Como alisar um cabelo ondulado: 12 passos (com imagens)

Já percebeu que aquela sua gaveta cheia de escovas pode não estar servindo para nada? Pois bem, cada escova é ideal para um tipo de cabelo. E não é só isso: a escolha de qual usar depende do que quer fazer e como pretende finalizar as madeixas.

— As escovas são indicadas de acordo com a espessura do fio, o comprimento do cabelo e textura, se mais lisos ou cacheados — explica a cabeleireira Gladys Acosta, do Gladys Coiffeur, na Barra, que completa: — O objetivo é que ela não quebre os fios, desembarace bem sem tracionar e atenda ao que você deseja, seja cachear ou alisar o cabelo.

Mas não basta apenas usar a escova certa.

— Quando escovar, jamais pegue mechas grossas, pois pode embolar na escova. E se usar o secador, deixe três centímetros entre a escova e o aparelho, que deve estar em movimento. Assim, você evita queimar as cerdas e os fios — aconselha a consultora de beleza Luciana Monteiro, da Tonicha Cosméticos.

Descubra a escova ideal para você

Como Alisar um Cabelo Ondulado: 12 Passos (com Imagens) A escova ventilada com base de cerâmica é ideal para modelar as pontas Foto: Divulgação

Ventillada: O modelo oval com base de cerâmica tem cerdas naturais de javali e é indicado para secar e modelar as pontas. A escova é ativada pelo calor do secador, e, por ser ventilada e ter cerdas espaçadas, dá volume ao cabelo.

Como Alisar um Cabelo Ondulado: 12 Passos (com Imagens) A escova de cabelo modelo raquete é boa para desembaraçar cabelos longos e lisos Foto: Divulgação

Raquete: Esta escova oval tem cerdas de plástico com bolinhas na ponta que protegem o couro cabeludo. É indicada para pentear e desembaraçar todos os tipos de cabelo e é boa opção para pessoas com maior sensibilidade.

Como Alisar um Cabelo Ondulado: 12 Passos (com Imagens) A escova de cabelo com base de cerâmica é ativada com o calor do secador Foto: Divulgação

Cerâmica: Arredondada e com base de cerâmica, ela é ativada pelo calor do secador. As cerdas mistas unem a durabilidade do nylon e a maciez do javali. É indicada para cabelos ondulados a lisos, para modelar, pentear e desembaraçar.

Como Alisar um Cabelo Ondulado: 12 Passos (com Imagens) A escova de cabelo almofadada é boa opção para pessoas com maior sensibilidade Foto: Extra

Almofadada: Este modelo almofadado com cerdas de plástico é indicado para cabelos longos e lisos, ou levemente ondulados. Se usado com secador, tem efeito de escova modelada, mas não tão lisa.

Como Alisar um Cabelo Ondulado: 12 Passos (com Imagens) A escova de cabelo fininha é ideal para cabelos curtos Foto: Divulgação

Fininha: Este modelo de escova tem diâmetro menor, o que é indicado para modelar, cachear e finalizar cabelos curtos. O revestimento em cerâmica aquece a escova e trata os fios quando usado com secador, diminuindo o frizz.

Como Alisar um Cabelo Ondulado: 12 Passos (com Imagens) A escova retangular é bastante comum e serve para desembaraçar todos os tipos de cabelo Foto: Divulgação

Retangular: É o tipo de escova que todo mundo já teve um dia. Serve para desembaraçar todos os tipos de fios, pois tem um bom espaçamento entre as cerdas. Esse espaço ajuda evitar a quebra do cabelo.

A forma certa de pentear o cabelo

Não adianta escolher o modelo ideal de escova se, na hora de pentear, não fizer da forma certa. Confira as dicas da consultora Luciana Monteiro para evitar transtornos:

A primeira coisa a fazer é dividir o cabelo ao meio, em duas partes. Desembarace as pontas com a escova oval almofadada e , então, penteie de cima para baixo, para estimular o couro cabeludo e dar brilho do fio.

Em seguida, separe o cabelo em mechas finas. Manuseie a escova redonda de cima para baixo, alisando ou modelando o fio com o calor do secador.

Por último, use a escova raquete para finalizar as pontas, deixando o fio mais maleável.

Higiene: limpar a escova também é importante

Não use escovas de outras pessoas. Elas podem servir de veículo para caspa, seborréia e até para piolho. Eca!

O ideal é limpar a escova uma vez por semana. Para isso, tire o excesso de fios passando um pente fino. Em seguida, deixe a escova de molho numa solução de água e sabão por dez minutos. Enxágue e seque bem antes de usar. Além da lavagem, é possível encontrar em lojas especializadas higienizadores em spray com ação antibactericida.

Leia também:  Como aumentar seu quadril: 11 passos (com imagens)

Conheça os tipos mais comuns de alisamento

Hoje, diversos alisamentos ajudam também a hidratar o fios e a deixá-los com aspecto natural Foto: Dreamstime

Indicação: Todos os tipos de cabelos.

Resultado: Alisa os fios ondulados. Já os crespos e armados perdem volume.

Princípio ativo: “Em geral ela tem formol, mas na quantidade permitida pela Anvisa”, diz Guilherme Andrade, da empresa Soft Hair Cosméticos.

Etapas do tratamento: Os fios são lavados com xampu de limpeza profunda e aplica-se o produto, mecha por mecha. Em seguida é feita a escova e o cabelo é pranchado, para selar as cutículas e garantir a absorção dos princípios ativos. Aguarde três dias para lavar os fios.

Duração: A escova é feita de modo gradual. Ou seja, a cada vez que você realiza o tratamento, mais lisos ficam os fios. Os efeitos dela duram, em média, três meses.

2. Escova definitiva

  • Indicação: Fios naturais ou alisados.
  • Resultado: Cabelo extremamente liso, sem balanço natural.
  • Princípio ativo: “Leva tioglicolato ou hidróxido de amônia”, explica Eduardo Martinez, técnico capilar da Star Active Cosméticos.

Etapas do tratamento: Depois de lavar com xampu de limpeza profunda e aplicar o produto alisante, o cabelo é pranchado com a chapinha aquecida a 200ºC, mecha por mecha. Isso realinha a fibra do fio, deixando-o ultraliso.

Duração: O resultado é permanente. Para tirar o efeito da escova, só cortando o cabelo. “É preciso fazer o retoque na raiz, conforme o cabelo for crescendo. Assim, não ficará diferente do resto”, lembra Eduardo.

3. Escova Inteligente

Indicação: Todos os tipos de cabelos.

Resultado: Os fios finos ou ondulados ficam lisos. “Para o cabelo crespo e armado há redução de volume”, alerta Patrícia Hufnagel Toscani, engenheira química da Ponto 9 Cosméticos.

Princípio ativo: O produto usado é à base de tioglicolato de amônia.

Etapas do tratamento: O cabelo é lavado com xampu de limpeza profunda. Depois, o profissional aplica o produto, mecha a mecha. Em seguida, é feita a escova e a chapinha para selar a cutícula e garantir a total absorção do produto. O grande diferencial é que o cabelo pode ser lavado no mesmo dia.

Duração: Trata-se de um efeito temporário que sairá em, no máximo, quatro meses.

O relaxamento só alisa cabelos ondulados. Nos crespos, a técnica gera cachos soltos e definidos. Foto: Dreamstime

4. Relaxamento

Indicação: Cabelos armados, crespos e com frizz. É recomendado, principalmente, para quem tem cabelo afro ou volumoso.

Resultado: Os crespos e armados ficam com cachos mais soltos e bem definidos, além do volume reduzido. Os ondulados ficam lisos.

Princípio ativo: Pode ser o tioglicolato de amônia, o hidróxido de guanidina ou de sódio.

Etapas do tratamento: É semelhante ao alisamento, mas é um processo menos agressivo aos fios. O relaxamento resulta numa aparência mais natural. O cabelo é lavado com xampu antirresíduos e, em seguida, aplica-se o produto nos fios, mecha por mecha. Depois do tempo de pausa o cabelo é enxaguado e lavado com xampu neutralizante. Por fim, é só secar.

Duração: O efeito dura de seis a oito meses. Mas, conforme o crescimento dos fios, pode-se retocar a raiz.

5. Alisamento fotônico

Indicação: Todos os tipos de cabelos.

Resultado: Os ondulados ficam lisos e com balanço. Os crespos e armados perdem volume.

Princípio ativo: A escova fotônica possui hidróxido de amônia ou tioglicolato.

Etapas do tratamento: Após a lavagem com xampu de limpeza profunda, o produto é aplicado nos fios. A luz fotônica, de cor azul, potencializa a absorção do princípio ativo.

“Ao contrário das outras técnicas, este alisamento não altera a estrutura interna do fio”, explica Guilherme.

Durante o processo, é feita uma nanoqueratinização, que repõe queratina e reconstrói a fibra capilar, deixando o cabelo brilhante e macio.

Duração: O efeito é definitivo, e só precisa fazer retoque de raiz a cada quatro meses.

Cabelo masculino seco: confira 4 passos para tratar os fios e manter a hidratação em dia!

Para os homens que se importam com a aparência do cabelo, lidar com o ressecamento é um dos maiores problemas.

Causado pela falta de hidratação, agressões externas – como sol, vento e poluição – e uso de fontes de calor ou química, esse aspecto seco compromete o brilho e a maciez de qualquer tipo de fio.

Leia também:  Como aprender a usar o adobe photoshop: 7 passos

No entanto, a boa notícia para o público masculino é que dá para recorrer a cuidados e produtos específicos para exibir um cabelo bonito e saudável novamente. Confira 4 passos que vão te ajudar! 

Passo 1: faça pré-poo para proteger o cabelo antes da lavagem

Por ter componentes limpantes em sua fórmula, o shampoo pode acabar piorando o ressecamento do cabelo se for aplicado sem alguns cuidados. Por isso, além de priorizar produtos com fórmulas mais leves, a dica para garantir uma proteção extra é apostar no pré-poo antes da lavagem. 

Para fazer essa técnica é bem simples: basta aplicar um pouco de óleo, condicionador, máscara ou creme de pentear antes de higienizar os fios, enxaguando bem no final para que não fique nenhum resíduo. Dessa forma, o cabelo fica protegido por uma espécie de película que fará com que o shampoo não comprometa a oleosidade natural quando for aplicado. 

Passo 2: invista em hidratações de banho 

Depois de fazer o pré-poo e aplicar o shampoo, outro cuidado importante para eliminar o ressecamento é caprichar nas hidratações! Como o aspecto seco é causado pela perda de umidade, é indispensável repor toda a água que a fibra capilar precisa para exibir um aspecto bonito e saudável novamente. 

Para a alegria de quem não quer perder muito tempo com os cuidados, existem máscaras perfeitas para o banho, que garantem um bom resultado em apenas alguns minutos.

Porém, como os cabelo masculinos mais curtos tendem a ficar pesados com facilidade, é preciso ter os seguintes cuidados: escolher cremes com fórmula leve, que hidratam sem pesar; tentar evitar a raiz; não pesar a mão na quantidade; e, mais uma vez, enxaguar bem para que não fique nenhum resíduo. 

Passo 3: sele as cutículas com condicionador para reter a hidratação

Ignorar o condicionador é um dos motivos que pode causar ressecamento nos fios. Muitos homens acham que o produto é apenas um cuidado extra das mulheres – quando, na verdade, ele é indispensável para fechar as cutículas que foram abertas pelo shampoo e reter a hidratação na fibra capilar. 

Nos dias de lavagem sem tratamento, o produto deve ser aplicado logo após o shampoo; já nas que são acompanhadas de hidratação, o correto é aplicá-lo logo após a máscara para que os nutrientes permaneçam no cabelo. Para que os fios não fiquem pesados, a regra é a mesma: não exagerar na quantidade, evitar a raiz e enxaguar por completo – de preferência, com água fria. 

Passo 4: finalize com um creme de pentear

Além de ajudar a modelar os fios, o creme de pentear é indispensável para manter a hidratação por mais tempo. Por isso, depois de lavar, hidratar e condicionar o cabelo, vale aplicar um pouco do produto! 

As versões com fórmula mais leve são as mais indicadas para o público masculino por não deixarem o cabelo com aspecto ensebado e sem movimento – mas, ainda assim, a regra do “menos é mais” continua válida na hora da aplicação. 

Como Cachear Cabelo Alisado: Dicas Para Você Fazer em Casa

  • Os alisamentos definitivos são muito usados por mulheres que desejam ter fios lisos no dia a dia.
  • Contudo, às vezes bate aquela saudade dos cachos e fica a pergunta de como resolver esse problema.
  • Para te ajudar nessa tarefa vamos dar dicas de como cachear cabelo alisado em casa.
  • Saiba que é perfeitamente possível ter os seus cachinhos de volta com alguns truques.
  • Veja Também: Transição Capilar: deixe os cachos reinarem novamente!
  • Mais: 3 dicas para cuidar dos cabelos cacheados em transição
  • Antes de falarmos sobre as dicas é importante dizer que os alisamentos definitivos além de ser químicas poderosas que podem destruir as madeixas também trazem em si o peso de restringirem o visual capilar.
  • A dona da cabeleira alisada somente terá cachos naturais novamente quando todo o cabelo que passou pela química tiver sido eliminada através de crescimento e corte dos fios.
  • Pense bem antes de aderir a qualquer tipo de alisamento.
  • Veja Também:
  • 8 privilégios que só quem tem cabelo crespo conhece
  • 12 passos simples para você ter um cabelo crespo de dar inveja
  • Cortes para cabelos cacheados
Leia também:  Como baixar adesivos no viber: 10 passos (com imagens)

Como Cachear Cabelo Alisado Em Casa

Créditos de Imagem: Universo Feminino – www.kamilatchara.com.br

Hidrate o Cabelo

A primeira dica é essencial para qualquer procedimento de produção de cachos que você venha a utilizar depois.

Os fios que passam pela química do alisamento tendem a ficar muito danificados pela ação dos agentes que passam abrindo as cutículas das madeixas. Com isso a água que está dentro dos fios acaba sendo eliminada juntamente com os nutrientes essenciais.

  1. Para que o seu cabelo fique forte e bonito novamente é necessário investir em hidratações em casa, faça pelo menos uma vez por semana com máscara de hidratação ou mesmo receitas caseiras e se possível uma vez a cada 15 dias no salão de beleza.
  2. Existe ainda a possibilidade de usar produtos de choques de hidratação como ampolas mágicas, por exemplo.
  3. Conheça: Máscara de hidratação caseira para cabelos cacheados

Preparando os Fios

Com as madeixas hidratadas será muito mais fácil conseguir o efeito de bonitos cachos com os aparelhos indicados. Porém, antes de partir para a prática de criação de cachos é importante preparar o cabelo.

Se possível lave as madeixas e seque completamente (não pode usar modeladores de cachos nos fios molhados).

Aplique no comprimento todo um bom produto termoativo. Esses produtos são aqueles que possuem agentes que protegem o cabelo quando esse entra em contato com aparelhos fontes de calor como chapinhas e secadores.

Dica Extra – Após ter aplicado o protetor térmico em todo o cabelo, antes de fazer os cachos, faça uma nova aplicação antes de passar o babyliss em cada mecha. Para que os cachos se mantenham por mais tempo você pode usar um spray fixador quando terminar de cachear.

Veja: Como enrolar o cabelo sem usar calor, chapinha, babyliss

Escolha o Equipamento

  • Existem alguns tipos de babyliss que permitem conseguir o efeito de cachos mesmo em fios que tem química de alisamento.
  • Dependendo do tipo de cacho que você pretende obter pode ser mais indicado um modelador de cachos mais fino (para cachos mais finos e maior quantidade ao longo do cabelo) ou mais grosso (para cachos maiores, até mesmo para a criação de efeito de ondulação).

Uma das novidades no segmento de equipamentos para cachear cabelo alisado ou não é o modelador que tem formato redondo e no qual os fios são inseridos sendo soltos com cachos de forma instantânea. Embora seja muito prático esse tipo de modelador tende a não oferecer resultados duradouros.

Sendo assim opte por um babyliss convencional e além de um leave-in termoativado use um fixador que auxilie a manter os cachinhos.

Veja Também: Cachos perfeitos em 5 passos

Modelando os Cachos no Cabelo Alisado

Após ter feito o babyliss em todo o cabelo é possível que você ache que ficou com um visual muito artificial, essa é uma das grandes críticas feitas ao equipamento. Isso acontece porque os cachos têm a mesma espessura e textura.

Para deixar o seu cabelo mais interessante a dica é seguir os passos de modelagem descritos abaixo:

Você já deve ter visto competições de bater o cabelo, imite o movimento, mas com menos exagero é claro. Sacudir o cabelo (sem fazer muita força) ajuda a soltar um pouco mais os cachos.

Outra forma de conseguir que o cabelo não fique com um visual muito homogêneo é passar os dedos entre os cachos soltando-os uns dos outros. Tudo o que ajudar a desfazer esse visual massificado de cachos iguais é positivo.

Para quem deseja que o cabelo fique somente ondulado e não cacheado a dica é passar nele uma escova que tenha cerdas mais largas e macias. Assim você desfaz a forma de cacho, mas mantêm as ondas.

  1. E então, o que achou das dicas para cachear cabelo alisado?
  2. Use o espaço abaixo e deixe sua opinião ou comentário.
  3. Mais: Dicas para as ondas durarem mais tempo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*