Como agir quando sair com alguém para o cinema: 15 passos

Passar de namorados para “namoridos” (que seria uma junção de namoro com marido, ao morar juntos) é um passo enorme que precisa ser muito bem pensado. Afinal, tudo em sua relação vai ser modificada e impactada por essa decisão – até as coisas que você nem imaginaria podem se tornar um problema entre vocês.

Este é o momento certo ou vocês estão dando um passo maior que a perna?

Para você que imagina que aquela viagem que fizeram juntos basicamente resume como seria a vida a dois de vocês, está muito enganada(o).

A rotina, a proximidade, companheirismo (ou a falta de), os gastos e os planos para o futuro entram nessa equação para mudar totalmente seu relacionamento.

É por isso que separamos alguns pontos importantes a se considerar antes de ir morar junto com seu namorado(a) e levar essa relação a outro nível.

1. O lugar da conchinha na rotina

A “emoção” de só dormirem juntos algumas vezes na semana desaparece quando vocês passam a morar junto.

E se só um dos dois realmente curte dormir de conchinha, provavelmente vai passar vontade algumas noites.

Porque existem dias que você só quer chegar em casa e se esparramar na cama, se enrolar na coberta e dormir profundamente. Nem todas as noites serão de romance e grude adolescente nessa nova fase.

2. O lugar do sexo na rotina

Ainda pensando na rotina noturna do casal, aquele desejo sexual, que você sentia quando encontrava seu namorado(a) só algumas vezes na semana, também não vai surgir todas as noites em que vocês deitarem para dormir juntos, simplesmente porque isso vai acontecer tipo TODAS as noites. E existem dias que você só quer chegar em casa e dormir!

3. Conhecer o pior lado do parceiro

Aquele lado que você não precisava lidar tanto quando cada um morava na sua casa.

A bagunça, os dias ruins, as nojeiras que ela(e) deixa no banheiro, a imundice que ele(a) deixa a cozinha, quando um acorda de mau-humor, quando o outro dorme sem tomar banho, quando um perde a paciência ou quando o outro deixa a toalha molhada em cima da cama de vocês. A realidade é dura, mas ela sempre aparece! Então você precisa saber que morar com seu namorado(a) não é aquilo “conto-de-fadas” que você idealizou.

4. Compartilhar tempo livre

Como Agir quando Sair com Alguém para o Cinema: 15 Passos

Sabe aquele tempo que você tem só para você? Quando você chega cansado do trabalho e só quer se jogar no sofá, jogar video game ou assistir suas séries, em paz? Pois é, tenha em mente que agora você vai ter que compartilhar esse “momento eu” com seu parceiro(a). Afinal, vocês precisam manter o companheirismo vivo entre vocês – não dá para chegar em casa e se trancar no seu “mundinho”. Você não vai mais estar sozinho, então compartilhar sua vida (e seu tempo livre) com quem se ama é algo importante quando se vai morar junto.

5. Respeitar o espaço de cada um

Como Agir quando Sair com Alguém para o Cinema: 15 Passos

Mas também não é porque vocês compartilham cama, casa e tempo livre que vocês precisam fazer TUDO junto! Uma hora vocês vão precisar fazer suas coisas, sejam de trabalho ou hobbies pessoais. Antes de morar juntos, vocês se encontravam necessariamente para fazer algo juntos (ver um filme, jantar, sair para algum lugar) e agora você precisa pensar em como vai ser estar junto mas cada um fazendo suas coisas, como numa rotina normal, habituar-se a essa e cada vez se sentir mais à vontade na presença do outro.

6. Compartilhar decisões sobre TUDO

A vida do casal passa a ser guiada por decisões que os dois devem tomar e ter participação. Desde as coisas mais importantes, como “qual carro devemos comprar”, até as coisas mais banais como “o que vamos jantar hoje”.

Se as duas partes não estão dispostas a conciliar esses desejos e ceder quando necessário, a vida a dois vai ser difícil e tumultuada – e vocês podem acabar brigando porque ela(e) quer filé com salada e você quer Mc Donald's.

7. Dividir tarefas

Esse tópico é muito importante quando se pensa em morar junto com seu namorado(a). Vocês sabem dividir as tarefas? Vocês vão conseguir cuidar de uma casa juntos, sem injustiças e com muito companheirismo? Saber organizar um lar e dividir essa parte chata de lavar louça, passar roupa e arrumar a cama vai ser algo decisivo na relação de vocês.

8. Lidar com despesas

Como Agir quando Sair com Alguém para o Cinema: 15 Passos

Antes de se mudar com o amor da sua vida, você precisa pensar nas questões financeiras: como serão divididos os gastos? Como vocês vão aplicar esse dinheiro no lar? Ter planejamento e responsabilidade na hora de sair gastando o orçamento de vocês pode ser a diferença entre um final feliz e um desastre.

9. “Intimidade é uma droga”

Com certeza você já deve ter ouvido essa frase. Se vocês vão morar juntos, dê adeus àquela imagem da sua namorada(o), sempre cheirosa(o), arrumada(o) e penteada(o), porque pessoas normais não vivem assim 24hrs por dia. Não quer dizer que vocês nunca mais vão se arrumar um para o outro, só que você vai conhecer outro lado do seu parceiro – um muito mais real.

Encontrá-la descabelada, sem maquiagem, vestindo aquele pijama velho furado e eventualmente com a depilação atrasada vai passar a ser normal. E o mesmo vale para ele: encontrar ele coçando o saco no sofá, com cara de mendigo barbudo e com o desodorante vencido faz parte.

Arrotos, peidos, grandes acontecimentos no banheiro e outras dessas intimidades maravilhosas fazem parte da rotina da vida a dois – e o amor supera tudo!

10. Planos para o futuro

E por fim e mais importante: antes de decidir morar juntos vocês devem saber os planos futuros um do outro, e se eles coincidem. Afinal, este é um grande passo no relacionamento de vocês, não significa só “passar a se ver mais” ou “dormir todos os dias juntos”.

Trata-se de tornar mais séria ainda sua união – e se vocês não querem a mesma coisa para o futuro, para que começar essa jornada juntos? Por isso essa questão é a mais importante.

Vocês querem ter muitos filhos? Em breve? Mudar-se para o interior? Viver na capital? Querem ter cachorro, gato, papagaio? Conheçam os planos um do outro para não se surpreender nem se decepcionar depois.

Como demonstrar interesse

Antes de qualquer coisa, você precisa ter autoconfiança e acreditar em si e no seu potencial, mas nunca se esqueça de ser você mesma sempre, independente da pessoa que quer conquistar.

Se você está insegura ou não quer ser direta, demonstre sutilmente o seu interesse. Um sorriso e uma troca de olhares são armas infalíveis, se usadas no momento certo. Aquele ditado que diz “um olhar vale mais do que mil palavras”, pode ser, certamente, aplicado no jogo da conquista.

Se vocês se conhecem há pouco tempo, tome cuidado com as primeiras conversas, pois, caso não sejam agradáveis, você pode colocar tudo por água abaixo. Procure puxar assuntos leves como passeios, hobbies, trabalhos, etc. No primeiro bate papo evite os temas polêmicos, como política e família.

Muito pelo contrário, agarre-as! Se vocês trabalham juntos, proponha um convite para um almoço ou um happy hour. Se estudarem juntos, puxe assuntos pertinentes. O fato é que sempre haverá uma brecha para você aproveitar as oportunidades.

Se você realmente estiver interessada em alguém, não precisa forçar nada. Faça elogios sinceros, seja pela aparência, pelo perfume, roupa, inteligência. Demonstre o que te agrada.

É comum estar insegura ou não saber como se aproximar. Você pode tocar a outra pessoa de maneira sutil, um toque nas mãos, no rosto e até na roupa – em momentos pertinentes. Essa é também uma maneira de quebrar o gelo durante algumas conversas.

Geralmente, as mulheres costumam perder um pouco da noção quando estão apaixonadas e, mesmo que indiretamente, tentam chamar a atenção de alguma forma. Muitas vezes, essa maneira de querer ser o centro das atenções pode afastar o rapaz. Cuidado!

No jogo da sedução, as mulheres possuem armas mais fáceis para chamar a atenção dos homens, isso pode acontecer ao cruzar as pernas, mexer nos cabelos e até se vestir com uma roupa diferente. Mas pesquisas indicam que a atração física não é prioridade para o sexo feminino. Elas priorizam, além de tudo, os contatos não verbais, como troca de olhares, sorrisos e movimentos.

Se vocês possuem motivos em comum que os façam rir, abuse disso. Um bom papo regado a muita risada é uma ótima forma de estreitar laços de qualquer relação.

Se você gosta dos amigos dele isso é ótimo, mas se os amigos dele gostarem de você, certamente, você já ganhou bons pontos.

A eterna busca do garoto dos sonhos que toda menina gosta

Menos discriminação e mais amor para todos

Sim, tudo começa por aí. Se você quer mesmo estar com ele, demonstre interesse nos assuntos dele, procure ajudar quando possível, converse sobre os mais diversos temas e esteja presente sempre, mas claro, sem sufocar.

Procure saber o que a pessoa gosta de fazer, de falar, de comer, tenha informações sobre ela. A partir daí, seu convite será mais assertivo. Evite as mensagens, a melhor opção é o olho no olho, e convide-a com segurança. Assim você elimina cada vez mais a chance de receber um “não” como resposta.

Depois de seguir todas ou algumas dessas dicas, vai chegar o momento de se declarar. Se o seu convite para sair for aceito, talvez essa seja a melhor hora, pois você não vai pegá-lo de surpresa. Parta para ação, o “não” você já tem!

Leia também:  Como bloquear ligações no telefone de sua casa: 11 passos

Sem mais delongas, procure ser direta, já que já são amigos. Você tem duas opções: partir logo para o ataque, caso sinta que o clima está favorável ou, se ainda não se sentir segura, converse sobre seus sentimentos. Talvez, ele sinta o mesmo e não tenha coragem de falar.

É fato que o jogo da conquista é animador, dá frio na barriga e a gente tenta surpreender a cada dia, mas depois de atingir seu objetivo, é importante que continue dando seu melhor, sendo você mesma (o) sempre.

Как вести себя на свидании в кинотеатре

  1. 1

    Поприветствуйте свою подругу и улыбнитесь ей при встрече. Когда вы только заметите свою подругу у кинотеатра, посмотрите ей в глаза и улыбнитесь. Скажите “Привет”. Расслабьтесь и повернитесь лицом к подруге.[4]

    • Обнимитесь или поцелуйте подругу в щеку только в том случае, если вы уверены, что это будет уместно. Вспомните, здоровались ли вы таким образом раньше, а также подумайте, как эта девушка относится к выражению чувств на публике.
  2. 2

    Если хотите, можете предложить подруге оплатить ее билет. Ваше предложение оплатить оба билета точно впечатлит девушку и покажет, как серьезно вы настроены.

    Но это нужно делать только в том случае, если у вас действительно есть финансовая возможность, и вас это не смущает.

    В любом случае, тот факт, платите ли вы за ее билет или нет, не указывает на то, что вы не заботитесь об этой девушке.

    • Некоторые люди предпочитают делить стоимость свидания поровну, чтобы все было честно.
    • Не стоит поддаваться стереотипам, в которых парень всегда оплачивает свидание. Это вовсе не обязательно. Поступайте так, как вам будет удобно.
  3. 3

    Узнайте у партнера, хотелось бы ему купить закусок к фильму. Перед тем, как вы пройдете в зал смотреть фильм, обязательно предложите купить попкорн или сладости. Обязательно убедитесь в том, что у вас достаточно времени для перекуса, и вы не опоздаете на фильм.

    • Позаботьтесь о свежем дыхании — купите мятные леденцы или воду.
    • Один из вариантов — оплатить закуски, если ваш друг купил билеты — так будет честно.
  4. 4

    Выберите хорошие места, откуда вам обоим будет хорошо виден экран. Вам должно быть удобно на этих местах. В большинстве кинотеатров лучшими считаются 2/3 задних центральных мест, потому что там лучший звук. Но вы можете выбрать другие места, которые будут для вас обоих наиболее комфортными.[5]

    • Можно разрешить своему партнеру самостоятельно выбрать места, особенно если вам все равно.
  5. 5

    Старайтесь читать язык тела своей приятельницы во время просмотра фильма. Обратите внимание на то, как девушка общается с вами. Если она постоянно “липнет” к вам или пытается сесть поближе — это положительные знаки, ей нравится быть рядом с вами. Кроме того, возможно, вы заметите что она часто смотрит вам в глаза и улыбается.[6]

    • Если девушка постоянно пытается отдалиться от вас, отворачивается в другую сторону, скрещивает руки — это негативные знаки. Это значит, что ей не слишком комфортно рядом с вами.
    • Имейте в виду, в некоторых случаях, если девушка уклоняется и отворачивается от вас и сидит со скрещенными руками, это может просто значить, что ей холодно, или она любит сидеть на некотором расстоянии от собеседника. Единственный способ наверняка узнать, что она думает — спросить ее об этом прямо.
  6. 6

    Перед тем, как сблизиться с девушкой, необходимо узнать ее мнение об этом. Не стоит пытаться “липнуть” к ней во время просмотра фильма, не спросив разрешения.

    Свидание вовсе не обязательно должно предполагать интимность и близость только потому, что в зале темно и вы сидите рядом.

    Перед тем, как дотрагиваться до нее или как-то сближаться с ней, спросите девушку, как она на это смотрит.[7]

    • Например, можно сказать: “Можно я поцелую тебя?” или: “Можно мне дотронуться до тебя?”
    • Если девушка отвечает отрицательно, не давите на нее и не пытайтесь сблизиться с ней насильно. Примите ее ответ и просто наслаждайтесь фильмом дальше.
    • Если девушка ответила утвердительно, можно попробовать сблизиться с ней. Но обязательно спросите ее мнение перед тем, как делать какие-то еще шаги ей навстречу.
    • Помните, что свидание в кино необязательно предполагает близость. Вы с девушкой можете просто посмотреть фильм и насладиться совместным времяпровождением.

50 coisas que você precisa fazer para ter um relacionamento feliz e duradouro

por Leonardo Filomeno

Muitas pessoas solteiras procuram o bem-estar físico, preocupam-se em aprender técnicas de sedução só para continuarem ativos e interessantes na conquista. Mas, basta assumir um relacionamento, que deixam toda a preocupação de lado e tocam a vida a dois como se estivessem dirigindo um carro em alta velocidade, no ponto morto.

+ Confira os vídeos do canal MHM no Youtube

Mal sabem elas que a grande dificuldade não está em sair com alguém uma porção de vezes, mas em manter um relacionamento com a mesma pessoa por meses, anos, com o mesmo comprometimento do início, sem deixar que a rotina massacrante e o convívio acabe afastando o casal para lados opostos.

Se você é daqueles que preocupa-se com o futuro saudável da sua vida a dois, ou está procurando respostas para as razões do seu envolvimento estar mal das pernas, reuni algumas dicas simples e funcionais para manter um relacionamento feliz, saudável e duradouro. Confira!

1. Construa seu ideal de vida a dois

Não se apegue a fórmulas prontas e nem experiências de vida de pessoas próximas. Seu relacionamento não é um roteiro pré-elaborado de uma comédia romântica, muito menos um conto de fadas. Cada relacionamento tem um caminho e uma fórmula. Por isso, não se enquadre em padrões, construa o seu.

2. Saiba Perdoar

Um relacionamento feliz é baseado em duas grandes coisas, a primeira é perdoar. Mas, não é perdoar uma, duas ou três vezes. É estar disposto a praticar o perdão por quantas vezes forem necessário. Se a pessoa que você escolheu para ficar ao seu lado vale a pena, você vai perceber que este nem é um fardo tão difícil de aturar.

3. Aprenda a esquecer

A segunda grande coisa é esquecer. De que adianta falar que vai perdoar, mas não se esquecer do ocorrido? Conheço muitas pessoas que afirmam de sopetão terem perdoado suas parceiras, mas aproveitam todas as oportunidades disponíveis para trazer o vacilo do outro à tona. Se você não está disposto a esquecer, é porque realmente não perdoou.

4. Seja um verdadeiro companheiro

Ninguém baterá mais forte que a vida. Mas, uma das coisas confortantes sobre os relacionamentos é que eles são capazes de te presentear com alguém ao seu lado para te ajudar a levantar em cada queda que você tomar.

5. Cresça

Se você ainda tiver os mesmos desejos, opiniões e crenças aos 40 anos de quanto tinha 20 anos, é um claro sinal de que você está com a vida estagnada. Você não pode, e nem deve, ser a mesma pessoa que era então no começo do relacionamento. Cresça e mantenha acessa a inspiração que a outra pessoa vê em você.

6. E se adapte

Mesmo se, por um período grande, você estagnar, e a pessoa que está ao seu lado tiver um crescimento ou mudança bem expressivo, não lute contra isso. Apoie, incentive, aprenda com ela, seja grato por isso.

7. Ofereça soluções, não críticas

Qualquer idiota é capaz de criticar. Um bom companheiro (veja item 4) vai oferecer uma saída para a merda.

8. Para ficar junto é preciso ceder

Se você quer alguém para fazer suas vontades e desejos, não se relacione. Ficar juntos é compartilhar, conviver e, acima de tudo, ceder.

9. Respeite os espaços

Vocês não nasceram juntos e, provavelmente, não irão morrer juntos. Respeitar o espaço conserva e reacende a relação. Além de ser um respiro necessário.

10. Cultive um círculo de amizades próprio

Uma das maiores alegrias da vida é conhecer novas pessoas, ter e manter seus amigos. Eles te darão o suporte necessário para quebrar a rotina da vida a dois e ainda poderão agregar nos passeios com sua companheira.

11. Faça elogios diários

Arrume um apelido carinhoso para chamá-la. Fale que a ama frequentemente. Diga uma adjetivo que te atrai nela sempre que puder. São estes pequenos mimos que fortalecem o sentimento.

12. Pratique a autoconsciência

Pegue um tempo para refletir na frente do espelho sobre quem você é e as contribuições que você está fazendo para o seu relacionamento. Você é muito crítico com ela? Censura demais? Não é companheiro? É responsável por um relacionamento abusivo?

13. Admita que você está errado (mesmo, por vezes, quando você não está)

Isto é uma das coisas mais fáceis e mais difícil de fazer nesta lista, ao mesmo tempo. Pode parecer pouco, mas este simples gesto vai pagar dividendos imensuráveis na vida a dois. Além disso, ele ajudará a crescer junto com sua parceira. Em muitas brigas, é apenas a coisa mais certa a fazer.

Leia também:  Como bloquear o sinal de uma rede: 11 passos

14. Comemore grandes e pequenas realizações

Quer se trate de uma promoção no trabalho ou um aniversário de 9 meses de namoro, encontre todas as ocasiões possíveis para comemorar junto com ela.

15. Surpreenda um ao outro

Acompanhe naquela comédia romântica que ela tanto gosta (e você não suporta). Quebre a rotina chamando-a para almoçar durante o meio de semana. Compre chocolates e pequenos presentes fora de datas comemorativas. Seja imprevisível (no bom sentido, é claro).

16. Mostre atenção nas pequenas coisas

Segure a porta enquanto ela passa; repare na roupa que ela veste e faça um elogio depois de uma produção especial para sair contigo; pare tudo que está fazendo e dê atenção só a ela em uma conversa no fim de noite. A recompensa para estas pequenas coisas costumam ser muito maior do que você pensa.

17. Evite as entrelinhas

Esta é uma forma covarde de se comunicar. Se você tem algo a dizer, diga. Não espere que a pessoa adivinhe o que você está pensando ou o que realmente você quis dizer.

18. Cultive suas melhores qualidades

Os relacionamentos têm as melhores oportunidades para cultivar as qualidades que fazem de você uma pessoa melhor? O melhor disso é que você pode praticar quase que diariamente. Qualidades como paciência, lealdade, compaixão, confiança, são mais que bem-vindas.

19. Mantenha certos hábitos íntimos

Ter alguém para compartilhar o mesmo teto é bem legal, mas é necessário que vocês preservem alguns hábitos privados. Usar o banheiro enquanto a outra pessoa escova os dentes deve ser evitado, por exemplo.

20. Fale sobre sexo

O sexo é uma parte de suma importância para qualquer relacionamento. Mas, por preconceito, vergonha ou ciúmes, muitos casais não querem discuti-lo. Não faça do sexo um assunto tabu, o prazer de vocês dois são os mais prejudicados com isso.

21. Incentive o outro a superar o medo

Todos nós temos inseguranças e medos. Seu relacionamento deve ser um lugar onde você precisa estar completamente livre para revelar quais são suas fraquezas e seu cônjuge deve ajudar a superá-las.

22. Tenha segredos

Você não precisa saber com quantas pessoas sua parceira já dormiu, nem ela precisa saber tudo o que se passa em sua cabeça, todo o instante. Mantenha alguns segredos no relacionamento.

23. Deixe de ser saudosista com relacionamentos passados

Você não era tão legal assim no relacionamento que passou; e se a sua ex fosse tão foda quanto você pensa agora, não teriam acabado.

25. Não deixe pequenos problemas virarem monstros

A maioria dos casais separam-se não por grande coisas, mas por pequenas que vão se acumulando no caminho. Não ignore pequenos problemas e brigas, resolva-os.

26. Você são iguais (e estão no mesmo barco)

Não importa qual de vocês ganha mais dinheiro. Não importa qual de vocês tem mais amigos. Não importa qual de vocês é mais realizado profissionalmente. Se você está em um relacionamento, precisam dividir o ônus e bônus. Pense que, se todos os dois estão no mesmo barco, se um afundar, o outro vai junto.

27. Cumprimente uns aos outros

Atenciosamente, com frequência e carinho. É uma baita forma de demonstrar que o sentimento existe, praticando com doses homeopáticas.

28. Respeite os amigos do outro

Assim como o espaço, os amigos e grupos de pessoas próximas do outro precisa ser respeitado. Criticar, barrar encontros e a socialização são formas mais simples de tentar minar o círculo de convívio da parceira.

29. Respeite os dois lados da moeda

É muito fácil ter o mínimo de julgamento sobre si e adotar níveis críticos alarmante quando a situação é com o outro.

Quer ver um exemplo prático? Quando eu quero gastar o nosso dinheiro em um jogo de camisas de clubes Europeu, é um bom investimento.

Quando minha companheira quer gastar dinheiro em sapatos ou vestidos, ela não reconhece o valor do dinheiro. Dê o mesmo tratamento para as duas pessoas.

30. Preocupe-se com a sua aparência

Seu casamento não lhe dá um passe livre para sempre usar bermuda e camisa de futebol. Preocupe-se em se arrumar para a companheira, assim como ela faz para você.

31. Pergunte antes de jogar fora (ou trocar de lugar)

Vocês estão morando juntos, então o espaço é compartilhado. Nada de jogar as coisas dela fora, ou reorganizar o espaço do seu jeito sem informá-la.

32. Convide sua família para encontros especiais

Pelo menos algumas vezes. Isso pode ser tudo que você precisa para aumentar o elo do casal, mostrando a importância e relevância que a família da outra pessoa tem na sua vida.

33. Seja autossuficiente

Aprenda a lavar a sua própria roupa. Saiba como preparar uma refeição; como fazer compras no supermercado; como fazer uma compra online; como trocar uma lâmpada; como desentupir um vaso sanitário. Não é porque casou que precisa deixar tudo nas costas do outro.

34. Tenha um bom humor para tudo que acontecer com vocês

Isso deve estar no centro de tudo que vocês dois fazem. Eu não encontrei uma única coisa que eu tenha sido incapaz de, eventualmente, rir (ou sorrir do que aconteceu, logo depois, por mais merda que seja a situação). Se você coloca isso em mente desde o começo, torna as coisas muito mais divertidas e bacanas para conviver.

35. Tenha boas maneiras

Não grite. Abra a porta. Ajude a carregar as compras. Proteja seu espirro com a mão. Maneire nos gases malcheirosos na frente dela.

36. Seja responsável com o dinheiro e as finanças

Ninguém vive em amor. Tanto você quanto ela precisam de dinheiro. A felicidade de muitos relacionamentos felizes está em manter as finanças em ordem. Acredite nisso.

37. Mantenha uma atividade física

Você deve isso a si mesmo para estar na melhor saúde física possível. Os efeitos colaterais mentais que a atividade física proporciona será benéfico não só para você, como a vida a dois.

38. Lembre-se de dizer obrigado e por favor

Mesmo e especialmente quando as coisas não parecem que eles precisam ser reconhecidas ou pedidas. Ela está lá por opção e não obrigação. Por isso, seja gentil e educado.

39. Cuidado com as palavras

Em momentos de discussões, algumas palavras ásperas atingem o parceiro como flechas, magoando profundamente. Controle o máximo que puder o que sai de sua boca, evite ofensas graves e, se não puder, saia no momento de discussão, respire e depois volte para retomar a conversa.

40. Desenvolva seus próprios interesses

Parece um ponto contraditório, mas o seu relacionamento tende a melhorar quando você criar e perseguir seus interesses separados.

41. Sexo realmente não é tudo, nem para os homens

Boa parte dos homens podem ter mais vontade de transar que mulheres, mas não será o sexo que vai segurar um relacionamento.

42. Não aja por impulso

Haverá momentos de crise ou brigas em que o que você mais vai desejar é largar tudo e voltar a vida solteira. Não aja por impulso, não jogue tudo por alto e não tome medidas baseadas em emoções do momento. Espere os ânimos esfriarem para ter uma conversa definitiva sobre a discussão. Ou será tarde demais para remediar, quando você se der conta.

43. Não procure a perfeição

Pessoas perfeitas não existem. Ao invés de procurar a mulher ideal e utópica, procure alguém que você possa conviver e aceitar os erros dela, assim como ela aceita os seus.

44. Desligue-se do trabalho

É difícil (eu ainda não aprendi direito), mas o segredo para ter momentos felizes e poder voltar com fôlego renovado ao trabalho é desligar ou deixar os problemas profissionais da porta de casa para fora.

45. Há sempre tempo para recomeçar

Se você realmente gosta da outra pessoa, se vale a pena ficar junto, você pode voltar atrás, ser um cara melhor e recomeçar do zero.

46. Não existe vencedor em uma briga de casal

Como disse anteriormente, estar em um relacionamento é como estar em uma canoa, se um ganha a discussão e o outro perde, a canoa perde o equilíbrio e afunda. Nenhum dos dois consegue se salvar.

47. Viagem juntos

Seja para um simples final de semana ou um tour de férias de 30 dias, viagens de casais costumam estreitar relacionamentos e tirar do marasmo a vida a dois. Como bônus, o passeio vai ampliar sua visão de mundo e a maneira que você valoriza o seu relacionamento.

48. Viagem separadamente

Programar passeio com amigos, roteiros solitários também contribuem para a vida a dois. Pode ser o respiro necessário para a relação, uma forma de realizar objetivos e sonhos particulares ou mesmo de perceber o quanto o outro é importante e faz falta em sua vida. Aproveite o tempo distante, se você realmente gostar da pessoa ao lado, vai voltar com muito mais saudades.

49. Tenha amor próprio

Nem sempre vale a pena insistir. Quando a coisa vai muito mal é preciso saber o momento de desligar, dar um passo atrás e reconhecer que o relacionamento não tem mais jeito.

50. Desistir é a última das opções

Na vida como um todo, desistir é o ato mais covarde e fácil de fazer. Ao invés de partir para esta opção, tente, tente e tente mais uma vez.

Leia também:  Como aumentar os graves em um computador com windows

Jornalista, Sommelier de Cervejas, fã de esportes e um camarada que vive dando pitacos na vida alheia

20 dicas poderosas para você se relacionar melhor com as pessoas

  • A maior habilidade que uma pessoa pode escolher para desenvolver nessa época em que vivemos, sem dúvidas, é a interpessoal, que nada mais é do que a capacidade de nos relacionarmos bem com o nosso semelhante.
  • É evidente, que muitas pessoas encontram dificuldades em executar de forma eficiente essa questão, haja vista, que em qualquer tipo de relacionamento existem inúmeras variáveis que tornam essa questão um grande desafio para todos nós.
  • Sabendo das dificuldades que as pessoas possuem, de se relacionarem umas com as outras, elaborei 20 dicas para que uma pessoa possa se relacionar melhor em seu dia a dia e consequentemente consiga otimizar seus processos, confira:

1 – Busque gostar das pessoas: tenha interesse pelas pessoas, incite sua curiosidade por elas e principalmente, demonstre para as mesmas, que você aprecia aquilo que elas fazem. Em outras palavras, use sua simpatia para demonstrar para as pessoas a importância que elas tem para a sua vida e o quanto você valoriza isso.

2 – Busque ser bem humorado: a maior característica de uma pessoa de marketing pessoal forte é o sorriso.

Não há dúvidas de que, o bom humor conquista/seduz as pessoas, pois, é algo que faz com que as mesmas se sintam valorizadas e queridas.

Digo isso, porque você está lidando com seres humanos, cheios de dúvidas, medos, incertezas, inseguranças e instabilidade, sendo assim, transmita emoções positivas, para que assim, você consiga ganhar a confiança das pessoas.

3 – Busque ouvir as pessoas: acredite, algumas pessoas não querem as soluções para os seus respectivos problemas, e sim que exista alguém que esteja disposto a ouvi-los.

Sendo assim, uma das habilidades imprescindíveis de relacionamento saudável, é exatamente saber ouvir as pessoas.

Algo valioso que aprendi em minha vida, foi que estimular as pessoas a falarem de si mesmas, é uma atitude ímpar para que as mesmas criem um vínculo afetivo comigo, fazendo de mim, uma pessoa interessante.

4 – Busque perdoar as pessoas: somos seres muito diferentes uns dos outros, portanto, é natural que haja atritos, divergências e desgastes em um relacionamento.

A questão é a seguinte: como você administra esses conflitos? O segredo é olvidar, pois, é preciso aceitar que algumas pessoas irão nos machucar de vez em quando, mas, por acreditarmos nelas, devemos praticar o ato de perdão.

5 – Busque aceitar a diversidade: a heterogeneidade é algo que deve ser valorizado pelas pessoas, e não o contrário.

Examine-te a ti mesmo e responda para si próprio, se você é uma pessoa que expede julgamentos por conta de religião, classe social, etnia, opção sexual, enfim, tudo aquilo que você discorda, e repare se é capaz de enxergar as pessoas de forma igualitária e justa.

6 – Busque desejar para as pessoas tudo aquilo que deseja para si mesmo: colhemos exatamente aquilo que plantamos, ou seja, se desejar sucesso para você, aprenda a desejar o sucesso para os outros também.

Fazendo isso, esse desejo voltará para você multiplicado por cem.

Além disso, busque agir em prol das pessoas e sempre esteja disposto a ajudá-las quando preciso, pois, o universo conspira a favor daqueles que praticam a bondade e a caridade.

7 – Busque agradar as pessoas: busque, sem perder sua autenticidade, satisfazer as necessidades dos outros.

Por exemplo: se for conversar com alguém que gosta de falar sobre futebol, procure se adequar a isso (conheça o time de coração dele, o último título conquistado, qual a posição do mesmo no campeonato, etc.) para que assim, você torne a conversa interessante para ambas às partes.

Outro bom exemplo, é que você pode descobrir qual é o presente que uma pessoa gostaria de receber e fazer uma surpresa para ela. Enfim, busque ser uma pessoa sempre disposta a fazer a diferença de forma positiva na vida das pessoas.

8 – Busque elogiar as pessoas: saiba reconhecer as qualidades alheias e apreciá-las, para que assim, as pessoas se sintam autoconfiantes ao seu lado, e principalmente, abertas para contar seus problemas e frustrações. Além disso, busque contar um pouco de suas experiências (positivas e negativas) para a outra parte, pois assim, você estará sendo transparente e sincero, e essas, são duas qualidades muito bem valorizadas pelas pessoas.

9 – Busque ter empatia: tente se colocar no lugar da outra pessoa, buscando entender seus sentimentos e desejos, para que assim, você possa ajudá-la de alguma forma.

Digo isso, porque muitas das vezes, somos egoístas e somente vemos o nosso lado, negligenciando os problemas da outra parte, sendo assim, devemos otimizar nossas habilidades de sentir e perceber o nosso próximo.

10 – Busque valorizar mais os pontos positivos do que os negativos: com relação aos defeitos de uma pessoa, você deve entender que também é um ser errante, e que possui, inúmeros pontos negativos que a outra parte também percebe e despreza.

Portanto, volte suas atenções para as coisas boas e esqueça as ruins (isso não quer dizer que você não irá dar um conselho para ajudar uma pessoa, se perceber um equívoco da mesma), haja vista, que todas as pessoas do mundo, possuem qualidades e aptidões únicas, que fazem com que o mundo seja múltiplo, e dotado de uma diversidade ímpar.

11 – Busque otimizar suas habilidades de comunicação: trabalhe sua linguagem verbal (dicção, eloquência, tom de voz, etc.) e também sua linguagem não verbal (postura atenta, olhos fixados na outra parte, etc.

) para que assim, as pessoas consigam ter facilidade de compreender a sua mensagem.

Algumas pessoas falam rápido demais, possuem um conjunto de palavras desordenadas, são ansiosos e não conseguem deixar de interromper a fala do outro, ou, até mesmo, demonstram falta de interesse pelo assunto em questão, enfim, fazem tudo errado.

12 – Busque ter iniciativa: seja uma pessoa que busca interagir com as outras, ou seja, demonstre para o mundo que você existe, haja vista, que é impossível estabelecer um networking inteligente se você for tímido, introvertido e comedido, sendo assim, busque ser alguém que toma iniciativa e procura interatuar com os outros.

13 – Busque reconhecer seus erros: o problema não é errar, e sim não corrigir o erro. O homem que reconhece seu erro, demonstra, além de cordialidade e nobreza, uma grande humildade. Em outras palavras, não seja orgulhoso e prepotente, como um deus na terra, que não tem capacidade para reconhecer os próprios erros cometidos.

14 – Busque sempre fazer com que a pessoa tenha a sensação de que teve participação ativa no sucesso de uma meta: você precisa aprender a dividir seus êxitos com as pessoas, haja vista, que em um relacionamento, é sempre mais benéfico dar do que receber. Além disso, partilhe seus conhecimentos e informações para as outras pessoas constantemente, afinal de contas, o que você fará com isso tudo sozinho?

15 – Busque não constranger as pessoas: cuidado para não envergonhar uma pessoa, principalmente, se a mesma for tímida. Sendo assim, busque agir educadamente, sempre respeitando as pessoas e procurando ser gentil com as mesmas.

16 – Busque ter autocontrole: autocontrole significa a sua capacidade de gerir seus próprios sentimentos e pensamentos, de forma que o meio termo, é a chave para a consecução eficiente desse fator. Em outras palavras, a paciência deve ser um dos pilares da pessoa, para que assim, a mesma consiga suportar as objeções e importunações que a vida certamente trará.

17 – Busque ser respeitoso com as pessoas: aprenda a respeitar as opiniões alheias, ou seja, não aja como um juiz, sempre pronto para julgar a causa do próximo. O negócio não é defender suas ideias, e sim ajudar as pessoas a entenderem as delas.

18 – Busque abnegar de algumas coisas: sempre que possível, abra mão de algumas coisas para que uma pessoa seja ajudada por você, ou seja, às vezes, você terá que perder uma coisa no presente para ganhá-la no futuro. Vale lembrar que, sempre quando for praticar uma boa ação, faça de bom grado, nunca por obrigação, pois assim, estará agindo de maneira nobre e inteligente.

19 – Busque copiar algumas pessoas: você conhece alguma pessoa que possui facilidades de relacionamento? Se sim, porque não observa o comportamento da mesma, e busca, tentar trazer para si, alguns atributos que fazem com que a mesma tenha tanto prestígio?

20 – Busque atacar o problema, não a pessoa: se tiver que criticar uma pessoa, busque atacar os fatos, ou seja, não faça ataques pessoais.

É evidente, que nossos amigos, por muitas vezes, precisarão de nosso auxílio, todavia, pense bem antes de externar um pensamento e quando o fizer, saiba ser sutil, para que a outra parte não se sinta atacada, pois, lembre-se, o que uma pessoa espera de um amigo é o sorriso e não a espada.

A melhor maneira de crescer profissionalmente em uma economia globalizada, é investindo nos relacionamentos, pois, esse é o grande segredo para qualquer pessoa vencer não só no mercado de trabalho, mas também na vida, sendo assim, que possamos criar, dentro de nós mesmos, essa insigne habilidade.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*