Como aumentar os pelos do peito: 8 passos (com imagens)

Eis um tema que desperta dúvidas constantes.

Algumas mulheres os acham excitantes, outras preferem os lisinhos. Sua mãe adora quando você faz o estilo babyface, já sua última namorada alucina no seu peitão cabeludo. Como em todo assunto que é relacionado a estética, este texto também não trata de certo ou errado, apenas de diferentes caminhos.

O que é possível dizer a respeito é que existem dicas preciosas que, com certeza, vão tornar a relação entre você e seus pelos muito mais harmônica e proveitosa.

Para começar, responderemos três questões cruciais sobre o assunto, vamos a elas:

Ter barba me deixa mais pegador?

Se a barba combinar com sua personalidade, ela mostrará de maneira mais rápida e eficaz a mensagem que você deseja passar pela sua imagem.

Dizer aqui, no texto, se você ficará mais feio ou bonito com ela soaria bem pretensioso. Seria necessário que eu o conhecesse pessoalmente, pois como tudo na vida, a barba só é positiva ou negativa mediante a uma referência.

Nenhuma característica estética funciona sem um referencial, portanto, reflita se as dicas são para sua personalidade e sempre desconfie de manuais de beleza.

Depilar é coisa de veado?

“Com certeza é algo bem gay, ontem mesmo raspei meu peito e hoje comecei a reparar como o cara dos correios tem um bronzeado sensual e umas pernas torneadas. Acho que estou com gaysolismo, preciso passar na farmácia pra comprar um remédio.”

Por favor, já estamos em 2014, amigo.

Você não será “mais” ou “menos” gay por causa de uma característica estética. Ser homossexual não é ruim, nem bom, é apenas o que é.

Aparei o saco com a maquininha do bróder, dei brecha?

A parceiragem pode ser total, mas esfregar as jóias da coroa na cara do camarada, mesmo que indiretamente, entra pro nível master de trairagem. Faz isso não, fera.

* * *

Respondidas essas perguntas fundamentais sobre o assunto, é hora de darmos 9 dicas (não inventarei uma a mais só pro número soar mais bonito) simples e muito úteis para que a relação entre você e seus pelos seja a melhor possível:

1. Não desenha não, campeão

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Se a barba domina uma região muito vasta do seu rosto e pescoço, é natural que você apare algumas partes mais que outras. Porém se tiver fartura de pelos, ela poderá ficar com um aspecto “desenhado” e artificial.

Ao invés de podar 100% das regiões indesejáveis, uma boa alternativa é deixar as partes que ficam próximas ao limite bem curtas, ao invés de totalmente raspadas. Assim, a divisão ainda estará lá, mas vai parecer mais natural e harmônico.

2. Até onde vai meu rosto?

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Você é adepto de pelos faciais, acha que é presença e dá um estilão, pois então trate de entender até onde eles devem ir.

Algumas pessoas preferem deixar a barba mais natural, mantendo parte dos pelos do pescoço. Outros preferem tê-la mais bem definida e optam por eliminar a parte que fica no pescoço.

Este segundo grupo costuma, por vezes, cometer um erro primordial – fazer a barba até a altura do osso do queixo ou até mais alto.

Ao fazer isso, tornam o rosto mais desequilibrado, pois alteram a sensação que temos de onde ele deve “acabar”. Isso prejudica a chance de sermos considerados atraentes, uma vez que torna nossa face menos proporcional com o corpo.

3. Eliminando o Noel Rosa em mim

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Ter um maxilar proeminente é uma característica importante para um rosto masculino ser considerado belo. Ele dá um aspecto mais másculo à estrutura facial e aumenta a aparência de força física (repare como a maioria dos galãs são queixudos).

Caso você não tenha nascido com um queixo campeão, não sofra. Sua barba pode ajudá-lo com isso.

Para que a solução funcione, é necessário fluidez. Portanto, nada de deixar aquele rabicho de bode só na ponta do queixo.

Se você gosta do visual da barba por fazer, o truque é simples. Apare-a como de costume, porém, na região logo abaixo do osso do maxilar deixe aparado com um número maior. Depois dela, na parte mais embaixo, volte a deixar bem curtinho, como em todo o resto.

Esse truque vai dar a sensação de sombra abaixo do queixo, deixando-o maior do que ele realmente é.

4. Seu rosto é canhoto?

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Beleza tem a ver com simetria. Quanto mais um lado do seu rosto for parecido com o outro, maior é a possibilidade de você ser considerado uma pessoa bela. O conselho a seguir é extremamente simples, porém poucos são os que o seguem.

Quando fizer a barba, é importante que a iluminação seja igual nos dois lados do rosto. Muitas vezes, utilizamos a luz de uma janela lateral para nos barbearmos. Isso acaba fazendo com que o lado mais escuro fique levemente diferente do lado mais claro.

Quando for se barbear ou mesmo aparar os pelos do corpo, faça isso diante de um espelho com luz homogênea (lâmpadas costumam estar no centro do espelho e são uma boa pedida), até mesmo se você estiver apenas passando uma maquininha geral em tudo.

Muitas vezes temos pelos que crescem em regiões sutilmente assimetricas e, ao estarmos iluminados por igual, podemos corrigir estas pequenas diferenças.

5. Tá falha? Raspa que engrossa!

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Quem nunca foi jovem e, depois de raspar o bigode pela primeira vez, ouviu dizer que quanto mais raspasse, mais grosso ficaria?

Pois é, amigão, a época em que ouvimos esta informação pode ter sido crucial para acreditarmos nisso. Como estávamos na adolescência, os pelos realmente só tendiam a aumentar. Por isso, tivemos a falsa sensação de que quanto mais raspávamos, maior a barba ficava.

Outro fator que contribuiu para esse mito é que a base dos pelos é sempre mais grossa que a ponta dos mesmos, por isso, ao raspá-los e passarmos a mão para senti-los, é nítido que estamos em contato com algo mais grosso do que era antes de apará-los. Essa sensação pode nos levar à ideia equivocada de que raspar pelos os tornam mais grossos.

Conclusão: sua barba é falha e ralinha? Assuma.

Ela pode não ficar bonita estando mais comprida, mas no estilão “barba por fazer” vai ficar ótima.

6. O cavanhaque nasal

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Normalmente, o lugar onde mais olhamos nosso rosto é no espelho do banheiro. A maneira mais comum é nos olharmos de frente ou então analisarmos alguma parte do rosto inclinando a cabeça em direção ao espelho para frente e para o lado (se você pensar nisso de verdade, aposto que irá até refazer estes movimentos agora mesmo).

O mais raro é nos olharmos inclinando a cabeça para a trás. Não fazemos isso pois não é uma posição natural do corpo e também porque, quando o fazemos, nossos olhos ficam mais distantes do espelho. Normalmente quando nos olhamos, é pra ver algo mais atentamente, provavelmente mais de perto. Por não termos esse hábito, muitos de nós acabam não checando como andam os pelos do nariz.

Se você tem mais de 20 anos e nunca cortou nenhum pelinho do nariz, é muito provável que em algum momento da sua vida, em alguma conversa bem próxima com aquela garota dos sonhos, tenha mostrado a ela um pouco mais do que somente suas intenções. E ela, provavelmente, deve ter visto pelo menos um pelinho rebelde dando “oi”, saindo do seu nariz.

Cativante, não?

7. Peludão, sim, mas com parcimônia

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Ser um peludão orgulhoso é possível e totalmente aceitável. É claro que algumas garotas podem não gostar tanto, mas com certeza existem mulheres que adoram.

Feita esta escolha, é importante que você, peludão, não ache que basta deixar sua natureza aflorar cabeluda por todos os cantos que estará tudo bem. Mesmo nesta condição é importante ter atenção à harmonia corporal.

Suas sobrancelhas são um só ser? Desgrude-as! Seu pescoço faz uma ligação direta entre sua barba e seu peito? Desgrude-os! Seus pelos no pescoço se ligam lateralmente com seus cabelos? Desgrude-os! Os pelos do seu braço de repente se transformam em pelos das axilas? Desgrude-os!

Enfim, se alguma parte do seu corpo se liga a outra por meio dos pelos, tudo o que você deve fazer é evitar que isso ocorra. Não tem nada a ver com higiene ou modismo.

Existem proporções corporais que nos são inconscientemente belas. E essa beleza está, na maioria das vezes, conectada à proporção entre as partes de um corpo. Quando os pelos ligam partes diferentes, prejudicam a maneira como as outras pessoas percebem sua proporção. Isso tornará mais difícil acharem você belo, esteticamente falando.

8. Peitos e pelos, a terceira via

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Não importa se o seu peito é aquele mar de pelos ou se faz o estilo tetas aquecidas. O fato é que ambos podem depilar tudo sem nenhum problema.

Ok, alguns podem ter problema com isso. Retirar todos os pelos tende a deixar a aparência de um gordo mais flácida ou a de um magro ainda mais franzino.

Muitas vezes pensamos que existem apenas duas opções quando se fala em pelos –  tê-los ou não tê-los – o que é um grande erro.

Existe a terceira opção: apará-los.

Ao invés de raspar geral, uma maquininha na 2 pode deixar você muito mais satisfeito. É uma maneira menos brusca de se alterar a percepção estética e, ainda assim, traz resultados significativos. Tanto o gordo como o magro irão se beneficiar desta opção, caso não desejem manter os pelos originais e nem retirá-los totalmente.

Como para tudo na vida, o bom senso é sempre uma ótima pedida.

Por fim, vamos à última dica, a pedra sacra dos conselhos, o Santo Graal da peludecência.

9. Suas bolas são do metal?

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Amigo, você nunca sequer aparou os pelos do seu saco? Se for este o caso, é bem provável que suas bolas estejam parecendo o baixista do System of a Down e, acredite em mim quando digo, isso não deve ser muito atraente.

Além disso, aparar as partes íntimas é um dos poucos casos onde o resultado de diminuir os pelos extrapola a estética.

A redução do excesso de pelos nessa região diminui o odor do local (ou você acha que só sua debaixo do braço?). Arrisco também a dizer que será uma medida que agradará a imensa maioria de mulheres que forem questionadas a respeito.

Não que seja necessário depilar e deixar lisinho, tenhamos compaixão. Apenas uma boa aparada e você já vai prestar um ótimo serviço à simpatia do seu camarada.

Faça o teste, meu amigo.

* * *

É isso, pessoal! Depois de um calhamaço de sugestões sobre o que fazer com seu pelos, ficamos por aqui.

Como sempre, espero que tenha sido útil ou, ao menos, divertido!

O papo segue nos comentários.

publicado em 03 de Junho de 2014, 08:50

10 Dicas para Deixar o Cabelo Masculino Crescer

Fala TIME, tudo certo com vocês? 🙂 Opa, bora começar a semana com Dicas? Que tal? Vocês sempre (sempre MESMO) pedem pra eu falar sobre isso, Como Deixar o Cabelo Crescer, e até hoje não tinha comentado por aqui no Macho Moda (até hoje hahaha).

Talvez porque eu já tive Cabelo Grande, né? Então posso falar com um pouquinho de experiência sobre o assunto! Pois bem, hoje separei o Espaço aqui no Blog pra de forma rápida e simples, passar 10 Dicas para Deixar o Cabelo Masculino Crescer. Bora agora pro post ver tudo no detalhe? GO o

Leia também:  Como beber café verde: 10 passos (com imagens)

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)
Como Deixar o Cabelo de Homem Crescer? Será que existe uma Formula Mágica? Posso tomar alguma coisa? É possível deixar o Cabelo Crescer Rápido? Quanto tempo demora pro Cabelo Masculino crescer? São várias as perguntas que já recebi de vocês, por aqui no blog, por email, enfim!

Até ano passado eu (Coloral) tive Cabelo Comprido, e em 2016 foi bem comprido mesmo, como na foto abaixo que separei pra vocês. Resolvi separar o espaço do post de hoje, para sintetizar em 10 Dicas Rápidas (e Sem Enrolação) um pouco da minha experiência e também o que pesquisei sobre Deixar o Cabelo Masculino Crescer, fechou?

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Na foto acima, eu (Coloral) com o Cabelo Longo em 2016.

► Vale a pena ler também: 
Cabelo Grande Masculino: 30 Inspirações de Penteados
Os Cortes de Cabelo Masculino para 2017, Dicas!
Cortes de Cabelo Masculino para cada Formato de Rosto

Vejam no detalhe as Dicas TIME o

01) Tenha Paciência
Deixar o Cabelo Crescer requer Paciência, não adianta! Seja qual for o tamanho desejado, você vai ter que estar convicto do que quer, ter bastante força de vontade pra encarar o desafio e ser paciente e criativo para passar por todos esses meses (ou anos) de espera.

Pelo que li, o comprimento do nosso cabelo aumenta, em média, 1 cm por mês, se ele estiver em seu estado normal, saudável. Por aqui já dá pra se ter uma ideia de mais ou menos quanto tempo vamos ter que esperar até nosso objetivo, certo?

Minha Experiência:
Eu não deixei meu cabelo crescer direto, lembro que tinha mês que cortava mais, ai deixava crescer por um tempo, enfim. Comecei a querer ter o cabelo maior lá pra 2009 e em 2015 ele chegou no objetivo que eu queria. Mas não foi direto, como comentei, então acho, que se eu tivesse feito tudo certinho, demoraria uns 2 anos pra chegar no resultado esperado.

02) Limpeza do Cabelo

Os Cuidados Diários com seu Cabelo são extremamente necessários. Então se você tem o cabelo mais oleoso (bem comum entre nós, homens) é importante deixá-lo sempre limpo, pois mesmo que os óleos naturais sejam importantes pros fios, pro crescimento dos fios, o excesso de oleosidade pode acarretar outros problemas para o couro cabeludo, que podem prejudicar o crescimento. Vale também durante o banho fazer uma massagem leve no Couro Cabeludo, para estimular a circulação sanguínea nos folículos.

Identifique o seu Tipo de Cabelo e procure por bons produtos, como Shampoo, Condicionador, enfim, ideais para você! Cada caso, é um caso, ok? O Shampoo que sua mãe, que seu pai, sua irmã ou quem quer que seja usa, pode não ser o mais indicado pra você, então é sempre bom ficar de olho nisso. Na dúvida, vale DEMAIS passar por um dermatologista para pegar as indicações certas e criar sua rotina de Cuidados.

Tem um post aqui no Macho Moda com várias Indicações de Shampoos Masculinos para cada tipo de Cabelo.

Minha Experiência:
Lá pra 2011, quando meu cabelo já estava pegando um tamanho bacana, lembro que tive Dermatite Seborreica no Couro Cabeludo, uma inflamaçãozinha que deixava algumas placas vermelhas, dava coceira e a pele descamava. Passei pelo dermatologista na época e ele me disse que essa doença pode ter sido causada por excesso de oleosidade no Couro Cabeludo. O tratamento foi tranquilo, não é um processo tão grave assim.

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

30 Inspirações de Cabelo Grande Masculino, bora se inspirar?

03) Corte o Cabelo com Regularidade
Deixar o Cabelo Masculino Crescer não é apenas ligar o botão do Fod*-se e tudo bem! haha É preciso SIM ir aparando, ir cortando periodicamente o Cabelo. Principalmente se você tem o cabelo bem curto, é legal ir todos os meses fazer a manutenção, depois que ele já ganha um comprimento bacana, o ideal é a cada 2 ou 3 meses dar aquela aparada haha

Não espera muito tempo pra cortar, até que seus fios fiquem fracos, é importantíssimo aparar as pontas, tirar as pontas duplas e fios quebradiços, pro seu cabelo crescer mais saudável, ok?

Além disso é preciso dar forma pro Corte, né? Mesmo deixando crescer, o processo todo é longo, então o cabelo vai ficando sem forma, estranho, sem corte. O ideal é definir com o seu cabeleireiro um objetivo e já ir modelando o Corte pensando no futuro, pensando no resultado final, ok? o

Minha Experiência:
Lembro que fiquei um tempão sem cortar meu cabelo enquanto deixava crescer e ele ficou BEM fraquinho, viu haha Muitas pontas duplas, fios quebrando facilmente, enfim. Mas depois que comecei a frequentar o salão com mais frequência, as coisas melhoraram pro meu lado hahaha 

04) Cuide bem dos Fios
Além dos cortes periódicos, outra coisa importante para Deixar o Cabelo Crescer é cuidar bem dos fios. Então vale demais trocar uma ideia com seu Cabeleireiro, pra criar uma rotina de Cuidados Pessoais bacana, sejam em casa e também com reforço no Salão, Studio, etc.

Para casa temos vários tipos de Máscaras e Cremes para Hidratação, que podem ajudar nesse processo ao longo dos meses e também vale realizar tratamentos para ajudar a dar mais vida aos fios, então, novamente, converse com um bom profissional para ele te indicar certinho essa rotina o

Minha Experiência:
Na minha época de deixar o cabelo crescer, eu fazia Hidratação pelo menos uma vez por mês no Salão e em um espaço maior de tempo Cauterização, que reestrutura os fios.

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

30 Inspirações de Cabelo Longo Masculino, bora se inspirar?

05) Alimente-se bem
Sim, sim, sim! Pode parecer besteira ou implicância, mas é muito importante comer bem para que seu cabelo cresça mais saudável. Afinal nosso organismo precisa de vários nutrientes, vitaminas e proteínas essenciais para funcionar corretamente e isso não muda pro nosso cabelo.

Então se você quer deixar seu Cabelo Crescer, procure se alimentar bem, com uma dieta bem variada em nutrientes e vitaminas, principalmente alimentos ricos em Vitamina A, Ômega 3 e Ferro. Vale comer Peixes, Ovos, Carnes, Feijão, Fígado, Beterraba, Cenoura, Tomate, Nozes e muitos outros.

AHHH! Outra coisa muito importante sobre dia a dia, que não é sobre alimentação, mas cabe encaixar por aqui, é a questão do cigarro, ele pode ser vilão TAMBÉM para quem quer deixar o Cabelo Crescer, deixando os fios mais fracos, ok? 

Minha Experiência:

Quanto a isso nunca tive problemas, pois sempre comi bem e de forma balanceada. Então realmente como de tudo TIME, como verdura, como salada, folhas, arroz, feijão, carnes, AMO peixe, frango, enfim, bora mandar ver nas refeições haha Ah sobre o cigarro, eu nunca fumei, então ok! 

Publicidade:

06) Suplementação
Existem alguns tipos de Suplementos alimentares que podem agir para o Fortalecimento do Cabelo e fazer com que os fios cresçam com mais Vitalidade e Força, como a Biotina, Colágeno, formulações com Zinco, Complexo B, enfim. Claro, que aliados á uma boa alimentação, beleza? Não adianta nada tomá-los e não se alimentar corretamente.

Segue alguns nomes de Suplementos que temos no mercado: Biotina, Lavitan, Imecap Hair, Pill Food, Pantogar, Innovelle, entre outros. É MUITO IMPORTANTE lembrar que pra tomar qualquer Suplementação, é necessário passar com um Médico antes, ok? o

Minha Experiência:

Tomei o Pill Food na época que tive a Dermatite Seborreica, para fortalecer a raiz e os fios do cabelo, acho que fiz uso do suplemento durante 3 meses, e realmente rolou muito bem pra mim, junto do tratamento complementar, eles resolveram o problema e lembro do meu cabelo crescer bem saudável, fios mais fortes, isso ajudou bastante, pois estava no processo pra deixar crescer a juba hahaha

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Que tal ver Inspirações de Cabelo Comprido Masculino, bora se inspirar TIME?


07) Produtos para Crescimento do Cabelo

Existem diversos outros Produtos para o Crescimento do Cabelo e alguns até para um Crescimento mais rápido, mas isso divide um pouco opiniões, acho que o mais famoso é o Monovin A, que MUITA gente já fez o uso e geralmente é misturado com o Shampoo, para criar um Shampoo Bomba, como se fosse um anabolizante pro nosso Cabelo.

Li casos por ai que dizem que o Monovin A fez o cabelo crescer até 8cm no mês (eita!), mas TOME CUIDADO! Esse composto nada mais é do que um Produto para Cavalos, sim, para Crina do Cavalo, ele é comprado em Lojas Veterinárias e basicamente possui BASTANTE Vitamina A em sua composição, por isso as pessoas começaram a usá-lo pra fazer o Cabelo crescer mais rápido.

Consulte um médico antes de realizar qualquer tipo de tratamento, ok? Existem diversas contra-indicações para esse uso.

Minha Experiência:

Pelo que já vi por ai, até com uma ex namorada minha, realmente o Monovin A ajuda no crescimento acelerado do cabelo, o que li é que o produto não pode ser utilizado diretamente, é sempre preciso misturar no Shampoo, pois ele pode deixar o cabelo BEM oleoso e ocasionar problemas para o couro cabeludo. Então fiquem atentos com isso, fechou? o

08) Cuidado ao Pentear o Cabelo

Cuidado na hora de pentear o Cabelo, isso pode ser bom, pois precisamos ativar e massagear o couro cabeludo, mas também pode ser um processo de agressão aos fios. O bacana é procurar pentear quando o cabelo estiver seco, pois molhados, os fios estão mais sujeitos a se danificar. 

Se o seu cabelo embaraçar, não fique puxando forte com o Pente, ok? Tente passar algum produto para ajudar nessa parte. 

Minha Experiência:
Nunca fui de pentear o cabelo muito forte, ainda mais com os fios molhados, eu praticamente nem uso o pente com ele assim. Como eu uso secador, pois se deixar os fios molhados fico com rinite (sim hahaha), sempre massageava os fios com as mãos mesmo, pra ajudar a secar!

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Bora ver agora 30 Inspirações de Cabelo Grande Masculino?


09) A Fase Chata do Cabelo Crescendo

Quem já deixou o Cabelo crescer sabe que essa é a Fase mais chata, né? haha Não tem como fugir disso, todos nós vamos passar! O cabelo quando começa a ficar grande (principalmente para nós homens, que geralmente, raspamos as laterais, temos cortes mais curtos), fica com um formato bem estranho, pois ele não está acostumado a isso e até ganhar volume ou peso pra começar a ficar bacana, leva um tempo.

Pra esse período de sofrimento não tem muito segredo, você pode investir em Acessórios como o Boné, Chapéu, Gorro, Bandana, enfim, algo que possa ajudar no Visual e disfarçar o formato estranho do Cabelo (importante lembrar de não utilizar esses Acessórios com o Cabelo molhado, ok?).

Outra dica é usar Modeladores para ajudar nessa hora, principalmente nas laterais, que quando começam a crescer geralmente dão aquela espetada, sabe? Cresce pro lado, fica amassado, tudo torto, enfim, passar uma Pomada, Cera ou o Modelador que você curta e direcionar os fios pode ajudar também a vencer essa fase muito dura hahaha

Minha Experiência:
Eu realmente fiz tudo isso que comentei acima haha Usei Boné, Gorro, passei Modelador pra ajudar a pentear o Cabelo nessa fase Chata, enfim. Mas sempre importante relembrar das primeiras Dicas, cortar periodicamente e cuidar dos fios, tudo isso também ajuda a sofrer menos na Fase de Crescimento do cabelo, ok? o

10) Será que vale a pena deixar Crescer?
Isso é uma pergunta que você deve fazer antes de começar a deixar seu Cabelo crescer. Você tem Paciência? Está disposto a cuidar do cabelo? Possui uma rotina que te permita isso? Isso vai atrapalhar sua vida? Será que vou ficar bem de Cabelo comprido? 

Leia também:  Como capturar o mew no pokémon emerald (com imagens)

Tudo isso deve ser levado em conta, ok? O que posso falar é que eu tive que cortar, pois meu Cabelo Comprido estava atrapalhando minha rotina, meu dia a dia, eu perdia MUITO tempo pra arrumar, pra cuidar do meu Cabelo, os cuidados diários eram grandes e como minha agenda é bem apertada, o Penteado não era prático. Enfim, faça essa pergunta, leia todas as Dicas, converse com seu Cabeleireiro pra ter certeza da Decisão, ok? o

Esse último tópico ficou meio negativo, né? hahaha Vou dar uma dose de coragem: Se você tem condição e quer deixar seu Cabelo crescer, manda ver, pois é uma experiência ANIMAL, tenho muitas saudades das minhas “madeixas” longas hahaha

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens) ► Cortes de Cabelo Masculino pra 2017
Aproveitando o gancho, bora assistir o Vídeo dos Cortes de Cabelo Masculino pra 2017? Só dar o PLAY abaixo o

Eae TIME, o que acharam das Dicas para Deixar o Cabelo Masculino Crescer? Curtiram? Vocês possuem mais alguma outra para acrescentar?

Deixem suas opiniões por aqui nos comentários, fechou? Pra gente trocar aqueeeeeeeeela ideia o

Fonte de Conteúdo: Tua Saúde, All Things Hair, Cosmopolitan

Inscreva-se no Canal do Youtube do Macho Moda: 

Curta a Fan Page do Macho Moda: 

BEBÊ MORDE O PEITO DURANTE AMAMENTAÇÃO

dez 22, 2011 Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Tudo estava bem. Parecia ser um dia como qualquer outro. Você estava amamentando tranquilamente seu bebê quando de repente, sem nenhum aviso… aaaaaai! Você sente uma dor imensurável. O bebê nunca havia mordido seu peito antes!

Neste momento algumas mães pensam que o bebê fez de propósito para machucar, mas não é nada disso. O bebê ama você, não leve para o lado pessoal. Leia o artigo para entender.

 .

POR QUE ELE FEZ ISSO?

Muitas mães tendem a atribuir sentimentos equivocados aos bebês, então vamos primeiro entender por que ele não fez isso:

  • Ele não fez isso com intenção de machucar
  • Ele não fez isso por que odeia você
  • Ele não fez isso para se vingar de você
  • Ele não fez isso por que você é uma mãe ruim

A grande maioria jamais machucará o peito sequer uma única vez.

Dito isso, é preciso dizer que alguns bebês podem achar interessante o gritinho da mamãe quando ele morde o peito. Ele não sabe que dói, ele apenas entende que existe uma reação da mãe quando seu peito é mordido. Talvez ele pense “O que é isso? É divertido? Faz cócegas? Será que dói?”.

Já outros bebês perceberão que a mamãe não gostou. Alguns ficam tão assustados com a reação materna que nunca mais fazem novamente.

 .

AGORA VAMOS ENTENDER ALGUNS MOTIVOS QUE LEVAM O BEBÊ A MORDER O PEITO:

Aquisição de habilidades – O bebê está adquirindo coordenação motora e começa a explorar o mundo, colocar tudo na boca, morder tudo o que estiver na frente. Neste caso, apenas “aconteceu” que, por acaso, o seu peito estava justamente na boca dele. Ele está descobrindo o que é morder e para que serve morder.

  • Prazer Oral – Para o bebê é muito prazeroso colocar objetos na boca, lamber e morder.
  • Bebê Dorminhoco – Quando o bebê cochila no peito pode acabar mordendo sem querer.
  • Bebê Distraído – Ele está mamando e alguma coisa chama sua atenção, então ele vira a cabeça com o peito dentro e… ai!

Gengiva Coçando – Na época do nascimento dos dentes pode haver certo desconforto, que o bebê tentará aliviar mordendo alguma coisa. Nós vamos ensinar como fazer para que o alvo não seja o seu peito.

Fluxo De Leite Exagerado – Algumas mães têm leite em excesso ou um fluxo excessivo de leite. Nesses casos o bebê pode morder o bico do peito na tentativa de fazer com que o leite pare de jorrar em sua boca. É raro, mas pode acontecer.

Chamar atenção – Bebês um pouco mais velhos podem aprender que morder o peito traz para eles atenção imediata. Ele pode estar querendo atenção e carinho.

 .

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

.

O QUE DEVO FAZER QUANDO ACONTECER?

  1. 1 – Olhe para o bebê.
  2. 2 – Deixe claro que não gostou (DIGA NÃO).
  3. 3 – Retire do peito por alguns minutos.
  4. 4 – Ande com ele e converse, pois ele entende o tom de voz.
  5. 5 – Troque de peito, troque a posição.
  6. 6 – Dê atenção, pode ser isso que ele quer.

7 – Voltou a morder? Deixe o bebê no berço alguns instantes.

Bebês não têm a compreensão dos adultos. Mesmo assim, são capazes de diferenciar tons de voz, sentimentos e reações positivas e negativas. Não deixe de conversar com seu bebê e explicar os motivos pelos quais ele não deve morder o seio.

Algumas mães pensam que falar com bebê é bobagem, mas não é.

 .

O QUE NÃO DEVO FAZER?

NÃO FAZER:

  • Projetar Sentimentos no Bebê
  • Parar de Amamentar
  • Reagir Emotivamente

 .

O QUE DEVO FAZER PARA EVITAR QUE ACONTEÇA?

  • 1 – Dê peito somente se o bebê tiver fome – Não deixar brincar com o peito.
  • 2 – Tire do peito assim que o bebê estiver satisfeito – Senão ele brinca com o peito.
  • 3 – Não deixe dormir no peito – Se ele estiver prestes a dormir, acorde gentilmente.
  • 4 – Coloque o dedo na boquinha quando for tirar do peito – Isso evita que puxe o peito.
  • 5 – Coloque o dedinho se achar que ele vai morder.
  • 6 – Dê o peito onde não haja distrações ou barulho para o bebê.
  • 7 – Dê um mordedor gelado antes e após cada mamada.
  •  .

O MITO DOS DENTES

Existe um mito na população que diz o seguinte: é preciso parar a amamentação assim que os dentes do bebê começam a nascer. Este mito provavelmente surgiu por conta de eventuais mordidas, certamente mais dolorosas após o nascimento dos dentes.

Não precisa suspender a amamentação! Como já vimos, costuma ser fácil resolver.

 .

CURIOSIDADES SOBRE OS DENTES

O nascimento dos dentinhos costuma acontecer por volta dos 6 meses de idade, porém pode vir antes ou bem depois. Há inclusive crianças que nascem com dentes, o que pode não ser bom. Também há aquelas cujos dentes nascem após 1 ano de idade.

Embora atrasar muito mereça uma visita ao odontologista, mais importante é a sequência do nascimento. Os dentinhos nascem geralmente na seguinte sequência:

  • Incisivos centrais inferioresComo Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)
  • Incisivos centrais superiores
  • Incisivos laterais inferiores
  • Incisivos centrais superiores
  • Molares
  • Caninos

Na foto deste artigo estão representados os incisivos centrais inferiores e superiores, que nascem por volta dos 6 a 7 meses.

Observação: Conquanto tenhamos dito que não se dever receber mordidas de um bebê de forma emocional, temos que acrescentar que não se deve relevar mordida proveniente de crianças maiores. Mordidas devem ser prontamente desestimuladas.

 .

NÃO DESISTA!

AMAMENTE!  PARABÉNS!

Dez passos para o diagnóstico e tratamento da síndrome de Guillain-Barré

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Tempo de leitura: 14 minutos.

Há pouco mais de 3 anos, vivemos no Brasil um aumento importante de casos de Síndrome de Guillain-Barré (SGB), associado a epidemia de Zika-Vírus.

Apresentações atípicas, antes vistas raramente, foram encontradas mais frequentemente.

A associação entre as arboviroses, vacinas e enteroviroses, com a SGB, faz necessário o conhecimento correto de seu diagnóstico por todos os médicos e não apenas neurologistas.

Recentemente foi publicado, na Nature, um artigo (Diagnosis and Management of Guillain–Barré Syndrome in Ten Steps) muito importante e didático que auxilia no diagnóstico da SGB em dez passos.

A síndrome de Guillain-Barré é uma doença inflamatória do SNP e é a causa mais comum de paralisia flácida aguda, com incidência global anual de aproximadamente 1-2 por 100.000 pessoas-ano.

A SGB ocorre mais frequentemente em homens do que em mulheres e a incidência aumenta com a idade, embora todas as faixas etárias possam ser afetadas.

O diagnóstico de SGB é baseado na história do paciente e nos exames neurológicos, eletrofisiológicos e do líquido cefalorraquidiano (LCR).

Receba as principais notícias para sua prática no seu e-mail e fique sempre atualizado! Inscreva-se aqui gratuitamente!

Síndrome de Guillain-Barré

Os dez passos para o diagnóstico e tratamento são:

Passo 1: quando suspeitar

Características clínicas típicas

O SGB deve ser considerado como um diagnóstico em pacientes com fraqueza bilateral rapidamente progressiva das pernas e/ou braços, na ausência de envolvimento do SNC ou de outras causas óbvias.

Pacientes com a forma sensitivo-motora clássica da SGB apresentam parestesia distal ou perda sensitiva, acompanhados ou seguidos de fraqueza que começa nas pernas e progride para os braços e músculos cranianos.

Os reflexos são reduzidos ou ausentes na maioria dos pacientes na apresentação e em quase todos os pacientes no nadir. A disautonomia é comum e pode incluir pressão arterial ou instabilidade da frequência cardíaca, disfunção pupilar e disfunção intestinal ou da bexiga. A dor é frequentemente relatada e pode ser muscular, radicular ou neuropática.

O início da doença é agudo ou subagudo, e os pacientes geralmente atingem a incapacidade máxima em 2 semanas. Em pacientes que atingem a incapacidade máxima dentro de 24 horas após o início da doença ou após 4 semanas, diagnósticos alternativos devem ser considerados.

A SGB tem um curso clínico monofásico, embora recaídas ocorram em uma minoria de pacientes.

Apresentação clínica atípica

A SGB também pode se apresentar de maneira atípica. A fraqueza e os sinais sensitivos, embora sempre bilaterais, podem ser assimétricos ou predominantemente proximais ou distais e podem começar nas pernas, braços ou simultaneamente em todos os membros.

Além disso, dor intensa e difusa ou disfunção isolada do nervo craniano podem preceder o início da fraqueza. As crianças pequenas ( 50 células / μl) sugere outras patologias, como malignidade leptomeníngea ou doenças infecciosas ou inflamatórias da medula espinhal ou raízes nervosas.

A pleocitose leve (10–50 células / μl), embora compatível com a SGB, ainda deve levar os clínicos a considerar diagnósticos alternativos, como causas infecciosas de polirradiculite.

Estudos eletrodiagnósticos

Não são necessários estudos eletrodiagnósticos para diagnosticar a SGB. No entanto, recomendamos que esses estudos sejam realizados sempre que possível, pois são úteis no suporte ao diagnóstico, principalmente em pacientes com apresentação atípica.

Em geral, o exame eletrofisiológico em pacientes com SGB revelará polirradiculoneuropatia ou polineuropatia sensório-motora, indicada por velocidades de condução reduzidas, amplitudes sensoriais e motoras evitadas, dispersão temporal anormal e / ou bloqueios parciais de condução motora.

No entanto, as medidas eletrofisiológicas podem ser normais quando realizadas no início do curso da doença (dentro de uma semana após o início dos sintomas) ou em pacientes com fraqueza inicialmente proximal, doença leve, progressão lenta ou variantes clínicas.

Nesses pacientes, um estudo eletrodiagnóstico repetido duas a três semanas depois pode ser útil.

Em pacientes com SMF, os resultados dos estudos eletrodiagnósticos geralmente são normais ou demonstram apenas uma amplitude reduzida dos potenciais de ação dos nervos sensitivos.

Os estudos eletrodiagnósticos também podem diferenciar os três subtipos eletrofisiológicos da SGB clássico: AIDP, AMAN e AMSAN. No entanto, cerca de um terço dos pacientes com SGB não atendem a nenhum desses critérios e são rotulados como “equívocos” ou “inexitáveis”.

Estudos demonstraram que a repetição de estudos eletrodiagnósticos 3 a 8 semanas após o início da doença pode ajudar na classificação eletrodiagnóstica, permitindo a classificação de casos inicialmente não classificáveis ​​ou a reclassificação de casos inicialmente classificados como AIDP, AMAN ou AMSAN, embora essa prática seja controversa.

Imagem

A ressonância magnética não faz parte da avaliação diagnóstica de rotina do SGB. Entretanto pode ser útil, principalmente para excluir diagnósticos diferenciais, como infecção no tronco cerebral, acidente vascular cerebral, medula espinhal ou inflamação das células do corno anterior, compressão da raiz nervosa ou malignidade leptomeníngea.

A presença de realce da raiz nervosa na RM com gadolínio é uma característica inespecífica, mas sensível, e pode apoiar um diagnóstico de SGB, principalmente em crianças pequenas, nas quais a avaliação clínica e eletrofisiológica pode ser desafiadora.

Leia também:  Como aplicar um adesivo de vinil: 7 passos

À luz de surtos recentes de mielite flácida aguda em crianças pequenas, cuja apresentação clínica pode imitar o SGB, o uso potencial da ressonância magnética para distinguir entre esses dois diagnósticos deve receber atenção especial.

No entanto, os médicos devem estar cientes de que o aprimoramento da raiz nervosa pode ser encontrado em uma minoria de indivíduos com mielite flácida aguda.

Uma nova ferramenta de diagnóstico em potencial na SGB é a imagem ultrassonográfica dos nervos periféricos, que revelou raízes nervosas cervicais aumentadas no início do curso da doença, indicando a importância da inflamação da raiz espinhal como mecanismo patológico precoce. Essa técnica pode, portanto, ajudar a estabelecer um diagnóstico de SGB no início do curso da doença.

Como Aumentar os Pelos do Peito: 8 Passos (com Imagens)
Fig 2. Critérios diagnósticos para SGB. (tabela traduzida do artigo referência)

VEJA OUTROS ARTIGOS SOBRE SGB:

Passo 3: quando admitir na UTI

Os motivos para internação de pacientes na unidade de terapia intensiva (UTI) incluem: evolução do desconforto respiratório com insuficiência respiratória iminente, disfunção cardiovascular autonômica grave (por exemplo, arritmias ou variação acentuada da pressão arterial), disfunção grave da deglutição ou reflexo da tosse diminuído e rápida progressão da fraqueza. Um estado de insuficiência respiratória iminente é definido como sinais de desconforto respiratório, incluindo falta de ar em repouso ou conversando, incapacidade de contar até 15 em uma única respiração, uso de músculos respiratórios acessórios, aumento da frequência respiratória ou cardíaca, capacidade vital

Como Aumentar os Pelos do Peito

X

O wikiHow é uma “wiki”; ou seja, muitos de nossos artigos são escritos em parceria com várias pessoas. Para criar este artigo, 10 pessoas, algumas anônimas, editaram e melhoraram o texto desde sua criação.

  1. 1

    Nivele sua testosterona. Fale com seu médico se você tem os níveis de testosterona normais. A testosterona tem uma relação peculiar com a perda de pelos.

    Se você não tiver testosterona o suficiente, seus pelos não crescerão. Se tiver demais, ela se converte em DHT, que diminui os folículos capilares.

    Tente ter um nível de testosterona balaneado; claro, porque não há testes de testosterona disponíveis na farmácia, você precisará consultar um médico.

    • Comece a se exercitar. Tanto a perda de peso, quanto o levantamento de peso pode aumentar os níveis de testosterona de um homem. Vá para a academia, de volta ao supino e exercite-se pra valer. Você se sentirá mais forte e seus pelos irão crescer a medida que você faz isso.
    • Tome suplementos de testosterona se seu doutor diagnosticar você com baixo nível de testosterona. Tome suplementos apenas se seu médico tiver prescrito eles. De novo, se você tiver níveis normais de testosterona e você tomar suplementos, uma enzima irá converter o excesso de testosterona em um hormônio redutor de folículo. Não é uma boa receita para o crescimento dos pelos.
    • Fale com seu médico sobre inibidores de estrogênio. Seu médico deve saber se você estiver tomar inibidores de estrogênio é recomendado para o crescimento de pelos no seu caso em específico.
  2. 2

    Nunca use esteróides para ajudar no crescimento dos pelos do peito. Esteróides anabólicos podem causar males graves para a saúde. Há dezenas, senão centenas, de esteróides anabólicos e androgênicos, cada um com diferentes efeitos colaterais em seu corpo e implicações para os seus pê-los. Não é considerado usar esteróides para crescer pelos.

  1. 1

    Raspe seu peito. Se você já tem algum pelo no peito, raspá-lo irá ajudar a deixá-lo mais groso, não fazer o pelo crescer onde não existe (esse é um dos motivos que as garotas usam cera ao invés de rasparem os pelos). Raspar irá cortar o pelo pela raiz, onde ele é mais grosso; quando ele crescer de novo, vai estar grosso por completo. Para mais informações sobre como raspar corretamente, clique aqui.

    • Raspe seu peito a cada 2~4 semanas.
  2. 2

    Aplique Nitrato de MIconazol. Pela manhã, após o banho, massageie a área com o produto. É dito que este método estimula o crescimento de pelos, embora não seja confirmado medicamente.

    • Nota: O nitrato de miconazol é um creme usado para tratar infecções vaginais e dos pés causadas por fungos. Use com moderação e cuidado.
  3. 3

    Corte uma cebola pela metade e a esfregue em seu peito. Esfregue a cebola no seu peito em movimentos circulares. Assim que a superfície da cebola estiver seca, corte cerca de 5mm da cebola e continue o processo; isso pode estimular o crescimento de pelos porque a cebola contém enxofre, um mineral conhecido por auxiliar no crescimento de pelos.

    • Este método provavelmente não deve ser feito durante o dia, por conta do cheiro. Então faça à noite, antes de dormir, para que ele fique agindo durante o seu sono e na manhã seguinte tome um banho.
  4. 4

    Peça conselhos de um parente do sexo masculino sobre os pelos no peito. Pode ser vergonhoso, mas converse com alguém que você confia sobre a experiência do crescimento de pelos no peito.

    • Se o parente quiser saber por que, você tem duas opções:
      • Contar a verdade, dizer a intenção de crescer os pelos no peito e talvez ele possa contar a você os segredos dele. Você não tem com o que se preocupar.
      • Apenas diga que você estava pensando e queria conversar sobre algo aleatório.
  5. 5

    Seja paciente. O crescimento só irá começar após duas semanas e só será perceptível depois de algum tempo. Seja paciente e permaneça com o seu tratamento. Pode não parecer, mas há coisas mais importantes na vida do que os pelos do peito, então, levante a cabeça!

  6. 6

    Conheça os mitos do crescimento de pelos. Há muitos mitos bem intencionados por aí sobre o crescimento dos pelos e o que é preciso para ter aquela juba máscula. Muitos deles foram desmascarados pela ciência e são falsos.

    • Aumentar o fluxo sanguíneo não aumenta o crescimento de pelos. Talvez tenham te dito para escovar os pelos do seu peito com uma escova de dentes para aumentar o fluxo sanguíneo da área, o que supostamente estimularia o crescimento. Isso não é comprovado cientificamente. Escovar o seu peito não fará com que apareçam pelos nele.
    • Desentupir os poros 'não vai ajudar a crescer pelos. Alguns dizem que poros bloqueados podem fazer com que o pelo fique preso debaixo da pele e que o segredo do crescimento de pelos é simplesmente desobstruir estes poros. Isso simplesmente não é verdade. Embora remover a pele morta e desobstruir os poros seja uma coisa boa, isso não vai estimular o crescimento de pelos.

O wikiHow é uma “wiki”; ou seja, muitos de nossos artigos são escritos em parceria com várias pessoas. Para criar este artigo, 10 pessoas, algumas anônimas, editaram e melhoraram o texto desde sua criação.

Categorias: Cuidados com a Aparência

  • Imprimir
  • Agradecer aos autores

Esta página foi acessada 90 274 vezes.

Como aparar os pelos pubianos em 8 passos – El Hombre

Para homens, aparar os pelos pubianos requer muito cuidado e paciência devido à sensibilidade da área. E apesar de ser um processo semelhante ao do barbear, muitos rapazes se sentem intimidados quando o assunto é aproximar um objeto afiado de seu melhor amigo. No entanto, com um pouco de prática, preparação e tempo, essa pode ser uma tarefa fácil.

Se não for aparada corretamente, porém, a área pode ficar coçando e virar uma concentração de dolorosos pelos encravados. Por isso abaixo apresentamos um passo-a-passo de como desbravar o seu arbusto com segurança e evitar os problemas que eventuais deslizes geram.

1# Corte os pelos mais longos

Use uma tesoura para cortar os pelos mais longos, de maneira que fiquem com menos de meio centímetro, tornando o processo de aparar mais simples. Pelos longos têm mais chance de entupir a lâmina do gilete. E não use um barbeador elétrico, pois a pele do saco pode ser pega — e isso é extremamente doloroso. Um gilete, portanto, é a ferramenta ideal para a tarefa.

2# Encontre uma posição apropriada

Para evitar interrupções enquanto se raspa, escolha uma área privada onde você tenha bastante privacidade. Você pode se depilar na banheira, mas a cama é um lugar mais apropriado e confortável para esta ação delicada.

3# Apare depois do banho

O momento ideal para se raspar é logo após o banho, pois a água morna solta a pele e torna a depilação mais fácil. Tente posições diferentes e você provavelmente encontrará a melhor.

4# Cubra a área com espuma de barbear

Você pode usar sabonete líquido ou normal, mas a espuma de barbear funciona melhor para cobrir a área e evitar cortar a pele sensível. Fuja der espumas de barbear com cheiro ou mentol, pois elas podem irritar sua pele. Além disso, escolha produtos antibacterianos para reduzir a irritação e prevenir infecções.

5# Faça movimentos suaves e curtos

O segredo para depilar os pelos pubianos é sempre garantir que a pele esteja esticada, pois a pele solta tem mais chances de ser cortada. E raspe respeitando o sentido do pelo, nunca na direção contrária ao seu crescimento, o que pode resultar em foliculite (lesão dos poros):

  • Puxe o pênis para baixo e raspe a partir da cintura em direção à haste
  • Segure o pênis para o lado e apare as laterais
  • Finalmente, segure o pênis para cima e mande ver na área inferior, certificando-se de que a pele do saco esteja esticada para evitar cortes

6# Enxágue, lave com um sabonete suave e seque

Uma vez que tenha aparado a quantidade ideal de pelos pubianos do seu agrado, enxágue a espuma de barbear ou gel e lave a área com um sabonete suave. Depois enxágue novamente e seque com uma toalha limpa. Use movimentos suaves para secar a área, já que esfregar pode causar irritação.

7# Aplique hidratante

Considere aplicar um creme antisséptico na área recém-depilada para diminuir a irritação. Algumas espumas de barbear irritam a pele. Então você deve observar atentamente como sua pele reage a uma espuma em particular até achar a melhor para você. Gel com Aloe Vera normalmente é uma boa opção, já que é natural e deixe a pele suave.

8# Lembre-se de tomar os seguintes cuidados

  • Não se depile antes de fazer exercícios, pois o sal do suor pode irritar a pele
  • Garanta sempre que a lâmina de barbear esteja limpa e esterilizada antes de se raspar
  • Lave a lâmina entre passagens para se livrar do excesso de pelos
  • Limpe a área depois de terminar de se depilar; pode ser vergonhoso e desagradável para a mulher encontrar seus pelos pubianos no chão do banheiro ou na cama
  • A primeira vez normalmente não é fácil, mas uma vez que você estabelecer uma posição ideal e a espuma de barbear correta, a depilação se torna fácil e agradável
  • Esfolie antes de se depilar para remover as células mortas e tornar a depilação mais fácil
  • Talco de bebê e óleo pós-barba ajudam a suavizar a área recém-depilada

As ferramentas

  • Tesoura
  • Lâmina de barbear nova ou esterilizada
  • Espuma ou gel de barbear
  • Sabonete e toalha
  • Hidratante, loção ou óleo pós-barba

* * *

Leia mais textos de Jorge Albuquerque em seu site sobre sexo e sedução

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*