Como aplicar folha de ouro na tela (com imagens)

Oi gente! Hoje trouxe um tutorial pro blog que estava na minha cabeça há um bom tempo. No Instagram, sigo muitos artistas gringos e percebi que muitos deles usam golden leaf (folha de ouro) nas ilustrações. Me chamou atenção pois curto muito utilizar técnica mista nas minhas pinturas.

Como Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)

Dei uma pesquisada no Youtube em relação a técnica de folheação à ouro e listei todo o material necessário para executá-la.

A folheação à ouro era empregada em esculturas (talha dourada) muito utilizada na época do barroco, onde o escultor talhava a madeira e posteriormente revestia a peça com películas de ouro.

Era largamente utilizada no interior de igrejas em altares e peças ornamentais.

Para este tutorial você precisará de: verniz mordente, folhas de ouro, e algum outro verniz para finalizar a ilustração, pois a douração pode oxidar com o tempo e o verniz preservará sua obra. No meu caso, comprei um verniz pra aquarela da Talens.

Outra observação: utilizei imitação de folhas de ouro pois as originais são bem caras. O efeito é basicamente o mesmo. O bloquinho 14×14 cm com 25 folhas rende bastante já que uso apenas em detalhes nas pinturas. Os links nos quais comprei o material estão logo no final do post.

Como Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)Folhas de ouro (imitação), 14×14 cmComo Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)Verniz para aquarela e verniz mordente

Então, primeiramente concluí minha pintura (é uma ilustração para minha série de constelações, Cassiopéia) e deixei em branco o espaço onde gostaria de aplicar a película. O verniz mordente, se aplicado por cima da pintura, borra a aquarela, portanto é importante deixar espaços sem pintar onde deseja aplicá-lo.

Como Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)

Aplicação

Com um pincel fino, aplique o verniz na área desejada. Para isso, separe um pincel só para usar com ele, pois as cerdas ficam grudadas com o tempo. O verniz mordente possui uma consistência bem líquida, por isso, costumo colocar um pouco dele na tampinha para ajudar na aplicação.

Para a aplicação das folhas, feche as janelas de onde estiver, pois um ventinho leve dobra a folha toda. Elas são muito finas e rasgam com facilidade.

Como elas grudam em qualquer coisa que tenha vestígio de gordura, aplique talco na ponta dos dedos para facilitar o manuseio — mas como não tinha talco aqui em casa e estava com preguiça de sair pra comprar, fui na raça mesmo (kkk).

Picotei com a tesoura pequenos pedaços e esperei o ponto de grude do verniz (enquanto você corta os pedaços que deseja usar, o verniz fica grudento e pronto para receber a folha, o que demora apenas alguns minutos).

Como Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)

Com um pincel macio, fixe as folhas no verniz e depois esfregue com cuidado o pincel por toda a área.

As partes da folha que não foram grudadas se desprendem, deixando apenas o formato do desenho. Aplique o verniz pra aquarela finalizando, assim, o processo.

Assim como o manuseio do verniz mordente, o verniz para aquarela requer um pincel somente para o aplique pois as cerdas ficam duras após o uso.

Como Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)Como Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)

O resultado final da aplicação é este abaixo. Espero que tenham gostado do tutorial! Qualquer pergunta deixem nos comentários que responderei 🙂

Como Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)Cassiopéia com aplicação de folhas de ouro 🙂

PINTURA EM TELA COM APLICAÇÃO DE FOLHAS DE OURO – 126

  • Bom dia!
  • Hoje eu montarei a exposição dos Relicários da Frida Kahlo no metrô, mas infelizmente não consegui terminar todos os inéditos que eu queria levar para lá… Vou ver se consigo colocá-los em mais um ou dois dias, na verdade estou fazendo mais sete peças e elas quase, quase ficaram prontas…
  • Ah, é tão frustrante quando eu me programo de um modo e não consigo concluir o que estou fazendo… Bem, paciência, pelo menos vai dar para fotografar as peças antes de levá-las para a exposição…
  • Bem, hoje o post do dia é outra pintura em tela:
    Como Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)
    Peixe com aplicação de folhas de ouro
  • Esse trabalho, uma pintura em telas com acrílicos, apresenta apliacções de folhas de ouro, um detalhe diferente, que valoriza bastante o trabalho.
  • A folha de ouro tem um brilho muito mais intenso que as tintas metálicas, que naturamente apenas imitam o efeito metálico real, e o contraste desse brilho com as tintas é bem bacana.
Leia também:  Como aprender qualquer coisa sem professor: 14 passos

Para fazer esse trabalho, você deve riscar a tela com o motivo que deseja pintar (a tela deve estar preparada apenas com gesso acrílico). Depois de riscá-la, aplique com um pincel o verniz mordente para folhas de ouro, que é um tipo de cola que fica grudenta e não seca (mordente), apenas nas áreas em que irá fixar as folhas metálicas. Deixe agir por cerca de 10 a 15 minutos e coloque as folhas de ouro sobre as aplicações. Você pode colocar as folhas inteiras ou aos pedaços, não importa…

Como elas são muito delicadas, é recomendável que vc trabalhe com as mãos limpas. Deposite suavemente as folhas sobre o verniz e bata muito suavemente com um pincel de pêlos bem macios, de forma que a fixação seja completa. Deixe secar por algumas horas e aplique um demãod e verniz fixador em spray brilhante para proteger as aplicações.

Só depois de seco o verniz é que você deverá pintar a tela com as tintas acrílicas. Faça o acabamento com tintas relevo e aguarde secagem completa por 24 horas.

O efeito é bem bacana mesmo, experimente… Ah, e além de folhas de ouro, também existemas folhas de pratamse você preferir essa opção de cor.

Se você gosta de pintura em telas, entre na página ATELIER – GALERIA – PINTURA em meu site, que é o www.cristinabottallo.com.br e veja mais algumas sugestões.

Beijão e até amanhã,
Cristina

Como fazer montagem de fotos com o PicsArt no celular

O usuário pode usar bordas e suas cores preferidas, com ajustes fáceis e interface em português. Há diversos modelos prontos de grades e molduras, sendo possível também distribuir os itens na tela de forma livre.

Ao final, você ainda pode usar o app para aplicar filtros às colagens. O PicsArt está disponível para download no Android e iPhone (iOS).

Veja, no tutorial a seguir, o passo a passo de como criar suas próprias montagens pelo smartphone.

Como Aplicar Folha de Ouro na Tela (com Imagens)

PicsArt: saiba tudo sobre o app de edição

Criar montagens no PicsArt

Passo 1. Baixe e instale o PicsArt no celular. Em seguida, toque no botão “+” e selecione “Colagem”.

1 de 12
Selecione o menu de colagem no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Selecione o menu de colagem no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 2. O usuário pode optar entre uma colagem no formato de “Grade” para enquadrar as fotos nos espaços já estipulados, “Estilo livre” para fazer criações personalizadas distribuindo manualmente as imagens na tela ou “Molduras” que oferece layouts temáticos.

2 de 12
Escolha o tipo de colagem no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Escolha o tipo de colagem no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 1. Caso selecione o item de “Grade” nas colagens, o próximo passo é selecionar as imagens para fazer a montagem em um máximo de 10 itens. Toque no botão de seta, no topo direito, para continuar. Em seguida, há a personalização: em “Layout” escolha o tipo de grade, com o estilo da montagem das fotos.

3 de 12
Na colagem de grade o usuário pode personalizar o layout para encaixar as fotos — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Na colagem de grade o usuário pode personalizar o layout para encaixar as fotos — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 2. Em “Borda”, o usuário seleciona a espessura e o raio (pontas arredondadas) das laterais da colagem. Essa borda pode ser personalizada em “Cor”.

Leia também:  Como aplicar creme vaginal: 10 passos (com imagens)

4 de 12
Personalize as bordas e cores no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Personalize as bordas e cores no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 3. Se preferir um toque mais artístico, selecione “Fundo” para aplicar uma das opções divertidas e estampadas. Ao concluir, toque no ícone de seta, no topo direito. O PicsArt vai exibir seu editor de imagens e você poderá aplicar filtros artísticos em “Efeitos” ou fazer demais ajustes na colagem.

5 de 12
Selecione um fundo divertido na colagem de grade e use o editor para aplicar efeitos — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Selecione um fundo divertido na colagem de grade e use o editor para aplicar efeitos — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 1. Caso você escolha a montagem em “Estilo livre” a próxima etapa é selecionar as fotos em um máximo de 10 itens. Note que as imagens podem ser distribuidas na tela de forma personalizada. Para isso, basta tocar em uma delas para exibir os botões para aumentar ou reduzir o tamanho, rotacionar ou mover pelo campo em branco. Confirme no botão de “check”, no topo direito para aplicar.

6 de 12
Selecione as imagens para a montagem livre no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Selecione as imagens para a montagem livre no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 2. Depois de ajustar suas fotos no espaço, selecione “fundo” para escolher uma das cores ou texturas na aplicação da montagem.

7 de 12
Selecione uma cor ou textura de fundo para a colagem livre no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Selecione uma cor ou textura de fundo para a colagem livre no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 3. Você também pode “Adicionar um texto” ou escolher uma das figurinhas para deixar a colagem mais divertida.

8 de 12
Adicione texto ou adesivos na sua montagem livre — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Adicione texto ou adesivos na sua montagem livre — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 4. Para avançar e aplicar as mudanças, toque no botão de seta, no topo direito. O usuário é encaminhado para o editor de imagens tradicional do PicsArt, no qual é possível fazer ajustes ou até encontrar filtros em “Efeitos”.

9 de 12
Aplique as mudanças na colagem e use o editor do PicsArt para aplicar efeitos extras — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Aplique as mudanças na colagem e use o editor do PicsArt para aplicar efeitos extras — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 1. Essa opção é ideal para fazer colagens comemorativas ou divertidas. Caso selecione a colagem de “Moldura” no menu inicial, será exibida uma listagem de bordas temáticas com um menu na base da tela, com tema de aniversário, celebrações, amor e mais. Selecione a que preferir. Em seguida, escolha as fotos para encaixar na colagem.

10 de 12
Escolha uma das molduras temáticas para a colagem — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Escolha uma das molduras temáticas para a colagem — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Passo 2. Será aberta a montagem em tela cheia para ver o resultado. Você pode trocar as fotos de lugar pressionando e arrastando na tela. Confirme a aplicação no botão de seta no topo direito. Assim como nas outras opções, o PicsArt vai exibir seu editor de fotos para fazer ajustes avançados na colagem. É possível encontrar “Efeitos” artísticos e coloridos para aplicar, se preferir.

11 de 12
Escolha a posição das fotos e edite a colagem com efeitos no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Escolha a posição das fotos e edite a colagem com efeitos no PicsArt — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Salvar colagens no celular

Passo 1. Esse passo é o mesmo para todos os estilos de colagens, seja de grade, livre ou de moldura. Ao terminar as edições nas montagens, basta tocar sobre botão de seta, no topo direito, para aplicar os ajustes. Depois, confirme em “Salvar” para guardar o resultado no celular, ou selecione “Compatilhar” para postar diretamente em alguma rede social.

Leia também:  Como beijar o pescoço de sua parceira: 7 passos

12 de 12
Sabe a montagem de fotos no celular ou compartilhe com amigos pelo PicsArt — Foto: Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Sabe a montagem de fotos no celular ou compartilhe com amigos pelo PicsArt — Foto: Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Douração

Moldura dourada com uma folha de ouro.

A douração, douramento, douradura ou Folheado a ouro é uma técnica de decoração de superfícies que utiliza uma camada finíssima de ouro.[1] O metal transformado em lâminas muito finas (conhecidas como folhas de ouro) é aplicado aos mais variados tipos de superfícies com adesivos.

As técnicas mais recentes permitem colocar esta finíssima lâmina por meio de eletrólise; ou seja: eletroliticamente colocar uma camada de ouro sobre qualquer superfície, inclusive bases não condutoras de eletricidade, em substituição do tradicional sistema de colagem de folhas sobre o objeto.

Um exemplo são as dourações sobre madeiras de altares de igrejas, que são pintadas com uma tinta condutora de eletricidade, à qual se liga um fio (negativo) que sai de seu retificador e a um fio positivo e um algodão na ponta de um ânodo de mão embebido de um gel (ouro 24K) que é espalhado sobre esta tinta condutora.

Trata-se de ouro verdadeiro com uma durabilidade superior às finas folhas de ouro coladas.

Histórico=

A técnica era muito utilizada na Europa desde o século XVI, e chega a seu auge durante o período da arte Barroca, no século XVIII. Na época, o Barroco chega ao Brasil coincidindo com o desenvolvimento do Ciclo do Ouro, possibilitando que Igrejas e nobres usassem a técnica em suas construções.

No período da extração do ouro brasileiro, o mesmo era extraído e passava pelas casas de fundição, onde um quinto era retirado como imposto para a Colônia Portuguesa, e o restante permanecia com o minerador. O clero enviava o ouro restante para Portugal, e lá ele era fundido e transformado em lâminas extremamente finas.

Quando retornavam ao Brasil, as lâminas eram usadas em altares, por exemplo. Na época a técnica era aplicada em madeira após um longo processo: depois de esculpir o altar, era aplicada uma camada de barro. Depois de seca, aplicava-se uma cola a base de animal, e posteriormente a lâmina de ouro.

Ao secar, o aspecto do ouro era enrugado, e os artistas usavam uma pedra de ágata (que é extremamente lisa e afiada) para alisar.

Atualmente

Atualmente, por conta do desenvolvimento de novos materiais, o processo é um pouco diferente: primeiramente a madeira é coberta com um preparado de gesso e cola de coelho aplicados a quente, esse preparado é aplicado diversas vezes, em sentidos opostos, e a cada nova camada espera-se que a anterior seque e lixa-se para obter uma superfície lisa. Logo em seguida, é aplicado o bollus (massa de coloração avermelhada), uma argila misturada com água ou cola (para garantir o poder adesivo). Essa camada é necessária para delimitar os pontos que receberão o ouro e garantir um aspecto polido.

A terceira etapa envolve o real douramento com a aplicação das lâminas de ouro, geralmente de 22, 23 ou 24 quilates, e que acorre depois de umidificada a camada de bollus. Por conta da delicadeza das lâminas, são usados utensílios específicos como o coxim, a faca e a polonésia. Depois do ouro estar completamente seco, é polido com pedras de ágata para ficar com aspecto brilhante.

Ver também

  • Talha dourada

Referências

  1. ↑ «Douração». Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Consultado em 19 de março de 2016 
Este artigo sobre arte ou história da arte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*