Como cancelar os pacotes de serviço do banco do brasil

Caso seja correntista do Banco do Brasil e esteja pagando tarifa de manutenção de conta-corrente, saiba que você pode estar pagando por algo que não utilizada. A resolução 3.

919 do Banco Central determina que todos os bancos devem oferecer aos clientes pessoa física um pacote gratuito chamado Serviços Essenciais, ele contempla transações básicas sem custo: por mês ele inclui quatro saques, 02 transferências entre contas da mesma instituição, 01 talão de cheque com dez folhas e o fornecimento de um cartão de débito para compras e saques.

Neste artigo ensinaremos como mudar a sua conta bancária do BB para os Serviços Essenciais e, assim, livrar-se da tarifa de manutenção.

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil

Vantagens do pacote de Serviços Essenciais:

  • Sem mensalidade, ele é gratuito!
  • Mudança para os Serviços Essenciais pode ser feita pela internet;
  • 04 saques por mês (no caixa eletrônico ou na agência);
  • 02 transferências entre contas da mesma instituição;
  • Talão de cheque com 10 folhas de cheque (por mês);
  • 02 extratos no caixa eletrônico ou consultas ilimitadas pela internet ou celular;
  • Cartão de Débito VISA, MasterCard ou ELO para compras e/ou saques;

Desvantagem:

  • Não oferece transferência gratuita para outros bancos (DOC e TED);
  • Transações que excedam o pacote gratuito são cobradas individualmente;
  • Serviços Essenciais só entra em vigor no mês seguinte a solicitação;

MIGRAR CONTA DO BANCO DO BRASIL PARA SERVIÇOS ESSENCIAIS

A alteração do tipo de conta pode ser realizada pela internet, sem burocracia. Acesse o site do Banco do Brasil www.bb.com.br e, na página principal, selecione [ACESSE SUA CONTA].

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil

Após logar no internet banking com o número da sua agência, conta e senha – se não tiver senha veja aqui como cadastrar a senha eletrônica BB – selecione o menu TARIFAS > PACOTE DE SERVIÇOS > CANCELAMENTO, daí é só cancelar o pacote de serviços vigente na sua conta.

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil

Ao cancelar o pacote de serviço vigente a conta ficará sem nenhum pacote e será cadastrada automaticamente no Serviços Essenciais do BACEN, que não cobra nenhuma mensalidade e oferece os principais serviços sem custo ao correntista.

Melhor que os Serviços Essenciais é só a Conta Eletrônica BB, pois ela é gratuita e oferece transações ilimitadas pelos canais eletrônicos.

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil

Conta corrente sem tarifas: como mudar para o Pacote de Serviços Essenciais BB?

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do BrasilPowered by Rock Convert

Este artigo é principalmente para você, que tem uma conta corrente pessoa física no Banco do Brasil. Mas, se não for esse o seu caso, leia o artigo assim mesmo, pois a opção pelo pacote de serviços essenciais é um tema de interesse geral para todas as pessoas que mantêm ou pretendem manter contas pessoais em banco.

Reveja seu pacote de serviços

Quanto você paga mensalmente pelo pacote de serviços que acompanha a sua conta corrente pessoal? Você usa todos os serviços inclusos nesse pacote?

Faça esse exercício: identifique um a um os serviços inclusos no seu pacote atual e avalie se de fato você precisa ou faz uso dele.

Você pode acabar chegando à conclusão de que um pacote mais simples (e mais barato) é suficiente para as suas necessidades. Mais: você pode chegar à conclusão de que só precisa daqueles serviços bem básicos, que talvez nem precisassem ser tarifados.

Você sabia que existe um conjunto de serviços que o banco deve oferecer aos clientes pessoa física sem cobrar nenhuma tarifa?

Conheça o pacote de serviços essenciais

A Resolução 3.919 do Banco Central, estabeleceu a partir de 2010 que os bancos devem oferecer aos clientes pessoa física a opção de um pacote gratuito de serviços, o chamado pacote de serviços essenciais.

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do BrasilPowered by Rock Convert

Os principais serviços inclusos nesse pacote são:

  • o fornecimento do cartão com a função débito;
  • a realização de até quatro saques no mês;
  • a realização de até duas transferências de valores para contas da mesma instituição no mês;
  • o fornecimento de até dois extratos de movimentação no mês;
  • consultas ilimitadas pela internet;
  • a compensação ilimitada de cheques;
  • o fornecimento de até dez folhas de cheques por mês, desde que o cliente não esteja impedido de emitir cheques.

A resolução também estabeleceu um pacote de serviços essenciais para contas poupança, em moldes similares ao das contas correntes.

Assim, se o pacote de serviços essenciais atende às suas necessidades, por que não adotá-lo? Se você eventualmente precisar de um serviço fora dos limites do pacote, terá a opção de pagar uma tarifa avulsa.

Como aderir ao pacote de serviços essenciais?

No caso do Banco do Brasil, essa opção está disponível no Internet Banking. Siga os seguintes passos:

  • Faça o acesso à sua conta;
  • Na parte superior da tela, procure pelo menu de Tarifas;
  • No menu de Tarifas, escolha a opção “Pacote de Serviços – Cancelamento”;
  • Ao cancelar o pacote de serviços vigente, a conta passa a estar “coberta” pelo pacote de serviços essenciais, sem cobrança de tarifa mensal, conforme determina o Banco Central.

Você pode também comparecer à sua agência para solicitar a mudança do pacote de serviços. Caso o atendente resista a fazer a mudança ou demonstre desconhecimento quanto aos procedimentos, insista. O Banco Central assegura que a opção pelo pacote de serviços essenciais é um direito do cliente pessoa física.

Concluindo

A resolução do Banco Central vale para todos os bancos, sem exceção. Se você tem conta em outra instituição financeira que não o BB, informe-se a respeito e exerça o direito a essa opção caso ela seja a mais adequada para as suas necessidades.

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do BrasilPowered by Rock Convert

Sabia que talvez você nem precise pagar a tarifa da conta corrente? | Especial Focas online

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil Em caso de problemas com a negociação, use o SAC do banco e, depois, o Procon e a plataforma do Ministério da Justiça

| Foto: Freepiks

Matéria anterior Próxima matéria

Dê uma olhada no seu extrato e procure a despesa “tarifa”. Podem ser R$ 7, R$ 10, R$ 20, até mais de R$ 30 todo mês. Se você está cansado de ver este dinheiro indo embora, saiba que existem pacotes com tarifas reduzidas e até um pacote gratuito, que deve ser oferecido por todos os bancos, de acordo com determinação do Banco Central.

Cada instituição financeira precisa ter ao menos quatro pacotes de serviços padronizados, sendo o inicial o mais básico (e consequentemente o mais barato) e o último o mais completo (e caro).

O valor de cada pacote é estipulado pelo banco e pode ser modificado a cada 180 dias, desde que a alteração seja anunciada aos clientes 30 dias antes.

Para não pagar nem mais caro nem gastar dinheiro à toa, vale a pena estudar modalidades antes de escolher o seu banco.

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do BrasilTodos os bancos devem oferecer os pacotes de serviços padronizados

Quem está na graduação ou na pós-graduação pode optar por uma conta universitária.

Além de taxas mais baixas – com valores entre 4,45 a R$ 7,90 -, as contas deste tipo são mais simples de abrir: os bancos não pedem comprovação de renda nem exigem uma montanha de documentos. “Fica mais barato do que a pessoa contratar um pacote de serviços normal.

E a conta universitária ainda tem limites de crédito mais adequados à realidade dos jovens”, afirma economista Verônica Tostes Dutt-Ross, da Proteste, associação de defesa do consumidor.

Veja, abaixo, a comparação das tarifas de contas universitárias nos cinco maiores bancos do País:

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do BrasilTarifas variam pouco, mas serviços oferecidos são bem diferentes entre os bancos

Também é possível não pagar nada para ter uma conta no banco com o nem tão conhecido pacote de serviços essenciais. Desde 2008, a resolução 3919  do Banco Central impede a cobrança de serviços bancários essenciais, com um número limitado de saques, transferências e extratos. Você pode acessar a resolução do BC em PDF.

Leia também:  Como apoiar uma amiga que passou por um aborto: 14 passos

Apesar da obrigatoriedade expressa na resolução, muitas instituições “escondem” essa opção ou mesmo se negam a oferecê-la quando o cliente pede. A estudante Mariana Lopes, hoje com 30 anos, teve de brigar com seu banco para garantir o direito.

“Eu recebia nesse banco pelo estágio e tinha conta universitária, mas percebi que não precisava de todos os serviços oferecidos e pedi o pacote essencial. Eles bateram o pé que não.

Aí, fui ao Procon e expliquei minha situação. O Procon me deu a resolução para levar ao banco.

Imprimi, levei e ainda brigamos por três dias até eles aceitarem e me permitirem ficar com o pacote básico”, contou Mariana.

Esta é uma prática bem comum entre os bancos, segundo a economista da Proteste. “Às vezes não é por má-fé, mas sim por falta de conhecimento. Se não conseguir negociar, tem de entrar em contato com um órgão de defesa do consumidor. Caso o banco cobre alguma tarifa indevida, o cliente tem direito a ser restituído em dobro, segundo o Código de Defesa do Consumidor”, orienta Verônica.

Outra opção é abrir uma conta em um banco digital. Nesse caso, vale também conferir o preço das tarifas para os pacotes de uso da conta corrente. O Banco Inter, por exemplo, é o único que realmente não cobra nada pelos seus serviços, de acordo com levantamento da Proteste, que compara o valor mensal de nove contas digitais de diferentes bancos.

A economista Ione Amorim, do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), conta que mesmo bancos tradicionais lançaram contas digitais, mas depois passaram a não permitir entrada de novos clientes e retomaram as tarifas. “Quando lançaram as contas digitais gratuitas, os grandes bancos pensaram na expansão das carteiras de contas virtuais.

A gratuidade e a facilidade atraíram o interesse dos consumidores.

Porém, com as carteiras já consolidadas e diante da grande mudança para corretoras e bancos virtuais, os serviços gratuitos foram suspensos para novas contratações e voltaram a ser comercializados sem gratuidade, para desestimular as aplicações fora dos bancos tradicionais”, diz Ione.

Se quiser brigar

Para reclamar da dificuldade em conseguir encaixar sua conta na categoria de serviços essenciais ou se não concordar com seu pacote de tarifas no banco, você pode inicialmente tentar argumentar no canal de atendimento (SAC) do próprio banco.

Esse canal é protegido pelo Decreto do SAC, que exige que todos os serviços regulados respondam às reclamações dos consumidores em cinco dias, forneçam o protocolo do atendimento e a gravação da ligação.

Se não funcionar, encaminhe o processo para o setor de ouvidoria do banco. Como consumidor, você também pode recorrer aos Procons ou à plataforma do Ministério da Justiça (www.consumidor.gov.

br), na qual você pode se comunicar diretamente com as empresas participantes, que se comprometeram a receber, analisar e responder as reclamações de seus consumidores em até dez dias.

Como mudar para o Pacote de Serviços Essenciais BB

Ninguém gosta de pagar tarifas em uma conta em banco. Sempre que precisamos solicitar algum serviço ou abrir uma nova conta, procuramos uma maneira para que o processo fique o mais barato o possível, com o mínimo de taxas e tarifas. Enquanto isso, as instituições financeiras querem o contrário, lucrar cada vez mais.

Por isso, acabam escondendo alguns meios em que o cliente paga menos, ou até mesmo nada. Uma dessas formas de não desembolsar dinheiro com tarifas é utilizando as contas de serviços essenciais, ainda pouco conhecidas, que todos os bancos são obrigados a manter.

O processo é tão simples e rápido que alguns bancos já permitem que isso seja feito por meio do Internet Banking, como no Banco do Brasil, por exemplo. O resultado é que você economiza uma boa quantia que pode fazer toda a diferença no seu bolso e acaba tendo que se preocupar menos com burocracias. Além disso, as vantagens são várias.

Atenção para não confundir os Serviços Essenciais com as Contas Eletrônicas. Ambas não têm manutenção mensal, mas são diferentes entre si. Recomendamos a leitura deste artigo sobre as duas contas, ou mais especificamente sobre os serviços essenciais. Continue lendo e saiba como mudar para o pacote de serviços essenciais BB.

Passo a passo para trocar o pacote

Transformar sua conta em um pacote de serviços essenciais é mais simples do que você imagina. Acesse sua conta pelo Internet Banking do Banco do Brasil através do www.bb.com.

br e procure no topo da página o menu “Tarifas“, escrito em azul, e em seguida selecione a aba logo abaixo que contém a opção “Tarifas – Pacote de Serviços – Cancelamento“.

Atenção: esta opção não está disponível no app do BB.

Em seguida irá aparecer uma lista de pacotes e seus respectivos valores, em que o último da lista será o de serviços essenciais, em que não é cobrado absolutamente nada para mantê-lo.

Outro caminho a seguir é escolher “Tarifas” no menu lateral (é uma das últimas opções). Feito isso, será aberta uma tela com três opções, na qual você deve selecionar “Adesão / Alteração / Cancelamento”. Por este menu, você também terá boas informações sobre seu pacote de serviço e quanto gasta por mês em seu banco. Vale a pena ficar atento. Observe as imagens abaixo:

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil

Menu Tarifas Banco do Brasil

Ao escolher a opção de cancelamento, você não estará terminando sua conta mas, simplesmente, abdicando de qualquer pacote de serviços. Assim, você cairá automaticamente nos serviços essenciais conforme regra do Banco Central. Para concluir a mudança, insira sua senha de 6 dígitos, a mesma utilizada nos terminais. Na próxima tela, há tudo o que inclui nestes serviços:

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil

Cancelar o Pacote de Serviços – Serviços Essenciais – BB

Após seguir o passo a passo você deve esperar até o mês subsequente para que as condições comecem a valer. O dinheiro é economizado e você não perde muita coisa no que diz respeito aos benefícios desse tipo de conta.

Outros bancos, que não oferecerem o serviço online, também são obrigados a fazer a troca. Basta comparecer até sua agência e fazer a solicitação. Não podem ser cobradas nenhum tipo de taxa ou tarifa pela mudança.

Benefícios do Pacote de Serviços Essenciais

Em resumo, um cliente que solicitar um pacote de serviços gratuitos ao seu banco, não irá contar com regalias como um cartão de crédito, por exemplo, pois esse produto pode e é comumente cobrado por todos os bancos. Trata-se de uma conta em que você só terá o que é básico, o que é obrigatório que os bancos forneçam, por regra ditada pelo Banco Central. Caso eles desobedeçam, deve-se fazer uma denúncia.

De acordo com o Banco Central, existem dez serviços que nenhum banco pode cobrar nenhuma tarifa ao seu cliente para oferecê-lo. São eles:

  • Fornecimento de cartão com função débito;
  • Fornecimento de segunda via do cartão de débito, exceto nos casos decorrentes de perda, roubo, furto, danificação e outros motivos não imputáveis à instituição emitente;
  • Realização de até quatro saques, por mês, em guichê de caixa, inclusive por meio de cheque ou de cheque avulso, ou em terminal de autoatendimento;
  • Realização de até duas transferências de recursos entre contas na própria instituição, por mês, em guichê de caixa, em terminal de autoatendimento e/ou pela internet;
  • Fornecimento de até dois extratos, por mês, contendo a movimentação dos últimos 30 dias por meio de guichê de caixa e/ou terminal de autoatendimento;
  • Realização de consultas mediante utilização da internet;
  • Fornecimento, até 28 de fevereiro de cada ano, do extrato consolidado, discriminando, mês a mês, os valores cobrados no ano anterior relativos a tarifas;
  • Compensação de cheques;
  • Fornecimento de até dez folhas de cheques por mês, desde que o cliente reúna os requisitos necessários à utilização de cheques, conforme a regulamentação em vigor e
  • condições pactuadas; e
  • Prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar exclusivamente meios eletrônicos.
Leia também:  Como aliviar o efeito de picadas de mosquitos

[/caption]

Como deixar de pagar tarifa no BB

Eu vou ensinar para você, que já tem conta no Banco do Brasil, a deixar de pagar aquela tarifa mensal de pacote de serviços. E melhor… sem precisar conversar com nenhum funcionário!!!

  • Na realidade é MUITO simples!
  • Basta você acessar o sistema do Banco do Brasil usando seu computador devidamente cadastrado ou através de um caixa eletrônico.

Para fazer esta alteração pelo computador, basta você localizar no menu lateral a opção TARIFAS. Dentro desta opção você irá perceber que existe um menu chamado PACOTE DE SERVIÇOS. Dentro deste menu, existe a opção CANCELAMENTO. Conforme abaixo:

Como Cancelar os Pacotes de Serviço do Banco do Brasil

E é exatamente isto que você deve fazer. Você deve cancelar seu pacote de serviços para que você pare de pagar a tarifa mensal. Então, para cancelar seu pacote de serviços basta clicar em CANCELAMENTO. O sistema do Banco do Brasil pedirá que você informe sua senha de 6 dígitos. Pronto! Você não irá mais pagar aquela tarifa mensal de pacote de serviços.

Mas atente para um detalhe. Ao fazer este cancelamento você estará automaticamente optando pelos serviços essenciais regulamentados pelo Banco Central. E o que isso significa?

Significa que você terá direito a 4 saques por mês, 2 extratos, 2 transferências e 10 folhas de cheque. (As folha de cheque apenas se você não estiver com nome sujo na praça, claro).

Se você fizer mais que 4 saques por mês, o banco irá cobrar uma tarifa adicional para cada saque que você fizer. Hoje, esta tarifa adicional é de R$ 1,70. Quando o vídeo acima foi feito era R$ 1.65.

Mas na maioria das vezes ainda assim sai muito mais barato que pagar mensalmente um pacote de serviços.

Pense o seguinte. O pacote de serviços mais barato oferecido pelo Banco do Brasil custa R$ 12,15 por mês (valor atualizado em 15/06/2017). Quando o vídeo acima foi feito o pacote mais barato custava R$ 11,55.

Este valor equivale exatamente a pouco mais que 7 tarifas de saque de R$ 1,70.

Ou seja, caso você cancele seu pacote de serviços de R$ 12,15 e você resolva fazer 11 saques no caixa eletrônico no mês, teremos o seguinte:

– Os 4 primeiros saques serão gratuitos porque fazem parte dos serviços essenciais.

– Os 7 saques seguintes (para completar os 11) custarão R$ 1,70 cada. Totalizando 7 x R$ 1,70 = R$ 11,90.

No fim das contas, caso você precise fazer 11 saques em um determinado mês, você acabará gastando R$ 11,90, menos que o valor do pacote de serviços que você já vinha pagando mensalmente. Porém, nos meses em que você conseguir fazer apenas os 4 saques mensais, você não pagará nada por isso.

O pacote de serviços mais barato, aquele que custa R$ 12,15, te dá direito a fazer 8 saques por mês.

Sem pacote de serviços, você pode fazer 11 saques por mês, pagando menos! Com a vantagem de poder pagar menos, caso use menos. Podendo sair de graça, caso faça 4 saques ou menos.

Caso você deseje cancelar o pacote de serviços pelo caixa eletrônico, basta ir em OUTRAS OPÇÕES. Você vai ficar clicando em “Próxima Página” até aparecer TARIFAS na tela. Então, aperte TARIFAS. Depois vá em PACOTE DE SERVIÇOS. E por fim….CANCELAMENTO.

Banco do BrasilGratuitoInvestimento

Pagando muitas taxas em banco? Veja opções para cortar ou zerar esse gasto

Começo de ano é sempre uma boa época para revisar o orçamento e cortar despesas desnecessárias. Que tal começar pelas tarifas que você paga no banco e muitas vezes nem percebe?

Em alguns casos, é possível gastar menos, sem precisar trocar de banco. Mas, dependendo dos serviços que você usa com mais frequência, pode valer a pena mudar de instituição e optar por uma conta corrente digital com tarifa zero. Veja mais abaixo algumas sugestões.

Leia também:

Pacote essencial gratuito em qualquer banco

Todos os bancos são obrigados a oferecer o pacote essencial gratuito e também quatro pacotes de serviços básicos. Os serviços inclusos em cada pacote são determinados pelo Banco Central.

Não importa se você é um cliente comum, especial, premium, máster ou qualquer outra designação. Você tem direito a escolher qualquer um desses pacotes, inclusive o essencial, que é sempre gratuito.

Levantamento do UOL Economia mostra que, atualmente, o pacote essencial é a única opção com tarifa zero para quem possui conta corrente nos bancos Bradesco, Caixa, Itaú e Santander.

No pacote essencial, estão incluídos os seguintes serviços por mês: quatro saques, duas transferências entre contas do mesmo banco, dois extratos impressos e fornecimento de até 10 folhas de cheques.

Nos demais pacotes básicos do Banco Central, cada banco tem liberdade para cobrar o valor que bem entender.

No entanto, os valores geralmente são mais baixos do que os demais pacotes de tarifas oferecidos pelas instituições, como mostra um levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Os preços variam de R$ 12,10 mensais no caso do Pacote I na Caixa a R$ 39,00 para o Pacote IV no Itaú.

“É um direito do consumidor exigir a troca de pacote”, explica Ione Amorim, economista do Idec. Ela recomenda que o consumidor preste atenção no extrato anual de tarifas para saber exatamente quanto está gastando. O extrato de 2017 deve ser fornecido gratuitamente pelos bancos até o próximo dia 28 de fevereiro.

Conta-salário tem tarifa zero, mas só faz saques e transferências

Outra forma de não pagar tarifas à toa é solicitar uma conta-salário. Esse formato é interessante para quem recebe salário em um banco, mas está acostumado ou prefere manter conta em outra instituição.

Você pode sacar o dinheiro no caixa ou terminal eletrônico, ou ainda transferir todo o salário de uma vez para outro banco, por meio de TED ou DOC.

Porém, esse formato de conta tem limitações bem claras. A conta-salário serve exclusivamente para receber os valores pagos pelo empregador. Ela não pode ser usada para realizar depósitos, pagar contas, nem para emitir cheques. Também não pode ser conjunta com outra pessoa.

Além disso, os bancos limitam a quantidade de saques a quatro ou cinco por mês sem cobrança de tarifa. No caso do TED ou DOC, só é possível fazer uma operação gratuita por mês.

BB tem opção grátis para movimento de até R$ 5.000/mês

O Banco do Brasil oferece a Conta Fácil, que permite realizar saques, depósitos, transferências e pagar contas, sem limite de uso dos serviços. Porém, esse tipo de conta apresenta restrições.

A soma dos depósitos em um mês não pode superar R$ 5.000. A conta também não pode apresentar saldo superior a esse valor. Se o cliente estourar os R$ 5.000 de movimentação mensal, terá que migrar para outro pacote oferecido pelo banco.

Nesse caso, o cliente pode mudar para o pacote essencial gratuito estipulado pelo Banco Central. Porém, o novo pacote estará sujeito ao limite mensal de uso dos serviços.

Leia também:  Como aplicar óleo no cabelo antes de lavar: 9 passos

Bancos digitais nem sempre são os melhores em custo

Os bancos digitais, aparentemente, possuem a melhor relação custo-benefício para quem movimenta bastante a conta corrente e não quer pagar tarifas abusivas.

Graças aos avanços da tecnologia, praticamente todas as operações são feitas por meio de aplicativos para celular. Mas é preciso ter atenção, porque nem sempre todos os serviços são gratuitos.

Algumas instituições impõem limites de uso.

Veja abaixo quais são os bancos digitais que oferecem conta a custo zero e também quais são as “pegadinhas” por trás desse formato de conta corrente:

Banco Inter

O cliente do Banco Inter (antigo Intermedium), com sede em Belo Horizonte (MG), tem à disposição todos os serviços básicos, como pagamentos de contas, transferências, depósitos e saques, sem limites de uso.

A conta digital é realmente isenta de tarifas.

O cliente também pode realizar investimentos nos produtos oferecidos pelo banco ou solicitar um cartão de crédito internacional, da bandeira Mastercard, com anuidade gratuita.

Agibank

A instituição do grupo Agiplan, de Porto Alegre (RS), lançou no início deste ano a sua conta digital. O banco não cobra tarifa fixa, mas impõe limitações na quantidade de serviços gratuitos.

O cliente pode realizar mensalmente até dois saques em lotéricas (acima disso é cobrado R$ 2,90 a cada saque extra) e dois saques na rede Banco 24 Horas (R$ 6,49 por saque extra). Também são permitidas até quatro transferências para outros bancos (TEDs) por mês (R$ 1,90 por operação extra).

O cliente pode solicitar um cartão de crédito internacional, de bandeira Mastercard. A mensalidade é de R$ 12,99, cobrada a partir do segundo ano de uso do cartão.

Neon

O Neon foi pioneiro ao lançar o formato de conta digital no Brasil. Apesar da facilidade de uso do App, há uma grande limitação na quantidade de serviços gratuitos. Apenas o primeiro saque no mês é gratuito. A partir da segunda operação, o cliente paga R$ 6,90 por saque. O mesmo acontece com o segundo TED (R$ 3,50) ou depósito via boleto (R$ 2,90).

NuConta

A fintech Nubank, famosa pelo cartão de crédito roxo com anuidade zero, resolveu lançar sua conta corrente digital no fim do ano passado. O principal diferencial da NuConta é que o dinheiro não fica parado.

A empresa remunera o saldo com um rendimento equivalente ao da Selic, ou seja, acima da poupança (que hoje paga 70% da Selic), durante o tempo em que o cliente deixar o dinheiro na conta corrente. A empresa também não cobra nenhum tipo de tarifa.

No entanto, o produto recém-lançado ainda apresenta sérias limitações. Não é possível realizar saques, pagar boletos, nem realizar despesas em lojas porque ainda não há um cartão de débito. A Nubank explicou que a NuConta está em fase de testes e que espera resolver essas limitações nos próximos meses.

Conta digital não atende quem faz muitos saques e depósitos

Quem optar por uma conta digital deve abrir mão de algumas facilidades que somente os grandes bancos conseguem proporcionar. Como os bancos digitais não possuem rede de agências, o simples ato de sacar dinheiro não é uma tarefa tão simples.

Nos bancos Inter e Neon, os clientes precisam procurar um quiosque da rede Banco 24 Horas, que normalmente só está disponível em grandes cidades. A NuConta, por enquanto, nem sequer oferece esse serviço básico.

O recém-lançado Agibank parece ter encontrado a melhor solução, ao permitir que os clientes façam saques em qualquer lotérica do país, além da rede Banco 24 Horas.

Mas o Agibank cobra um valor salgado para quem realiza mais de dois saques por mês no Banco 24 Horas (R$ 6,49 por saque) ou nas lotéricas (R$ 2,90). No Neon, a cobrança acontece já a partir do segundo saque (R$ 6,90). O Inter não cobra pelo saques.

Porém, vale ressaltar que o modelo de conta digital representa uma aposta dessas instituições em um futuro próximo, em que será possível realizar qualquer compra sem dinheiro, apenas usando cartão ou aplicativo para celular.

Devido à ausência de agências, os bancos digitais foram obrigados a achar uma solução para permitir que os cientes façam depósitos em cheque ou dinheiro nas próprias contas. No caso do cheque, basta tirar uma foto do documento usando o aplicativo do banco para efetuar o depósito.

Para depósito em dinheiro é preciso emitir um boleto por meio do aplicativo, que pode ser pago em qualquer banco ou lotérica do país. É como se você pagasse uma conta qualquer, utilizando o código de barras informado. O valor “pago” é transformado em um depósito na sua conta.

LEITURA INDISPENSÁVEL: Como NUNCA mais pagar tarifas bancárias – Me Poupe! por Nathalia Arcuri

Admirável leitora (ou leitor) deste insuperável Blog (esqueci de tomar meu Modestiol 35mg hoje… foi mal),não é que eu tenha alguma coisa contra os bancos, é que eles não falam tudo o que deveriam, então cabe a mim informar aquilo que você precisa saber e não o que eles querem que você saiba.

Este Post pode ser a garantia de uma viagem de final de semana, uma festa mais bacana no seu aniversário, a troca do carro, algumas roupas novas no armário e quem sabe até o final de uma dívida que você não consegue pagar!

JURO.

Veja a versão em Vídeo aqui ou continue pra ver o POST completo! Ou veja os dois e me deixe mais feliz!

Bom, talvez você não saiba, mas o Brasil tem regras.

  • Ops, voltando:
  • Uma dessas regras do Banco Central – saiba mais –  diz que todo banco, seja ele privado ou estatal, deve oferecer um pacote básico de serviço a custo ZERO para o cliente.
  • A Norma (resolução de 2008) diz que o pacote gratuito deve incluir:
  • – Fornecimento de cartão com função débito;
    – Realização de até quatro saques, por mês;
    – Realização de até duas transferências de recursos entre contas na própria instituição, por mês;
    – Fornecimento de até dois extratos, por mês;
    – Consultas pela internet;
    – Fornecimento de até 10 folhas de cheques por mês.
  • Esse tipo de pacote resolve a vida de muita gente e não custa nada.
  • Só pra você ter uma idéia, hoje no Brasil existem mais de 100 milhões de contas correntes e a tarifa média que se paga é de R$ 25 por mês, mas esse valor pode passar de R$ 200.
  • Imagine só você pagando a média de R$25…
  • EM 1 ANO = R$300,00
  • EM 5 ANOS = R$1.500,00
  • EM 10 ANOS = R$3.000,00
  • Ou seja, com o que você pagaria em 10 anos ao banco daria pra fazer uma bela viagem HOJE.

COM TARIFA…

SEM TARIFA!

  1. Só de tarifa da tal “Cesta de Serviços” que muitas vezes você não usa pra nada.
  2. Além dos pacotes básicos exigidos pelo governo, alguns bancos, como Bradesco, Itau e Banco do Brasil oferecem as Contas Eletrônicas, que são as minhas preferidas!
  3. CONTAS ELETRÔNICAS, A SALVAÇÃO DA PÁTRIA!

Ao contrário do pacotão básico que impõe numero limite de serviços, nas contas eletrônicas o cliente tem acesso ilimitado aos serviços, desde que use-os apenas via Internet Banking ou em terminais de auto-atendimento (verifique as condições antes de contratar). Isso inclui isenção de tarifa aos Docs, Teds e pagamentos diversos.

  • Olha só o exemplo do Bradesco, que beleza. (CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*