Como brincar de “”eu nunca””: 13 passos (com imagens)

Mais do que mensagens, o WhatsApp também serve como uma ótima ferramenta para fazer brincadeiras com os amigos. A diversão pode incluir jogos de charada e biografia, ideais para chats e grupos e enquetes quebra-gelo para compartilhar no Status.

O AppGeek reuniu as melhores brincadeiras de WhatsApp de 2020 para bombar no mensageiro e entreter todos os seus contatos.

Brincadeiras para WhatsApp Status

As imagens a seguir são ideais para compartilhar na ferramenta Status do WhatsApp (e também no Instagram Stories, que oferece um formato bastante semelhante). Algumas delas são úteis para dar informações inusitadas sobre você para seus amigos. Outras são perfeitas para quebrar o gelo com o crush e começar uma paquera.

Em geral, os usuários publicam uma versão respondida e outra com o template em branco, para que mais gente possa participar da brincadeira.

1. Biografia

Como Brincar de Biografia parte 1 (Reprodução / Pinterest)

Chamada de Biografia, a brincadeira está em alta no Status do WhatsApp. Dividida em 6 partes, permite que o usuário responda em poucas palavras diversas questões sobre a própria vida.

Como Brincar de Biografia parte 2 (Reprodução / Pinterest)

Há questões simples, desde nome, data de nascimento, pai e mãe, até mais polêmicas, como dizer quem é seu ex-melhor amigo e do que sente ranço. Mas todas essas respostas podem não vir de graça. A condição é mandar o seu “@” para conferir o resultado de quem tiver curiosidade.

Como Brincar de Biografia parte 3 (Reprodução / Pinterest)

Como Brincar de Biografia parte 4 (Reprodução / Pinterest)

Como Brincar de Biografia parte 5 (Reprodução / Pinterest)

Como Brincar de Biografia parte 5 (Reprodução / Pinterest)

Confira como silenciar o Status de um contato no WhatsApp

2. Meu Quiz

Como Brincar de

O template acima virou mania nos Stories do Instagram, mas também pode ser usado no Status do WhatsApp. Se na rede social o usuário utiliza o recurso de teste, no mensageiro é possível usar um adesivo ou emoji de seta para indicar a pergunta que deve ser respondida naquele status.

Depois que postar uma imagem para cada tópico, publique mais uma com o gabarito, ou seja, com as respostas certas. Se quiser, no final da brincadeira, faça um post com o ranking dos mais amigos que sabem mais de você.

Como fazer o Meu Quiz do Instagram Stories e testar seus seguidores

3. Amantes de séries

Como Brincar de

Quem ama séries, normalmente, gosta de descobrir pessoas que compartilham da mesma paixão. E, então, ter com quem comentar sobre seus episódios e personagens preferidos.

Na brincadeira Netflix Lovers, o objetivo é marcar as caixas correspondentes aos títulos que acompanha na plataforma de streaming. Depois, é só esperar a manifestação de contatos com o gosto em comum. Afinal, quantas séries da lista você já assistiu?

4. 40 coisas para fazer antes de morrer

Como Brincar de

Descubra os melhores jogos de futebol gratuitos para Android

Aqui, a regra é simples: marcar as caixinhas correspondentes às ações presentes na lista que já tenha feito. Quanto mais atividades concluídas, sinal que de já passou por várias experiências inesquecíveis na vida.

Já doou sangue ou plantou uma árvore? Passou um dia no SPA ou cantou em público? Então, é só indicar na imagem!

Mas atenção: não se sinta na obrigação de fazer coisas que tem vontade por causa de uma brincadeira em redes sociais. O importante é se divertir fazendo o que gosta!

Saiba ainda: como mudar a fonte de mensagens e Status do WhatsApp!

5. Minha TPM

Como Brincar de

Que tal transformar uma coisa ruim em diversão? Cada mulher passa pela TPM de seu próprio jeito e, inclusive, cada mês pode sentir-se de uma maneira diferente. Nesse jogo, você deve pintar a cabeça com as cores correspondentes às opções que mais têm a ver com o seu estado de espírito durante o temido período.

Use quantas cores quiser! O divertido é tentar manter a proporção da explosão de sentimentos com o que acontece na vida real.

6. Crush

Nada mais atual do que usar a internet para começar aquela paquera. Na brincadeira Crush: o que mais te atrai, você deve circular ou sublinhar até 8 características que te atraem em um cara.

Se o foco estiver atento, vai perceber que se enquadra naquela descrição. E aí só depende de vocês dois trocarem mensagens e, quem sabe, darem início a algo novo.

21 atividades para fazer em casa com as crianças

Ouça o post

Desenhos para colorir, jogos e atividades manuais para entreter as crianças sem sair de casa nesse período sem aulas. 

Criança em casa é sinônimo de alegria, mas também de trabalho dobrado para os pais. Com esse momento sem aulas e evitando saídas, é um grande desafio entreter os pequenos e ainda conseguir dar conta das tarefas do trabalho e do dia a dia.

Aqui no Blog Dentro da História sempre trazemos ideias de brincadeiras e atividades para fazer em casa. Agora reunimos todas as dicas aqui para ajudar as famílias nesse período!

São vários materiais para imprimir ou se inspirar, além de vídeos com passo a passo para criar brincadeiras usando materiais que temos em casa. Esperamos que gostem!

Desenhos para colorir

  • Como Brincar de
  • Como Brincar de
  • Como Brincar de
  • Como Brincar de

Quem tiver impressora em casa pode baixar os desenhos para os pequenos pintarem com lápis de cor, giz de cera ou até mesmo tinta. Se não tiver como imprimi-los, nossa dica é abrir o desenho no computador e incentivar a criança a copiá-lo. Isso estimula a noção espacial e as habilidades motoras finas.

Separamos desenhos dos personagens favoritos dos pequenos, é só clicar para baixar:

  • Meninas Superpoderosas
  • Patrulha Canina
  • Show da Luna
  • Galinha Pintadinha

Como Brincar de

Esse é um jogo para baixar e imprimir que estimula as crianças a criarem histórias malucas, incentivando a criatividade e a imaginação. Sempre rende muitas risadas! Se você não conseguir imprimir, pode baixar e criar as cartas à mão, com papel sulfite e canetinha. O jogo inclui:

  • 60 Cartas Fantásticas para sortear e criar histórias criativas.
  • Guia para Família com ideias para brincar em casa e se divertir em família.
  • Guia para Educadores com dicas para uso pedagógico do jogo quando as aulas voltarem.

Como Brincar de

Agora as crianças podem viver uma grande aventura sem sair de casa! O Jogo do Tesouro é um jogo de tabuleiro onde o objetivo avançar pelas casas e chegar até o final acumulando a maior quantidade de moedas possível.

Criado em parceria pela Dentro da História e a Brasilprev, o jogo estimula as habilidades matemáticas e desenvolve noções de educação financeira e de sustentabilidade, através das cartas que recompensam ações positivas como reciclar, apagar as luzes e não demorar no banho.

Como Brincar de

Com esses moldes vocês podem criar máscaras divertidas de leão, coruja, gato e borboleta.  Use os moldes para desenhar em cartolina, E.V.A. ou feltro. Se só tiver sulfite, as crianças podem pintar para deixar tudo colorido. Depois cole as partes como indicado nos moldes e amarre com um elástico. 

Como Brincar de

Para estimular a leitura de um jeito divertido e já ir entrando no clima da Páscoa, crie com os pequenos esse marca-páginas de coelhinho. É só imprimir o molde, colorir, recortar e colar nos lugares indicados.

Como Brincar de

Outra atividade para se preparar para a Páscoa é esse fantoche de coelho feito de papel! É fácil de fazer, só precisa de lápis colorido, tesoura e cola. Além do fantoche, tem também algumas comidinhas para pintar e alimentar o coelho.

Como Brincar de

Quem nunca quis criar sua própria Barbie? Com essa boneca de papel as crianças podem pintar a boneca, escolhendo a cor de pele, dos olhos e do cabelo. Elas também podem personalizar as roupinhas que já vêm impressas e até criar novos figurinos, desenhando e recortando no tamanho do corpo da Barbie.

Que tal fazer em casa com os pequenos um chapéu de fantasia de dinossauro, para brincar de um faz de conta jurássico? Usando poucos materiais, veja como é fácil fazer esse adereço divertido com o seu pequeno ou pequena.

Para mais brincadeiras de faz de conta, vocês podem fazer coroas da realeza usando um rolo de papel higiênico. Soltem a imaginação para decorar a coroa de príncipe ou princesa como quiserem!

Também com um rolo de papel higiênico, vocês podem criar braceletes para brincar de super-heróis e heroínas. É só recortar e pintar. Se tiver um pouco de tinta ou glitter, fica ainda mais legal! Mas a imaginação é o ingrediente principal.

Leia também:  Como apagar uma conta do flickr: 3 passos (com imagens)

Mais uma ideia com rolo de papel: criar um foguete para poder viajar até o espaço sem sair de casa. Recortem papelão para fazer a base, as asas e o fogo, colando nos locais indicados.

Inspirados na formiguinha mais famosa de todas, criamos um passo a passo para fazer as antenas do Smilingüido em casa. Você só vai precisar de tesoura, cola, papel pintado de preto e um elástico para fazer a tiara. 

Essa é uma experiência muito simples de se fazer que, além de divertida, ensina para as crianças conceitos científicos. Você vai precisar de leite, detergente e de pelo menos um corante. Veja o vídeo acima e clique no botão para ver mais instruções.

Agitação em excesso, ansiedade, irritação, crises de birra… Ficar sem sair de casa pode acabar gerando esse tipo de reação nas crianças. O Pote da Calma é um recurso simples que ajuda os pequenos a se acalmarem: é só misturar em uma garrafa ou pote transparente água, glitter e corante se tiver. Para deixar o líquido mais denso, misture uma colher de xampu ou sabonete líquido transparente.

Quando a criança estiver agitada, estimule-a a rodar para formar um redemoinho, virar de ponta cabeça, esperar o glitter cair totalmente para depois agitá-lo de novo… Dê algumas dicas, mas deixe que ela descubra essas possibilidades por conta própria. Isso é parte do efeito calmante do pote.

Como fazer o Pote da Calma

Essa brincadeira é uma das mais populares entre os pequenos e, se você ainda não fez, agora é o momento para experimentar. As crianças adoram colocar a mão na massa, e o slime tem um efeito relaxante até para os adultos. Veja o vídeo acima e mais instruções clicando abaixo.

Que tal dar um tempo nos joguinhos de corrida do celular para criar aviões de papel que voam de verdade? As crianças vão se divertir aprendendo diferentes formas de dobrar o papel para criar um aviãozinho, como na imagem acima.

Levar as crianças para a cozinha também pode ser divertido e educativo. E você já ouvir falar que, quanto mais colorido um prato, mais saudável?Experimentem fazer a pizza de arco-íris com tomate, cenoura, brócolis e milho! Clique abaixo para ver todos os detalhes da receita.

Receita da Pizza de Arco-Íris

Se não dá para aproveitar piscinas públicas, as crianças podem se refrescar e se divertir com brincadeiras no banho. Claro que não podemos desperdiçar água, mas aqui estão algumas ideias: desenhar no box, fazer penteados malucos no cabelo e levar brinquedos para a banheira.

+ Brincadeiras para o banho Imagem: www.mildicasdemae.com.br

Para incentivar as crianças a passarem mais tempo com os livros, é importante criar um espaço onde eles fiquem acessíveis. E também seja um ambiente confortável, onde a criança goste de ficar. Você pode fazer isso com prateleiras, caixas reutilizáveis, almofadas e tapetes.

+ Ideias para o Cantinho de Leitura

Os podcasts infantis são uma ótima forma de entreter as crianças, principalmente quando os adultos precisam se ocupar com alguma outra tarefa. Um dos principais benefícios dos podcasts para as crianças é o estímulo da escuta e da imaginação, justamente pela ausência de telas. Essas são nossas recomendações:

As cantigas populares são um excelente estímulo à musicalidade das crianças. Uma forma de incentivar ainda mais a percepção musical dos pequenos é oferecer diferentes objetos para a criança batucar e reproduzir os sons: potes de plástico, panelas de alumínio, colheres de pau, etc. 

Veja ainda outros posts com mais dicas de brincadeiras e dicas para o dia a dia em casa com as crianças:

Como fazer uma Caça ao Tesouro para divertir as crianças

Coisas que a vida de mãe brincante me fazem descobrir: um site que ensina trocentas maneiras divertidas de como fazer uma Caça ao Tesouro para divertir as crianças em casa ou ao ar livre para as crianças. Trata-se do www.scavenger-hut-fun.com.

É por causa de descobertas assim que eu amo a internet! Foi neste site que eu aprendi como criar diferentes tipos de pistas para um caça um tesouro que deixou a Carol e os primos João e Victória com gostinho de quero mais (aliás, eu já tive que repetir a brincadeira várias vezes depois).

Vou confessar que deu um trabalhinho fazer essas pistas todas (eu levei uns 45 minutos), mas o resultado compensa, especialmente se você quiser surpreender crianças de 7 anos ou mais como uma atividade que é totalmente fora da sua rotina.

Então, para facilitar a brincadeira para você e seus filhos, nós preparamos pistas e deixamos prontinhas para usar na sua caça ao tesouro. Nós explicamos aqui no post como usar as pistas, mas se você já quiser o seu arquivo é só preencher o formulário abaixo.

Ah! Nossa coleção de pistas é totalmente gratuita.

A caça ao tesouro nada mais é do que combinar com as crianças que elas vão precisar encontrar alguma coisa em casa (o tesouro) e para isso vão precisar decifrar pistas.

Como Brincar de

A graça está na elaboração das pistas que podem ser mais fáceis ou difíceis conforme a idade das crianças. No caso da brincadeira da foto, eu usei o recursos que vou descrever nos itens abaixo. Assim, com estas dicas fica mais fácil para você pensar em como fazer uma Caça ao Tesouro para divertir as crianças.

1. Caça-palavras

Para a pista 1 da nossa caça ao tesouro, eu escolhi onde estaria a pista seguinte. O escolhido foi o telefone. Aí eu fiz um caça-palavras em que primeiro coloque as letras que formam a palavra telefone e depois enchi os outros espaços com as letras que formam a palavra AMAR e escrevi o seguinte verso

“Corte as letras
da palavra AMAR
e monte uma palavra

com o que sobrar”

“Aos meus amigos que não têm filhos”: um texto de emocionar qualquer pai ou mãe

Ter filhos é uma experiência incrível. Quem tem sabe disso. Quem não tem, deveria pensar na possibilidade.

É o que defende, com toda paixão, Bruna Estrela, que é mãe de dois meninos e consultora materno-infantil em Foz do Iguaçu, em um texto que é um sucesso nas redes sociais e nos blogs voltados ao tema da maternidade e da paternidade. Só na postagem original, em 2016, o texto recebeu mais de 13 mil compartilhamentos. Confira – e se emocione:

***

Se eu pudesse dar só um conselho para os meus amigos, seria esse: tenham filhos. Pelo menos um. Mas se possível, tenham 2, 3, 4… Irmãos são a nossa ponte com o passado e o porto seguro para o futuro. Mas tenham filhos.

Filhos nos fazem seres humanos melhores.

O que um filho faz por você nenhuma outra experiência faz. Viajar o mundo te transforma, uma carreira de sucesso é gratificante, independência é delicioso. Ainda assim, nada te modificará de forma tão permanente como um filho.

10 verdades sobre ter três filhos

Esqueça aquela história de que filhos são gastos. Filhos te tornam uma pessoa com consumo consciente e econômica: você passa a comprar roupas na Renner e não na Calvin Klein, porque, no fim, são só roupas. E o tênis do ano passado, que ainda tá novinho e confortável, dura 5 anos… Você tem outras prioridades e só um par de pés.

Você passa a trabalhar com mais vontade e dedicação, afinal, existe um pequeno ser totalmente dependente de você, e isso te torna um profissional com uma garra que nenhuma outra situação te daria. Filhos nos fazem superar todos os limites.

Você começa a se preocupar em fazer algo pelo mundo. Separar o lixo, trabalho comunitário, produtos que usam menos plástico… Você é o exemplo de ser humano do seu filho, e nada pode ser mais grandioso que isso.

Sua alimentação passa a importar. Não dá pra comer chocolate com Coca-Cola e oferecer banana e água pra ele. Você passa a cuidar melhor da sua saúde: come o resto das frutas do prato dele, planta uma horta pra ter temperos frescos, extermina o refrigerante durante a semana. Um filho te dá uns 25 anos a mais de longevidade.

Você passa a acreditar em Deus e aprende como orar. Na primeira doença do seu filho você, quase como instinto, dobra os joelhos e pede a Deus que olhe por ele. E assim, seu filho te ensina sobre fé e gratidão como nenhum padre/pastor/líder religioso jamais foi capaz.

Leia também:  Como ajudar um hamster com o olho grudado: 10 passos

Passar o tempo com os filhos ou trabalhar mais para lhes dar conforto?

Você confronta sua sombra. Um filho traz à tona seu pior lado quando ele se joga no chão do mercado porque quer um pacote de biscoito. Você tem vontade de gritar, de bater, de sair correndo.

Você se vê agressivo, impaciente e autoritário. E assim você descobre que é só pelo amor e com amor que se educa.

Você aprende a respirar fundo, se agachar, estender a mão para o seu filho e ver a situação através de seus pequenos olhinhos.

Um filho faz você ser uma pessoa mais prudente. Você nunca mais irá dirigir sem cinto, ultrapassar de forma arriscada ou beber e assumir a direção, pelo simples fato de que você não pode morrer (não tão cedo)… Quem é que criaria e amaria seus filhos da mesma forma na sua ausência?! Um filho te faz mais do que nunca querer estar vivo.

Mas, se ainda assim, você não achar que esses motivos valem a pena, que seja pelo indecifrável que os filhos têm.

Tenha filhos para sentir o cheiro dos seus cabelos sempre perfumados, para ter o prazer de pequenos bracinhos ao redor do seu pescoço, para ouvir seu nome (que passará a ser mãmã ou pápá) sendo falado cantado naquela vozinha estridente.

10 fotos que mostram como a paternidade melhora os homens

Tenha filhos para receber aquele sorriso e abraço apertado quando você chegar em casa e sentir que você é a pessoa mais importante do mundo inteirinho pra aquele pequeno ser. Tenha filhos para ganhar beijos babados com um hálito que Listerine nenhum proporciona.

Tenha filhos para vê-los sorrirem como você e caminharem como o pai, e entenda a preciosidade de se ter uma parte sua solta pelo mundo.

Tenha filhos para reaprender a delícia de um banho cheio de espuma, de uma bacia de água no calor, de rolar com o cachorro, de comer manga sem se limpar.

  • Tenha filhos.
  • ***
  • Recomendamos também:
  • ***

Conheça Angel, a voz do desafio “Eu nunca, eu já” que viralizou no TikTok

Angel é a responsável pelo viral “Eu nunca, eu já”, um sucesso no aplicativo TikTok (Foto: Felipe Braga)

Se você tem o TikTok no celular, possivelmente já ouviu a música “Eu nunca, eu já” rolando em diversos vídeos.

Mas você já se perguntou quem é a cantora? O POPline não só descobriu de quem é a voz do desafio musical que viralizou no aplicativo, mas também foi o primeiro veículo a entrevistá-la: Angel é a responsável pelos mais de 400 mil vídeos publicados na plataforma – incluindo artistas como Lexa e Preta Gil – com a trilha sonora do momento.

O nome de batismo de Angel é Marcelle Dias de Oliveira. “Quando eu tinha 4 ou 5 anos, minha mãe me chamava de ‘anjinho’ e eu queria que todo mundo me chamasse deste jeito.

Quando eu cresci um pouco mais e comecei a mexer com redes sociais, todo nome que eu colocava na frente era ‘Angel’. Daí quando pensamos em um nome artístico, optamos por usá-lo”, explica a cantora de apenas 16 anos e sonha em fazer faculdade de Direito.

“Ainda estou no 2º ano do Ensino Médio, mas em paralelo com a carreira na música, sonho em ser delegada federal”, revela.

Dos louvores na igreja para o funk carioca

Nascida na zona oeste do Rio de Janeiro, Angel parece decidida a trilhar um caminho musical diferente de tudo que fez até aqui. “Eu cantava na igreja desde meus 3 anos e cheguei a liderar o Ministério de Louvor.

Mas para lidar com música, que sempre foi um sonho meu, não achava interessante a ideia de misturar religião com trabalho.

Então decidi cantar música popular e tive a oportunidade de criar meu primeiro álbum [o EP “Be Free”, de 2019] para poder entender em que estilo me encaixava”, revela.

Angel tem alguns vídeos de covers inusitadas – de Luísa Sonza a Péricles – publicados em sua conta no YouTube. O que ratifica o gosto musical plural da jovem. “Eu me espelho muito na Anitta. Tenho um amor por ela que nem sei explicar. Também curto demais o trabalho da Rihanna.

Quando penso nos shows que quero fazer no futuro, imagino que terá bastante dança, muita troca de look, tudo que sempre amei. Me inspiro na MC Rebecca, gosto da performance de palco dela porque além de cantar, ela dança muito e faz um trabalho diferente e com personalidade.

Aos 16 anos, Angel sonha com a carreira musical sem deixar de lado os estudos (Foto: Felipe Braga)

“Eu nunca, eu já” foi composta como uma brincadeira para o período de quarentena

Após decidir deixar o grupo da igreja, Angel partiu para a carreira solo com o EP “Be Free” [em português, “Seja Livre”] e experimentou diversos gêneros musicais se encontrar no funk, declaradamente seu estilo favorito.

Mas no meio disso tudo houve a pandemia do novo coronavírus pelo mundo e o recomendado isolamento social.

O que fazer numa situação dessa? Compor seria a solução mais óbvia, mas sobre o quê? Foi assim que nasceu o viral “Eu nunca, eu já”.

“A música nasceu neste período de quarentena, onde é super importante ficar em casa e proteger nossos familiares e quem a gente ama. Era triste pensar na ideia de todo mundo sem nada pra fazer ou sem poder sair.

Daí decidi fazer uma música que as pessoas pudessem ouvir e brincar em suas casas. O intuito era levar diversão.

Escrevei a letra e mostrei pro meu produtor Umberto Tavares [Anitta, Ludmilla, Belo, Kelly Key, entre outros] e gravamos.

E foi por causa da pandemia que o primeiro show da carreira de Angel aconteceu de uma maneira diferente: em uma live colaborativa no dia 26 de abril, com artistas como sua ídola MC Rebecca, Gabily, WC no Beat, 3030, entre outros.

“Realmente é muito diferente não ter a plateia, mas por um lado a gente entende que foi por um motivo nobre e que as pessoas não poderiam estar ali. Participar daquele projeto foi bacana porque arrecadamos fundos pra galera que trabalha com música.

Foi uma experiência diferente, que eu nunca tinha vivido.”

Mesmo em tempos de isolamento social, os próximos passos na carreira já estão programados. “Temos alguns projetos em andamento ainda para este mês de maio. Várias músicas estão em fase de produção e com muitas pessoas. Tem um feat com o DJ Gabriel do Borel vindo por aí”, conta a mais nova revelação do funk carioca.

Assista em primeira mão o clipe de “Eu nunca, eu já”:

As 125 melhores perguntas para jogar Eu Nunca em 2020

Eu nunca é um jogo para brincar em grupo, em que são feitas perguntas pessoais e quem já fez o que foi perguntado perde a rodada. O jogo pode ser feito com um esquema de pontuações, ou como drink game, e quem perde bebe.

Quem já brincou de eu nunca sabe que na hora bate um branco e fica difícil pensar em alguma coisa criativa para perguntar. Por causa disso, montamos aqui uma lista com 225 perguntas de eu nunca, divididas entre perguntas leves e engraçadas, sobre relacionamentos, e perguntas de eu nunca pesadão, para adultos.

Perguntas para Eu Nunca leves e engraçadas

Essas perguntas podem ser usadas por jovens, adolescentes, ou mesmo adultos que queiram uma brincadeira mais leve.

  1. Eu nunca fiquei obcecado em stalkear alguém nas redes sociais.
  2. Eu nunca fui expulso da sala de aula.
  3. Eu nunca desmaiei na rua.
  4. Nunca peguei carona com estranhos.
  5. Eu nunca fui parado por policiais.
  6. Nunca andei de cavalo.
  7. Eu nunca quebrei um osso.
  8. Eu nunca quebrei um dente.
  9. Eu nunca criei uma conta fake nas redes sociais.
  10. Eu nunca tive uma experiência paranormal.
  11. Eu nunca tive algum perfil de rede social hackeado.
  12. Nunca roubei alguma coisa em uma loja.
  13. Eu nunca tive paralisia do sono.
  14. Eu nunca fiquei preso no elevador.
  15. Eu nunca tentei cortar meu próprio cabelo.
  16. Eu nunca pintei o cabelo de alguma cor estranha.
  17. Nunca cantei num karaokê na frente de várias pessoas.
  18. Eu nunca apareci na TV.
  19. Eu nunca passei mal num parque de diversões.
  20. Eu nunca corri da polícia.
  21. Eu nunca pedi dinheiro no sinal.
  22. Eu nunca me arrependi imediatamente após enviar uma mensagem.
  23. Eu nunca levei um tapa no rosto.
  24. Eu nunca dei um tapa no rosto de alguém.
  25. Eu nunca participei de uma briga.
  26. Eu nunca chorei no transporte público.
  27. Eu nunca passei mais de dois dias sem tomar banho.
  28. Eu nunca olhei o celular de alguém sem que a pessoa soubesse.
  29. Eu nunca fui demitido.
  30. Eu nunca dormi na rua.
  31. Nunca peguei comida do lixo e comi.
  32. Eu nunca consegui algo de graça dando em cima de alguém.
  33. Nunca caí na rua porque estava olhando o celular.
  34. Eu nunca tive um vídeo constrangedor postado na internet.
  35. Eu nunca quebrei algo na casa de alguém e escondi.
  36. Eu nunca saí de uma festa ou bar sem pagar.
  37. Eu nunca me gabei por algo que não fiz.
  38. Eu nunca menti tanto sobre alguma coisa que acreditei que fosse verdade.
  39. Eu nunca sofri bullying na escola.
  40. Eu nunca segurei a mão da pessoa errada na rua.
  41. Eu nunca fui expulso de uma festa.
  42. Eu nunca postei algo enquanto estava bêbado e me arrependi.
  43. Eu nunca fingi estar sóbrio na frente dos meus pais.
  44. Eu nunca roubei dinheiro da carteira dos meus pais.
  45. Eu nunca nadei pelado em uma praia ou cachoeira.
  46. Eu nunca acordei e ainda estava bêbado.
  47. Eu nunca comi comida que caiu no chão.
  48. Eu nunca comi comida que alguém largou na área de alimentação do shopping.
  49. Nunca fiquei com mais de 5 pessoas em uma festa.
  50. Nunca beijei alguém que eu não conhecia.
  51. Eu nunca dei um beijo triplo.
  52. Eu nunca fiz topless na praia.
  53. Eu nunca fiquei com o irmão/irmã de um amigo.
  54. Eu nunca dormi no ônibus e perdi o meu ponto.
  55. Eu nunca fiquei apaixonado por algum professor.
  56. Eu nunca fui assaltado.
  57. Eu nunca enviei/recebi flores.
  58. Eu nunca menti para meus pais sobre onde estou indo.
  59. Eu nunca fiz xixi em uma piscina do lado dos meus amigos.
  60. Eu nunca usei Crocs.
  61. Eu nunca vomitei na frente de outras pessoas.
  62. Eu nunca peidei num elevador e fingi que não era eu.
  63. Eu nunca segui a pessoa errada na rua.
  64. Eu nunca deixei meu celular cair na privada.
  65. Eu nunca fui em uma festa sem ser chamado.
  66. Nunca matei um animal de estimação por acidente.
  67. Eu nunca beijei alguém famoso.
  68. Eu nunca fiquei com gêmeos.
  69. Eu nunca vomitei e tive que engolir.
  70. Eu nunca gostei mais de um filme do que do seu livro.
  71. Eu nunca entrei em casa pela janela.
  72. Eu nunca ri tanto que fiz um pouco de xixi.
  73. Nunca passei o número errado para alguém.
  74. Eu nunca menti para alguém sobre qual era meu nome.
  75. Eu nunca tive o meu nome no SPC.
Leia também:  Como alterar as preferências e configurações de sua conta no dropbox

Veja aqui mais perguntas leves para jogar Eu Nunca.

Perguntas para Eu Nunca sobre relacionamentos

Quer descobrir alguma verdade sobre os relacionamentos de alguém da roda? Então essas perguntas abaixo são as mais indicadas.

  1. Eu nunca dei em cima do namorado(a) de algum amigo.
  2. Eu nunca disse eu te amo para alguém que eu não amava de verdade.
  3. Nunca me apaixonei à primeira vista.
  4. Eu nunca passei a madrugada mandando mensagem para alguém.
  5. Eu nunca fui ignorado no WhatsApp por alguém que eu gostava.
  6. Eu nunca inventei boatos sobre um ex namorado.
  7. Eu nunca traí um namorado(a) e nunca fui descoberto.
  8. Eu nunca implorei para algum ex voltar para mim.
  9. Eu nunca estive um relacionamento aberto.
  10. Eu nunca tive um namorado virtual.
  11. Eu nunca me arrependi de ter namorado alguém.
  12. Nunca beijei meu melhor amigo.
  13. Eu nunca duvidei sobre minha orientação sexual.

Perguntas para Eu Nunca pesadão

Essas perguntas de Eu Nunca são mais pesadas, e que podem causar algum constrangimento. Essas são mais recomendadas para quem está brincando de Eu Nunca com bebida (e que seja maior de idade, claro).

  1. Eu nunca fiquei com mais de uma pessoa ao mesmo tempo.
  2. Eu nunca dirigi bêbado.
  3. Eu nunca fiquei com uma pessoa e depois nunca mais falei com ela.
  4. Eu nunca vi algum vizinho sem roupa.
  5. Eu nunca usei o Tinder.
  6. Eu nunca fiquei com gêmeos.
  7. Eu nunca tive medo de ter pego alguma DST.
  8. Eu nunca marquei de ficar com alguém do Tinder.
  9. Eu nunca fiquei com alguém no banheiro de uma festa.
  10. Eu nunca fiquei com alguém na praia.
  11. Eu nunca usei drogas.
  12. Eu nunca fiquei com alguém na rua.
  13. Nunca fiquei com alguém do mesmo gênero que eu.
  14. Eu nunca fingi ter prazer.
  15. Eu nunca mandei fotos íntimas para alguém.
  16. Eu nunca mandei a mesma foto íntima para duas pessoas ao mesmo tempo.
  17. Eu nunca tive um sonho “picante” com alguém que está aqui.
  18. Eu nunca tive um sonho “picante” com algum professor.
  19. Eu nunca matei algum animal com as próprias mãos.
  20. Eu nunca fiquei tão louco que esqueci o próprio nome.
  21. Eu nunca fui carregado para casa depois de dar PT.
  22. Nunca me senti atraído(a) pelo pai/mãe de algum amigo.
  23. Eu nunca enviei fotos íntimas para a pessoa errada.
  24. Eu nunca fiquei com alguém na cama dos meus pais.
  25. Eu nunca dancei enquanto tirava a roupa para alguém.
  26. Usei o Tinder enquanto namorava.
  27. Eu nunca precisei ir ao médico devido a um objeto estranho preso dentro do meu corpo.
  28. Eu nunca vi duas pessoas tendo relações íntimas.
  29. Eu nunca fui num clube para adultos.
  30. Eu nunca tive uma foto íntima vazada na internet.
  31. Eu nunca faltei ao trabalho porque estava morrendo de ressaca.
  32. Eu nunca fiquei com alguém que eu nem sabia o nome.
  33. Eu nunca fumei um cigarro alucinógeno.
  34. Eu nunca fiquei com alguém desta roda.
  35. Eu nunca tirei a roupa em uma festa.
  36. Eu nunca tive um “amigo colorido” ou “amigo com benefícios”.
  37. Eu nunca fiquei com alguém na universidade.

Veja mais perguntas para Eu Nunca pesadão.

Como brincar de Eu Nunca?

Para começar a brincadeira, deve ser feito um círculo, para que todos escutem bem e vejam as reações das pessoas.

Então, uma pessoa começa a brincadeira fazendo sua primeira afirmação, que sempre começa com “eu nunca”, por exemplo “eu não viajei para fora do país”. Então, as pessoas que já fizeram isso perdem a rodada.

Existem dois jeitos mais famosos de brincar de eu nunca, e eles variam no que fazer na hora que a pessoa perde.

Quem perde bebe

Nessa versão mais conhecida do “eu nunca”, cada pessoa fica com um copo de bebida alcoólica. Então, se você já tiver feito o que a pessoa perguntou, você deve beber um gole ou virar um shot, e quem não tiver feito não precisa beber. Depois, outra pessoa deverá fazer a próxima pergunta, seguindo o sentido da roda.

No “eu nunca” com bebida não existe eliminação, as pessoas vão jogando até que fiquem bêbadas.

Mas atenção: a venda e consumo de bebidas alcoólicas é extremamente proibida por lei para menores de 18 anos no Brasil.

Contando pontuações

Nessa outra versão, as pessoas começam cada uma com 10 pontos, que são contados nos seus dedos. Cada vez que você tiver feito algo que foi perguntado, você perde um ponto e deve abaixar um dedo. Assim, quem perder os 10 pontos sai da brincadeira, e quem ficar por último ganha.

Em ambas as versões do jogo, a regra também pode ser feita ao contrário. Nesse caso, quem bebe ou perde ponto é aquela pessoa que não fez o que foi perguntado no jogo.

E agora, se você curte outros jogos de perguntas, veja também:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*