Como calcular o preço por metro quadrado para pintar uma casa

Como funciona o serviço de orçamento do habitissimo?

Em menos de um minuto e grátis

Peça on-line orçamento de pintar casa. Serviço totalmente gratuito e sem compromisso. Você pode receber e comparar vários orçamentos de pintar casa dos melhores profissionais.

Quanto custa um trabalho de pintar casa?

Esses preços são uma estimativa e podem variar em função da qualidade dos materiais, a duração da obra e as dimensões…

Para conseguir um orçamento personalizado:

Calcule gratuitamente o seu preço ONLINE

Tipos de serviços
Preços
Informações adicionais
Pintura interna completa R$5.780,00 casa de 100 m² com pintura branca
Pintara de fachada R$4.800,00 1 fachada de sobrado de 8,00 x 6,00 m
Passar massa corrida e pintar casa R$7.000,00 100m² com pintura interna branca
Pintura epóxi em banheiro e cozinha R$840,00 área de 12 m²

Estes valores são aproximados e podem variar em função de outros fatores dependendo do tipo de trabalho

Se você está cansado do visual das paredes internas de sua casa sempre iguais, então investir em uma boa pintura é a melhor forma de transformar a aparência delas sem gastar muito.

Para que o trabalho tenha um bom resultado, é importante que a escolha das cores seja feita considerando o estilo decorativo da residência, bem como as sensações provocadas pelas diferentes tonalidades.

Cores mais intensas, como o vermelho e o laranja, por exemplo, devem ser usadas com moderação quando o objetivo é criar um ambiente tranquilo, enquanto as mais suaves, como o bege e o branco conferem um toque mais elegante à pintura.

O ideal é optar por tintas sem cheiro para pintar o interior da residência, evitando assim possíveis reações alérgicas. O custo médio desse tipo de pintura fica em torno de R$ 30,00 o m².

Para pintar o exterior de uma casa é importante que o profissional adote alguns cuidados a fim de preservar a sua segurança, como por exemplo o uso de capacetes, cordas e andaimes caso o trabalho seja feito em alturas elevadas.

Além disso, o ideal é optar por um dia de clima ameno para pintar o exterior da casa, já que dias muito secos e quentes podem fazer com que a tinta seque rápido demais e fique manchada, enquanto dias mais úmidos e chuvosos podem fazer com que a tinta escorra e comprometa o acabamento da pintura. É fundamental escolher uma tinta de qualidade para pintar o exterior da residência, que seja resistência ao sol e à chuva, pois isso irá ajudar a preservar a beleza das paredes por mais tempo. O valor aproximado a ser investido na pintura externa da casa gira em torno de R$ 35,00 o m².

Informação útil

  • Antes de iniciar a pintura, é importante nivelar a parede e o teto, aplicando entre duas e três demãos de tinta para obter um resultado mais homogêneo. Além disso, é recomendável aplicar a seladora para a tinta ficar mais uniforme, e aguardar cerca de 3 a 4 horas entre uma demão e outra. O preço médio a ser investido na pintura da casa gira em torno de R$ 6.200,00.
  • 15 dias, aproximadamente
  • Dificuldade: Média

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

A pintura é uma das melhores formas de renovar a aparência tanto interna quanto externa de um imóvel sem a necessidade de investir em uma ampla reforma. Escolhendo o produto certo de acordo com a superfície que será pintada, é possível obter excelentes resultados com o trabalho gastando pouco.

O preço médio a ser investido na pintura residencial interna fica em torno de R$ 30,00 o m², enquanto a externa irá custar em média R$ 35,00 o m², e o custo total a ser investido na pintura completa de uma residência com 100 m² ficará em torno de R$ 8.780,00, incluindo a mão de obra e os materiais.

Esses valores podem variar um pouco dependendo do tipo de pintura que será realizada, bem como do estado em que a parede se encontra.

No caso de uma pintura inicial, em que for necessário preparar as paredes antes de aplicar a tinta, o valor pode subir para R$ 37,00 o m² em ambientes internos e R$ 42,00 o m² em áreas externas.

Já para quem deseja apenas repintar uma parede que já está preparada para receber a tinta, o valor cai para R$ 25,00 o m² nos ambientes internos e R$ 30,00 o m² em espaços externos. Podemos trazer ainda os seguintes preços que costumam estar relacionados aos serviços de pintura interna e externa da residência:

  • Aplicar textura na fachada: se for uma textura comum, o valor médio é de R$ 37,00 o m², já para aplicar o grafiato em fachadas o preço gira em torno de R$ 50,00 o m².
  • Pintar a fachada: em média R$ 35,00 o m², mas se for necessário realizar a limpeza da fachada previamente o valor sobe para R$ 42,00 o m².
  • Pintar azulejos de cozinha e banheiro: o valor médio cobrado é de aproximadamente R$ 27,00 o m².
  • Pintura interna completa de casa de 70 m²: o valor aproximado a ser investido em um pintura lisa para esse imóvel ficará em torno de R$ 2.100,00, incluindo a mão de obra e os materiais.
  • Pintura criativa em parede de 12m²: o valor cobrado por uma pintura criativa pode variar entre R$ 150,00 e R$ 200,00 o m². Sendo assim, o preço médio para fazer o trabalho em uma parede de 12 m² será de R$ 2.040,00.
  • Aspectos gerais Ao escolher uma tinta para pintar interior e exterior alguns aspectos importantes devem ser levados em consideração.  Existem muitas opções disponíveis no mercado, como as tintas com cheiro ou sem cheiro, tintas laváveis, anti-mofo, antibactericida, dentre outras. A depender do local onde será feita a pintura e das características da parede, pode ser recomendado utilizar um ou outro tipo de tinta.
  • Tipo de superfície Na hora de escolher o tipo de tinta que será utilizado para pintar o interior ou exterior da residência, é importante considerar o tipo de superfície onde ela será aplicada. No caso das paredes de alvenaria internas, por exemplo, é possível utilizar a tinta látex PVA, que apresenta um custo médio de R$ 190,00 para o galão com 18 litros. Já para as paredes de alvenaria externas, é mais indicado usar a tinta acrílica, pois ela oferece melhor resistência ao sol, e seu preço médio está em torno de R$ 250,00 o galão com 18 litros.
  • Rendimento da tinta Outro aspecto fundamental a ser observado na hora de escolher as tintas para pintar o interior ou exterior da residência é o rendimento que elas apresentam. Esse ponto poderá influenciar diretamente no custo final dos trabalhos de pintura, já que uma tinta com baixo rendimento exige a aplicação de mais demãos, o que representa um gasto maior. Sendo assim, na hora de escolher a tinta que irá utilizar em seu imóvel, não se esqueça de se informar sobre o rendimento que ela apresenta.
  • Resultado da pintura Esse é um detalhe que pode fazer toda a diferença ao pintar o imóvel. Muitas vezes, as lojas de tinta oferecem catálogos com as opções de cores disponíveis para cada tipo de tinta. Porém, nem sempre a cor que está representada no catálogo corresponde à realidade, por isso o ideal é que você compre uma lata pequena de tinta para fazer o teste em uma área escondida da parede a fim de avaliar se aquela é de fato a cor que você deseja.

O valor exato a ser investido na pintura completa de uma residência, incluindo tanto as paredes internas quanto externas, irá depender depender de uma série de fatores, como por exemplo o estado de conservação em que as paredes se encontram,.

a necessidade de realizar possíveis reparos e aplicar massa corrida, o tipo de pintura que será feita, etc.

De uma forma geral, considerando que o preço médio da pintura interna gira em torno de R$ 30,00 o m² e a pintura externa apresenta um valor médio de R$ 35,00 o m², o custo total a ser investido na pintura completa de uma residência com 100 m² ficará em torno de R$ 8.780,00, incluindo a mão de obra e os materiais.

O primeiro passo para fazer esse cálculo é saber o tamanho da área a ser pintada, pois esse é o principal fator capaz de influenciar a quantidade de tinta a ser utilizada no trabalho. Para calcular o tamanho da área de uma parede, você deve multiplicar a sua altura pelo seu comprimento.

Ou seja, uma parede com 2 m de altura e 5 m de comprimento, tem 10m² de área (2 x 5 = 10). Feita essa conta, é necessário observar o rendimento da tinta de acordo com a indicação do fabricante.

Se uma tinta apresentar o rendimento médio de 10m² por litro, por exemplo, e você desejar aplicar duas demãos para obter um acabamento mais uniforme, irá precisar de 2 litros de tinta para fazer a pintura da parede.

Para as paredes internas, a tinta mais indicada é a Látex PVA à base de água, que custa em torno de R$ 190,00 o galão com 18 litros, e apresenta uma secagem rápida com odor mínimo.

No caso das áreas úmidas da residência, como o banheiro e a cozinha, o ideal é optar pela tinta epóxi, que irá custar aproximadamente R$ 170,00 a lata com 3,6 litros e apresenta uma ótima resistência à umidade.

Já para a pintura de paredes externas a tinta recomendada é a acrílica pois ela é impermeável e mais resistente aos raios UV, custando cerca de R$ 250,00 o galão com 18 litros. A tinta acrílica pode ser usada sobre alvenaria, reboco com cal, gesso, cerâmica porosa, cimentados e tijolos em geral.

Normalmente o valor cobrado pela pintura das áreas externas de uma residência costuma ser um pouco mais elevado do que o preço médio das pinturas internas.

Enquanto a pintura externa custa cerca de R$ 35,00 o m², incluindo os materiais e a mão de obra, a pintura interna apresenta um preço médio de R$ 30,00 o m², também com tudo incluso.

Essa diferença ocorre porque na maioria das vezes a pintura das áreas externas demanda um trabalho um pouco maior por parte do profissional, incluindo a instalação de andaimes em alguns casos. Já a pintura interna pode ser feita usando apenas o auxílio de uma pequena escada.

  • Péssima
  • Ruim
  • Regular
  • Boa
  • Excelente

Nota media: 4.1 estrelas

20 votos realizados

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

Casa com mais de 400m², será necessário fazer um pequeno reparo de umidade provocado por vazamento de chuveiro em uma parede e teto abaixo.

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

É uma casa com 3 quartos, para pintura, não sei a metragem dela, que comprei a 4 anos, e estava alugada, e preciso cuidar da mesma para que não deteriore.

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

Pintura externa da casa, esquadrias de portas, janelas e portão.

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

Teto somente da cozinha Paredes internas dos 2 quartos, corredor e sala Area externa, garagem interna e muro ( parte de fora garagem nao pinta é pedra casa terrea simples, sem pintura ferragem e madeira so parede.

Leia também:  Como aplicar poliuretano em madeira: 14 passos

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

São 4 paredes externas de uma casa. 8X7. Os caibros das beiradas da casa. Por dentro já está toda pintada.

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

Prefiro contato por whatsapp. Gostaria de pintar grade/portão frente da casa 10Mt (acho), 4 portas e 4 janelas (ferro) mantendo a cor que já esta pintada (cinza) e pintar a casa, sendo 2 quartos, 1 sala, dois corredores, teto cozinha e banheiro. …

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

Prefiro contato por whatsapp Solicito orçamento para pintar alguns cômodos da casa. Penso que também será necessário passar massa corrida em alguns pontos.

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

… casa é germinada e tem dois andares, a pouco tempo passou por uma reforma só que a parte externa da casa não foi pintada, a parede esta em boas condições, acho que é preciso apenas lixar para pintar. Tambem tem uma pequena parte da área de dentro da casa que precisa de pintura.

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

Preciso de um orçamento pata pintura em casa nova em alphaville. . . Segue planta do imvel. . 300m2.

Tem portas janelas e portao pra pintar de esmaute a casa tem 270 m quadrados vai pintar por dentro e por fora e o teto e nao tenho nosao de preço a ser cobrado.

Vou entregar um imóvel e queria orçamento de pintura e reparo de furos na parede dentro dos próximos 30 dias. É uma casa em vila com 1 quarto, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

Um comodo de escritório que deverá ser pintado com urgência até a quarta feira dia 10/6. Preciso do orçamento também para pintura da area externa da casa.

Prefiro contato por whatsapp. Reforma geral em residencia na vila madalena. Será necessária a pintura de todos os ambientes da casa, como parede e teto. Tipo de imóvel?: Casa.

Qual a área aproximada a ser pintada?: Todo o imóvel.

Quais ambientes devem ser pintados?: Sala de TV, estar ou jantar, Dormitório/s, Cozinha, lavanderia e/ou despensa, Banheiro/s, Corredores, Hall de entrada ou áreas…

Prefiro contato por whatsapp Tipo de imóvel?: casa térrea. Irei reformar minha cozinha e preciso de orçamentos para pintura.

… : é uma casa de dois andares, primeiro andar: dois quartos com armários embutidos, duas salas estar e jantar, varanda e garagem aberta. Segundo piso: um quarto pequeno e um quarto grande. Tem que pintar as janelas e portas que são de madeira, estas tem que raspar, lixar para remover a tinta antiga. Quero o orçamento também para a pintura externa da casa. Obrigada.

Qual valor do metro quadrado da pintura? – habitissimo

Eustaquio Lana respondeu… Eustaquio Pinturas – há 3 anos

reais o metroadilson hoje estou cobrando 8 reais o metro deixo meu contato eustaquio pinturas

Responder Responder Peça orçamento Inadequado? Informe sobre a controvérsia Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa Igor Cabral replicou… Renovar & Pintar – há 3 anos O preço para este trabalha sería… R$ 18

A partir de 18.00 o metro quadrado completo (lixamento sem pó,massemento e pintura) Renovar & Pintar

Inadequado? Informe sobre a controvérsia Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa Watson Adão Primo Pessoa replicou… Particular – há 3 anos

Olá Amigo, se é apenas mão de obra e o pintor não tenha que fazer nada, o preço está em torno de R$10,00 m² (média), não mais. TEXTURA SAI ATÉ MAIS BARATO!!! BOA SORTE!!!

“Mas em média, o preço do m² sai por R$ 10. A pintura lisa, que é aquela que se passa uma lixa e depois a tinta, sai R$ 15 (não incluso o material).

Uma pintura lisa interna, para retoque, fica R$ 8 o m²; grafiato também sai pelo mesmo preço. Já a textura fica por R$ 6 o m².

o metro quadrado varia de R$ 9 a R$ 12, dependendo do tipo da pintura.

metTem algumas considerações importantes, é bom lembrar disso! Mas o básico você sabe: uma pintura lisa praquela parte da sua casa que tá feinha, feinha, não sai mais que R$ 10 o m².

ro quadrado de uma pintura lisa (retoque) sai por R$ 8; grafiato, R$ 10.”

Inadequado? Informe sobre a controvérsia Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa Vagner Jesus matos replicou… Pincel Dourado Pinturas – há 3 anos O preço para este trabalha sería… R$ 18

Faço qualquer tipo de pintura tenho máquinas lixadeiras e máquinas de Pinturas airlees

Inadequado? Informe sobre a controvérsia Cleriton Souza Santos replicou… Css Gesso E Pintura – há 3 anos

O correto seria uma visita ao local para saber o que tem que ser feito, mas minha mão de obra está na de R$ 25,00 o metro

Inadequado? Informe sobre a controvérsia Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa José Carlos Simão replicou… JCS Construção e Reforma – há 3 anos O preço para este trabalha sería… R$ 15

Olá cobro 15 reais por mt pintado

Inadequado? Informe sobre a controvérsia

Quanto custa pintar a casa? Orçamento grátis e on-line

Como funciona o serviço de orçamentos de habitissimo?

Em menos de um minuto e totalmente gratuito

Peça um preço de pintar casa online. Serviço totalmente gratuito e sem compromisso. Receberá vários orçamentos dos melhores profissionais para comparar.

Quanto custa um trabalho de Pintar Casa?

Estes preços são estimados e podem variar consoante a qualidade dos materiais, a duração da obra, as dimensões …

Para obter um orçamento personalizado:

Calcule gratuitamente o seu preço ONLINE

Descrição
Preço
Informação adicional
Pintura muros e paredes 200 € Moradia com tinta branca 50m2
Pintar paredes de quarto 150 € Pintura com 12m2 de tinta de cor forte
Pintar parede da sala 200 € Pintura de 15m2 com figuras geométricas
Pintar o teto 80 € Preço para pintura de 12m2 com tinta branca

Estes preços são orientativos e podem variar em função de vários fatores tendo em conta o tipo de trabalho

Informação útil

  • Qualquer pintura, seja exteriores ou interiores, deve ser feita por um profissional especializado. O serviço pode custar entre os 4.50€ e os 11.00€ por metro quadrado, mesmo já com material incluído. Pintar uma parede, aparentemente, não é das tarefas de construção mais difíceis, contudo deverá ser um serviço feito por profissionais com experiência e conhecimentos sobre a arte de pintar.
  • 1 a 2 semanas
  • Dificuldade: Média

Como Calcular o Preço por Metro Quadrado para Pintar uma Casa

Ao pintar o exterior deveremos levar em conta o tipo de construção que se quer pintar. Poderá ser necessário alugar um andaime para pintar uma casa com 2 pisos, por exemplo. De uma forma geral prepare-se para os seguintes preços:

  • Tinta para exterior: desde 5€/litro, cerca de 3€/m2 por cada demão.
  • Mão de obra: desde 3€/m2 por profissional
  • Kit de pintura com tabuleiro, trincha e rolo: cerca de 7€
  • Fita de pintor: 2€ cada rolo
  • Fato de proteção em plástico: 3€ cada unidade 
  • Cartões ou plásticos de proteção: cerca de 5€

Estes valores devem ser proporcionais à área que se pretende pintar. Se for pintar o exterior de uma moradia com 4 frentes, gasta cerca de 1400€, mas se contratar um profissional a obra custa cerca de 2200€.

Ao pintar o interior de casa, deverá ter em conta o numero de divisões e superfícies a serem pintadas. Para calcular o valor de pintar o interior da casa terá ter em conta os seguintes cálculos:

  • calcular a área dos tectos e paredes
  • prever o numero de demãos para cada espaço. Uma tinta mais forte terá de levar mais demãos para um trabalho perfeito
  • calcular quanto gastará dividindo o preço da tinta pela quantidade de litros
  • calcular quantos litros de tinta vai gastar. Multiplique o valor do preço por litro pelos litros que irá gastar e terá o preço da tinta
  • calcular o valor da mão-de-obra para a pintura interior de uma residência pode custar cerca de 3.00€ por metro quadrado, sem material incluído. 

Se quiser que o profissional inclua também a tinta necessária no orçamento, o preço já ronda os 4.50€ a 9.00€ por metro quadrado. Existem profissionais que podem cobrar por metro quadrado, mas também há empresas que cobram por hora ou consoante ao trabalho que lhes foi solicitado. A pintura de um quarto com 12m2, poderá custar em média 200€.

Para as paredes interiores de uma habitação, as tintas mais apropriadas são as acrílicas ou em látex. 

  • A tinta acrílica é diluída à base de água e está disponível em três acabamentos: mate, semi brilho e acetinada. É uma opção mais cara, mas também mais resistente e fácil de lavar. Uma lata de 15 litros de tinta acetinada de cor branca, dependendo das marcas, ronda os 70€, por unidade. 
  • A tinta em látex também é dissolvente em água, mas apenas existe com acabamento mate. É uma opção mais barata, mas mais difícil de lavar. É ideal para paredes ou tetos que não precisem de muita manutenção ou em casas sem problemas de humidade. Dependendo do fornecedor, uma lata de 15 litros de tinta mate branca custa cerca de 50€, por unidade. 
  • Defina que tipo de pintura vai fazer: se apenas quer dar um ar mais fresco, se pretende mudar para uma cor mais viva ou se quer fazer um padrão. Se ainda está sem ideias, veja imagens e inspire-se!
  • Escolha o tipo de tinta: considere qual é mais adequado para a sua casa e para o seu orçamento. A tinta em látex é mais barata, mas tem uma manutenção mais difícil. A tinta acrílica é lavável, mas é mais cara e pode realçar os defeitos da parede. 
  • Proteja os móveis, chão e rodapés: leve este passo em grande consideração, até porque não dá jeito nenhum estragar o mobiliário e ter que comprar um novo, certo?
  • Contrate um pintor: se não quer seguir o “faça você mesmo”, então o ideal é contratar um profissional especializado que garanta um acabamento de qualidade. É importante que peça pelo menos três orçamentos. Depois compare-os em relação aos materiais, preço e tempo de execução. Escolha o que apresentar a melhor relação qualidade/preço. 

Quanto mais tempo o pintor estiver na sua casa, mais caro lhe sairá a mão-de-obra do pintor. Siga as dicas de o que fazer antes de iniciar uma pintura dentro de casa, prepare o espaço e dê alguma ajuda ao pintor que fará a pintura, assim poderá evitar que a obra demora mais do que o tempo previsto.

A pintura exterior é a principal camada de proteção das paredes da sua casa e por sua vez a primeira camada que ira proporcional a qualidade do interior.

Além de haver uma questão estética da cor que acaba por ser um ponto importante, o tipo de tinta adequada para cada caso acaba por ser o fator mais importante na escolha de uma tinta.

Além de dar um aspecto novo à sua casa ou edifício está a melhorar a sua proteção.

Ao pedir orçamento deverá indicar as áreas e superfícies a serem pintadas. Deverá indicar se é necessário efetuar reparações e verificar se existem condições para a boa execução dos trabalhos. Deverá indicar o tipo de tinta, cor e acabamento a serem usados. Peça a visita do profissional ao local da obra para obter um orçamento mais detalhado e realista.

Leia também:  Como aliviar o ingurgitamento mamário (com imagens)

O melhor tipo de tinta para o exterior é o tipo de tinta adequado a cada caso especifico. Se nuns casos o ideal será uma tinta de membrana, noutros pode não ser indicado e ser necessário uma tinta acrílica. Cada caso deve ser bem avaliado por profissionais experientes.

Para pintar as paredes exteriores é necessário primeiro verificar o estado de conservação. Cada caso requer uma tinta recomendada:

  • Parede em bom estado: Tinta acrílica com uma durabilidade de 1 a 5 anos;
  • Parede exposta a chuvas e ventos: Tinta 100% acrílica com uma durabilidade de 15 anos:
  • Parede com fissuras: Tinta de membrana elástica ou flexível com durabilidade de 10 anos;
  • Paredes com humidade: Tinta repelente à água com Polissiloxano

Resultados diferentes do esperado: Este problema costuma ser resultado de não se respeitar convenientemente os tempos de secagem, aplicando outra demão de tinta quando a primeira ainda não está bem seca. Isto pode resultar em uma textura diferente do pretendido, na criação de grumos ou numa parede com manchas mais escuras e outras mais claras.

Chão manchado: Muitas pessoas esquecem-se de cobrir o chão e colocar fita de pintor em caixilhos e rodapés. O resultado final será um chão e outros pontos da divisão com manchas de tinta, que se tornam difíceis de remover.

A pressa é inimiga da perfeição: Fazer as coisas de maneira a despachar o serviço o mais rápido possível não costuma ter bons resultados. Leve o seu tempo e pinte os cantos com um pincel pequeno, para depois então pintar as àreas maiores da parede com um rolo, que é mais rápido.

Pintar o exterior da moradia pode implicar um pedido de autorização para efetuar os trabalhos.

Caso pretenda alterar a cor e a tonalidade da pintura original deverá informar a câmara municipal e obter algum tipo de consentimento ou aprovação pois existem algumas câmaras que têm regras e cores definidas.

Outra licença muito comum é a licença de ocupação da via publica. Quando os trabalhos interferem na via publica, como por exemplo, a colocação de andaimes nos passeios, é necessário pedir a respetiva licença.

Existem tintas apropriadas para todo o tipo de casos. Existem tintas e aditivos que podem tornar uma tinta com características impermeáveis.Para casos muito complexos deverá ser feita uma impermeabilização com materiais adequados antes de se proceder efectivamente à pintura.

  • Escadote É necessário para que consiga pintar os pontos mais altos, como por exemplo teto. Custa entre 50€ a 100€, dependendo da altura e qualidade. 
  • Espátula e lixa São essenciais para raspar toda a tinta velha que se está a soltar da parede. As espátulas custam cerca de 1,00€, por unidade e um rolo de lixa à
    volta de 4,00€. 
  • Pincéis e rolos As ferramentas indispensáveis para uma pintura. Para as grandes superfícies é o rolo que deve utilizar. Já para os grandes pormenores, nomeadamente perto dos rodapés ou em volta dos interruptores, o pincel é fundamental. Existem em vários tamanhos e, dependendo da qualidade, custam entre 3.00€ a 10.00€, por unidade
  • Plástico e fita crepe Se não tiver um lençol velho, então terá mesmo que adquirir um plástico para proteger o mobiliário, o que custa cerca de 5€, por unidade, nas lojas de bricolage. A fita isolante é essencial para os rodapés e interruptores, custando à volta de 10.00€, por unidade. 
  • Tinta Primeiro tem que pensar na cor, se vai optar pelo clássico branco ou se pretende algo mais vivo. Depois tem que escolher um tipo de tinta, que pode ser acrílica ou em látex, e um tipo de acabamento, que pode ser mate ou brilhante. Tenha em conta as característica de cada uma: as acrílicas são mais fáceis de lavar do que as mate, no entanto, realçam mais quando a parede tem algum defeito. Considere também o preço: 15 litros de tinta mate branca custa cerca de 50€, enquanto a mesma quantidade de tinta acrílica acetinada custa 70€. 
  • Recipiente para diluir a tinta Pode ser algum balde que tenha em casa, não precisa especificamente de adquirir um para o efeito. No entanto, se não tiver outra opção, existem baldes próprios para pintura nas lojas de bricolage por cerca de 3.00€ a unidade. 
  • Bandeja de pintura É onde se coloca a tinta já diluida e onde vai molhando o rolo para pintar. Nas lojas de bricolage custa cerca de 5.00€ por unidade. 
  • Péssima
  • Normal
  • Muito boa
  • Excelente

Nota média:4.6 estrelas

8 votos realizados

Quanto custa uma pintura de interiores?

A manutenção de um imóvel é uma das questões que muitas vezes descuramos, até começarmos a ter problemas. Pintar os interiores dos nossos imóveis é importante para garantir uma boa manutenção e minimizar o valor a investir neste tipo de trabalhos.

Por outro lado, pintar novamente os interiores de um imóvel permite remodelar a sua imagem. Podemos adaptar-nos a novas tendências das decorações, preparar um quarto para um novo elemento da família ou adequar um quarto de bebé a um jovem adolescente.

Muitas vezes, as pinturas de interiores são motivadas por algum problema e neste caso serão muito mais trabalhosas. Falamos de pintar uma divisão após problemas de infiltrações ou inundações bem como de incêndios. Noutros casos, as pinturas de interiores são incluídas em planos de remodelação para valorizar as casas antes de serem colocadas no mercado para venda.

O trabalho dos profissionais de pintura de interiores inclui preparar e pintar paredes, tectos, caixilhos de janelas, portas e também garantir que são feitos acabamentos cuidados.

Estes serviços são prestados tanto em imóveis de particulares, tanto em moradias como apartamentos, bem como escritórios e  espaços comerciais. O custo médio para uma pintura de interiores, ronda os 7€/m2, mas é provável que gaste entre 4€/m2 e 13€/m2 no total.

No entanto, o preço exacto pode variar dependendo da área e detalhes do projecto.

Superfície total

A área a ser pintada é o factor que mais afecta o custo deste serviço.

Este número indica quantas latas de tinta são necessárias e a quantidade aproximada de tempo que um projecto pode demorar, bem como a mão de obra necessária.

A superfície total inclui a área das paredes, tectos e também de qualquer outra superfície a ser pintada. Não se esqueça que também estará incluído o número de demãos necessárias para executar um bom trabalho.

Equipamento e material necessário

Para executar a pintura de interiores vão ser necessários equipamentos e material apropriado que estará incluído no orçamento apresentado. Uma equipa ou profissional estará devidamente equipada para resolver qualquer problema relacionado com a pintura, incluindo fazer pequenas intervenções nas superfícies.

Andaimes e Escadotes

Dependendo da altura das divisões poderá ser necessário montar andaimes em vez de escadotes.

Em edifícios com um pé direito anormalmente alto, como edifícios comerciais, fábricas ou armazéns, será mesmo impreterível.

Para a pintura de interiores é comum utilizarem-se andaimes com rodas, uma vez que permitem ser rapidamente mobilizados. Nos casos mais simples um escadote será suficiente.

Pincéis e Rolos

Os pincéis e rolos são as principais ferramentas da pintura, os profissionais são responsáveis por garantir que os pincéis estão em bom estado e não deixam pelos agarrados à tinta, bem como que os material se encontra devidamente limpo.

Também existem pistolas de tinta, e ainda que estas sejam utilizadas apenas para superfícies mais pequenas, poderão ser úteis para pintar madeiras por exemplo.

Espátula, lixa e raspadores de tinta

Estas são as ferramentas essenciais para retirar a tinta velha das paredes, tectos ou das madeiras. Os profissionais deverão ter lixas eléctricas de forma a acelerar o trabalho mas também poderão utilizar as espátulas e raspadores para diferentes superfícies ou para locais onde as máquinas não cheguem.

Plástico e Fita Cola de Pintura

No caso de ser necessário proteger o pavimento e alguns móveis irá necessitar de plástico e terá que adquirir uma fita cola adequada para proteger superfícies durante a pintura. Esta fita cola irá garantir que no caso de não retirar todos os elementos como rodapés, interruptores ou tomadas, estas não serão pintadas.

Tinta

Como iremos explicar mais à frente, existem diversos tipos de tinta e os seus preços variam dependendo da qualidade, da superfície onde podem ser aplicadas e o seu acabamento.

Massa

Também é importante garantir que será aplicada massa para tapar algumas fissuras ou buracos de objectos que foram pendurados mas já não existem.

Primário

O primário é um material que é aplicado antes da tinta propriamente dita. Este permite fixar melhor a tinta e regularizar a absorção da tinta, permitindo uma maior poupança na quantidade de tinta.

Para além disso, poderá ser necessário aplicar um primário para ocultar a pintura anterior ou manchas. Por fim, os primários aumentam a resistência das tintas. Os primários variam entre os 10€ e os 60€.

Outros materiais

Para além dos materiais acima mencionados irá também ser necessário um balde para diluir a tinta e uma bandeja onde irá passar o rolo em vez de o mergulhar na tinta e ficar com excesso de produto.

Mão de obra

Apesar da pintura de interiores não ser dos trabalhos mais complexos da construção a verdade é que um profissional com experiência na área poderá fazer um melhor trabalho.

Isto irá reflectir-se numa aplicação da tinta mais uniforme e numa maior rentabilização da tinta.

Em média, a mão de obra para pintura de interiores varia entre 4€ e 10€ por metro quadrado, já visando o preço da tinta.

No caso de se tratar de uma superfície muito grande, isto é, um imóvel com uma área elevada, pode ser necessário aumentar o número de profissionais de forma a terminar o trabalho no tempo esperado.

Deslocação

As deslocações também são incluídas no custo final da pintura da sua casa. Por este motivo o ideal é procurar profissionais que se encontrem perto do local da obra. Também é por esse motivo que apostar em ter mais profissionais ao mesmo tempo pode diminuir o custo final do orçamento, isto é, com mais profissionais serão feitas menos deslocações.

Leia também:  Como alterar a data no google fotos no iphone ou ipad

Número de divisões

Quanto mais divisões forem pintadas, maior será o custo total.

No entanto, o custo por metro quadrado diminui à medida que o número de assoalhadas a serem pintadas aumenta, isto porque é possível fazer um melhor aproveitamento dos materiais e do tempo.

Assim, poupa-se mais caso se efectue uma pintura completa do interior de uma casa do que se pintar as divisões uma por uma durante um longo período de tempo.

Complexidade da Estrutura

A superfície e número de divisões serão factores cruciais para calcular o custo de pintar os interiores de um imóvel, no entanto, não são os únicos. Uma das questões a ter em conta é a complexidade da estrutura.

Isto é, em estruturas com pé direito muito alto, como imóveis comerciais ou industriais, pode ser necessário fazer montagem de andaimes.

Estruturas com recantos de difícil acesso, elementos decorativos que não são passíveis de ser retirados e dificultam o trabalho do pintor também irão contribuir para o aumento do custo. Isto e, quanto mais lisa e de fácil acesso for uma superfície mais rapido será feita a pintura.

Tinta

Como na maioria dos materiais temos tintas de qualidade superior, com mais pigmentação e com tratamentos especiais que as tornam resistentes a humidade, por exemplo. Também existem tintas ecológicas para quem tem preocupações ambientais.

Ambas as tintas são mais dispendiosas, pelo que não é difícil de compreender que se não tem um orçamento muito elevado pode baixar o custo final escolhendo uma tinta mais barata.

Contudo, a sua duração e resistência poderão ser menores e poderá ter que voltar a pintar a casa brevemente. Vejamos alguns exemplos:

  • Tinta WC branca 0,75L – preços variam entre 10 e 20€
  • Tinta de Interior branca 15L – preços variam entre 8€ e 80€

Tipo de Tinta

As tintas não variam só consoante a superfície ou a qualidade, elas são também diferentes e possuem acabamentos distintos. Em primeiro lugar importa referir que a maioria das tintas são de base aquosa ou solvente, ou seja, ou se dissolvem em água ou solvente. Alguns tipos de tinta sao:

  • Tinta Mate
    • As tintas mate por norma não são laváveis. Estas tintas são óptimas para paredes com defeitos e para divisões muito iluminadas, uma vez que absorvem mais a luz.
  • Tinta Acrílica
    • Indicada para interiores e exteriores, as tintas acrílicas caracterizam-se pela sua resistência
  • Tinta Acetinada
    • Estas tintas são normalmente laváveis e reflectem a luz, sendo adequadas para divisões mais escuras. As tintas acetinadas não são indicadas para paredes com defeitos ou várias camadas anteriores.
  • Tinta Vinílica
    • Estas tintas têm menor resistência pelo que exigem uma manutenção mais elevada.
  • Tinta Plástica ou Tinta de água
    • Estas tintas são muito resistentes e secam rapidamente. Existem no mercado com diversos acabamentos

Cor da tinta

A cor da tinta também poderá influenciar o custo deste serviço, dependendo da cor a mesma gama de tintas também poderá variar. Para além disso, algumas cores podem necessitar de mais camadas para ter o efeito desejado. Se a somar a tudo isso ainda falarmos das tonalidades em que é necessário misturar cores então poderemos ver o preço da pintura de interiores a subir bastante.

Para escolher a tinta o ideal e pedirmos amostras de cores e experimentá-las no local onde as queremos pintar, uma vez que a luz irá afectar a forma como a tinta se comporta. Não se esqueça no entanto que uma vez pintada a totalidade da superfície a cor pode mudar ligeiramente.

Tinta decorativa

Já as tintas decorativas com efeitos visuais ainda são mais dispendiosas. Falamos de tintas efeito giz, tintas efeito veludo, tintas efeito madrepérola ou outras. As tintas de efeito decorativo variam entre os 25€ e os  50€.

Superfícies específicas

Algumas superfícies específicas necessitam de tinta adequada. Falamos tanto de azulejos como das madeiras. Se vai pintar algumas destas superfícies conte com a necessidade de comprar tinta adequada. A tinta para azulejos varia entre os 20€ e os 60€.

Técnicas de Pintura

A forma mais comum de se pintar uma superfície ser de forma a criar uma superfície monocromática existem outras técnicas para criar alguns efeitos visuais. Algumas destas técnicas são aplicadas na própria pintura, enquanto que outras são após ou antes de pintar a superfície.

Pintura em W

A pintura em W é a técnica mais utilizada para pintar superfícies monocromáticas de forma uniforme. Esta técnica é ideal para garantir uma melhor cobertura e deverá ser aplicada com auxílio de um rolo. Os resultados serão muito melhores do que pintar para cima ou para baixo, ou da esquerda para a direita.

Textura da parede

As paredes texturizadas também são um caso particular, pois pode ser necessário criar a textura ou aplicar a técnica correcta para conseguir o efeito desejado. Assim, temos duas hipóteses para conseguir este efeito, ou aplicamos a massa com textura ou fazemos a textura durante a pintura.

Alguns rolos podem ser utilizados para criar texturas na parede, pois são comprados mesmo para esse efeito. Caso contrário poderá utilizar a técnica da vassoura, que consiste em passar uma esponja ou vassoura de cerdas duras após a passagem da tinta.

No caso de já ter textura poderá simplesmente necessário fazer manutenção da mesma. 

Imitação de pedras ou marmoreado

Algumas técnicas de pintura permitem criar efeitos visuais semelhantes ao de utilização de pedras na construção, como o granito ou mármore. Algumas tintas decorativas também podem auxiliar a conseguir um efeito semelhante.

Técnica da esponja

A técnica da esponja pode ser utilizada para criar uma parede com dois tons num estilo meio aguarela, já que o segundo tom é passado com a ajuda de uma esponja passada por água.

Stencil

O stencil não é apenas uma forma de street art, aliás, neste momento o stencil ou a criação de padrões com tinta está tão na moda que existem rolos com texturas para criar este efeito stencil. No entanto, o stencil original é feito com auxílio de cartão, e consiste na criação de imagens gráficas de maior ou menor complexidade nas paredes.

Pintar riscas

Para pintar riscas numa divisão é necessário pintar uma das cores primeiro e só após a perfeita secagem se irá colocar fita cola para pintura que irá permitir que se passe a segunda cor sem se misturar com a primeira.

Estado de conservação

O estado de conservação das superfícies a pintar também será um dos factores a ter em consideração. Quanto mais trabalhos de reabilitação da superfície tiverem que ser feitos mais dispendioso será o custo do serviço. Estes trabalhos podem ir desde picar a parede, amassar, lixar ou aplicar produtos especiais para controlar problemas relacionados com a humidade.

No caso de se tratar de uma remodelação ou de manutenção para além da reparação de problemas relacionados com a parede, pode ser necessário resolver outras questões como retirar papel de parede e os seus resíduos. Dependendo do estado de conservação e da tonalidade da tinta também poderá ser necessário remover a tinta antes de avançar para a pintura.

As madeiras podem exigir tratamentos específicos para os quais os profissionais de pintura não estão habilitados, ou poderão exigir material específico. Confirme previamente se existe alguma madeira danificada ou com bicho.

Preparação das divisões

Se está há procura de estratégias para economizar custos uma das questões que pode adiantar é a preparação das divisões para serem pintadas. Falamos de proteger rodapés, caixilhos, retirar tomadas e interruptores, proteger os móveis, deixar as paredes já livres e proteger o chão.

Se vai pintar as madeiras poderá ter que retirar os caixilhos e rodapés, ou então verificar com os profissionais qual a ordem pela qual preferem executar as tarefas. No caso das portas, estas serão desmontadas e também terão que ser retirados os puxadores e dobradiças.

Outra questão que pode adiantar é começar a lavagem das paredes e tectos com sabão para remoção de manchas de humidade, gordura ou semelhantes. Casas com lareiras também tendem a formar manchas nas áreas perto da lareira.

Pintar Madeiras

As madeiras são pintadas e preparadas com material próprio. Uma lata de tinta de madeira, ou esmalte para madeira, pode variar entre os 8€ e os 50€. Para além da tinta, pode ser necessário aplicar um primário, pois algumas madeiras são muito porosas e absorvem muito a tinta. Além do primário, pode colocar-se uma camada intermédia de tintas.

As madeiras também podem ser reparadas, pode ser necessário resolver algumas fissuras ou resolver algumas marcas de utilização. 

Quando falamos de pintar madeiras referimo-nos a todas as madeiras que estão fixas à casa, desde móveis de cozinha até aos rodapés e portas.

Não se esqueçam que pintar os móveis de cozinha é um trabalho moroso visto que alguns ângulos oferecem uma maior dificuldade para serem preparados e pintados.

Não se esqueçam que tal e qual como nas paredes, pintar as madeiras de cores mais claras é uma excelente forma de aumentar a percepção espacial e luminosidade da casa.

Pintar azulejos

Pintar azulejos começa a ser uma opção muito comum, visto que fica mais em conta do que remover e reaplicar os azulejos todos das casas de banho ou cozinhas.

Para além de permitir fazer pequenas reparações que passarão mais despercebidas com a tinta do que mantendo o padrão original, esta é uma excelente forma de atualizar a sua casa de banho ou cozinha.

Principalmente nos casos dos padrões fortes é muito comum que estes acabem por nos saturar ao longo dos anos. Mais uma vez, estes padrões escurecem as próprias casas de banho que já são divisões que nem sempre possuem luz natural.

As tintas de azulejos podem ser aplicadas tanto no chão como nas paredes e tectos. Escolha tintas adequadas para divisões húmidas e por isso são mais resistentes e possuem algumas propriedades que repelem a formação de bolor.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*