Como aprender inglês mais rápido (com imagens)

É possível aprender inglês sozinho com diferentes ferramentas presentes na Internet. Escrita, audição e conversação na língua estrangeira podem ser estimuladas a partir de jogos e músicas que ensinam o idioma. Há, ainda, outras técnicas práticas para estudar e aumentar a proficiência na língua online, sem sair de casa.

Por isso, o TechTudo separou uma lista com algumas das maneiras de praticar inglês pela Internet sozinho.

São sites e aplicativos que exploram diferentes aspectos do aprendizado, com memorização, fala, gramática e vocabulário. Você pode escolher qual área deseja se aprimorar e estudar no conforto de casa.

Confira a lista a seguir para conhecer diferentes plataformas para aprender inglês.

Como Aprender Inglês Mais Rápido (com Imagens)

Curso de inglês completo e grátis; aproveite o site e o app

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Aprenda inglês jogando

Para quem gosta de estudar de forma lúdica, o Memrise é uma ótima alternativa. A plataforma ajuda usuários, em nível iniciante ou avançando, a aprimorar o inglês e outros idiomas. Os jogos são gratuitos e estão disponíveis no site e também em aplicativos para Android e iPhone (iOS). É possível aproveitar o tempo livre no transporte público, por exemplo, para estudar.

1 de 5
Memrise oferece exercícios de inglês e outras línguas para praticar — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Memrise oferece exercícios de inglês e outras línguas para praticar — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

2. Aprenda inglês com exercícios

O My English Online é um curso de inglês totalmente virtual que foca em desenvolver as habilidades de leitura, escrita e compreensão da gramática em língua inglesa.

O programa gratuito é oferecido pelo Idiomas sem Fronteiras (IsF), do Ministério da Educação.

Podem realizar o curso sem pagar estudantes de graduação e pós-graduação de instituições de ensino superior públicas e privadas brasileiras parceiras do programa.

2 de 5
My English Online permite fazer teste de nivelamento antes de iniciar o estudo — Foto: Reprodução/TechTudo

My English Online permite fazer teste de nivelamento antes de iniciar o estudo — Foto: Reprodução/TechTudo

Após realizar o cadastro e fazer um teste de nivelamento, os alunos podem ser classificados em cinco níveis: iniciante, básico, pré-intermediário, intermediário e avançado. Os alunos podem acessar o material por meio de vídeos, e-books, gramáticas e, para passar de nível, devem executar uma série de exercícios.

3. Aprenda inglês conversando

Muitas pessoas sabem ler e escrever em inglês satisfatoriamente, mas precisam melhorar a pronúncia do idioma. Viajar para países que falam a língua é uma boa opção, mas se isso não for possível no momento, o HelloTalk também é interessante. O app permite envio de mensagens de texto, áudio, vídeo e até chamadas telefônicas.

3 de 5
Aplicativo para aprender línguas estrangeiras se assemelha muito ao Whatsapp — Foto: Divulgação/HelloTalk

Aplicativo para aprender línguas estrangeiras se assemelha muito ao Whatsapp — Foto: Divulgação/HelloTalk

O mensageiro, disponível para celulares Android e iPhone, facilita o contato entre pessoas que falam diversos idiomas. Uma característica importante do sistema são as ferramentas de tradução, que permitem que você converse com nativos mesmo sem dominar totalmente o inglês. Além de ajudar a melhorar o seu idioma, o app ainda pode aumentar a sua rede de amigos.

4. Aprenda inglês assistindo a séries e filmes

Como aprender inglês mais rápido? Conheça 8 melhores formas

Como Aprender Inglês Mais Rápido (com Imagens)

Se você está estudando inglês, sabe da importância de se dominar esse idioma. Porém, em meio a diversas outras atividades e obrigações diárias, pode ser um desafio exercitar a língua. Afinal, como aprender inglês mais rápido?

Se essa é uma pergunta que você costuma fazer, não se preocupe! Há diversas práticas que ajudam muito no aprendizado da língua inglesa e que você pode adotar hoje mesmo. Confira 8 dicas que separamos para te ajudar!

1. Altere o idioma padrão de aparelhos e serviços

Se você quer aprender inglês mais rápido, procure não restringir a sua prática aos momentos de estudo — ou seja, às aulas e deveres de casa. Uma boa estratégia para tornar o inglês parte da sua vida é alterar o idioma padrão dos diversos aparelhos e serviços que você utiliza no cotidiano.

Vale fazer isso no seu celular, tablet e computador. Modifique também a língua padrão do seu e-mail e de suas redes sociais. Dessa maneira, além de melhorar o seu vocabulário, você aumenta o contato com o idioma, acostumando-se ainda mais com ele.0701

Como passamos boa parte do nosso dia em computadores e celulares e acessando e-mails e redes sociais, a diferença será grande. Você pode estranhar um pouco no começo e mesmo sentir alguma dificuldade, mas logo vai se acostumar!

2. Leia artigos

Ler bem é uma habilidade fundamental para o estudante de inglês. Porém, muitos têm dificuldades em interpretar textos maiores ou mais profundos. A dica para melhorar nesse quesito é investir na leitura de artigos em língua inglesa.

Sejam artigos jornalísticos ou acadêmicos, o importante é exercitar a leitura atenta e compenetrada. Assine newsletters ou páginas de redes sociais com notícias e textos analíticos escritos em inglês — dê preferência àqueles que tratem de temas de seu interesse, como política, cultura ou gastronomia.

Defina uma meta de, por exemplo, um texto por dia. Assim que pegar o ritmo, aumente a quantidade ou o nível de complexidade de cada artigo.

3. Leia livros

Outra forma de treinar a leitura e, ainda por cima, se divertir, é ler um bom livro em inglês. Trata-se de algo desafiador, mas algumas estratégias podem ajudá-lo a superar mais esse desafio.

O ideal é que você escolha uma obra que não seja muito longa e cuja linguagem não seja rebuscada demais. Uma boa pedida é escolher um livro de contos: como as histórias são menores, você corre menos risco de se perder na trama ou de se cansar ao ler em outra língua.

Escolha o gênero que mais lhe agrada e se jogue na leitura em inglês! Tente ler um conto por dia e verá como a leitura se tornará bem mais fluida com o passar das semanas.

Leia também:  Como calcular a ovulação com menstruações irregulares

4. Veja filmes e séries

Misturar aprendizado e lazer é uma das melhores táticas para aprender mais rápido, já que a nossa disposição para esse tipo de atividade é muito maior. Nesse caso, você pode assistir a filmes e séries em inglês, com legendas também na língua inglesa.

Ao assistir às produções dessa forma, você descobre como se pronunciam e se escrevem as palavras, de forma simultânea. Além disso, pode observar a conversação inserida em diferentes contextos e situações, conforme o tipo de filme ou série.

Se tiver dificuldades para entender o enredo e acompanhar a história, veja primeiro com legenda em português e depois assista de novo, dessa vez legendado em inglês. Depois de algum tempo, será possível ver os filmes e séries sem legenda nenhuma!

5. Ouça rádios e podcasts

Escutar rádios e podcasts em inglês pode parecer um tanto desafiador a princípio, já que você não conta com o suporte de legendas ou de imagens. Mas é uma ótima maneira de melhorar o seu desempenho na língua inglesa.

Antes de mais nada, tenha em mente que você não precisa entender tudo que é dito. Nas primeiras vezes, inclusive, você pode simplesmente dar o play na rádio (de preferência, com notícias, entrevistas ou debates) ou no podcast e deixar rolar enquanto faz outra coisa. Sua atenção não precisa estar 100% focada: o objetivo é aumentar o seu contato com a língua.

A partir do momento em que você for melhorando o seu listening, passe a ouvir com mais atenção e desafie-se a entender bem o que é dito. Você perceberá que rádios e podcasts são ótimas formas de estudar: a pronúncia das pessoas é clara e articulada, vários temas interessantes são discutidos e diversos sotaques podem ser ouvidos.

6. Use a tecnologia

Hoje em dia, temos acesso a diversas ferramentas e materiais de ensino, especialmente por conta das facilidades da internet. Mas é tanto conteúdo que fica difícil saber quais referências são as melhores, por onde começar ou que métodos seguir.

É aí que entram os aplicativos para aprender línguas estrangeiras. São vários disponíveis, tanto para Android quanto para iOS — e a maior parte deles oferece materiais sobre o inglês. Entre os mais conhecidos, estão: Duolingo, Busuu e LinguaLeo.

Por meio dos aplicativos, você pratica as quatro habilidades fundamentais do inglês (listening, writing, speaking e reading, ou escutar, escrever, falar e ler) de maneira didática e divertida. Alguns deles são mais focados em uma ou outra habilidade (ou mesmo na gramática), por isso fique de olho naquele que parecer mais interessante para você.

7. Converse com nativos

Para muitos estudantes do inglês, a conversação é um grande desafio: é comum ficar tímido na hora de falar, travar no meio da frase, esquecer as palavras. O melhor jeito de acabar com esse problema é praticar bastante.

Conversar com nativos ou com pessoas que mandam muito bem no idioma faz toda a diferença. Você só vai melhorar a sua fluência se ouvir pessoas falando inglês e praticar com elas. O diálogo vai se tornar cada vez mais dinâmico.

Se você não tem amigos fora do Brasil, não se preocupe: há diversos sites que te colocam em contato com pessoas de países de língua inglesa. Entre eles, estão o WeSpeke e o Paltalk.

8. Faça um intercâmbio

Se você quer descobrir como aprender inglês mais rápido ainda, saiba que a melhor opção é fazer um intercâmbio. Viajar para um país de língua inglesa vai acelerar o seu conhecimento no idioma, e da melhor maneira possível.

O motivo é simples: no intercâmbio (tanto nos momentos de estudo quanto de lazer), você vivencia o idioma diariamente, a todo momento, de diferentes formas. Seja para comprar o pão, pegar o metrô, ver uma exposição de arte, pedir uma informação, conhecer novos amigos ou escrever um artigo para a faculdade, você vai utilizar o inglês.

Dessa maneira, é como se seu cérebro fosse desafiado e se acostumasse, cada vez mais, a funcionar na língua estrangeira. Quando você menos esperar, estará conversando em inglês com grande facilidade. Sem falar que fazer um intercâmbio é ótimo para o seu currículo.

E aí, gostou das nossas dicas sobre como aprender inglês mais rápido? Você vai notar a diferença ao inserir o idioma no seu dia a dia e ao vivenciá-lo de diferentes maneiras — o que é alcançado de forma plena em um intercâmbio. Quer conhecer outros motivos para viver por um tempo em outro país? Leia este texto e descubra 8 razões!

Descubra seu estilo para aprender inglês melhor

Como Aprender Inglês Mais Rápido (com Imagens)

26 de junho de 2018

Nem todas as pessoas aprendem da mesma maneira. Cada uma possui um estilo diferente de aprendizado formado a partir de experiências anteriores e sua própria personalidade.

Muitos pesquisadores procuraram catalogar as maneiras que as pessoas aprendem em diferentes estilos.

Um dos sistemas mais conhecidos foi desenvolvido por um homem chamado Neil Fleming, e as categorias que ele definiu serão apresentadas agora.

Confira os estilos de aprendizado, veja qual mais combina com você, e então aplique as dicas do seu estilo para ajudar você a aprender inglês mais rápido.

“Visual learners”

Você tem preferência por fotos ou imagens? Precisa ver o que está sendo explicado? Se sim, você é um “visual learner”, ou seja, é um aluno visual, que adora usar gráficos e diagramas para tentar entender conceitos e ideias.

Se for um “visual learner”, use cartões com imagens grandes para se lembrar de um novo vocabulário, tire fotos ou faça desenhos em suas anotações, ajudando a sua mente a memorizar o que aprender em aula. Para aprender tempos verbais, por exemplo, procure por “timelines” (linhas do tempo) que irão mostrar como elas funcionam.

“Auditory learners”

Você acha fácil compreender explicações de assuntos quando elas são faladas? Fala consigo mesmo sobre elas? Então, você provavelmente é um “auditory learner”, ou seja, um aluno auditivo, que aprende melhor ao escutar.

Para esse tipo de aluno, escutar e falar (escrever também) irão ajudar a lembrar de novos conceitos e ideias. Procure recursos de áudio, como gravação de novo vocabulário, e faça suas próprias gravações também sobre algo que precise de um “reforço” na mente. Se quiser usar cartões, coloque frases ao invés de imagens.

Leia também:  Como cancelar uma conta no melaleuca: 4 passos

“Kinesthetic learners”

Você acha difícil ficar sentado em uma sala de aula? Prefere tentar fazer algo ao invés de ouvir alguém explicando? Sim? Isso quer dizer que você pode ser um aluno sinestésico, aquele que precisa entrar em contato direto com o que aprende.

“Kinesthetic learners” aprendem quando exercem algo ou por associação de um conhecimento com uma ação. Se você for assim, aproveite ao máximo suas aulas para se envolver em atividades e procure situações em que possa usar o inglês fora da aula sempre.

Se você tem que estudar sozinho, estabeleça atividades que forcem você a usar tudo que aprender em inglês. Imite cenas de filmes ou coisas que vê na TV em inglês, para que haja algum tipo de interação física ao praticar.

Então, das descrições que vimos, que tipo de “learner” você é e quais dicas de estudo gostaria de tentar?

3 Técnicas Para Aprender Inglês Mais Rápido (de acordo com a ciência)

O campo de pesquisa científica relacionado a aprendizado de idiomas tem crescido muito nos últimos anos. Algumas estratégias são muito importantes e agora vamos explorar 3 técnicas para aprender inglês mais rápido

1) Escute bastante inglês

O que a ciência comprova: 

Os cientistas têm um termo para uma das principais maneiras de aprendizado de idiomas: unconscious ou implicit language learning. Este tipo de aprendizado acontece quando não estamos tentando aprender. Quando não estamos prestando atenção.

Pesquisas provam que até quando estamos dormindo podemos aprender. E quando estamos acordados, tentando lembrar palavras, temos aqueles momentos “déjà vu”. Sabemos que já escutamos a palavra, mas não lembrando onde.

Imagine quantas horas os bebês escutam uma língua até conseguir reproduzir sons. E funciona muito bem, não?

O que você pode fazer:

Não há segredos aqui. Quanto mais tempo você escutar inglês, mais rápido aprenderá o idioma.

Carregue os seus fones de ouvido, e escute inglês sempre que puder. Músicas funcionam? Sim, tudo ajuda. Mas o melhor é ouvir conversas.

Então, baixe podcasts (entrevistas são ótimas) de seus atores favoritos, ou qualquer pessoa que você goste de acompanhar. Deixe estes áudios organizados no seu celular, assim sempre que surgir uma oportunidade, você poderá escutar um pouco. Seja no carro, no ônibus, caminhando, esperando alguém, etc.

Com o passar do tempo, o seu “listening” ficará cada vez mais afiado. E o melhor, você “treinar” ouvindo coisas divertidas. Tem coisa melhor?

2) A informação visual é mais facilmente memorizada

O que a ciência comprova: 

Fala-se muito que aproximadamente metade do cérebro está relacionada ao processamento de informações visuais. Pesquisas recentes descobriram que aproximadamente 30% do córtex está dedicado ao processamento destas informações visuais. Bastante, certo?

Outra descoberta muito interessante é que nós tratamos textos como imagens. Isso é muito importante! Perceba: você está lendo este parágrafo e o seu cérebro está interpretando cada letra como imagem. Isso significa que processamos um texto muito mais lentamente do que uma figura. E esta percepção é chave na hora de saber como estudar.

O que você pode fazer:

Faça flash cards com imagens para memorizar vocabulário, regras gramaticais, fórmulas, etc. Adicione fotos, imagens, desenhos aos texto que você está estudando.

Use cores, marque o texto, faça diagramas, tudo que for possível para o texto ter um maior impacto visual.

3) Testes frequentes

O que a ciência comprova: 

Testes frequentes aumentam significativamente a retenção de conteúdos novos. Existem duas teorias comprovadas:

  1. Os testes melhoram a retenção porque ativam processos mentaisque colocam em uso suas memórias de longo prazo;
  2. Reforçam a memorização destes conteúdos através de umamelhor organização do conteúdo em nossas mentes, facilitando, posteriormente, a lembrança destas informações.

O que você pode fazer:

Crie pequenos testes para ver o quanto lembra do conteúdo nos dias e semanas seguintes ao aprendizado. Isso lhe fará assimilar e reforçar a memorização pois você não será mais um ator passivo no processo. Faz muita diferença.

Boa sorte e até a próxima dica!

Miguel

Como aprender inglês mais rápido? 9 dicas matadoras

Se você pensa em como aprender inglês rápido certamente vai passar/já passou por essa situação:

Você se inscreve para um processo seletivo e, no item nível de inglês, preenche a opção avançado. Lá no fundo sua consciência diz que seu avançado beira mais um intermediário ou até básico, mas a necessidade de impressionar obriga você a insistir na opção advanced.

Acredite, existe uma grande diferença de conhecimento entre o nível básico, o intermediário e o avançado.

E se te contássemos que tem como aprender inglês rápido e seguir impressionando, sem, digamos, contar uma meia verdade?

Há inúmeras dicas da neurociência que explicam qual é o jeito mais fácil de aprender inglês. A mais importante de todas – e é por isso que já colocamos ela no topo deste post – é a disposição psicológica para o aprendizado.

  • Hãnm?
  • Conforme os pesquisadores, a velocidade com que cada indivíduo adquire domínio sobre a língua está relacionada à forma como ele a encara.
  • Não entendeu direito?

Vem ver as 9 dicas matadoras de neurocientistas e poliglotas para que você aprenda qual a melhor forma de aprender inglês rápido. Preste atenção no item 5!

1) Comece pelo tratamento de choque

  1. O que isso quer dizer?
  2. Que você precisa trocar o idioma do seu celular, computador e qualquer outro dispositivo móvel que utiliza com frequência.
  3. No início vai parecer complicado e cansativo, mas essa atitude fará você se ambientar com novas palavras e expressões em inglês e passe a entendê-las sem maiores dificuldades.

2) Assista filmes, mas preste atenção neste detalhe ???? 

  • Assistir filmes com legenda em inglês é uma dica clássica e é bem possível que você já tenha escutado daquele professor do colégio ou do cursinho de inglês.
  • Mas que tal experimentar uma técnica nova?
  • Assista três vezes um filme.
Leia também:  Como alterar as suas configurações de entrada do yahoo

Na primeira, habilite as legendas em português. Na semana seguinte, veja tudo com legendas no idioma estrangeiro.

Na terceira e última vez, dê o play no vídeo sem legendas.

Essa metodologia pode melhorar o seu processamento auditivo e vai estimular com que você faça associações entre forma, som e significado.

O site Speechyard também possui uma série de filmes, com o diferencial que você pode passar o mouse em cima da palavra (em inglês) e saber a tradução em tempo real.

A plataforma é uma ótima opção para quem quer aprender inglês rápido, mas cuidado para não recorrer à tradução o tempo todo, ok? Como você já deve saber, nem tudo pode ser traduzido ao pé da letra.

3) Insista e não perca o ritmo

Uma vez que você começou a praticar o inglês, mantenha o ritmo. 

Sabe aquelas tentativas frustradas de “projeto verão” na academia? O mesmo pode acontecer com as promessas de querer ficar craque no inglês.

Para aprender inglês inglês rápido e adquirir a fluência é muito importante transforme a prática em um hábito.

Ou seja, mesmo naquele dia mais atribulado, reserve, nem que seja antes de dormir, 15 minutos para ler um pequeno artigo ou assistir uma série de comédia com legendas em inglês.

4) Fale sozinho e simule situações em inglês

A 4ª dica para quem quer saber como aprender inglês rápido vem de 2 especialistas no assunto:

Fluente em 5 idiomas,

5 segredos para aprender inglês mais rápido (e melhor)

Independentemente do método, escola ou professor, existem alguns fatores que aceleram o aprendizado do estudante de inglês.

Como pouca gente aprende a estudar, vale a pena repassar de forma bem simples algumas teorias de aprendizagem que podem ajudá-lo a acelerar o processo.

De forma geral, é importante manter sempre uma atitude positiva para o aprendizado, ou seja, buscar conteúdos e mídias dos quais você gosta para aprender um pouco todos os dias. O prazer – e uma certa disciplina – levam ao hábito, e ele leva ao domínio do idioma. 

Veja a seguir 5 segredos para impulsionar o seu aprendizado da língua inglesa:

1) Aprendemos quando fazemos perguntas

Por quê? Exercitar a capacidade de fazer perguntas é uma ótima técnica para aprender, pois você sai da posição de ouvinte, da passividade, e interage com o conteúdo. 

Dica: Sempre que estudar inglês, faça uma pergunta. Mas quem vai responder? Se tiver um professor, ele. Se não tiver, pergunte para aquele amigo que é fluente, consulte sites de sua confiança. Aos poucos, você terá uma grande rede de pessoas e fontes ajudando você a dominar o idioma. Quem precisa de dinheiro para aprender quando se tem amigos, interesse e disciplina? 

2) Aprendemos quando enxergamos significado 

Por quê? Não há espaço para explicar o conceito de heurística (mas você pode pesquisar a respeito, se quiser). Vale dizer, no entanto, que o seu cérebro precisa encontrar um porquê para dar comandos à memória e criar o hábito de aprender. Então, responda para você mesmo, com sinceridade: por que você estuda inglês?

Dica: É fácil encontrar desculpas para nãoinvestir em inglês – como a clássica “falta de tempo”.

Mas e se amanhã a sua empresa disser que você tem 6 meses para dominar a língua, porque será promovido e transferido para Nova York? De forma mágica, você certamente encontrará tempo, vontade e disciplina para isso.

Então, por que não dar significado a esse aprendizado agora? Imagine que você só tem seis meses para ir morar no exterior. Estabeleça metas, identifique como, onde e como gosta de estudar em inglês e…comece!

3) Aprendemos quando organizamos as informações

Por quê? Você pode aprender com qualquer detalhe da rotina se souber captar, armazenar e consolidar conteúdos.

Por exemplo, você quer ampliar seu vocabulário, é importante atenção a palavras que você lê no noticiário todo dia.

Em cinco minutos lendo artigos de negócios, é possível encontrar expressões como joint venture, split, swaps cambiais, commodity e stakeholders. Você sabe mesmo o que essas palavras significam?

Dica: Sempre que se deparar com qualquer palavra em inglês que não conheça, abra seu bloco de notas, cole a palavra lá, com a frase em que ela estava. Assim que puder, busque o significado, criando seu próprio glossário. E releia o glossário periodicamente.

4) Aprendemos quando nos aprofundamos

Por quê? Profundidade é essencial para a retenção. Por isso, vá além do superficial se não quiser deixar a informação passar e ser esquecida no fim do dia. 

Dica: Colocou uma palavra nova na lista, com a frase onde ela foi encontrada? Agora, mesmo que mentalmente, crie uma pequena história, integre o aprendizado a outros contextos. A dica aqui é aplicar a informação nova. Se puder ensinar a outra pessoa o que acabou de aprender, melhor ainda. Que tal já encontrar um aluno para suas descobertas?

5) Aprendemos quando diminuímos a carga cognitiva

Por quê? De forma bem resumida e simples, o conteúdo tem de ser relativamente fácil, mas sempre trazer um pouco de desafio.

Dica: Não se imponha conteúdos muito complexos, porque você pode desanimar. Se estiver em uma escola de idiomas, não fique em uma turma que fala muito melhor que você.

Isso pode comprometer sua autoestima e você pode não ter a coragem de se expor. Por outro lado, nunca fique em turmas muito abaixo do seu nível. Você não perceberá que desacelerou o ritmo e vai gostar do conforto de saber tudo.

Sua carreira não pode esperar. Um pouco de desafio precisa existir sempre.

Rosangela Souza é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e da ProfCerto. Também é professora de técnicas de comunicação, gestão de pessoas e estratégia no curso de Pós-Graduação ADM da Fundação Getulio Vargas. 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*