Como calcular a resolução de uma câmera digital a partir da contagem de pixels

Fotografar não é apenas pegar a câmera e sair clicando. É muito mais que isso. É saber, antes de mais nada, fazer os devidos ajustes no equipamento de acordo com o que se quer fotografar, com a luz ou ausência dela, com o ambiente, com o período do dia. Também devemos ter o conhecimento do que compõe nosso equipamento fotográfico.

1.1 Tipos de câmeras e a escolha do modelo ideal

Antes de escolher a câmera deve-se fazer a escolha do uso que será feito dela, ou seja, para que tipos de fotos ela será utilizada e o quanto se quer gastar por um equipamento fotográfico. Resolução, conveniência, custo e controle criativo são alguns fatores levados em conta na escolha da melhor câmera.

1.2 Câmeras amadoras

Existe uma variedade muito grande de câmeras amadoras. E elas são escolhidas de acordo com o tipo de impressão e uso que se deseja fazer das fotos. Há câmeras de 1.3 megapixels, usadas para pequenas ampliações e sites.

As de 2 megapixels são usadas para retratos de família e viagens, onde se pode ampliar em 10×15 cm e até 20×25 cm, mas com nem tanta qualidade de imagem. Já as de 3 e 4 megapixels oferecem boa qualidade em 20×25 cm.

As de 5 a 8 megapixels são destinadas a usuários mais exigentes com qualidade de imagem, para amadores ou até para algum trabalho profissional.

1.3 Câmeras profissionais

Câmeras de médio formato 35mm de maior resolução, e as DSLR (digital single-lens reflex).  Algumas possuem o sensor full-frame que é do mesmo tamanho da película de 35mm.

Estas câmeras podem ser utilizadas em estúdio e para trabalhos publicitários.

Algumas destas câmeras também são compatíveis com um acessório que se encaixa na base da câmera tornando possível a conexão sem fio, permitindo a transferência das fotos para um computador sem a utilização de cabos.

Existem vários tipos de câmeras, cada uma de uma marca diferente, com objetivas diferentes e características diferentes. E diante de tanta variedade e diferenças fica a questão de qual seria a melhor câmera. Nem sempre a melhor é aquela que tem o maior número de funcionalidades.

Pois a melhor câmera é aquela que atende aos objetivos do fotógrafo, seja ele profissional, amador, ou apenas um fotógrafo de “final de semana”. A melhor câmera vai de acordo com o que se pretende com ela, com que tipo de fotografia se quer lidar.

Mas duas qualidades devem ser essenciais: condições que permitam a exposição correta, e os recursos adequados tais como fotômetro, controle do diafragma e controle de velocidade. Não há câmera que não faça distorções da realidade, seja em proporção, tamanho, perspectiva ou até mesmo cor.

E já que todas transformam a realidade, a melhor maneira de saber qual é a melhor câmera é saber o que se quer transformar da realidade, e escolher de acordo como que cada câmera transforma a realidade.

Vendo que é impossível fabricar uma câmera capaz de realizar todos os objetivos, elas foram projetadas para atender ao maior número deles. E quanto maior o número de objetivos que a câmera realiza, melhor ela é.

  • Deve-se definir objetivos e a partir daí escolher a melhor câmera.
  • Exemplos de alguns modelos de câmeras fotográficas:
  • Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de PixelsComo Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels
  • Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels

2. Entendendo os elementos da fotografia

2.1 Resolução

De acordo com a finalidade da foto se escolhe a resolução. E sua unidade de medida é o dpi (dots per inch, pontos por polegada ao quadrado).

2.2 Megapixels

De acordo com a finalidade da foto é que se escolhe quantos megapixels usar. Isso pode ajudar na escolha da câmera. Pois para fotos profissionais, por exemplo, o adequado é ter uma câmera com resolução acima de 4 megapixels.

2.3 Pixels e resolução

A resolução da imagem é sempre o número de linhas verticais e horizontais de pixels (Megapixels = pixels horizontais x pixels verticais) captados pelo sensor. Os megapixels são conhecidos como a capacidade de captação do sensor. Quanto maior for o sensor maior será a quantidade de pixels captada, melhor será a resolução da imagem.

Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels

  1. Exemplo:
  2. Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels
  3. Exemplo: Fotografia em 1,5 MP – 1,504 x 1,000 e zoom da mesma.

Fotografia em 6 MP – 3,008 x 2,000 e zoom da mesma Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels

Ambas parecem ter a mesma qualidade, mas com o zoom podemos observar uma grande diferença.

2.4 Qualidade da imagem

O número de pixels utilizado pela câmera dependerá do uso que se fará das fotografias. Geralmente é bom conseguir a melhor resolução em uma câmera para poder se ter maior flexibilidade quanto aos tipos de usos a se fazer com as imagens.

Câmeras de alta resolução oferecem, assim, um maior controle criativo sobre os resultados. Para isso são comercializadas câmeras de médio e grande formato que se assemelham em qualidade fotográfica ao antigo filme fotográfico.

Exemplo:   Zoom de imagem de 6MP                                                       Mesmo zoom em imagem de 1,5 MP

Observe a diferença de qualidade de imagem. Abrangendo a mesma área de zoom, a imagem de 6MP possui muito mais pixels (quadrados que podem ser observados na imagem) que na imagem de 1,5MP, a qual possui um número consideravelmente menor de pixels, assim como qualidade inferior.

Resolução e a qualidade da imagem A resolução da imagem pode ser compreendida como a qualidade da imagem. Por isso, quanto maior a resolução, maior será a qualidade da foto. E a qualidade está ligada ao número de pixels que possui o CCD (sensor). Por isso, quanto maior o número de pixels, maior será sua qualidade fotográfica.

O número de pixels está ligado à qualidade da imagem impressa. E este número em uma câmera vai depender do uso que se fará das fotografias. Para termos uma ideia da resolução na hora de imprimir as fotos, temos as tabelas para câmeras digitais, que associam número de pixels, resolução e tamanho da foto, indicando se esta sairá com qualidade ou não no momento da impressão.

O maior valor de definição é 300 dpi.

Um fator que deve ser observado para a qualidade da imagem é também a ISO, que veremos adiante em nosso curso, pois embora com boa resolução, se estiver com ISO alta a foto sairá granulada na impressão. Outro fator é a baixa compressão, que garantirá boa qualidade de imagem.

Como calcular rapidamente o tamanho da imagem para Alta Resolução: Exemplo: Arquivo de imagem com 1240 x 1831 pixels Corte os últimos números e obterá o valor 12 x 18. Reduza 15% Tamanho de impressão: 10,2 x 15,3 cm.

  • O valor correto, calculado por programas específicos, é 10,5 x 15,5 cm.
  • Senso assim, o que define o tamanho de impressão é o tipo de arquivo e os seus números de megapixels.

2.5 Tamanho de imagem e compressão

O JPG permite níveis de compressão diferentes, Basic, Normal e Fine. Encontraremos diferença de cores, nitidez e claridade. Ainda existem os formatos não comprimidos, Tiff, ou Raw, mas que exigem cartões de memória com maior capacidade de armazenamento. Exemplo de compressão em JPG e do formato não comprimido RAW:

  1.   JPG Fine                                                                                   RAW

JPG Basic                                                                                  JPG Normal

Os arquivos em JPG Basic e Normal ainda que perdendo em cores e claridade apresentam boa qualidade de imagem. Mas podemos perceber uma nítida melhora da qualidade em relação ao JPG Fine e RAW. O Raw, por ser uma forma ainda mais “crua” apresenta uma imagem ainda mais clara.

  • Além da diferença em cores, o JPG em relação ao RAW, também apresenta diferença quanto ao contraste.
  • Então, que extensão de arquivo utilizar?
  • O JPG é um dos formatos mais utilizados na fotografia digital. Ele oferece boa qualidade, rapidez no processamento e é compatível com quase todos os programas para tratamento de imagem.

QGIS: cálculo de área ou contagem de pixels para uma imagem classificada

Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels

Estabelecer o quantitativo de classes por área ou por contagem de pixel é uma tarefa muito simples se você possui conhecimento sobre os sistemas QGIS e GRASS GIS. Com o algoritmo r.report, é possível obter resultados de área para os arquivos raster e aplicar essa técnica no mapeamento de áreas classificadas.

Tutorial

No QGIS, abra sua imagem classificada ou use esse demo para testar a ferramenta. No painel Processar, faça uma pesquisa pelo algoritmo r.report:

Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels

Identificando o Valor do Pixel

Para este trabalho, vamos obter o cálculo de área por hectare. No nosso raster modelo, para as classes Água, Pastagem, Vegetação, Solo Exposto e Sede, temos a seguinte configuração de pixel: 1, 2, 3, 4 e 5.

Se você não sabe como identificar o valor de um pixel na imagem, use a ferramenta Identificar Feições (1) e clique sobre uma área qualquer (2) do raster. No modo Tabela (3), visualize e anote o valor do pixel (4).

Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de PixelsChegou o momento de definir os parâmetros para execução do algoritmo. Marque o raster alvo do relatório. Nosso objetivo consiste em mapear a área de todas as classes com resultados em hectares. Selecione um dos itens da lista abaixo:

  • mi: área em milhas quadradas
  • me: área em metros quadrados
  • k: área em quilômetros quadrados
  • a: área em acres
  • h: área em hectares
  • c: número de pixels
  • p: percentual de cobertura

O algoritmo r.report gera um relatório no formato HTML que pode ser aberto no Navegador Web. Informe um local para o novo arquivo e pressione o botão Run para gerar o relatório.

  • Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels
  • Após criar o arquivo, acesse o diretório e execute o arquivo:
  • Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels
  • No navegador, copie as informações que são do seu interesse.
  • Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels
  • Para obter as informações em tela, clique no menu Processar – Resultados:
  • Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels
  • Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels
Leia também:  Como aumentar os níveis de prolactina: 8 passos

Este é um recurso muito importante para as atividades de classificação de imagens, embora não seja necessário classificar um raster para obter os resultados. Ao gerar o layout, faça a configuração da legenda para tornar o mapa mais intuitivo e informativo.

Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels

Bom trabalho e sucesso nos seus projetos!

Gostou da dica? Então, inscreva-se no nosso canal no Youtube para aprender mais! https://www.youtube.com/c/ProcessamentoDigitalGeo

Fique por dentro das novidades do site através da nossa Newsletter: http://www.processamentodigital.com.br/assinatura

Resolução de imagem – Image resolution

A resolução da imagem é o detalhe de uma imagem segura. O termo se aplica a raster imagens digitais , imagens de filme e outros tipos de imagens. Maior resolução significa mais detalhes da imagem.

A resolução da imagem pode ser medido de várias maneiras. Resolução quantifica como as linhas estreitas pode ser um ao outro e ainda ser visivelmente resolvido .

Unidades de resolução pode ser amarrado a tamanhos físicos (por exemplo, linhas por mm, linhas por polegada), para o tamanho global de um quadro (linhas por altura de imagem, também conhecidos simplesmente como linhas, linhas de TV , ou TVL), ou a posição angular.

Pares de linhas são muitas vezes utilizados em vez de linhas; um par de linhas compreende uma linha escura e uma linha de luz adjacente. Uma linha ou é uma linha escura ou uma linha de luz.

Uma resolução de 10 linhas por milimetro significa 5 linhas escuras que alternam com 5 linhas de luz, ou 5 pares de linhas por milímetro (5 LP / mm). Lente fotográfica e resolução filme são mais frequentemente citado em pares de linhas por milímetro.

Resolução de imagens digitais

A resolução das câmeras digitais pode ser descrito de muitas maneiras diferentes.

pixels de resolução

O termo resolução é muitas vezes considerado equivalente ao pixel de contagem em imagem digital, embora padrões internacionais na câmera digital campo especificar deve antes ser chamado de “Número de Total de Pixels” em relação aos sensores de imagem, e como “Número de Pixels gravados” para o que é totalmente captado. Assim, JCIA & CIPA sugerem notação como “Número de Pixels gravados 1000 × 1500”. De acordo com os mesmos padrões, o “Número de Pixels efetivos” que um sensor de imagem ou câmera digital tem é a contagem de pixels sensores que contribuem para a imagem final (incluindo pixels não na referida imagem, mas, no entanto, apoiar o processo de filtragem de imagens), como oposição ao número de total de pixels , que inclui pixels não utilizados ou de protecção da luz em torno das bordas.

Uma imagem de N pixels de altura por M pixels de largura pode ter qualquer resolução inferior a N linhas por altura de imagem, ou de linhas de TV N.

Mas quando as contagens de pixel são referidos como “resolução”, a convenção é descrever a resolução de pixel com o conjunto de dois positivos inteiros números, onde o primeiro número é o número de colunas de pixels (largura) e o segundo é o número de linhas de pixels (altura), por exemplo, como 7680 × 6876 .

Outra convenção popular é citar resolução que o número total de pixels na imagem, normalmente dados como número de megapixels , que pode ser calculado multiplicando colunas de pixel por linhas de pixels e dividindo por um milhão.

Outros incluem convenções descrevem pixels por unidade de comprimento ou pixels por unidade de área, tais como pixels por polegada ou por polegada quadrada. Nenhum desses pixels de resolução são verdadeiros resoluções, mas eles são amplamente referido como tal; eles servem como limites superiores na resolução da imagem.

Abaixo está uma ilustração de como a mesma imagem pode aparecer em diferentes resoluções de pixel, se os pixels foram mal renderizadas como quadrados afiados (normalmente, seria preferível uma reconstrução de imagem suave de pixels, mas para ilustração de pixels, os quadrados afiados fazer o ponto Melhor).

Como Calcular a Resolução de uma Câmera Digital a Partir da Contagem de Pixels

Uma imagem que é de 2048 pixels de largura e 1536 pixels de altura tem um total de 2048 x 1536 pixels ou 3,145,728 = 3,1 megapixels. Pode-se referir a ele como 2048 por uma imagem de 3.1 megapixels 1536 ou.

Ou, você pode pensar nisso como uma imagem de qualidade muito baixa (72ppi) se impressa em cerca de 28,5 polegadas de largura, ou uma imagem de qualidade muito boa (300ppi) se impressa em cerca de 7 polegadas de largura.

Infelizmente, a contagem de pixels não é uma medida real da resolução de câmera digital de imagens, porque cor sensores de imagem são normalmente configurados para tipos de filtro de cores alternadas sobre os sensores de pixel individuais sensíveis à luz.

Imagens digitais, requerem um valor de vermelho, verde e azul para cada pixel a ser exibido ou impresso, mas um pixel individual no sensor de imagem só fornecerá uma dessas três peças de informação.

A imagem tem que ser interpolados ou sem mosaicos para produzir todas as três cores para cada pixel de saída.

Resolução espacial

Os termos manchas e nitidez são usados ​​para imagens digitais, mas outros descritores são usados ​​para fazer referência a captura hardware e exibir as imagens.

A resolução espacial em radiologia refere-se à capacidade da modalidade de imagem para diferenciar dois objectos. técnicas de baixa resolução espacial será incapaz de diferenciar entre os dois objectos que estão relativamente próximos um do outro.

Imagem à esquerda tem uma maior contagem de pixels do que aquele para a direita, mas ainda é pior resolução espacial.

A medida de quão de perto as linhas pode ser resolvido em uma imagem é chamado de resolução espacial, e depende de propriedades do sistema, criando a imagem, e não apenas a resolução de pixels em pixels por polegada (ppi).

Para fins práticos, a claridade da imagem é decidido pela sua resolução espacial, não o número de pixels em uma imagem.

Com efeito, a resolução espacial refere-se ao número de independentes valores de pixels por unidade de comprimento.

A resolução espacial de displays de consumo variam de 50 a 800 linhas de pixels por polegada. Com scanners, resolução óptica é por vezes utilizado para distinguir resolução espacial do número de pixels por polegada.

Na detecção remota , a resolução espacial é tipicamente limitado pela difracção de , bem como por aberrações, foco imperfeito, e distorção atmosférica. A distância amostra moída (GSD) de uma imagem, o espaçamento de pixels na superfície da Terra, normalmente é consideravelmente menor do que o tamanho do ponto resolvido.

Em astronomia , um muitas vezes mede resolução espacial em pontos de dados por segundo de arco subtendido no ponto de observação, porque a distância física entre objetos na imagem depende da sua distância e isso varia muito com o objeto de interesse.

Por outro lado, em microscopia electrónica , linha ou resolução franja refere-se à separação mínima detectável entre as linhas paralelas adjacentes (por exemplo, entre os planos de átomos), enquanto que a resolução ponto em vez disso refere-se à separação mínima entre os pontos adjacentes que podem ser tanto detectado e interpretado por exemplo, colunas adjacentes de átomos como, por exemplo. O ex frequentemente uma ajuda detectar periodicidade em amostras, enquanto que o último (embora mais difíceis de alcançar) é fundamental para visualizar como átomos individuais interagir.

Em imagens estereoscópicas 3D, resolução espacial poderia ser definida como a informação espacial gravado ou capturado por dois pontos de vista de uma câmera estéreo (esquerdo e direito câmera).

resolução espectral

codificação Pixel limitar as informações armazenadas em uma imagem digital, e o perfil de cor termo é usado para imagens digitais, mas outros descritores são usados ​​para fazer referência a captura hardware e exibir as imagens.

Resolução espectral é a capacidade de resolver os espectros e as bandas em seus componentes separados. Imagens coloridas distinguir luz de diferentes espectros . Imagens multi-espectrais pode resolver diferenças ainda mais finos de espectro ou o comprimento de onda de medição e armazenamento de mais do que o tradicional 3 de imagens comuns de cor RGB.

Resolução temporária

A resolução temporal (TR) refere-se a precisão de uma medição em relação ao tempo.

Câmeras de filme e câmeras de alta velocidade pode resolver eventos em diferentes pontos no tempo. A resolução temporal utilizada para filmes é geralmente de 24 a 48 fotogramas por segundo (quadros / s), enquanto que a câmaras de alta velocidade pode resolver 50 a 300 imagens / s, ou mesmo mais.

Muitas câmeras e displays compensar a componentes de cor em relação ao outro ou misturar-se temporal com resolução espacial:

No física quântica existe um trade-off entre resolução temporal de uma medição e a sua resolução espacial devido à incerteza princípio, de forma semelhante um tempo / espaço trade-off é uma propriedade inerente de transformada de Fourier usadas para visualizar audio.185.127.125.171

a resolução radiométrica

Radiométrica resolução determina como finamente um sistema pode representar ou distinguir diferenças de intensidade , e é geralmente expressa como um número de níveis ou um número de pedaços , por exemplo 8 bits ou 256 níveis que é típico de arquivos de imagem de computador.

Quanto maior for a resolução radiométrica, as diferenças subtis melhor de intensidade ou reflectividade pode ser representado, pelo menos em teoria. Na prática, a resolução radiométrica eficaz é tipicamente limitado pelo nível de ruído, em vez de ao número de bits da representação.

Leia também:  Como alterar a cor das linhas de grade de uma tabela no word

Resolução em várias mídias

Esta é uma lista de, resoluções horizontais analógicas tradicionais para vários meios de comunicação.

A lista inclui apenas os formatos populares, formatos não raros, e todos os valores são aproximados, porque a qualidade real pode variar de máquina-a-máquina ou tape-to-tape.

Para facilidade de comparação, todos os valores são para o sistema NTSC. (Para sistemas PAL, substituir 480 com 576.) Analog formatos de geralmente tinham menor resolução chroma.

  • Analógico e digital de início
  • Digital
    • 500 × 480: Digital8
    • 720 × 480: D-VHS , DVD , miniDV , Betacam Digital (NTSC)
    • 720 × 480: Widescreen DVD (anamórfica) (NTSC)
    • 720 × 576: D-VHS , DVD , miniDv , Digital8 , Betacam Digital (PAL / SECAM)
    • 720 × 576: Widescreen DVD (anamórfico) (PAL / SECAM)
    • 1280 × 720: D-VHS, HD DVD , Blu-ray , HDV (miniDV)
    • 1440 × 1080: HDV (miniDv)
    • 1920 × 1080: HDV (miniDV), AVCHD, HD DVD, Blu-ray, HDCAM SR
    • 1998 × 1080: 2K plana (1,85: 1)
    • 2048 × 1080: 2K Digital Cinema
    • 3840 × 2160: 4K UHDTV
    • 4096 × 2160: 4K Digital Cinema
    • 7680 × 4320: 8K UHDTV
    • 15360 × 8640: 16K Digital Cinema
    • 61440 × 34560: 64K Digital Cinema
    • Seqüências de filmes mais recentes são digitalizados a 2.000, 4.000, ou até 8.000 colunas, chamadas 2K, 4K e 8K , para a qualidade visual de efeitos de edição em computadores.
    • IMAX , incluindo IMAX HD e OMNIMAX: aproximadamente 10.000 × 7.000 (7.000 linhas) resolução. É cerca de 70 Mpix, que atualmente é de mais alta resolução do sensor única câmera de cinema digital (a partir de janeiro de 2012).
  • Filme
    • Película de 35 mm é digitalizado para lançamento em DVD em 1080 ou 2000 linhas a partir de 2005.
    • A resolução real de 35 milímetros câmera negativos originais é o assunto de muito debate. Resoluções medidos de filme negativo variaram 25-200 lp / mm, o que equivale a uma gama de 325 linhas por 2-perf , a (teoricamente) mais de 2300 linhas de 4-perf tiro no T-Max 100. Kodak afirma que 35 milímetros filme tem o equivalente a resolução 6K de acordo com um vice-presidente sênior de IMAX.
  • Impressão
PPI
Píxeis
cm

800 1000 3.18
300 1000 8,47
200 1000 12,7
72 1000 35.28
PPI
Píxeis
cm

800 3150 10
300 1181 10
200 787 10
72 283 10
PPI
Píxeis
milímetros

Tamanho do papel

300 9921 × 14008 840 × 1186 A0
300 7016 × 9921 594 × 840 A1
300 4961 × 7016 420 × 594 A2
300 3508 × 4961 297 × 420 A3
300 É 2480 × 3508 210 × 297 A4
300 1748 × 2480 148 × 210 A5
300 1240 × 1748 105 × 148 A6
300 874 × 1240 74 105 × A7
300 614 × 874 52 × 74 A8
  • resoluções câmera digital moderna
    • Câmara digital formato médio – único, não combinado um grande sensor digital – 80 Mpix (a partir de 2011, a corrente a partir de 2013) – 10320 × 7752 ou 10380 × 7816 (81.1Mpix).
    • Telefone celular – Nokia 808 PureView – 41 Mpix (7728 × 5368), Nokia Lumia 1020 – também 41 Mpix (7712 × 5360)
    • Câmera fotográfica digital – Canon EOS 5DS – 51 Mpix (8688 × 5792)

Veja também

Referências

links externos

Identificação e reconhecimento

A maneira tradicional de definir os requisitos para resolução do sistema de CFTV analógico costuma ser por meio de especificação da porcentagem da tela cheia que o objeto observado ocupa.Objetivos de vigilância diferentes necessitam de porcentagem diferentes.

Por exemplo, detectar a presença de uma pessoa em um cenário pode exigir que a pessoa ocupe 10% da visualização.Reconhecer uma pessoa conhecida, entretanto, pode exigir que a pessoa ocupe 50%, e reconhecer mais claramente essa pessoa pode exigir 120% ou mais.

Hoje em dia, as câmeras de vídeo em rede oferecem uma grande variedade de resoluções. O uso dos requisitos de porcentagem não é mais prático, e agora são usados pixels ao especificar os requisitos de resolução.Para ver um debate detalhado sobre requisitos de resolução para identificação, reconhecimento e detecção, consulte o tutorial Contagem de pixels perfeita.

Outros critérios são válidos para objetos como placas de carros, onde a recomendação típica é que a altura das letras seja representada por 15 pixels (o que corresponde a 200 pixels/m) para garantir a visibilidade.

Também é importante levar em consideração os requisitos regulamentares e jurídicos ao determinar a resolução necessária para que as gravações da câmera possam ser usadas como evidência em um tribunal.

Tabela 1: A definição da Axis dos requisitos para detecção, reconhecimento e identificação.

A resolução do cenário capturado é determinada pela resolução da câmera e pelo tamanho do cenário.

Por exemplo, se estiver usando uma câmera que fornece resolução de 4CIF (704 X 576 pixels), é possível cobrir um cenário de, no máximo, 1,4 m de largura, se a resolução linear for de 500 pixels/m ou mais.

Será necessário selecionar uma câmera e as lentes que permitirão que o campo de visão corresponda ao tamanho do cenário na distância desejada entre a câmera e ele.

Tabela 2: Exemplos de distâncias máximas para identificação (500 px/m ou 80 pixels/rosto).

Quanto maior for a profundidade do campo, maior será a área na qual as pessoas ou os objetos estarão em foco. As chances de identificação aumentam com uma profundidade de campo maior, o que é determinado pela abertura da íris, a distância focal e a distância para a câmera.

A profundidade do campo aumenta conforme a abertura da íris diminui, o que significa que essa boa iluminação pode ajudar a aumentar a profundidade do campo. O recurso P-Iris, em algumas câmeras Axis, ajustarão a íris para otimizar a profundidade do campo a diversas condições de iluminação.

Você pode obter mais informações sobre P-Iris neste white paper:

P-Iris. O novo controle de íris melhora a qualidade da imagem em megapixels e câmeras de rede HDTV.

Usar uma distância focal mais curta também aumentará a profundidade do campo. Câmeras com resoluções maiores podem capturar cenas usando distâncias focais mais curtas e ainda manter requisitos de resolução.

A maioria das lentes exibe algum grau de distorção, frequentemente na forma de distorção de barril. Isso ocorre, pois a ampliação da lente é menor nas bordas do campo de visão do que no centro da imagem.

O efeito é que o objeto próximo à borda aparece mais próximo ao centro quando comparado a uma imagem não distorcida. Objetos do mesmo tamanho cobrirão menos pixels quando próximos à borda, comparados ao que eles cobririam se estivessem mais próximos ao centro.

Isso significa que os objetos próximos à borda do campo de visão precisam estar mais próximos à câmera para atender aos requisitos de resolução mínima.

Frequentemente, o efeito da distorção de barril é muito mais acentuado em distâncias focais curtas, tornando a lente grande angular menos adequada às finalidades de identificação.

Iluminação

Para que servem os megapixels?

Uma câmera 10MP ou mesmo uma câmera 18MP apresentam resolução que garantem excelente qualidade de imagem, certo? Errado. Apesar de a quantidade de pixels no sensor da câmera digital ser diretamente relacionada à qualidade da fotografia, o megapixel não é o único fator envolvido no resultado final.

  • Além da contagem de pixels, o tamanho do sensor, a qualidade óptica das lentes e até mesmo o processador de imagens da câmera digital também influenciam na qualidade da fotografia.
  • É por isso que, em alguns casos, uma máquina com menor resolução, como uma câmera 9MP, pode conseguir resultados superiores a uma câmera 12MP, por exemplo, ou até com resolução maior.
  • Então, na hora de comprar sua câmera digital, fique de olho, sim, na resolução, mas também em outros fatores que vão fazer toda a diferença para as fotos.

Saiba mais sobre os megapixels das câmeras digitais

O sensor de uma câmera digital é formato por milhões de componentes capazes de transformar luz em impulsos elétricos. Cada um destes “pontos” de captação é chamado pixel, e corresponde a um daqueles quadradinhos que você vê ao aproximar o zoom da imagem em um software como o Photoshop.

A ampliação é a função principal dos megapixels. Quanto maior a contagem de pontos de uma imagem, maior será o limite de resolução na hora de passar a foto da câmera digital para o papel. Por exemplo, uma imagem com 2MP (1600 x 1200) já é suficiente para imprimir uma foto em 10 x 15 cm, que é o tamanho normal de impressão de fotos em laboratórios.

A mesma impressão 10 x 15 cm pode ser feita com qualidade a partir de qualquer arquivo com resolução maior a 2 megapixels, porém a diferença de resolução não será perceptível na foto impressa.

Tamanhos maiores que o 10 x 15 cm exigem máquinas fotográficas com resoluções maiores: para uma impressão de 28 x 35 cm é necessária uma resolução mínima de 10MP (3827 x 2551) e assim por diante.

Então, qual câmera digital comprar?

Sendo assim, fique atento na resolução na hora de escolher sua câmera digital. Se for apenas para fotos de família ou reuniões de amigos, uma câmera com 5MP já pode ser suficiente. Caso você esteja buscando uma câmera para trabalhos profissionais ou banners, busque resoluções a partir de 12MP, garantindo uma ampliação sem perda na qualidade final da impressão.

Leia também:  Como amamentar um coelho bebê: 15 passos (com imagens)

PPI: O que é e por que é tão importante em qualquer tela

Você certamente já ouviu falar de PPI (“pixels per inch”, ou pixels por polegada) quando procurava um novo smartphone ou uma enorme HDTV. A medida se refere ao espaço ocupado por cada pixel e, por consequência, à quantidade de pontos que formam as imagens exibidas.

O conceito é bastante direto: quanto maior for a contagem de PPI, maior a qualidade da imagem. Entre todas as diversas maneiras pelas quais se pode analisar essa qualidade, a contagem de pixels está intimamente relacionada a duas: resolução e definição. Porém, antes de entrar no efeito da contagem de pixels, vale a pena entender o que, exatamente, é um pixel.

O menor elemento da tela

Para entender em detalhes o que é um pixel, e várias outras características interessantes sobre este conceito tão importante no mundo da tecnologia, o Baixaki tem um artigo abordando as principais características do “elemento de imagem” (que é uma tradução livre de “picture element”, abreviado como pixel!)

Porém, aqui também cabem algumas explicações. O pixel é o elemento básico para o surgimento de uma imagem em uma tela e é composto por – no mínimo – três elementos luminosos.

  • Fonte da imagem: Wikipedia
  • Cada um desses elementos chamados dots, cuja tradução literal seria “pontos” (essa nomenclatura, porém, pode gerar confusões com pontos de impressão e portanto não é utilizada) é responsável pela emissão de uma cor diferente de luz dentro do espectro RGB.
  • Ou seja, cada pixel é formado por três cores – Red (vermelho), Green (verde) e Blue (azul) – que, quando misturadas em diferentes proporções, geram todas as milhões de cores existentes nos monitores atuais.

Distâncias que contam

Apesar da qualidade de imagem depender do conjunto de dots (ou seja, do pixel inteiro), a distância entre cada fonte luminosa, conhecida como “dot pitch”, também tem sua parcela de responsabilidade na formação das imagens.

Fonte da imagem: Wikipedia

O “dot pitch” é a distância entre dois “dots” de mesma cor – ou seja, de pixels diferentes – na montagem da tela. Quanto mais próximos os dots, maior a definição da imagem, já que o espaço não iluminado – aquele que fica entre os pixels – é menor.

Se os dots de uma mesma cor apresentam distância entre si, é natural admitir que a mesma distância existe entre pixels completos. Apesar de não ser exatamente assim, a aproximação é válida e permite avaliar as características do pixel que mais influenciam na qualidade da imagem.

Resolução e definição

Esses dois termos estão sempre na ponta da língua de quem trabalha ou consome imagem. Seja a quantidade de megapixels de uma câmera fotográfica ou a capacidade de reproduzir filmes em Full HD das TVs de LED, todo mundo comenta sobre resolução e definição. Infelizmente, entretanto, muitas vezes esses termos não são realmente compreendidos por quem os fala.

O tamanho da imagem

A resolução de uma imagem é uma maneira mais versátil de dizer a quantidade de detalhes  que podem ser percebidos no arquivo. É comum – apesar de não ser recomendado por nenhum padrão industrial – se referir às imagens como tendo resoluções de 800 x 600 ou 2048 x 1536 pixels, por exemplo.

Mesmo que não sigam os padrões, essas medidas resolvem o problema de identificar a quantidade e qualidade dos detalhes em uma imagem. Usando as duas medições do parágrafo anterior temos resolução total de 480.

000 pixels para a imagem 800 x 600 – equivalente a 0,4 megapixels – e 3.145.728 pixels, ou 3.1 Mp, para o arquivo de 2048 x 1536. Obviamente, quanto maior o valor da multiplicação, mais detalhes existem na imagem.

Vale lembrar que resolução não é a mesma coisa que tamanho físico de uma imagem. É possível ter uma imagem de altíssima resolução – até mesmo gigapixels – e que quando exibida em uma TV ou impressa ocupe apenas centímetros, assim como é possível obter imagens com resolução mais baixa e muitos metros quadrados de área, como um outdoor ou uma tela de cinema.

Quantidade no espaço

Essa é a definição clássica de densidade. No caso de monitores, celulares e televisões, a densidade é medida na quantidade de pixels que ocupam a área visível da tela. Quanto maior a densidade de pixels, maior a qualidade da imagem. Uma analogia apropriada para entender melhor o que é – e como se percebe – a densidade de pixels é comparar a tela com um tecido qualquer.

Fonte da imagem: Colonial Craft

A qualidade de confecção depende muito da quantidade de fios utilizados. Fazer seda, por exemplo, requer uma quantidade enorme de fios muito finos para tramar uma peça de 1 m². Uma peça com a mesma área, porém utilizando fios mais grosseiros, acaba por exigir uma quantidade menor de matéria-prima e apresenta textura mais grosseira.

A mesma lógica se aplica às telas. Quanto mais próximos forem os pixels, mais uniforme – e com mais qualidade – será a imagem exibida.

Misturando tudo

Ao considerar juntamente resolução e densidade de pixels é possível chegar à medida de definição da imagem.

Se a qualidade de uma imagem pode ser medida através da quantidade de pixels existentes na tela (resolução) que a exibe, e também pelo número de pixels em cada unidade de área ocupada pelo monitor (densidade), fica fácil entender que os maiores valores possíveis para essas duas características oferecem a melhor imagem possível para uma tecnologia.

Fonte da imagem: Apple / Divulgação

Por exemplo, a tela do iPhone 4 – conhecida como Retina Display – apresenta uma das melhores qualidades de imagem entre todos os smartphones do mercado. O aparelho conta com resolução de 960 x 640 pixels em uma tela com diagonal de 3,5 polegadas. Fazendo a divisão desses valores, chega-se a uma estonteante densidade de 326 PPI.

Manter à distância

Dependendo da densidade de pixels de uma tela, a distância mínima para aproveitar totalmente a qualidade de imagem pode mudar. É essa a razão porque algumas TVs muito grandes – 40 polegadas ou mais – exigem uma sala com dimensões consideravelmente grandes para oferecer a imagem esperada.

Quando o espectador se aproxima demais da tela, o “dot pitch” dos pixels começa a ser mais nítido e em alguns casos, como em telas de densidade muito baixa, pode até mesmo gerar descontinuidade na imagem e acabando com toda a beleza dos 1080p. Resolver isso, entretanto, é bem fácil: basta se afastar da tela até a distância recomendada.

O ponto certo

Para descobrir qual a distância ideal para assistir à sua TV, você só precisa saber o tamanho da diagonal de imagem e a resolução máxima obtida na tela. Para telas Full HD (com pelo menos 1080 pixels na vertical), é necessário de 1,6 a 2,4 vezes a diagonal para visualizar corretamente a imagem. Já telas 720p, a distância varia de 2,4 a 3,5 vezes a diagonal.

Por exemplo, uma TV de 32 polegadas tem, aproximadamente, 81 centímetros de diagonal. Se a tela for capaz de apresentar 1080p, a distância indicada varia entre 1,30 e 1,90 metros. Para uma tela 720p de mesmo tamanho, deve-se ficar a pelo menos 1,94 e a não mais que 2,83 metros de distância para aproveitar a imagem completamente.

O que esperar?

Existem várias maneiras de melhorar a qualidade de uma imagem na tela, e provavelmente nenhuma é tão difundida quanto o Anti-Aliasing. O processo que transforma imagens serrilhadas em curvas suaves é praticamente uma ilusão de ótica criada pela placa de vídeo.

O Anti-Aliasing gera pixels de cores intermediárias próximos a regiões do contorno de um objeto. Desde curvas simples como um círculo até o detalhes de uma serifa tipográfica, todo elemento que for filtrado em Anti-Aliasing assume um contorno mais natural e próximo à curvatura esperada pelos olhos.

Porém, essa filtragem – que consome muitos recursos da placa de vídeo – está com os dias contados. Apesar de não ser possível determinar quando o filtro se tornará desnecessário, já se sabe que, com o aumento da densidade de pixels de uma tela, chegará o momento em que mesmo contornos “imperfeitos” não serão registrados pela visão limitada do olho humano.

…..

300 PPI formam – de maneira geral – o limite da percepção humana em termos de densidade de pixels. Chegará um momento em que a quantidade de pixels exibida em uma tela será tão grande que não fará diferença para o usuário, e isso está mais próximo de ocorrer do que se imagina.

O próprio iPhone 4 mencionado anteriormente ultrapassa a marca de 300 PPI, assim como outros eletrônicos de menor impacto comercial. Ainda assim, cientistas e o mercado indicam que a experiência obtida com essas telas – mesmo que de maneira subjetiva – é muito superior àquela conseguida com telas menos densas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*