Como agir perto do seu namorado (com imagens)

Como Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)

Não importa o tempo. Um mês ou cinco anos… Namorar à distância é para os fortes. Por isso, desde já, damos os parabéns a você que convive (e não surta!) com muitos quilômetros separando você do seu amor. Brincadeiras à parte, conseguir manter um relacionamento saudável à distância, não é tarefa fácil, por isso, listamos aqui as 25 coisas que só quem namora à distância entende. Uma homenagem a todos os casais que ultrapassam as barreiras geográficas para estarem juntos.

Veja: Casar pra que? Por essas 20 razões lindas, divertidas e REAIS!

salvarComo Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)

Não é aquele “aah, tô com saudade” dito da boca para fora. A saudade de quem não tem seu amor por perto machuca de verdade, aperta o peito, dá angústia. Só alivia quando você vê-lo chegar!

2. Reencontro com prazo de validade + aflição da separação

Um finzinho de semana para matar as saudades. Às vezes calha de ser um feriado prolongado ou até um mês de ferias, mas você sabe que aquele encontro tem um prazo de validade e, só de pensar nisso, o coração aperta de novo!

3. Você fica mais apegado ao seu celular do que nunca

Hoje em dia quem não é apegado ao próprio telefone levanta a mão, mas o apego de quem tem seu amor longe é diferente. Como vocês não se veem toda hora, qualquer oportunidade de se falar não pode ser desperdiçada. Então, o celular vai sim para a cama, para a reunião de trabalho, para o banheiro…

As 20 frases de amor que mais bombam na internet: pura inspiração !

salvarComo Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)

Essa é uma consequência do item anterior. Se você fica grudada 24 horas no celular, computador, tablet, é natural que você se acostume a executar todos os outros afazeres da vida, no universo on line. Você lê livros, assiste séries, come, trabalha, namora, tudo pelo digital!

5. Sexo virtual é normal

Sim, se você já faz tudo virtualmente, porque não o sexo também, ne?! Nos relacionamentos à distância ele é mais que natural, principalmente quando são aquelas distâncias que impossibilitam um encontro todos os finais de semana. É fazer do limão, uma limonada!

Posso abrir uma brecha na quarentena para ver meu namorado?

O feed do Instagram nada mais é do que um reflexo do dia a dia das pessoas e, por isso, já não é mais o mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus.

Pode reparar: no lugar de fotos na balada com os amigos, agora, são publicadas imagens com mensagens de otimismo, selfies sem make na sala de estar e jantarzinhos homemade com o namorado.

Mas, calma, encontros com o parceiro estão permitidos durante a quarentena?

O clínico geral e coordenador do Pronto-Socorro do Hospital Santa Lúcia, Luciano Lourenço, é enfático ao dizer que não. Para garantir a segurança de todos e frear a propagação da doença, o especialista afirma que não devem existir brechas no isolamento.

  • Como Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)Use o período de isolamento social devido ao coronavírus para dar um respiro à pele e note o rosto mais hidratado e livre de acne
  • Como Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)O Metrópoles pediu conselhos a nutricionistas para te ajudar a manter a saúde durante os dias de isolamento social

“Quando uma pessoa sai de casa para encontrar o parceiro, ela se expõe. Pega no chaveiro do carro ou encosta na maçaneta do Uber, toca no botão do elevador ou esbarra com um vizinho na saída”, exemplifica Luciano.

Esses riscos, encontrados no meio do caminho e difíceis de evitar, acabam sendo levados para dentro da casa do companheiro, argumenta o especialista.

“Além disso, em alguns casos, a doença é transmitida por pessoas assintomáticas, ou seja, você pode estar sem sintomas, mas já infectado pelo vírus há dias, e acabar transmitindo para o namorado”, alerta o profissional.

Outra preocupação é o sexo e outros contatos de foro íntimo, tão característicos das relações amorosas. Beijos e carícias fazem a contaminação acontecer de maneira muito evidente.

“Se o compromisso social que todos nós estamos fazendo é de se isolar, sem dúvidas, abrir brechas neste protocolo é uma atitude imprudente”, finaliza o médico.

Portanto, segure a saudade da pessoa amada e deixe para demostrar todo o carinho que sente por ela assim que a situação se normalizar.

Como Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)

6 coisas que não se deve dizer no início do namoro – Dicas de Mulher

Como Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)

Foto: Thinkstock

O início de um relacionamento costuma ser mágico. É aquela sensação de pensar no outro 24 horas por dia; torcer para o final de semana chegar logo para que vocês possam se reencontrar; planejar um jantar romântico para o sábado, um cineminha para o domingo, entre muitos outros planos para poder ficar mais tempo perto da pessoa desejada.

Porém, esta é também uma fase em que o homem e a mulher ainda estão se conhecendo mais profundamente, compartilhando ideias; iniciando não só um namoro, mas, também, uma relação que deve ser de amizade, respeito e cumplicidade.

E, exatamente por ser essa uma fase de conhecimento mútuo, é comum querer encantar o companheiro, mostrar suas qualidades, seus pensamentos sobre diferentes assuntos, suas boas ideias etc. Mas é fundamental, sobretudo, se revelar ao próximo exatamente como você é.

“O mais importante é que as pessoas não criem autoimagens irreais a fim de agradar ao outro”, destaca Maria Cristina Gomes, psicóloga clínica que faz atendimento individual, de casal e família, e profissional da Personare.

Leia também:  Como c celar o período gratuito de teste do amazon prime

Cada pessoa leva para uma nova relação tudo aquilo que viveu até o momento e é isto que a faz ser única e especial.

“Certas máscaras iniciais podem ser inevitáveis, mas elas não serão sustentadas por muito tempo.

Agir conforme nossos princípios e mostrar como realmente somos ao outro é essencial para quem deseja manter uma relação duradoura, construída sobre alicerces fortes e seguros”, acrescenta a profissional.

“Essa ideia me faz lembrar de uma frase de Fernando Pessoa: ‘Enquanto não atravessarmos a dor de nossa própria solidão, continuaremos a nos buscar em outras metades. Para viver a dois, antes, é necessário ser um’”, comenta Maria Cristina.

Mas é importante destacar que ser você mesma não significa, necessariamente, falar sobre tudo o que vem à mente, contar ao novo namorado todos os seus planos para o futuro, relembrar fatos e mais fatos do seu passado, expor, de uma hora para outra, todos os seus pontos de vista etc. Tudo isso pode passar, de forma negativa, a ideia de que você tem “pressa”e de que busca, de certa maneira, neste novo relacionamento, a solução para todos os seus problemas, “o significado que faltava na sua vida”.

É impossível generalizar, afinal, cada mulher tem seu jeito de agir, sua maneira de conversar e suas próprias ideias. Assim como os homens, que são únicos e agem de formas diferentes diante de um novo relacionamento.

Mas é fato que existem alguns assuntos mais “delicados” que não precisam ser tratados no início de um relacionamento – quando se espera que ambos estejam ainda se conhecendo, aprendendo a respeitar um o limite do outro.

Pensando em tudo isso, abaixo você confere uma lista com seis coisas que, de forma geral, não precisam ser discutidas no início de um namoro.

Como Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)

Foto: Thinkstock

1. Quero me casar e ter filhos

Isso não significa que tenha algo errado com seus planos. Muitas mulheres, aliás, pretendem namorar, posteriormente, casar e ter filhos. Porém, esse é um tipo de assunto que não precisa ser discutido no início do relacionamento.

“Se pensarmos no início do namoro como um momento em que mulher e homem estão no auge da paixão e se conhecendo, talvez alguns assuntos mais ‘assustadores’, como casamento e filhos, podem ficar para depois. Afinal, se o casal ainda está se conhecendo, ainda não houve muito tempo para estes planos futuros, nem se sabe ainda se haverá um ‘futuro’”, diz Maria Cristina.

A psicóloga destaca que é importante aproveitar este momento prazeroso do início de um relacionamento, no qual a paixão e o desejo predominam.

“Contudo, esses assuntos precisarão ser tratados caso a relação continue perdurando por mais tempo.

Algumas pessoas vão decidir se querem ou não ter filhos após estarem em uma relação séria na iminência de se casarem e, com isso, podem gerar grandes conflitos no relacionamento”, acrescenta.

2. Você é bem melhor do que meus ex-namorados

Por mais que possa soar como um elogio para muitas pessoas, esse tipo de comparação geralmente não é bem-vindo no início de um namoro.

Isso não significa que falar sobre ex(s) namorado(s) seja proibido, muitas vezes, o próprio parceiro pode acabar fazendo uma ou outra pergunta referente aos seus relacionamentos anteriores. Porém, no caso de afirmações como “você é bem melhor do que todos os meus antigos namorados”, vale a pena se questionar, antes, se é mesmo necessário falar sobre isso.

Maria Cristina Gomes destaca que é preciso ter cuidado com comparações desnecessárias. “Ninguém quer ser comparado com o outro o tempo todo, mesmo que seja para melhor.

Assim, falar de relações anteriores sempre de maneira negativa pode causar a impressão de que, se algo não der certo, o atual poderá ser alvo das mesmas reclamações no futuro.

Além disso, quem escuta as críticas, pode sentir que precisará ser sempre bom o suficiente para estar ao alcance das expectativas do outro”, explica a psicóloga.

3. Você se parece muito com meu ex

Frases como “você se parece muito com meu ex”, “meu antigo namorado também gostava disso”, entre outras, também podem causar um clima desagradável entre o casal que está iniciando um relacionamento.

É claro que todo mundo tem um passado. Conforme já destacou a psicóloga Maria Cristina, cada pessoa leva para uma nova relação tudo aquilo que viveu até o momento, o que a faz ser única. Porém, talvez, falar repetidas vezes sobre um antigo namorado cause, no atual parceiro, a ideia de que você ainda gostaria de estar com o seu ex.

4. Quero que você me conte tudo sobre o seu passado

Algumas pessoas tendem a ser mais ciumentas, mas, para que seus relacionamentos possam seguir em frente, elas terão que aprender, sobretudo, a respeitar o espaço/limite do outro. Neste sentido, insistir ou até exigir que o novo namorado fale sobre detalhes de seus relacionamentos anteriores pode soar de forma muito negativa.

Toda mulher, por exemplo, deve reconhecer que tem um passado, que não pode ser alterado, e saber, portanto, que o atual parceiro também tem o seu passado. “Ou seja, antes da relação atual, existiram outras pessoas, que foram, ou não, importantes para cada um, em determinada fase”, diz Maria Cristina.

Leia também:  Como alterar as senhas das contas de usuário sem saber as mesmas

“Mas o importante é a vivência com a relação atual. Deve-se ter um cuidado com alguns exageros, tais como pedir para o parceiro rasgar todas as fotos de relações anteriores etc. Esse pode ser um indício de grande insegurança e que pode gerar conflitos posteriores”, destaca a psicóloga.

5. Nenhum homem presta

Generalizações como essa – provavelmente baseadas em decepções passadas ou em relacionamentos de terceiros – dificilmente podem ser bem vistas por um homem, ainda mais no início do namoro.

Dizer que “nenhum homem presta” deixa subentendido, de certa forma, que você não acredita neste relacionamento que está se iniciando, já que, de acordo com a afirmação, seu novo namorado também não pode ser uma pessoa confiável.

6. Não gosto do(s) seu(s) amigo(s)

Por mais que você tenha conhecido algum amigo do seu namorado e não tenha se identificado com ele, pense duas vezes antes de falar sobre isso. Será que este julgamento não está sendo precipitado?

Provavelmente, você terá a oportunidade de encontrar este amigo do seu namorado novamente, ao longo do namoro, e a má impressão pode passar.

Mas se, de fato, você não gostar de um ou mais amigos do seu namorado, lembre-se, em primeiro lugar, de que não tem o direito de interferir na opinião dele a respeito de outras pessoas. Tente entender os motivos que os fazem serem bons amigos e, sobretudo, respeite isso.

Caso decida, mesmo assim, comentar com seu namorado sobre seus pensamentos a respeito dos amigos dele, faça isso com “jeito” e em momento oportuno – de preferência, quando ele mesmo te fizer essa pergunta. Dessa forma, você não estará escondendo o que sente e estará, ainda, respeitando o espaço e as escolhas do seu parceiro.

Como já foi destacado, não é possível generalizar. Cada pessoa é de um jeito. Por isso, não é possível afirmar com certeza o que se deve ou não dizer ao próximo. Mas, com certeza, todas as dicas acima ficam como orientações que podem/devem ser consideradas.

E assim, agindo de acordo com sua personalidade e com seus valores, e usando sempre de bom senso e respeito ao espaço do próximo, todo tipo de assunto fluirá naturalmente entre você e seu novo namorado, no momento adequado.

Meu namorado olha para outras na minha frente – 5 CHAVES

Como Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)

Uma mulher está sentada em um banco no aeroporto com o namorado, esperando que a informação sobre a porta de embarque seja comunicada. Ambos conversam emocionados, esperando ter umas férias maravilhosas juntos, quando uma mulher surge do lado deles. Ela observa como o seu namorado gira a cabeça rapidamente e olha a mulher de cima a baixo, permanecendo demasiado tempo examinando cada parte do corpo dela. Nesse momento, uma tempestade de emoções invade a mulher: ciúme, raiva, dor, insegurança. “Você acha que ela é mais bonita que eu?” “Já não se sente atraído por mim?” “Será que já não me ama?”

Esta situação é familiar para você? Este é um problema comum nas relações em casal. Contudo, é algo normal? Você tem direito a ficar incomodada com isso ou deve simplesmente ignorar que acontece? Nesse artigo de Psicologia-Online: Meu namorado olha para outras na minha frente, vamos tratar de responder a todas essas perguntas.

Ogas e Gaddam indicam que o maior impulso sexual dos homens pode se dever ao fato de que a sua motivação sexual tem mais conexões com o sistema de recompensa subcortical (encarregado da sobrevivência e de processos básicos) que nas mulheres.

Isso quer dizer que a excitação sexual em homens está relacionada com sistemas mais básicos e menos elaborados, nos quais os detalhes e características pessoais dos seus interesses sexuais perdem importância, tendo mais peso as imagens visuais que jogam um papel central.

Assim, quando aparece um estímulo visual no campo de visão de um homem que é atraente para ele (no caso de homens heterossexuais, mulheres com sinais de saúde, fertilidade e juventude), se ativam de imediato as partes do seu cérebro relacionadas com a ereção.

Dessa forma, ao tomar consciência de que outra pessoa é atraente, sobretudo no caso dos homens, que são especialmente sensíveis a imagens visuais, em princípio, isso entraria dentro da normalidade.

O fato de se fixar na beleza de alguém não significa necessariamente que o seu namorado não é feliz com você e que, se pudesse, correria atrás da primeira desconhecida com quem se cruza na rua.

Em muitos casos, o fato de ele se fixar na presença de uma pessoa atraente não é nada mais do que isso: reconhecer e apreciar certos traços de beleza quando os vemos.

Contudo, se o seu namorado fica olhando outras por muito tempo na sua frente, fica de boca aberta ou até faz alguns comentários inapropriados, está subindo uma bandeira vermelha que você não deve ignorar. Nos seguintes pontos, explicaremos melhor esse aspeto.

No apartado anterior, aprendemos que os homens são especialmente sensíveis a estímulos visuais. Dessa forma, podem se sentir atraídos por mulheres (no caso de homens heterossexuais, de quem falamos nesse artigo em particular), em um nível estritamente físico. Logo, a atração sexual e a conexão emocional não caminham necessariamente de mãos dadas.

Se o seu namorado e você possuem um relacionamento estável, no qual as suas emoções e opiniões são respeitadas e valorizadas, em princípio, você não tem motivos para preocupar-se.

Está dentro da normalidade que os homens (e também as mulheres) observem outras pessoas, vendo e apreciando (de forma breve e respeitadora) e até fantasiem com outros.

Leia também:  Como baixar o roblox: 15 passos (com imagens)

Contudo, isso nao significa luz verde em relação a qualquer comportamento: existem alguns limites que nenhum homem (ou mulher) deveria cruzar. Uma coisa é notar a presença de uma pessoa atraente. Outra coisa bem diferente é mostrar interesse em relação a ela e/ou executar um esforço ativo de aproximação em relação a ela.

Olhar descaradamente, tentar paquerar e flertar, comentários inapropriados, tocar: todos esses são sinais de alerta que podem ser ofensivos para você e, potencialmente, para a pessoa a quem se dirigem.

As antigas noções patriarcais sobre o homem e as relações que nos indicam que o homem não pode controlar os seus impulsos e que justificariam os comportamentos anteriores não estão corretas. Um homem maduro é capaz de controlar o seu comportamento e não cruzar determinadas linhas que acabam machucando a sua namorada.

Ele também pode decidir estar em um relacionamento sério ou não. Se o seu namorado se comporta assim, existem muitas probabilidades de que ele não seja suficiente maduro para controlar-se a ele mesmo, ou que potencialmente não te respeita o suficiente (a você e às mulheres de forma geral).

Como Agir Perto do Seu Namorado (com Imagens)

Há algumas semanas atrás, um casal teve uma consulta comigo. Durante a sessão, a mulher esteve calada, cabisbaixa, na sombra de um homem que me explicava como a esposa necessitava ajuda para melhorar, segundo ele, o seu “ciúme doentio”. Depois de escutar a versão dele, pedi que nos deixasse a sós para que ela pudesse falar também.

Sei que o meu marido me ama, mas quando vejo como ele olha para outras mulheres na minha frente, meu sangue gela.

Se digo algo, ele se queixa e atribui o meu comportamento às minhas inseguranças. Não tenho outro remédio que não seja ficar calada. Todo o mundo me diz que eu ignore o que ele faz, que é coisa de homem.

No entanto, eu não posso aceitar isso, ou devo aceitar mesmo assim?

Nesse momento, expliquei para a minha paciente a necessidade de não ignorar esse tipo de situações. O problema real não é que o marido olhe para outras mulheres, mas sim que ele olhe sem considerar minimamente o custo emocional que estava provocando na esposa.

  1. Entenda. Se está acontecendo algo assim com você, a primeira coisa a fazer é refletir sobre a consideração do seu namorado ou marido em relação aos seus sentimentos. Se existe respeito no vosso relacionamento para que ambos sejam levados em conta. Um casal requer que ambos os membros sejam sensíveis às necessidades emocionais de cada um e estabeleçam algumas regras básicas, nos quais o comportamento de cada um não ofende nem provoca raiva no outro. Se o seu namorado ou marido, está “comendo com os olhos” outras mulheres na sua frente, pode existir uma forma de desprezo implícito em relação a você e à relação. No seguinte artigo, você encontrará mais informação sobre a falta de respeito no relacionamento.
  2. Comunique. Se você se encontra numa situação assim, é importante que o seu namorado ou marido saiba que esse comportamento te machuca e que você peça para ele se comportar de um jeito mais adequado e respeitador com você. É o momento para ter uma conversa tranquila, explicando como você se sente e o que espera dele, para que ambos estejam mais felizes no vosso relacionamento. Nesse artigo explicamos como melhorar a comunicação em casal.
  3. Observe a resposta dele. Perante esse tipo de situações, uma resposta clássica costuma ser atribuir o desconforto causado a problemas de insegurança. Assim, longe de mostrar empatia com você e reconhecer que o comportamento não foi correto, piora ainda mais o dano que está provocando ao usar a sua situação de vulnerabilidade para tentar sair vitorioso.
  4. Reflita. Um homem ou uma mulher devem aspirar a que a pessoa com quem se encontram se sinta valorizada no relacionamento. Não é preocupante que um homem em um relacionamento sério olhe para outra mulher, mas sim quando o faz de forma descarada e sem mostrar qualquer consideração em relação aos sentimentos da namorada ou esposa. Se ele minimiza as próprias atitudes constantemente e não te oferece a posição que você merece, talvez devam reconsiderar as regras básicas do vosso relacionamento e, inclusive, refletir se é uma relação na qual os sentimentos de ambos são tidos em conta.
  5. Por fim, nunca coloque o foco na mulher. Ela tem todo o direito a existir, a ser atraente, a usar as roupas que gosta e agir do jeito que quiser. Recorde que um relacionamento é de duas pessoas e as explicações e o respeito devem vir primeiro do seu namorado ou marido, não de alguém que nem te conhece.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Meu namorado olha para outras na minha frente, recomendamos que entre na nossa categoria de Terapia de casal.

Bibliografia

  • Ogas, O., & Gaddam, S. (2011). A billion wicked thoughts: What the world's largest experiment reveals about human desire. New York, NY, US: Dutton.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*