Como bloquear um computador mac: 9 passos (com imagens)

Última modificação: 7 de fevereiro de 2020 às 06:40 por Bruna de França
.

O plano de fundo é a imagem exibida na área de trabalho do seu computador. Você pode usar imagens padrão do PC ou personalizar o fundo. Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens) É bastante fácil alterar o plano de fundo para personalizar seu computador. De maneira geral, isso pode ser feito de duas maneiras. O método mais simples é clicar com o botão direito do mouse na imagem e escolher a opção para defini-la como tela de fundo da área de trabalho. Também, é possível alterar o plano de fundo, clicando com o botão direito do mouse na janela da área de trabalho e selecionar a opção Propriedades ou Personalização (ou outra terminologia, de acordo com a versão do Windows). Veja abaixo o passo a passo para as versões do Windows e para o Mac.
O plano de fundo, tela de fundo ou papel de parede, é o termo usado para desiginar a imagem utilizada para personalizar a tela do computador. É a expressão usada para designar a interface gráfica no Windows.

LEIA TAMBÉM:

Plano de fundo: melhores sites para baixar imagens para celular e PC
Para trocar o fundo da tela do Windows 10, acesse as configurações do sistema, clicando no menu Iniciar > Configurações (ícone da engrenagem) > Personalização: Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens) Clique em Tela de fundo: Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens) Escolha uma imagem, já predefinida pelo Windows ou, se preferir, clique em Procurar e com a janela da pasta Imagem aberta, basta buscar um arquivo de imagem e clicar em Escolher imagem: Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens) Para editar a imagem, clique na pequena seta no campo Tela de fundo para obter as opções. Da mesma forma, clique em Escolher um ajuste para ajustá-la com as opções padrão oferecidas pelo Windows: Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens)
Para alterar o plano de fundo do Windows 8, clique simultaneamente nas teclas Windows + C para exibir a barra de Charms, depois, em Configurações > Personalizar: Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens) Em seguida você poderá escolher umaimagem como plano defundo para a tela do computador: Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens)
No Windows 7, clique com o botão direito do mouse na área de trabalho e escolha Personalização no menu aberto. Na janela, clique em Altere a aparência e os sons do computador > Plano de Fundo da Área de Trabalho: Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens) Nesta interface, você poderá escolher uma imagem para o plano de fundo: Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens) Para selecionar outras imagens que os fundos de tela padrão do Windows, clique em Procurar e busque a imagem que deseja.
No Windows Vista, você deve clicar com o botão direito na área de trabalho e clicar em Personalizar no menu que foi aberto. Na lista exibida, clique em Plano de fundo da Área de trabalho: Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens) No campo Local da imagem, clique em Procurar para buscar a imagem nas pastas do computador. Por exemplo, se a imagem estiver em um pendrive conectado ao PC (Este computador > Disco local (E:)), abra a pasta para salvar a imagem a partir desse local. É possível alterar a posição da imagem: Adaptar à tela que vai estender a imagem para que ela ocupe toda a superfície da tela; Mosaico para exibir a imagem em tamanho pequeno repetida em toda a superfície da tela; Centralizar se sua imagem for menor que a tela, a parte da tela que sobra, terá a cor de fundo da tela. Você pode alterar esta cor se quiser.
Para trocar o papel de parede no Windows XP, clique com o botão direito do mouse na área de trabalho, depois em Propriedades e escolha Área de trabalho: Você tem duas opções: escolher o plano de fundo na lista pré-definida do Windows ou escolher o plano de fundo entra as imagens salvas no computador.

Pelas imagens salvas no PC, você deverá clicar em Procurar e acessar a pasta onde suas imagens estão armazenadas (em geral, Minhas Imagens).Depois, você pode selecionar a imagem e clicar em Abrir. A imagem que você selecionou fará parte da lista padrão do Windows. Você pode escolher a posição e a cor do fundo (caso a sua imagem não abranja toda a tela).

As posições são Estender para ampliar a imagem, para que ela ocupe a tela inteira, mas isso pode deformá-la; Centralizar para posicionar no centro da tela as imagens pequenas ou, no caso de imagens grandes, para recortar e exibir apenas a parte central das imagens; Mosaico para multiplicar a imagem em várias miniaturas iguais, cobrindo toda a superfície da tela.

Após escolher uma dessas opções, basta clicar em Aplicar e em OK para validar o novo plano de fundo.

No Windows 95 e 98, comece por clicar com o botão direito do mouse na área de trabalho e selecionar Propriedades de Vídeo. Na janela aberta, clique em Área de trabalho: Na interface aberta, você pode selecionar o plano de fundo e, pelo botão Procurar, buscar imagens armazenadas no computador para definir como tela de fundo. No campo Posição, você pode escolher qual a posição da imagem, ou seja, no centro, em miniaturas ou estender (esta opção pode deformar a imagem).
Se você gerencia uma rede de computadores Windows e quer alterar o plano de fundo da área de trabalho em todos, é possível realizar esta tarefa de uma só vez.

Comece por abrir o menu Iniciar e digitar Executar, na barra de pesquisa. Em seguida, quando a janela do executar abrir, você deve digitar

gpedit.msc e clicar em OK:
Em seguida, acesse Configuração do Usuário > Modelos Administrativos > Área de Trabalho > Active Desktop > Papel de parede da Área de trabalho : Na janela que se abre, insira o caminho completo e o nome do arquivo que armazena a imagem do papel de parede, no campo Nome do papel de parede. Em seguida, clique em Aplicar para salvar suas alterações e em OK para fechar a janela.
Trocar a tela de fundo da área de trabalho nos computadores Mac é bastante simples, basta abrir o aplicativo Fotos, selecionar a imagem que você gostaria de usar como plano de fundo da área de trabalho, clicar com o botão direito do mouse sobre ela e selecionar Compartilhar > Definir como Imagem da Mesa : Se a imagem que você gostaria de usar já estiver na mesa (área de trabalho), basta clicar com o botão direito nela e escolher Definir como Imagem da Mesa:

Leia também:  Como apagar o histórico de buscas num ipod touch

Foto: © Luis Quintero – Unsplash.

Mac não conecta? 9 Passos que deve seguir

Quando falando sobre tecnologia, existem poucas coisas mais frustantes que um computador que não consegue ligar à Internet mesmo quando ela deveria estar funcionando ou inclusive já esteja funcionando em outros dispositivos. Se você está passando por este problema e seu Mac não conecta, saiba que existem diversos motivos que podem estar causando isso.

Felizmente, é possível tentar reparar o problema de diversas formas. Para ajudá-lo, trouxemos 9 passos que deve seguir para conectar seu Mac à internet sempre que passar por uma situação semelhante. Sem mais delongas, vamos ao guia!

Dica de artigo: Motivos para não baixar o MacOS Catalina

1. Verifique sua conexão

O primeiro e mais óbvio passo é verificar se o problema na verdade não está em sua conexão. Mesmo que tenha outros dispositivos conectados à rede WiFi, ainda há chances de existir um problema referente ao roteador capaz de fazer com que seu Mac não conecte à Internet.

Por mais que isso pareça a típica solução de problemas repassada por operadores do seu provedor, faça os seguintes passos:

Passo 1: Tire seu modem da tomada e aguarde de 1 a 2 minutos para ligá-lo novamente. Então, espere que o modem inicialize completamente – isso pode levar até 2 minutos dependendo do dispositivo. Após isso, verifique se já consegue conectar seu computador.

Passo 2: Em seguida, verifique se todos os cabos ligados em seu modem estão conectados corretamente. Tanto o cabo de rede (normalmente vindo da parede) quanto os cabos Ethernet e outros cabos conectados à aparelhos como repetidores, roteadores, entre outros.

Se estes procedimentos não funcionarem, experimente conectar qualquer outro aparelho à Internet. Se nenhum dispositivo estiver conectando, como seu iPhone ou outros computadores, experimente ligar para seu provedor de internet – normalmente é fácil encontrar o número para a central de suporte acessando o site oficial.

Caso esteja utilizando uma conexão via cabo Ethernet, tente removê-lo e reconectá-lo tanto à porta do Mac quanto no modem. Verifique também a integridade do cabo, especialmente caso tenha algum animal de estimação que possa ter mordido um pedaço da extensão.

Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens)

Melhor ainda, caso tenha outro cabo, tente testá-lo para eliminar a possibilidade do problema estar relacionado ao cabo atual. Especialmente para cabos mais antigos, não é incomum que eles acabem parando de funcionar após longos períodos de uso.

Em casos mais raros, pode haver um problema na porta de Ethernet de seu Mac. Isso pode acontecer até mesmo por causa de poeira, então se for possível, utilize um aspirador de pó para limpar qualquer poeira na entrada do cabo Ethernet.

Atenção: nunca use água ou qualquer produto químico para fazer essa limpeza, nem nada que possa arranhar os contatos ou deixar restos para traz.

3. Confira a distância e qualidade do sinal

Um problema muito comum ao utilizar roteadores WiFi quando o Mac não conecta é a questão da distância entre o computador e o roteador, assim como qualquer outro tipo de interferência. É importante notar que paredes e objetos já são o suficiente para diminuir a qualidade do sinal.

Para testar se este é o caso, tente posicionar-se com o computador o mais próximo possível ao roteador e verifique se a conexão WiFi está funcionando, assim como a qualidade do sinal. Se estiver ao lado do dispositivo e o sinal for fraco, é provável que há algum problema na antena do roteador.

Agora, se ao fazer isso, você conseguir acessar a internet normalmente através de seu Mac, então saberá que o problema de não conectar quando estiver mais longe está relacionado à qualidade do sinal ou à distância. Para resolver essa questão, você pode optar comprar um repetidor de sinal, por exemplo.

4. Verifique o recurso de WiFi

Pode parecer algo bobo ou extremamente óbvio, mas a verdade é que muitas vezes o mais básico é exatamente o problema que pode estar te deixando frustrado porque o Mac não conecta. Portanto, verifique se o recurso de WiFi em seu computador está habilitado.

Para fazer isso, basta clicar no ícone de WiFi na barra de tarefas do Mac, como você pode conferir na imagem abaixo. O correto é que a mensagem seja WiFi: Ativo.

Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens)

Inclusive, existem ainda duas coisas que você deve tentar para fazer com que o computador ligue à Internet:

  1. Primeiramente, tente clicar em Desativar Wi-Fi e então clique para ativá-lo novamente. Em alguns casos, isso é o suficiente para o computador dar um “refresh” e atualizar o status da rede.
  2. Além disso, é importante conferir se você selecionou a rede correta e, neste caso, se digitou a senha corretamente.

5. Atualize a versão do seu sistema operacional

Algumas vezes, o problema pode estar relacionado à versão do macOS que você está utilizando. Portanto, para eliminar essa possibilidade, certifique-se que o sistema está atualizado com os updates mais recentes para o Mac.

Para fazer isso, é bem fácil, basta clicar no logo da Apple e então selecionar a opção Sobre o Mac. Em seguida, clique em Atualizar Sistema e, caso existe uma atualização disponível, verá uma tela parecida com essa abaixo.

Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens)

Inclusive, vale lembrar que a Apple anunciou na WWDC 2019 o macOS Catalina. Confira quando a atualização estará disponível para o seu dispositivo ou aguarde até que alguns problemas sejam resolvidos.

6. Force seu Mac a esquecer as configurações do WiFi

Além do que mencionamos no passo 4 deste guia, existe outro problema que pode fazer o Mac não conectar à Internet quando a rede WiFi está salva no computador.

A situação não muito comum acontece quando alguns dados da configuração da rede WiFi são gravados erroneamente pelo sistema e, como o Mac sempre tenta conectar-se automaticamente utilizando as informações salvas, o resultado é a falta de conexão.

Para resolver este problema, primeiramente clique na logo da Apple, então clique em “Preferências do Sistema…” e então selecione a categoria “Rede” e clique em “Avançado.” Ao visualizar a imagem abaixo, basta selecionar a rede em questão e então tocar no sinal de menos indicado pela seta vermelha e então clicar em “OK“.

Leia também:  Como ajustar, inclinar e girar a tela do windows

Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens)

Em seguida, você terá que conectar-se ao WiFi manualmente. Isso é feito através do mesmo menu demonstrado no passo 4 deste artigo, basta selecionar a rede, digitar a senha e ver se funcionou.

Leia também: 12 Melhores jogos para jogar sozinho no Mac

7. Altere a configuração da rede WiFi

Este passo é um pouquinho mais técnico, mas não se preocupe, vamos ajudá-lo a fazer tudo certinho. O objetivo é alterar o canal de seu roteador WiFi com para selecionar um que esteja menos congestionado e receba menos interferência, o que pode ser o motivo porquê o Mac não conecta.

Passo 1: Para fazer isso primeiramente você precisará acessar seu modem digitando no navegador em uma aba nova o endereço 192.168.0.1 ou 192.168.1.1;

Passo 2:

Tudo o que você precisa saber | TeamViewer

O TeamViewer é uma solução completa, rápida e segura, para obter acesso a computadores e redes remotamente.

Juntamente com uma gama de características de acesso remoto poderosas, que tornam fáceis o trabalho de controle remoto, reuniões e manutenção de um service desk baseado na nuvem, há uma variedade de recursos que mostram a você exatamente como obter o máximo potencial do TeamViewer. Através de manuais de usuário, documentos de primeiros passos e guias de procedimentos gerais úteis disponíveis, você aprenderá exatamente como aproveitar ao máximo o TeamViewer. Seja usando uma solução completa como um departamento de TI ou um provedor de serviços gerenciado, as funções intuitivas, tais como Wake-on-LAN, acesso sem supervisão e atribuição de tíquetes, estão todas à sua disposição.

A configuração inicial do TeamViewer não poderia ser mais fácil: basta instalar o software, indicar se deseja usá-lo para uso comercial ou particular, criar um nome e senha para seu computador, e anotá-los para referência futura.

Depois que o processo de instalação termina, você então será levado à interface do TeamViewer, a qual é dividida em duas abas: controle e reunião remotos.

A partir desse ponto, você poderá navegar até os recursos variados, destacados abaixo.

A fim de iniciar as funções de controle remoto do TeamViewer, navegue até a aba Controle remoto da interface principal. Aqui, você encontrará seu ID do TeamViewer, além de sua senha temporária, a qual poderá ser alterada a qualquer ponto. Com essas informações, é possível permitir que um parceiro controle remotamente seu computador.

Para fazer isso de modo contrário e controlar outro computador remotamente, basta digitar o ID do computador do parceiro e escolher entre os diversos modos de conexão, tais como controle remoto, transferência de arquivos ou VPN.

Além disso, assim que uma ou mais conexões foram estabelecidas, cada sessão será mostrada na barra de título da janela Controle remoto.

Para obter mais informações sobre como estabelecer uma conexão de controle remoto, consulte o
Manual para controle remoto do TeamViewer.

Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens)

Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens)

A outra sessão da interface principal do TeamViewer é a segunda aba denominada Reunião. Essa seção é dividida em duas áreas principais: organizar reunião e participar da reunião. Para começar uma reunião no TeamViewer, escolha entre as seguintes opções: apresentação, chamada em vídeo ou chamada telefônica. Também é possível agendar reuniões a partir daqui.

Ao participar de uma reunião, digite seu nome e o ID da reunião, o qual você receberá da pessoa que o está convidando para a reunião.

De forma alternativa, você poderá receber uma mensagem de convite com um link que o conectará automaticamente à reunião. Algumas reuniões podem precisar de uma senha, dependendo das preferências do iniciador da reunião.

Para obter mais informações sobre como navegar na aba da reunião de sua interface, consulte o Manual para reuniões do TeamViewer.

A partir da interface intuitiva e fácil de usar do TeamViewer, uma riqueza de recursos variados está ao seu alcance.

A sessão de controle remoto do painel é a porta de entrada para as várias opções de gerenciamento de dispositivos, tais como Wake-On-LAN ou acesso sem supervisão, para os quais temos manuais de usuário bem detalhados.

O conhecimento dessas opções de compatibilidade multiplataforma permite que muitos usuários aproveitem as conexões móveis, e o guia passo a passo do TeamViewer, para o acesso de computadores a partir de um dispositivo móvel.

A área de Reuniões da interface oferece a você a chance de começar e hospedar reuniões instantâneas com colegas e clientes, e é ideal para trabalhar em grupo com projetos colaborativos.

Para reuniões planejadas com antecedência, o TeamViewer fornece uma função de agendamento que permite a configuração das reuniões do TeamViewer com vários participantes, e estabelecer uma data e horário mais convenientes para você, e o tempo ou dia de reuniões agendadas podem ser alterados em qualquer ponto.

O TeamViewer Servicecamp é uma solução perfeitamente integrada de service desk, ideal para técnicos de TI e provedores de serviços gerenciados. A plataforma baseada na nuvem permite que você forneça o gerenciamento de atendimento ao cliente juntamente com o suporte técnico remoto.

Além de realizar a automação de determinadas tarefas, o servicecamp permite adicionar pessoal, criar caixas de entrada, atribuir tíquetes e criar e classificar tópicos.

O uso das capacidades multifuncionais do TeamViewer e o gerenciamento do atendimento sem complicações do Servicecamp, significa uma experiência de suporte técnico mais atenciosa para seus clientes, processos mais ágeis para seus funcionários, e uma produtividade geral maior para a sua empresa.

Combine tudo isso com a ferramenta de gerenciamento de TI abrangente do ITbrainpara garantir uma abordagem de longo prazo e proativa ao suporte de TI, e você garantirá uma fórmula de sucesso.

O software descrito pode ser baixado gratuitamente: Download

Para exibir os manuais (formato PDF), você pode usar o software gratuito
Adobe Reader.

Em caso de perda ou roubo do Mac

Se o seu Mac desaparecer, estes passos poderão ajudar a encontrá-lo e a proteger as suas informações.

Com a app Encontrar, pode localizar e proteger o Mac em caso de perda ou roubo. É necessário configurar a app Encontrar o Mac antes de o perder. Para ativá-la, basta selecionar o menu Apple  > Preferências do Sistema, clique em ID Apple e, em seguida, clique em iCloud. Se acredita que o seu Mac foi roubado, contacte as autoridades locais.

Leia também:  Como apoiar alguém com autismo (com imagens)

Se tiver configurado a funcionalidade Encontrar o Mac antes de perder o Mac ou de este ter sido roubado, pode utilizá-la para localizar o Mac num mapa ou reproduzir um som que o ajude a encontrá-lo.

Também pode utilizá-la para bloquear ou apagar o Mac remotamente. Para utilizar app Encontrar, inicie sessão em iCloud.com noutro computador ou abra a app Encontrar para iPhone, iPad ou iPod touch.

Abra a app Encontrar e selecione o seu Mac a partir da lista de dispositivos para obter indicações e ver a respetiva localização num mapa.

Se o Mac estiver por perto, poderá fazê-lo reproduzir um som para o ajudar a si ou a outra pessoa a encontrá-lo.

Pode utilizar a app Encontrar para marcar o seu computador como perdido e bloqueá-lo com um código remotamente. Também pode apresentar uma mensagem personalizada no respetivo ecrã.

Pode utilizar a app Encontrar para apagar todas as informações pessoais no Mac remotamente.

Se o Mac estiver desligado ou offline, pode continuar a utilizar a app Encontrar para pedir para ser notificado quando este for localizado, para bloqueá-lo ou apagá-lo remotamente. Quando o Mac estiver online, as ações entrarão em vigor. Se remover o Mac da app Encontrar quando estiver offline, os seus pedidos serão cancelados.

Após localizar o Mac, pode desbloqueá-lo com o código em iCloud.com. Certifique-se de que utiliza o código criado quando o bloqueou com a app Encontrar e não o código do dispositivo.

Siga os passos para saber como pode ver o código que utilizou para bloquear o Mac:

  1. Inicie sessão em icloud.com/find. 
  2. Selecione o Mac no menu Dispositivos. 
  3. Selecione Desbloquear. Depois de seguir os passos para verificar a sua identidade, vai ver o código de que necessita para desbloquear o Mac.

Pode procurar o código durante um período de tempo limitado. Se se esquecer do código ou não conseguir confirmar a sua identidade para o ver, leve o Mac a um Centro de assistência autorizado Apple juntamente com o comprovativo de compra.

Como Bloquear um Computador Mac: 9 Passos (com Imagens)

Encontrar o Mac é o único serviço da Apple que pode ajudar a acompanhar ou a localizar um Mac perdido. Se não tiver configurado a funcionalidade Encontrar o Mac antes de o perder ou se não conseguir localizá-lo, estes passos poderão ajudar a proteger os seus dados:

  1. Altere a palavra-passe do ID Apple para impedir que alguém aceda aos seus dados do iCloud ou utilize outros serviços (como o iMessage ou o iTunes) a partir do Mac.

Tutorial: como desinstalar um antivírus McAfee em 6 passos

  • 1. Não é tão difícil quando diz John McAfee zoom_out_map 1/9 (Reprodução/YouTube)O criador da McAfee, o engenheiro inglês John McAfee, tornou-se uma estrela do YouTube, ao publicar um vídeo altamente controverso, com mulheres em roupas íntimas, uso de armas e consumo de drogas. A razão de tanta loucura, afirma McAfee, é o fato do engenheiro já estar cansado de receber e-mails de usuários que não conseguem desinstalar o antivírus que leva seu nome de suas máquinas. O processo não é tão complicado quanto o excêntrico milionário deixa parecer. Para provar, fizemos um tutorial que ensina, em seis passos, a remover a versão mais completa do antivírus, o McAfee All Access. Veja os passos nas próximas telas. Veja também: especialista em branding explica como vídeo prejudica a imagem da empresa McAfee.
  • 2. Passo 1 zoom_out_map 2/9 (Reprodução)A cobaia de nossos testes foi um PC com Windows 7 de 64 bits. Instalamos nele uma versão Trial do antivírus na versão All Access Complete, com tudo o que poderia ser adicionado. O processo de instalação levou mais de 30 minutos, entre a realização de um cadastro, o download do setup, a instalação em si e a atualização do programa – mais do que a remoção completa, por incrível que pareça.
  • 3. Passo 2 zoom_out_map 3/9 (Reprodução)Mas vamos à parte que interessa. Para desinstalar o McAfee All Access da sua máquina, simplesmente clique no botão Iniciar, acesse o Painel de Controle e pressione “Desinstalar um programa”. Encontre a suíte de segurança na lista de programas e selecione “Desinstalar/Alterar”. Até aqui, pelo menos, nenhum problema deve aparecer.
  • 4. Passo 3 zoom_out_map 4/9 (Reprodução)Feita a opção, uma janela do McAfee surgirá. Nela, marque aa opção “McAfee All Access Total Protection e o “SiteAdvisor”. Aperte, então, o item “Remover” na parte inferior da janela.
  • 5. Passo 4 zoom_out_map 5/9 (Reprodução)A tela seguinte apresenta um aviso que parece ameaçador, mas que não é nada mais que o programa se certificando de que você deseja mesmo removê-lo. Se é isso mesmo que você quer, clique em “Remover” novamente.
  • 6. Passo 5 zoom_out_map 6/9 (Reprodução)Outro aviso que deixa usuários com medo aparecerá assim que o processo de desinstalação for iniciado. O alerta é “Seu computador está em risco”. Mas não se assuste. Feche o quadro alarmante e, quando terminar de remover o McAfee, simplesmente instale outro antivírus no lugar para não deixar o PC desprotegido.
  • 7. Passo 6 zoom_out_map 7/9 (Reprodução)Quando o processo de remoção terminar, a janela exibirá uma confirmação. Salve tudo que estiver fazendo no momento, feche os programas e clique em “Reiniciar agora”. Sim, seu computador precisa ser reiniciado para que os arquivos remanescentes do McAfee sejam devidamente eliminados. Depois que fizer isso, é recomendável usar um programa como o CCleaner ou o JetClean. Ambos podem fazer uma varredura no computador e devem apagar quaisquer itens relacionados ao McAfee que tenham ficado para trás depois da desinstalação.
  • 8. Alternativas zoom_out_map 8/9 (Reprodução)Outra dica para a remoção do software no Windows é usar o Revo Uninstaller. Ao abri-lo, simplesmente selecione o “McAfee All Access” na lista de programas e clique em “Desinstalar”. Selecione a opção “Avançado” para que a busca por arquivos remanescentes seja mais profunda, aperte “Próximo” e siga basicamente os mesmo passos descritos anteriormente – exceto a parte de reiniciar o sistema. Caso queira remover o All Access no Mac, uma alternativa interessante é o AppCleaner. Em vez de arrastar o ícone da suíte de segurança para a Lixeira, leve-o até a janela do desinstalador, que encontrará na máquina todos os arquivos relacionados – e removerá todos eles juntos com o McAfee antivírus.
  • 9. Veja também zoom_out_map 9/9 (Victor1558/Flickr/Photopin.com)[11 modelos de currículo para todos os gostos e perfis]

Notícias sobre DownloadsINFOInternetMacMicrosoftSegurança digitalWindows

“TECNOLOGIA”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*