Como baixar filmes e transferir eles a um pendrive

Os pen drives se tornaram um acessório indispensável para muitas pessoas.

Eles são a maneira mais fácil de transferir arquivos entre computadores e notebooks e fazer backup sem precisar gastar muito dinheiro em um HD externo.

Alguns pen drives mais modernos podem até ser conectados diretamente a um celular ou tablet. O tamanho do pen drive USB que você deve comprar depende do que você está planejando fazer com ele.

Se você sabe que você só vai usar o aparelho para mover documentos do Word ou fotos de viagem de computador para outro, um armazenamento pequeno de 2GB ou 4GB vai te servir bem.

Se você está planejando arquivar toda a sua biblioteca de fotos ou músicas e fazer um backup completo dos seus dados, talvez seja necessário uma unidade com armazenamento bem grande, de 256 GB ou mais.

Se você estiver movendo ou arquivando vídeos e filmes, compre a maior unidade flash que você pode encontrar, pois esses arquivos são bem pesados e exigem muito espaço.

Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive
Sandisk Ultra Dual SanDisk Extreme PRO Kingston DataTraveler G4 SanDisk iXpand Gocomma GH008 Samsung Fit Plus Corsair Flash Survivor Stealth
Melhor pen drive no geral Melhor desempenho e velocidade Melhor custo benefício Entrada Lightning para produtos Apple Mais seguro, com biometria Mais fino, para ultrabooks Mais resistente e robusto
Cerca de R$ 55 Cerca de R$ 295 Cerca de R$ 60 Cerca de R$ 420 Cerca de R$ 175 Cerca de R$ 760 Cerca de R$ 470
Comprar online Comprar online Comprar online Comprar online Comprar online Comprar online Comprar online

Se você quer uma análise completa dos melhores pendrive disponíveis no mercado brasileiro, leia o nosso artigo “top sete melhores pendrives“. Se você quer aprender mais sobre esses aparelhos, continue lendo abaixo.

Considerações gerais sobre pen drives

As capacidades dos pen drives (também chamados de flash drives ou thumb drives) atuais variam de 2 gigabytes a 1 terabyte. Embora as unidades sejam opções acessíveis para expandir as capacidades de armazenamento, o preço aumenta com o tamanho.

Quando você está comprando uma unidade flash, você também precisa escolher a velocidade de transferência (com o USB sendo 2.0 sendo mais antigo e lento e o USB 3.0 o mais rápido) e as opções de segurança do aparelho.

Vamos explicar quais são suas opções e as vantagens e desvantagens abaixo.

Quanto armazenamento você precisa em um pen drive

Não existe uma fórmula simples para estimar suas necessidades de armazenamento. O número de fotos ou músicas que se encaixa em uma unidade flash USB varia amplamente devido ao tipo de mídia que você usa e ao tamanho e qualidade de cada arquivo. Por exemplo, se cada uma das suas fotos tiver tamanho de 6 megapixels, você pode transferir 1.

000 fotos para uma unidade pen drive de 2GB, 8.000 para um pen drive de 16GB e 128.000 para um pen drive de 256GB. No entanto, à medida que o tamanho aumenta, o número de fotos que se encaixa diminui. Se você trabalha com fotos de alta resolução com uma média de 24MP, você só poderá colocar 250 na pequena unidade flash de 2GB e 32.

000 na unidade de 256GB.

O mesmo problema existe ao tentar estimar o tamanho de música e de vídeo, que também variam muito em qualidade. Se você filmar vídeos em alta qualidade ou quer transferir filmes em HD, não adianta comprar um pen drive com pouca capacidade de armazenamento.

Dependendo da resolução e compressão usada em um vídeo de 1080p, um pen drive de 16GB contém apenas poucos minutos do vídeo, enquanto uma unidade de 256GB pode armazenar algumas horas.

Músicas em MP3 pesam menos do que músicas em formatos sem perda, como o flac, mas mesmo assim costumam ocupar mais espaços do que imagens.

Em contraste, documentos de texto, arquivos do Office e planilhas do Excel ocupam pouco espaço. Se você precisa transferir esses tipos de arquivos entre computadores, um pen drive de 16GB provavelmente é tudo o que você precisa. Claro, uma quantidade muito alta desse tipo de arquivo, algo na casa das centenas de milhares, ainda pode pesar bastante.

Se você colocar todos os arquivos que deseja transferir para uma unidade flash USB em uma pasta, você pode obter o tamanho da pasta e isso indica quanto espaço você precisa no seu pen drive.

A diferença entre USB 2.0 e USB 3.0

Escolher um USB 2.0 ou USB 3.0 depende, em parte, do dispositivo que você vai conectar ao pen drive e da porta USB que você usa. Confirme a velocidade que o seu computador ou outro dispositivo suporta antes de comprar uma unidade USB 3.

0, pois os aparelhos mais antigos não costumam suportar esse novo padrão. Muitos aparelhos novos ainda usam os dois padrões em portas diferentes, então você deve saber qual porta possui conectividade 3.

0 antes de enfiar o pen drive em qualquer uma das portas.

A diferença entre os dois está na velocidade, o 3.0 é muito mais rápido e é essencial para quem trabalho com vídeos de alta qualidade e outros arquivos muito pesados. Sua taxa de transferência é 10 vezes mais rápida que a velocidade de uma unidade USB 2.0. Se você não vai mover arquivos pesados, o 2.0 deve ser o suficiente.

Opções de segurança em pen drives

Dependendo do seu uso, você pode querer comprar uma unidade flash USB segura.

Isso pode não ser necessário se você estiver apenas transferindo alguns arquivos de um computador doméstico para outro, mas se você estiver usando a unidade em muitos computadores diferentes, viajar constantemente com o aparelho ou estiver arquivando dados importantes ou confidenciais nos pen drives, a segurança deve ser fator importante na hora da escolha. Os problemas de segurança com unidades de memória USB incluem:

  • O tamanho reduzido pode fazer com que sejam perdidos ou negligenciados.
  • São difíceis de rastrear fisicamente. Algumas empresas baniram seu uso por esse motivo.
  • Eles podem transferir malware de um computador para outro e têm feito isso com freqüência.
  • Qualquer pessoa que tenha acesso físico ao aparelho vai ter acesso a todos os arquivo e informações contidas neles

Nada pode ser feito sobre o tamanho pequeno da unidade de polegar sem perder sua portabilidade, mas a criptografia de software – em computadores Windows e Mac e de empresas de segurança – e criptografia de hardware nas unidades USB estão disponíveis para evitar a transferência de malware e acesso não autorizado. Essa medida esconde todos os dados atrás de uma senha, apenas tome cuidado para não perde-la.

Leia também:  Como alcançar a alegria de viver: 14 passos (com imagens)

Apesar de raros no mercado brasileiro, alguns possuem teclados físicos para senhas, adicionando uma camada a mais de segurança. Dois exemplos são o DataTraveler 2000 da Kingston e o Encrypted USB Flash Drive da Toshiba, que precisam ser importados. Uma medida dessas é obviamente desnecessária para a enorme maioria dos usuários.

Pen drive vs. outras formas de armazenamento

  • Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive
  • Quais são os benefícios de usar um pen drive em vez de gravar arquivos em um CD ou transferi-los diretamente para outro computador?
  • A necessidade é a mãe da invenção, e as unidades flash USB são tão populares hoje porque elas são mais rápidas, fáceis de usar, compatíveis e mais convenientes que qualquer outro método.

Gravar CDs leva tempo, e pode ser um processo permanente se seu CD não for regravável (e mais caro). Se você está levando um projeto do seu escritório para sua casa, e você vai termina-lo no final da semana, gravar um CD apenas para isso pode ser um desperdício. Além disso, se você fizer alterações no projeto, você deve gravar um novo CD para salvar suas mudanças. Eles também são mais frágeis.

O armazenamento em nuvem pode ser um método ainda mais prático em alguns casos, mas só funciona com internet.

Você sempre precisa estar conectado a internet para usar esse método, tanto na hora de enviar o arquivo para a nuvem quanto para retira-lo de lá, o que pode ser um problema se sua internet não for rápida ou for instável, problemas comuns em lugares que não sejam capitais.

Se for um arquivo pesado, você pode ficar horas com a internet lenta pois ela vai estar ocupada pelo arquivo. Enviar um arquivo via e-mail possui todas essas desvantagens além de geralmente ter um limite pequeno de tamanho.

Transferir arquivos diretamente do computador para outro computador às vezes pode ser estranhamente complicado para a maioria dos usuários que não sabem mexer em servidores FTP, então na maioria dos casos, você precisa que eles estejam próximos um do outro. Com uma unidade de pen drive, você só precisa arrastar e soltar seus arquivos ou pastas para onde você precisar.

Guia de downloads da Netflix: entenda como funciona o recurso

A Netflix liberou, no ano passado, os downloads de filmes e séries para assistir mesmo sem conexão à internet. Apesar da boa notícia, existem algumas regras para baixar os títulos. Confira abaixo um resumo do que o serviço oferece:

Requisitos

Para baixar um arquivo, é preciso que o dispositivo:

  • Rode a versão 4.4.2 do Android ou superior;
  • Rode a versão 8.0 do iOS ou superior;
  • Tenha uma conexão com a internet;
  • Esteja com a versão mais atualizada do aplicativo da Netflix.

Como baixar um filme ou série?

Antes de tudo, é importante ressaltar que nem todos os títulos da Netflix estão disponíveis para download. Para conferir a lista completa, selecione a opção “Disponíveis para download”, que está no menu principal.

  1. Ao escolher o filme, clique no ícone de download, representado por uma seta para baixo em cima de um traço na horizontal;
  2. Os arquivos baixados podem ser encontrados em “Meus Downloads”, dentro do aplicativo;
  3. Fique atento: para séries, o ícone é exibido a cada episódio disponível.

Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive

Por quanto tempo os arquivos ficam disponíveis?

De acordo com a Netflix, o tempo varia de acordo com cada filme ou série. O usuário recebe um aviso de que o título vai expirar sete dias antes de isso acontecer e, em geral, depois de começar a assistir, você tem 48 horas para terminar um episódio ou filme. Caso contrário, é preciso baixá-lo de novo.

Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive

Qualidade do download

É possível escolher a qualidade de vídeo adequada. As opções são: Padrão, uma resolução ligeiramente inferior e que ocupa menos espaço de armazenamento, e Superior, que usa mais espaço de armazenamento e, consequentemente, leva mais tempo para baixar.

  1. Para alterar essa configuração, clique no ícone do menu e em “Configurações do aplicativo”;
  2. Em “Downloads”, selecione a opção “Qualidade de vídeo” e ajuste conforme preferir.

Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive

Gerenciar armazenamento (Android)

 No Android, é possível armazenar os downloads diretamente no cartão SD. Saiba como fazer:

  1. Clique no menu e em “Configurações do aplicativo”;
  2. Em “Downloads”, selecione a opção “Localização dos downloads” e selecione onde deseja guardar os filmes e séries baixados.

Atenção: a ação altera apenas a localização de downloads futuros. Os títulos já baixados permanecem no mesmo lugar.

Acessando vídeos baixados

  1. Clique em “Menu” e em “Meus downloads”;
  2. Selecione o título a que deseja assistir. Em caso de série, é preciso escolher também o episódio específico.

Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive

Excluindo arquivos baixados

iOS

  1. Selecione o ícone do menu;
  2. Clique em “Meus downloads” e selecione o botão “Editar”, no canto superior da tela;
  3. Toque no ícone de X vermelho para apagar o título.

Android

  1. Selecione o menu e vá até “Meus Downloads”;
  2. Clique no ícone “Editar” e toque no X vermelho para remover o arquivo.

tutorial Netflix

Compartilhe com seus seguidores

Baixar arquivos do OneDrive para seu dispositivo

  1. No aplicativo OneDrive, abra a pasta com os arquivos que você deseja baixar. Verifique se que o conteúdo da pasta é exibido no modo de exibição de lista, não como miniaturas.

  2. Toque em Mais , ao lado do arquivo que você deseja salvar, e toque em Salvar.

    1. Você também pode selecionar vários arquivos, mantendo pressionada uma foto ou um vídeo e tocando no círculo ao lado dos nomes dos arquivos adicionais para marcá-los.

    2. Toque em Mais no canto superior direito, e em seguida, toque em Salvar.

  3. Toque na seta em Salvar neste local para ver as pastas em seu dispositivo. Escolha uma pasta para os arquivos baixados e toque Salvar.

    Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive

  1. No aplicativo OneDrive, abra a pasta com as fotos ou os vídeos que você deseja baixar. Verifique se o conteúdo da pasta é exibido no modo de exibição de lista, não como miniaturas.

  2. Selecione uma foto ou um vídeo. Você também pode selecionar vários arquivos, mantendo pressionada uma foto ou um vídeo e tocando no círculo ao lado dos nomes dos arquivos adicionais para marcá-los.

  3. Toque em Compartilhar > Salvar Foto.

    Como Baixar Filmes e Transferir Eles a um Pendrive

  4. Localize fotos ou vídeos baixados na pasta Rolo da Câmera do dispositivo.

  1. No aplicativo OneDrive, marque a caixa de seleção do arquivo ou arquivos que você deseja. (Para telefones Windows, toque e mantenha pressionado o arquivo que você deseja baixar e marque as caixas de seleção para arquivos adicionais desejados.)

    Observação:  Atualmente, o OneDrive no Windows Phone não permite baixar pastas ou blocos de anotações do OneNote.

  2. Selecione Baixar. (Para telefones Windows, toque em mais e, em seguida, toque em baixar. (Você também pode tocar e segurar qualquer um dos arquivos selecionados na etapa 1 e, em seguida, toque em baixar .)

  3. Para localizar os arquivos que você baixou, no painel downloads exibido quando o download é iniciado, selecione abrir pasta downloads.

    (Para telefones Windows, localize e abra a pasta no dispositivo em que você deseja os downloads e toque em salvar .)

    Observação: Para o aplicativo, se você selecionar vários arquivos, eles serão baixados juntos como uma única pasta compactada. Todos os arquivos serão baixados para a pasta de downloads do aplicativo (uma subpasta na pasta downloads do seu computador).

    Para telefones Windows, se você selecionar vários arquivos, eles serão baixados individualmente.

Transforme seu pendrive em um pacotão de aplicativos

Não há dúvida que os pendrives são ferramentas extremamente úteis no nosso cotidiano, pois é possível levar para qualquer lugar todo o tipo de arquivo.

Se você tem por volta dos 15 anos, provavelmente nunca viu um disquete – sorte sua -, mas já ouviu falar neles pelo menos.

Os disquetes, com certeza, ajudaram a facilitar a vida de muitas pessoas, pois com eles era possível transportar documentos, fotos, tabelas e arquivos para todos os lugares, porém nem sempre eles chegavam “inteiros” ao destino.

Quem usou a tecnologia do disquete, certamente tem alguma história para contar sobre o dispositivo e, nem sempre, uma história feliz. Além de possuir capacidade limitada – aproximadamente 2 MB-, os famosos disquetes eram muito instáveis, ou seja, você salvava um arquivo hoje, mas tinha arrepios quando ia abri-lo novamente, porque a possibilidade dele ter se perdido era enorme.

Felizmente, os pendrives chegaram e lançaram uma nova esperança na vida de quem precisa transportar arquivos para todos os lugares, pois como este dispositivo é mais seguro que o disquete, todos podem dormir sossegados. Além da segurança oferecida pelos pendrives, mudanças significativas na capacidade também foram aprimoradas, pois se compararmos 2 MB com os 16 e 32 GB dos pendrives atuais pode-se notar a enorme diferença.

Use seu pendrive para…

Para que você tire o melhor proveito possível do seu dispositivo, neste tutorial vamos ensinar como inserir vários aplicativos interessantes no seu pendrive e, assim, usá-lo ainda mais. Para começar, vale lembrar que você precisa ter um pendrive de acordo com as suas necessidades, ou seja, não adianta você querer ter mais programas do que a capacidade do dispositivo aceita.

Do que você precisa

Para começar a colocar programas portáteis no seu pendrive e deixá-lo pronto para qualquer tarefa, é importante que você faça o download do aplicativo PortableApps.

Esta suíte permite que aplicativos que tenham versão portátil, rodem com mais desenvoltura no seu pendrive.

Além disso, ela oferece programas voltados ao trabalho (BrOffice), um navegador (simplesmente o Mozilla Firefox), um antivírus, mensageiro instantâneo e até um Sudoku.

Em primeiro lugar, faça o download do PortableApps, mas antes de instalá-lo, conecte seu pendrive na porta USB do computador.

Feito isso, proceda a instalação normalmente, porém preste atenção na hora de escolher o local que a pasta do aplicativo será salva, pois você precisa salvá-la no seu pendrive.

Para isso, quando esta tela aparecer, clique em “Browse” e, em seguida, selecione o seu pendrive.

Vale lembrar que para poder instalar a suíte de aplicativos, você precisa ter mais de 516 MB disponíveis no seu pendrive e, desta forma tudo possa funcionar corretamente.

Depois de instalado no pendrive, basta abrir a suíte e desfrutar dos programas disponibilizados.

Para isso, clique sobre os aplicativos que deseja utilizar naquele momento e se aventure no mundo portátil oferecido pelo PortableApps.

Quer mais?

Mesmo com a grande quantidade de aplicativos, você pode não estar satisfeito com alguns deles ou, simplesmente, precisa de algo mais específico. Sem problemas, com o PortableApps, é possível adicionar quantos aplicativos seu pendrive  suportar sem se preocupar.

Do que mais você precisa?

Digamos que você precisa de um player de música portátil, um descompactador, editor de imagens ou um gravador de CDs e DVDs. Você pode inserir todos este aplicativos clicando – na interface do PortableApps – em “Opções/Adicionar Programas”.

Para escolher os programas e usar esta opção, entre na categoria “Ferramentas para pendrives”, selecione o aplicativo que você precisa e faça o download normalmente. Quando for instalá-lo, siga o mesmo procedimento, ou seja, não se esqueça de selecionar o diretório do pendrive para que o programa seja armazenado dentro do dispositivo.

Enquanto o PortableApps estiver funcionando, um pequeno ícone é exibido na barra de sistemas (barra ao lado do relógio), para abri-lo, clique com o mouse sobre o ícone e aproveite tudo o que seu pendrive tem a oferecer.

Saia do feijão com arroz, transforme seu pendrive em um mini disco rígido e descubra que ele pode ser usado em muitas outras tarefas e ir além de levar seus arquivos, vídeos, músicas ou fotos.

Transforme seu pendrive em um pacotão de aplicativos

Saiba como transferir os contatos do seu iPhone para o computador

Clique para copiar https://computerworld.com.br/2018/02/08/saiba-como-transferir-os-contatos-do-seu-iphone-para-o-computador/

Imagem: Jason Snell / Macworld

Nos dias atuais, os iPhones e os iPads funcionam quase de forma independente e não precisam mais de um computador ou do iTunes. Eles podem fazer backups automaticamente para o iCloud e você comprar/baixar apps, games, músicas, filmes, livros e mais diretamente pelos aparelhos iOS.

No entanto, se você precisa copiar todos os seus contatos do seu iPhone para o seu computador, existem várias opções para fazer isso. No texto abaixo vamos explicar o modo mais simples, que não envolve a instalação de nenhum software e não custa nada: o iCloud. Na verdade, o processo é parecido com a transferência de fotos do seu iPhone para um PC. 

Como habilitar o iCloud?

Antes de qualquer coisa, você precisará habilitar o iCloud no iPhone ou apenas confirmar que os contatos já estão sendo sincronizados com a plataforma na nuvem da Apple.

Para isso, abra o app Ajustes no smartphone e toque no seu nome no topo da tela. Se estiver rodando uma versão mais antiga do iOS, terá de descer a barra de scroll ou buscar por iCloud nas configurações. 

Presumindo que você tenha uma versão mais recente do iOS: após tocar no seu nome, você verá o iCloud na parte de baixo da tela. Toque nele, depois na seção “Apps usando o iCloud” e mude a chave próxima de Contatos para habilitá-la. 

Vale notar que você não precisa que o backup do iCloud esteja habilitado para os contatos serem sincronizados.

Como colocar os contatos do iPhone no PC?

Em seguida, abra um navegador no seu PC. Vá até o site do iCloud (icloud.com) e faça login com a sua Apple ID. Poderá ser solicitada a digitação de um código de verificação (que você receberá no seu iPhone) caso a opção de autenticação em dois fatores esteja habilitada na sua conta. 

Feito isso, você verá todos os apps disponíveis no iCloud, com o Contatos aparecendo no lado esquerdo da tela. Clique nele e você deverá visualizar todos os contatos armazenados no seu iPhone. 

Isso pode ser tudo que você precisa, mas se quiser copiar esses contatos para outro aplicativo ou serviço, então precisará exportá-los. Para fazer isso, primeiro clique em um contato na lista e depois aperte as teclas Ctrl+A para selecionar todos os contatos.  Agora clique no ícone de configurações, no canto inferior esquerdo da tela, e escolha a opção Exportar vCard. 

Após isso, será aberta uma janela onde você pode escolher um aplicativo para abrir o arquivo (como o Outlook) ou escolher salvar o arquivo diretamente no seu HD.

Se você quiser importar os arquivos para o Outlook, por exemplo, escolha essa primeira opção. Caso queira usar outro app ou serviço que não esteja listado, então escolha salvar o arquivo. 

Como importar os contatos do iPhone para o Gmail

Vá até o app ou webmail (como o Gmail) para onde você quer copiar os contatos e busque pela opção “importar”. 

Caso esteja no Gmail, os contatos podem não ser tão fáceis de serem encontrados na versão web. Clique na seta próxima à palavra Gmail, no canto superior esquerdo da tela, e verá a opção Contatos. Cloque nela e será aberta uma nova aba, em que será preciso expandir a seção ‘Mais’ para visualizar a opção ‘Importar’. 

Agora escolha a opção Arquivo CSV ou Vcard, no fim da lista, navegue até o arquivo que você acabou de baixar do iCloud e todos os seus contatos serão adicionados ao Gmail.

Como restaurar seu pendrive com defeito

Ao conectar seu dispositivo no computador e ele apresentar mensagem de erro, vírus, arquivos deletados, dados corrompidos ou não quer funcionar corretamente, não fique desesperado, existe algumas medias que podem consertar esses problemas. Por isso, o Oficina da Net selecionou alguns métodos e dicas para reparar seu pendrive defeituoso. 

Leia Também:

Pendrive não é reconhecido pelo Windows

  • Sabe quando você conecta o pendrive no computador e o Windows não mais o reconhece, o problema está na falta de atribuição de um parâmetro dado pelo Windows ou por algum arquivo que foi tranferido para o dispositivo, dessa forma o sistema operacional fica impossibilitado de reconhecê-lo. Veja como resolver:
  • 01.  Abra o Painel de Controle;
  • 02.  Busque por “Ferramentas Administrativas” e selecione-a;

03.  Abra o item “Gerenciamento do computador”;

04.  No canto esquerdo da janela, procure por “Gerenciamento de disco”;

05.  No centro da janela, o sistema operacional exibirá os dispositivos ou unidades de armazenamentos conectados em sua máquina. Procure pelo seu pendrive, clique com o botão direito do mouse e selecione a opção “Alterar letra de unidade e caminho”;

06.  Após a abertura da janela, clique no botão “Adicionar”;

07.  Marque a opção “Atribuir a seguinte letra de unidade”, em seguida escolha a letra que deseja atribuir ao seu pendrive e clique no botão “OK”. 

Pronto. Agora o Windows deve reconhecer o seu dispositivo de armazenamento. Caso tenha feito os passos a cima mas o pendrive não for reconhecido, possa ser que ele esteja queimado, nesse caso é impossível recuperá-lo usando software.

Recuperar arquivos apagados

Se você apagou sem querer suas músicas, documentos, jogos e arquivos em geral ou eles estão corrompidos não se preocupe.

Existe diversos programas que realizam esse procedimento, mas nesse tutorial escolhemos um dos que se destaca nesse ramo é o Recuva, que pode ser baixado gratuitamente clicando aqui.

Com esse ótimo programinha você terá a possibilidade de fazer uma varredura no seu dispositivo e recuperar os arquivos perdidos e tudo estará resolvido em um passe de mágica. Descubra também o que acontece quando se exclui um arquivo.

01.  Após ter baixado e instalado abra o Recuva;

02.  Para começar o aplicativo necessita que você indique qual o tipo de arquivo está tentando recuperar. Selecione a opção “All Files”, assim poderá encontrar todos os tipos de dados;

03.  Na próxima janela, marque o local em que pretende fazer a busca. Como queremos recuperar arquivos perdidos do pendrive devemos marcar a opção “No meu cartão de mídia ou iPod”, assim ele irá procurar apenas no dispositivo de armazenamento;

04. Agora basta clicar em “iniciar” e aguardar até que finalize, normalmente o processo é bem rápido;

05. O Recuva exibira uma lista de itens disponíveis, marque os arquivos que queira salvar e clique em “Recuperar”. Vale apena ressaltar que, a bolinha verde indica que os arquivos serão restaurados com sucesso, mas você pode tentar recuperar quaisquer itens;

06. Após o termino do processo de recuperação escolha o destino que queira salvar os dados e pronto, seus arquivos perdidos ou corrompidos estão todos de volta.

Este método do Recuva pode também ser utilizado para recuperar arquivos perdidos do disco rígido e os que foram excluídos permanentemente da lixeira.

Windows está mandando formatar seu pendrive?

  1. Há casos que você conecta seu pendrive no computador e quando tenta acessa-lo o Windows pede para formata o dispositivo, mas você não deve imediatamente seguir as instruções do sistema operacional. Antes de tentar fazer qualquer coisa siga as dicas que fizemos para você abaixo:
  2. 01.

      Faça o download do programa Authorsoft USB Disk Storage Format Tool,  clicando aqui;

  3. 02.  Instale e abra-o e confira se seu pendrive foi detectado corretamente;

03.

  Marque as seguintes caixas “Correct errors”, “Scan drive” e “Check if dirty”;

04.  Clique no botão “Check disk” e espere o programa verificar o dispositivo;

Se não for encontrado nenhum erro só resta infelizmente uma solução que é formata-lo. Mas se algum erro for detectado o programa irá fazer as correções devidas e você poderá tentar usar o pendrive novamente.

Faça o teste e comente aqui se conseguiu. Você também pode mandar uma sugestão de pauta pelos comentários ou pelo fórum.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*