Como cancelar uma conta do hootsuite: 7 passos

Use o painel rápida e efetivamente com esta visão geral. Este artigo destaca diferentes seções do painel para tarefas comuns. Você também verá artigos relacionados se desejar explorar cada tópico mais profundamente.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

1. Gerenciar sua conta

Faça alterações em sua conta, seu faturamento e suas redes sociais clicando no ícone de perfil no canto superior direito do seu painel.

Conecte seus perfis de redes sociais ao clicar em Colaborar com outros ou Gerenciar redes sociais. Gerencie até três redes sociais com um plano Grátis, dez com um plano Professional e vinte com um plano Team. Se você tem um plano Team e quer gerenciar entre redes sociais pessoais e compartilhadas, pode criar uma organização.

Faça alterações em sua conta e nas configurações do painel Hootsuite clicando em Conta e configurações. Aqui você pode alterar seu e-mail, senha, linguagem do painel ou cancelar sua conta.

Faça alterações relacionadas ao faturamento de sua conta Hootsuite clicando em Alterações de faturamento e plano. Encontre todo o seu histórico de faturamento e veja suas faturas aqui.

Você também pode atualizar suas informações de faturamento ou alterar seu clico de faturamento para anual ou mensal. Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Para mais detalhes, confira aqui:

2. Obter ajuda e suporte

Encontre fácil acesso a vias de ajuda pelo menu suspenso Ajuda no lado esquerdo. Envie um tuíte à equipe de ajuda da Hootsuite diretamente clicando em Envie um tuíte para o suporte.

Clique em Enviar opinião para nos dar uma ótima ideia. Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Veja seu histórico de anúncios de produtos da Hootsuite ao clicar em Ajuda do produto. Deslize para baixo para acessar a Central de ajuda, o Hootsuite Academy Training e O que há de novo.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Para mais detalhes, confira aqui:

  • Central de ajuda
  • Hootsuite Academy Training
  • O que há de novo

3. Publicar e agendar postagens

Publique ou agende postagens em uma ou várias redes sociais nesta seção. Não está pronto para postar ou agendar? Você pode salvar como rascunho.

Crie pins com o Pinterest usando o menu suspenso no lado direito do recurso Nova postagem e clicando em Novo pin

Poste no Youtube usando o menu suspenso no lado direito do recurso Nova postagem. Em seguida, clique em Abrir criador de conteúdo legado e selecione YouTube como sua rede social ao criar a postagem. Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Para mais detalhes, confira aqui:

4. Configurar e usar abas e colunas

Monitore o que está sendo dito em todos os seus canais de mídias sociais. Você também pode retuitar, curtir ou comentar postagens e usar abas para organizar essas colunas em grupos. Use colunas de busca para encontrar atividades em páginas, hashtags ou palavras-chave específicas.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Para mais detalhes, confira aqui: 

5. Gerenciar suas mensagens

Veja todas as suas mensagens em um só lugar com a Caixa de Entrada da Hootsuite. Você pode responder ou atribuí-las a outras pessoas em sua equipe. As mensagens serão marcadas como respondidas ou resolvidas.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Para mais detalhes, confira aqui:

  • Caixa de entrada da Hootsuite

6. Ver seu conteúdo agendado

Revise, organize e promova seus rascunhos, bem como postagens passadas, presentes e futuras nesta seção.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Para mais detalhes, confira aqui:

7. Avaliar seu impacto social

Faça análises das redes sociais para ajustar seu ROI, engajamento, alcance e outras medições sociais.

Escolha ver as análises por rede social selecionando essa opção no canto esquerdo da página. Use o acesso rápido para ter uma visão geral das análises para maior comodidade. Dependendo do seu plano, crie relatórios analíticos e os exporte.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Para mais detalhes, confira aqui:

ZapCommerce – Venda via WhatsApp e outros comunicadores

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

O ZapCommerce é o aplicativo ideal para praticamente todos os modelos de vendas.

Crie o seu próprio programa de afiliados, integre o app ao seu ERP e/ou e-commerce, cadastre vendedores, regras e gerencie a operação através de BI e push notifications.

Cadastre seus vendedores internos e comece a vender os produtos diretamente da sua loja física.

Crie a sua equipe de revendedores, ofereça um catálogo personalizado de produtos e segurança para receber pagamentos e gerenciar pedidos.

Proporcione uma nova ferramenta de vendas para a sua rede de franqueados, com acesso a uma massa de dados que irá ajudá-lo na tomada de decisões.

Cadastro de vendedores

Cadastro de produtos

Compartilhamento de produtos

Envio do link de pagamento

Gerenciamento de pedidos

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

É simples, prático e potencializa as vendas

Venda em apenas 3 passos
e forneça um ambiente seguro de pagamentos.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

dos consumidores confiam em mensagens que recebem online

se comunicam com marcas via WhatsApp

dos usuários gostariam de receber promoções

gostariam de comprar produtos ou serviços

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

POPULAÇÃO CONECTADA
O Brasil está entre os três países do mundo que possuem a população com maior número de horas conectadas.

Fonte: ComScore

102%
Total de linhas em
relação à população

89%
Total de usuários
com acesso à internet

Grau de Fidelidade
% de usuários que acessam o aplicativo todo dia:

Fonte: Pesquisa Panorama –
Mobile Time/Opinion Box – FEV/2019

Conheça algumas marcas que confiam no ZapCommerce

Quer saber mais sobre o
ZapCommerce e
como ele pode alavancar as vendas da sua empresa?

Preencha o formulário, nossa equipe entrará em contato.

Leia também:  Como animar uma folha de sprites utilizando o gimp

Investigação digital: procedimentos para rastreamento de IP

Com o avanço da tecnologia, diversos dispositivos informáticos foram criados para interagir com o cotidiano dos seus usuários. Vivenciamos a quarta revolução industrial, e com ela surgiram os smartphones, smart tvs, gadgets, tablets, carros autônomos, casas inteligentes, entre outros produtos tecnológicos que conectam à internet.

É evidente que na última década, a internet deixou de ser um espaço virtual educativo e recreativo, para ascender em um ambiente comercial.

Nesse sentido, as transações comerciais abrangeram o uso de cartões de crédito, débito e outras formas de compras utilizando páginas de pagamento online.

As redes sociais e comunicadores instantâneos também sofreram grande evolução tecnológica para manter um número relevante de usuários conectados e interagindo entre si.

Além disso, mais da metade da população mundial já conta com acesso à internet segundo o último relatório do ano de 2018 divulgado pelos serviços online Hootsuite e We Are Social.

As empresas pesquisadoras apontaram que cerca de 53% da população mundial (algo em torno de 7,6 bilhões de seres humanos) acessam à internet.

Dessa forma, para ter milhões de usuários conectados, alguns procedimentos foram criados para identificar de forma única os dispositivos informáticos conectados na internet, e consequentemente, seus usuários.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Então como identificar esses bilhões de usuários conectados à internet? Para isso, é preciso entender um pouco da rede mundial de computadores, mas por se tratar de um assunto técnico, extenso, teórico e complexo, o conteúdo será resenhado e vamos direto ao ponto.

Inicialmente, duas coisas individualizam uma conexão à internet, sendo o endereço de IP(V4/V6)[1]  do computador e o endereço MAC[2] da placa de rede. A conexão com à internet é estabelecida por meio de um dispositivo informático chamado de modem[3], este que também pode estar presente em um roteador fazendo a função de 2 em 1 (modem e roteador).

Nessa lógica, não é cada computador que recebe um IP único para conectar à internet. Geralmente, os computadores de usuários residenciais e coorporativos (empresas em geral) recebem um IP privado[4] e os modens recebem um IP público[5].

O IP privado é normalmente gerenciado pelo roteador[6], que concede a cada máquina da rede local um determinado endereço de IP, utilizando como identificação única o endereço MAC da placa de rede.

Os endereços privados não nos permitem acesso direto à Internet, no entanto esse acesso é possível, mas é necessário recorrer a mecanismos de CGNAT [7] que traduzem o nosso endereço privado para um endereço público.

Dessa forma, quando um computador faz uma requisição para acessar um website, primeiro a informação passa pelo roteador, em seguida o IP privado é convertido para acessar à internet por meio do IP público, e assim, quando a requisição retornar as informações para o modem, o roteador saberá para qual computador da rede local enviar os pacotes de dados.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Depois dessa sucinta introdução em redes de computadores, vamos adentrar no assunto tema deste artigo, o rastreamento de IP.

Todo crime cometido por meio de computador deixa evidências, em alguns cenários essas evidências são revestidas com uma roupagem antiforense[8], impedindo que a investigação digital avance.

Os crimes mais comuns cometidos na internet são os de calúnia, injúria, difamação, invasão de dispositivos informáticos, divulgação de material confidencial, divulgação de vídeos íntimos, apologia ao crime, perfil falso (falsa identidade), racismo, pedofilia, pirataria, furto de dados (furto) e plágio.

Para rastrear a origem e determinar a possível autoria do delito, precisamos primeiro obter o endereço de IP da aplicação e do suposto autor. Esses endereços, geralmente ficam registrados em um arquivo chamado de log de dados[9]. A análise para descobrir o endereço de IP poderá ser realizada de forma direta ou indireta.

Esta consiste em acessar um arquivo que registra os dados automaticamente por programa de computador, e aquela monitora em tempo real as requisições de acesso ao dispositivo informático transmitidas pela rede. Cabe ao perito em informática analisar o cenário e tomar a melhor decisão para a situação, seja ela atual ou iminente.

Evidentemente, se tratando da Internet, a aplicação estará hospedada em um servidor de dados, porém um computador comum também pode realizar o mesmo papel, e até mesmo se passar pelo servidor autentico da aplicação.

Nesse sentido, vamos entender uma das diferenças entre os dois. O computador que se passa por servidor de dados, estará conectado a internet por meio de um provedor.

Para isso, é necessário a utilização do modem para realizar a conexão com à internet, que normalmente atribui um endereço de IP dinâmico[10].

Já o servidor de dados, utiliza um IP estático[11], pois se fosse dinâmico e mesmo com a utilização do serviço de DNS[12], poderia acontecer uma mudança de endereço de IP, e consequentemente, alteraria a rota e os pacotes de dados se perderiam ou chegariam em outro dispositivo informático. Dessa forma, a checagem do endereço de IP público e do DNS da aplicação se faz necessária para revelar se a investigação digital está diante de um servidor real ou falso.

Leia também:  Como calcular a velocidade média: 12 passos (com imagens)

13 truques e dicas do Instagram que talvez você não saiba

Esse artigo foi escrito por Aaron Lee, e adaptador por mim. Aproveite!

Quer dominar no Instagram?

Por que não? O Instagram é poderoso.

No entanto, não muitas pessoas e empresas tiram o máximo proveito do Instagram. Durante o ano passado, dediquei-me a aprender o máximo possível sobre o Instagram para realmente obter o melhor que eu pudesse.

O resultado? Eu apliquei o que aprendi e isso levou a minha conta de 0 a mais de 70.000 seguidores no Instagram hoje. O Instagram me permitiu crescer uma nova marca pessoal do zero.

Hoje, eu vou compartilhar com você todas as dicas e truques do Instagram que me levou para o meu sucesso.

1. Publique mais de 30 hashtags

Aqui está uma dica do Instagram para aqueles que gostam de adicionar um monte de hashtags. Atualmente, há uma pequena brecha no Instagram que permite adicionar mais do que o máximo de 30 hashtags.

  • Você precisará seguir os passos adequados para adicionar até 60 hashtags por publicação para lhe dar mais ainda exposição.
  • Veja como você pode fazer isso.
  • Não coloque nenhuma hashtags na legenda original, caso contrário este truque não irá funcionar e publique sua foto ou vídeo como de costume.
  • Em seguida, copie e cole 30 hashtags em um comentário de sua foto ou vídeo.
  • Uma vez feito isso, edite a legenda de sua foto ou vídeo e adicione até 30 hashtags. ????

2. Pesquise hashtags para seus posts

Algumas hashtags podem ser óbvias; Mas as hashtags óbvias tendem a serem mais usadas e seu post vai se perder no meio de tantos outros. As Hashtags como #business pode ser relevante, mas tem mais de 17 milhões de posts. Suas fotos provavelmente se perderão em questão de segundos.

O que você deve fazer em vez disso é usar hashtags que conhecidas, mas não tão populares. O truque para fazer a pesquisa no Instagram.

Tudo que você tem que fazer é iniciar com uma hashtag comum. Vou começar com a hashtag #business. Em seguida, desça para ver o resultado de sua busca até parte inferior.

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

Continue buscando encontrar até 60 hashtags. Pode demorar um pouco, mas você terá melhores resultados e engajamento.

  1. Aqui estão algumas hashtags associadas a primeira que fizemos a busca (business) que você pode usar para começar na direção certa.
  2. #redessociaisparanegocios –  2,461 posts
  3. #redessociaisparaescolas – 103 posts

 3. Salve hashtags para uso future

Pronto para mais dicas do Instagram sobre como usar hashtags? Segue uma, um para mantê-lo organizado.

Você tem a foto perfeita ou o melhor vídeo para compartilhar no Instagram e, depois de postar, você só tem uma pequena janela de tempo para postar suas hashtags, eu sei exatamente o que você passa.

Oh não, você entrar em pânico e esquece todas as hashtags que deseja usar naquele determinado post. O pior? Você esquece algumas das mais importantes hashtags! Não!!!

Não se preocupe. Tudo o que você precisa fazer é criar conteúdo em um aplicativo de bloco de notas e classificá-los por categorias. Se você tem um perfil de conta comercial, você pode criar hashtags para:

(Não se esqueça de maximizar o truque das 60 hashtags que compartilhei acima!)

4. Oculte hashtags no Instagram

Uma lista de hashtags em todos os posts do Instagram pode parecer spam. Pode até transparecer que você está desesperado por atenção. Nós não devemos passar isso nos posts!que façamos?

Segue um pequeno truque que você pode não saber.

Esconda essas hashtags usando “.” e espaços. Tudo que você tem que fazer é salvá-las em um bloco de notas como no exemplo seguinte:

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

5. Salve rascunhos para depois

Bem. Vamos além de apenas hashtags com algumas dicas do Instagram sobre o seu conteúdo visual.

Você sabia que tem a capacidade de salvar posts como rascunhos? Sim! Em seus rascunhos, você pode incluir a foto e o subtítulo.

Como fazer isso:

  • Toque no “+” na parte inferior da tela para filmar ou fazer upload de uma foto ou vídeo como você faria normalmente.
  • Edite sua foto, adicione sua legenda, localização, etc.
  • Pressione o ícone “

► 7 ferramentas de monitoramento de redes sociais

O monitoramento de redes sociais é um trabalho essencial para aproveitar todo potencial de negócio que vem dessas mídias. 

Existem milhares de ferramentas online que facilitam responder as menções ao perfil da sua empresa e até encontrar conversas em que ela não foi marcada diretamente.

O objetivo de descobrir essas conversas e mantê-las no seu radar é poder interagir com seu público com mais rapidez e qualidade. Marcas como Ponto Frio e Netflix são cases de sucesso quando o assunto é interatividade.

Então se a sua empresa não tem um esquema de monitoramento de redes sociais, este post é para você! Separamos sete opções de ferramentas que vão facilitar esse trabalho.

A maioria delas possui períodos de teste para que você possa conhecer e testar sua utilidade no dia a dia. Assim você paga por aquela que melhor se adaptar. Continue lendo!   

Leia também:  Como baixar aplicativos japoneses no iphone ou ipad

O que é monitoramento de redes sociais?

  • O monitoramento de redes sociais é o trabalho que consiste em responder às conversas sobre a sua marca postadas pelas pessoas. 
  • Dúvidas sobre o produto ou serviço, opinião, sugestão de melhoria, elogios, críticas não devem passar em branco. 
  • Além de facilitar a interação e o suporte aos usuários, com o monitoramento é possível analisar o desempenho do trabalho em determinada rede — engajamento, alcance, comentários, dados demográficos, etc — e identificar tendências para utilizá-la melhor. 

Ferramentas de monitoramento de redes sociais | LISTA 

  1. Para te ajudar a escolher a ferramenta de monitoramento de redes sociais para usar na sua empresa separamos sete dicas abaixo.
  2. O principal ao utilizar uma dessas soluções é escolher aquela que reúne recursos úteis para o trabalho diário e que seja fácil de usar.

  3. Algumas ferramentas de monitoramento fazem parte de um serviço mais completo de gerenciamento com recursos de agendamento, por exemplo, dentre outras funções.

Agora é o momento de analisar as opções e depois estudá-las para escolher qual a melhor.

Vamos lá?!

1. Agorapulse

Como Cancelar uma Conta do Hootsuite: 7 Passos

  • O segredo de um monitoramento de redes sociais de sucesso é concentrar tudo em um só lugar e essa é a proposta do Agorapulse.
  • A ferramenta também oferece mais recursos, além do monitoramento como agendamento de postagens e análise por relatórios.
  • O painel principal traz todas as mensagens, menções e comentários de acordo com a rede social que você estiver trabalhando no momento. 

Instagram: descubra como potencializar sua estratégia de marketing

Em 2016, o Instagram concebeu um novo algoritmo. Inicialmente, ele pareceu ter desordenado o feed sem nenhum tipo de critério. Contudo, após um tempo de adaptação, foi possível notar que a rede social criou, sim, alguns princípios básicos ao longo dos anos.

Entre os mais recentes, destacam-se três fundamentos de priorização: engajamento (posts mais comentados e curtidos), temporalidade (conteúdos mais recentes) e relacionamento (contas com maior interatividade).

Logo, como combinar tais elementos para garantir uma estratégia de marketing de sucesso? A seguir, acompanhe os três principais passos para potencializar seu perfil e vender mais pelo Instagram.

1. Tenha um perfil comercial

Hoje o Instagram conta com mais de um bilhão de pessoas e 80% delas seguem contas empresariais. Ademais, cerca de 60% dos usuários descobrem produtos diariamente nessa rede social, segundo o Hootsuite.

A grande diferença de um perfil comum para o Instagram comercial está em seus recursos. Além da facilidade de configurar campos com dados do negócio (telefone e endereço, por exemplo) e criar anúncios, é possível ter acesso a informações preciosas sobre a conta no Instagram Insights.

Tal ferramenta possui três grandes abas: Atividade, Conteúdo e Público. Na primeira parte, encontram-se métricas relacionadas às interações semanais (alcance, cliques, comentários, curtidas etc). Já em Conteúdo, localizam-se dados sobre engajamento, Stories e anúncios.

Em Público, situam-se detalhes sobre o target. Tais como idade média, horários e dias com maiores picos de acesso e principais localizações. Logo, ter todos esses dados à mão viabiliza a tomada de decisões mais sensatas sobre quais das suas publicações agradam mais e produzem maior retorno.

2. Invista nos Stories

O Instagram Stories, funcionalidade difundida em 2016, chegou para revolucionar a maneira pela qual as marcas se comunicam com os seus seguidores. Diferentemente das publicações do feed, as histórias têm um caráter mais descontraído e momentâneo.

De acordo com o Hootsuite, cerca de 500 milhões de stories são postados diariamente e mais de 400 milhões de pessoas acessam esse recurso. Para mais, 1 a cada 4 usuários das gerações X e Y buscam ativamente produtos e serviços através dele.

Assim sendo, para uma estratégia de marketing mais robusta, o Instagram Stories se tornou essencial. Para isso, invista na regularidade das publicações: crie um calendário editorial e mescle os conteúdos.

Escolha determinados dias da semana para rigorosamente adicionar posts que revelem o dia a dia do negócio (como produções e entregas). Além de novidades da marca e dicas relacionadas ao seu nicho. Se você vende móveis, por exemplo, compartilhe orientações de como compor diferentes ambientes.

Ademais, não se esqueça de incentivar o relacionamento com os seus seguidores: promova enquetes para que eles interajam (votando ou comentando) e os algoritmos do Instagram compreendam que o seu perfil é engajado.

3. Ative o Instagram Shopping

Segundo o NuvemCommerce 2019, o Instagram foi responsável por 59% das vendas feitas através das redes sociais. E isso muito se deu graças a nova funcionalidade da mídia: o Instagram Shopping.

Lançado no ano passado, esse recurso é essencial para os e-commerces que desejam divulgar suas marcas. Através de tags com preços e links de produtos em fotos do feed, os seguidores são, com poucos cliques, redirecionados agilmente ao checkout da loja.

Além disso, a partir de nove publicações com tais etiquetas, o perfil recebe uma nova aba nomeada Loja, exclusiva para esse tipo de post. É possível marcar até cinco produtos por imagem, ou até vinte em carrossel.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*