Como andar de skate (para iniciantes) (com imagens)

Se você é iniciante no mundo do skate, saiba que esse é um esporte de aprendizado constante.

Da mesma forma que é preciso aprender a se equilibrar, mandar manobras e fazer bonito, também é necessário aprender a como comprar skate.

Pois são muitas possibilidades e cada tipo de skate funciona melhor para um tipo de rolê. Então leia nosso artigo e aprenda a escolher o skate ideal para você.

Por onde começar

Estudando. Não parece tão legal quanto simplesmente pegar um skate e sair aprendendo a mandar manobras, mas um pouco de estudo vai garantir que você não compre um skate meia boca ou que você compre um skate ruim achando que é um bom negócio. Por isso conheça todas os estilos e comece a ler sobre eles. Hoje os principais são:

Street: esse é o estilo mais conhecido e praticado de todos. Existem milhares de pistas de skate espalhadas pelo Brasil e a grande maioria é voltado para o street.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

+ veja onde comprar skate completo para street

Longboard: muito popular entre os skatistas, o longboard é um estilo que está na rua desde os primórdios do esporte. Conhecido por ser grande e chamativo, o longboard agrada os que curtem manobras radicais, os que gostam de skate para passeios e os que procuram um meio de locomoção.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

+ onde comprar skate longboard completo

Vertical: quem já jogou Tony Hawk’s sabe o que é voar alto com um skate. E essa é a proposta do vertical, um estilo conhecido pelas suas pistas em forma de “U” (half-pipes), pelos bowls (que lembram piscinas) e pelas mega-rampas (Big Air). Os skates indicados para o vertical são bem parecidos com o street, porém maiores, mais altos e mais largos.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

Dentre esses três estilos principais, você encontrará várias outras modalidades derivadas delas, como por exemplo o downhill praticado com longboards ou o freestyle praticado com skates de street.

Se deseja conhecer melhor as modalidades e tipos de skate, assista o vídeo do canal parceiro Essência Skateboard. Ele fala mais sobre o Street, Vertical, Downhill Slide, Longboard Overall, Freeride, Speed, Slalom, Longboard Classic, Dance, Freestyle, Simulador de Surf e Skates adaptados para deficientes físicos.

Você pode se aprofundar mais nos assuntos lendo os conteúdos que postamos aqui no blog da Casa do Skatista.

Nós falaremos sobre as modalidades street, vertical e longboard, além de dar dicas sobre peças e o lifestyle skatista.

Confira alguns deles a seguir:

– Como escolher o meu primeiro longboard?
-Os 5 rolamentos de skate mais rápidos para street
-As 15 pistas de skate mais insanas do Brasil

Qualidade em primeiro lugar

Você já se arrependeu de ter comprado algo realmente bom? Pois é, na hora de comprar skate a regra é a mesma. Claro que, todo mundo tem o seu orçamento, mas ainda assim é possível buscar o melhor custo benefício e não sair no prejuízo. Por isso, aqui vai algumas dicas de marcas e materiais interessantes para o seu set-up (conjunto de peças).

Shape

Também conhecido como deck ou board, o shape é a parte de madeira do skate onde apoiamos o pé. O material mais indicado e utilizado por skatistas experientes é o maple canadense por ser o mais leve e o mais resistente de todos. Porém o maple é mais caro e, geralmente, é encontrado em shapes importados.

  • + onde comprar shapes de maple
  • E quando assunto é longboard, tanto o maple quanto o bambu é muito interessante para equipar um skate. Ambos são bastante leves e resistentes se comparados com outros materiais
  • + onde comprar skate longboard com shape de bambu

Quando se trata de marcas nacionais, é bastante comum encontrar shapes fabricados com marfim e pinho. As duas madeiras são leves, resistentes e aguentam um bom rolê, porém ainda são inferiores ao maple canadense em todos os aspectos. A vantagem é o preço, então se você é iniciante e não quer gastar muito, as marcas nacionais vão te oferecer um bom custo benefício.

+ onde comprar shapes nacionais para street
+ onde comprar shapes nacionais para longboards

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)imagens ilustrativas, existem mais tipos e formatos de shapes

Trucks

Possuem formato de “T” e são fabricados em liga de alumínio. Essa peça metálica é responsável por unir o shape nas rodinhas e auxiliar o equilíbrio, com regulagens específicas.

Eles precisam ser extremamente resistentes e, quanto mais leves, melhor.

Existem vários tamanhos de trucks e cada modelo é indicado para um tipo de skate, então se você deseja saber mais sobre o assunto, confira nosso guia completo sobre trucks de skate.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)imagens ilustrativas, existem mais tipos e formatos de trucks

+ onde comprar trucks de skate para street
+ onde comprar trucks para longboards

Rodas

Hoje em dia, quase toda as opções de rodas para skate são fabricadas em PU (poliuretano). E o que você precisa saber é que, dependendo da modalidade escolhida, o tamanho, o formato e a dureza da roda vão variar.

Tamanho: medidas em milímetros, quanto maior for a roda, mais estável ela será.

Dureza: definidas por um número seguido da letra A, por exemplo 80A. Nessa medida, quanto menor for o número, mais macia será a roda e mais aderência ela terá no chão. E quanto maior for o número, mais dura será a roda e mais velocidade ela irá oferecer.

Formato: nas modalidades street e vertical, as rodas utilizadas são com extremidades arredondadas/abauladas. Isso permite que o skatista mande manobras com mais facilidade.

Já no longboard, você pode encontrar tanto rodinhas com extremidades retas, quanto arredondadas/abauladas. As retas oferecem mais estabilidade, sendo indicadas para quem procura velocidade.

E as arredondadas/abauladas são menos estáveis, porém oferecem mais facilidade na hora de mandar alguma manobra.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

imagens ilustrativas, existem mais tipos e formatos de rodas

Confira as especificações indicadas para as principais modalidades:

Modalidade
Tamanho
Dureza
Formato
Street 50-55mm 97A ou superior abauladas
Longboard 64-75mm 75A a 85A abauladas/retas
Vertical 55-65mm 97A ou superior abauladas

+ onde comprar rodas de skate para street/vertical
+ onde comprar rodas de skate para long

Encontre uma loja de confiança

Como você viu, comprar skate envolve estudo, interesse e paciência. Então, se você acha que está preparado para escolher ou montar o seu, basta encontrar uma loja de confiança.

A Casa do Skatista é uma empresa que está há vários anos atuando no mercado de skate e tem tudo que você precisa para comprar o seu: as melhores marcas, ótimos preços e confiança de sobra.

Visite, conheça e divirta-se.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

Dicas: Skate para iniciantes

26 jan.2016

Andar de skate é o desejo de muitas pessoas que buscam atividades que melhorem a coordenação motora e o equilíbrio, desejam emagrecer e precisam aliviar o estresse do dia a dia. Se você faz parte desse grupo, confira algumas dicas de skate para iniciantes que selecionamos.

Tenha atenção nas pranchas

Compre uma prancha que se adeque aos seus interesses. Há diversos estilos e marcas de pranchas disponíveis para todos os níveis de habilidade e preferências. Visite uma loja de skates para observar as opções presentes e conseguir conselhos de skatistas mais experiente. Afinal, a escolha da prancha adequada deve levar em conta seu tamanho e necessidades.

Por exemplo, existem vários tipos de pranchas disponíveis. Entre elas estão:

– Longboards (pranchas longas): são ótimas para longos percursos e também fáceis de serem manuseadas por iniciantes. Por isso, a mais indicada como prancha de skate para iniciantes.

Vale lembrar que as longboards não são boas para truques e manobras. Então, se você tem interesse em praticar ollies, é melhor escolher uma outra opção.

– Classic boards (pranchas clássicas): provavelmente você se lembra delas toda vez que a palavra skate é pronunciada. Com extremidades moldadas perfeitamente para a execução de manobras, chutes e pulos, e fáceis de direcionar, essas pranchas são excelentes para andar por aí em alta velocidade.

Embora exijam maior prática para conseguir equilíbrio de início, elas costumam ser escolhidas por skatistas que querem treinar em um half-pipe.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

– Custom boards (pranchas personalizada): são construídas e montadas por sua conta, com ferramentas básicas. Geralmente, skatistas mais avançados e experientes personalizam suas rodas, eixos, rolamentos e a própria prancha com as diferentes opções disponíveis.

Leia também:  Como aliviar a dor nos ombros de atletas: 10 passos

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

Prancha de skate para iniciantes

Assegure-se de que a sua prancha tenha sido configurada adequadamente para iniciantes. Você não vai querer uma prancha incrivelmente encurvada e eixos frouxos quando estiver começando.

Embora essas características sejam boas na execução de alguns truques, torna-se muito mais difícil ter equilíbrio enquanto se anda sobre a prancha — e você provavelmente vai se cansar depois de certo tempo, se não conseguir sequer se manter em pé.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

Escolha o tênis apropriado

Acredite, tão importante quanto a prancha é a escolha do calçado apropriado. Um bom par de tênis para skate te dará mais segurança na hora de realizar os movimentos e se manter firme.

Esses calçados têm o tipo certo de sola para aderir à prancha e lhe assegurar tanto a proteção quanto o apoio, tornando-os ideais para o aprendizado do skate. No site Passarela você encontra diversos modelos e marcas voltadas para o esporte que cabem no seu bolso!

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

4. Use equipamentos de proteção

Sempre vista roupas protetoras e um capacete, esse último, em especial, precisa ter uma superfície suave e uma cinta de proteção bem justa para evitar danos à cabeça. É provável que você caia bastante no início, de modo que se torna importante garantir a sua própria segurança. Lembre-se de adicionar joelheiras, cotoveleiras e proteções para os pulsos.

Ao se acostumar um pouco mais com a prancha, você provavelmente não precisará vestir todas as proteções, mas sempre que for aprender um truque novo, equipamentos almofadados adicionais são uma excelente ideia.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

5. Escolha o lugar ideal

Por último e não menos importante, escolha o local ideal para dar os primeiros passos no skate. Prefira concreto liso, sem muitas irregularidades e rachaduras. Com mais experiência você poderá andar de skate sobre superfícies irregulares com segurança, mas é mais fácil aprender em um estacionamento ou local asfaltado não movimentado plano e liso.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

E aí, gostou das dicas e quer aprender mais sobre skate para iniciantes? Deixe seu comentário!

Fonte: pt.wikihow.com

Fotos: shutterstock / passarela.com

Já andou de skate? Pedro Barros e Mineirinho dão dicas aos iniciantes

Você já andou de skate alguma vez na vida? Sabe qual é o melhor shape para quem está começando? Já tentou andar em um bowl? O Eu Atleta traz para você dicas fundamentais para começar a praticar a modalidade.

Além de informações sobre acessórios e peças do skate, você vai conferir as dicas de dois grandes nomes no mundo das rodinhas: Sandro Dias, o Mineirinho, um dos principais skatistas do Brasil e hexacampeão mundial, e Pedro Barros, de apenas 17 anos e campeão do último Mundial de Skate Vertical, realizado no Rio de Janeiro.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)Pedro Barros, de apenas 17 anos, desbanca os favoritos no Mundial de Skate Vertical no Rio de Janeiro (Foto: Fernando Soutello/AGIF)

O skate surgiu na California, nos Estados Unidos, na década de 1960 e chegou no Brasil em 1965. No começo, andar de skate era uma atividade voltada para o lazer, sem pretenção de se transformar em prática esportiva.

Com o aumento do número de adeptos em todo o país, o primeiro Circuito Brasileiro profissional surgiu em 1989, na categoria street style.

Hoje, além de diversos campeonatos em diferentes regiões, a Confederação Brasileira de Skate (CBSK), com sede na capital paulista, cuida de todos os eventos relacionados à modalide.O Brasil, aliás, está logo atrás dos Estados Unidos, como a segunda maior potência na modalidade.

De acordo com a Confederação Brasileira de Skate (CBSK), entre homens e mulheres, existem cerca de 10 mil competidores amadores e 300 profissionais em terras brasileiras. Confira abaixo as dicas para começar a andar de skate e dê seu primeiro passo para uma vida mais saudável.

Comprar um skate. Essa é a primeira atitude tomada por quem está começando a praticar a modalidade. Mas, cuidado, pois existem vários tipos de shapes, rodas e todos os outros acessórios que envolvem a montagem de um skate. Veja abaixo cada peça e monte o seu skate.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

Existem diferentes modalidades e estilos de manobras no mundo do skate. O Eu Atleta traz para você as três modalidade mais comuns no Brasil. Confira abaixo as dicas de cada uma delas e comece a praticar.

Street: é a modalidade mais conhecida no Brasil. Praticada na rua e em pistas, seu maior objetivo é passar por obstáculos, tais como bordas, corrimões, paredes inclinadas, saltar gaps e escadarias.

Vertical: é praticada em uma pista em forma de U, que é chamada de half-pipe e pode ser feita de madeira ou concreto. Por seu formato, permite que o skatista realize manobras incríveis, como os giros de 540º e 720º.

Downhill: para quem pratica essa modalidade, o que importa é a velocidade. O atleta desce ladeiras ou mini rampas fazendo manobras em alta velocidade. Os skatistas estão sempre equipados de capacete e outros itens de segurança, já que existem ladeiras em que os atletas atingem mais de 110km/h.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)Pedro Barros anda de skate no Parque de Madureira, no Rio (Foto: Fernando Sotello/AGIF)

Assim como a corrida de rua e a bicicleta, basta um terreno plano ou um asfalto para andar de skate e se divertir. Pode ser na orla da praia, em um parque ou pelas ruas. Basta subir no skate e sair andando pela cidade. Além disso,  é um esporte com alto gasto calórico, sendo que em 30 minutos você pode queimar cerca de 235 calorias.

Mas, para quem pretende encarar obstáculos e praticar manobras, o Eu Atleta traz algumas dicas de skateparks no Brasil. Ao todo, são mais ou menos 1.024 pistas espalhadas pelo país e com o crescimento da modalidade, cada vez mais praticantes procuram lugares como esses para treinar. (Cliquei aqui e confira cinco lugares para andar de skate).

01

acessórios de segurança

Antes de sair por aí com seu skate, fique atento: a sua segurança está em primeiro lugar. Assim como qualquer outro esporte radical, o skate pode trazer riscos para quem o pratica. Por isso, o uso de acessórios de segurança é essencial para todos os skatistas. São quatro itens básicos que podem evitar graves acidentes: capacete, joelheiras, cotoveleiras e luvas.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)Mineirinho em ação no half com capacete, joelheiras e cotoveleiras (Foto: Daniel Vorley)

Além dos acessórios, é preciso tomar cuidado com as pessoas e o trânsito em volta. Andar de skate e escutar música ao mesmo tempo pelas ruas pode causar graves acidentes. Outro cuidado a ser tomado, são os passeios noturnos, é sempre recomendado utilizar acessórios reflexivos e roupas brancas, alaranjadas, amarelas ou em tons flúor.

Sandro Dias e Pedros Bastos: dois nomes importantes do skate atual. Respectivamente, um traz na bagagem a experiência de ter conquistado seis campeonatos mundiais e ser um ídolo para muitos jovens.

O outro, com apenas 17 anos, comemora seu primeito título no Mundial de Skate Vertical e passa a influenciar a nova geração de skatistas brasilerios.

– Primeiro é muito importante saber que o skate é antes de tudo uma diversão e que jamais deve ser influenciado ou iniciado para uma carreira profissional. Sabendo disso, fica muito mais fácil de aprender e se divertir – aconselhou Pedro Barros.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

ESCOLA DE SKATE“Procure uma escola de skate, já existem várias espalhadas pelo Brasil. Um professor é o caminho mais rápido para essa diversão e o mais seguro também. Caso não tenha uma escola, então chame um amigo que ande de skate para te ajudar. Caso não tenha esse amigo, então fique com a minha segunda dica.”

  • EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA
  • LOCAL DE PRÁTICA

“Comprar um equipamento de segurança completo é essencial. Joelheira, cotoveleira, Wist Gard e capacete. O Skate não precisa ser de primeira linha, mas procure as empresas ou marcas já conceituadas no mercado porque isso faz muita diferença no aprendizado e principalmente na durabilidade.””O melhor lugar para começar, se divertir e ganhar um equilíbrio no skate é na mini ramp, principalmente a feita de madeira. Ali é um bom começo para você.”01

Leia também:  Como cancelar uma conta premium no linkedin (com imagens)

sandro dias, o mineirinho

EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA“Capacete, joelheira e cotoveleira. Na minha opinião, esses três itens são importantes. Quando estamos começando, precisamos aprender a andar e a cair de skate. Com os acessórios, você pode aprender a cair sem se machucar.”

  1. DIVERSÃO
  2. LOJAS 

“Faça do skate uma diversão com os amigos e procure estar acompanhado no começo porque não é fácil. Pratique em um lugar confortável e apropriado, como as pistas. Mas caso você não consiga ir até elas, comece em casa, na calçada ou no quintal mesmo.””Se informe antes de comprar um skate. É preciso saber o tipo e o modelo adequado para você andar sem nenhum problema. Ir em uma loja especializada, como os skateshops, é o mais seguro.”Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

saiba mais

MANOBRAS DE SKATE FÁCEIS

Aqui tens uma pequena guia para começar a experimentar truques de skate. Hoje vamos explicar truques fáceis, para nível iniciante.

Lembra-te de que antes de começar a fazer manobras deves saber o básico primeiro: qual é a tua perna dominante (goofy ou regular), manter o equilíbrio, avançar, frear e cair da melhor maneira. Como sempre, lembra-te de que um bom capacete e umas boas protecções são mais do que recomendáveis.

Pronto? Vamos lá!

Lista de truques de skate:

A seguir mostramos-te o nome e a forma de fazer os truques de skate. Não te desanimes se não consegues fazê-los nas primeiras tentativas, é normal. O skateboarding é como tudo, requer uma certa prática. Nunca te esqueças de desfrutar enquanto aprendes ????

Como fazer um ollie no skate passo a passo:

Esta é a manobra mais básica, não apenas porque é o mais simples, mas porque é parte de muitas outras, pelo que vás ter que dominá-la antes de tentar truques mais avançados.

Um ollie é simplesmente um salto durante o qual tens que manter o skate em contacto com os pés em todo momento.

O nome do truque é pelo seu inventor, Alan “Ollie” Gelfand. Quando patinava em rampa, para evitar segurar o skate com a mão, ele fez isso, e Rodney Mullen o acrescentou ao skate de rua alguns anos mais tarde, mantendo o nome do autor. E a partir daí, praticamente começou tudo!

Os passos para fazer um ollie são estes:

1.- Coloca o pé da frente no meio da tábua, e a ponta so outro pé no tail.

2.- Pisa forte no tail para colocar a tábua em posição quase vertical.

3.- Quando o tail toque o chão, pula verticalmente e ao mesmo tempo arrasta o lado do pé da frente pela lixa até o nose. Contanto que mantenhas a fricção, a tábua ficará “colada” aos teus pés, e deve ficar em posição horizontal no ar.

4.- Para terminar bem o teu ollie, deves ter os dois pés acima dos parafusos quando chegues no chão, com o corpo bem centrado e os joelhos um pouco flexionados. Desta forma evitas quedas e também quebrar a tábua.

Agora já sabes por que são importantes as sapatilhas de skate… Todas acabam rasgadas de tanto raspar na lixa nos teus ollies!

Não percebeste muito bem o que estou a dizer e preferias que o explicasse o Tony Hawk? Neste vídeo podes ver como ele encarou o desafio de ensinar a uma pessoa que nunca tinha andado de skate a fazer um ollie… em só uma hora!

Qualquer skate completo serve para tentar esta manobra e, embora a lixa durará mais do que os ténis, se fica demasiado lisa lembra-te de que na Fillow temos muitos modelos diferentes de skates das melhores marcas, para que possas trocá-la por outra com o desenho e cor que prefiras, como por exemplo uma lixa transparente que permita ver o desenho de cima da tua tábua.

Como fazer um Ollie 180 passo a passo

Também podes aproveitar o salto do Ollie para girar meia volta. Pode ser Front Side (se a prancha gira no sentido das pontas dos teus pés) ou Back Side (se  ameia volta é para o lado dos teus calcanhares).

Como fazer o front side:

1.- A posição dos pés é a mesma, mas o pé traseiro deve estar mais pra fora para que possas controlar e empurrar a tábua um pouco no giro.

2.- Justo antes de pisar o tail para levantar a tua tábua como se fosse um ollie normal, começa a girar com os teus ombros (podes esticar os braços para conseguir maior impulso).

3.- O movimento do pé da frente é o mesmo que no ollie normal, só que como vás estar a girar, além de manter a tábua nos pés tens que fazer que siga o giro também.

4.- As primeiras vezes não vás girar os 180º no ar. É isso mesmo. Se quando caires  apoiares mais peso no pé da frente, podes fazer que o tail derrape um pouco no chão para completar  a meia volta.

Agora tenta e tenta, até que saibas o momento ideal e a força exacta para cada movimento. Quando consigas fazer tudo bem, vás fazer a manobra limpa e elegante, como esta:

Como fazer o Back Side:

Desta forma é mais fácil acabares no chão… É similar ao anterior mas primeiro batemos o pé no tail e depois giramos os ombros.

Podes tentá-lo antes sem o skate, para ver quanta força necessitar dar ao giro com os hombros, etc.

Depois, tenta novamente a manobra com o skate mas sem pular muito alto, de forma que o giro ocorra mais a derrapar do que no ar, até que te sintas mais confortável, então podes começar a pular mais alto.

Necessitas vê-lo? Este vídeo está em inglês, mas com certeza as imagens são suficientes.

Como fazer um Nollie:

Um nollie é como o ollie mas fazes o pop com o nose (parte da frente da prancha) quando estas a rodar pra trás na tua posição normal. É similar ao ollie, mas geralmente não fica igual de alto…

Como fazer um pop shove it passo a passo:

O pop chove it é outra manobra muito básica. O lance é fazer que a prancha gire 180 graus enquanto estás no ar, sem girar. Também pode ser feita com a tábua no chão, sem levantar-la (sem “pop”).

A posição dos pés é a mesma que para o ollie. Quando bates no tail, tens também que empurrá-lo no sentido do giro. O pé da frente fica no ar a esperar que a tábua termine a meia volta, para cair. Se levantas a tábua demais, o pé da frente também pode servir-te para pará-la.

Quando um rider profissional faz este truque, se piscares os olhos podes não vê-lo, e parece muito fácil. Pensa que já o fez milhões de vezes, e que nas primeiras acabou no chão do mesmo jeito que tu.

Nesta manobra é possível que comeces a sentir a diferença entre os côncavos altos e baixos das tábuas.

Recomendamos aos iniciantes que comecem com um côncavo médio, mas com certeza deves experimentar todos na primeira ocasião, assim como todo tipo de material de skate diferente, para ir descobrindo as tuas preferências, para que quando configures o teu próximo skate seja muito mais ajustado ao teu estilo.

Como fazer um kickflip passo a passo:

  • Nesta manobra, enquanto estamos no ar o skate deve dar um giro completo no sentido vertical (deves ver as rodas e novamente a lixa).
  • Recomendamos que tentes o truque primeiro em um lugar onde o chão não seja muito duro, porque é muito normal cair.
  • Passos a seguir:

1.- A posição é a mesma que para o ollie.

2.- Bate o tail e pula.

3.- Arrasta o pé da frente, mas não recto até o nose como no ollie normal, e sim em diagonal, desde o lugar de apoio para trás e para fora. Ao mesmo tempo que arrastas o pé, estica o tornozelo para abaixo.

Esse é o impulso para que o skate gire. Muito cuidado, o movimento deve ser feito só pelo tornozelo, se o acompanhares com o resto do corpo, acabarás no chão.

Leia também:  Como apagar todas as mensagens no yahoo! mail: 10 passos

Controla com quanta força deves fazê-lo para que o skate faça a volta completa.

4.- Usa os pés para parar o giro no momento adequado e cai com eles já bem colocados.

Não sejas tímido, visita a zona skater da tua cidade, observa aos outros, pergunta, e se puderes, experimenta estes truques com uns trucks baixos. São os preferidos pelos skatistas profissionais que praticam um street skate mais técnico.

O peso dos trucks também faz muita diferença neste tipo de manobras.

Quando decidas comprar uns eixos mais leves, ou de diferente altura, lembra-te de que na Fillow temos trucks de skate profissionais, e de todo tipo, prontos para serem enviados, das melhores marcas e sempre com a garantia do melhor preço.

Se tiveres mais dúvidas acerca dos trucks, podes consultar a nossa guia de ajuda: Guia Trucks Skate.

Como fazer um Heelflip:

É similar ao kickflip mas a tábua gira no sentido contrário, porque desta vez vás empurrá-la com a ponta do pé para trás, e a diagonal termina na parte da frente do teu corpo.

  1. A posição inicial é a de sempre mas o pé da frente fica mais perto dos parafusos, e com o calcanhar no centro da tábua (a ponta fica por fora).
  2. Salto e pop iguais que na manobra anterior.
  3. Arrasta o pé para a frente, e como se chutasses. Com este movimento a tábua já deve começar a girar, e no final do chute já terminas de dar-lhe o impulso com o calcanhar.
  4. Já sabes que deves tentar cair com os pés acima dos trucks, os joelhos flexionados e o peso centrado.

Truques para aprender skate

O melhor conselho que podemos dar-te é: pratica, pratica, pratica!! Protege-te bem e assim não terás medo às quedas.

Leva sempre o teu skate contigo onde fores, deves acostumar-te à tua tábua, a ter equilíbrio em diferentes tipos de chão, e se o usas todos os dias não vás demorar de sentir-te mais confortável a andar de skate.

Não comeces com manobras difíceis, no início o importante é aprender a andar e parar, os truques chegarão depois.

Se ainda não patinas como gostavas, não fiques desanimado, vás melhorar aos poucos se tiveres paciência. O importante é que não desistas e desfrutes muito de cada tentativa. Se saíres para andar de skate com um amigo será mais divertido, e mais fácil para manter a motivação e tentar ser melhor do que o outro.

O skate com amigos é uma das melhores coisas da vida. Vás lembrar-te sempre desses momentos com carinho, e são uma parte essencial do que significa o skateboarding.

As melhores tábuas para manobras de skate

No skateboarding existem diferentes tipos de tábuas para patinar. São diferentes não apenas pelos desenhos e as marcas, também há muitas formas, pesos, medidas e tecnologias. Nesta guia de tábuas skateboard podes aprender tudo o que necessitas saber.

Qual é a melhor tábua de skate para fazer truques?

As tábuas mais estreitas são melhores para as manobras, porque são mais leves e mais fáceis de mexer e girar, mas a parte negativa é que oferecem menor estabilidade e por isso não são as mais recomendadas para iniciantes.

Portanto, para andar de skate nas ruas e manobrar recomendamos tábuas menores de 8.0, mas deves tomar em conta o tamanho dos teus pés, se são muito grandes vás necessitar uma tábua maior para ter mais espaço de apoio, e sentir-te confortável.

Comprar tábuas de skate para truques

  1. Na nossa loja de skateboard dispomos de um catálogo muito amplo de tábuas em todas as medidas, marcas, desenhos e tecnologias.
  2. Aqui podes ver toda a colecção de tábuas: Tábuas skateboard e aqui os skates completos.
  3. Tábuas skate manobras e os Skate completos para truques.
  4. Desde a nossa loja em Madrid fazemos envios a todo Portugal continental: Lisboa, Sintra, Vila Nova de Gaia, PortoCascais, Loures, Braga, Matosinhos, Amadora, Almada, Oeiras, Gondomar, Seixal, Guimarães, Odivelas, Coimbra, Santa Maria da Feira, Vila Franca de Xira, Maia, Vila Nova de Famalicão, e muitos países da União Europeia: Espanha, França, Luxemburgo, Bruxelas, Itália, Alemanha, Holanda.
  5. Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens)

Parceria leva prática de skate para unidade feminina do sistema socioeducativo

Buscar atividades interessantes para preencher o tempo dos jovens e trabalhar a ressocialização durante o período de férias escolares não é tarefa fácil.

Mas a direção do Centro Socioeducativo São Jerônimo, em Belo Horizonte, conseguiu ocupar o tempo que seria ocioso com uma prática esportiva que tem animado as adolescentes que cumprem medida socioeducativa na unidade.

Em parceria com a Associação Natividade, as jovens estão aprendendo a dar as primeiras manobras em cima do skate.

Como Andar de Skate (Para Iniciantes) (com Imagens) Crédito: Dirceu Aurélio / Sejusp

As aulas acontecem na quadra da unidade durante todo o mês de janeiro, duas vezes por semana, com cerca de duas horas de duração. As jovens chegam ansiosas para a oficina. A maioria nunca havia tido contato com o esporte que, recentemente, ganhou status de olímpico e será disputado já neste ano nos jogos do Japão.

Devidamente equipadas com joelheiras, capacetes e cotoveleiras, as adolescentes aprendem os primeiros passos para andar de skate. Após alongamento, as meninas fazem alguns exercícios de aquecimento onde trabalham equilíbrio, força para saltar, além de técnicas para se equilibrarem e cuidados para não caírem.

Coordenador do projeto Conexão SK8, que dá aulas de skate para iniciantes que vivem em vulnerabilidade social, Rafael Diniz tenta aliar os fundamentos da modalidade com ensinamentos para a vida. Ele faz uma analogia entre a queda na prática do esporte e os erros cometidos pelas jovens. “Como uma prática urbana, o skate traz muitos ensinamentos, por exemplo o cair.

Hoje, todo mundo que está no socioeducativo caiu porque errou em alguma coisa na vida. Mas cair, todo mundo cai. Só que o skate vai ensinar a elas como se levantar dessa queda”, pondera. O instrutor acrescenta que a ideia é sempre contribuir para o bem-estar físico e para a ressocialização das alunas, com o desenvolvimento de virtudes por meio da prática.

“Estamos bem satisfeitos em poder trabalhar com as meninas do socioeducativo nessa iniciação à prática do skate. Antes de ser uma modalidade esportiva, o skate é uma forma de se apropriar das cidades e dos espaços públicos. Mesmo sendo uma prática individual, sempre existe um coletivo de pessoas que está ali se ajudando.

E esse ato de ajudar o outro é também um valor que a gente sempre traz para dentro da aula”, completa. A diretora de atendimento da unidade, a psicóloga Ana Carolina Roriz, entende a prática esportiva como um instrumento de desenvolvimento humano e de inclusão social, além de importante ferramenta motivadora do aprendizado.

“Eu vejo que a oficina tem um efeito muito positivo no comportamento das adolescentes, um efeito terapêutico, de interação e de gasto de energia. Principalmente neste período em que estão de férias e não frequentam a escola, é muito importante que elas tenham atividades que acrescentem e proporcionem uma interação amistosa entre elas”, explica.

Internada na unidade há cerca de nove meses, Larissa Santos*, de 17 anos, está participando da oficina e contou que a experiência tem sido muito proveitosa. “É muito legal, além de a gente aprender coisas novas. Lá fora eu não praticava esporte e aqui dentro estou tendo essa oportunidade. Estou gostando muito dessa chance”, diz.

Parceiros

O Conexão SK8 tem finalidade de realizar oficinas gratuitas de skate para crianças e adolescentes em vulnerabilidade social com objetivo de promover a iniciação esportiva, bem como difundir a prática e os valores de um esporte que conquistou recentemente o status de olímpico.

Viabilizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, o Conexão SK8 é um dos projetos da Natividade, associação sem fins lucrativos que preza por atividades que estimulem a cultura corporal do movimento e incentivem a prática do esporte, da cultura e do lazer.

* O nome é fictício para preservar a identidade da adolescente, segundo determinação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

outras notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*