Como capturar telas em um android: 6 passos (com imagens)

Screenshots, ou capturas de tela: você sabe trabalhar com elas? Uma captura de tela é uma excelente ferramenta para criação de tutoriais, editoriais, apresentações e descrições de progamas e sistemas diversos. Alguns dispositivos ou sistemas operacionais oferecem atalhos ou aplicativos rápidos para se capturar uma imagem na tela do monitor; outros, nem tanto.

Com este guia rápido, todas as suas dúvidas sobre como capturar telas no Windows, Mac OS X, Linux, Android, iOS e Kindle Touch serão sanadas.

Windows

O sistema mais utilizado entre os usuários de computador possui uma maneira simples, porém nem tão funcional, de tirar screenshots.

Quem conhece bem o teclado do Windows sabe que basta pressionar a tecla PrtScrn (Print Screen) para que a tela seja imediatamente capturada e enviada para a área de transferência.

E depois, basta abrir um editor de imagens e colar a imagem em um novo documento.

O próprio Paint, editor de imagens nativo do Windows, funciona muito bem com capturas de tela. Depois, basta recortar a área desejada e salvar a imagem.

Como Capturar Telas em um Android: 6 Passos (com Imagens)

Uma dica que nem todos conhecem é utilizar a função Print Screen juntamente com a tecla Alt pressionada. Apenas a janela ativa será capturada, respeitando-se os limites de suas bordas.

Mac OS X

O sistema da Apple oferece várias maneiras de se capturar uma porção da tela ou sua totalidade. Por padrão, os Macs salvam as imagens capturadas em formato PNG. Os atalhos mais utilizados para criar screenshots no Mac são:

  • Command + Shift + 3: captura toda a tela (se você tiver dois monitores, ambas as telas serão capturadas)
  • Command + Shift + 4: captura uma porção da tela. Basta clicar, arrastar e soltar o cursor.
  • Command + Shift + 4 + Espaço: tira um screenshot da janela ativa.

Como Capturar Telas em um Android: 6 Passos (com Imagens)

Você se incomoda com o formato nativo dos screenshots do Mac? Basta alterá-lo para JPG, BMP, TIF ou outro formato desejado utilizando uma linha de comando no Terminal. Confira nossa lista de linhas de comando para Mac OS!

A turma que está migrando agora para o Linux provavelmente não conhece as várias maneiras de captura de tela do sistema operacional. E se você já utiliza o sistema há mais tempo, mas mesmo assim deseja conhecer um pouco mais sobre seus screenshots, confira alguns métodos bastante simples e diretos.

Na maioria das instâncias do Gnome ou Unity, basta pressionar a tecla PrtScn para que um pop-up apareça na tela, permitindo a você escolher o local para salvar a imagem capturada. Para capturar apenas a janela ativa, segure a tecla Alt, como no Windows.

Como Capturar Telas em um Android: 6 Passos (com Imagens)

Usuários do Gnome ainda podem ir até o menu e escolher Aplicativos > Acessórios > Capturar Tela.

Outra maneira de recortar seus screenshots no Linux é utilizando programas como o GIMP ou o ImageMagick para edição das imagens. Ferramentas mais completas destinadas a captura de tela também são uma boa opção, a exemplo do Shutter.

iOS (iPhone, iPad, iPod Touch)

Os dispositivos móveis da Apple possuem uma maneira simples, mas nem tão intuitiva, para capturar suas telas. Basta pressionar as teclas Home e Power ao mesmo tempo. A tela irá piscar e a captura será automaticamente adicionada ao seu álbum de fotos.

Como Capturar Telas em um Android: 6 Passos (com Imagens)

Android

Os screenshots não são nenhum problema para quem utiliza o Android 4.0: basta pressionar e segurar os botões Power e Volume Down ao mesmo tempo para que a tela capturada apareça instantaneamente em sua galeria de fotos.

Como Capturar Telas em um Android: 6 Passos (com Imagens)

No entanto, se você utiliza uma versão mais antiga do Android, as coisas podem se tornar um pouco mais difíceis, mas não impossíveis. Alguns modelos de smartphone ou tablet possuem suas opções para screenshot nativas, como os Galaxy. Mas quem utiliza outro gadget, irá precisar usar um Android SDK (kit de desenvolvimento) ou ir até a raiz do telefone (root) para obter um aplicativo dedicado.

Para tirar screenshots usando o Android SDK, será necessário instalar o Android SDK em seu computador, conectar seu dispositivo via USB e, pelo aplicativo DDMS, escolher a opção Device > Screen Capture.

Como Capturar Telas em um Android: 6 Passos (com Imagens)

Kindle Touch

No Kindle, capturar uma tela é fácil e simples: pressione o botão Home por 3 segundos e toque em uma região da tela do dispositivo. Solte o botão Home após um ou dois segundos. Ao plugar o Kindle no computador via USB, você encontrará o screenshot no diretório raiz do Kindle Touch. Todas as telas são salvas no formato GIF, com 800×600 pixels de resolução.

Como Capturar Telas em um Android: 6 Passos (com Imagens)

Estas são as maneiras que cada sistema oferece para que o usuário capture suas telas. E você, conhece outro método nativo ou algum software indispensável para capturar telas em seu sistema operacional preferido? Conte para nós nos comentários!

Ajustar configurações da câmera – moto g6

Não perca nenhum momento! Abra sua câmera instantaneamente em qualquer tela, mesmo se a tela estiver bloqueada, com Câmera instantânea.

Gire o telefone duas vezes desta forma:

Seu visor abre e você estará pronto para tirar fotos.

Gire novamente duas vezes para alternar para a câmera frontal (selfie).

Caso não queira que outros acessem sua câmera, é possível desativar Câmera instantânea. Mas se você utiliza um bloqueio de tela, não se preocupe. Apenas seu aplicativo Câmera ficará acessível. Para visualizar fotos existentes ou acessar outros recursos ou aplicativos, será necessário desbloquear seu telefone.

Para ativar ou desativar Câmera instantânea:

  1. Deslize o visor para a direita para visualizar as configurações.
  2. Ative ou desative a Câmera instantânea

Abrir a câmera

Siga um dos passos a seguir:

  • Toque em .
  • Gire o telefone em qualquer tela
  • Na tela de bloqueio, deslize  para a esquerda.

Tirar fotos

  1. Para alternar entre a câmera frontal e a traseira, clique em  ou gire seu aparelho duas vezes. 
  2. Caso necessário:
    • Ajustar filtro de embelezamento
    • Para usar a função espelho, toque em  >  Espelhamento de selfie.
    • Para adicionar máscaras, toque em  > Filtros Faciais e selecionando o filtro.
    • Se você estiver em um grupo grande, tire uma selfie panorâmica tocando em  > Selfie em grupo.
  3. Para tirar a foto, siga um dos passos
    • Toque em
    • Toque em  para ativar o Temporizador

Tirar foto panorâmica

  1. Toque em  > Panorama
  2. Deixe um lado fora de enquadro, para que você ajuste com o movimento.
  3. Toque em  e, lentamente, vá movendo o celular horizontalmente ou verticalmente, de acordo com o desejado. Mantenha um movimento lento e constante.
  4. Quando você tiver capturado a cena completa, toque em  para finalizar

Tirar uma foto com fundo desfocado/borrado

Use o modo Retrato  para focar o objeo ou pessoa desejada, e desfocar o fundo para destaca-la o quanto quiser.

  1. Toque em  >  Retrato
  2. Mantenha a distância entre o objeto e o fundo em pelo menos uns dois metros de diferença. Se puder não deixar nada próximo do objeto, o efeito ficará mais nítido.
  3. Alinhe o objeto dentro do círculo para que a câmera entenda o que deve ser focado.
  4. Uso a barra para ajustar o nível de desfoque:
  5. Toque em  para capturar.
    Sempre que você usar o efeito, a imagem e a thumbnail (miniatura) terão o ícone mostrando que uma edição diferente é aplicada.
  6. Se quiser, após a captura você pode editar o nível de desfoque e até mesmo aplicar o efeito P&B no fundo.

Tirar uma foto com fundo substituível

  1. Toque em  >  Recorte
  2. Mantenha a distância entre o objeto e o fundo em pelo menos uns dois metros de diferença. Se puder não deixar nada próximo do objeto, o efeito ficará mais nítido
  3. Alinhe o objeto dentro do círculo para que a câmera entenda o que deve ser focado.
  4. Toque em  para capturar.
    O ícone  aparecerá na foto e na thumbnail (miniatura) para mostrar que ofundo dessa imagem pode ser substituido.
  5. Realize a edição após tirar a foto, trocando pelo fundo desejado.

Compartilhe a foto tirada

  1. Toque na miniatura da foto (à direita do ícone )
  2. Toque em  para abrir o menu de compartilhamento.
  3. Selecione a forma de compartilhamento desejada.
  4. Além disso, você pode:
    • Compartilhar várias imagens de uma única vez.
    • Passa-las para o computador com o auxilio de um cabo USB.
    • Exibi-las em uma HDTV.
    • Imprimir suas fotos.
Leia também:  Como apagar a senha de alguém no windows (com imagens)

Gravar vídeos

  1. Abra a sua câmera.
    • Gire seu celular em qualquer tela para abri a câmera.
    • Na tela de bloqueio, deslize  para a esquerda.
  2. Toque em  para ir para o modo de filmagem, você também pode deslizar a tela para a esquerda.
  3. Se precisar, ajuste as configurações.
    • Para gravar com a câmera frontal, toque em . Para adicionar uma máscara, toque em  > Filtros Faciais e selecione um.
    • Para ativar ou desativar o estabilizador de vídeo, toque em .
    • Para ativar a lanterna, toque em .
    • Para adicionar etiqueta de localização, toque em  >  e ative Salvar Localização clicando em .
    • Para modificar a resolução do vídeo, toque em  >  Tamanho do vídeo (frontal) ou Tamanho do video (traseiro). Quanto menor a resolução, menor o tamanho do arquivo, mas menor será a qualidade de imagem.
  4. Para iniciar a gravação, toque em .
  5. Enquanto você grava, você pode:
    • Tirar uma foto sem interromper a gravação, tocando em .
    • Pausar a gravação, tocando em .
  6. Para finalizar, toque em .

Gravar um video em slow-motion

Grave o vídeo. Antes de você reproduzi-lo, pode selecionar qual parte gravada será reproduzida em câmera lenta (slow-motion).

  1. Toque em  > Câmera lenta.
  2. Para iniciar a gravação, toque em .
  3. Para para-la, toque em .
  4. Toque na miniatura para abrir o vídeo após a gravação.
  5. Use a barra de rolagem para ajustar o momento em que deseja que a câmera lenta seja ativada e desativada.

    Caso você não queira que a câmera lenta seja aplicada, voê pode unir os dois marcadores, fazendo com que não haja espaço de ativação da câmera lenta.

Compartilhar um video gravado

  1. Toque na miniatura do video gravado (à direita do ícone )
  2. Toque em  para abrir o menu de compartilhamento.
  3. Selecione a forma de compartilhamento desejada.
  4. Além disso, você pode:
    • Passa-las para o computador com o auxilio de um cabo USB.
    • Exibi-las em uma HDTV.
  • Ajustar a configuração da câmera
  • Antes de tirar a foto, você pode realizar alguns ajustes para melhorar a captura de acordo com a situação.
  • Usar o timer (temporizador)
  1. Se você quiser tirar selfies, toque em  para alternar entre câmera frontal e traseira.
  2. Toque em  e escolha 03s ou 10s.
  3. Enquadre o que você quer fotografar e toque em  para iniciar a contagem.
  4. Se posicione aonde quiser (se estiver tirando uma selfie, apenas espere) e sorria!
    Nota: Será muito mais fácil e prático se realizar o processo com o auxílio de um tripé

Usar o flash

Para ativar ou desativar o flash, basta tocar em  quando estiver com a câmera aberta. No modo de filamgem ele aparecerá dessa forma .
Você pode alterar o flash em três modos:

  • Ligado – Sempre que tirar as fotos, o flash será ativado.
  • Desligado – O flash sempre permanecerá desativado nas fotos.
  • Automático – O flash será ativado dependendo do ambiente, caso esteja em um ambiente escuro, por exemplo.

Usar grade de enqadramento

Usar a grade ajuda a manter uma foto mais harmoniosa e enquadrada, deixando ela mais ajustada e alinhada na hora de tira-la.
Para ativa-la, siga os passos:

  1. Toque em  >  Configurações.
  2. Ative Grade de assistência .

Armazenando suas fotos e videos no cartão SD

Você pode escolher aonde as mídias gravadas serão armazenadas antes mesmo de tira-las, selecionando se prefere deixa-las na memória interna ou em um cartão de memória.

  1. Tenha certeza de ter um cartão SD inserido e com espaço.
  2. Toque em  >  Configurações.
  3. Toque em Armazenamento > Cartão de memória.
    Nota: Você também pode transferir fotos e vídeos já salvos para seu cartão de memória com o auxilio de um gerenciador.

Usar etiquetas de localização

Quando você tira fotos e videos, você pode definir para que sempre haja uma marcação de onde você estava quando foram tiradas.

  1. Tenha certeza de estar com a função do GPS ativada.
  2. Toque em  >  Configurações.
  3. Ative Salvar localização .

Usar o HDR em um local com boa luminosidade

Você quer tirar uma foto em um ambiente com uma luz vibrante e também deixar as sombras bem destacadas? Use o modo HDR (High Dynamic Range). A câmera irá capturar multiplos leveis de exposição e os combinará em uma única foto, deixando as cores mais vibrantes, destaques na luz e sombra para uma foto de mais qualidade.

  • Para ativar o HDR, toque em .
    Você pode deixa-lo em três modos:
    • Ligado – Sempre que tirar as fotos, o HDR será ativado.
    • Desligado – O HDR sempre permanecerá desativado nas fotos.
    • Automático – O flash será ativado dependendo do ambiente, caso esteja em um ambiente claro com muito contraste, por exemplo.
  • Use o HDR para:
    • Ambiente aberto com um céu claro, montanhas bem iluminadas ou árvores e plantas.
    • Retratos fora de casa com bastante contraste.
    • Lugares com sombras escuras e bastante luz do sol.
    • Quando a câmera e o que você quiser capturar estão parados.
  • Não use HDR para:
    • Fotos em movimento ou de objetos em movimento.
    • Fotos em ambiente fechado com luminosidade reduzida.
    • Quando você quiser usar o flash ou a câmera frontal.
  1. Nota: A melhor forma de se usar o HDR é com a câmera bem estável, preferencialmente usando um tripé.
  2. Usar o filtro de embelezamento
  3. A câmera frontal possui um filtro para melhorar suas selfies. Ele pode ser usado para:
  • Suavizar e homogeneizar o tom de pele.
  • Remover manchas e brilho excessivo.
  • Branquear os dentes
  • Enfatizar a zona T
  • Afinar o rosto
  • Aumentar e iluminar mais os olhos

Para usar o filtro:

  1. Vá para a câmera frontal (Toque em  caso esteja na traseira)
  2. Toque em  e selecione uma das opções:
    • Toque em  para o modo automático.
    • Toque em  para o modo manual. Você ajustará o efeito pela barra deslizante:
  3. Quando estiver satisfeito com o efeito, sorria e toque em  para tirar a foto.
  4. Para desativar o efeito, basta tocar em  ou  e alterar para .

Ajustando o tamanho da imagem

Quanto menor a foto, mais leve ela será, mas menor será sua qualidade.

  1. Toque em  >  Configurações.
  2. Toque em Tamanho da foto (frontal) ou Tamanho da foto (traseira).
  3. Selecione o tamanho para suas novas fotos:
    • Para tirar fotos que fiquem bem enquadradas na sua HDTV ou monitor widescreen, use o modo widescreen 16:9.
    • Para imprimir fotos de 5″x7″ ou 8″x10″, use o modo padrão 4:3.
    • Em geral, use fotos com tamanho reduzido (menos MP) para compartilhamento e as com tamanho maior (mais MP) para edição, etc.

Som de captura

Você pode ativar ou desativar o som quando a foto é tirada, para isso vá em:

  1. Toque em  >  Configurações.
  2. Ative ou desative o Som de captura tocando em  ou .

Escanear códigos

Você pode escanear códigos QR, códigos de barras e cartões de visita com sua câmera.

  1. Abra a câmera
  2. Alinhe o código em questão que a câmera automáticamente fará a leitura.
  3. Toque em  para códigos QR,  para códigos de barra e  para cartões de visita, em seguida toque em:
    •  Para adicionar aos contatos.
    •  Para iniciar uma chamada.
    •  Para abrir o website.
    •  Para iniciar uma pesquisa.
    •  Para mostrar o local no mapa.
    •  Para compartilhar informações de contato.
    •  Para copiar as informações para a área de transferência, podendo colar posteriormente em e-mails, mensagens de texto, etc.

Escanear textos

  1. Abra a câmera.
  2. Toque em  > Escanear texto.
  3. Enquadre o que deseja escanear.
  4. Toque em  para iniciar o escaneamento.
  5. Quando o escaneamento for finalizado, toque em:
    •  Para compartilhar o texto.
    •  Para copiar e usar posteriormente.
    •  Para salvar como PDF ou documento de texto.

Deletando fotos e videos

Você pode deletar as mídias de duas formas:

  • Da memória do seu telefone.

Android: 6 formas de tirar screenshots

Diversas são as vezes em que algo interessante surge na tela do computador ou do celular. Interessante a ponto de nos fazer tirar uma screenshot para gravar aquela imagem ou texto e poder mostrar para outra pessoa aquele conteúdo.

Quando você está utilizando um computador, seja ela de mesa ou portátil, essa funcionalidade é muito fácil de ser feita, já que existem dezenas de programas que foram criados justamente para fazer a captura de tela. Aparelhos que rodem iOS também facilitam a vida de seus donos com uma combinação de atalhos que desempenham essa função.

Mas e para aqueles que estiverem usando um Android cuja versão é anterior à 4.0 (Ice Cream Sandwich) – a primeira a ter uma função para capturar tela embutida? É aí que o bicho pega! Mesmo assim, existem algumas maneiras para resolver esse pequeno problema.

Neste guia, vamos mostrar meios simples e outros mais complexos de tirar essa barreira dos aparelhos Android e tornar possível a captura de tela sem sofrimentos. Os métodos dependem da versão do sistema que roda em cada dispositivo. Portanto, fique atento às maneiras que se encaixam perfeitamente ao seu caso.

Tão simples quanto um Ice Cream Sandwich

Vamos começar pelo mais fácil de todos: a captura de tela a partir de um aparelho com Android 4.0. Esta versão do sistema, conhecida como Ice Cream Sandwich, é a mais recente e a que apresenta uma gama imensa de ferramentas.

(Fonte da imagem: Reprodução Baixaki/Tecmundo)

Uma delas, a mais importante para nós neste texto, é a funcionalidade embutida que permite tirar screenshots, algo que não existia no Android até então. Se você é dono de um celular com esta versão, pode parar de ler o artigo nesta dica se quiser, pois não é preciso nenhum outro método.

Tudo o que você precisa fazer é apertar ao mesmo tempo o botão que diminui o volume e o que desliga o smartphone. Mantenha-os pressionados durante cerca de 2 segundos, até que a imagem tirada apareça flutuando na tela. A captura é salva automaticamente em uma pasta da galeria. Para visualizá-la, basta acessar esse diretório.

Atalhos embutidos e quase secretos

Alguns aparelhos que rodem versões anteriores ao Ice Cream Sandwich também possuem uma ferramenta que permite fazer captura de tela sem ter que instalar algum aplicativo. Entretanto, apenas uma quantidade pequena de dispositivos apresenta essa característica e, o pior de tudo, é que esses atalhos são tão embutidos que se torna difícil encontrá-los.

(Fonte da imagem: Reprodução/Samsung)

Sabe-se que alguns aparelhos da Samsung apresentam esses atalhos, como o Galaxy Note e o Galaxy SII. Você pode tentar fazer as combinações de teclas no seu aparelho, mesmo que não seja um dos modelos citados acima, e ver o que acontece.

Como publicado nos sites MakeUseOf e Giz-China.com, as combinações mais comuns são as feitas com as seguintes teclas, pressionadas simultaneamente:

  • Botão Ligar/Desligar junto com o botão Home;
  • Botão Ligar/Desligar mais o Voltar;
  • Botão Liga/Desligar junto com o Menu;
  • Botão Ligar/Desligar combinado a uma das teclas de volume, seja a responsável por aumentar ou por diminuir a intensidade do som;
  • Botões Menu e Home ou os botões Menu e Voltar e assim por diante.

São várias as possibilidades de combinações que podem ser feitas para testar se o seu aparelho possui essa funcionalidade. Vai que em meio às tentativas você ainda acaba descobrindo alguma outra ferramenta que nem sequer imaginava que existia. Não custa passar um tempo tentando para descobrir do que mais o seu Android é capaz.

Aplicativos específicos para Galaxy e Tegra

Como fotografar a Via Láctea em 6 passos (com câmera profissional ou celular)

Ao viajar para lugares afastados, em cantos remotos do mundo, muitos viajantes se veem diante do céu mais estrelado de suas vidas.

Nestas horas, em especial àqueles aficionados por fotografia, saber como fotografar a via láctea e as estrelas de nossa galáxia em todo o seu esplendor é essencial para conseguir voltar para casa com uma lembrança inesquecível de uma experiência que já não é mais possível de ser vivida por quem mora nas grandes cidades.

  • Para saber como fotografar a Via Láctea é preciso ter um mínimo de técnica, mas hoje em dia, com toda a tecnologia em nossas mãos, já é possível capturar as estrelas até mesmo com o celular.
  • Nós já pudemos visualizar a Via Láctea a olho nu em vários pontos do mundo e nos apaixonamos pelas técnicas de fotografia do céu noturno, a astrofotografia.
  • Abaixo, deixamos aqui um passo a passo básico para quem quer se iniciar nesta área, trazendo de recordação fotos de suas próximas viagens do céu estrelado.

Como fotografar a Via Láctea?

O céu da Nova Zelândia

Para conseguir fotografar a Via Láctea é preciso reunir um conjunto de fatores, técnicos, climáticos e atmosféricos, para que a experiência dê certo. Muitos deles são imprescindíveis para que se obtenha uma foto decente, então é preciso um mínimo de estrutura e de muita paciência.

O equipamento necessário

Claro que para esta tarefa, ter uma câmera profissional, com controle manual, já ajuda e muito no processo, mas hoje em dia é possível fotografar com o celular também. Basta baixar um aplicativo que mude as configurações da câmera do aparelho móvel para manual. Ou seja, você PRECISA ter uma câmera que te permita controlar manualmente suas funções.

Fora isso, as configurações e maneiras de fotografar a Via Láctea são as mesmas, tanto para câmera quanto para celular.

1.     Escolha o local a ser fotografado

Para conseguir fotografar a Via Láctea, antes de tudo você precisa estar no lugar certo na hora certa. Estar em um local afastado das grandes luzes da cidade é imprescindível. Ou você já conseguiu ver a Via Láctea do Rio ou São Paulo? Duvido. A proximidade das luzes artificiais impede o olho humano (e a câmera) de enxergar as luzes celestiais.

Para escolher bem o local, baixe um mapa que mostre a poluição luminosa no mundo. Minha recomendação é o Light Pollution Map que é gratuito. Ao visualizar o mapa, quanto mais clara for a área, mais visibilidade celestial você terá. Ou seja, fuja das áreas marcadas com cores saturadas.

Outra informação a ser considerada é o hemisfério a ser fotografado. A Via Láctea fica mais visível em quase toda sua extensão no hemisfério sul do planeta. Isso não impede que você tente fotografá-la no norte, mas a galáxia só estará à vista da metade ao sul do céu, enquanto no hemisfério sul ela se espalha sobre toda a cabeça.

2.     Escolha o dia a ser fotografado

Em dias de lua cheia é praticamente impossível capturar a galáxia

O dia também vai dizer muito sobre se será possível capturar a Via Láctea ou não, por conta do clima e da previsão do tempo. Dias nublados devem ser riscados por motivos óbvios, as nuvens esconderão as estrelas, não importa onde você esteja.

Outro fator a ser levado muito em conta é a lunação. Saber em qual fase da lua estará no dia que você escolher para fotografar é de suma importância. Evite os dias de lua cheia, pois será praticamente impossível capturar as estrelas com tanta luz vinda do nosso satélite natural.

Os melhores dias para se fotografar a Via Láctea são os de lua nova, mas nada impede que você tente fotografar em dias de crescente ou minguante também, caso não tenha outra opção.

Independente da fase da Lua, vale também checar os horários de nascer e pôr do satélite terrestre. Mesmo em dias de lua cheia, por exemplo, é possível fotografar a via láctea em horários onde a Lua esteja abaixo do horizonte.

Para ver esses detalhes do céu, existe outro aplicativo chamado Photo Ephemeris, que também é gratuito.

3.     Aprenda a localizar a Via Láctea no céu

Não é sempre que a Via Láctea está presente no céu, depende bastante da época do ano. No verão é certo de ver a galáxia, mas o horário em que ela nasce e se põe muda bastante de mês a mês (sim, estrelas nascem e põem também, assim como o sol).

Caso você não consiga obter uma boa imagem da Via Láctea por estar fora do período que ela está amostra, nada te impede de tirar fotos de outras constelações. Para isso, é importante baixar o aplicativo chamado Stellarium, que também é gratuito e mapeia o céu inteiro.

4.     Escolha o equipamento fotográfico

A escolha do equipamento fotográfico ditará se será possível fotografar a Via Láctea ou não. Câmeras profissionais, tanto DSLR quanto mirroless farão o trabalho perfeitamente caso você as regule corretamente.

Já nos celulares é preciso baixar um aplicativo gratuito chamado Camera FV-5. Ele adapta a câmera do celular para o modo manual, e aí sim você terá liberdade para regular da melhor forma. Sem isso é impossível fotografar a Via Láctea com o aparelho móvel.

Outra informação importante também é possuir um celular relativamente novo. Não adianta nada querer fotografar o céu com um aparelho antigo, pois o aplicativo nem sequer será compatível. Caso você possua um celular comprado dos anos 2016 pra cá, já costuma ser o suficiente.

As lentes são muito importantes na composição também. Quanto maior a abertura do diafragma, mais luz entra na câmera, e melhor ela consegue capturar em ambientes com pouca luz, o que é perfeito nesse caso.

E para encerrar, outro item indispensável nessa lista é o tripé. Não importa se for câmera profissional ou celular. Por causa da regulagem usada na câmera para capturar a Via Láctea, ela precisará ficar extremamente estática para evitar qualquer balanço, caso contrário a imagem sairá borrada.

Caso queiram saber, todas essas nossas fotos da Via Láctea foram tiradas com uma Canon 6D e uma lente 24-70mm f/2.8.

5.     Regule a câmera para fotografar a Via Láctea

Após ter escolhido o local, o dia, ter visto a previsão do tempo, as fases da lua, ter localizado a Via Láctea e ter a câmera e tripé em mãos, é hora de saber regular para que a foto saia perfeita.

Fotografe em .RAW, caso possível, que é o arquivo cru da câmera, sem a compressão que existe nos arquivos .JPEG. Ela permitirá uma melhor edição posteriormente.

Caso tenha uma DSLR, coloque-a em modo live view, onde é possível ver a imagem em antemão no sensor da câmera. No celular a imagem irá se formar na tela de qualquer forma, como qualquer foto tirada nele.

Ache uma estrela bem brilhante no céu e foque nela no manual, assim você deixará sua foto o mais nítida possível. Outra opção é deixar o foco no infinito, mas nesse caso ainda há sempre o risco da imagem não sair totalmente focada.

Comece testando as imagens. Tente inicialmente com o ISO 3200 para que a imagem tenha menos ruídos. A partir do ISO, regule a abertura e a velocidade. Quanto maior a abertura, melhor, e quanto mais lenta a velocidade, também.

O segredo da fotografia é saber balancear essas 3 informações. Use como teste, junto com o ISO 3200, a abertura 2.8 e a velocidade de 20 segundos.

A partir dessa primeira foto com essa primeira regulagem, você poderá estudar se precisa alterar alguma das configurações.

Caso precise modificar a regulagem, tente deixar a abertura como está e mude somente o ISO e a velocidade. Tome cuidado com o ISO alto demais, pois ele pode granular a imagem. Evite também exceder os 30 segundos de exposição ou você começará a capturar o movimento das estrelas no céu.

6.     Trate as melhores imagens na pós-edição

Depois de dezenas de fotos tiradas, é hora de jogar as imagens no computador ou no celular e tratá-las para realçar suas características. Nessa hora o arquivo .RAW fará muita diferença no resultado final.

Eu utilizo os programas Lightroom e Photoshop, ambos da Adobe. Já no celular, gosto de editar com o VSCO e o Snapseed.

Tenha em mente que menos é mais. Quanto mais intervenções você fizer, mais artificial e com baixa qualidade ficará sua imagem.

Salve estas dicas de fotografia no Pinterest!

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

Já no Hotéis.com você pode parcelar o pagamento das diárias em até 12x!

AIRBNB

Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe até R$180 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.

SEGURO VIAGEM

Use nosso Comparador de Seguro Viagem. Com nossa parceria com a Seguros Promo, vamos te ajudar a encontrar os melhores planos de seguro para o seu destino. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto na hora do check out.

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Como capturar a tela no Android 6.0

Há várias circunstâncias onde você pode querer compartilhar o que está acontecendo na tela do seu Android com outras pessoas.

Por exemplo, conversas divertidas entre seus amigos, informações importantes que você vê em seu aparelho ou uma pontuação alta em algum jogo, são coisas que valem a pena compartilhar com amigos. A melhor maneira é fazer a captura de tela e salvar como imagem. Depois você pode mandar para onde quiser.

Contudo, para muitos usuários do Android 6.0, fazer a captura é um pouco confuso. Neste artigo você encontra várias maneiras para capturar a tela no Android 6.0 com os processos detalhados.

Três maneiras simples para capturar a tela no Android 6.0

Método Um: fazer a captura no Android manualmente

Se você apenas deseja fazer uma captura em seu telefone Android e não deseja instalar aplicativos, você pode usar este método simples. Pressione ao mesmo tempo o botão “Ligar” e “Volume baixo” por um ou dois segundos. Então você ouvirá um som de clique se o volume estiver alto.

Ao mesmo tempo, uma animação mostra a tela sendo capturada. As capturas podem ser encontradas na pasta “Fotos” > “Screenshots”. Você viu como fazer captura de tela no Android facilmente.

Mas em alguns telefones Android, você precisa pressionar os botões “Ligar” e “Home”, da mesma forma que você captura a tela no iPhone.

Método Dois: Faça várias capturas de uma vez com um clique no PC

Se você quiser fazer múltiplas captures de tela, este gerenciador de telefone é um dos melhores programas que você pode escolher. Não apenas porque ele é simples de usar, mas ele apresenta funções avançadas de gerenciamento.

Por exemplo, ele permite a você transferir músicas, vídeos, imagens, contatos, mensagens e outros arquivos entre o Android e o PC. Mais ainda, você pode exibir a tela do seu telefone no computador facilmente.

Vejamos como capturar a tela no Android Marshmallow usando este programa.

  1. Baixe e instale a ferramenta em seu computador ou laptop.

    Baixar

  2. Conecte seu Android ao PC usando um cabo USB. Lembre-se de habilitar o depurador USB em seu telefone antes. Então permita a conexão através da porta USB.
  3. Na parte esquerda da interface, seu telefone será exibido. Clique em “Mostrar em tela cheia”. Após isso, abra a tela que você deseja capturar e selecione o ícone de câmera na parte inferior direita.

Com essa ferramenta útil, você será capaz de fazer quantas captura de tela você desejar com apenas um clique. Quando terminar, você pode encontrar as imagens clicando em “Abrir diretório de captura de tela” embaixo do ícone de câmera. Para salvá-las onde quiser, vá em “Configurações”, escondido no canto superior direito, e mude a pasta.

Método Três: Faça a captura no Android usando um aplicativo profissional

Se você deseja mais do que uma simples captura no Android e quer ainda editar e compartilhar seu trabalho, você deve experimentar este pequeno porém profissional aplicativo chamado Apowersoft Screeshot. Ele é uma ferramenta gratuita para Android que oferece serviços de captura de tela, edição e compartilhamento. Tudo isso feito direto no seu telefone. Os passos detalhados você confere abaixo:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*