Como aplicar óleo no cabelo antes de lavar: 9 passos

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

Já faz certo tempo que o óleo de coco se transformou em um “produto queridinho” quando o assunto é saúde ou beleza. Muitas pesquisas ainda têm sido feitas no sentido de descobrir os reais benefícios que o consumo deste óleo oferece para a saúde, porém, já não há mais dúvidas sobre as vantagens que oferece para a pele e para os cabelos.

Marcela Lippi, hair stylist do Studio Tez / Spa para o Cabelo, especialista em terapia capilar pela Academia Brasileira de Tricologia, explica que, nos cabelos, o óleo de coco ajuda a restaurar a camada lipídica do fio. “Isto é, a manter a hidratação natural dos fios, já que ele tem lipídeos em sua composição e cria uma película protetora”, diz.

Não por acaso o óleo de coco está cada vez mais presente em fórmulas de xampus e condicionadores e, sobretudo, tem sido usado em muitas receitas caseiras, a fim de deixar os fios mais saudáveis e, naturalmente, bonitos.

Mas, você sabe exatamente como usar o óleo de coco nos cabelos? Confira as dicas abaixo para que possa usar o produto corretamente em casa e, assim, usufruir de fato dos benefícios que ele oferece.

1. Em uma umectação tradicional

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

Uma das maneiras mais conhecidas e indicadas para se usar o óleo de coco nos cabelos é a umectação. Marcela explica que o óleo, neste caso, ajuda a restaurar a camada lipídica do fio – que fica umectado, nutrido, macio e brilhante. “Ajuda inclusive a melhorar a textura, principalmente dos cacheados e afros”, diz.

Passo a passo: o óleo de coco deve ser usado nos cabelos secos. “Não use fonte de calor (nada de secador ou aplicar o óleo quente). Aplique no comprimento. Dê um tempo de pausa, em média, de 4 horas”, orienta Marcela.

“Na hora de lavar, use condicionador com Ph baixo, entre 3,5 e 4,5, antes do xampu. Isso ajuda a desprender o óleo dos fios. Nada de xampu em excesso, que pode dar um efeito rebote”, acrescenta a hair stylist.

2. Em uma umectação noturna

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

Marcela explica que, por conta de sua densidade, a absorção do óleo de coco pelo cabelo é lenta. Então, em alguns casos, ele pode ser usado em uma “umectação noturna”. Ou seja, permanecendo mais horas nos cabelos.

Passo a passo: o procedimento é o mesmo. Você deve aplicar o óleo no comprimento dos cabelos secos. “A diferença é que deixará o produto agir da noite para o dia, dormindo usando uma toquinha plástica para não engordurar as roupas de cama”, diz. No dia seguinte, a dica é usar condicionador com Ph baixo, entre 3,5 e 4,5, antes do xampu.

“Mas, vale lembrar que alguns tipos de cabelo, principalmente os loiros, podem ter sua cor alterada se você ficar muito tempo com o produto nos fios, afinal, o óleo oxida e, por isso, pode fazer essa alteração de cor”, orienta a hair stylist.

3. Sozinho em uma hidratação

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

Marcela explica que o óleo de coco, por ser um óleo, devolve um pouco do brilho do cabelo seco e ressecado e ainda hidrata. “Quando é um cabelo natural opaco, também apresenta muito resultado”, diz.

Passo a passo: aplique o óleo de coco diretamente no comprimento dos cabelos, deixe agir por alguns minutos e depois lave normalmente.

4. Com sua máscara de hidratação ou nutrição

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

Marcela destaca que o óleo de coco pode ser usado também com uma máscara de sua preferência.

Passo a passo: a hair stylist orienta misturar uma quantidade de máscara equivalente ao tamanho de uma noz de máscara com 1 colher (chá) do óleo. Então é só aplicar no cabelo antes da lavagem e aguardar alguns minutos. Depois, lavar normalmente.

5. Para potencializar sua hidratação tradicional

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

Em alguns casos, o óleo de coco pode ser usado especialmente para potencializar a máscara de hidratação, sendo assim aplicado depois da lavagem dos cabelos. Neste caso, é importante usar uma pequena quantidade do óleo para evitar que os fios fiquem oleosos.

Passo a passo: coloque algumas gotinhas do óleo de coco diretamente na quantidade de máscara que você usará. Aplique a mistura nos cabelos previamente lavados com xampu (e ainda úmidos), deixe agir como uma hidratação tradicional, e depois enxague os cabelos.

6. Em um blend de óleos

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

De acordo com Marcela, é possível ainda misturar o óleo de coco a outros óleos, como o óleo de abacate ou semente de uva.

Passo a passo: o procedimento é o mesmo. Misture uma quantidade suficiente (sem exageros) de cada óleo para passar no comprimento dos fios (evitando sempre a raiz). Deixe agir por alguns minutos e depois lave os cabelos normalmente.

7. Em máscaras caseiras

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

Marcela destaca que o óleo pode ser um dos ingredientes de máscaras feitas com produtos naturais.

Passo a passo: pode-se misturar o óleo de coco com polpa de abacate ou de babosa (que também é hidratante) e aplicar nos fios com um tempo de pausa. Depois, lavar normalmente.

Mas, cuidado com o exagero! “Deve-se usar pouco óleo de coco. O excesso é prejudicial, pois ele cria uma película em volta do fio e não deixa o cabelo ser hidratado depois”, acrescenta a hair stylist.

8. Para controlar o volume

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

Em alguns tipos de cabelos, o óleo de coco pode, entre outros benefícios, ajudar a controlar o volume. “Na umectação para os cabelos cacheados e afros, ele ajuda a formar bem o cacho e, com isso, minimiza o volume”, explica Marcela.

Passo a passo: o procedimento é o mesmo de uma umectação tradicional ou noturna. Basta aplicar o óleo em todo o comprimento dos cabelos secos, deixar agir por algumas horas, e depois lavar.

9. Para tratar as pontas dos cabelos

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Foto: iStock

O óleo de coco pode ser usado ainda como um cuidado especial para as pontas dos cabelos, que já são normalmente mais secas.

Passo a passo: o procedimento é basicamente uma “miniumectação”. Aplique mais ou menos ½ colher (sopa) do óleo somente nas pontas dos cabeços. Deixe agindo por 15 a 20 minutos antes do banho. Depois, é só lavar normalmente.

Agora você já sabe que o óleo de coco é mesmo um grande aliado quando o assunto é a beleza dos cabelos! Mas, seu uso também exige cuidados pois, se usado de forma inadequada ou exagerada, pode alterar a cor dos fios (especialmente os loiros), deixar os cabelos excessivamente oleosos ou até mesmo criar uma película em volta dos fios e não deixar que eles sejam hidratados posteriormente.

Por tudo isso, para usufruir da melhor forma dos benefícios que o óleo de coco pode oferecer aos cabelos, consulte um profissional de sua confiança antes de iniciar o uso.

Umectação Capilar: O que é, Para Que Serve e Passos de Como Fazer

Fios danificados e ressecados têm um significado: falta de hidratação. Muitas vezes, ela precisa ser feita com mais frequência do que imaginamos. Mas, tudo bem porque não é nada difícil incluí-la na sua rotina de cuidados capilares.

E sabe a boa notícia? Existem diversas formas de recuperar o brilho dos fios. Uma delas, ideal todos os tipos de cabelos, é a umectação capilar – um tratamento prático e fácil feito com óleos e produtos especiais que combatem a opacidade e o ressecamento.

O que é umectação capilar?

Umectação capilar é um método feito especialmente para aquelas que procuram uma forma eficaz de hidratar e fortalecer os fios. Pois todos os passos dessa técnica incluem óleos vegetais puros, ótimos para garantir a nutrição dos fios.

A técnica pode ainda entrar no seu cronograma capilar, garantindo assim todos os nutrientes que a fibra precisa para se recuperar e se manter sempre saudável.

Portanto, não importa se você é lisa, ondulada, cacheada, crespa ou está em transição capilar, a umectação é indicada para fios ressecados, opacos, com pontas duplas e frizz descontrolado. Ou seja, sempre muito bem-vinda!

Para que serve a umectação capilar?

A umectação capilar, por ser a base de óleos vegetais, repõe a oleosidade natural dos fios, mantendo-os hidratados e cheios de vida – não à toa, o nome do processo vem justamente da ideia de umedecer os fios.

Leia também:  Como cancelar uma evolução em um jogo pokémon

E não é só: uma vez saudáveis, brilhantes e livres do frizz, o cabelo cresce de forma mais rápida. Sem contar a massagem feita durante o processo: além de fazer com que os ativos penetrem no couro cabeludo, ela estimula a circulação sanguínea, favorecendo a oxigenação da região. Ponto extra quando o assunto é crescimento!

Benefícios de umectar os cabelos

O tratamento traz diversas vantagens para as madeixas, muitas delas essenciais para a saúde do dos fios. A mais importante é, com certeza, o combate ao ressecamento e a porosidade e o fortalecimento do fio.

Outras delas são:

  • Brilho.
  • Diminuição do frizz.
  • Controle e diminuição do atrito entre os fios.
  • Redução de quebra.
  • Reposição de nutrientes.
  • Aumento da maciez das mechas.

Tipos de cabelo que podem aderir a umectação

Tem quem diga que a técnica é ótima para cacheadas e crespas. É verdade, já que a curvatura acentuada desse tipo de fio dificulta a chegada da oleosidade natural até as pontas. Mas, não é só: as lisas, alisadas ou as que passaram por qualquer tipo de química e sofrem com o ressecamento excessivo podem, sim, se beneficiar da umectação.

Como fazer a umectação capilar (passo a passo)

É muito fácil! Você pode realizar a aplicação dos óleos vegetais antes do banho ou à noite. Então, dá uma olhada no passo a passo que preparamos para você:

Umectação diurna (normal)

Primeiro, escolha o óleo vegetal que mais combina com o tipo de problema que você quer combater – falta de brilho, ressecamento, pontas duplas, etc. A quantidade de produto varia muito com o comprimento das madeixas, por isso, saiba dosar. O segredo é ir aplicando aos poucos para não pesar a mão.

1) Separe o cabelo em mechas médias e enluve cada uma delas com o óleo vegetal. Depois, massageie bem o couro cabeludo para ativar a circulação e, de quebra, dar uma relaxada. 2) Cubra os fios com um lenço ou touca e deixe agir por aproximadamente 30 minutos.3) Após o tempo de ação, escolha o shampoo que você mais gosta e use-o para tirar o óleo dos fios.

Umectação noturna

Agora, se você pertence ao grupo do corre-corre sem fim, a umectação noturna é melhor para você. Isso porque, dessa forma, o produto age enquanto você dorme. Logo, só é necessário realizar a aplicação antes de deitar.

1) Separe o cabelo em mechas médias e inicie o enluvamento de cada uma delas com o óleo vegetal. Lembre-se de realizar a massagem, tanto dos fios quanto do couro cabeludo. 2) Agora, com uma toalha, tire o excesso do óleo – basta pressioná-la bem de leve.

Nada de fazer movimentos de vaivém, ok? 3) Em seguida, coloque uma touca de banho ou de cetim para que que o produto possa agir durante a noite sem manchar a fronha. 4) Ao acordar, faça a lavagem normal – e procure lavar o cabelo com água morna ou fria.

A Ana Lídia Lopes é uma grande adepta. Dá o play e confira!

Saiba como lavar o cabelo após umectação capilar

Após o tempo de ação da umectação, seja ela noturna ou diurna, o óleo vegetal precisa ser retirado – não, deixá-lo no cabelo não vai fazer com que ele fique mais hidratado, pelo contrário, irá deixá-lo com aspecto pesado e oleoso.

Para começar, é preciso higienizar os fios com um shampoo. Use aquele que você está acostumada, ou seja, o específico para o seu tipo de cabelo. Se quiser, dilua um pouco do produto em um pote com água e, em seguida, aplique massageando bem todo o couro cabeludo. Nada de usar as unhas, ok? Elas podem machucar a pele e até ativar as glândulas sebáceas, aumentando a produção de óleo.

Depois disso, vem a grande questão: condicionador ou máscara de hidratação? Nossa dica é que você use apenas um pouco de condicionador, para não deixar os fios secos após limpeza. Além disso, o produto ajuda a selar as cutículas da fibra capilar, mantendo todos os nutrientes do óleo lá dentro.

Método U.C.P.E

Você sabia que dá para tirar o óleo sem fazer o uso do shampoo? É que, se usado em excesso, ele pode retirar todos os nutrientes do óleo vegetal.

Além disso, trocá-lo pelo condicionador é uma boa forma de garantir limpeza suave e muita maciez. A troca aliás, pode ser incluída na técnica U.C.P.E.

Mas, o que é isso? É a sigla que corresponde aos processos de umectação, condicionamento, pausa e enxague. Olha como funciona cada uma:

U – Umectar

Aplique o óleo nos fios e deixe agir por 30 minutos à duas horas, dependendo do grau de ressecamento dos fios.

C – Condicionar

Esse passo é o grande segredo desse método. Antes de lavar, aplique condicionador nos fios, enluvando-os bem.

P – Pausar

Aqui, você precisa deixar o condicionador agir, por isso, a pausa. O tempo de ação é de 20 a 30 minutos.

E – Enxaguar

Por fim, enxágue bem os fios, mecha a mecha. Lembre-se que você usou o condicionador para retirar o óleo, por isso, certifique-se de que todo o produto saiu, ok?

A Carol Soares é bem fã da técnica. Olha só!

De quanto em quanto tempo umectar?

É importante ressaltar que, a umectação é uma técnica que deve ser colocada na sua rotina de cuidados. Se fizer apenas uma vez, é provável que você não sinta a diferença em longo prazo. Logo, o indicado é que você a realize num período de 10 em 10 dias.

Agora, se você for cacheada ou crespa, a recomendação é que faça uma vez na semana. Isso porque esses tipo de cabelo tende a ressecar mais rápido, ou seja, precisa de uma dose extra de nutrição.

Como incluir a umectação no seu cronograma capilar?

O cronograma capilar é um dos tratamentos mais buscados quando o assunto é saúde capilar. Afinal, trata-se de um conjunto de etapas que busca nutrir e cuidar dos cabelos ressecados e danificados. Essas fases são: hidratação, nutrição e reconstrução.

Mas, onde a umectação entra? Na parte da nutrição, já que a técnica usa óleos vegetais capazes de devolver os nutrientes perdidos. Ou seja, pode incluí-la sem medo!

Quais são os melhores óleos para fazer a umectação capilar?

As opção são as mais variadas, mas cada uma tem uma função diferente. Por isso, escolha aquela que melhor se adequa às necessidades do seu cabelo.

Umectação com óleo de rícino

O óleo de rícino vem da extração da mamona e é rico em vitamina E, sais minerais e ácidos graxos, além de possuir propriedades que hidratam e restauram os fios. O ingrediente é também um ótimo auxiliar no combate a caspa e a oleosidade dos fios. Você pode encontrá-lo em diversos produtos, tanto em shampoos e condicionadores, quanto em óleos próprios para o tratamento.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Umectação com óleo de coco

Indicado para quem quer recuperar fios ressecados e danificados, o óleo de coco é um dos ingredientes queridinhos no nécessaire de cuidados capilares. Sua principal finalidade é reter a umidade natural dos fios, trazendo mais brilho e maciez, podendo ser usado por todos os tipos de cabelo.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Umectação capilar com óleo de argan

O óleo de argan, o famoso ouro do Marrocos, é um dos grandes aliados da umectação. Ele traz em sua composição vitaminas A e D, que fortalecem os fios e combatem a queda. Além disso, o óleo possui ação antioxidante, ou seja, reduz os danos causados pela poluição, vento, mudança de temperatura e uso de aparelhos quentes.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Óleo de manga

Muito usado pelas cacheadas e crespas, o ingrediente é ótimo para repor a hidratação dos fios com curvatura acentuada. O óleo de manga possui vitaminas e sais minerais que hidratam e nutrem os fios, mantendo-os fortes, macios e com brilho.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Óleo de abacate

A fruta já virou um dos principais ingredientes das hidratações caseiras. E não é para menos. Ela é rica em vitaminas A, B, D e E, proteínas, aminoácidos e ácido fólico que, juntos, reparam os danos da fibra capilar, combatem o ressecamento e os fios quebradiços, nutrem e hidratam, ajudando no crescimento saudável do cabelo.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Umectação capilar com óleo de oliva

O óleo de oliva traz lipídios, vitaminas A, D e E e aminoácidos que retêm a umidade dos fios, dá brilho, ajuda a combater o frizz, a caspa e as pontas duplas, reduz a queda, hidrata, e cuida também dos fios quimicamente tratados.

Leia também:  Como apagar conversas no kik: 3 passos (com imagens)

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 PassosTop view of an olive oil bottle and a little glass bowl filled with green olives on rustic wood table. Two olives with leaves are at the top-right while a bowl filled with olive oil is at the center-top beside the two olives. An olive tree branch is at the left-top corner. A wooden spoon with three olives comes from the right. Predominant colors are gold, green and brown. DSRL studio photo taken with Canon EOS 5D Mk II and Canon EF 100mm f/2.8L Macro IS USM

Umectação com óleo de girassol

Não é atoa que, de uma flor linda, poderia vir esse óleo capaz de ajudar a recuperar os fios das agressões externas, além de hidratar, definir os cachos e fortalecer as madeixas. Isso tudo graças às vitaminas C e E e minerais presentes no ingrediente. Ele também é bem levinho, ou seja, traz brilho e leveza sem pesar.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Óleos de umectação #Todecacho Salon Line

Pensando na importância da umectação, oferecemos produtos que facilitam o dia a dia de quem for realizar o procedimento.

Óleo de Umectação Girassol/Oliva/Coco

Girassol, coco e oliva, todos estes ingredientes a favor do seu cabelo. Um óleo totalmente vegano, livre de sulfato, petrolato e silicone. Ele nutre e hidrata, garantindo maciez e brilho.

Blend de Óleos de Argan

Além do poder da argan, você encontra no produtinho uma mistura de manga e coco. Outro produto completamente vegano que define os cachos, elimina o frizz e as pontas duplas.

Rícino Puro

Esse é especial para as cacheadas, crespas e as que estão passando pela transição capilar. É 100% vegetal e liberado, além de possuir ação fortalecedora, que combate a queda por quebra.

Agora, você já está por dentro de tudo sobre umectação capilar. Que tal nos deixar um comentário contando sua experiência?!

10 passos para um cabelo hidratado

Duas mãos cheias de dicas para um cabelo bonito, sedoso e saudável.

Ora é o vento do inverno, ora é o sol do verão; as agressões externas influenciam o estado do cabelo e é difícil manter a sua vitalidade de forma constante. Se tem sentido o seu cabelo sem força e sem brilho, siga estes conselhos e recupere-o em menos de nada. 

O mal pela raiz 

Há quem a tente evitar a todo o custo mas, sejamos sinceros, a tesoura faz milagres por um cabelo seco. Se tem as pontas espigadas e já não sabe o que lhes fazer, comece por um pequeno corte de cabelo e hidrate a partir daí. 

De dentro

A beleza interior reflete-se no exterior e, por isso mesmo, o primeiro passo para um cabelo cuidado é cuidarmos de nós mesmos, como um todo. Para isso, a alimentação é fundamental.

Experimente aumentar a ingestão de alimentos ricos em ómega 3 (como a sardinha ou o atum) e em antioxidantes (nozes, brócolos, tomate).

E claro, hidratar o cabelo ou a pele começa por hidratar o corpo: beber água é obrigatório.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Suplemento alimentar Biofil, 27,20€ no Celeiro

Menos é mais

É difícil fazer esta gestão quando o couro cabeludo está habituado a lavagens diárias, bem sabemos, mas é importante lavar o cabelo menos vezes (dia sim, dia não, pelo menos). A lavagem deve também ser suave: as mãos devem massajar e não esfregar a cabeça. Quanto à escovagem do cabelo, os conselhos são os mesmos: menos vezes e de forma mais cuidadosa.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Escova de cabelo Sephora, antes a 9,95€ e agora a 3,20€

O tal

Pode até ser mais do que um, dependendo da altura do ano e das necessidades que o cabelo tem no momento. Em alturas de maiores agressões (sol e água salgada no verão), devemos escolher um champô que o proteja; nas mudanças de estação (diferenças de temperatura), podemos optar por um produto que previna a quebra e a queda de cabelo. Respeite as instruções de uso.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Champô Real Natura, 8,95€ na Pluricosmética

Match perfeito 

Muitas pessoas fazem combinações entre champôs e condicionadores de marcas, linhas e características diferentes (por vezes até opostas). O amaciador deve funcionar como complemento do champô e, assim sendo, devem ser escolhidos em conjunto. Se o objetivo é hidratar o cabelo, tanto o champô como o creme devem trabalhar no mesmo sentido.

Balde de água fria 

O cabelo não gosta de temperaturas muito altas, seja de que forma for. Uma pequena alteração que pode fazer na sua rotina diária é arrefecer um pouco a água do banho. A água quente retira a gordura natural produzida pela pele (e pelo couro cabeludo) e torna-a seca e desidratada. Este truque fará milagres pelo seu cabelo e não só.

Intensidade

Quando os fios de cabelo estão secos e desidratados, nada como uma hora semanal dedicada à sua recuperação.

Recomendamos um bom sérum hidratante, aplicado sobretudo nas pontas e nas áreas mais danificadas.

Para o cabelo poder absorver melhor o produto, experimente enrolá-lo numa toalha húmida e quente (alguns segundos no microondas são suficientes); vá aquecendo e aplicando ao longo de uma hora. 

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Máscara nutritiva Kérastase, 37,60€ na Perfumes&Companhia

Styling

O cabelo desidratado tende a não ser um cabelo bonito, pelo que percebemos que seja complicado abdicar da sua rotina de styling (brushing, alisamento e afins).

Se não é possível reduzir o uso de secadores e ferros de cabelo, opte pelo menos por produtos de melhor qualidade.

Os secadores e placas de alisamento são cada vez mais sofisticados e menos agressivos para o couro cabeludo e os fios de cabelo.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

Alisador de cabelo Rowenta, 64,99€ na Worten

Extra mile

Antes e depois de secar, esticar ou fazer caracóis no cabelo, recorrendo a temperaturas altas, é essencial proteger os fios de cabelo. Opte por um óleo e aplique-o apenas onde sente que o cabelo precisa de uma proteção extra.

Dermatologia

Se faz tudo o que pode pela saúde do seu cabelo e ainda assim os resultados pouco satisfatórios persistem, é melhor consultar um dermatologista. Cada caso é um caso e ninguém melhor do que um especialista para o aconselhar. 

Como lavar o cabelo: 8 dicas para lavar o cabelo da forma correta

Lavar o cabelo é algo tão simples, mas muitas pessoas fazem isso da forma errada.

E acredite: a lavagem inadequada pode deixar o fio todo ressecado e sem vida, coisa que ninguém quer, não é mesmo?! Pensando nisso, vou compartilhar com vocês algumas dicas de como lavar o cabelo corretamente. Com essas etapas e cuidados, não tem erro… as molinhas crespas e cacheadas agradecem.

Antes de lavar o cabelo

Sim! Nós podemos e devemos começar a cuidar dos fios antes mesmo de lavar. Para isso, existe o pré-shampoo, um tratamento rápido que protege as madeixas da ação de alguns tipos de shampoos.

Por exemplo, dependendo do produto utilizado durante a lavagem, os fios perdem nutrientes importantes.

É indicado, inclusive, quando se pretende usar shampoos com sulfato na composição – ingrediente esse que além de limpar muito bem, pode dar uma leve ressecada nos fios. Lembrando que é uma etapa opcional, ok?!

Hora de lavar o cabelo

1 – Temperatura da água

A temperatura quente faz com que as escamas dos fios se dilatem, deixando-os ressecados e opacos. O ideal é lavar a cabeça sempre com água morna ou fria.

2 – Aplicação do shampoo

Ao invés de aplicar o shampoo direto no cabelo, é bacana misturá-lo em um potinho com água antes da aplicação. Isso ajuda a evitar o acúmulo de shampoo nos fios. Dica: essa misturinha deve ser feita somente momentos antes da aplicação viu?! Caso contrário a água pode alterar a composição do produto.

3 – Concentre no couro cabeludo

O shampoo deve ser aplicado no couro cabeludo. Eu, particularmente, gosto de aplicar rente a testa e a nuca e, depois, espalho e massageio em movimentos circulares e com as pontas dos dedos. Atenção: nada de esfregar ou lavar com as unhas hein?! Isso prejudica o couro cabeludo.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 PassosComo Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

4 – Shampoo de limpeza profunda

Evite o máximo possível, ainda mais em cabelos cacheados e crespos como os nossos. Eles levam tudo embora, desde a sujeira até os nutrientes.

5 – Aplicação da máscara de hidratação

Antes de pular para a etapa do condicionador, é hora de dar aquela hidratada power com a máscara de sua preferência. Afinal, é nesse momento que as escamas do cabelo estão abertas e prontinhas para receber um creme no interior do fio.

Leia também:  Como aplicar uma imagem de plano de fundo no microsoft powerpoint

6 – Aplicação do condicionador

O condicionador é uma etapa extremamente importante, pois ele não só sela as escamas do cabelo, como também ajuda a desembaraçar. Ele deve ser aplicado do meio para as pontas. Importante: nada de aplicar e enxaguar em seguida ok?! Deixe agir sempre entre 1 e 3 minutinhos.

Como Aplicar Óleo no Cabelo Antes de Lavar: 9 Passos

7 – Resíduos de produtos

Para finalizar, é fundamental retirar 100% dos produtos na lavagem. Caso contrário, o acúmulo pode deixar os fios opacos, sem movimento e até causar alergias sérias no couro cabeludo. Por isso, enxágue bem e utilize, se necessário, um pente de dentes largos para ajudar no processo.

Enfim, depois desses simples cuidados de como lavar o cabelo corretamente, certamente ele está pronto para receber a finalização. Sendo assim, é só escolher a técnica que mais lhe agrada.

Espero muito que as dicas sejam úteis para vocês! Grande beijo e até a próxima.

Umectação com cabelo úmido ou seco? Descubra a melhor forma de fazer o tratamento!

A umectação é um dos tratamentos mais potentes para eliminar o ressecamento dos cabelos e manter o brilho em dia.

Mas, afinal, na hora de apostar nessa técnica, os fios devem estar secos ou úmidos? Como o passo a passo do procedimento é diferente da hidratação e das demais etapas do cronograma capilar, é comum que a aplicação seja feita nas madeixas completamente secas, mas tem quem fique em dúvida se essa é realmente a melhor maneira de garantir bons resultados com o óleo. Vem descobrir qual é a ideal! 

Umectação nos cabelos secos facilita a penetração do óleo

A umectação é um dos tratamentos queridinhos do momento – principalmente, para aquelas que precisam de técnicas mais potentes para eliminar o ressecamento das pontas.

Nela, o óleo é aplicado diretamente nos fios, da raiz ao final do comprimento e até no couro cabeludo, acompanhado de uma massagem com a ponta dos dedos, que ajuda no crescimento por estimular a circulação sanguínea.

Mas, para conseguir todos os benefícios que a técnica promete, é preciso seguir algumas dicas específicas – e uma das mais importantes é preferir fazer a aplicação nos cabelos secos.

Essa dúvida é uma das mais frequentes entre as iniciantes – afinal, nos demais tratamentos, é preciso lavar os fios e abrir as cutículas com shampoo para que o produto penetre na fibra capilar, não é? No entanto, no caso da umectação, essa regra tradicional não vale e pode ser esquecida: é que, diferentemente das máscaras, o óleo não exige que a cutícula esteja aberta para que entregue seus benefícios!

Não é que seja proibido testar a técnica nos cabelos limpos e úmidos, mas o componente pode acabar encontrando dificuldade de penetrar em algumas partes – e, consequentemente, o resultado não será o mesmo. 

Enluvar mecha a mecha também potencializa o efeito da umectação nos fios

Além de fazer a técnica de umectação nos fios secos, outra dica de ouro para potencializar o tratamento é dividir o cabelo em seções e enluvar bastante cada mecha enquanto aplica o óleo.

Dessa forma, além de garantir que o componente vai ser distribuído da raiz às pontas, você consegue aumentar o efeito dele por facilitar sua penetração na fibra capilar e, ainda, produzir calor com o movimento de fricção feito pelas próprias mãos. 

Já ouviu falar no termo, mas ainda não tem ideia do que significa enluvar os cabelos? Calma, não tem mistério: é só basta aplicar o óleo mecha a mecha e deslizar as mãos, repetidamente, por todo o comprimento até chegar ao final das pontas, como se estivesse puxando uma corda. Para saber mais detalhes, é só dar uma conferida nessa matéria aqui!

Saiba como fazer a umectação passo a passo: 

  • 1 – Comece com o cabelo seco, para facilitar a penetração do óleo;
  • 2 – Divida os fios em seções para facilitar a distribuição do óleo;
  • 3 – Começando pela parte da nuca, separe uma mecha e aplique o óleo enluvando bem da raiz às pontas; 
  • 4 – Faça o mesmo nas demais partes do cabelo;
  • 5 – Depois de passar o óleo em todas as seções, aplique no couro cabeludo com a ponta dos dedos e massageie bem;
  • 6 – Prenda o cabelo em um coque – ou use uma touca – e deixe agir por, no mínimo, duas horas; 
  • 7 – Passado esse tempo, aplique condicionador por todo o cabelo para fazer a técnica de umectar, condicionar, pausar e esperar – como é explicado nessa matéria aqui; 
  • 8 – Deixe o condicionador agindo por 20 minutos e, por fim, enxague por completo – de preferência, com água fria para ajudar a selar as cutículas;
  • 9 – Sua umectação está finalizada! 
  • Redação: Nívia Passos

Lavar, hidratar e condicionar: saiba como cuidar do cabelo no dia a dia

Muitas mulheres dizem saber cuidado do cabelo, mas não entendem porque, muitas vezes, os fios não ficam do jeito que querem.

Isso pode acontecer por algum erro no processo de lavagem, hidratação e condicionamento dos fios.

Segundo Viktor I, consultor de cabelos de O Boticário, responsável pelo desenvolvimento da primeira linha de cuidado capilar da marca, tudo começa com água morna. A quantidade certa de shampoo é uma “moeda” na palma da mão.

– O cabelo deve ser lavado duas vezes. A primeira lavagem é para retirar os resíduos dos fios e deixá-los limpos.

Já a segunda permite aproveitar os benefícios dos ingredientes da fórmula e proporcionar o brilho – explica Viktor I, que não recomenda o uso da unha na hora de esfregar: – Devemos aplicar o produto e massagear o couro cabeludo com a ponta dos dedos, nunca com as unhas.

Também com os dedos espalhar o produto da raiz até o comprimento dos fios. O sinal de que estamos executando corretamente o processo é a uniformidade da espuma.

Após enxaguar bem, retirando todo o produto, e tirar o excesso de água, o pulo do gato. Se você quer hidratar os fios, o ideal nesse momento é usar o creme de massagem. Porque o shampoo abre a cutícula do cabelo, deixando ele preparado para receber os nutrientes. Só depois vem o condicionador, para fechar a cutícula. A medida para os dois produtos também é o de uma “moeda” na palma da mão.

Quem tem o cabelo oleoso, deve aplicar o crene apenas da metade do fio até a ponta.

Já para cabelos cacheados que geralmente são mais secos, deve-se espalhar em todo o comprimento e o resíduo restante na mão pode ser pincelado nas partes mais próximas do couro cabeludo para ajudar a conter o frizz.

O ideal é passar o condicionador, massagear, aguardar cerca de dois minutos para absorção e enxaguar abundantemente na sequência com água fria.

– O condicionador não foi feito para permanecer no cabelo, deve ser totalmente retirado no enxágue. Para melhor hidratação, existem produtos específicos, sem enxágue, que podem permanecer nos fios. Mas, o condicionador, deve ser totalmente removido para não deixar o visual com aspecto pesado – diz Viktor I.

Você acha que terminou? Claro que não! Alguns cabelos precisam de um leave-in ou creme de pentear no final do processo.

Com o cabelo úmido, coloque uma quantidade pequena do creme na palma da mão e aplique, mais ou menos, da metade para baixo dos fios, amassando os cachos com as mãos, de baixo para cima.

Outra sugestão é pentear com os dedos. O produto vai ajudar no desembaraço e a evitar a quebra. Não é necessário fazer o enxágue.

Mais dicas de Viktor I:

– Para os cabelos que estão com as cutículas abertas (as pontas ficam secas e podem abrir) e mais suscetíveis à queda, ele sugere que o processo de pentear não seja feito antes da secagem. Já para os tipos mais resistentes, podem ser penteados ainda molhados.

– Para controlar o volume e redefinir os cachos a linha Cachos Perfeitos apresenta ainda o Leite Umidificador de Cachos. O ideal é aplicar o produto de 10 a 15 cm de distância do cabelo seco, ou aplicar na palma da mão e espalhar nos cabelos, amassando-os.

– Mas, se as pontas dos cabelos precisam de um cuidado extra, a sugestão é a utilização do Sérum Pontas Únicas. “O produto sela as cutículas danificadas, reduz o frizz e devolve ao cabelo o aspecto macio e saudável”, explica o consultor.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*