Como avançar na vida (com imagens)

Precisamos ter sempre em mente que tudo passa, tanto a felicidade como a tristeza, por isso é necessário aproveitar cada momento da vida da melhor forma possível.

Diante disso, selecionamos várias frases de tudo passa para te fazer refletir sobre a duração de tudo o que acontece em sua vida e o quão necessário é continuar seguindo sempre em frente. Confira!

Frases de tudo passa para refletir sobre a efemeridade das coisas

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Aprenda a aceitar que tudo passa, que a vida compreenderá os seus desejos e concederá mais bênçãos em sua jornada.

Tudo passa, tudo é recomeço. O fim de todas as coisas está sempre a um passo de acontecer e o que realmente importa é a lição que você terá de tudo isso.

Ei, seja qual for o motivo que esteja te entristecendo, lembre-se: nada é para sempre. Tudo passa. E amanhã é um novo dia.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Fica a certeza de que tudo passa. Cedo ou tarde tudo se desenrola e se acomoda como tem que ser.

Tudo passa, tudo muda, nada é para sempre.

O tempo passa e tudo que vem também vai, por isso devemos aproveitar cada segundo que vivemos ao máximo.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Na vida tudo passa, mas nem tudo a gente esquece.

No final, tudo passa. Todas as decepções, amores, dores, tudo. A vida está em constante movimento e nenhuma alegria – tampouco tristeza – tem a força de ser eterna.

O tempo passa, as pessoas passam, tudo passa muito rápido, então não ache que a sua dor não vai passar.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Tudo passa, mas o amor de Deus permanece.

Já que tudo passa, passa lá em casa hoje.

Tudo passa ao passo e ao tempo suficientes para aprender com tudo que passou.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Calma, logo passa, sempre passa, tudo passa.

Aconteça o que acontecer, os dias ruins passam, assim como todos os outros.

Tudo passa. Chuva passa, tempestade passa, até furacão passa. Difícil é saber o que sobra.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Tudo é questão de tempo. Tudo passa.

Tudo passa. O amor esfria, a lágrima seca, a saudade acaba, o sorriso se renova e a vida muda.

A vida é o trem e não as estações. Tudo passa. Tudo fica para trás.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

A vida é um sopro e tudo passa!

E mesmo que demore, vai passar, como tudo na vida passa.

Tudo na vida passa. Se está em um momento difícil, alegre-se, vai passar. Se está em um momento feliz, aproveite, também vai passar.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

É engraçado como tudo passa, menos a saudade.

Tudo na vida passa, haja o que houver continue seguindo sempre, firme e forte.

Tudo passa na vida, só não deve passar a nossa vontade de servir, amar e perdoar.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Na vida tudo passa, menos o amor que eu sinto por você. Esse não vai passar nunca.

Na vida tudo passa, só não podemos passar pela vida!

Seja o que você estiver vivendo em sua vida, saiba de uma única coisa… Vai passar.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Mãe é o amor que fica quando tudo passa.

Se tudo passa, talvez você passe por aqui.

Tudo na vida passa, nem que seja por cima de você, mas passa.

Tenha resiliência, porque tudo passa.

Se um dia você lembrar que na vida tudo passa… Lembre-se que eu passei, mas com uma vontade enorme de ficar.

Tudo passa, exceto o amor e as vontades de comer e dormir.

Tudo passa e amanhã só existirá felicidade no seu coração.

Tudo na vida passa, menos a vontade de ser rico.

Quando você estiver triste ou sem saber para onde ir, lembre-se: tudo passa.

Resiliência: capacidade de se recuperar de situações de crise e aprender com ela. É ter a mente flexível e o pensamento otimista, com metas claras e a certeza de que tudo passa.

Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia. Tudo passa, tudo sempre passará!

Dizem que tudo passa e o tempo duro tudo esfarela.

Frases selecionadas por Fernanda Rigoto.

O vírus mais perigoso do mundo

Caos. Fome. Pobreza. Brutalidade. Violência. Tristeza. Bilhões batalhando apenas para sobreviver. A vida parece um filme de terror. O vírus mais perigoso do mundo tomou conta de tudo e todos, atrapalhando os avanços que a raça humana tinha plena capacidade de realizar. O futuro é sombrio, e as pessoas perderam a esperança. O foco é um só: não morrer. A vida perdeu o brilho.

Não estou falando do novo Coronavírus. É claro que temos de ser cautelosos em relação a ele também, tomando as precauções necessárias. E é óbvio que os governos têm de agir com firmeza contra a propagação exponencial dele.

Estou confiante de que, no Brasil, a situação não será tão grave como foi em países como a Itália, talvez o exemplo mais triste do potencial destrutivo desse germe; mas, a despeito de todos os esforços empreendidos em nossa nação, é possível que enfrentemos severas restrições nas próximas semanas ou nos próximos meses. Você, eu, todos nós temos de estar prontos para isso.

Tampouco me refiro à pandemia provocada pelo Influenza em 1968, quando o número de mortos pela gripe chegou à casa do 1 milhão, ou à peste bubônica, que no século XIV ceifou a vida de aproximadamente 200 milhões de homens, mulheres e crianças, em três continentes .

Para efeito de comparação, até agora, dos que padeceram da doença provocada pelo Covid19, pouco mais de 6.470 faleceram, o que indica uma taxa de letalidade similar à da dengue, de 3,8%, a qual aumenta conforme a idade do paciente. A tuberculose, por sua vez, mata anualmente cerca de 2 milhões de indivíduos.

A gripe comum, sozinha, leva 650 mil pessoas a óbito todos os anos.

Minha intenção, aqui, não é reduzir a relevância do Coronavírus. Uma única vida a menos já é demais. Ora, estamos falando de pais, avós, mães e filhos nesse rol de milhares falecidos! Muito triste. As famílias de cada um deles têm meus sinceros sentimentos. Deve ser uma dor inimaginável.

Contudo, embora eu lamente profundamente cada vida perdida para os surtos, epidemias e pandemias enfrentadas pela humanidade ao longo da história, tenho de lembrar que há um agente mais nocivo do que todas elas juntas. É um agente que sempre existiu, mas que não tem natureza biológica.

Não se transmite pelo ar, por relações íntimas ou pela picada de um mosquito. Esse “germe” não é contagioso no sentido estrito do termo, mas pode ser transmitido de pessoa a pessoa com muita, muita facilidade. O maior “vírus” de todos os tempos é o medo.

O cenário apocalíptico ao qual me referi no início do texto remete ao que seria de nossas vidas se todos estivéssemos travados, atingidos em cheio por ele.

E olhe que, até certo grau, sentir medo é algo positivo. Reflete prudência, virtude essencial em alguns contextos. O medo nos obriga a agir de forma preventiva – exatamente como estamos fazendo neste momento, quando a ameaça do Covid19 avança sobre todo o globo.

O problema é que, se o temor e o receio ultrapassam o razoável, nos paralisam.

Reflita comigo: um mundo tomado pelo medo seria um lugar onde as pessoas voltaram as costas a toda inovação que havia nos conduzido ao que chamamos de modernidade; um local onde uma proporção cada vez maior de gente teria o mínimo de dignidade.

Não fossem as invenções e descobertas dos últimos milênios, que ocorreram graças à coragem de quem avançou apesar do medo – de errar, de ser objeto de críticas, de ser morto pelos poderosos de sua época –, não teríamos chegado aos dias de hoje usufruindo de tanta qualidade de vida.

Diga o que quiser, mas é preciso reconhecer: vivemos na melhor era da história humana. Nunca estivemos tão prontos para enfrentar um desafio biológico como o do novo Coronavírus. Basta pensar que, antes, pandemias matavam dezenas de milhões de pessoas em poucos meses ou anos.

O mundo, tal como o conhecemos hoje, no qual há menos miséria, fome e doença, só existe porque inúmeros indivíduos, em sua época, não se renderam ao medo. Ao contrário: desafiaram crenças, dogmas e adversidades e inovaram de alguma forma que se mostrou positiva para a coletividade.

“Um dos efeitos do medo é perturbar os sentidos e fazer que as coisas não pareçam o que são”. Com a frase do poeta castelhano Miguel de Cervantes não estou defendendo que devemos deixar de temer o perigo. Nada disso.

Já disse outras vezes e repito: ter medo é absolutamente normal. O que quero é passar a mensagem de que devemos agir e avançar apesar dele.

Precisamos reverter a influência negativa do temor para alcançarmos resultados positivos.

Ninguém sabe ao certo o que nos espera nas próximas semanas e nos próximos meses.

Vou ser absolutamente sincero com você, concurseiro: a tendência é que dezenas de certames sejam suspensos Brasil afora e alguns editais deixem de ser publicados até que seja possível definir uma data segura para aplicação das provas.

Pode ser, até, que um ou outro seja publicado sem data de prova marcada. O Distrito Federal deu o primeiro passo: a prova para a PCDF foi adiada por tempo indeterminado.

E olha que esse é um dos maiores concursos do ano! São Paulo também anunciou restrições a aglomerações, e outras unidades da Federação devem seguir essa tendência como medida preventiva. Talvez estejamos apenas no início de um período sem precedentes, em que centenas de provas serão adiadas por puro receio da propagação de uma doença que pode colapsar o sistema de saúde.

Nesse contexto, muitas pessoas, com medo do que pode acontecer, vão desacelerar bastante. Boa parte delas provavelmente serão ainda mais radicais, desistindo dos seus sonhos e parando com os estudos de vez. Não cometa esse erro, meu amigo, minha amiga.

Este é um ponto de inflexão na história, e pode ser também na sua vida. Quem persistir agora estará mais bem-preparado quando as seleções voltarem a ocorrer, reunindo mais condições de aparecer no rol dos aprovados assim que os primeiros resultados forem publicados.

E pode acreditar: a retomada vai acontecer, mais cedo ou mais tarde, e em massa. As provas serão quase semanais, como forma de compensar os períodos de restrição. Eu sei do que estou falando, caro leitor. Posso ver: choverão oportunidades, mas muitos candidatos lamentarão o tempo perdido.

Leia também:  Como ajustar os faróis do carro: 9 passos (com imagens)

E tudo que tinham de fazer durante a crise era continuar estudando.

Hoje temos uma enorme vantagem que não existia vinte anos atrás: a educação a distância – ou educação digital, como preferimos dizer aqui, no Gran Cursos Online. Qualquer um pode estudar quando e como quiser, sem sair de casa e, o melhor, sem se expor ao risco de contrair uma doença como a que assusta tanto atualmente.

No Gran, seguiremos nossa programação de aulas normalmente, com eventos ao vivo, simulados e conteúdo para você continuar firme em sua preparação. Os adiamentos de prova, por mais difíceis que sejam de digerir, podem se converter na grande chance que você esperava para estar realmente pronto no dia “D”.

Esse tempo a mais que você terá de esperar pode ser, na verdade, uma bênção.

Quer saber de um dado curioso? Em 2013, o concurso de Escrivão da PCDF também precisou ser adiado. Claro que não pelo mesmo motivo de agora, mas o resultado foi o mesmo: a prova teve de ser remarcada.

E veja que coisa: foi nesse concurso que um de nossos coaches, Micael Portela, ingressou na carreira que o levou aonde está hoje. Ele nos revelou que não tinha bagagem suficiente para ser aprovado se tivesse feito a prova na data original.

Então, seguiu estudando e acabou conquistou a sonhada vaga. O mesmo pode acontecer com você, se persistir agora.

Não se renda ao medo. Não desista. Passaremos juntos por este momento difícil, e venceremos!
Percebe como acaba de se abrir uma enorme janela de oportunidade para você? Se sim, comente abaixo: “Vou vencer o medo”, e siga em frente conosco!

¹ https://www.mphonline.org/worst-pandemics-in-history/
² https://exame.abril.com.br/brasil/da-raiva-a-colera-as-doencas-infecciosas-que-matam-mais-que-o-coronavirus/

Referência: World Health Organization : Novel Coronavirus (COVID-19) Situation:  https://experience.arcgis.com/experience/685d0ace521648f8a5beeeee1b9125cd

Mais artigos para ajudar em sua preparação:

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há mais de 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância

RECEBER NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Como Avançar na Vida (com Imagens)

Gabriel Granjeiro
Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online

Inova Escola

O estudante deve ter espaço e apoio para dedicar-se aos seus interesses e objetivos de vida

Trabalhar com “projetos de vida” dentro da escola é um complemento importante à personalização do ensino. Uma vez que você já sabe quem são os seus jovens, agora é preciso descobrir aonde eles querem chegar, para ajudá-los e orientá-los nesse caminho.

Mas, atenção! Não se trata apenas de perguntar: o que você quer ser quando crescer?

Todo ser humano pensa sobre sua vida, suas escolhas e seus planos. O estudante, que tem um futuro inteiro pela frente, depois de sair da escola, está com a cabeça fervilhando de ideias e sonhos o tempo todo.

  • Por exemplo: você se lembra de tudo que se passava na sua cabeça, quando tinha a idade deles?
  • Agora, imagine essa avalanche de informações, dia pós dia, vindas da família, dos amigos, da escola, da comunidade, junto à gama de conteúdos da internet.

Há uma enorme carga de expectativas e ansiedades sendo depositada no jovem que, provavelmente, não terá como lidar sozinho com tantas cobranças.

A transição entre a adolescência e a entrada na fase adulta pode trazer certa insegurança e confusão em relação aos próximos passos e as rotas a serem escolhidos.

Muitas dúvidas dos jovens, nesse período, podem ser minimizadas a partir de planos pensados e colocados no papel.

Como já sabemos, os estudantes têm biografias muito distintas e, além de todas as informações que eles consomem diariamente, os rumos que suas vidas vão tomar são cada vez mais variados. Para muitas pessoas, pensar no futuro, fazer planos é algo natural. Organizar-se para sua realização, entretanto, normalmente é um grande desafio.

Enquanto, no passado, a escola buscava uniformidade de resultados para gerar operários capazes de participar da economia industrial, hoje em dia dependemos muito mais da pluralidade para melhorar um novo mercado e a qualidade de vida. No mundo atual, com o amplo crescimento do conhecimento humano, não é mais possível passar por todos os conteúdos importantes à vida escolar de um estudante.

  1. O essencial é que ele aprenda a identificar o que precisa, num determinado momento, e como acessar aquela informação para avançar.
  2. Quando personalizamos o ensino, a escola cria uma cultura de dar a oportunidade para que os estudantes possam se dedicar ao desenvolvimento dos próprios interesses, com o apoio e a orientação do professor, em busca do autoconhecimento e de metas pessoais.
  3. Construir caminhos é construir o aqui e agora, ajudando os jovens a entender sua relação com tudo que os cerca, buscando soluções para as questões que os incomodam, neste momento, e incentivando-os a refletir sobre as consequências de suas opções.
  • Caminhos percorridos
  • 1Trabalhar as competências do século XXI
  • Além das necessidades acadêmicas dos alunos, a escola deve estar focada no desenvolvimento integral de cada jovem, ajudando-o a progredir em diversas dimensões e, sempre que possível, a materializar seus sonhos.

Já deve ter ficado claro, mas é sempre bom enfatizar: dedicar-se ao projeto de vida dos estudantes também significa trabalhar com as competências para viver com sucesso neste século. Autonomia, estabilidade emocional, sociabilidade, capacidade de superar fracassos, curiosidade, perseverança… Estes são apenas alguns exemplos de valores que precisam ser abordados com os jovens.

Exemplos de quem já faz

O Colégio Estadual Chico Anysio, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), possui uma proposta curricular inovadora para o ensino médio, em tempo integral, criada pelo Instituto Ayrton Senna.

O objetivo é enfrentar os maiores desafios dessa fase escolar, como a evasão, causada por vários motivos, dentre eles a falta de atratividade da escola e a desconexão entre o currículo escolar, as competências necessárias para o trabalho, o convívio em sociedade e a continuidade dos estudos.

Para isso, a equipe do colégio foi capacitada com um curso de formação focado em metodologias integradoras, recebendo suporte técnico e pedagógico para o desenvolvimento de todos os aspectos necessários para uma educação alinhada com as necessidades da geração do século XXI.

Entre as abordagens inovadoras contempladas na proposta estão: a integração das áreas do conhecimento; o desenvolvimento do protagonismo juvenil e da autonomia do aluno, por meio de projetos interdisciplinares; projetos de vida e momentos de autogestão; equilíbrio entre o trabalho com competências acadêmicas (intelectuais) e as do século XXI; e utilização de tecnologias digitais.

Como Avançar na Vida (com Imagens)

2 Trabalhar por projetos

O projeto de vida está muito ligado à aprendizagem baseada em projetos, uma prática que detalhamos no capítulo “Personalização do ensino”. Ao realizar essas atividades, a escola contribui para mapear os interesses de cada aluno, ajudando-o a delinear seus principais anseios de vida e a encontrar meios para colocá-los em prática.

O professor mentor pode contribuir muito para isso, ao relacionar os objetivos dos projetos escolhidos pelos jovens a temas como: desenvolvimento pessoal, planejamento educacional, orientação para o sucesso acadêmico e planejamento da carreira.

>>O projeto de vida está muito relacionado à transformação social. O próprio trabalhar com aprendizagem baseada em projetos passa por pensar em projetos para melhora da vida deles, não apenas a construção de uma maquete, por exemplo.

Quando conversamos com os professores sobre por que eles queriam mudar, eles falaram de como a escola tinha que ser um lugar onde as crianças são felizes agora. Se temos um projeto de vida, ele está relacionado ao presente e à melhoria da vida dele nesse momento.

Nesse horário, focávamos nos sonhos que eles traziam e trabalhávamos juntos que caminhos eles poderiam percorrer para realizá-los, desde que disciplinas eles deveriam focar até mesmo que escola de ensino médio seria mais interessante para eles, depois de saírem do GEC.

Muitas situações eram resolvidas no momento de projeto de vida e os resultados eram sentidos durante as aulas. Os estudantes criavam elos muito importantes entre eles, se ajudando e progredindo juntos. O formato do momento foi mudando com o tempo. Hoje, por exemplo, sei que eles utilizam diários. Trabalhar o projeto de vida não tem receita.

Cada grupo vai criando a sua forma de construir esse momento.

Quando você mexe com o emocional do estudante, você começa a descobrir muitas coisas diferentes do que você tinha naquela sala, onde estava todo mundo sentadinho, um atrás do outro, né? Muitos projetos (aprendizagem baseada em projetos) saem na linha da agricultura, a questão de criação dos animais e outros assuntos relacionados ao campo, muito próximos à realidade das famílias deles. Não são todos os estudantes que se interessam por essas questões, mas são muitos. Tem um grupo de pais voluntários que trabalham para preparar os estudantes para fazer o exame da escola técnica. O que eu vejo é que as crianças começam a pensar em seus projetos de vida. O que elas querem da vida, o que elas querem estudar, o que elas não querem. As crianças saem com vontade de aprender quando sentem prazer nisso. Temos um grupo de estudantes que adora as aulas de grego e latim, por exemplo.

Câncer de Pulmão

Como Avançar na Vida (com Imagens)

O câncer de pulmão é um dos mais comuns de todos os tumores malignos, afetando desde a traqueia até a periferia do pulmão. É considerada uma das principais causas de mortes evitáveis, pois 90% das pessoas que o desenvolvem fumam ou fumaram no passado. Todos os anos, há um aumento de cerca de 2% nos casos de câncer de pulmão no mundo.

A classificação para o câncer de pulmão é feita de acordo com o tipo de células afetadas, como os bronquíolos ou os alvéolos. Existem diversos tipos desta neoplasia, e eles são divididos em dois grupos:

Câncer de células não-pequenas:  mais comuns, têm três subtipos: carcinomas de células escamosas, adenocarcinomas e carcinomas de células grandes.

Câncer de células pequenas: são mais raros e têm comportamento mais agressivo.

Ele se espalha pelo sistema linfático, onde as células cancerígenas entram nos vasos linfáticos e começam a se desenvolver nos gânglios linfáticos ao redor dos brônquios e no mediastino (parte central da caixa torácica). Ao atingirem os nódulos linfáticos, provavelmente essas células já se disseminaram para outros órgãos do corpo.

Leia também:  Como brincar com seu coelho de estimação: 9 passos

Estatísticas

Todos os anos, mais pessoas morrem de câncer de pulmão do que se combinarmos os de mama, colorretal e próstata. Confira as estatísticas:

  • 2 em cada 3 pessoas que recebem este diagnóstico tem mais de 65 anos de idade.
  • A chance de um homem, fumante ou não, desenvolver o câncer de pulmão é de 1 em 13.
  • Homens de raça negra tem 30% mais de desenvolver a doença.

Sintomas

Os sintomas mais frequentes no câncer de pulmão são a tosse e o sangramento pelas vias respiratórias. No entanto, os sintomas podem ser diferentes de acordo com a localização do tumor no órgão. Confira outros sintomas:

  • Dor contínua no tórax.
  • Falta de ar, também chamada de dispneia, em atividades do dia a dia, como tomar banho, ou até em repouso.
  • Inchaço no pescoço ou na face.
  • Perda repentina de peso.
  • Pneumonias de repetição ou “mal curadas”.
  • Presença de sangue no escarro (hemoptise), juntamente com a tosse.
  • Rouquidão por mais de uma semana.
  • Tosse: geralmente seca e contínua por mais de três semanas. Nos fumantes, a tosse crônica muda, tornando-se mais intensa ou ocorrendo em horários diferentes dos habituais.

Vale lembrar que alguns sintomas do câncer de pulmão são comuns às infecções pulmonares. Além disso, muitos fumantes apresentam esses sintomas como consequência da bronquite crônica ou do enfisema pulmonar. Por isso, para um diagnóstico preciso, procure um médico.

Fatores de Risco

Os derivados do tabaco originam 90% dos casos de câncer de pulmão. Comparados aos não fumantes, os tabagistas têm cerca de 20 a 30 vezes mais risco de desenvolver a doença.

Os fumantes passivos também aumentam o risco de desenvolver esse tipo de câncer, sendo que têm três vezes mais chances de desenvolver a doença do que uma pessoa não exposta a cigarros, cachimbos, charutos ou narguilé.

Outros fatores podem estar ligados ao câncer de pulmão, como:

  • Exposição contínua à poluição do ar
  • Infecções pulmonares de repetição
  • Deficiência ou excesso de vitamina A
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica, como enfisema pulmonar e bronquite crônica
  • Fatores genéticos
  • Alimentação rica em gorduras e pobre em frutas e verduras.

Prevenção

Para prevenir o câncer de pulmão é preciso evitar os fatores de risco. Veja algumas atitudes importantes para diminuir os riscos de adquirir a doença:

  • Não fume: o tabagismo é o fator de risco mais importante para o câncer de pulmão. Os fumantes têm cerca de 20 vezes mais chances de adquirir o risco de câncer de pulmão. O risco aumenta com o número de cigarros consumidos durante o dia e o tempo de vício.
  • Evite o fumo passivo: expor-se a fumaça do tabaco sem ser fumante também é um fator de risco. As pessoas que inalam o fumo passivo estão expostas aos mesmos agentes causadores de câncer.
  • Consuma betacaroteno: alimentos de cor alaranjada como a cenoura são ricos em betacaroteno. A suplementação de betacaroteno em pessoas fumantes pode diminuir o risco de câncer no pulmão.
  • Reduza a exposição a alguns tipos de elementos químicos: substâncias como amianto são extremamente prejudiciais e não existem níveis seguros para o seu contato. Trabalhadores que precisam lidar com esse tipo de material precisam ficar atentos a medidas de segurança para evitar o contato.

Tratamento

O tratamento para o câncer de pulmão varia conforme o tipo da doença. Se o câncer estiver classificado como de células pequenas, em estágio inicial, indica-se a quimioterapia com combinação da radioterapia no tórax. Em casos avançados, a cura é muito difícil e há controle da doença e melhoria na qualidade de vida.

No caso de câncer de pulmão de células não pequenas, a intervenção cirúrgica juntamente com a quimioterapia é a principal forma de tratamento. O cirurgião retira um lobo do pulmão e remove os linfonodos. Na fase IV a principal finalidade do tratamento é controlar a doença e há duas opções de tratamento: terapia-alvo e quimioterapia.

Diagnóstico

Muitas vezes, diagnosticar precocemente o câncer de pulmão é tarefa difícil, já que a doença somente começa apresentar sintomas quando já está em fase avançada. Por isso, somente 20% dos casos são diagnosticados precocemente.

Outra dificuldade do diagnóstico é que não existem sinais específicos do câncer de pulmão, já que os sintomas são os mesmos que de outras doenças respiratórias relacionadas ao fumo, como enfisema pulmonar, bronquite e pneumonia.

Por isso, o diagnóstico do câncer de pulmão busca avaliar o aspecto radiológico do tumor. Em geral, é feito por tomografia de tórax ou radiografia de tórax, por ser a maneira mais direta e prática.

A biópsia é necessária para confirmar o diagnóstico, uma vez que imagens suspeitas podem indicar algo benigno, como uma cicatriz ou infecção. Sendo assim, é realizada a broncoscopia (endoscopia respiratória). O exame consegue olhar no interior dos brônquios e realizar biópsias de áreas suspeitas. Em alguns casos, retira-se uma pequena amostra de tecidos das lesões para análise.

Há também a possibilidade da biópsia guiada por tomografia. Ela é utilizada em casos que o tumor está mais próximo da caixa torácica.

Outros exames que podem ser solicitados são: cintilografia óssea, na qual há injeção de um líquido na veia que possibilita o rastreamento do esqueleto por meio de imagens; tomografia computadorizada, para identificar a extensão do tumor; e ressonância magnética do cérebro, para averiguar a existência ou não de metástase.

Estadiamento

Uma vez confirmada a doença, é feito o estadiamento, que é medir a evolução do câncer de pulmão e verificar se ele está restrito ao órgão ou disseminado por outros lugares do corpo. Os mais comuns são cérebro, fígado e ossos. O estadiamento é feito por meio de vários exames de sangue e radiológicos, como a tomografia computadorizada.

Esses exames vão verificar qual é o estádio do câncer de pulmão, sendo que são sete: IA, IB, IIA, IIB, IIIA, IIIB e IV.

O primeiro caracteriza tumores muito pequenos, menores que 2 cm, e restritos ao órgão.

A escala vai aumentando progressivamente de acordo com a extensão da doença, até se chegar ao estádio IV, que caracteriza tumores avançados com comprometimento de outros órgãos (metástases).

Perguntas frequentes

Qual é a principal função dos pulmões?

Eles são responsáveis pelo processo da respiração. O ar entra nos pulmões pela traqueia, passando pelos brônquios e, depois, pelos alvéolos. Os pulmões levam oxigênio para o interior do corpo humano, e transportam gás carbônico para fora.

O câncer de pulmão tem cura?

Sim. Quanto mais cedo o câncer for diagnosticado, maiores são as chances de cura. Por isso, é importante ficar atento aos sinais e evitar o principal fator de risco: o tabagismo, que envolve o consumo de cigarros, charutos, cachimbos e narguilé.

  • Quais os tipos de câncer de pulmão?
  • O câncer de pulmão é um carcinoma e pode ser dividido em dois grandes grupos: carcinoma de células pequenas (que corresponde a cerca de 15% dos casos), pode evoluir de forma acelerada e geralmente é mais agressivo; e o câncer de pulmão de células não-pequenas, que é o tipo de tumor de pulmão mais comum (80% dos casos) e possui três subtipos principais:  adenocarcinoma, carcinoma de células escamosas (carcinoma epidermóide) e carcinoma de grandes células.
  • Como são avaliadas as fases do câncer de pulmão?

 O câncer de pulmão é dividido em quatro estágios: sendo o I o mais precoce e o IV o mais avançado.

Os exames solicitados são:  cintilografia óssea, na qual há injeção de um líquido na veia que possibilita o rastreamento do esqueleto por meio de imagens; tomografia computadorizada, para identificar a extensão do tumor;    e ressonância magnética do cérebro, para verificar se não houve metástase.

Quais são as complicações desse tipo de câncer?

As complicações dependem do tamanho, local da lesão e se substâncias produzidas pelo tumor são liberadas na corrente sanguínea. O crescimento tumor pode invadir ou obstruir estruturas respiratórias, vasculares ou nervosas, além do potencial de hemorragia.

Alguns sintomas podem ocorrer em decorrência de elementos secretados pelo tumor ou dos locais das metástases.  Se o câncer avançar, pode causar insuficiência respiratória causada pelo excesso de líquido na cavidade pleural. Se avançar pelo coração e fígado, pode comprometer o desempenho desses órgãos.

Pressionando o sistema nervoso central ou coluna, causa paralisia, lesões e deficiência de movimentos.

Fui fumante pode vários anos e nunca apresentei nenhum sintoma. Devo procurar um especialista?

É importante procurar um médico para fazer um check-up anual. O rastreamento do câncer ainda é questionável. Entretanto, ele pode detectar a doença no estágio inicial, quando é mais fácil de ser tratada.

Tenho câncer de pulmão. Por que deveria parar de fumar agora?

Pesquisas demonstram que abandonar o tabaco traz diversos benefícios à saúde, como melhora na circulação sanguínea e diminuição da pressão arterial. Além disso, parar de fumar pode ajudar o organismo a reagir melhor ao tratamento. Fumar pode acarretar em outros tipos de doenças como câncer na boca, laringe, estômago, doenças respiratórias e problemas circulatórios.

Por que o câncer de pulmão é mais comum em homens?

Não há dados científicos que comprovem essa estatística. Acredita-se que esse tipo de câncer seja mais comum no sexo masculino porque os homens tendem a iniciar o hábito de fumar antes das mulheres.

Como Avançar na Vida

  1. 1

    Arme-se com sabedoria. Você pode aprender o que quiser, ou começar a compreender qualquer coisa que seja difícil, se realmente estudar sobre o assunto.

    Ler não irá custar nada se você for à biblioteca pública, e você também pode conseguir ótimos livros em bazares ou sebos.

    A internet também não é feita apenas para redes sociais – existe uma riqueza de conhecimento por aí, então fique por dentro dos grandes jornais em circulação para enriquecer seu conhecimento.

    • Ler faz com que você adquira novos pontos de vista e coloca seu córtex frontal lógico pra trabalhar.
    • Ler desenvolve seu conhecimento sobre o que está acontecendo ao seu redor, para que você possa lidar melhor com o que vier acontecer. Ler desenvolve sua linguagem, para que você tenha mais sucesso no mundo empresarial e possa se comunicar melhor com as pessoas que gosta.
  2. 2

    Descubra seus objetivos. Escreva pelo quê você está trabalhando, e o que você quer realizar em sua vida.

    Quais esforços você está fazendo para conseguir seus objetivos – e no que você preferiria trabalhar para construir seu futuro? Qual é a sua visão para o seu futuro e quais são os objetivos a completar para ter a vida que você quer? Embora você possa não descobrir o que realmente quer através de tentativa e erro, quanto mais firme for sua visão dos seus objetivos, melhor.

    • Objetivos grandiosos geralmente levam a uma realização maior. Considere objetivos que sejam baseados na espiritualidade, e menos em valores mesquinhos, como “ame o próximo como a ti mesmo”, “faça paz, não guerra”, “proteja a Terra”, “Ajude o próximo”, “Por um bairro mais seguro”, “Por uma família feliz”. No entanto, não há problema em querer ter o próprio negócio, ser sócio de sua própria empresa, ou qualquer coisa que o faria ficar mais satisfeito.
    • Bons exemplos sobre grandes objetivos seriam – “passar mais tempo com meus filhos”, “parar de brigar com minha esposa” “ir de bicicleta ao trabalho”, “jantar com minha família”, “rezar ou meditar todos os dias”, ou “conhecer melhor meus vizinhos”.
    • Objetivos criativos e artísticos também são mais saudáveis do que objetivos temporários ou mesquinhos. Ceder sua energia para artes criativas ou expressivas, como música, dança, jardinagem, artesanato, ou até criando uma bela casa ou negócio, pode dar a sua vida um rumo e às suas habilidades uma chance de fazer a diferença.
  3. 3

    Faça uma lista de tarefas a fazer. Escreva os dois objetivos mais importantes que você escreveu mais cedo, e trace um plano para alcança-los. Lembre-se que, embora seus objetivos possam ser grandes, você talvez tenha que tomar pequenas medidas ao longo do caminho para realiza-los.

    • Quer um emprego melhor? As pequenas medidas a serem tomadas seriam ir a reuniões sobre aconselhamento de carreira, fazer pequenos cursos fora do horário de trabalho, estudar sua área de atuação (vagas disponíveis, quais habilidades são requeridas…), escrever um curriculum vitae, praticar habilidades a serem usadas em entrevistas, aceitar os fracassos, e por aí vai.
    • Cole sua lista de tarefas a fazer em algum lugar de destaque, para que você a veja frequentemente, ou coloque os itens da lista em seu calendário nas datas que pretende completa-los.
  4. 4

    Desapegue-se do seu passado. Se você está se prendendo ao seu passado de uma forma que o prejudica, comece a se desapegar dele. Comece a perdoar as pessoas ou faça as pazes com aqueles você magoou. Vá à terapia ou a um grupo de autoajuda se você está perdido ou precisa de ajuda. Se precisar, converse com alguém para dar um ponto final nos problemas que porventura houveram.

    • Se sua vizinhança ou família o culpam por algo ou o incitam a comportamentos prejudiciais (como álcool, drogas), você precisa se distanciar dessas pessoas até ficar são.
    • Se o seu trabalha é humilhante ou abusivo, vá a grupo de aconselhamento de carreira (existem grupos baratos ou grátis na internet) e comece a trabalhar para melhorar sua situação o mais rápido possível.
  5. 5

    Desenvolva uma personalidade emocional positiva.

    Nada é mais prejudicial a um bom trabalho do que emoções negativas, que roubam suas energias e destroem suas esperanças! Mantenha um sentimento positivo ou inicie um diário de tudo aquilo pelo o que você é grato, onde você descreve ao menos três coisas positivas todo o dia. Fique mais atento à sua mentalidade negativa, e desafie-se a pensar diferente.

    • No fim das contas, todos nós precisamos de equilíbrio, mas se emoções negativas são um hábito seu, você deve ter mais pensamentos positivos para poder suprimir os negativos.
    • É normal sentir-se triste quando houver algum contratempo. Mas se você desenvolver uma atitude positiva, você estará muito melhor preparado para lidar com as adversidades, porque não as verá como o fim do mundo.
  6. 6

    Controle seu stress. Você pode estar muito estressado para pensar positivamente, ou para se concentrar no contexto geral da situação. Se stress está fora do controle em sua vida, tentar controla-lo deve ser sua prioridade nº1 antes de fazer qualquer outra coisa. Aqui estão algumas formas para começar a controlar seu stress.

    • Comece a cortar algumas de suas obrigações.
    • Delegue seu trabalho a outras pessoas (elas podem reclamar, mas no final ficarão felizes).
    • Reserve alguns momentos para relaxar, descansar, ou meditar.
  7. 7

    Siga seu caminho. Pode ser que exista um caminho que seus pais querem que você siga. Pode ser que exista algum caminho que todos os seus amigos do ensino médio ou da faculdade estejam seguindo, o que pode fazer com que você se sinta na obrigação de segui-lo também.

    Pode ser que exista um caminho que o seu parceiro(a) espera que você siga. Tudo isso pode ser bom e benéfico, mas no final, se você quer seguir em frente com a sua vida, você deve fazer tudo aquilo que o faz feliz, não aquilo o que você acha que as pessoas querem.

    Se você ainda não sabe o que quer, não tem problema, mas deve ser o seu objetivo descobrir exatamente aquilo que o faz feliz e quais são seus talentos.

    • Isso não quer dizer que você deva ir em frente e tentar ser um rockstar se você tem uma família de cinco pessoas pra sustentar e talento algum. Você deve achar um jeito de combinar o que é prático com aquilo que lhe trará satisfação. E se você estiver satisfeito em fazer algo que é completamente inviável, não há problema, também.
  8. 8

    Fale com alguém que já fez isso antes. Se você quer avançar em alguma área, quer seja na engenharia, finanças, ou teatro, uma das coisas que pode lhe ajudar muito é falar com alguém que já passou por onde você está e sabe os caminhos para o sucesso.

    Quer esta pessoa seja um membro da família, um supervisor legal da sua empresa, um professor, ou amigo de um amigo, mantenha seus olhos e ouvidos abertos e ouça a o que essa pessoa tem a dizer sobre como avançar em sua área, que tipo de experiência você deve ter, quem você deve conhecer, e todo e qualquer conhecimento que você deve obter.

    • Essa pessoa pode não ser capaz de oferecer o conselho perfeito para ajudar você a alcançar seus sonhos, mas mesmo assim você deve ser capaz conseguir algo útil ao ouvir a voz da experiência.
  9. 9

    Entre nas artimanhas do trabalho. Claro, você pode optar a não seguir as políticas empresariais porque você acha que elas são insignificantes e sem sentido, e que pode alcançar o sucesso unicamente por causa do seu talento.

    Esse é um ponto de vista legal e idealístico, mas a verdade é, se você quer avançar na vida, você deve entrar no jogo. Veja quem realmente está no comando em seu local de trabalho e tente ganhar essa pessoa sem puxar tanto o saco dela.

    Saiba quais habilidades são realmente necessárias para avançar no trabalho e tente desenvolvê-las. Saiba com quais pessoas não cruzar o caminho, mesmo que você discorde das ideias delas.

    • Pode parecer desagradável ou anormal tentar seguir as políticas empresariais, mas lembre-se que você está fazendo isso para alcançar objetivos maiores. Apenas não sacrifique sua integridade moral para chegar aonde quer.

Avançar

Cerca de 318 frases e pensamentos: Avançar

O luto não passa, pois a dor da saudade não acaba, se transforma ao avançar dos dias, as lembranças viram companheiras de estrada, e quando o abraço faz falta é só revirar as nossas lembranças e lá está o abraço, o colo, a palavra, o carinho….

Tenho um grande e valioso baú de lembranças, graças a Deus eu tive um pai inesquecível, tento todos os dias alcançar só um pouquinho o que ele fez e representa pra mim na convivência com os meus filhos.

O meu maior orgulho é ser filha do seu Edio !!

EdelziaOliveira.

Podemos escolher recuar em direção à segurança ou avançar em direção ao crescimento. A opção pelo crescimento tem que ser feita repetidas vezes. E o medo tem que ser superado a cada momento.

Abraham Maslow

Sempre existirão motivos pra ir além, seguir e olhar adiante sem temer. Sempre existiram razões para elevar-se anti às dificuldades e superar-se à si próprio. Eis o sentido da vida.

Paulo Gomes

Que eu possa também, saber a hora exata de parar e a de avançar. Que eu entenda sobre vôos que o criador me permite, assim como o momento de estar em solo. Que a sabedoria habite em mim, e que eu possa fazer bom uso do meu poder de decisão. Onde estiver independente da forma que for, que eu esteja atento aos céus, não apenas ao mundo terreno.

Matheus Maia

O Brasil precisa ainda avançar muito na definição do que é público. Infelizmente, entre nós, muita gente considera que público é sinônimo de sem-dono. É justamente o contrário: o público só não tem um dono porque tem todos.

Reinaldo Azevedo

Devemos reivindicar nossas forças místicas. Devemos avançar aos poucos, enfrentando as forças obscuras e tormentosas do escárnio e da resistência, quaisquer que sejam, fazer o que viemos fazer e ser quem viemos ser na Terra.

A opressão da mulher está longe de chegar ao fim e, muitas vezes, são as próprias mulheres que tornam o mundo ainda mais difícil para as outras. Mas este fenômeno irá desaparecendo à medida que as mulheres opressoras da outras se curarem do ódio a si próprias.

No outro lado desta selva brilha um dia glorioso sobre a Terra, quando nossas filhas não serão julgadas erradas por suas paixões nem refreadas por estarem explodindo de tanto poder, força e amor. (Marianne Williamson)

Marianne Williamson

Você só tem duas escolhas; avançar ou recuar. Mas não leve em conta apenas a opção que você prefere hoje, mas sim a vontade que Deus tem para a sua vida. Às vezes queremos avançar quando a ordem Dele é para recuar. Há também momentos em que só queremos recuar, quando na verdade Deus quer que a gente avance! Recuando ou avançando, seja feita a vontade de Deus e não a nossa.

Juliano Matos
< Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próxima >

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*