Como cancelar sua assinatura da xbox live: 8 passos

Lançado em 2013, o Xbox One teve um início de vida conturbado e cheio de controvérsias. Por mais que o console seja muito completo em vários aspectos, a péssima maneira como a Microsoft o divulgou no começo atrapalhou bastante coisas, que só foram consertadas – e melhoradas – com a chegada de Phil Spencer, anos depois.

Mas se tem algo que o Xbox One nunca apresentou problema é a sua instalação. Ao ligar o console, os passos são tão simples que qualquer criança pode fazê-lo e logo iniciar a jogatina. Mas algumas configurações requerem atenção, pois são essenciais para que tenhamos uma experiência de jogo completa, principalmente no Xbox One X.

Por isso, vamos fazer um passo a passo diferente e mostrar a melhor forma de você configurar o seu Xbox One novo e deixá-lo pronto para jogar.

Ligando e conectando

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela/ Felipe Ribeiro

Assim que você liga o Xbox One pela primeira vez aparece uma página em que você precisa escolher seu idioma e, logo depois, sua localização. O Brasil é um dos países em que a Microsoft dispõe de serviço completo para os usuários do Xbox, portanto não tenha medo em escolher o nosso país. Depois, se você quiser, pode trocar para outra região a seu bel-prazer.

Feito isso, será necessário estabelecer uma conexão com a internet. Se você já estiver com o cabo de rede conectado, é só avançar para a próxima página, mas se você estiver longe do roteador e tiver que usar uma conexão sem fio, basta escolher sua rede e colocar sua senha.

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela/ Felipe Ribeiro

Antes de ir para a Home, é bem possível que você tenha que baixar algumas atualizações do sistema. O Xbox One é baseado no Windows e, tal qual o sistema operacional, tem constantes atualizações para melhorias de desempenho, segurança e demais itens.

Crie suas contas e assinaturas

Para desfrutar de tudo o que o Xbox One tem a oferecer, o usuário precisa criar uma conta em uma das plataformas da Microsoft, que pode ser a mesma que você utilizava no Xbox 360, ou, se preferir, um e-mail novo do Outlook ou da Live.

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela/ Felipe Ribeiro

Se você for um novo usuário, logo de cara deve ganhar um período gratuito na Xbox Live, o serviço online da Microsoft para o videogame. Mas, claro, é sempre bom fazer uma assinatura mensal, trimestral ou anual do serviço.

Além da Live, outra assinatura muito interessante de ser feita e que será de fundamental importância para que você desfrute do console é o Xbox Game Pass, que disponibiliza mais de 100 jogos de imediato. Neste caso, inclusive, já há um pacote que engloba tanto a Live quanto o Game Pass, o Xbox Game Pass Ultimate.

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela/ Felipe Ribeiro

Vale lembrar que você pode incluir quantas contas quiser no seu Xbox One. Caso uma delas tenha esses serviços, as outras serão contempladas automaticamente.

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela: Felipe Ribeiro/Canaltech

Depois de tudo isso, somos jogados na Home do Xbox One. Depois de alguns anos, ela mudou bastante desde o lançamento, mas sempre teve o mesmo padrão, bem parecido com o que já vemos no Windows 10. O sistema é muito fácil de ser dominado e, com poucos minutos, o usuário já está completamente familiarizado.

Ao apertar o botão Xbox no controle, abre-se um menu lateral que nos dá acesso às configurações gerais, permite ver os amigos que estão online, personalizar nosso perfil, navegar na nossa biblioteca de jogos e apps, entre outras coisas.

Também é possível personalizar a página inicial com os jogos e aplicativos que você mais usa, para ganhar tempo.

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela: Felipe Ribeiro/Canaltech

Ao ir para o menu de Configurações, muitos itens aparecem para que deixemos o Xbox One com a nossa cara e funcionando de um jeito ainda mais personalizado. É possível alterar toda a maneira como ele funciona, desde o modo como ele é ligado até a resolução (explicaremos abaixo) que ele vai rodar em sua TV.

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela: Felipe Ribeiro/Canaltech

Como já configuramos a conexão com a internet e a conta antes mesmo de chegar aqui, pouca coisa precisa ser feita neste sentido, mas é bom lembrar que o usuário pode reconfigurar tudo isso por meio do menu.

Personalizando seu Xbox One

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela: Felipe Ribeiro/Canaltech

É muito simples e fácil personalizar o seu Xbox One e deixá-lo do seu jeito, com a sua cara (literalmente). Para isso aperte o botão do Xbox no controle e vá para a área do seu perfil.

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela: Felipe Ribeiro/Canaltech

Ali, escolha a opção para personalizar que, logo depois, você irá para uma tela onde poderá mexer no padrão de cores da dashboard, alterar a foto do seu perfil, o tamanho das capas dos jogos ou até mesmo criar o seu avatar.

Controle parental

Como Cancelar sua Assinatura da Xbox Live: 8 Passos Captura de Tela: Felipe Ribeiro/Canaltech

Algo que é muito elogiado no Xbox One é o controle parental. As crianças são boa parte dos usuários do console e jogar online nem sempre é tão seguro quanto se pensa quando falamos dos pequenos.

No meu caso, por exemplo, com exceções feitas à parte de conexão, que são seguras por padrão, não deixo com nenhuma restrição. Mas, como é possível ver na imagem acima, há uma série de itens que podem ser configurados para que o seu filho ou filha possam jogar em segurança. Além disso, é possível determinar quais jogos eles poderão jogar e o tempo que poderão ficar conectados.

Mas e a TV?

Existem três versões do Xbox One: FAT, S e X. Na FAT e na S (incluindo a All-Digital), os games rodam a, no máximo, 1080p, ou seja, Full HD, resolução de boa parte das TVs existentes no mercado. Mas isso não impede que você use seu Xbox One em uma TV com resolução menor — desde que seja HD.

No caso do Xbox One S e do Xbox One S All Digital, eles são capazes rodar aplicativos de streaming e vídeos em 4K nativo com HDR, como a Netflix, Amazon Prime Video e YouTube.

Para isso, é necessário ver se sua TV 4K está com o sistema dessa resolução ativado, que geralmente é chamado de HD Ultra Deep Color.

Feito isso, o próprio sistema do console fará o reconhecimento de maneira automática.

Leia também:  Como alterar a foto do id apple no iphone: 7 passos

Já no Xbox One X…

Captura de Tela: Felipe Ribeiro/Canaltech

No Xbox One X a coisa muda um pouquinho de figura. Isso porque o console é capaz de rodar alguns jogos em 4K nativo, além do HDR, também presente na versão S. Ao ativar o HD Ultra Deep Color em sua TV, verifique se o console identificou toda a capacidade da TV para rodar os jogos nessa qualidade. Caso não tenha feito isso de imediato, é recomendado reiniciar o Xbox.

Antes de jogar, navegue pelos jogos

Depois de ajustar tudo como você desejava, é hora de ir par a jogatina. Ao acessar o menu Meus Jogos e Apps, você terá à disposição toda a sua “Vida” dentro do Xbox One, com os games e aplicativos instalados e que estão em sua conta – além daqueles que podem ser baixados pelas assinaturas, como o Game Pass e o EA Access.

Captura de Tela: Felipe Ribeiro/Canaltech

É bom lembrar que caso você não tenha um jogo, mas outra conta que estiver disponível no console o tenha, você pode jogá-lo sem problema nenhum.

Ainda há muito o que mexer, por assim dizer, no Xbox One. Mas, para que você tenha uma experiência de jogo segura e fácil, esses passos são suficientes para que você possa iniciar sua trajetória gamer no console da Microsoft.

Ficou com alguma dúvida ou sentiu falta de alguma coisa? Deixe para nós nos comentários.

TIM Games

  • O TIM games é um serviço inovador de assinatura que disponibiliza centenas dos melhores jogos premium Android do mercado. Assinantes do serviço podem realizar quantos downloads desejarem por um preço fixo e com tudo liberado. O catálogo conta com os melhores jogos casuais, de estratégia, simulação, ação, esportes e aventura. Para assinar o serviço, os usuários podem enviar a palavra ‘GAMES’ para o número 6120 ou acessar os demais canais de divulgação da operadora. Os usuários têm direito a 7 dias grátis na primeira assinatura, após este período, será realizada a cobrança semanal no valor de R$ 4.19. Opcionalmente, os usuários também podem assinar pacotes mensais que inclui: acesso aos jogos do EA Access (Xbox One) por R$ 15,49 por mês ou baixar 1 jogo grátis de PC por R$ 15,99 mês ou o pacote completo que inclui assinatura mensal TIM Games + console + PC por R$ 27,90 por mês.

  • Assinando o TIM games, os assinantes têm à sua disposição os melhores jogos premium Android do mercado por um valor fixo e reduzido, sem tarifações adicionais, sem propaganda e sem conteúdos inadequados.

  • São centenas de jogos premium para Android. O catálogo está em constante atualização, incluindo os melhores lançamentos do momento.

  • Os jogos Androids estão disponíveis para aparelhos com versões do Android 2.3.3 (Gingerbread). 

  • Caso esteja com sua assinatura ativa, o usuário poderá baixar e utilizar quantos jogos quiser.

  • Caso a assinatura esteja ativa, você poderá baixar e utilizar quantos jogos quiser.

  • Para utilizar o serviço acesse o endereço tim.appsclub.com.br e baixe o aplicativo.

  • O conteúdo é atualizado pelo menos 1 vez por semana.

  • Os usuários podem assinar o serviço enviando um SMS com a palavra ‘GAMES’ para o número 6120 para assinatura semanal ou enviar um SMS com a palavra “QUEROGAMES” para o número 6120 para assinatura mensal. O serviço também pode ser adquirido através de outros canais da TIM: Portal WAP, SIM Card, Portal de Voz, Sat Push e WEB.

  • Caso você esteja sem créditos na data do aniversário de sua assinatura, a renovação não será efetuada e o serviço ficará pendente até que você realize uma recarga e o serviço seja renovado. Neste período o serviço ficará indisponível, ou seja, você não poderá baixar novos jogos nem utilizar jogos já baixados.

  • Sim, contanto que você utilize o mesmo chip cadastrado no momento da assinatura.

  • Você pode procurar jogos navegando por Categorias ou acessando as áreas de Destaques. Também é possível realizar a busca de algum jogo através da barra de pesquisa localizada na parte superior da tela principal do aplicativo. Para encontrar um jogo específico basta preencher um ou mais termos de busca no campo apropriado e clicar no botão Ir do teclado de seu aparelho. Os resultados serão exibidos em uma nova tela de acordo com a relevância para o termo buscado.

  • Abra o TIM games no novo aparelho e passe pelas telas de introdução ao serviço. Após clicar em Assinar, você será levado a uma tela onde deverá colocar o número de telefone usado para criar a conta (aquele que utilizava em seu aparelho anterior). Na tela seguinte você verá um contador e um link na parte de baixo da tela escrito “Inserir código de validação manualmente”, onde deverá clicar. Após, será preciso digitar o código que receber via SMS, que é enviado ao seu número de telefone de cadastro, e clicar em “Validar Código”. Pronto! Você já pode usar o TIM games no novo aparelho. Para utilizar os jogos baixados em seu aparelho anterior será necessário abrir primeiro o aplicativo TIM games.

  • Os jogos baixados através do TIM games possuem uma pequena marcação visual em seu ícone, para que não se confundam com os jogos baixados de outras fontes.

  • Para remover um jogo instalado através do TIM games o procedimento é o mesmo usado para remoção de jogos comuns. Na área de Configurações do seu aparelho vá até a opção que permite gerenciar seus aplicativos. Caso seu aparelho possua mais opções dentro de Aplicativos, escolha a de gerenciamento. Dentro dessa área, você poderá encontrar todos os jogos instalados em seu aparelho. Procure por aquele que deseja desinstalar, clique sobre seu nome e, na tela de detalhes do jogo, clique em Desinstalar.

  • Após associar sua assinatura TIM games club ao novo aparelho, acesse o item de menu Meus Games para baixar e instalar os jogos novamente.

Xbox Game Pass – Um novo serviço no cenário de jogos – Brasil Escola

O presente trabalho visa apresentar o serviço de jogos “Xbox Gamepass”, buscando entender a recepção do usuário para esse novo modelo de serviço. O objetivo é compreender se poderá ou não ser bem aceito pela comunidade de jogos e de que forma isso se concretiza para a Microsoft, mercado e usuário.

Leia também:  Como capturar o ditto no pokémon sapphire: 10 passos

Foi realizada uma pesquisa quantitativa e qualitativa para mensurar a receptividade quanto a esse novo modelo de serviço. Vemos que a plataforma pode apresentar um grande potencial financeiro para a empresa, um novo modelo de negócios para o mercado e um vantajoso serviço para os usuários.

Conclui-se que toda essa demanda e oferta pode apresentar uma nova tendência para o mercado de jogos.

Palavra-Chave: Xbox. Game Pass. Jogos. Microsoft.

Abstract

The present work aims to present the service of games “Xbox Gamepass”, seeking to understand the reception of the user for this new model of service. The goal is to understand whether or not it may be well accepted by the gaming community and how it will be accomplished by Microsoft, the market and the user.

A quantitative and qualitative research was carried out to measure the receptivity regarding this new service model. We see that the platform can present great financial potential for the company, a new business model for the market and an advantageous service for the users.

It is concluded that all this demand and supply may present a new tendency for the gaming market.

Keyword: Xbox. Game Pass. Games. Microsoft

2. INTRODUÇÃO

Esse trabalho de conclusão de curso apresenta o novo serviço de jogos Xbox Game Pass e o situa no panorama do setor de jogos eletrônicos.

Por meio de análise da indústria de games e sua história, observando suas características como modos de jogo, vendas e conteúdo transmídia, segue-se para as novas tecnologias, fazendo uma relação do streaming e os games. Discorre-se sobre a publicidade do setor, com foco na marca Xbox.

Apresenta-se uma breve trajetória da Microsoft na indústria de jogos e sua trajetória nos consoles, contando desde os primórdios do Xbox até a situação mais recente do Xbox One X.

O serviço Xbox Box Game Pass é descrito, explicando sua história, funcionalidades, conteúdo e características.

O trabalho realizado busca a opinião dos usuários, com interesse em descobrir a recepção da comunidade de jogos acerca dessa nova plataforma no mercado.

O tema foi selecionado primeiramente pela proximidade do autor com jogos eletrônicos em especial com a marca Xbox. A interessante premissa do novo serviço representa um novo modelo que pode beneficiar tanto a indústria quanto jogadores, além da possibilidade de ser um ponto inicial de uma possível guinada dos jogos para o streaming, transformando o mercado de jogos digitais.

3. Um panorama do setor de jogos eletrônicos

Produções simbólicas, como música, poesia, pinturas, estão presentes há muito tempo na história da sociedade, marcando a trajetória humana no planeta e representando aspectos culturais de diversos grupos e épocas.

A exploração comercial da cultura, como a composição de músicas visando os primeiros lugares das rádios, vendas de CDs, filmes buscando o sucesso de bilheteria, no entanto, é mais recente e data da virada do século XIX para XX.

Trata-se de conteúdos que visam ao lucro, não apenas uma espécie de manifestação cultural histórica, mas também algo que conquiste o sucesso comercial perante a massa independente das suas qualidades e características.

Para Adorno e Horkheimer a Indústria Cultural produz bens simbólicos a partir de padrões que se repetem com a intenção de formar uma estética ou percepção comum voltada ao consumismo. Para os dois pensadores alemães, a Indústria Cultural é extremamente voltada ao mercado.

Para Adorno (1999), na Indústria Cultural, tudo se torna negócio e com negócios, os objetivos comerciais são programados almejando a exploração de bens considerados culturais1.

Os autores, no entanto, talvez não contassem com o surgimento de novas tecnologias ligadas aos elementos culturais e comerciais e que levariam a novas formas de produção e circulação de bens simbólicos, das quais os jogos eletrônicos são um exemplo.

Os games são um exemplo daquilo que hoje chamamos de indústria do entretenimento, um setor extremamente lucrativo que engloba e conecta diversos elementos da indústria cultural.

Música, cinema, eventos, informática e games, são alguns elementos culturais presentes no cotidiano da sociedade e que hoje se juntam em empreendimentos conjuntos, formando a segunda indústria mais lucrativa no mundo atualmente. Este setor busca cada vez mais a diversão dos seus clientes, proporcionando o prazer e satisfação para os consumidores.

Segundo previsão da Pricewaterhouse Coopers, a previsão para o ano de 2014 era de 1,7 trilhões de dólares em valores globais. Uma média de crescimento de 0,5% ao ano.

O mercado do entretenimento não possui apenas a importância financeira, essa indústria também apresenta uma forte influência cultural.

“É possível perceber, ao longo da história, diversos momentos em que a influência desse setor na política econômica foi imprescindível para o desenvolvimento do país”. (SCHNEIDER, 2009, p. 6).

O capitão América, como ideal político no período da guerra fria e o Zé Carioca, personagem criada pela Disney para gerar proximidade com o público brasileiro, são duas referências de utilização política no entretenimento.

Os games também são utilizados com interesses políticos e governamentais. Um exemplo é o desenvolvimento de um jogo do exército dos Estados Unidos, um país que não tem o alistamento obrigatório, mas frequentemente está envolvido em questões militares.

O advergame America’s Army foi um jogo criado pelo Exército Americano em parceria com a Marinha do mesmo país no ano de 2002, através da publicadora Ubisoft, para computadores. O jogo proporciona ao jogador a experiência de estar em uma guerra real.

O seu investimento inicial foi de cerca de sete milhões de dólares, sendo que o projeto levou quatro anos para ser concluído. A distribuição do jogo é gratuita através de download no site oficial: http://www.americasarmy.com/. Entretanto, custa, aos cofres do Exército Americano, dois milhões de dólares ao ano para sua manutenção. Além disso, é oferecida aos jogadores a opção de alistamento online. O personagem é levado ao local específico de alistamento e, lá, é redirecionado para a página de alistamento do exército, onde o jogador preenche a ficha com seus dados. (SOUZA et al, 2013, p. 6).

Dicas quem acabou de comprar um Xbox One

Se você acabou de comprar um novíssimo Xbox One, existem algumas dicas e truques essenciais que você deve saber, e que o ajudarão a tirar o máximo proveito do seu novo console.

Conectar seu Xbox One à sua TV é muito simples – basta conectar o cabo HDMI incluído na porta de saída HDMI rotulada na parte traseira do sistema e a outra extremidade em uma entrada HDMI na sua TV. Além disso, é claro, conecte o cabo de alimentação de energia (fonte) no console, e conecte-o na tomada.

Leia também:  Como ajudar uma pessoa com transtorno de conversão

Quando você ligar seu Xbox One pela primeira vez, você passará por algumas etapas de configuração inicial, como selecionar seu idioma, configurar uma conexão Wi-Fi e criar uma nova conta do Xbox Live (ou entrar com uma conta existente). Basta seguir as instruções na tela depois de ligá-lo e conectá-lo.

Importante! – Quando você usa pela primeira vez um Xbox One, você DEVE se conectar à Internet, através de um cabo ethernet ou via Wi-Fi, para atualizar o sistema. Você não pode usar o sistema até que tenha baixado essas atualizações. Você não precisa mantê-lo conectado depois, mas precisa se conectar pelo menos uma vez para atualizá-lo.

Seja paciente!  Também é importante lembrar-se de ser paciente durante o processo inicial de inicialização e atualização. Pode parecer que nada está acontecendo ou você não está progredindo, mas seja paciente. Pensar que algo está errado e tentar reiniciá-lo pode causar problemas se a atualização for interrompida no meio do caminho. Seja paciente. 

Na improvável chance de que algo dê errado (como você vê uma tela preta ou a tela verde do Xbox One por mais de 10 minutos), você pode realmente ter um problema. A Microsoft tem ajuda de solução de problemas de atualização para isso em seu site. 

Apenas uma pequena fração de um percentual de sistemas tem um problema durante a configuração inicial, no entanto, assim como dissemos, seja paciente, pois seu sistema deve ser atualizado com sucesso.

Ninguém quer ficar sentado por uma hora depois de abrir seu novo Xbox One enquanto ele é atualizado, então uma boa idéia é realizar o processo inicial de configuração e atualização antes de entregar o presente, e depois colocá-lo de volta na caixa. Dessa forma, seus filhos (ou qualquer pessoa que receba o presente) pode ligar e começar a jogar imediatamente.

Todos os jogos, incluindo os jogos de mídia física, devem ser instalados no disco rígido do Xbox One e, às vezes, isso pode levar muito tempo (geralmente porque é necessário instalar uma atualização de jogo ao mesmo tempo). 

Assim como na dica acima, é provavelmente uma boa idéia pré-instalar os jogos com antecedência antes de presentear crianças e até mesmo adultos, para que eles possam ligar o console e começar a jogar sem ter que esperar.

Não basta enfiá-lo em uma estante, em um espaço fechado. Seu console novo precisa de espaço para respirar e ventilar. Assim, seu Xbox One fará um trabalho muito melhor.

 Além disso, certifique-se de colocar a fonte do cabo de força (que liga na tomada) em algum lugar que tenha ventilação também, e não o coloque no chão sobre o carpete (as fibras do carpete podem bloquear as aberturas e causar superaquecimento). 

Não empilhe os jogos uns sobre os outros, e não coloque itens como caixas em cima do console. Isso bloqueia a ventilação e também reflete o calor de volta ao sistema. Cuide do seu console e ele terá uma durabilidade muito maior. 

Digamos que o painel seja instável e lento, ou que um jogo não seja carregado, ou que o Xbox Live esteja agindo de forma estranha, ou uma série de outros problemas. 

A melhor maneira de resolver isso é manter pressionado o botão liga/desliga na frente do console por vários segundos, até que ele seja desligado. Isso desliga o sistema completamente, em vez de colocá-lo em modo de espera, e redefine totalmente o hardware. Similar à redefinição de um computador, esse procedimento corrige muitos problemas. 

É muito mais difícil para os malfeitores obterem suas informações se você inserir no sistema as informações do seu cartão de crédito. Não haverá nada para alguém roubar, se não estiver em sua conta, certo? 

É melhor usar cartões de presente do Xbox comprados em lojas físicas ou códigos digitais de varejistas on-line. Eles vêm em uma ampla gama de denominações, para que você possa obter exatamente o valor desejado. Outra opção segura é colocar uma conta do PayPal em seu sistema. Dessa forma, você obtém várias camadas de segurança do PayPal.

No 360, você precisava de assinaturas separadas para cada conta. No Xbox One, uma assinatura do Xbox Live Gold abrange todos que usam esse sistema, para que todos possam ter contas separadas com suas próprias conquistas, e possam jogar on-line, mas você não precisa comprar todos os seus próprios substitutos.

Você não precisa mais de uma assinatura Gold para usar aplicativos como Netflix, YouTube, Hulu, ESPN, entre outros. Agora você pode baixá-los com uma conta gratuita. (Assinaturas adicionais necessárias para aplicativos ainda se aplicam, é claro).

O disco rígido interno do Xbox One não é pequeno, mas os jogos são definitivamente enormes e vão encher a unidade de 500 GB rapidamente. Dependendo de quantos jogos você planeja comprar, você pode não ficar sem espaço, mas se você pretende usar o seu Xbox One para jogar muitos jogos, você vai precisar de uma unidade externa eventualmente. 

Usando o recurso Snap, você pode encaixar aplicativos e determinados jogos (por exemplo, o Threes!) ao lado da tela enquanto você está jogando, assistindo à TV ou fazendo qualquer coisa na parte principal da tela. 

Você pode controlar facilmente os aplicativos capturados, ou escolher o que deseja encaixar, tocando duas vezes no botão Guia do Xbox (o grande X do controle), que exibirá o menu instantâneo. 

10. Você não precisa estar sempre on-line  

Apesar das políticas terem mudado há mais de dois anos, ainda há muita confusão sobre isso. Então vamos esclarecer. Não há sempre um check-in online. A Microsoft não está te observando com o Kinect. Você nem precisa usar o Kinect se não quiser.

 Os jogos usados ​​funcionam exatamente como sempre fizeram – você pode trocá-los ou vendê-los ou dar a seus amigos. Qualquer coisa que você ouve de outra maneira nesses assuntos é falsa.

Essas dicas devem ajudá-lo a aproveitar ao máximo seu novo console.

 Dê uma olhada nos melhores jogos para Xbox One de 2018, para saber o que vale a pena comprar. E o mais importante, Divirta-se!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*