquido antes de começar, pois aí então começará mais hidratado.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos

Siga esses passos para ter pernas mais forte e pulmões de um ciclista.

  • Comece devagar. Não tente ir muito longe. Começar com distâncias pequenas de – digamos que algo entre 8 e 12 Km por pedal – e vá aumentando a cada semana;
  • Ande o máximo de dias da semana que puder. Essa não é a única maneira de ficar em forma, mas ajuda você a se adaptar a pedalar;
  • Escolha suas rotas com consciência.  Pelo menos nas primeiras semanas, evite colinas e ambientes muito cheio de aventuras;
  • Recuperação é o mais importante. Descanse, essa é a chave para se tornar um bom ciclista, porque o corpo precisa se recuperar depois do pedal;
  • Sempre há dias bons e dias ruins. Se você está sofrendo, fuja de atalhos;
  • Esteja num grupo. Ache algum amigo que também está começando. Ou procure uma bike shop ou um grupo de pedal da sua cidade;
  • Mantenha o caminho. Da forma que você preferir, num calendário, num app, ou num diário, é importante manter seu progresso.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos

Com o tráfego, semáforos, neblinas e fadiga, pedalar pode parecer assustador a primeira vista. Mas aqui vão dicas básicas para lidar no trânsito.

  • Etiqueta: Se comunique com os veículos e os seus parceiros de pedal usando sinais de mão;
  • Trocando marchas e cadenciando: Você irá pedalar mais efetivamente a 70 ou 90 revoluções de pedal por minuto(rpm). Para evitar de empacar, troque para uma coroa mais fácil toda vez que você estiver diminuindo – antes de parar em sinais de pare ou subindo colinas;
  • Subindo colinas: Mantenha-se sentado, mantendo sua cadência alta e seus braços relaxados. Permaneça intermitentemente subidas longas ou para ocasionais explosões;
  • Descendo: Pedale com as mãos próximas ao freios e otimize a tração e a direção. Olhe sempre para o fim da descida e freie antes da esquina, NUNCA nela. Freie usando os freio pra frear lentamente ou simplesmente parar.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos

Com esses simples passos, você pode manter seus pedais sem nenhum problema, e prolongar a vida útil da sua bicicleta.

  • Sempre dê uma olhada na sua bike antes de pedalar. Isso inclui verificar o ar dos pneus, verificar os freios, as correntes e uma olhada rápida na roda para ver se está tudo no lugar. Encha sempre o quanto estiver indicado no lado do pneu – de 90 a 100 psi;
  • Lubrifique. Passe óleo na corrente sempre que estiver acima de 160 Km, mas ainda em tempo úmido;
  • Mantenha a manutenção em dia. Mantenha a bike revisada ao menos uma vez ao ano;
  • Aprenda a arrumar uma câmara. Algumas bike shops fazem workshops de como arrumar as bikes, mas geralmente não é algo necessário, em uma loja mais especializada a maioria dos funcionários podem te ajudar num tutorial.

Como deve ser o ajuste do selim de bicicletas

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos

Alcenir Junior, professor do  Curso a Distância CPT Bicicletas – Escolha, Regulagem e Manutenção, em Livro+DVD e Curso Online, anuncia: “A Altura do selim é uma das mais importantes regulagens da bicicleta. O selim deve estar ajustado de forma que sua perna fique totalmente reta, apenas um pouco dobrada.”.

Ter o assento da bicicleta ajustado na altura certa garante mais conforto ao ciclista e ainda evita lesões ao pedalar. A seguir ajudaremos você a encontrar a altura correta do selim da sua bicicleta e ajustá-lo quando precisar.

Para descobrir a altura correta, você deve medir sua costura interna. Em outras palavras, você deverá medir a distância de sua virilha até o chão, pela parte interior de sua perna. Depois, deverá multiplicar esse resultado por 1,09.

Exemplo prático: costura interna de 80 cm. 80 x 1,09 = 87,2 cm, que é a altura ideal do selim.

Alternativamente ou aditivamente a esse método, você pode medir com o seu corpo: imobilize a bicicleta em pé. Depois de subir nela, coloque seu calcanhar nos pedais e pedale para trás.

Ao chegar ao ponto mais baixo do pedal, suas pernas devem estar totalmente estendidas e os joelhos retos. Se o seu quadril se movimenta de um lado para o outro nesse movimento, o seu assento está muito alto.

Depois, posicione o peito do pé no pedal e realize o mesmo movimento de pedalar para trás. Agora, deve haver uma ligeira curvatura no joelho, o que garante que essa é a altura ideal.

Para ajustá-lo, siga os passos:

– Localize a alavanca de libertação do selim e libere-a. Manualmente ou com uma chave para soltar o parafuso, se houver.

  • – Deslize o selim para cima ou para baixo, de acordo com a medida ideal encontrada por você.
  • – Certifique-se que o assento está direcionado para frente.
  • – Aperte bem a alavanca que bloqueia o selim ou reparafuse o regulador.
  • – Dê umas pedaladas para certificar-se.

Se o selim está muito baixo, tornará a atividade mais cansativa. Se está muito alto, poderá gerar lesões pela movimentação incorreta de quadris e pernas.

A maioria das lojas te ajudará a regular o selim, porém, é preciso saber regulá-lo caso outra pessoa vá usar.

Dada a variedade de bicicletas e, consequentemente, desses assentos, é importante escolher um que facilite o ato de pedalar e que não projete tensão em suas costas, para garantir a eficiência e benefício do exercício físico.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Treinamento Profissional e o nosso lançamento Curso Bicicletas – Escolha, Regulagem e Manutenção. 

Fonte: WikiHow – pt.wikihow.compor Renato Rodrigues

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos AVISO LEGAL

Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que contenha um link remetendo para o site www.cpt.com.br.

Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mountain bike: quatro passos para cuidar da sua bicicleta full suspension

Um dos grandes nomes da modalidade no Brasil, Odair Pereira escreveu um artigo especial para quem quer migrar para uma bicicleta full

O esporte, principalmente o mountain bike, na minha opinião é mais do que um hábito para um atleta, seja ele amador ou profissional. É um estilo de vida. Digo isso com segurança, pois dedico minha vida a essa modalidade há mais de 20 anos, dentro e fora das trilhas.

Independente de ser um atleta Pro ou amador, os cuidados ideais com o equipamento devem ser sempre observados. Por isso, separei umas dicas para quem se sente preparado para migrar de uma hardtail para uma full suspension, visando preservar seu equipamento e manter sua segurança nos treinos e competições.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosOdair Pereira, multicampeão e uma das lendas do mountain bike do Brasil – Foto: Rodrigo Pin / Scott

O que o ciclista precisa saber? Quais cuidados deve tomar? Algumas dicas são similares as de hardtail que já citei em um texto anterior. Porém, existem outras bastante específicas, como é possível ver abaixo:

Maiores cuidados antes de treinos e competições

Se você realmente considera migrar para a full suspension, é importante salientar que a manutenção e os cuidados serão maiores que uma hardtail, obviamente. Assim como as possibilidades de ajustes, conforto e segurança em situações mais extremas de pilotagem.

Leia também:  Como aplicar base e corretivo corretamente (com imagens)

Amortecedor traseiro e suspensão dianteira

Partimos do princípio que você comprou sua full suspension para poder ir mais rápido, com maior segurança e estabilidade em trechos técnicos, por exemplo. Isso já reforça a necessidade de fazer os ajustes ideais de pressão e de retorno do amortecedor traseiro e suspensão antes do seu primeiro treino com a bike.

  As revisões periódicas ou preventivas são de suma importância para que o seu equipamento continue te proporcionando segurança e conforto ao longo do tempo. Seu mecânico deve ter as ferramentas corretas e em bom estado para desmontar, limpar e lubrificar os rolamentos, buchas e pivôs da balança traseira, além de ter o cuidado de mantê-los ajustados no torque Ideal.

  O manual da sua bicicleta tem uma página com o quadro de torque ideal para os parafusos da sua bike.

Observação: Consulte sempre o seu manual para os ajustes e esclarecer suas dúvidas além de entender os limites do seu equipamento.

Mão de obra qualificada

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 PassosManutenção da bicicleta full suspension é muito importante – Foto: Divulgação / Scott

Ferramentas específicas e conhecimento técnico qualificado são necessários para uma revisão adequada da sua bike. Por esse motivo é sempre recomendada a revisão com um mecânico com formação, capacitação e equipamento certo para realizar a manutenção na revenda autorizada.  Ao adquirir sua bicicleta, solicite que seja feito uma aferição nos apertos dos parafusos de toda a bike com torquímetro, e aproveite para ajustar a pressão de amortecedor, suspensão, posição de guidão freios, e altura do selim. Os fabricantes, de uma maneira geral, usam pouca graxa para a montagem das bikes e peças, por isso eu pessoalmente recomendo fazer uma revisão de acordo com o uso. Por exemplo: em regiões mais secas, com trilhas e estradas empoeiradas, as articulações precisarão de atenção mais cedo.  O mesmo em situação de muita lama e chuva onde a atenção seria necessária para evitar o acumulo de lama e ferrugem.

Entendendo seu equipamento

Sugiro que o proprietário exija o manual de compra na revenda autorizada (toda bike 0 km vem com o manual). Você vai encontrar informações como a recomendação de revisões periódicas.

O manual da suspensão indica a quantidade de horas de uso ideal até a revisão preventiva.

Essas informações também estão disponíveis no site dos fabricantes normalmente, ou você pode consultar sua revenda autorizada.

15 dicas de bike para iniciantes

Sem tempo para ler o artigo inteiro? Experimente então ouvir essas dicas de bike para iniciantes. Aperte o play acima!

O ciclismo é um esporte apaixonante. Seja para manutenção da saúde, superação de limites pessoais ou apenas pela sensação de liberdade e fuga do estresse diário. Não há dúvidas que o hábito de pedalar proporciona inúmeros benefícios para quem o pratica.

Se você está lendo este texto, é sinal que já tomou a decisão mais importante: começar a pedalar. Mas, antes de subir na bike, vale muito a pena pegar algumas dicas.

Veja neste artigo, 15 cuidados básicos que vão te ajudar a aproveitar todas as vantagens que o ciclismo oferece e garantir uma boa experiência de bike para iniciantes!

1. ESCOLHA UMA BIKE PARA INICIANTES

Comecemos, como é óbvio, pelo item principal: a bicicleta. Não é necessário investir, de cara, em uma bike de última geração. Ainda assim, tenha em mente que a escolha acertada vai depender muito do tipo de ciclismo que você pretende praticar.

Se o seu objetivo é apenas passear pelos parques e ciclovias de sua cidade, pode adquirir um modelo mais simples, que é encontrado em magazines ou em lojas especializadas – melhores opções nesse caso.

Por outro lado, caso deseje fazer trilhas ou participar de competições, será necessário dedicar atenção a características como tipo de freio, suspensão etc.

Além disso, é importante que a bike seja confortável e adequada ao seu biotipo. Mesmo uma bike para iniciantes tem diferentes tamanhos de quadro e roda, assim como a altura e regulagem de selim e guidão, e tudo isso influencia na pedalada.

Por isso, a dica é fazer o bike fit, um ajuste específico da bicicleta para o ciclista, que pode ser realizado em lojas especializadas.

2. USE ROUPAS E EQUIPAMENTOS ADEQUADOS

O primeiro e mais importante equipamento para começar a pedalar é um capacete adequado. Item tão básico que nem precisaríamos mencionar certo?

Busque um modelo com boa ventilação, fácil travamento e de material com qualidade garantida. Depois, pense em óculos que filtrem o excesso de luminosidade e protejam seus olhos contra o vento, poeira e insetos.

As luvas também são itens que devem ser considerados, em função do conforto e firmeza que proporcionam à condução, além de claro, proteger suas mãos em quedas.

Outro item recomendado são as roupas próprias para a prática do ciclismo, que trazem grandes vantagens. Uma bermuda de ciclista tem o formato, tecido e acolchoamento certos para garantir conforto e evitar assaduras. O que é essencial para percursos de altas quilometragens ou pequenas distâncias.

Detalhe importante: há bermudas específicas para homens e outras para mulheres. Pergunte ao vendedor e leia a etiqueta sempre!

Da mesma forma, a camiseta de ciclista tem a praticidade de bolsos estratégicos e é feita em tecido que privilegia a ventilação e melhor sensação térmica. Além de ter cores que ajudam na sua sinalização e identificação na rua ou trilha.

Viu só como mesmo em um tópico de bike para iniciantes é necessário prezar pela segurança? Seja iniciante ou veterano, a segurança deve ser sempre uma prioridade.

3. APRENDA A FAZER MANUTENÇÃO DE EMERGÊNCIA

Como o assunto aqui é bike para iniciantes, você não precisa ser um especialista em mecânica para começar a pedalar. No entanto, é recomendável que consiga realizar algumas tarefas básicas de manutenção.

Reparar e trocar um pneu, substituir a câmara de ar, consertar a corrente e efetuar ajustes em câmbio e no sistema de frenagem são algumas coisa que você deve saber.

Isso não significa, é claro, que você não possa pedalar por aí caso não tenha essas habilidades. Logo, você vai se sentir mais confiante e seguro se souber executar essas pequenas ações.

Peça conselhos a amigos, assista a vídeos na web ou procure um curso para aprender a se virar o suficiente numa situação de reparo. A cultura do ‘faça você mesmo’ é vigente no ciclismo!

4. CUIDE DA SUA SEGURANÇA

  • Atenção para outro aspecto importante no uso de bike para iniciantes: usar equipamentos e acessórios que garantam segurança reforçada durante o pedal.
  • Entram nessa categoria, as luzes sinalizadoras — na frente e atrás da bike —, os adesivos e acessórios refletores e a campainha para alertar sobre sua presença.
  • Na parte de tecnologia, o uso de GPS e medidores de tempo, velocidade, distância e até frequência cardíaca fornecem informações importantes que mostram o seu desempenho e outros dados.

O mais comum é o uso de ciclocomputadores que reúnem todas essas características em um único equipamento.

E, há modelos do básico ao avançado!

Uma dica essencial de segurança é realizar o registro de sua bike, de forma que ela possa ser facilmente localizada em caso de furto. Ou mesmo que sejam enviadas informações vitais do próprio ciclista ao sistema de registro.

Tudo isso permite que contatos de emergência sejam realizados sempre que necessário.

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos

5. DÊ ATENÇÃO À ALIMENTAÇÃO E HIDRATAÇÃO

Como em qualquer outro esporte, o cuidado com a alimentação é muito importante na prática de bike para iniciantes e veteranos. De forma geral, quem pedala deve privilegiar uma alimentação rica em carboidratos, em função do alto consumo calórico exigido pela atividade.

No entanto, evite ingerir alimentos muito pesados e de difícil digestão antes da prática, com frituras, doces e carnes. O ideal, nesse momento, é o consumo de comidas leves e com baixo teor glicêmico, como biscoito integral, frutas e sucos.

Durante a pedalada, opte pelos suplementos específicos como gel de carboidratos, por exemplo. Ao final, invista em combinações entre proteína e carboidrato, como pão e carne — de preferência na ordem integral e frango —, além de castanhas, nozes e similares.

A hidratação é tão ou mais importante quanto a alimentação. A principal dica nesse sentido é não esperar para beber água apenas quando sentir sede. Quando isso acontece, seu organismo já está dando sinais de desidratação.

Portanto, inclua na rotina o hábito de ingerir água constantemente durante a pedalada. E também ingerir muita água nos dias anteriores e depois do exercício, assim você estará sempre resistente pra percursos mais longos!

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos

Créditos: PxHere

6. ENTRE EM UM GRUPO DE PASSEIO

Pedalar em grupo é mais seguro do que sozinho. Existem centenas de ciclistas que se reúnem para passear e há turmas específicas para quem está iniciando como você.

Trajetos curtos, com poucas subidas e ritmo leve são as propostas de grupos para iniciantes. Geralmente eles se reúnem à noite na cidade, a fim de um bom passeio e novas amizades.

Além de ter o apoio de ciclistas mais experientes — os organizadores são veteranos na bike — você vai pedalar cada vez melhor e aprender mais sobre ciclismo.

Busque um grupo de bike para iniciantes nas redes sociais ou vá às lojas de sua região, que geralmente organizam passeios.

Leia também:  Como apreciar death metal: 6 passos (com imagens)

7. PEDALE POR LOCAIS CONHECIDOS

Essa dica vale tanto se você for pedalar sozinho ou acompanhado por alguém iniciante: faça trajetos que você conheça, que tenham ciclovias ou ciclofaixas.

Pedalar por locais que você conhece fará com que se sinta mais confiante além de evitar que se perca. Com o tempo, vai ser comum você explorar novos percursos e ambientes, mas isso só com calma e experiência.

Bike para iniciantes ou ciclistas experientes exige paciência e bastante treino, e os resultados dessa são excelentes.

Ajuda digital:

Como escolher sua Bike

 Existem várias categorias de bikes, cada uma com funções e performance bem diferente umas das outras. Dividimos em passos para ajudar na escolha.

1° – Defina o uso

  • Urbano / Trabalho / Escola / Faculdade / Viagens / Recreativo / Versáteis 
  • Montanhismo / Mountain Bike
  • Estrada / Speed / Competição / Alta velocidade / Triatlo
  • Infantil

2° – Defina o tamanho

  • Altura do cavalo
  • Mountain Bike
  • Speed
  • Novas numerações
  • Bike Fit

3° – Defina a frequência de uso

  • Esporádico / raramente
  • Diário
  • Alta performance

Defina o uso

Bicicletas ótimas para estradas pavimentadas, pois possuem pneus mais finos, que oferecem maior desempenho por terem menor atrito com o solo. Bikes confortáveis e práticas para quem percorre curtas distâncias. Desenvolvidas para locomoção dentro dos centros urbanos, são ideais para ir trabalhar, estudar e até mesmo se divertir em praças e parques.

Montanhismo / Mountain Bike

Bicicletas para se aventurar em qualquer tipo de terreno: asfalto, estrada de terra, trilhas, montanhas, cicloviagens e até mesmo um simples passeio no parque. Possuem diversas combinações de marchas tanto para terrenos íngremes e de subida longa, quanto para terrenos mais planos que exigem maior velocidade.

Estrada / Speed / Competição / Alta velocidade / Triatlo

Bicicletas de alto desempenho para rodar com alta velocidade no asfalto. Possuem pneus finos, estrutura rígida e aerodinâmica. Com marchas mais pesadas, o usuário pode desenvolver velocidades muito altas em terrenos lisos e planos.

Ideal para competições de alta velocidade e é o mesmo tipo de bicicleta usada em competições como Volta da Franca e Copa América.

Para garantir alto desempenho a posição de pedalada não é aconselhada para cicloviagens, pois pode ser desconfortável para muitos usuários.

Infantil

Bicicletas menores e com uso de cores e formas para estimular o interesse das crianças e tornar o momento da pedalada mais memorável.

Tamanho

Se estiver em dúvida quanto ao tamanho, rode na bike de algum amigo que tenha o quadro do tamanho que você pretende adquirir. Quadros menores são mais ágeis e leves. Quadros maiores são mais estáveis e confortáveis em pavimentos imperfeitos.

Normalmente cita-se primeiro a medida do tubo vertical e depois a do tubo horizontal, exemplo, 54 x 55 cm.

Quando vemos apenas uma medida descrita, entende-se como sendo os dois tubos do mesmo tamanho (nesse caso, chamado de quadro quadrado).

Para medir o tamanho de um quadro sloping – aqueles com o tubo horizontal inclinado para trás, como por exemplo nas Giant TCR – despreze a sua inclinação. Tire a medida com a fita métrica paralela ao chão.

A altura é o mais importante no quadro. O comprimento pode ser ajustado trocando-se a mesa. O mercado oferece opções de mesa que vão dos 7 aos 14 cm, com incrementos de 0,5 em 0,5 cm.

Atenção: alguns canotes de selim têm marcações que indicam o limite de regulagem. Não ultrapasse os limites! Se na sua bike esses limites ficarem expostos é sinal evidente que a bike está pequena para você.

Saiba seu cavalo

Como Ajustar o Selim de Sua Bicicleta: 7 Passos

Para bicicletas, a altura do cavalo é muito mais importante que a estatura do indivíduo, pois cada pessoa pode ter diferentes proporções das pernas em relação ao tamanho total do corpo.

  1. Fique descalço, de pés juntos e de costas para uma parede.
  2. Faça a medição entre o chão até a região que será apoiada no selim.

Para Mountain Bikes

  • Fique descalço, de pés juntos e de costas para uma parede;
  • Faça a medição entre o chão até a região que será apoiada no selim;
  • Esta será a altura do seu cavalo.
  • Pegue o tamanho do cavalo e transforme em polegada (dividir por 2,54)
  • Subtraia 14
  • Pronto! Este é o tamanho aproximado do seu quadro
  • (Tamanho do Cavalo : 2,54) – 14 = Tamanho aproximado do quadro

Tamanho de Aro

 26”: Há muitos anos elas predominaram no mercado e também provocaram frenesi quando foram lançadas, concorrendo com as clássicas Aro 700. O mountain biking se desenvolveu mundialmente com pilotagem em bicicletas Aro 26”.

Apesar da grande procura pelas novas medidas, estas bicicletas ainda tem muitos fãs e adeptos. 29”: Alguns dizem que elas são melhores em trechos planos e absorvem melhor os obstáculos em descidas, porém o rendimento seria pior nas subidas.

Conversando com várias pessoas que pedalavam em bikes aro 26” e que agora pedalam uma aro 29”, percebemos que não há unanimidade. Porém, atualmente a maioria dos mountain bikers já aderiram às Aro 29”.

27,5” – Meio termo: Elas estão chegando agora ao mercado e seriam um meio termo: ágeis como as 26” e velozes como as aro 29”.

 

Para Speed

  • Fique descalço, de pés juntos e de costas para uma parede.
  • Faça a medição entre o chão até a região que será apoiada no selim.
  1. (Formula desenvolvida pelo engenheiro suíço Wilfried Hüggi)
  2. Pegue o tamanho do cavalo e multiplique por 0,65 cm.

  3. (Medida do Cavalo) x 0,65 = Medida aproximada do tamanho do quadro.

O valor encontrado será o tamanho aproximado do quadro ideal para o ciclista. Ex.: Um ciclista que tem o cavalo na altura de 83 cm, deverá se adaptar melhor ao quadro de tamanho 54, já que 83 X 0,65 = ~54.

No Brasil é raro encontrar quadros com numeração ímpar e o jeito é adquirir um tamanho de quadro aproximado. Arredonde esse valor para menor para uma bike mais ágil e esperta, arredonde-o para maior e você terá uma bike mais confortável e estável, boa para os cicloturistas.

Tente primeiro um quadro menor, se após fixar a altura do selim, o canote ficar muito exposto, é melhor então adquirir o quadro imediatamente maior.

Nova numeração

Atualmente, muitas marcas utilizam a numeração S, M, L, XL (como em roupas) em vez da numeração em polegadas ou centímetros. A primeira speed a adotar este sistema foi a taiwanesa Giant, depois outras adotaram o método, entre elas as mountain bikes da Scott.

A tendência é que cada vez mais os quadros se tornem menores e o canote de selim e a mesa se torne mais comprida, diminuindo assim o tamanho do quadro e consequentemente o peso do conjunto.

No Brasil, a maioria das bicicletas são produzidas no tamanho intermediário (17 ou 18) para satisfazer à maioria da estatura de nossa população. Certifique-se do tamanho que você necessita para não comprar um quadro que não é adequado a você.

Previna-se também contra maus vendedores que se preocupam em empurrar peças que ele tem em estoque. Pesquise em pelo menos três lugares diferentes antes de fechar negócio.

Se em sua cidade você só tem uma loja de bicicletas, viaje para uma cidade pouco maior e continue a pesquisa.

Lembre-se: o quadro é o componente principal de uma bike e na maioria das vezes, o mais caro também. Escolha bem para não ter que trocar depois!

Última dica

Se você procura uma boa bicicleta, que se adapte bem ao seu corpo, evite comprá-la em supermercados. Bicicletas devem ser adquiridas em lojas especializada, que tenham um pessoal treinado para atender bem e esclarecer as dúvidas dos clientes.

Bike Fit (Em Breve!)

Bike Fit é um ajuste feito por profissionais especializados que utilizam as medidas do próprio corpo do ciclista para ajuste milimétrico, oferecendo melhor desempenho e conforto para ciclista.Saiba mais com o vídeo feito pela Equipe do “Onde Pedalar”.

http://ondepedalar.com/pt/iniciantes/bike-fit-caseiro-dicas-de-como-ajustar-sua-bike-ao-seu-corpo

 

Defina a frequência de uso

Se pretende usar a sua bike esporadicamente e para fins recreativos, preze por economia e equipamentos mais robustos, que demandam pouca manutenção. Preze pelo conforto e equipamentos que terão o ajuste perfeito no seu corpo.

Quanto mais confortável for a bicicleta, menos desgaste você terá ao longo dos dias. Opte por algo que esteja de acordo com seu estilo e tente investir o máximo que esteja disposto para melhorar sua qualidade de vida. Qualidade, performance e preço são elementos diretamente proporcionais.

A regra é simples: quanto mais for investido, melhor será a performance da bike para ciclista.  

Tendo em mente o tanto que você precisa da bike, defina o maior valor que esteja disposto a investir e adquira os melhores equipamentos que conseguir. Garantimos que voltará na Ciclovia Bicicletas, pois possuímos as melhores opções de estilo, preço e qualidade do mercado!

Para todos os nossos clientes – Agradecemos o seu interesse e boas compras!

Equipe Ciclovia Bicicletas 39 anos de confiança e tradiç&atild

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*