Como calibrar a tela de um iphone (com imagens)

Ativar o botão de acessibilidade no iPhone facilita a experiência do usuário. Suas funções permitem melhorar o manuseio com apenas uma mão, bloquear a tela rapidamente, realizar captura de tela, entre outros comandos. Também é um truque usado para utilizar o smartphone quando o botão Home físico apresenta defeito (já que o botão virtual fica permanentemente na tela, enquanto ativado).

Por não ser fixo, o botão de acessibilidade do iPhone pode ser transferido para diferentes lugares da tela, de modo que não atrapalhe sua visibilidade. Para saber como ativar o botão de acessibilidade no seu iPhone, siga o passo a passo abaixo.

Leia também: iPhone 8 vale a pena em 2019? Veja prós e contras do celular da Apple

Como ativar o botão virtual no iPhone

Passo 1. Para ativar o botão de acessibilidade, vá em “Ajustes” e, depois, toque em “Geral”. Em seguida, entre na opção “Acessibilidade”.

Como Calibrar a Tela de um iPhone (com Imagens)

Acessando os ajustes de acessibilidade do iPhone – Foto: Reprodução/Zoom

Passo 2. Nessa tela você se deparará com todos os recursos de acessibilidade do seu iPhone. Para ativar o botão, basta ir até as opções de interação, selecionar “AssistiveTouch” e colocar a chave na posição ativa, como indica a imagem abaixo.

Como Calibrar a Tela de um iPhone (com Imagens)

Ativando o AssistiveTouch no iPhone – Foto: Reprodução/Zoom

Como usar o botão virtual no iPhone

O botão de acessibilidade se expande ao ser clicado, mostrando os seus recursos disponíveis. Como visto na imagem anterior, é possível personalizar esses recursos – o smartphone oferece diversas funções como captura de tela, reiniciar o celular, falar conteúdo da tela, entre outros.

Como Calibrar a Tela de um iPhone (com Imagens)

Definindo funções no botão virtual do iPhone – Foto: Reprodução/Zoom

Para não atrapalhar na captura de tela, o botão de acessibilidade desaparece por alguns segundos, por isso ele não aparece nas imagens anteriores. Agora que você já sabe como ativá-lo, desfrute das facilidades que o recurso pode te oferecer.

Em busca de um novo iPhone? Encontre os melhores preços aqui no Zoom:

Leia também:

“Doença do touch” no iPhone 6 Plus acontece porque os aparelhos entortam

Como Calibrar a Tela de um iPhone (com Imagens)

A “doença do touch” tem afetado muitos iPhones. O problema acontece no iPhone 6 e, principalmente, no iPhone 6 Plus: depois de um tempo de uso, uma barra cinza surge no topo da tela e o touch não funciona direito.

• Falha na touchscreen é a mais nova causa de morte precoce no iPhone 6 e 6 Plus
• Apple é processada por “doença do touch” na tela do iPhone 6 e 6 Plus

A falha acontece porque a solda que conecta dois chips do aparelho que lidam com a responsividade aos toques enfraquece com o passar do tempo.

E a “doença do touch” está associada ao “Bendgate”: o iPhone 6 e o 6 Plus são flexíveis na altura dos controles de volume e é nessa altura que os chips ficam.

Embora o iPhone 6s e 6s Plus tenham o mesmo design, a Apple usou um alumínio mais resistente para evitar isso.

Segundo a Motherboard, o problema é que a companhia se recusa a admitir o erro e não tem dado nenhum tipo de assistência, suporte ou declaração sobre o defeito.

Um consumidor brasileiro processou a Apple por causa disso, inclusive.

Clientes com iPhones defeituosos noa EUA tem duas opções: levar o aparelho numa Apple Store, dar uma grana para receber um outro celular recuperado, ou levá-lo numa assistência técnica não autorizada.

Entendendo o problema

Na placa lógica do iPhone 6 e 6 Plus, existem dois chips chamados “Touch IC”, que são responsáveis por interpretar os toques na tela.

Eles estão localizados justamente na parte sensível à dobras, e especialmente no 6 Plus, não é difícil entortá-lo; sentar-se com ele no bolso ou deixá-lo cair já é o suficiente.

Alguns impactos ou pequenos impactos a longo prazo são suficientes para fazer a solda soltar.

O fato desses chips serem minúsculos deixa o cenário ainda pior. É preciso removê-los e substituí-los, e para isso as assistências técnicas precisam de usar um microscópio. Além, é claro, de ter uma mão super firme e muita habilidade com solda.

Como Calibrar a Tela de um iPhone (com Imagens)Chips Touch IC na placa lógica do iPhone. Imagem: iFixit.

Até agora, ninguém conseguiu ter dados exatos sobre o número de iPhones que estão com a doença do touch. Segundo uma reportagem da Apple Insider, pessoas que trabalham na Genius Bar em quatro grandes Apple Stores nos Estados Unidos disseram que um terço dos problemas com iPhones 6 Plus estão relacionados com o chip Touch IC.

Além disso, os fóruns de suporte da Apple estão cheios de reclamações relacionadas à falta de sensibilidade ou responsividade do touch no iPhone 6 Plus. Ainda assim, a companhia não se posicionou sobre o caso. Alguns clientes alegam, inclusive, que a companhia está censurando algumas discussões ao deletar ou editar comentários.

O escritório jurídico McCuneWright abriu um processo contra a Apple no final de agosto. Segundo eles, a empresa “está ciente dos iPhones defeituosos há muito tempo” e que depois que a ação foi aberta, mais de 6.500 pessoas os contataram afirmando que seus aparelhos tinham sido afetados.

O que a Apple tem feito

Essa geração do iPhone foi lançada há dois anos. Ou seja, são poucos os aparelhos que ainda estão na garantia.

Nos EUA, ao levar um celular com o defeito até uma Apple Store, a solução oferecida é a troca do aparelho por um modelo “reformado”.

De acordo com uma pesquisa da McCune com consumidores, é cobrado algo entre US$ 100 e US$ 329. Os números batem com a apuração da Apple Insider e da Motherboard.

E é claro que pegar um celular recuperado não é dos melhores negócios. A Apple está cobrando uma grana alta para te oferecer um iPhone que já quebrou e foi consertado, e pior, que tem a mesma falha no design, o que pode levar a doença do touch.

Diversos veículos da imprensa entraram em contato com a Apple, mas a companhia não fez nenhum comentário a respeito do problema até agora.

[Motherboard]

iPhone com problema na tela touch: saiba dicas para resolver

A função touch do iPhone pode apresentar problemas com o passar do tempo. O motivo pode ser algum bug no sistema ou mesmo um mal funcionamento do hardware. No entanto, algumas dessas situações podem ser resolvidas pelo próprio usuário. A Apple sugere alguns procedimentos para recuperar a resposta ao toque, ou mesmo solucionar problemas com tela preta ou congelada.

Leia também:  Como apresentar um gato a um cachorro: 13 passos

Para te ajudar a aproveitar essas dicas, o TechTudo preparou o tutorial abaixo. Vale ressaltar que, caso o problema continue, o mais aconselhável é procurar a assistência técnica.

1 de 7
Veja o que fazer se o seu iPhone estiver com problema na função touch — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Veja o que fazer se o seu iPhone estiver com problema na função touch — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

iPhone não responde ao toque ou está com tela preta

Passo 1. Pressione e solte rapidamente o botão aumentar volume e, depois, o de diminuir volume.

Passo 2. Em seguida, mantenha pressionado o botão lateral até que o logotipo da Apple apareça.

2 de 7
Botões de aumentar e diminuir volume, à esquerda, e botão lateral, à direita — Foto: Lucas Mendes/TechTudo

Botões de aumentar e diminuir volume, à esquerda, e botão lateral, à direita — Foto: Lucas Mendes/TechTudo

Passo 1. Aperte, simultaneamente, os botões de diminuir volume e o lateral durante 10 segundos, até que o símbolo da Apple surja na tela.

3 de 7
Aperte os botão de diminuir volume e o lateral simultaneamente — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Aperte os botão de diminuir volume e o lateral simultaneamente — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Em um iPhone 6s ou anterior, iPad ou iPod touch

Passo 1. Pressione o botão de Início e o superior (ou lateral) por 10 segundos. Solte apenas quando o logo da empresa aparecer.

4 de 7
Botões de Início e lateral do iPhone 6 — Foto: Lucas Mendes/TechTudo

Botões de Início e lateral do iPhone 6 — Foto: Lucas Mendes/TechTudo

Restaure os padrões de fábrica do iPhone

Outra possibilidade é resetar o celular para restaurar as suas configurações de fábrica. Assim, caso o problema seja devido a alguma configuração específica, o procedimento poderá normalizar a situação.

Vale lembrar que a ação apaga todo o conteúdo pessoal do seu iPhone, como fotos, vídeos e aplicativos. Por isso, caso você pretenda realizá-lo, faça um backup no seu celular antes. Para resetar o smartphone, siga o tutorial abaixo:

Passo 1. Acesse os “Ajustes” do iPhone e toque em “Geral”.

5 de 7
Abra os “Ajustes” do iPhone — Foto: Reprodução/Lucas Mendes

Abra os “Ajustes” do iPhone — Foto: Reprodução/Lucas Mendes

Passo 2. Em seguida, escolha a opção “Redefinir” e, na página que abrir, toque em “Apagar Conteúdo e Ajustes”.

6 de 7
Clique na opção “Redefinir” — Foto: Reprodução/Lucas Mendes

Clique na opção “Redefinir” — Foto: Reprodução/Lucas Mendes

Passo 3. O iPhone irá pedir para que você insira a sua senha. Faça isso e, depois, confirme que você deseja apagar o iPhone.

7 de 7
Confirme que deseja apagar o iPhone — Foto: Reprodução/Lucas Mendes

Confirme que deseja apagar o iPhone — Foto: Reprodução/Lucas Mendes

Procure uma assistência técnica da Apple

Se os passos acima não solucionarem o problema do seu iPhone, o mais aconselhável é procurar o suporte da Apple. Para isso, veja como usar a garantia e a assistência técnica da companhia em seus aparelhos.

A Apple oferece atendimento através do seguinte número: 0800-761-0880. Também é possível dirigir-se às lojas próprias Village Mall, no Rio de Janeiro, e no Morumbi Shopping, em São Paulo.

Como Calibrar a Tela de um iPhone (com Imagens)

iPhone não sai som? Veja como resolver o problema do celular da Apple

Ajuste o brilho e as cores da tela no iPhone

No iPhone, escureça a tela pra prolongar a vida útil da bateria, use o Night Shift, defina o Modo Escuro e ajuste a tela automaticamente de acordo com as condições de iluminação.

O Modo Escuro oferece ao iPhone um esquema de cores escuras, perfeito para ambientes com pouca luz.

Você pode ativar o Modo Escuro na Central de Controle ou configurá-lo para ser ativado automaticamente à noite (ou de acordo com um agendamento personalizado) nos Ajustes.

Com o Modo Escuro ativado, você pode usar o iPhone enquanto lê na cama, por exemplo, sem atrapalhar quem estiver por perto.

Faça qualquer uma das ações seguintes:

  • Abra a Central de Controle, mantenha pressionado e toque em para ativar ou desativar o Modo Escuro.
  • Acesse Ajustes  > Tela e Brilho, e selecione Escura para ativar o Modo Escuro ou Clara para desativá-lo.

Como Calibrar a Tela de um iPhone (com Imagens)

  1. Acesse Ajustes  > Tela e Brilho.

  2. Ative Automática e toque em Opções.

    • Selecione “Do Pôr ao Nascer do Sol” ou Agendamento Personalizado.
    • Se você escolher Agendamento Personalizado, toque nas opções para agendar os horários em que deseja ativar e desativar o Modo Escuro.
    • Se você selecionar Do Pôr ao Nascer do Sol, o iPhone usará os dados do relógio e a geolocalização para determinar quando está de noite.

Para aumentar ou diminuir a luminosidade da tela do iPhone, faça uma das ações a seguir:

O iPhone ajustará o brilho da tela para as condições de luminosidade atuais usando o sensor de luz ambiente integrado.

  1. Acesse Ajustes  > Acessibilidade.

  2. Toque em “Tela e Tamanho do Texto”e ative Brilho Automático.

Em modelos compatíveis, ative o True Tone para adaptar automaticamente a cor e a intensidade da tela de acordo com a iluminação ambiente.

Faça qualquer uma das ações seguintes:

  • Abra a Central de Controle, mantenha pressionado e toque em para ativar ou desativar o True Tone.
  • Acesse Ajustes  > Tela e Brilho e ative ou desative a opção True Tone.

Você pode ativar o Night Shift manualmente, o que é útil quando você está em um ambiente escuro durante o dia.

Abra a Central de Controle, mantenha pressionado e toque em para ativar ou desativar o Night Shift.

Use o Night Shift para mover as cores da tela rumo à extremidade mais quente do espectro à noite e fazer com que a tela não agrida tanto os olhos.

  1. Acesse Ajustes  > Tela e Brilho > Night Shift.

  2. Ative a opção Programado.

  3. Para ajustar o balanço de cores do Night Shift, arraste o controle abaixo de Temperatura de Cor em direção à extremidade mais quente ou mais fria do espectro.

    1. Toque em “De” e, em seguida, selecione a opção “Do Pôr ao Nascer do Sol” ou “Agendamento Personalizado”.
    2. Se você escolher Agendamento Personalizado, toque nas opções para agendar os horários de ativação e desativação do Night Shift.
    3. Se você selecionar Do Pôr ao Nascer do Sol, o iPhone usará os dados do relógio e a geolocalização para determinar quando está de noite.

    Nota: a opção “Do Pôr ao Nascer do Sol” não está disponível se você você tiver desativado “Serviços de Localização” em Ajustes  > Privacidade ou se você tiver desativado “Ajuste de Fuso Horário” em Ajustes  > Privacidade > Serviços de Localização > Serviços do Sistema.

Leia também:  Como arremessar com perfeição no basquete (com imagens)

Como calibrar a bateria do iPhone

Com toda essa tecnologia avançada, os smartphones, especialmente o iPhone, continuam a integrar uma bateria que mal dura um dia, embora nos últimos tempos o gerenciamento da bateria nos sistemas operacionais mais recentes tenha melhorado muito.

 Os únicos avanços que encontramos no campo de baterias de dispositivos móveis estão relacionados à carga da bateria. Os fabricantes insistem em permitir que os dispositivos sejam carregados o mais rápido possível, no menor tempo possível, e isso acaba comprometendo sua durabilidade.

Mas uma forma de contornar este problema é fazendo uma calibragem de bateria.

Há alguns meses atrás, a Xiaomi introduziu uma bateria que, juntamente com um carregador especial, permitia carregar 80% da capacidade da bateria em apenas 10 minutos. A Samsung, por sua vez, está trabalhando em baterias flexíveis que seriam úteis em projetos futuros, no que se refere a dispositivos flexíveis. Mas nada relacionado à vida da bateria e suas possibilidades de expansão.

No momento de recarregar o iPhone, os primeiros 80% da bateria são carregados de forma rápida, para nos oferecer a capacidade de usar rapidamente.

 Por outro lado, quando excede 80%, o carregamento diminui a velocidade para proteger e prolongar a vida útil da bateria.

 Quando a bateria atinge um certo número de ciclos, entre 700 e 1000, é recomendável calibrar a bateria do iPhone com mais frequência do que o habitual, para poder prolongar a vida útil e para que o uso da bateria pelo sistema operacional seja mais eficiente.

O primeiro sintoma de que a calibragem deve ser feita é quando o iPhone desliga sozinho, mesmo com bateria (de acordo com a porcentagem mostrada na tela). Nesse momento você deve realizar o procedimento de calibragem, de modo que o dispositivo volte a apresentar corretamente a porcentagem de bateria.

Como podemos ler no site da Apple, cada ciclo de carga, unidade de medida das baterias não representa uma carga completa de 100% da bateria.

 Cada vez que descarregamos a bateria completamente, concluímos um ciclo de carregamento. Se um dia usarmos 75% de nossa bateria e carregar o dispositivo no dia seguinte, não completamos um ciclo, mas apenas 75%.

 Se no dia seguinte usarmos 25% da bateria, se tivermos completado um ciclo completo da bateria.

Para calibrar a bateria do iPhone você precisará de tempo, portanto, aproveite sua folga em um final de semana em que não tenha que sair, já que isso requer alguns passos simples, mas que levam várias horas. Ou remova o cartão SIM e use-o em outro dispositivo enquanto a bateria do iPhone estiver sendo calibrada.

  • Em primeiro lugar, você deverá carregar 100% da bateria do dispositivo.
  • Quando chegar em 100%, desconecte o iPhone do carregador e use normalmente o dispositivo. Se quiser acelerar o processo de descarregamento, jogue ou assista filmes, pois a bateria do iPhone deve ser drenada completamente.
  • Quando a bateria chegar em 1%, continue usando até que ele desligue sozinho.
  • Uma vez desligado, não conecte ao carregador. Isso mesmo! Deixe ele sem baterias por seis a oito horas.
  • Uma vez decorrido o prazo, entre seis e oito horas, conecte o carregador ao iPhone para começar a carregar. Mantenha o carregamento entre seis e oito horas, para que o dispositivo obtenha uma medição real da condição da bateria.
  • É muito importante que, durante esse processo, você não use o dispositivo, então a melhor opção é deixá-lo no modo Avião, de modo a não ser tentado a responder mensagens no WhatsApp ou qualquer outra coisa.
  • Quando as seis ou oito horas tiverem passado, mantenha o iPhone desconectado da internet e reinicie-o. Para reiniciar o dispositivo, pressione o botão Rest por alguns segundos, até que o logotipo da maçã apareça. 

Uma vez que este processo esteja completo, a operação da bateria do iPhone deve melhorar muito em comparação com o desempenho que estava apresentando anteriormente. Sendo assim, demorará muito mais tempo para passar de 100% para 99%, e de 1% até que seja desligada completamente. A partir deste momento o iPhone irá reconhecer perfeitamente o estado da bateria.

Se em vez disso, a bateria do dispositivo continuar apresentando problemas com a duração, ou desligando de repente quando ainda diz ter bateria suficiente, a melhor opção será levar seu iPhone à uma assistência técnica da Apple para efetuar uma troca de bateria.

Você até pode levar seu iPhone em uma assistência técnica que não seja autorizada pela Apple, porém isso não é recomendado, haja vista que esta empresa pode não usar peças originais da Apple, e assim sendo, comprometendo a qualidade.

É preferível mudar a bateria diretamente na Apple, mesmo que saia um pouco mais caro, do que tentar economizar algum dinheiro e no fim das contas tendo mais problemas. Se isso ocorrer, você vai acabar tendo que ir até uma Apple Store para resolver o problema, e o barato sairá caro.

Preços para trocar a bateria do iPhone:

Serviço na bateria
Na garantia
Fora da garantia
iPhone X, iPhone XS, iPhone XS Max, iPhone XR R$ 0,00 R$ 449,00
iPhone SE, iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 6s, iPhone 6s Plus, iPhone 7, iPhone 7 Plus, iPhone 8, iPhone 8 Plus e todos os outros modelos qualificados R$ 0,00 R$ 329,00

11 segredos da câmera do iPhone que vão melhorar as suas fotos

SÃO PAULO – Hoje em dia, os smartphones se tornaram vários produtos em um só. Além das funções básicas de um celular, tem calculadora, gravador, computador, rádio e um item que ninguém consegue ficar sem: máquina fotográfica.

As câmeras presentes nos smartphones, muitas vezes possuem qualidade igual ou superior às câmeras tradicionais de usuários não profissionais. O Nokia Lumia 1020, por exemplo, conta com uma câmera de 41 megapixels.

Entretanto, se você tem um iPhone, mesmo que o mais moderno, provavelmente se decepcionou com a câmera oferecida pela Apple. O iPhone 6 tem uma câmera traseira de 8 megapixels, com diversos sensores de estabilização, foco, melhoria da imagens, entre outros; por outro lado, o seu principal concorrente, o Galaxy S6, da Samsung, tem uma câmera de 16 megapixels.

Isso permite que o usuário do Galaxy consiga imagens com resolução de 3456×4608 pixels, contra 3264×2448 pixels do aparelho da Apple.

Mas os applemaníacos não precisam ficar tristes. Confira 11 dicas para melhorar a qualidade das fotos e vídeos tirados com a câmera do iPhone:

Leia também:  Como agir de forma séria: 15 passos (com imagens)

Dicas de uso

1- GradePara facilitar a centralização e estabilização da câmera, é possível incluir uma grade de referencia. Vá em Ajustes>Fotos e Câmera e ativar a Grade.

2- Fone de ouvido

O usuário pode acionar a câmera através do seu fone de ouvido. Basta conectar o acessório ao aparelho e apertar o botão de volume (tanto faz se for o de + ou -).

  • 3- Botões de volume
  • Também é possível acionar a câmera através dos botões físicos de volume que ficam na lateral do iPhone.
  • 4- Foco
  • Para focar a imagem, é só clicar na tela.
  • 5- Brilho

É possível aumentar ou diminuir a exposição de luz nas imagens. Basta clicar na tela que irá aparecer um quadrado com um sol do lado; aí, é só deslizar o dedo para baixo, para escurecer a foto, ou para cima para clareá-la.

6- Bloqueio de foco e brilho

Se você quiser bloquear as configurações de foco e brilho, deve-se clicar pressionar a tela por alguns segundos – irá aparecer a mensagem “Bloqueio AE/AF”. Depois disso, é possível configurar a exposição de luz.

7- Imagens em movimento

Às vezes, a gente quer tirar uma foto de um esporte ou então de uma criança. Normalmente, esse tipo de imagem é difícil de capturar, pois não são objetos fixos ou pessoas que estão posando para a foto.

Neste caso, basta segurar o botão para bater a foto, que várias imagens serão capturadas – o iPhone consegue tirar até 10 fotos por segundo. A smartphone detecta a melhor imagem, mas é possível acessar todas as fotos em uma pasta que será criada no Álbum.

8- Timer

É possível ativar o timer, para tirar fotos automáticas. É só clicar no relógio, no topo da tela, e escolher entre três e 10 segundos e clicar no botão da câmera.

9- Alta definição

Para tirar fotos em alta definição, clique em HDR, no topo da tela. Quando você tirar a foto, o iPhone irá capturar três imagens e combiná-las para formar a imagem final.

Dicas para uma boa foto

10- Zoom

Se você quer uma boa imagem a partir de uma câmera de celular, não acione o zoom. Isso reduz a qualidade da imagem.

11- Flash

Quando for tirar fotos em locais escuros, você pode usar o flash. No entanto, ele deixa a imagem “chapada”. Se possível, procure uma segunda fonte de luz e use o flash para melhorar a foto.

Sem dinheiro para comprar o celular dos sonhos? Invista: abra uma conta na XP – é de graça!

  1. 12- Estabilidade
  2. Segure o smartphone com as duas mãos para garantir que a foto não vai sair tremida.
  3. 13- Luz do sol
  4. Se você for tirar uma foto em um local com muita luz, principalmente solar, utilize a mão para fazer sombra sobre a lente para não deixar rastros de luz na imagem.

Usuários relatam que iPhone 7 está apresentando tom amarelado na tela; veja como corrigir

A Apple lançou os novos iPnone 7 e 7 Plus no início do mês, com a promessa de uma hardware poderoso, câmera com uma qualidade nunca antes vista nos dispositivos da companhia, uma autonomia de bateria invejável e um design arrojado. Com a chegada da nova dupla da gigante de Cupertino, também foi anunciado o novo sistema iOS 10, que além de uma significativa melhoria de desempenho também traria uma série de recursos para os usuários da ‘Maçã’.

Já na primeira semana, a página de suporte da Apple recebeu uma enxurrada de problemas com o lançamento da 10ª versão do SO móvel, com relatos de travamentos e instabilidade do sistema.

Embora que a promessa da Apple seja de smartphones poderosos e um hardware sofisticado, obviamente que alguns problemas eventualmente ainda podem surgir de surpresa.

E esta semana, um novo pormenor surpreendeu os proprietários do flagship da empresa.

Apple 28 Set

Apple 23 Set

Como visto em 2010 com a chegada do iPhone 4, os usuários relatavam a presença de uma tela com tom amarelado no smartphone.

Este problema aparentemente foi causado pela velocidade com que a Apple lançou os aparelhos, sendo que os mesmos não tiveram tempo para que a cola presente na tela pudesse secar corretamente.

Contudo, após algumas semanas, como a cola já estava fixa, a coloração da tela voltou ao normal.

Estamos ressaltando este detalhe porque parece que o mesmo problema acometeu o iPhone 7 esta semana. Diversos usuários relatam que estão com um tom amarelado na tela do flagship, e, caso a ‘falha’ seja causada pelo mesmo fator presenciado no iPhone 4, tudo que resta a fazer é mesmo esperar.

Caso você seja proprietário de um iPhone 7, e tenha notado a coloração amarela, percebendo inclusive que a mesma não está desaparecendo aos poucos, você pode seguir alguns passos que poderão ajudar.

  1. Basta ir a guia de Configurações > Geral > Acessibilidade.
  2. Toque em Mostrar configurações e em seguida Filtros de cor.
  3. Alterne a chave para Ativo.
  4. Ainda nas configurações selecione Cor e Matiz.
  5. Em seguida reduza a intensidade do tom amarelo da tela deslizando a barra de matiz até a cor perder a força e esteja de acordo com o seu gosto pessoal.

Vale ressaltar que a coloração amarela pode desparecer em alguns dias, exatamente como aconteceu na época do iPhone 4, pois é apenas o tempo da cola secar por completo. Se a coloração amarela continuar, tente ajustar a cor, seguindo as instruções que apresentamos.

(atualizado em 16 de junho de 2020, às 02:10)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*