Como aplicar um adesivo de vinil: 7 passos

Sabe aquela geladeira ótima que você tem mas está feinha ou aquela máquina de lavar  usada que você encontrou por uma pechincha mas está com alguns riscos? Que tal dar uma cara nova a essas coisas?

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

O envelopamento é uma técnica nova para móveis e eletrodomésticos, porém já é muito utilizado no mercado automotivo. Inúmera empresas utilizam desse serviço para divulgar suas empresas nos seus automóveis. Existe até legislação para a quantidade de adesivo que seu carro pode receber.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Mas o que é envelopamento? O envelopamento consiste em adesivar superfícies. O visual final vai depender do tipo de material escolhido: Seja vinil, fosco, brilhante ou impresso, cores chapadas ou padrões geométricos. A técnica surgiu nos Estados Unidos e, inicialmente, foi utilizada apenas em carros porém, hoje, é utilizadas em eletros e até paredes e chão.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

  • As vantagens do envelopamento são inúmeras e dependem do material e da qualidade de aplicação:
  • 1 – impermeabilidade: A maioria dos adesivos vão tornar a superfície adesivada em impermeável
  • 2 – Resistência: Ao adicionar uma camada a mais na superfície do seu móvel ou ele vai se tornar um pouco mais resistente ao uso diário.

3 – Criatividade: Algumas empresas oferecem a possibilidade de imprimir fotos nos adesivos. Isso garante uma infinidade de possibilidades.

4 – Beleza: Nada melhor do que ter todos os móveis e eletros no mesmo tom exatamente, não é mesmo? Podendo fugir do clássico branco da geladeira.

Para envelopar você pode contratar uma empresa que trabalha com esse tipo de serviço aqui ou você pode se juntar ao time dos DIY e fazer você mesmo o serviço.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Para fazer em casa é preciso muita atenção e calma. O trabalho de envelopamento é delicado e precisa ser feito sem pressa. Ter uma pessoa para te ajudar é uma ótima dica.

Limpe muito bem a superfície que será envelopada (poeira pode criar bolhas de ar).

Meça a superfície que será envelopada, corte de maneira que não seja necessário emendas e, utilizando de uma espátula de adesivo, comece a aplicação.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Caso você prefira contratar um profissional para fazer o envelopamento para você, clique aqui e busque na nossa lista de parceiros.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 PassosComo Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 PassosComo Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Como colocar adesivos decorativos de vinil – 9 passos

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Imagem: mimandote.com

Os adesivos de vinil são elementos decorativos que permitem dar um ar novo às paredes da sua casa. Com estes adesivos conseguirá que suas paredes passem das cores lisas, de estuque ou com efeitos de esponja, a superfícies temáticas, modernas ou clássicas.

Além disso é muito simples de colocar! Em umComo.com.br explicamos a você como colocar adesivos decorativos de vinil. Limpe e seque suas paredes e evite que o pó ou a umidade estraguem o acabamento.

Siga os seguintes truques e decore as paredes da sua casa facilmente com adesivos de vinil.

Passos a seguir:

1

Antes de colocar o vinil escolha a parede onde o quer aplicar. A superfície deve ser lisa e estar longe de qualquer foco de calor. Limpe para que o pó não estrague o vinil e seque-a se estiver úmida. Você pode ver algumas ideias no nosso artigo Como decorar uma parede com adesivos decorativos.

2

Meça o vinil e a parede. Lembre-se que deve caber perfeitamente na parede escolhida. Pegue as medidas adequadas para que o adesivo não fique torcido ou desquadrado.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Imagem: blog.masquevinil.com

3

O vinil contém duas folhas: uma com silicone ou adesivo, na qual vemos o desenho ou motivo decorativo; a outra é simplesmente uma peça transparente usada como transportador.

4

Coloque fita crepe na folha transparente. Deste modo será mais fácil observar a peça na parede e retirar o adesivo.

5

Instale o vinil sobre a superfície. Coloque a folha transparente para o exterior e a de silicone na parte traseira. Para fixar bem o vinil antes de colá-lo na parede, utilize a fita crepe. Assim você evita que o elemento se descole.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Imagem: vinilydecoracion.es

6

Retire com cuidado a folha adesiva. Tente não fazer isso de forma brusca, pois o papel poderia rasgar.

7

À medida que for tirando o papel adesivo, vá pressionando a parede para fixar o vinil. Você pode usar um pano para fazer isso. É recomendável que vá do centro para a parte exterior, deste modo não ficará enrugado ou as bolhas que vão se formando sairão. Se ficarem no papel transparente não importa, pois depois será retirado.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Imagem: vinyling.com

8

Tire a outra folha. Faça-o pouco a pouco e comprove que o adesivo não está enrugado. Se ao retirar o papel transparente sobrar alguma bolha, use uma agulha ou alfinete para estourá-la. Depois volte a passar o pano pela superfície.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Imagem: youtube.com

9

Se for fazer uma montagem com diversos adesivos de vinil, o mais aconselhável é que comece pelo maior de todos. Tente colar os adesivos restantes adequadamente para evitar erros de colagem.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como colocar adesivos decorativos de vinil, recomendamos que entre na nossa categoria de Design de Interiores e Decoração.

Os 7 passos para aplicar o adesivo Sticker Bomb

Da onde veio ou quem teve a ideia não se sabe ao certo, mas o estilo imita os grafites pintados nas ruas. A arte de colar adesivos sobrepostos deu origem ao Sticker Bomb que traduzindo significa (bombardeio de adesivos).

Os Sticker Bombs se popularizou entre os  apaixonados por carros personalizados aonde o motorista deixa seu carango com visual único diferenciando-se dos outros.

Com o surgimento de novas tecnologias o adesivo individual foi substituído por uma peça única, sendo impresso em vinil autoadesivo com durabilidade de mais ou menos um ano.
Aplicando-se uma camada de verniz sua durabilidade pode chegar até quatro anos, mas encarece um pouco mais o serviço.

Podemos encontrar Sticker de vários temas e os mais comuns são personagens de desenhos, caveiras, memes e marcas famosas. São vendidos por empresas especializadas em aplicação de adesivo e também pela internet podendo ser aplicado em casa.

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos Os adesivos podem ser aplicados em qualquer parte do veículo que tenha superfície lisa. Na parte externa é aplicado em para-lamas, retrovisores, para-choques, tampa de combustível, rodas e capo. Também pode ser aplicado na parte interna como painel e portas.

  • Se você comprar o adesivo e quiser se aventurar  em colar por conta própria, abaixo estão algumas dicas:
  • 1º) Limpe bem a área onde o adesivo será aplicado.
  • 2º) Passe uma camada de cera automotiva no local, para facilitar no caso de remoção.
Leia também:  Como aplicar delineador em olhos sensíveis (com imagens)

3º) Borrife água com um pouquinho de detergente misturado na parte do carro em que você vai aplicar. (Pode ser aplicado seco, mas requer um pouco mais de abilidade. Um erro e poderá perder todo o adesivo).

4º) Retire o papel no verso do adesivo e molhe essa parte, que é onde está a cola.

5º) Por uma das pontas, com uma espátula de plástico (cuidado para não riscar), vá grudando o Sticker, evitando a formação de bolhas.

6º) Nas oficinas, é utilizado um soprador térmico para fixação. Você pode usar um secador de cabelo, demora um pouco mais mas também funciona.

7º) Por último, recorte as sobras com um estilete.

O material usado para impressão do Sticker Bomb é fator muito importante, sempre escolha adesivo de boa qualidade, assim você não terá problemas se precisar remove-lo futuramente.

Deixo logo abaixo link para download de alguns arquivos de Sticker Bomb, alguns em vetor e outros imagens de alta resolução.

Vinil em montras: 7 dicas para aumentar a sua visilibidade

São muitos os negócios que procuram novas formas de se promoverem e aumentarem as vendas. Contudo, são muitos aqueles que se esquecem de uma forma muito óbvia de o fazer: a aplicação de vinil em montras.

Usar este tipo de comunicação gráfica nas janelas, é uma forma muito eficaz e económica de atrair a atenção de (potenciais) clientes.

Ao atrair a atenção de novos clientes, vai aumentar as vendas. E, em última instância é exatamente isso que deseja.

Assim, hoje resolvemos dar-lhe uma ajuda nesse sentido. Conheça de seguida algumas dicas que pode ter em consideração para usar vinil autocolante como forma de comunicação.

Vinil em montras: Como implementar este recurso

Independentemente do que possa pensar, a verdade é que a sua montra é talvez a sua melhor forma de comunicação em massa. Assim, nada melhor do que aproveitar este recurso.

Conheça de seguida 7 dicas para o fazer de forma eficiente e, desse modo, aumentar a sua visibilidade (e consequentemente as vendas).

1. Coloque-se na pele dos seus clientes

Uma das coisas mais importantes a fazer é tentar entender os seus clientes.

Quais são os problemas que o seu negócio pode resolver? O que é que lhes interessa?

Se tiver tempo, fale com pessoas que passam na rua ou que entram na sua loja. Ouça-as e crie empatia. Desse modo, será mais simples entender como promover o seu negócio de forma eficiente com recurso ao vinil em montra.

2. Foque-se apenas em uma coisa

Depois de falar com potenciais clientes, podem ser muitas as informações a processar.

Assim, apesar de ter ficado com várias ideias de como promover o seu negócio, é importante que tenha foco.

Embora possam ser vários os produtos ou serviços que podem resolver as necessidades deles, pare e pense. Qual é o mais importante para o seu negócio?

Se conseguir focar-se nessa informação, vai ser muito mais simples promover esse ponto específico do seu negócio, e atrair a atenção de muito mais pessoas.

3. Comece a ter ideias

Como Aplicar um Adesivo de Vinil: 7 Passos

Agora que já conhece as necessidades dos seus clientes e como as pode efetivamente satisfazer, está na hora de começar a gerar ideias para criar o vinil autocolante.

Esta fase poderá ser um pouco demorada já que é importante fazer brainstorming e colocar a sua criatividade a trabalhar.

Para tornar esta tarefa mais simples, nada melhor do que reunir toda a equipa e analisarem esta questão em conjunto. Só desse modo se vão gerar ideias realmente revolucionárias.

4. Lembre-se de criar um copy curto

A verdade é que depois de todo o processo de criação e validação de ideias já deve ter o seu vinil de montra idealizado.

Assim, o próximo ponto é decidir qual será o copy promocional a implementar. Existem alguns pontos que deve considerar, nomeadamente o fato de o mesmo ter de ser curto, simples de entender e atraente.

Além disso, dependendo da sua área de atuação, nada melhor que colocar uma boa dose de humor.

5. Design arrojado e atraente

De nada lhe irá valer ter um copy divertido e interessante, se o design do seu vinil autocolante deixar muito a desejar.

Se não tem quem desenvola o design do seu vinil, poderá falar com a Sydra. Além de procedermos à impressão do mesmo, temos também o serviço complementar de design.

6. Implemente o que prometeu

Agora que o seu vinil autocolante está a ser impresso, está na hora de implementar na sua loja aquilo que prometeu no seu copy.

É importante preparar o espaço para os seus novos clientes que vão ser impactados pelo seu conteúdo promocional que está implementado diretamente na sua montra.

7. Comece a pensar no próximo

  • Uma das principais vantagens do vinil autocolante é que se trata de um método simples de colocar na montra, mas é também uma forma económica de comunicação com o seu público-alvo.
  • Desse modo, assim que o seu vinil em montra estiver implementado, nada melhor do que começar a pensar no próximo vinil autocolante que irá colocar.
  • Agora que já sabe os 7 passos para impactar o seu público-alvo com vinil em montras, nada melhor que começar hoje mesmo a planear a sua estratégia.
  • Se tem dúvidas quanto ao melhor material para a impressão ou qualquer outro aspeto relativamente a esta tipo de produto, não hesite em contactar a Sydra uma gráfica online de eleição.
  • Estamos à sua inteira disposição para qualquer esclarecimento adicional.
Leia também:  Como ajudar uma vítima de acidente de carro: 13 passos

Consulte esta página onde vai encontrar descontos nos nossos produtos – clique aqui.

Vinil Adesivo: Veja a maneira correta de aplicar – Day Brasil

A  compra de fita adesiva é uma atividade presente no dia a dia de muitas pessoas, já que ela tem diversas utilidades. O produto pode ser usado para fechar caixas, isolar espaços, sinalizar pisos, entre outros. Como há várias funções, existem também muitos modelos de fita adesiva, como as fitas técnicas utilizadas na indústrias e as fitas mais conhecidas do dia-a-dia.

Apesar de boa parte dos indivíduos acreditarem que independentemente do tipo de fita, ela vai funcionar para todas as situações, isso não é verdade.

Sendo assim, na hora da comprar fita adesiva, é fundamental acertar na escolha para que você consiga atingir o seu objetivo. Para ajudar na sua seleção, mostraremos, neste post, o que é a fita adesiva, e 4 dicas para você escolher o tipo ideal para o seu trabalho. Vamos lá?

O que é a fita adesiva?

É um produto formado por 2 componentes: uma superfície base (que não gruda) e uma adesiva. O primeiro componente pode ser feito de diferentes materiais, como polipropileno, polietileno ou papel.

O segundo, geralmente, é criado com PSA (pressure sensitive adhesive), o que em português seria um adesivo sensível à pressão. Ou seja, ele precisa ser pressionado para funcionar.

A base exerce grande influência na maneira de utilização da fita, porque de acordo com o elemento usado na fabricação dela, pode haver certas limitações. Por exemplo, um modelo feito de papel não pode ser colocado onde terá muito contato com a água. Existem diversos tipos de fita adesiva disponíveis no mercado, sendo que umas são mais conhecidas que outras.

A fita crepe é provavelmente uma das mais populares, pois tem várias utilidades no ambiente doméstico, escolar e empresarial. A parte adesiva dela é feita de borracha e algumas de suas principais funções são: delimitar paredes, portas e janelas nas pinturas de residências, pregar cartazes, enfeites e encapar materiais na indústria automotiva. Outro modelo bastante utilizado é o isolante.

Como o nome já diz, o seu objetivo é fornecer segurança ao isolar fios elétricos e materiais que conduzem eletricidade. Há ainda as fitas antiderrapantes, multiuso e muitas mais.

Como acertar na compra de fita adesiva 

É muito positivo ter uma grande variedade de fitas adesivas, porque dessa maneira elas podem ser utilizadas em diversos casos. Contudo, isso também pode confundir quem está à procura de uma. Por essa razão, veremos agora 4 dicas de como acertar na hora de escolher o seu produto.

1 – Pense em qual é o seu objetivo

O primeiro passo antes de decidir a compra de fita adesiva, é pensar no que você deseja fazer com ela. Parece um pouco óbvio, mas não é. Dependendo do trabalho que vai executar, o produto precisa ter características específicas, como ser mais resistente ou versátil. Se você souber quais particularidades procura, será mais fácil fazer a escolha certa.

Uma fita adesiva feita de borracha, por exemplo, é bem flexível e econômica, porém não costuma ser muito firme. Sendo assim, ela tem uma boa adesão no início, mas a adesão diminui com o passar do tempo.

Já o adesivo feito de acrílico, ou seja, de plástico, é mais caro, porém, geralmente, é mais resistente. Então, se você quiser um produto que perdure, pagar um valor maior na compra pode valer a pena.

Reflita sobre o assunto e veja qual é o melhor custo-benefício para você, de acordo com o seu objetivo.

2 – Observe a superfície em que ela será colada

O local em que a fita adesiva comprada será utilizada afeta positiva ou negativamente no desempenho dela.

Por isso, é necessário observar a superfície de antemão para se prevenir e não obter um resultado ruim depois de colocá-la. Certos materiais têm fácil adesão ao produto e outros não.

Alguns exemplos do primeiro tipo são as porcelanas, plásticos como o policarbonato e metais sem tratamento.

Superfícies feitas de polipropileno e polietileno, frequentemente, não aceitam muito bem a fita. Em determinadas texturas e formatos, a fraca adesão do material pode ser resolvida.

Nas áreas rugosas, o mais indicado é aplicar adesivos grossos, para que eles não se rompam e resistam por um bom tempo.

Nas superfícies que possuem curvas, recomenda-se também as fitas mais espessas e de melhor desempenho.

Há ainda certos casos em que uma opção para aprimorar a performance do produto, em uma superfície de difícil adesão, é usar o primer. Pesquise bem sobre a sua situação específica e veja se é uma possibilidade bacana para resolvê-la.

3 – Avalie a qualidade da fita adesiva 

No momento da compra de fita adesiva, é essencial testar a qualidade dela. Existem alguns exercícios que você pode fazer para saber se ela é boa. Caso queria descobrir como é a coesão dela, basta colá-la em uma superfície e submetê-las a forças contrárias e paralelas. Ou seja, puxe o adesivo e o item para lados opostos e observe a resistência do primeiro.

É interessante avaliar também o tack da fita, ou seja, a rapidez com que a fixação do adesivo acontece, isto é, o quão rápido a fita é colada na superfície desejado quando entra em contato com ele. Para testar essa característica, o processo é um pouco mais elaborado.

É necessário fazer o “Tack Rolling Ball Test”. Nessa verificação, coloca-se uma esfera metálica para rolar sobre a fita e assim quantificar a aderência do produto. A tração e o alongamento podem ser medidos ao esticar o adesivo.

Dessa forma, você verá qual é a força de tracionamento dele até que ele se rompa. Quando a superfície for flexível, é possível saber ainda sobre a adesão do produto. Você deve colocar a fita e o objeto em forças angulares ou oblíquas, de 90º ou 180º para fazer o teste.

4 – Analise as condições a que ela será exposta

No momento da compra de fita adesiva não se esqueça de observar as condições a que a fita ficará exposta no ambiente. Como foi dito, uma fita de papel, por exemplo, não pode ser colocada onde entrará em contato com a água.

Leia também:  Como ajudar uma criança constipada: 12 passos

Da mesma maneira, a temperatura do local e a exposição à luz UV são capazes de influenciar negativamente no desempenho do adesivo. Há uma grande oferta de fitas no mercado e cada uma tem suas particularidades.

Sendo assim, elas funcionam melhor em determinados cenários que em outros. Agora que já sabe quais passos seguir para comprar a sua, consulte nossa linha de fita adesiva completa e escolha o modelo ideal para você.

Como aplicar Adesivo Vinil passo a passo

A aplicação de Adesivo não é tão complicada como pode parecer. Exige, isso sim, algum cuidado, atenção e um pouco de paciência. Porém, antes de aprendermos como aplicar Adesivo, o melhor é conhecermos um pouco mais este material.

O Adesivo Vinil é um material plástico feito à base de PVC. É adesivo, resistente e flexível. A versatilidade deste material é enorme, assim como os acabamentos que proporciona e a excelente relação preço-qualidade. Por isso, o Vinil é muito usado para comunicação, sinalética, decoração, entre muitas outras aplicações.

Outra vantagem deste Adesivo é a possibilidade de ser removido sem prejudicar a superfície onde estava colado. Não é por acaso que encontramos Vinil Adesivo por todos os lados. Nas vitrines, nos carros de empresas, nas paredes de lojas e estandes, nas placas de sinalização, cobrindo móveis e até mesmo decorando escritórios.

Como colocar Adesivo

Primeiro, é preciso ter alguma atenção à superfície que vai receber o Adesivo. Madeiras rugosas, paredes com texturas, superfícies porosas ou úmidas não são uma boa escolha. Prefira sempre superfícies lisas. Depois, para aplicar você vai precisar dos seguintes materiais:

  • Pano de limpeza;
  • Fita métrica;
  • Lápis;
  • Fita-adesiva de papel;
  • Tesoura ou estilete;
  • Espátula.

Vamos ver, então, como colocar Vinil Adesivo. Como já dissemos, não é tão difícil. Vamos começar falando sobre como aplicar adesivo de parede ou em outras superfícies sólidas e planas. Tudo o que você tem de fazer é seguir estes 5 passos:

1. Limpe a superfície

Use um pano seco ou umedecido com água ou álcool. Certifique-se que todos os vestígios de pó ou gordura são retirados. Também é importante verificar se o pano não deixa nenhum resquício de fios. Nunca use nenhum produto abrasivo para realizar esta limpeza.

2. Marque a posição

Com a ajuda da fita métrica e do lápis, faça pequenas marcas que servirão para orientar a posição correta da aplicação do Vinil Adesivo. Lembre-se que estas marcas serão apenas pontos para guiar a aplicação. Por isso, deverão ser facilmente apagadas depois de terminado o processo.

3. Fixe e ajuste a posição

Posicione o Vinil Adesivo na parede e fixe suas pontas com a fita-adesiva de papel. A seguir, confirme que a posição está correta, de acordo com as marcas do passo anterior. Se precisar, ajuste a posição. Por último, fixe o centro do Adesivo à superfície com a fita-adesiva de papel.

4. Aplique

Solte um dos lados do Vinil retirando os pontos de fita-adesiva da respectiva ponta. Retire a base protetora da parte de trás, deixando o adesivo à mostra.

Corte o lado solto da base com a tesoura ou estilete. Com ajuda da espátula, sempre do centro para as bordas, cole o Adesivo exercendo pressão para evitar a formação de bolhas de ar.

Terminada esta parte, repita o mesmo processo com a outra metade do Vinil Adesivo.

5. Finalize

O trabalho já está quase pronto, falta apenas um detalhe. A maioria dos vinis vem com uma película de transporte transparente. Se for este o caso, apenas retire esta película e, agora, sim, missão cumprida!

Como aplicar Adesivo em vidro

Conforme vimos, as instruções anteriores são para como colocar Adesivo de parede. Porém, muitas vezes a dúvida será sobre como aplicar Adesivo em vitrines, por exemplo. A preocupação é pertinente, já que colocar Adesivo em vidro requer alguns cuidados extra.

Em primeiro lugar, certifique-se que o Vinil Adesivo escolhido é próprio para vidro. Geralmente, em vidro ou vitrine, será usado um Vinil transparente, perfurado ou de recorte. Se você tiver dúvidas, pode encontrar as opções mais adequadas na 360imprimir.

Uma boa dica sobre como colocar Adesivo em vidro de uma maneira fácil, é usar água. Com ajuda de um borrifador, molhe a superfície e também a face adesiva do material. Com este truque, é muito fácil descolar e colar novamente o material.

Somente quando você tiver certeza que a posição está certa, use a espátula para remover bem a água que fica entre o vidro e o adesivo. Esta técnica de aplicação não deve ser usada para a colocação de Vinil Adesivo perfurado. Neste caso, esqueça as dicas de como colocar Adesivo em vidro e siga os passos da aplicação em parede.

Como aplicar Adesivo no chão

Os vinis personalizáveis para chão permitem uma abordagem criativa para a publicidade. No entanto, também são muito úteis para sinalética. A aplicação é muito similar à do Vinil Adesivo de parede. O maior cuidado, porém, será na limpeza da superfície. Lembre-se apenas de não usar produtos abrasivos, como amoníaco.

Os vinis para chão têm características muito próprias. A resistência é fundamental, afinal, é um material que será literalmente pisado. Na 360imprimir você vai encontrar o Adesivo perfeito para aplicar no chão.

Vinil Adesivo para tudo

Como você deve ter percebido, há vinis adesivos para todos os gostos e necessidades. Decorar, promover, publicitar, indicar direções. Tudo é possível, desde que se escolha o material certo e que se faça uma aplicação correta.

Agora que você já entende melhor como os vinis podem ser escolhidos e aplicados, aproveite para surpreender seus clientes com decorações incríveis. Se precisar de ajuda, já sabe, na 360imprimir você vai encontrar todas as soluções que apresentamos aqui e muitas mais!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*