Como causar uma boa primeira impressão: 12 passos

Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 PassosA linguagem corporal pode fazer com que sua primeira impressão seja boa ou ruim.

Resumo:

  • Entrevistas de emprego podem ser algumas das experiências mais estressantes da vida de uma pessoa;
  • A primeira impressão é a que fica e ela não se limita apenas à linguagem corporal;
  • Sorria de maneira autêntica;
  • Firme o seu aperto de mão;
  • Saiba exatamente que roupa vestir;
  • Respire enquanto fala;
  • Mantenha-se forte.

A primeira impressão é a que fica. Entrevistas de emprego podem ser algumas das experiências mais estressantes da vida de uma pessoa. Como coach de carreira, trabalhei com muitos clientes para ajudá-los a se preparar para esses momentos e descobri que, para muitos, a parte mais assustadora é simplesmente passar pela porta.

LEIA MAIS: 5 dicas do que fazer antes de uma entrevista de emprego

Quando chegamos a uma entrevista, as expectativas normalmente são altas e as emoções estão à flor da pele. Uma boa ideia é aproveitar este momento para causar uma primeira impressão positiva. Não se preocupe, é muito rápido – são apenas sete segundos!

Quando você conhece alguém, a forma como o seu corpo se move e você gesticula tem um impacto poderoso. Mas as primeiras impressões não se limitam apenas a sua linguagem corporal.

Veja, na galeria abaixo, 5 dicas para deixar uma boa impressão durante uma entrevista de emprego:

  • Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos
    Sorria com autenticidade
    Quando você sorri, você eleva o humor das pessoas ao seu redor e o seu também. Mas simplesmente abrir os lábios não é suficiente. Nossos cérebros podem perceber a diferença entre um sorriso real e um falso. Uma das maneiras pelas quais as pessoas fazem isso é imitando, por meio do subconsciente, o sorriso da outra pessoa.
    Ao se preparar para entrar em uma entrevista, lembre de uma situação em que você estava feliz ou pense em alguém que ame muito. Isso vai plantar um sorriso autêntico em seu rosto e, automaticamente, deixá-lo de bom humor.

  • Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos
    Firme o seu aperto de mão
    Um aperto de mão tem mais poder do que você pensa. Ele não só impressiona a pessoa a quem você está cumprimentando, mas todos os presentes. Se você estiver em uma entrevista em grupo, por exemplo, ao dar a volta na sala e conhecer cada pessoa, a parte do cérebro associada à sensibilidade, à recompensa e à motivação é ativada. Simplificando: os observadores se sentem gratos ao ver você apertar as mãos de outras pessoas.
    Estudos mostram que um aperto de mão firme causa uma boa primeira impressão para homens e mulheres. Ter um aperto de mão suave ou mole cria a impressão de timidez e diminui a pessoa do ponto de vista intelectual. Ou seja, um aperto de mão firme e um contato visual forte aumentam as chances de conquistar aquele emprego.

  • Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos
    Saiba exatamente que roupa vestir
    Com o “esporte fino, porém casual” virando uma regra, preparar sua roupa para uma entrevista pode ser uma tarefa difícil. Faça uma pesquisa prévia para tentar aprender sobre a cultura da empresa. Se você estiver online, provavelmente poderá encontrar vídeos ou fotos de pessoas que trabalham lá. Ou confira alguns perfis do LinkedIn para ter uma ideia da cultura da empresa. Isso lhe dará uma ideia de como aqueles funcionários se vestem.

  • Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos
    Respire enquanto fala
    As pessoas que emitem certos tons de vozes são mais propensas a serem aceitas e a se tornarem líderes em um grupo. Mas esse tom de voz mais intenso requer prática. Muitos de nós ficamos sentados o dia todo, o que leva à respiração torácica. Pratique uma boa respiração abdominal. Fique de pé e respire por muito tempo, expirando pela barriga. Então fale. Isso aumentará sua ressonância e diminuirá a respiração nasal. Sua voz se tornará uma doce sinfonia ao se apresentar aos seus futuros colegas de trabalho.

  • Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos
    Mantenha-se forte
    A linguagem corporal pode fazer com que sua primeira impressão seja boa ou ruim. Nossa postura tem o poder de influenciar não apenas como os outros nos percebem, mas também a química do nosso corpo. Entrar em uma sala com os braços abertos e o queixo inclinado é muito diferente do que com os braços cruzados e os ombros curvados para dentro.
    Uma ótima maneira de se preparar para a entrevista é ficar em uma pose que mostre poder, por dois minutos, antes de entrar na sala. Fique como um super herói: pés pouco abertos, braços nos quadris e ombros para trás, no banheiro ou no estacionamento, antes da entrevista, e sinta a confiança construída dentro de você. Você está pronto para causar uma primeira impressão poderosa, fazendo com que ela permaneça ao longo de todo o processo da entrevista.
    Entre na sua próxima entrevista com muita confiança e respeito. Começar com o pé direito definirá os passos para conquistar o emprego desejado.

Sorria com autenticidade

Quando você sorri, você eleva o humor das pessoas ao seu redor e o seu também. Mas simplesmente abrir os lábios não é suficiente. Nossos cérebros podem perceber a diferença entre um sorriso real e um falso. Uma das maneiras pelas quais as pessoas fazem isso é imitando, por meio do subconsciente, o sorriso da outra pessoa.

Ao se preparar para entrar em uma entrevista, lembre de uma situação em que você estava feliz ou pense em alguém que ame muito. Isso vai plantar um sorriso autêntico em seu rosto e, automaticamente, deixá-lo de bom humor.

Saber se apresentar torna você mais importante que seu cartão de visita. Até porque, o papel dos cartões de visita é acabar na lata do lixo, e o papel de uma apresentação é capturar sua atenção.

Mas muitas conversas promissoras se transformam em discursos unilaterais pontuados com um cartão de visita.

Antes de você colocar a cabeça para fora em um próximo evento, ou até mesmo antes de sair por aí puxando assunto e se apresentando, por que não praticar uma abordagem mais pensativa em uma conversa com um estranho com os mesmos pensamentos?

Você pode até mesmo acabar com um novo parceiro de negócios, clientes, investidor ou um amigo. Aqui estão 14 ideias para tentar.

Saiba mais: Como garantir uma boa primeira impressão por telefone

14 dicas de como causar uma boa impressão

Quer saber como passar uma boa impressão? Lembre-se que a primeira impressão de um apessoa é poderosa!

Veja essa e outras dicas!

#1. Faça uma pergunta provocativa

Comece perguntando uma coisa que faça com que você inicie uma conversa única. Em vez de perguntar “o que você faz?”, pergunte “o que você espera desse evento?”, ou o que eles pensam de uma nova ideia que você teve.

As pessoas podem não lembrar o que você faz, mas vão lembrar de ter tido uma conversa única com você.

#2. Ouça

A maioria das pessoas lança diretamente o seu discurso para os interlocutores. Você vai dar uma impressão memorável e mais positiva, se você permitir que a outra pessoa fale primeiro ou se você colocar uma questão em aberto e então ouvir atentamente a resposta.

Quanto mais a outra pessoa falar, mais você vai parecer um bom ouvinte e uma boa companhia.

Quando você sabe ouvir, as pessoas vão dar a você o mesmo crédito, e assim, escutarão o que você tem a dizer.

#3. Pergunte o que você pode fazer para ajudar

Quando encontrar alguém novo, uma grande estratégia é ter rapidamente uma ideia do que ele ou ela faz e então procurar imediatamente  maneiras de ajudar essa pessoa.

Pergunte algo como “posso te apresentar para fulano de tal?” ou “seria útil se eu conectasse você com a pessoa x?”.

Muitas pessoas olham para o networking como uma maneira de conseguir coisas.

Criando uma abordagem baseada em doar coisas para as pessoas, você vai conquistar grandes relações com toneladas de pessoas incríveis enquanto segue em frente.

Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos

Ao se apresentar, pergunte como você pode ajudar as pessoas a atingirem seus objetivos.

#4. Dê uma razão para lembrarem de você

Eu acho que uma das coisas mais importantes que você pode fazer durante os primeiros 5 minutos ao conhecer alguém é dar-lhes algo para lembrarem de você.

Em um evento de negócios, eles poderão encontrar muitas pessoas, mas quando você faz uma impressão forte e memorável, seu novo conhecido vai se lembrar da próxima vez que encontrar você em algum lugar.

#5. Mantenha o foco na qualidade sempre

Mostre um genuíno interesse na conversa. Sem isso, não tem como causar uma boa impressão.

Escreva o nome do evento em seu cartão de negócios e, em seguida, dentro de 24 horas faça follow up e acompanhe as pessoas e os contatos que você fez.

Cartões de visita não irão garantir clientes no final do dia, mas vão garantir que você crie conexões e relacionamentos fortes.

#6. Pergunte o que faz as pessoas perderem o sono

Quer saber como causar uma boa impressão? Pergunte tudo, menos o que eles fazem.

Eventos de networking podem acabar em um discurso de elevador, ouem uma longa conversa.

Leia também:  Como armazenar uísque: 10 passos (com imagens)

Interrompa o ciclo perguntando sobre algo que não está relacionado com o negócio de vocês, e veja onde a conversa vai levar você.

#7. Lembre-se da história das pessoas

Eventos empresariais são uma excelente maneira de fazer a sua rede profissional crescer, encontrando-se pessoalmente com outros profissionais.

Você nunca sabe quem você vai encontrar e como vocês poderão trabalhar juntos no futuro. Podemos conhecer pessoas incríveis em eventos, que têm sido extremamente fundamentais para nosso sucesso.

Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos

Se lembrar da história das pessoas é uma ótima maneira de causar uma boa impressão.

#8. Defina claramente o que você faz de melhor

Tenha o seu discurso de elevador pronto para funcionar. Sem esse salva-vidas não há como causar uma boa impressão.

Tente torna-lo interessante e entrega-lo com paixão e autenticidade. Seja orgulhoso e animado sobre o que faz e torne a sua mensagem clara e lúcida o suficiente.

#9. Conte uma história

Seja autêntico e conte uma história.

Histórias são a melhor maneira de criar uma metáfora e permitir que outras pessoas entendam o tipo de pensador que você é.

#10. Sorria e olhe nos olhos

  • As pessoas fazem julgamentos dentro de aproximadamente 7 segundos depois que as pessoas conhecem você.
  • Acima de tudo, as pessoas fazem isso em torno do ponto em que começam a ficar fora de sintonia se você não enfrentá-los.
  • Sorrir para as pessoas e fazer contato com olhos sinceros mostra que você está aconchegado e interessado em falar com eles.
  • Esses pequenos gestos irão definir o cenário para que você se envolva em uma conversa significativa.

#11. Diga o nome da pessoa

Diga seu nome.

Todo mundo gosta de ouvir o som de seu próprio nome e, ele ajuda a formar uma conexão.  Na verdade, o som do seu nome é o melhor som que você pode ouvir.

Se combinarmos isso a um contato contínuo olho-a-olho e um aperto de mão firme, cria uma positiva primeira impressão.

Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos

O nome de uma pessoa soa como música a seus ouvidos.

#12. Envie um e-mail de introdução

Nem todo mundo quer os seus cartões de vista. Entenda: se quer saber como causar uma boa impressão, atualize-se!

Em vez de receber os cartões de visita de pessoas que você acabou de conhecer, faça diferente. Pegue seu telefone e troque seus endereços de e-mail.

Depois disso, mande um e-mail rápido e introdutório e, pronto. Vocês estão conectados.

#13. Fale sobre suas paixões

Pergunte sobre o que as pessoas gostam, e compartilhe seus gostos. Isso pode ser tão simples quanto perguntar do que a pessoa gosta.

Isso tende a pegar as pessoas desprevenidas e permite que você dê um tom poético à conversa, e ao ponto em que mais gostam em seu trabalho, ou algo fora de seu trabalho que possa ser uma conexão entre vocês.

#14. Elogie

Como passar uma boa impressão? Certifique-se de que sua aparência e comportamento irradiam saúde e energia.

Lembre-se: primeira impressão de uma pessoa é fundamental!

Interessar-se genuinamente pelas pessoas que você encontra. Faça perguntas sobre seus gostos e aptidões e tente encontrar alguma coisa pelas quais você possa elogiá-las.

Veja também: 8 maneiras de causar a melhor primeira impressão possível

Esteja pronto para causar uma boa impressão

Obviamente que, seguir essas dicas não vai tornar você uma pessoa simpática e querida pelos seus interlocutores.

Mas, por outro lado, essas atitudes vão deixa-lo mais perto de uma atitude empática e causar uma impressão única.

As pessoas estão acostumadas a outras pessoas formais, sérias e nada descontraídas. Mas, isso é fácil de resolver quando você quebra o gelo e cria uma primeira impressão positiva nas pessoas ao seu redor.

Saber como causar uma boa impressão é um dos desafios dos profissionais de vendas, veja mais em nosso e-book gratuito: Desafios do profissional de vendas

Como fazer um pitch

Como fazer um pitch com o modelo da Evolve MVP!

Agora você vai aprender como apresentar o seu projeto de maneira impecável em apenas 12 slides.

Como fazer um pitch deck: a origem desse modelo

Olá, caso você não nos conheça, muito prazer. Somos a Evolve MVP, uma aceleradora de startups em fase inicial com mais de 160 projetos apoiados nos últimos anos.

Construímos esse modelo de pitch com base na nossa experiência em dezenas de bancas para investidores. Seja participando como jurados, organizando demodays ou mentorando startups a se apresentarem.

Antes de seguir gostaria de deixar claro que não inventamos a roda. Muitos dos conceitos apresentados aqui vem da nossa experiência, mas também das boas práticas das maiores aceleradoras e consultorias do mundo.

Como fazer um pitch: estrutura

Acreditamos que você consiga apresentar praticamente qualquer projeto em 3 minutos, mas sabemos que isso pode variar de banca para banca. Então fique à vontade para customizar esse material a sua necessidade.

Inclusive eu aconselho que você tenha várias versões do seu pitch, com tempos diferentes, objetivos diferentes e situações diferentes.

Dicas adicionais:

  1. Essa é uma estrutura essencial, nada impede de você de adicionar mais slides para dividir as informações.
  2. Mudar a ordem das coisas é sempre mais arriscado. Teste a coerência da apresentação caso opte por mudar a ordem dos conteúdos.
  3. Um recurso interessante é deixar “slides bônus” após o fim da apresentação com informações secundárias que a banca possa perguntar, como funil de vendas, persona detalhada, captable, etc.

Sem mais enrolação…

Como fazer um pitch deck em 12 slides?

Slide 1: Abertura

A primeira impressão é a que fica? Talvez! É justamente para isso que serve a abertura do seu pitch. Causar uma boa primeira impressão.

Como é o primeiro slide, geralmente fica mais tempo em exibição até você se arrumar e começar a apresentação.

Uma boa forma de começar é fazendo a promessa do seu negócio.

Por que sua startup existe? Como pretendem causar uma mudança positiva? Descreva isso em uma frase.

Não conseguiu pensar em nada de impacto? Coloque a sua logo em destaque.

Exemplo: Uber

Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos

Referência: https://medium.com/@gc/the-beginning-of-uber-7fb17e544851

Slide 2: Oportunidade

O segundo slide é a justificativa do negócio.

Com qual problema do mundo real nós estamos lidando? Qual é o tamanho dessa oportunidade? Quanto de prejuízo e para quantas pessoas ela causa?

Foque em demonstrar como o problema é latente e causa grande impacto aos envolvidos.

Exemplo: AirBNB

Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos

Referência: https://pt.slideshare.net/PitchDeckCoach/airbnb-first-pitch-deck-editable/

Slide 3: Solução

Aqui vai a primeira explicação sobre a sua solução. Você deve fazer um mini-pitch do negócio.

Como você resolve o problema do slide anterior? Explique de maneira breve, se possível em no máximo duas frases.

Marketing pessoal: como causar uma boa impressão em 8 passos

Você já deve ter ouvido dizer que leva-se poucos segundos para alguém te avaliar quando se encontram pela primeira vez. Neste curto espaço de tempo, a outra pessoa forma uma opinião sobre você com base em sua aparência, na sua linguagem corporal, no seu comportamento e até como você está vestida.

Justo ou não, correta ou não, essa primeira impressão pode ser quase impossível de reverter ou desfazer, tornando cada primeiro encontro extremamente importante, pois eles podem definir o rumo de todas as relações que poderão ser criadas.

Pensando nisso, quero compartilhar alguns pontos que considero importante e que aprendi na prática (algumas vezes de forma não muito fáceis, nem divertidas) sobre a importância de conseguir criar uma boa primeira impressão. Este artigo fornece algumas dicas úteis para ajudá-lo a fazer isso. Espero que seja útil para você.

Vamos lá?

#1 Pontualidade

Dependendo da cidade que você mora, fica complicado não se atrasar, mas vamos combinar que a pessoa que você vai encontrar pela primeira vez pode não estar interessada na sua “boa desculpa” pelo atraso.

Planeje sempre chegar alguns minutos mais cedo. Considere possíveis atrasos por conta do trânsito ou rotas erradas que o GPS te der.

Chegar cedo é muito melhor do que chegar atrasado e é o primeiro passo na criação de uma grande primeira impressão.

#2 Seja você mesmo

Se você está se sentindo desconfortável isso pode fazer a outra pessoa não se sentir à vontade e isso é uma maneira de criar a impressão errada. Se você está calmo e confiante, a outra pessoa vai se sentir mais à vontade, e por isso têm uma base sólida para fazer essa primeira impressão boa.

#3 Apresentar-se adequadamente

Estamos falando de questões de aparência. Certamente não significa que você precisa estar como um (a) modelo para criar uma primeira impressão forte e positiva. (A menos que você está entrevistando com a sua agência de modelos, é claro!)

Não. A chave para uma boa impressão é apresentar-se adequadamente.

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras, e a sua aparência está dizendo as coisas certas para ajudar a criar a primeira impressão?

Comece com a maneira de se vestir. Qual é o vestido apropriado para a reunião ou evento? Em um ambiente empresarial, qual é o traje de negócios adequado? Blazer, casual?

E quanto a sua preparação? Aparência limpa e arrumada é apropriado para a maioria das ocasiões empresariais e sociais. Um bom corte de cabelo, roupas limpas e arrumadas. Para as mulheres, use uma maquiagem leve, sem exageros.

Leia também:  Como alimentar um caracol da terra: 8 passos

#4 Uma palavra sobre individualidade

A boa notícia é que você pode geralmente criar uma boa impressão sem a conformidade total ou perder a sua individualidade. Sim, para fazer uma boa primeira impressão que você precisa fazer para “encaixar” em algum grau. Mas tudo vai voltar a ser apropriado para a situação. Se em um ambiente empresarial, usar traje de negócios adequado.

#5 Um sorriso vencedor

Como diz o ditado, “Sorria e o mundo sorrirá de volta.”

Então, não há nada como um sorriso para criar uma boa primeira impressão. Um sorriso caloroso e confiante vai colocar você e a outra pessoa à vontade. Então, o sorriso é um vencedor quando se trata de grandes primeiras impressões. Mas cuidado com os exageros.

Esteja aberto e confiante

Quando se trata de fazer a primeira impressão, a linguagem corporal, bem como aparência fala muito mais alto do que palavras.

Use a sua linguagem corporal para projetar confiança adequada e auto-confiança. Fique em pé, sorria (é claro), faça contato visual, cumprimente as pessoas com um aperto de mão firme. Tudo isso vai ajudá-lo a projetar confiança e isso incentiva tanto você quanto a outra pessoa a sentir-se mais à vontade.

Quase todo mundo fica um pouco nervoso quando encontro alguém pela primeira vez, o que pode levar a hábitos nervosos ou palmas das mãos suadas. Por estar ciente de seus hábitos nervosos, você pode tentar mantê-los sob controle.

Controlar um tremor nervoso ou um riso nervoso lhe dará confiança e ajudar a outra pessoa se sentir à vontade.

#6 Conversas

Antes de encontrar uma pessoa pela primeira vez, pesquise sobre ela, busque informações através das suas redes sociais. É o famoso “Stalker”, mas por uma boa razão: você quer manter uma conversa agradável baseado nos interesses que a pessoa e você tiver.

Existe alguma coisa que você sabe do que você tem em comum com a pessoa que você está encontrando? Se assim for, isso pode ser uma ótima maneira de abrir a conversa e mantê-la fluída.

#7 Seja positivo

Essa na minha opinião é uma das dicas mais importantes.

Sua atitude mostra tudo o que você faz. Projetar uma atitude positiva, mesmo em face de críticas ou, no caso de nervosismo. Esforce-se para contribuir de forma adequada, mantendo de forma otimista e um sorriso. Ninguém gosta de ouvir reclamações, ainda mais se for a primeira vez que você encontra uma pessoa.

#8 Seja cortês e atencioso

  • Uma boa maneira de demonstrar cordialidade e atenção é evitar de ficar olhando no celular enquanto uma pessoa está falando.
  • Seu novo conhecido merece 100% de sua atenção.
  • Saiba escutar também, não queira ser o centro das atenções, uma conversa é composta por no mínimo duas pessoas, menos que isso é chato, ninguém gosta de monólogos.

Como Causar uma Boa Primeira Impressão: 12 Passos

Você tem apenas alguns segundos para fazer uma boa primeira impressão e é muito difícil desfazer isso. Então, vale a pena dar cada novo encontro o seu melhor. Veja cada oportunidade como única.

Muito do que você precisa para causar uma boa impressão é o senso comum. Mas com um pouco de reflexão e preparação extra, você pode aprimorar o seu estilo intuitivo e tornar cada primeira impressão não apenas bom, mas inesquecível.

Como causar uma boa impressão na primeira conversa e ampliar seu networking

Seja você mesmo. A frase está batida, eu sei, mas ela tem sido considerada a chave da diferenciação e, portanto, das boas conexões no cenário de hiperconectividade atual. Soa arriscado, e é.

Mas é também muito mais eficiente do que se jogar em frases e comportamentos clichês — sem se destacar, você cai no esquecimento facilmente e não cria laços.

Sem laços, suas possibilidades de crescimento profissional caem.

Mas como funciona esse networking dos novos tempos na prática?

Pense aqui: quantas pessoas você encontra por dia? E, dessas, quantas poderiam de alguma forma alavancar sua carreira? Difícil quantificar, até porque, para saber quem poderia ter algo a oferecer ao seu sucesso profissional, seria preciso evoluir de um simples “bom dia” a uma relação.

Não desperdice o momento de pausa no café ou qualquer outro: fazer bons contatos independe da hora e do lugar. (Foto: Pexels)

E cada vez mais obras têm se dedicado à arte do networking, que hoje é visto como muito mais que fazer e manter contatos profissionais.

No cenário atual, toda hora é hora e todo lugar é lugar para ampliar e cultivar sua rede de contatos — nem sempre profissionais! Tudo importa.

Cada conversa “jogada fora”, cada sorriso distribuído, cada mensagem enviada, cada comentário feito nas redes sociais.

Mais humor, por favor 

É por isso que a primeira conversa não é mais regida pelos princípios de dizer o que é conveniente nem desperdiçar aqueles minutos com alguém com um simples “que tempo maluco, né?”.

Se você faz o tipo bem-humorado, ótimo. O humor é uma das formas mais eficientes de quebrar o gelo. O pior cenário é o interlocutor ignorar você, não entender o que disse ou detestar seu “approach”.

Mas as chances de que você chame a sua atenção são ótimas!

Claro que vale o bom senso de fazer humor leve, nada polêmico demais — a não ser que este seja seu dom. Aí vale a regra: quanto mais verdadeiro você for, melhor. Diferenciação garantida.

O americano Keith Ferrazi, expert na área, defende que se fale algo completamente fora da curva, a fim de captar a atenção da outra pessoa e ser lembrado. Se for alguém que você já conhece, mas ainda não estabeleceu contato até então vale dizer algo como “você é amigo de fulano, né? Ouvi falar bem de você”. É um jeito de encurtar a conversa fiada e partir para a troca de contatos.

Falar que admira a pessoa e há tempos gostaria de conhecê-la — caso isso seja verdade — também é extremamente eficiente, porque transmite sinceridade e certo grau de vulnerabilidade, o que aproxima as pessoas.

O mesmo vale para um elogio específico e sincero que você se sinta impelido a fazer na hora.

As pessoas querem ser amadas, bem lembra Ferrazi, e nada as satisfaz mais do que serem reconhecidas de maneira genuína e específica.

Para conquistar, foque no outro 

Como estamos tratando da primeira aproximação, é raro que logo de cara você saiba em que pode ajudar a pessoa. Mas, além da autenticidade, a maior tendência de networking hoje é pensar no outro, premissa do best-seller de Adam Grant, “Dar e Receber”.

Se você é uma pessoa generosa, isso retorna das mais diversas formas, uma vez que os generosos — os “givers”, as pessoas que têm o perfil de se preocupar mais em dar do que em receber, segundo Grant — reconhecem-se uns aos outros, formando uma rede poderosa de contatos e suporte pessoal e profissional.

Aliás, importante frisar: contatos pessoais e profissionais podem estar bem divididos na sua mente e na sua agenda, mas nada é menos inteligente do que ignorar o lado pessoal alheio.

Perguntar sobre seus filhos, seus pets, sua saúde e seus projetos é fundamental.

Pergunte de forma verdadeira, cite nomes se puder, retome uma conversa anterior sobre a família de forma leve, mostre fotos dos seus se sentir abertura… Tudo isso sugere “eu me preocupo com você também como pessoa, sou de verdade também e sou confiável”.

Qualquer pessoa, em qualquer lugar, é um bom contato em potencial. Se ficar hipnotizado no celular pode perder a chance de conhecer alguém interessante. Não subestime as pessoas e o que elas têm a oferecer.

Num resumo rápido: 

  • fale menos sobre você e tente focar a conversa no outro. Você tem poucas chances de causar uma boa primeira impressão, use-a demonstrando quão simpático e generoso você é;
  • seja fiel ao seu estilo de comunicação. Nada pior que uma pessoa engraçada forçando seriedade ou uma pessoa tímida suando frio para ser divertida além da conta. Fale honestamente, tentando ultrapassar a barreira do “olá;
  • use a tal “small talk” se precisar — o chamado papo de elevador –, mas tente evoluir a partir dele se tiver a chance. Diferenciação e autenticidade, em geral, não decorrem de comentários sobre o tempo, a poluição ou a demora em cada andar;
  • não deixe que sua ansiedade ou seus interesses mais diretos atropelem sua boa edução e foco no outro. sair falando que precisa de algo pode soar invasivo. Se precisar fazer isso, use o humor para “quebrar” ou simplesmente seja sincero sobre a vergonha que estava de fazer essa abordagem;
  • seja breve, porém assertivo com pessoas muito ocupadas. Se for uma oportunidade poderosa de fazer contato, certifique-se de sair com um café engatilhado ou número de celular;
  • esteja sempre bem apresentável, porque nunca — nunca mesmo — se sabe onde você vai esbarrar com seu próximo grande contato. Estar bem arrumado e ser agradável com todos é primário, mas achei melhor reforçar aqui.
  • sempre que possível, lance mão de alguma frase ou comentário que soe autêntico para você, mas que salte aos olhos do outro. A ideia é que você tenha referência para entrar em contato depois.
  • claro, mande uma mensagem, um e-mail, um pombo-correio: mas faça contato depois do breve encontro. Por melhor que tenha sido a primeira impressão que causou, se você não se esforçar ela morre ali. Nada de contar com o acaso.
Leia também:  Como amarrar uma camisa: 11 passos (com imagens)

7 passos para sempre causar uma boa primeira impressão

São Paulo – Quanto tempo a “primeira impressão” leva para ser formatada pelo cérebro? Trinta segundos. Em alguns casos, até três minutos. O espaço de tempo é curto e o objetivo ambicioso: gerar empatia e convencer a pessoa do outro lado da conversa que vale a pena seguir mais alguns passos na sua direção.

“A primeira impressão é uma emoção, um sentimento psicológico que a gente deixa na mente das pessoas”, diz a consultora de etiqueta Romaly de Carvalho. “É a imagem formada deste primeiro momento que irá determinar o que pensam sobre nós: se passamos credibilidade, somos confiáveis ou não. Por isso, precisamos caprichar”.

A pressão é tanta que, segundo a especialista, 71% das vendas bem sucedidas são resultado direto do que o comprador achou do vendedor logo de cara.

“Quando a gente gerencia a nossa imagem, estamos cuidando de como os outros irão nos avaliar”, afirma a especialista. E não é necessário forçar a barra para ter uma boa reputação profissional. Veja algumas dicas sutis de como sempre causar um impacto positivo nas pessoas. 

1 Invista no conteúdo

“Não é preciso ser especialista, mas é preciso ter um bom entendimento do fluxo das coisas que acontecem a nossa volta”, afirma Romaly. Por isso, investir no conteúdo da mensagem que você transmitirá nas primeiras e demais impressões é essencial. 

A estratégia é simples: esteja por dentro do que acontece na sua área de atuação, mas não só. Acompanhe o noticiário, leia mais livros, participe de mais atividades culturais. Enfim, esteja aberto para aprender, sempre.

Em alguns momentos, isso significa que você terá que fazer um planejamento para encarar o encontro. E isso pode demandar consciência das expectativas, estudo e até treino. “A gente confunde criatividade com improviso. Ter jogo de cintura não anula que você precisa se preparar”, diz Caroline Pfeiffer, diretora de marketing e vendas da LLH|DBM.

2 Vista-se para o destino 

Coco Chanel disse, certa vez, que não entendia como uma mulher poderia sair de casa sem se arrumar: “talvez este seja a o dia em que ela terá um encontro com o destino. E o melhor é estar o mais bonita possível para o destino”, completou. 

A mesma lógica vale para a vida profissional. Nunca se sabe quem você irá encontrar pelos corredores corporativos. “A roupa é um item importante de comunicação e não damos conta disso”, diz a especialista. Fique atento ao dress code da sua área de atuação e para os diferentes tipos de ambientes que você precisará circular. Mas não só. 

Antes de prosseguir, assista a mais um dos vídeos de carreira. Desta vez, aprenda como a linguagem corporal pode influenciar uma negociação

3 Esbanje simpatia – mesmo com a timidez

Para os introvertidos, espantar a timidez em um primeiro contato pode parecer algo impossível. Mas não é. Basta mirar os olhos do outro e sorrir. “O sorriso informa que você aceita o outro. Quanto a gente não sorri e não fazemos contato visual revelamos que não estamos interessados”, diz Romaly. 

4 Entre no ritmo 

Quer conquistar empatia logo de cara? Adapte o ritmo da sua fala ao da pessoa do outro lado da conversa. “Algumas pessoas processam a informação mais rápido, outros, de uma forma mais lenta. Cada um tem uma característica psicológica”, diz a consultora de etiqueta. 

Na prática, isso significa que quem fala mais rápido tende a atropelar o discurso do outro, completar a frase e mergulhar em ansiedade. O outro grupo, por sai vez, entra em angustia diante de quem “vomita frases”, como diz Romaly. Com isso, “a comunicação não acontece”, afirma a especialista.

5 Fale menos

Por isso, uma premissa básica para que a comunicação, de fato, aconteça é deixar o outro também falar.

O fato que é, na tentativa alucinada de conquistar o olhar (neste caso, profissional do outro), a gente fala, fala e fala. Provamos por A mais B que não iremos frustrar expectativas.

E, no fim, não abrimos espaço para que o outro se expresse – muito menos para checar qual é o feedback dele. 

“Precisamos dosar o quanto ouvir ouvir e o quanto falar. Não é por acaso que temos duas orelhas e uma boca”, brinca Caroline. “Talvez a gente devesse usar nesta proporção”. 

6 Seja bem educado (em todas ocasiões)

Boa educação é essencial e  jamais deve estar restrita ao círculo que você tem interesse. “Não cabe mais a diferenciação entre as pessoas. Não adianta ser cortês na reunião e tratar mal o manobrista”, afirma a especialista da LLH|DBM. 

7  Não forçar a barra já é meio caminho andado

A lista de dicas anteriores podem até assustar e dar a impressão de que, para conquistar o encanto alheio, você precisa encenar um outro tipo de personalidade. Ao contrário:  quanto mais autêntico, melhor. “É preciso deixar a nossa personalidade fluir”, diz Romaly. 

Caroline completa: O essencial é ser você e se interessar, de fato, em conhecer o outro. “O interesse genuíno no outro já é um bom caminho”, diz a especialista. 

Como causar uma boa primeira impressão em seus clientes? – Experience Lounge

Muito já se escreveu sobre como causar uma boa primeira impressão. Autores famosos como os americanos Dale Carnegie e Leil Lowndes construíram carreiras ensinando, em livros e palestras, as melhores técnicas para começar conversas com o pé direito.

Quem atua em relação direta com o cliente precisa ter habilidades de relacionamento para construir um relacionamento de negócios profissional e duradouro. Oferecer um serviço ou produto bom não basta: é preciso caprichar no entendimento — e as técnicas interpessoais contam muito!

Portanto, neste texto você conhecerá algumas das melhores dicas para caprichar na primeira impressão com seus clientes. Ficou curioso? Então, continue com a leitura.

Seja um ouvinte ativo

Você já deve ter conhecido muitos cursos que ensinam “como falar” ou “como apresentar”, mas o primeiro segredo da comunicação é saber ouvir. Por isso, vá à reunião com o cliente com curiosidade genuína sobre o que ele tem a dizer.

Para ser um ouvinte ativo, é preciso fazer perguntas relacionadas ao que ele disse e esclarecer todas as dúvidas — as suas também, não apenas do cliente. Caso ele cite algum termo que você desconhece, repita a palavra em tom de pergunta, por exemplo: “marketing digital?”.

Para impedir mal-entendidos, repita ao cliente o que ele disse: “se eu entendi bem, você está precisando de tal coisa”. Procure, ainda, responder a todos os questionamentos dele e verifique o que ele entendeu. Isso garantirá que ambos saiam da negociação falando a mesma língua.

Coloque originalidade na conversa

De todas as técnicas de como causar uma boa primeira impressão, a mais eficaz é não ser chato. É muito ruim quando a conversa se limita ao produto ou serviço oferecido e suas incríveis qualidades, a menos quando seu interlocutor é do tipo muito direto ao ponto.

Mostre que você entende do mercado falando sobre assuntos pertinentes às dúvidas do cliente, como o que sua concorrência oferece ou quais produtos da sua empresa têm mais saída. E não hesite em relacionar o que está sendo tratado ao cotidiano dele: “no seu mercado de saúde, sei que as pessoas costumam preferir a solução x”.

Cuide da linguagem corporal e aparência

Evite se portar de maneira que transpareça insatisfação: braços cruzados, mão no rosto ou no queixo, aparência cansada e assim por diante.

Uma boa dica é espelhar a linguagem corporal do seu cliente. Se ele se inclinar para a frente, faça a mesma coisa alguns instantes depois.

E não custa, antes da reunião, se olhar no espelho para ajeitar a gravata, escovar os dentes, alinhar a roupa etc.

Seja simpático e cordial

Às vezes os compromissos e problemas se acumulam, e fica difícil manter o bom humor. Contudo, seu próximo cliente não tem nada a ver com isso. Por isso, pendure seus problemas junto com seu paletó ou bolsa antes de se sentar para a reunião e aja com toda a simpatia para encantar seu cliente.

Como causar uma boa primeira impressão logo de cara? Chegue no horário, de preferência 15 minutos antes do compromisso. Assim você ganha tempo para tarefas como credenciamento na recepção do prédio, achar a mesa do restaurante ou localizar o número da casa.

Tão importante quanto aprender como causar uma boa primeira impressão é mantê-la. Para construir relacionamentos sinceros com o cliente é importante evitar prometer algo que você não pode cumprir. A base de qualquer relação, pessoal ou profissional, é a honestidade. E com nossas dicas você logo vai estabelecer relacionamentos com seus clientes que irão muito além da primeira conversa. 

Este texto foi útil para você? Deixe um comentário neste post nos contando sobre alguma experiência sua, boa ou ruim, envolvendo a primeira impressão!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*