Como baixar o powerpoint: 14 passos (com imagens)

Apesar do Microsoft PowerPoint ser o aplicativo mais lembrado quando o assunto é criação de slides, não necessariamente ele é sua melhor opção, principalmente por exigir algum conhecimento prévio.

Existem diversas alternativas no mercado e até mesmo editores de vídeo podem ser uma solução melhor do que o software de apresentações. Uma destas alternativas é o Movavi Video Editor, que traz ferramentas para criar apresentações em poucos minutos.

Confira o passo a passo abaixo para criar uma apresentação simples através do editor de vídeos!

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

Como criar apresentações com o Movavi Video Editor

1 – Acesse o site do Movavi Video Editor, baixe e instale o software em seu PC;

2 – Inicie o Movavi e acesse o Assistente de apresentação de slides;

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

3 – Clique em +Arquivos ou +Pastas para adicionar as fotos que irão compor os slides;

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

4 – Selecione as imagens;

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

5 – Escolha a duração de cada slide de sua apresentação;

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

6 – Após finalizar a foto e duração dos slides, siga para o Passo 2, clicando no ícone localizado no menu à esquerda;

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

7 – Escolha o tipo de transição que mais combinar com sua apresentação;

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

8 – Selecione a duração de cada transição;

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

9 – Após a escolha de transições, siga para o terceiro passo, clicando no respectivo ícone;

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

10 – Escolha entre adicionar uma faixa própria do Movavi ou clique em + Áudio para selecionar uma das músicas de seu computador;

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

11 – Escolha se deseja que os slides durem de acordo com o ritmo da música, mas fique atento ao aviso dado pelo programa: músicas rápidas poderão fazer com que os slides passem em questão de segundos;

11.1 – Caso a música em questão seja de fato rápida, você possui duas opções: selecione Não na opção mostrada no print acima ou decida uma duração mínima para a passagem do slide.

  • 12 – Com os três passos completados, clique em Terminar para que o vídeo seja criado e enviado ao editor;
  • 13 – Através do editor, poderá incluir mais opções, efeitos e elementos à sua apresentação de slides em vídeo. Por exemplo, para colocar um slide com texto, basta escolher algum dos modelos no menu, como poderá ver no print que fizemos abaixo;
  • 14 – Arraste esse modelo para a linha do tempo do vídeo, colocando-a onde achar melhor;
  • 15 – Após terminar sua apresentação, clique em Exportar para gerar o arquivo em vídeo;
  • 16 – Para terminar de criar seu vídeo, basta que decida o nível de qualidade e dê nome ao arquivo que será gerado, clicando em Iniciar para que o Movavi comece a criar sua apresentação para ser exibida.
  • Leia também:

Conseguiu criar sua primeira apresentação com o Movavi Video Editor?

O passo a passo abaixo servirá para desenvolver suas primeiras apresentações, utilizando recursos simples mas que já permitirão incluir suas próprias músicas e fotos, sendo ideal para exibição em comemorações de aniversário ou para fazer alguma surpresa a um familiar ou amigo. Existem diversos outros recursos que pode usar com o Movavi para criar e editar suas apresentações ou vídeos para publicar no Youtube. Conseguiu criar sua primeira apresentação? O que achou do software? Comente conosco!

Tarefas básicas para criar uma apresentação do PowerPoint

Ao abrir o PowerPoint, você verá alguns modelos e temas internos. Um tema é um design de slide que contém correspondências de cores, fontes e efeitos especiais como sombras, reflexos, dentre outros recursos.

  1. Na guia arquivo da faixa de opções, selecione novoe, em seguida, escolha um tema.

    PowerPoint mostra uma visualização do tema, com quatro variações de cores para escolher no lado direito.

  2. Clique em Criar ou selecione uma variação de cor e clique em Criar.

    Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

Leia mais: usar ou criar temas no PowerPoint

  • Na guia Página Inicial, clique na metade inferior do Novo Slide e escolha um layout de slide. Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

Leia mais em: Adicionar, reorganizar e excluir slides.

  1. Na guia Arquivo, escolha Salvar.

  2. Selecionar ou navegar até uma pasta.

  3. Na caixa Nome do arquivo, digite um nome para a apresentação e escolha Salvar.

Observação: Se você salvar arquivos com frequência em uma determinada pasta, você pode ‘fixar’ o caminho para que ele fique sempre disponível (conforme mostrado abaixo).

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

Dica: Salve o trabalho à medida que o fizer. Pressione Ctrl + S com frequência.

Leia mais: salvar o arquivo da apresentação

Selecione um espaço reservado para texto e comece a digitar.

Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

  1. Selecione o texto.

  2. Em Ferramentas de desenho, escolha Formatar.

    Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

  3. Siga um destes procedimentos:

    • Para alterar a cor de seu texto, escolha Preenchimento de Texto e escolha uma cor.
    • Para alterar a cor do contorno de seu texto, escolha Contorno do Texto e, em seguida, escolha uma cor.
    • Para aplicar uma sombra, reflexo, brilho, bisel, rotação 3D, uma transformação, escolha Efeitos de Texto e, em seguida, escolha o efeito desejado.

Leia mais:

Na guia Inserir, siga um destes procedimentos:

  • Para inserir uma imagem que está salva em sua unidade local ou em um servidor interno, escolha Imagens, procure a imagem e escolha Inserir.
  • Para inserir uma imagem da Web, escolha imagens onlinee use a caixa de pesquisa para localizar uma imagem. Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens) Escolha uma imagem e clique em Inserir.

Você pode adicionar formas para ilustrar seu slide. 

  1. Na guia Inserir , selecione formase, em seguida, selecione uma forma no menu exibido.

  2. Na área do slide, clique e arraste para desenhar a forma.

  3. Selecione a guia formato ou formato de forma na faixa de opções. Abrir a Galeria de estilos de forma para adicionar rapidamente uma cor e um estilo (incluindo sombreamento) à forma selecionada.

    Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

Os slides ficam melhores quando você não insere informações em excesso. Você pode colocar fatos úteis e anotações nas anotações do orador e consultá-los durante a apresentação.

  1. Para abrir o painel de anotações, na parte inferior da janela, clique em Anotações .

  2. Clique no painel de Anotações abaixo do slide e comece a digitar suas anotações.

    Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

Leia mais em:

Na guia Apresentação de Slides, siga um destes procedimentos:

Para sair da exibição de Apresentação de Slides a qualquer momento, pressione a tecla Esc do teclado.

Ao iniciar uma nova apresentação do PowerPoint, você terá a oportunidade de escolher um tema ou um modelo. Um tema é um design de slide que contém correspondências de cores, fontes e efeitos especiais como sombras, reflexos, dentre outros recursos.

  1. Na guia arquivo , selecione novoe, em modelos e temas disponíveis, escolha temas.

    À medida que você clica em cada tema, PowerPoint mostra uma visualização no lado direito.

  2. Quando você encontrar o que você deseja, clique em criar.

    Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

Leia mais: usar ou criar temas no PowerPoint

  • Na guia Página Inicial, clique na metade inferior do Novo Slide e escolha um layout de slide.

Leia mais em: Adicionar, reorganizar e excluir slides.

  1. Na guia Arquivo, escolha Salvar.

  2. Na caixa Nome do arquivo, digite um nome para a apresentação e escolha Salvar.

Dica: Salve o trabalho à medida que o fizer. Pressione Ctrl + S com frequência.

Leia mais: salvar o arquivo da apresentação

Selecione um espaço reservado para texto e comece a digitar.

  1. Selecione o texto.

  2. Em Ferramentas de desenho, escolha Formatar.

  3. Siga um destes procedimentos:

    • Para alterar a cor de seu texto, escolha Preenchimento de Texto e escolha uma cor.
    • Para alterar a cor do contorno de seu texto, escolha Contorno do Texto e, em seguida, escolha uma cor.
    • Para aplicar uma sombra, reflexo, brilho, bisel, rotação 3D, uma transformação, escolha Efeitos de Texto e, em seguida, escolha o efeito desejado.

Leia mais:

  1. Na guia Inserir , escolha imagem.

  2. Procure a imagem desejada e escolha Inserir.

Você pode adicionar formas para ilustrar seu slide. 

  1. Na guia Inserir , selecione formase, em seguida, selecione uma forma no menu exibido.

  2. Na área do slide, clique e arraste para desenhar a forma.

  3. Selecione a guia formato de ferramentas de desenho na faixa de opções. Abrir a Galeria de estilos de forma para adicionar rapidamente uma cor e um estilo (incluindo sombreamento) à forma selecionada.

Os slides ficam melhores quando você não insere informações em excesso. Você pode colocar fatos úteis e anotações nas anotações do orador e consultá-los durante a apresentação. No modo de exibição normal, o painel de anotações fica logo abaixo da janela de modo de exibição de slide.

  1. Na guia Exibir, no grupo Modos de Exibição de Apresentação, clique em Normal.

  2. Clique no painel de Anotações abaixo do slide e comece a digitar suas anotações.

Na guia Apresentação de Slides, siga um destes procedimentos:

  • Para iniciar a apresentação no primeiro slide, no grupo Iniciar Apresentação de Slides, clique em Do Começo.
  • Se você não estiver no primeiro slide e desejar começar do ponto onde está, clique em Do Slide Atual.
  • Se você precisar apresentar às pessoas que não estão onde você está, clique em transmitir apresentação de slides para configurar uma apresentação na Web. Para saber mais, confira transmitir sua apresentação do PowerPoint para uma audiência remota.

Para sair da exibição de Apresentação de Slides a qualquer momento, pressione a tecla Esc do teclado.

Ao iniciar uma nova apresentação do PowerPoint, você terá a oportunidade de escolher um tema ou um modelo. Um tema é um design de slide que contém correspondências de cores, fontes e efeitos especiais como sombras, reflexos, dentre outros recursos.

  1. Clique no Botão do Microsoft Office e, em seguida, clique em Novo.

  2. Em modelos, clique em temas instalados.

    À medida que você clica em cada tema, PowerPoint mostra uma visualização no lado direito.

  3. Quando você encontrar o que você deseja, clique em criar na parte inferior da janela.

Leia mais: usar ou criar temas no PowerPoint

  • Na guia Página Inicial, clique na metade inferior do Novo Slide e escolha um layout de slide.

Leia mais em: Adicionar, reorganizar e excluir slides.

  1. Clique no Botão do Microsoft Office e em Salvar.

  2. Na caixa Nome do arquivo, digite um nome para a apresentação e escolha Salvar.

Dica: Salve o trabalho à medida que o fizer. Pressione Ctrl + S com frequência.

Selecione um espaço reservado para texto e comece a digitar.

  1. Selecione o texto.

  2. Em Ferramentas de desenho, escolha Formatar.

  3. Siga um destes procedimentos:

    • Para alterar a cor de seu texto, escolha Preenchimento de Texto e escolha uma cor.
    • Para alterar a cor do contorno de seu texto, escolha Contorno do Texto e, em seguida, escolha uma cor.
    • Para aplicar uma sombra, reflexo, brilho, bisel, rotação 3D, uma transformação, escolha Efeitos de Texto e, em seguida, escolha o efeito desejado.

Leia mais em:

  1. Na guia Inserir , escolha imagem.

  2. Procure a imagem desejada e escolha Inserir.

Os slides ficam melhores quando você não insere informações em excesso. Você pode colocar fatos úteis e anotações nas anotações do orador e consultá-los durante a apresentação. No modo de exibição normal, o painel de anotações fica logo abaixo da janela de modo de exibição de slide.

  1. Na guia Exibir, no grupo Modos de Exibição de Apresentação, clique em Normal.

  2. Clique no painel de Anotações abaixo do slide e comece a digitar suas anotações.

Na guia Apresentação de Slides, siga um destes procedimentos:

  • Para iniciar a apresentação no primeiro slide, no grupo Iniciar Apresentação de Slides, clique em Do Começo.
  • Se você não estiver no primeiro slide e desejar começar do ponto onde está, clique em Do Slide Atual.

Para sair da exibição de Apresentação de Slides a qualquer momento, pressione a tecla Esc do teclado.

Como alterar a resolução de exportação de um slide do PowerPoint

  • 10/06/2020
  • 4 minutos para ler
  • Aplica-se a: PowerPoint 2016, PowerPoint 2013, PowerPoint 2010, Microsoft Office PowerPoint 2007, Microsoft Office PowerPoint 2003

Observação

O Office 365 ProPlus está sendo renomeado para aplicativos da Microsoft 365 para empresas. Para obter mais informações sobre essa alteração, Leia esta postagem de blog.

Você pode alterar a resolução de exportação no Microsoft PowerPoint salvando um slide em um formato de imagem. Existem duas etapas para esse processo: usar o Registro do sistema para alterar a configuração de resolução padrão para slides exportados e, em seguida, realmente salvar o slide como uma imagem na nova resolução.

Etapa 1: Alterar a configuração de resolução de exportação

Importante

Siga as etapas nesta seção com cuidado. Sérios problemas poderão ocorrer caso você modifique o Registro incorretamente. Antes de modificá-lo, faça backup do Registro para restauração em caso de problemas.

Por padrão, a resolução de exportação de um slide do PowerPoint que você deseja salvar como imagem é de 96 pontos por polegada (dpi). Para alterar a resolução de exportação, siga estas etapas:

  1. Feche todos os programas no Windows.

  2. Clique com o botão direito do mouse em Iniciar e clique em Executar. (No Windows 7, clique em Iniciar e em Executar.)

  3. Na caixa Abrir, digite regedit e, em seguida, clique em OK.

    • Localize uma das subchaves do Registro a seguir, dependendo da versão do PowerPoint que você estiver usando:
    • PowerPoint 2016
    • HKEY_CURRENT_USERSoftwareMicrosoftOffice16.0PowerPointOptions
    • PowerPoint 2013
    • HKEY_CURRENT_USERSoftwareMicrosoftOffice15.0PowerPointOptions
    • PowerPoint 2010
    • HKEY_CURRENT_USERSoftwareMicrosoftOffice14.0PowerPointOptions
    • PowerPoint 2007
    • HKEY_CURRENT_USERSoftwareMicrosoftOffice12.0PowerPointOptions
    • PowerPoint 2003
    • HKEY_CURRENT_USERSoftwareMicrosoftOffice11.0PowerPointOptions
  4. Clique na subchave Opções, aponte para Novo no menu Editar e clique em Valor DWORD.

  5. Digite ExportBitmapResolution e pressione Enter.

  6. Verifique se ExportBitmapResolution está selecionada e clique em Modificar no menu Editar.

  7. Na caixa de diálogo Editar Valor DWORD, selecione Decimal.

  8. Na caixa Dados de valor, digite o valor da resolução que deseja, como 300. Ou use os parâmetros na tabela a seguir.

    Valor decimal
    Pixels de tela inteira (horizontal × vertical)
    Pixels widescreen (horizontal × vertical)
    Pontos por polegada (horizontal e vertical)
    50 500 x 375 667 x 375 50 dpi
    96 (padrão) 960 x 720 1280 x 720 96 dpi
    100 1000 x 750 1333 x 750 100 dpi
    150 1500 x 1125 2000 x 1125 150 dpi
    200 2000 x 1500 2667 x 1500 200 dpi
    250 2500 x 1875 3333 x 1875 250 dpi
    300 3000 x 2250 4000 x 2250 300 dpi

    Observação

    Consulte a seção Limitações para obter mais informações sobre quando definir esse valor.

  9. Selecione OK.

  10. No menu Arquivo, clique em Sair para sair do Editor do Registro.

Etapa 2: Exportar o slide como uma imagem

  1. No PowerPoint, abra a apresentação de slides e abra o slide que deseja exportar.

  2. No menu Arquivo, selecione Salvar como.

  3. Na caixa Salvar como tipo, selecione um dos seguintes formatos de imagem:

    • Formato GIF (.gif)
    • Formato JPEG (*.jpg)
    • Formato PNG (*.png)
    • Formato TIFF (*.tif)
    • Bitmap Independente de Dispositivo (*.bmp)
    • Metarquivo do Windows (*.wmf)
    • Metarquivo Avançado do Windows (*.emf)

Observação

Convém mudar o local de salvamento da imagem na caixa Salvar. Também convém mudar o nome da imagem na caixa Nome do arquivo.

  1. Selecione Salvar. Será apresentada a seguinte caixa de diálogo:

    Como Baixar o PowerPoint: 14 Passos (com Imagens)

    Selecione Somente o Slide Atual. O slide é salvo com o novo formato e resolução, no local que você especificou na caixa Salvar.

  2. Para verificar se o slide foi salvo na resolução especificada, clique com o botão direito do mouse na imagem e, em seguida, selecione Propriedades.

Limitações

Quando você define o valor do Registro ExportBitmapResolution no PowerPoint, há uma limitação máxima de DPI a ser considerada para algumas versões do PowerPoint.

O DPI máximo depende do tamanho do slide. A fórmula é: maxdpi = (raiz quadrada de (100.000.000 / (largura do slide * altura do slide)), em que a largura/altura do slide está em polegadas.

Por exemplo, para um slide padrão de 13,3″ x 7,5″, a equação seria: raiz quadrada de (100.000.000 / (13,333 * 7,5) ) = 1000.

PowerPoint 2019, 2016, 2013 e 365

Não há limite fixo de DPI. A exportação de slides só é limitada pelo tamanho do bitmap resultante. O PowerPoint pode dar suporte à criação de bitmaps de até cerca de 100.000.000 pixels (largura x altura).

Para slides no formato widescreen padrão (13,3″ x 7,5″), isso se traduz em um DPI máximo de 1000.

Para os slides do estilo antigo de 10″ x 7,5″ isso se traduz em um máximo de 1155 DPI, mas, dependendo do tamanho do slide, esse valor pode variar.

PowerPoint 2010 e mais antigo

A resolução máxima que o PowerPoint pode exportar é de 3072 pixels, com base na borda mais longa do slide. Por exemplo, o slide padrão de 10″ × 7,5″ tem um valor máximo efetivo de DPI de 307. O resultado de 3070 pixels (10 × 307 = 3070) está dentro do limite de 3072. No entanto, qualquer configuração de DPI superior a 307 para um slide padrão é revertida para o limite de 3072.

Valor decimal
Pixels (horizontal × vertical)
Pontos por polegada (horizontal e vertical)
307 3072 x 2304 307 dpi

O limite de 3072 pixels também se aplica ao salvamento do slide programaticamente.

Por exemplo, o código a seguir, programaticamente, salva uma imagem com dimensões de 3072 × 2304 pixels:

ActiveWindow.Selection.SlideRange(1).export
“c:.jpg”,”JPG”,4000,3000

Para obter informações sobre a alteração do tamanho dos slides, consulte Alterar o tamanho dos slides.

30 Dicas para sua apresentação no PowerPoint ser perfeita

Se você precisa fazer uma boa apresentação no PowerPoint para apresentar no trabalho, faculdade,ou até mesmo seu TCC, saiba que a melhor opção com certeza é usar o programa da Microsoft. Mas, e como prender a atenção da sua platéia? Se você quer aplausos no final, vale a pena conferir essas 30 dicas para sua apresentação no PowerPoint.

Que uma apresentação ruim de slides no PowerPoint pode causar distração e até sono, todos sabemos. Mas como usar o programa ao seu favor para prender a atenção de todos? É esse o objetivo das nossas dicas de como fazer uma apresentação de slides muito boa.

E são vários os erros cometidos no PowerPoint, como excesso de linhas no texto, parágrafos, fluxo desarticulado, imagens de baixa qualidade ou um design ruim. E slides de má qualidade vão prejudicar diretamente a sua apresentação e sua credibilidade como estudante, profissional ou palestrante.

Este tutorial irá ensinar você como fazer uma apresentação de slides eficiente no PowerPoint, incluindo dicas de designe dos slides, dicas de como agir durante a apresentação e o que você não deve fazer para não errar.

São dicas simples e de fácil execução, mas que, em conjunto, farão toda a diferença na sua apresentação de slides no PowerPoint. Organização e simplicidade vão levá-lo a conquistar a atenção e admiração de todos os seus espectadores.

Saber como usar o PowerPoint e trabalhar nele rapidamente é útil, mas o mais importante para saber como fazer uma apresentação de slides que atinja todos os seus objetivos, além de entregá-los com eficiência, inclui outros fatores:

  • Preparo: Conhecer o conteúdo a ser apresentado é essencial para o sucesso da apresentação. Lembre-se que o PowerPoint é um grande aliado, mas não faz a apresentação acontecer, isso quem faz é você.
  • Visual agradável: Pontos ilustrados e destaques, sem sobrecarregar o visual, ajudam a descomplicar sua mensagem.
  • Ensaios: Ensaie cronometrando para que sua apresentação seja perfeita quando estiver com sua audiência ao vivo.
  • Equilíbrio: O ideal é uma apresentação com visual calmo e confiante, enquanto a comunicação deve ser enérgica para prender a atenção.
  • Descomplique: Dispense cliparts e figuras não essencial, priorize imagens de fácil visualização e entendimento. Esta dica de apresentação do PowerPoint nem deveria ter que ser dita, mas por via das dúvidas, diremos: Não use clip art. Use gráficos profissionais no lugar.

O tutorial de como fazer uma apresentação de slides foi feito para te ajudar a fazer uma apresentação de sucesso. Além de dicas para acertar, você pode conferir dicas de como não errar na hora da apresentação.

Antes mesmo de começar a trabalhar no PowerPoint, confira as dicas de como fazer uma apresentação de slides, pois elas vão garantir que você esteja totalmente preparado para a sua apresentação.

Como fazer uma apresentação de slides eficiente

Sua apresentação não é apenas slides. É muito mais do que isso: O seu conhecimento e sua capacidade de comunicar o que você sabe sobre o assunto. Antes de preencher estatísticas, fatos e números, pense na narrativa que será utilizada, por que e em que ordem você vai apresentar os conteúdos.

Antes de começar a escrever no PowerPoint, faça um roteiro de toda a apresentação, para ter uma ideia de como as informações apresentadas “fluirão” e como os espectadores verão isso em sequência. Organize suas ideias e as coloque em ordem antes de começar a apresentação de slides.

Uma apresentação abrange apenas o mais importante do conteúdo. Não insira em seus slides conteúdos sem extrema relevância. Escolha os pontos-chave e coloque o restante em um “Apêndice” para se referir durante a sessão de perguntas e respostas no final.

Falar para uma sala cheia de médicos é diferente de falar para uma sala cheia de jovens empreendedores. Sua seleção de tópicos, a linguagem que você usa, os exemplos que você dá para ilustrar pontos e os pequenos pedaços de humor incluídos devem ser feitos especificamente para o seu público-alvo.

Conhecer seu público muito bem – seus medos, vontades e desejos – Esse é o primeiro passo para fazer uma apresentação em PowerPoint que os convença.

Ensaie para pegar o ritmo da sua apresentação e anote os pontos que você deseja enfatizar.

 Ao dizer isso em voz alta, você começará a desenvolver um “sentimento” para o material, e perceberá que algumas coisas funcionam bem, enquanto outras precisam ser trabalhadas.

Ensaiando você poderá também identificar conteúdos que não são tão relevantes para a apresentação, e isso dará a oportunidade de exclui-los antes que seja tarde.

Se não for bem projetado, um PowerPoint pode desvincular ou distrair (independentemente da qualidade do conteúdo). Aqui estão algumas dicas de design de slides para garantir que isso não aconteça com você.

Essa é uma das dicas de apresentação do PowerPoint mais importantes para seus slides. Tenha em mente que menos é mais (eficaz). Um slide desordenado é uma distração. Isso causa confusão para um público:

Em qual parte do slide devo me concentrar? Devo ler o slide ou prestar atenção no apresentador? Por outro lado, um slide simples e visualmente atrativo prenderá a atenção do público, mantendo-o no caminho certo com seus pontos principais.

Na hora de sua apresentação, o público deve estar ouvindo, não lendo. Insira frases curtas ou palavras chaves em seus slides, e utilize imagens para passar suas idéias.

As pessoas estão mais propensas a levar você a sério se sua apresentação for visualmente atraente. Os usuários veem o design atraente como confiável. Da mesma forma, eles verão um PowerPoint mais atraente como mais eficaz.

Tudo que você precisa saber para criar uma apresentação profissional

  • Uma apresentação de impacto é capaz de promover grandes conexões e engajamento entre pessoas, empresas e organizações. 
  • Por isso, uma apresentação profissional consegue transportar a audiência para longe do “lugar comum” e traduzir a mensagem de forma clara para todos os ouvintes, do chão de fábrica aos escritórios de uma corporação, por exemplo.
  • Independentemente do contexto em que você precisa fazer uma apresentação — seja ela profissional, acadêmica ou de projetos pessoais —, é necessário cativar a atenção de sua audiência. 

A maioria das pessoas utiliza modelos ultrapassados de apresentação, com layouts padronizados.

No entanto, para realmente impressionar e cativar a atenção de seu público, é imprescindível que você vá além!

Por essa razão, preparamos este guia definitivo e completo para uma apresentação de impacto. Confira abaixo! 

Os 3 princípios de uma apresentação corporativa 

O sucesso das apresentações vai muito além dos slides utilizados durante a apresentação em si. A medida do sucesso, neste caso, passa mais pela experiência oferecida ao público e pela forma como a imagem da empresa foi apresentada.

Por isso, aí vão 3 princípios que a sua empresa deve procurar perseguir na hora de construir suas apresentações corporativas:

1. Branding

A qualidade da sua apresentação corporativa é medida pela sua capacidade de envolver e levar o público a uma ação. Desta forma, o branding é uma ferramenta que lhe ajudará nesse resultado, pois definirá os diferenciais da sua empresa.

Branding é o conjunto de ações que constroem e administram as marcas, tanto de forma concreta como subjetiva. Um branding bem elaborado faz com que as pessoas associem positivamente um produto a uma marca.

Essa ação também passa pela apresentação corporativa da empresa. Logo, ela precisa estar diretamente relacionada com o “DNA” da companhia. Para isso, usar os elementos visuais e as cores da sua marca nas apresentações de slides é o caminho a ser seguido.

Para envolver ainda mais o espectador com a apresentação corporativa de sua empresa, escolha textos e imagens que dialoguem com o público-alvo e o propósito do negócio. 

2. Storytelling

Atualmente, as informações são cada vez mais abundantes e, por isso, reter a atenção das pessoas é algo cada vez mais difícil. Assim, por meio da inserção de fatos em uma história, é possível prender a atenção do ouvinte e fazer com que o público entenda melhor a sua mensagem. 

Para isso, considere utilizar a técnica de storytelling em suas apresentações corporativas. A dica é: siga um cronograma na apresentação. Elabore uma história com começo, meio e fim. Pense que o roteiro deve estar centrado no benefício que você deseja trazer para o público que está lhe assistindo.

Quer saber mais sobre storytelling? Acompanhe os próximos tópicos!

O que é Storytelling?

Primeiramente vamos entender o que é storytelling, um dos principais pilares para uma boa apresentação. Ele pode ser definido como uma técnica narrativa que usa histórias para vender ideias, serviços e compartilhar conhecimento. 

Através de composições sobre a trajetória de atuação da sua empresa, são desenvolvidas narrativas para aproximar pessoas, empresas e conceitos. Estas narrativas farão com que as pessoas se identifiquem e se sintam motivadas de alguma forma.

Atualmente, o storytelling é uma técnica bastante utilizada para otimizar treinamentos, para a criação de campanhas publicitárias, apresentações comerciais e corporativas, além de experiências inspiradoras para o público.

Pela inserção de fatos numa história, é possível fazer com que o entendimento da mensagem seja maior. Afinal, são utilizados exemplos e imagens que impressionam mais do que somente uma lista de fatos e dados.

Os eventos são dispostos de maneira lógica para entreter e fazer com que o conhecimento se espalhe. Impulsionando práticas e desenvolvendo expectativas.

A prática de contar uma história na comunicação humana ocorre desde que os homens descobriram a linguagem. Hoje, elas têm o caráter de inspirar e levar cada vez mais conhecimento de forma mais leve que a usual formalidade presente no meio corporativo.

6 diferenciais de um bom storytelling

A partir do storytelling, a comunicação institucional tem alcançado bons retornos e engajamento. Afinal, em um mercado cada vez mais competitivo e plural, é preciso criar valores e se diferenciar dos demais.

Mas como fazer isso e prender a atenção do seu cliente para que ele se interesse e compre o seu produto? A seguir, listamos os 6 diferenciais que compõem as grandes narrativas com storytelling.

1. Ele é muito bem pensado

Um bom storytelling carece de investimentos em criação e em produção. Ele precisa ser bem produzido para conquistar a atenção do público.

Vamos supor que a sua opção seja por vídeos. É preciso que as imagens e cenas utilizadas  no vídeo sejam boas e que a apresentação esteja ordenada, compondo o conjunto para a história narrada. Do contrário, você poderá perder a sua história.

No storytelling em vídeos e apresentações, vale a máxima: É preciso mostrar além de contar.

2. Tem uma proposta de valor clara

O público gosta de se sentir parte da apresentação. Por isso, tenha a coragem de assumir quem você é e o que a sua marca significa durante uma narrativa guiada por storytelling.

É fundamental se dedicar a falar do que você ama, daquilo que alimenta a sua alma. Afinal, na hora da apresentação, sua marca deve ser uma extensão de você, fazendo parte da sua história.

3. Entrega uma mensagem verdadeira

O storytelling liga a empresa ao que está sendo vendido e à própria marca. Estamos falando da habilidade de contarmos uma história que instigue e motive a audiência, criando um novo canal de relacionamento com o público ao qual é destinado.

Por isso, as ideias devem ser organizadas para garantir um reforço no marketing. Elas podem ser contadas de forma real, lúdica, em texto, imagens ou vídeos, mas sempre devem transmitir a verdade.

4. Criar um personagem que é capaz de gerar identificação

Antes de começar um storytelling, é preciso conhecer bem o público para quem você contará a história. Dessa forma, você conseguirá criar um personagem que cumpra com os objetivos da campanha e seja certeiro na identificação com a audiência.

Ter claro o seu nicho de mercado é fundamental neste processo, pois estamos falando da construção da jornada do herói e este herói precisa ser “real” para o seu público.

5. É emocionante

Para saber se a mensagem passada está cumprindo o objetivo proposto, teste-a com um público antes de colocá-la nas ruas. Peça feedbacks até ter a certeza de que o formato está adequado e que renderá o resultado esperado.

A maior parte das decisões humanas têm predominância emocional. E é assim que um storytelling deve ser! Se a sua apresentação não for emocionante, existe uma chance de que ela não conquiste a adesão do público.

6. Constrói um bom enredo

A história precisa se diferenciar das demais com um enredo que prenda a atenção do público. Para isso, ela tem uma proposta de valor objetiva e clara.

Levante o que o seu negócio tem de mais surpreendente e utilize isso como foco na sua narrativa. É pelo conteúdo que seus clientes enxergarão uma necessidade e se interessarão pela sua oferta.

Conte de onde você vem, o que você faz, mostre como chegou até onde está. Assim, o seu público poderá se identificar com a sua história.

Data Storytelling: utilizando dados 

O conceito de Data Storytelling consiste na aplicação das técnicas de Storytelling para contar histórias com os dados de uma empresa.

A importância do storytelling de dados nasce dos estudos sobre apresentações com dados estatísticos. Na hora de recordarem do discurso apresentado, apenas 5% do público costuma se lembrar de qualquer estatística individualmente apresentada.

Neste ponto, o data storytelling atua ao permitir com que público e apresentador possam enriquecer leitura, trabalho, análise e argumentação com determinado conjunto de dados.

Por isso, o Data Storytelling permite aprimorar os seguintes aspectos:

  • a capacidade de leitura de dados para a formulação de histórias e narrativas a partir deles;
  • o tratamento de dados para inser-los em um contexto no qual façam sentido;
  • a análise de dados para que o público possa utilizá-los de forma a orientar a sua própria percepção sobre o conteúdo.

Como utilizar o storytelling para criar roteiros de apresentações corporativas

Um storytelling pode ter vários perfis. Ele pode ter um caráter didático, pode ser baseado em notícias atuais ou até mesmo ser inspirado em algum acontecimento particular, pelo qual você ou sua empresa já tenha passado.

O importante mesmo é que tudo esteja bem-estruturado, sem nenhum detalhe mal-explicado. Afinal, um bom storytelling não deve criar dúvidas na sua audiência.

Além disso, criar uma história a partir de uma narrativa de storytelling requer bastante know-how e muito cuidado para não ser uma espécie de propaganda reversa da sua marca.

Primeiramente, saiba que essa não é uma oportunidade para exibir dados da sua empresa. Uma narrativa de storytelling deve apelar para os sentimentos, não para os fatos.

Pense na mensagem que você deseja passar ao seu público-alvo e não se esqueça do cenário do seu storytelling. Os espectadores, geralmente, não são especialistas na área em que a empresa atua. Portanto, é necessário contextualizar tudo para que eles não percam o foco da história.

Outro erro que você não deve cometer é esquecer de praticar a narrativa do storytelling depois que ela tiver sido criada. Mesmo que o primeiro seja para os colegas de trabalho mais próximos ou do mesmo setor, conte a história várias e várias vezes.

É a partir dessa repetição e dessa exposição que você conseguirá os feedbacks necessários para aprimorar a apresentação!

Criando roteiros a partir do storytelling

O passo a passo para criar um roteiro de apresentação utilizando a técnica de narrativa do storytelling é composto de 5 etapas. Veja!

Crie a sua proposta. Essa será a ideia que orientará todo o seu roteiro. Para isso, organize um brainstorm entre a sua equipe para chegar à resposta daquilo que vocês desejam passar com o storytelling.

Defina uma linha de raciocínio. Aqui, você pensará em como construir a sua narrativa. Defina os problemas pelos quais o seu personagem passará.

Elabore os personagens: protagonistas, coadjuvantes, heróis e vilões. Reflita sobre quais serão as características dos seus personagens e crie um pequeno registro para cada um. Nesta etapa você também descreverá o seu cenário. Onde e quando a sua história se passa?

Decida qual canal de apresentação utilizar. O seu storytelling pode ser um áudio transmitido na rádio, um infográfico postado em um blog, um vídeo ou uma palestra.

Alinhe o design. O visual da sua apresentação deve ser atrativo e condizente com a imagem do seu produto ou serviço. Afinal, a estética da apresentação também é importante para que a plateia entenda a mensagem que você quer transmitir.

Lembre-se: a sua narrativa criada a partir do storytelling deve estar em harmonia com o seu público. Por isso, é fundamental compreender quais são as expectativas dele em relação à apresentação da sua empresa.

3. Layout

É importante valorizar o design da sua apresentação, mas não abuse de efeitos, imagens e animações. Lembre-se de que você está representando uma marca e esse tipo de recurso pode muitas vezes transmitir uma ideia não muito profissional.

No layout, a disposição de imagens, palavras-chave e textos deve ser feita de forma simples e sem excessos, priorizando a legibilidade.

O conteúdo a ser exposto deve estar em tópicos. A harmonia de cores, formas e frases curtas são responsáveis por deixar o seu conteúdo ainda mais impactante para quem está assistindo.

Esta dica é importante: se você está representando uma empresa, é fundamental que a sua apresentação contenha o logotipo e elementos da identidade visual da companhia para criar essa relação da sua marca com o espectador.

Outro ponto é a atenção aos erros de ortografia. Ao finalizar a elaboração da apresentação, revise todo o material. Não checar a escrita das palavras poderá demonstrar certo desleixo e desatenção. 

A parte visual é relevante, mas há também um foco especial na pessoa que apresenta. Estude e prepare-se para evitar ler tudo o que está em cada slide, afinal, eles servem para guiar a apresentação e não para ser o foco dela

Passo a passo para criar uma apresentação de impacto

1. Faça o planejamento

Não deixe para a última hora o preparo de uma apresentação.

Para que você tenha sucesso, é necessário pensar em todos os cenários possíveis de uma apresentação profissional e imaginar todos os tipos de imprevistos que podem comprometer a mensagem. Esteja preparado para responder a perguntas que fogem do tema. 

Para isso, não deixe de seguir os seguintes passos:

Conheça sua audiência 

  1. Você sabe qual é o nível de conhecimento de sua plateia sobre o assunto abordado?
  2. Esse é o primeiro e mais importante passo ao começar a preparar uma apresentação de impacto, pois diz muito sobre o que será necessário nos momentos iniciais.

     

  3. Se você deseja introduzir um tema extremamente inovador e com conceitos inéditos, por exemplo, é preciso “preparar o terreno” antes por meio de uma pequena introdução sobre o tema.

     

  4. Essa medida situará melhor o seu público e, posteriormente, garantirá a compreensão.

Conhecer seu público também serve para entender o que eles esperam em relação à apresentação.

Sua mensagem deve se adequar às expectativas de seus espectadores, que podem se sentir frustrados se o tema apresentado for “mais do mesmo”.

Defina qual mensagem quer transmitir

  • Qual é o objetivo da sua apresentação? 
  • Ter em mente o exato resultado esperado de sua exposição te ajuda a enxugar eventuais excessos de informações, bem como a focar naquilo que é mais essencial.
  • Por exemplo, se o objetivo é impactar a audiência, com informações sobre um projeto novo, seu discurso pode ser direcionado no sentido de familiarizar o público com dados e conceitos novos, que eles ainda desconheciam. 
  • Se sua apresentação visa ao convencimento dessas pessoas para a tomada de determinada atitude, sua exposição deve focar em argumentos concretos (e persuasivos) sobre o tema.

Faça um roteiro

  1. Independentemente dos objetivos da sua apresentação, é imprescindível que você tenha um roteiro em mãos.

     

  2. Isso serve para te guiar durante a exposição de seus principais argumentos, que deve seguir uma linha coerente e cadencial, de forma a cobrir todos os pontos e terminar com uma conclusão lógica.

  3. Um roteiro também pode te ajudar no ensaio prévio, já que proporciona o passo a passo de cada tema que deve ser tratado em sua apresentação.

2. Escolha a ferramenta certa

Para cada apresentação pode ser necessária uma ferramenta diferente. Os recursos de cada uma variam e podem se adequar melhor ou pior de acordo com suas necessidades. Entenda!

1. Prezi

A velha estrutura de slides muitas vezes é a grande responsável por tornar uma apresentação maçante. O Prezi vem com a proposta de mudar isso, criando sofisticadas transições utilizando o zoom.

A ferramenta funciona assim: você distribui o seu conteúdo (textos, imagens, vídeos e gráficos, por exemplo) por uma espécie quadro branco. Então, o Prezi cria transições incríveis, aplicando zoom em cada parte do conteúdo.

2. Haiku Deck

O Haiku Deck foi desenvolvido com foco em criar apresentações em tempo recorde e de maneira muito simplificada. A ferramenta conta com diversos modelos predefinidos e um grande acervo de imagens e ilustrações que podem ser adicionadas com um clique. 

Você também pode usar imagens próprias. Quando terminar, você ainda pode compartilhar seu trabalho nas redes sociais ou enviá-lo por e-mail.

3. ClearSlide

Essa é uma alternativa online extremamente completa para criar apresentações profissionais. O ClearSlide, antigo SlideRocket, tem como foco a facilidade em gerenciar seus slides, adicionando dezenas de possibilidades a eles de maneira muito intuitiva e prática.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*