Como arrumar a mochila para seu primeiro dia de escola

  Bom dia meninas!! Então como os Poster de hoje e amanha vai ser mas sobre guia de escolas, então ontem fiz um poster falando sobre a maquiagem e hoje vai ser sobre o que levar na mochila escolar e algumas imagens de  bolsas !! Eu dei uma pesquisadinha porque eu também estou com essa duvida já que vai ser meu primeiro dia em escola nova!! Então vamos lá!!

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

   Primeiro escolher as bolsas eu adoro bolsas com muito bolso e cheio de friscurinha mas esse ano quis optar por uma bem simples mas com exatamente 4 bolsos e sem falar nos bolsinhos pequenos que tem dentro, então sobre bolsas eu não vou falar muito aqui vale do sseu gosto por que cada pessoa tem o seu então eu  vou colocar só  as imagens confira aqui em baixo:

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

OBS: Eu coloquei mas foi bolsas de costa não sei porque foi mas o que eu encontrei essa ultima acho que não da de colocar seus matérias dentro mas coloquei por que não achei desse estilo de ombro!

 As bolsas são muito lindas  a minha bolsa e nesse estilo da imagens aqui a cima só que não e da marca da Pucca e uma tal de :Cavalier ainda não tinha visto essa marca se e que e uma marca!

 O que voçê vai levar dentro da bolsa??

 Então essa pergunta  e o que eu vivo fazendo para mim mesma, e tirei minhas duvidas e quem sabe vou tirar as suas duvidas.

# Cadernos: Eu comprei dois cadernos um da Cute Fox e uma gatinha azul e o caderno e azul com rosa a coisa mas fofa e de 15 matérias e da CREDEAL, o Outro caderno e de 10 matérias para o meu curso de inglês e outras matérias que faltar é e vermelho com bolinhas pretas com o desenho de um docinho acho que e  um cupcake é e da Máxima caderno. então foi só esses dois!

# Pasta: A Pasta eu não vou levar para a escola vai ficar em casa mesmo para eu colocar meus papeis e não perder nada!!

  •  # Pochete: Então a Pochete muitas meninas chamam de Estojo no meu eu coloquei:
  • 2 canetas uma azul e uma preta da Faber-Castell triluz-032
  • 1-Azul compactor 07, 
  • 1- Caneta Marca texto Da cor Amarelo LYKE
  • 4 lapes—> 2 da Eco Grip Faber Castel cor verde aguá; 1 lapes da Leonora cor verde ; e  lapes da Leo&Leo ele e branco e cheio de macaquinho.

 2- Apontador- 1 era do ano passado e encontrei aqui em casa ele e rosa e o outro e rosa da TRIS Jady , 2- borracha- 1 preta  FC( Faber Castel) Max , e outra azul com branca Goller!! 

 1- Cola bastão da Disney TRIS.

# Necessaire:  Então vamos montar nossa necessaire??

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

Geralmente eu vó  Maquiada mas as vezes não dar tempo e acabo indo me maquiando no carro!

 Mas vamos lá se vai precisar de uma necessaire eu no caso peguei uma antiga pochete ela e um pouquinho grande mas na minha necessaire eu não levo muita coisa por que eu já saiu de casa com a pele limpa e com a base, corretivo e as vezes deixo o pó para passar no carro!!

  1.  1-Pó Compacta 
  2. 2- Blush
  3. 3- Rímel
  4. 4-Quartetos de sombras (ou outras que não seja tão grande)
  5. 5- Batom
  6. 6- Gloss Labial 
  7. 7- Lapes de olho de preferencia cor preta!

8- Manteiga de Cacau eu sempre passo! Ainda mas se sua escola e climatizada!

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

Como Arrumar a Mochila Para seu Primeiro Dia de Escola

Dicionarios:

São Três dicionarios:

  • Outras Coisas:
  • 1- Remedio ( Na Minha escola eles não dão por que o aluno pode ter alguma alergia enfim então coloco em uma bolsinha bem pequena)
  • 2- Agenda ( Na verdade A Agenda e da escola eu personalizei ela ficou bem bonita)
  • 3- Eu coloco meus absorvente na quelas bolsas sabe onde coloca a Câmera  então eu coloquei lá minha câmera  quebrou e ai eles ficaram lá hihi””
  • 4- Carteira ou Porta moeda: 

Na Carteira –> Cartão da escola , carteira do ônibus quando eu vou de ônibus , dinheiro , enfim..! 

 Porta moeda: só o dinheiro e algumas moedinhas! e meus cartões vão em uma parte que tem na minha bolsa um mine bolso!

  1. 5- Porta Óculos– Eu uso Óculos de grau e uso ele sempre mesmo mas levo mesmo assim!
  2. 6- Em tempo de educação física que e no horário da aula levo garrafa de água e minha tolinha e a roupa de educação física que e sÓ o short porque o tênis pode ir já de casa!
  3. Confira Algumas Imagens!

 Material escolar da Capricho:

 Então meninas acho que e só se tiver faltando mas alguma coisa eu faço outro poster. Esses materiais e o que eu vou levar no primeiro dia de aula.

 Um Grande beijão espero que goste e thau!!

Saiba como preparar a criança e a família nos primeiros dias de aula

Especialista dá dicas de como pais ou responsáveis podem facilitar o processo

O primeiro dia de aula sempre é bastante aguardado por pais e responsáveis, especialmente quando a criança está iniciando a fase escolar. Além da expectativa de ver os filhos dando os primeiros passos na aprendizagem, há também o receio de que eles reajam mal ao início da adaptação escolar.

De acordo com a psicóloga da Educação Infantil, Nadja Medeiros, é importante que os pais transmitam segurança para as crianças.

“Geralmente nos primeiros dias, acontece das crianças expressarem através de choro o seu receio de permanecer na escola sem a companhia dos familiares e os pais precisam ter o cuidado de não reagir com aquele semblante de tristeza ou angústia.

É importante que isso não aconteça, e que os pais passem a segurança de que aquele é um ambiente bom e acolhedor para eles”, pontua.

Pensando em facilitar esse momento, a especialista pontuou três dicas importantes que podem ajudar na adaptação e nos primeiros dias de aula. A regra geral é que a participação direta da família nesse momento é essencial. Confira!

Conversar sobre a escola

Antes de tudo, os pais ou responsáveis podem conversar com os filhos sobre a escola, explicando que eles irão iniciar uma nova fase em um ambiente novo, onde tem brincadeiras, professores que irão acolhê-los e também novos amigos.

É necessário que essa mudança de rotina já seja preparada em casa, antes de as aulas começarem.

Para as crianças que estão mudando de escola, é importante enfatizar que as experiências que ela vivenciou no outro colégio serão muito melhores agora, e que existe um espaço para construir novas relações de amizade.

Leia também:  Como alterar a sensibilidade do touch em um dispositivo android

Arrumar a mochila

O momento de organizar a mochila é importante, pois essa união cria uma sensação de expectativa positiva coletiva, tanto dos pais como dos filhos. É interessante explicar os itens que estão sendo colocados na mochila, o material que já foi adquirido anteriormente e incentivar a criança a interagir e conhecer os objetos ali presentes.

Evitar comentar com familiares

Muitos familiares ficam curiosos para saber como foi o primeiro dia dos pequenos. É essencial que os pais saibam que ainda que as crianças tenham chorado ou ter tido resistência ao primeiro dia, é um comportamento dentro do esperado. Então, seria bom enfatizar os momentos positivos da criança nos primeiros dias. Isso faz com que se evite preocupações desnecessárias.

É importante lembrar que cada criança tem um tempo diferente de adaptação e muitas vezes as reações e o modo como elas lidam com o início das aulas podem variar.

7 dicas para facilitar a adaptação escolar do seu pequeno | Blog Leiturinha

Mudar de escola é algo que sempre pode acontecer. No entanto, para muitas crianças, essa mudança pode ser dolorosa e é preciso que os pais deem uma “ajudinha” para facilitar a adaptação escolar.

Pensando nisso, preparamos uma lista com algumas dicas para você. Afinal, para muitos esse processo acaba sendo mais doloroso para os pais do que para os próprios filhos.

  • Leia também: Meu filho vai mudar de escola. E agora?

Confira 7 dicas para facilitar a adaptação escolar

1. Faça a mudança parecer gradual

Antes da mudança em si, já comece a conversar com seu filho sobre a nova escola. Façam juntos o futuro caminho até ela. Se a nova escola for em uma nova cidade, aprendam juntos sobre ela.

  • A própria escola pode dar uma ajudinha quando a mudança é grande: que tal uma aula sobre a nova cidade?
  • Outra coisa que pode ajudar é a escola nova enviar uma foto da nova classe, o que pode fazer com que a criança já vá conhecendo alguns rostos e ambientes.
  • Ao chegar na nova escola, proporcionar assuntos para que a criança tenha o que apresentar aos colegas sobre si mesma é interessante.
  • Isso pode ser desde levar uma mudinha de uma planta comum em sua cidade anterior (em caso de mudança de cidade) ou mesmo algum souvenir do final de semana, como o ingresso usado de algum filme legal que vocês assistiram juntos.

2. Atenção à rotina!

A rotina é uma das percepções mais importantes dos pequenos. Para crianças mais novas, é importante que ela seja o menos afetada possível.

A rotina proporciona conforto e segurança. Se um ambiente novo é introduzido em uma rotina já conhecida, o impacto percebido é bem menor.

Para crianças um pouco mais crescidas, o mais importante é envolvê-las em todos os processos, seja arrumar a mochila para a nova escola até separar o uniforme novo no dia anterior.

Participar dessas atividades junto com os pais faz com que a criança se sinta cuidada e, principalmente, parte de tudo isso.

3. Transforme a “hora de dar tchau”

O momento crucial durante a adaptação a uma nova escola é a despedida em si. Mostrar confiança na nova escola, em seus educadores e na decisão de mudança é algo que a criança percebe.

Deixe bem claro que essa situação não é deixar algo para trás, mas a oportunidade de encontrar coisas pela frente: novos amigos, novas brincadeiras, novas aventuras.

Essas atitudes são fundamentais também no último dia da escola antiga: converse com todos para transformar o “Que pena que você está indo embora” por “Boa sorte nessa nova aventura!”.

4. Adapte-se também

Aquela insegurança dos primeiros dias da primeira escolinha podem voltar nesse momento. Depois da conquista da confiança da criança em ser deixada em um lugar que não é familiar a ela, uma escola nova parece desmontar tudo isso.

O choro na entrada da nova escola pode acontecer e, com isso, a ansiedade ao longo do dia para saber se está tudo bem volta.

Pensar em pequenas distrações para quando isso acontecer pode ajudar bastante. Sempre que bater a ansiedade, que tal ouvir aquela música favorita? Ou até sair pra tomar um ar.

Outra coisa importante: conheça e se envolva com a comunidade de pais e professores da nova escola. Conheça o ambiente, os responsáveis pelas crianças dentro da escola e fora dela.

5. Demonstre interesse…

Se mostrar interessado pelo novo ambiente demonstra segurança à criança. Para isso, essa lista de alternativas à pergunta “Como foi a escola hoje?” é ótima.

Faça perguntas variadas. Faça mais perguntas sobre o tema que pareceu deixar seu pequeno mais animado ao responder.

Outra coisa importante: preste bastante atenção às respostas evasivas ou quando a pergunta não tem resposta alguma. Aí podem estar os pontos problemáticos da experiência da criança na nova escola.

6. … E abra espaço para a criança

Quando o assunto vier à tona, reforce os aspectos positivos: o crescimento, o amadurecimento, a possibilidade de fazer novos amigos, novas aventuras.

Puxe conversa com seu pequeno sem forçar ou coagi-lo a responder. Abra espaço para que demonstre seu desconforto, se ele existe, sem o medo de sofrer reprimendas.

Esse canal aberto de diálogo é algo que não se constrói da noite para o dia, mas é fundamental que você e seu filho estejam em sintonia nesse momento de transição.

Outro aspecto importante: mantenha sua palavra. Pode parecer algo óbvio, mas isso envolve atitudes bastante delicadas e a mudança de coisas que acreditamos fazer bem para a criança.

Não se atrasar para buscar o filho na escola é uma dessas atitudes. Evitar também o “Eu já volto pra te buscar” na despedida é interessante; isso gera expectativas que podem ser diferentes do itinerário real.

7. Não associe a escola a algo ruim

A experiência dos pequenos com a escola pode até ser boa, mas pequenas associações ao longo do tempo podem mudar esse time que já está ganhando. Quando a escola que ela sempre conhecia de repente muda, isso pode vir a tona e dificulta as coisas.

Leia também:  Como alterar a senha do seu id apple no iphone

Já ouviu algum pai/mãe, ou até você mesmo, usar aquela antiga ameaça diante de uma birra na saída da escola: “Se você continuar fazendo birra, vou te deixar aqui”. Percebeu que assim a escola vira um castigo?

Uma outra coisa que pode ter efeitos negativos é associar elementos ligados à experiência de ir à escola com castigos ou punições.

Isso tem bastante força, por exemplo, com crianças que mudaram de período escolar, que passam a acordar cedo. Já pensou se, além disso, uma punição envolve acordar mais cedo no final de semana?

Cada mudança na vida das crianças é recebida de forma diferente. É impossível prever quando a resposta será tranquila ou vai demandar um pouco mais de atenção e carinho.

O mais importante, no entanto, é sempre proporcionar em casa um ambiente de segurança e acolhimento, em que a criança possa se expressar e que as mudanças internas decorrentes das mudanças externas possam ser apresentadas e, caso positivas, cultivadas ou, caso negativas, trabalhadas.

Leia também: 

Mochila escolar: dicas para levar em consideração na escolha

A imagem é comovente: na porta das escolas, diversas crianças correm para encontrar seus grupos, antecipar as brincadeiras do recreio, conversar e, por vezes, fugir dos intimidadores acenos e beijos de despedida dos pais. Nas costas, muitas vezes, as mochilas são desproporcionais, fazendo com que as crianças ganhem uma silhueta engraçadinha. Mas o que parece uma brincadeira agora pode causar consequências irreversíveis no futuro.

É que para carregar mochilas de tamanho e peso desproporcional para a altura, as crianças fazem um grande esforço, por vezes ficando até curvadas para suportar.

 E a bolsa, que deveria estar ajudando o dia a dia da criança, passará a ser lembrada, no futuro, como uma das maiores responsáveis por lesões na coluna.

Mas o que fazer para que a mochila escolar recupere a sua função, sem prejudicar a rotina da criança? Confira nossas dicas para escolher e preparar uma verdadeira mochila escolar “ajudadora” para seu filho!  

Quais são os danos causados pelo mau uso da mochila escolar?  

Na maioria das vezes, a mochila das crianças ganha um peso extra pelo fato de as crianças e os pais não saberem arrumar a mochila de forma prática, acrescentando ali itens desnecessários. Especialmente para quem está em fase de crescimento, a mochila pesada pode provocar alterações posturais, problemas na coluna lombar e dores. 

Segundo um estudo publicado no Archives of Disease in Chilhood, ao avaliar o peso das mochilas e a saúde da coluna de 1.403 alunos com idades entre 12 e 17 anos na Espanha, mais de 60% dos alunos estava carregando um peso superior a 10% do seu peso corporal. Um a cada quatro alunos alegava sofrer com dores nas costas por mais de 15 dias.

A escoliose era a principal responsável por essas dores, representando 70% dos casos. Nos 30% restantes, dores lombares ou contraturas, bem como contrações musculares involuntárias contínuas, eram responsáveis por incômodos nas costas. Uma boa parte das lesões eram causadas por negligências de longo prazo.

Daí a importância de os pais conferirem a mochila dos filhos todos os dias.

Caso tenha uma balança em casa, confira o peso da mochila de seu filho. Ela não deve ultrapassar 10% do peso da criança. Observe o que seu filho coloca na mochila, o que é requerido pela escola e retire o que for desnecessário. Brinquedos e casacos extras podem dar certo alívio aos pais, mas se eles estão apenas cumprindo funções decorativas, é preciso retirá-los dali! 

Verifique também se o seu filho está carregando a mochila de maneira certa: a mochila deve ser usada nos dois ombros, e as alças não devem ficar frouxas, mas simétricas. Uma dica é observar se a mochila está a cerca de 5cm da linha da cintura. Ela nunca deve ficar em cima do bumbum. 

Ao arrumar os materiais na mochila, coloque os objetos pesados e volumosos, como livros, próximo das costas e na vertical. 

Qual é o modelo de mochila ideal para o dia a dia da escola?

Apesar de ter uma série de critérios para a manutenção da saúde de seu filho, escolher uma mochila escolar de acordo com as recomendações da Ortopedia não é uma missão impossível. Confira o que separamos para você! 

Verifique se o tamanho e o peso da mochila são ideais para a estatura da criança. O ideal é que, quando a mochila estiver vazia, ela não pese mais de meio quilo. 

Observe também se as alças e as costas são acolchoadas, de forma a se adaptar bem ao corpo do usuário. As alças devem ter pelo menos 4 centímetros de largura na região dos ombros. Além disso, elas também não devem roçar no pescoço, característica de alças muito juntas, o cair pelos ombros, o que ocorre quando as alças estão muito afastadas. 

Os modelos com cinto abdominal ajudam a equilibrar o peso da mochila, fazendo com que a criança não tensione o corpo para frente ou para trás, já que o peso é compartilhado entre os ombros e a zona lombar. 

Bolsos e compartimentos ajudam a organizar melhor o material escolar. A garrafinha de água deve sair de casa apenas com a quantidade de líquido para satisfazer a sede da criança durante o trajeto para a escola. Se a escola da criança oferece aulas de natação, ballet ou judô, observe se a mochila oferece um compartimento para guardar os uniformes extras.  

As mochilas com rodinhas são ideais para crianças que precisam carregar mais peso, poupando o esforço na coluna. As rodinhas facilitam a locomoção e ajudam a aliviar a carga da mochila.

Este modelo apenas apresenta dificuldades para quem precisa enfrentar muitos obstáculos, como escadas, que obrigam o usuário a carregar a mochila. Fique atento se a alça da mochila  fica na altura do quadril da criança.

Desta forma, ela não precisa se inclinar ou tensionar o corpo para o lado ao carregar a bolsa.

E não é por ser de rodinhas que a mochila pode sair por aí com peso extra! Também no caso da mochila de carrinho, a recomendação é que ela tenha até 10% do peso da criança.  

Leia também:  Como aplicar unhas falsas: 13 passos (com imagens)

A mochila tradicional é recomendada a partir dos 6 anos de idade e é uma das mais práticas, já que permite que o peso da mochila fique equilibrado sobre os dois ombros. Ainda assim, ela não deve ficar muito pesada, já que assim ela pode causar lesões na coluna da criança.  Exigem especial atenção para que a criança não tome o hábito de usá-las em apenas um dos ombros. 

Já a mochila transversal pede especial atenção. Também conhecida como “bolsa carteiro”, ela não é ideal para carregar muitos materiais escolares, já que, por ficar apenas de um lado,pode causar danos ao ombro da criança. O modelo pode ser adquirido para uso em dias esporádicos, nos quais a criança não precisa carregar muitos livros e cadernos. 

Qual é a relação entre a mochila escolar e a idade da criança/adolescente? 

A idade de seu filho tem uma influência direta sobre o tipo de mochila ideal. No maternal, por exemplo, seu filho não precisará de uma bolsa grande, já que a maioria dos materiais escolares é oferecida pela creche e ele precisa apenas de uma muda de roupas e de utensílios para higiene e alimentação. 

Entre os 4 e 5 anos, a criança pode levar uma lancheira, bem mais leve. Assim, ela divide o peso entre as mãos e as costas. O ideal que é a mochila de rodinhas seja utilizada até os 12 ou 13 anos. A mochila de costas é liberada a partir dos 6 anos, desde que a criança não carregue muito peso. 

Caso a escola esteja pedindo muitos materiais para a rotina de estudos, entre em contato com a coordenação da escola e veja o que pode ser feito. Os livros didáticos, por exemplo, podem ser escaneados em lidos em fotocópias ou no tablet. Já materiais pesados podem ser armazenados em escaninhos. 

Após ler todas estas dicas, quando você partir para as comprar a mochila, leve a criança para que ela possa experimentar o modelo e dar a própria avaliação sobre o conforto.  

Se você ainda tem dúvidas ou deseja trocar experiências sobre a escolha da mochila escolar, dê a sua contribuição na nossa sessão de comentários abaixo! 

Como organizar a minha mochila escolar – Estudo Kids

Por Pollyana Batista em 11/10/2017

  • Informar erro

A mochila escolar é um acessório indispensável para quem frequenta todos os dias o ambiente escolar. Muitos estudantes só se preocupam com a beleza dela, mas esquecem de que o principal item a ser levado em consideração é se a mochila é espaçosa, bem dividida e segura.

No entanto, muitas vezes, ainda que a mochila seja grande e cheia de compartimentos, temos dificuldade de organizar os objetos acadêmicos e de higiene de maneira que tudo seja comportado da maneira ideal.

Pois se você armazena um objeto, como um livro ou agenda, em um compartimento menor ou inapropriado pode ocasionar dobras indesejadas ou rasuras. Por isso é importante saber organizar bem a mochila escolar.

Como organizar a mochila escolar

O que levar na mochila?

A dica é separar o material pelas disciplinas que serão estudadas no dia (Foto: depositphotos)

Primeiro consulte o seu horário de aulas e carregue somente o necessário dentro da mochila para aquele dia de estudos. Se o seu colégio oferece armário, melhor ainda, pois você pode deixar seus livros lá mesmo.

Se não, invista em uma prateleira em sua casa, onde você organize os livros e cadernos de acordo com o dia da semana. Dessa forma, você só vai precisar tirar e colocar de volta o material que for útil para você naquele dia.

Separar por disciplina

Organize sua mochila de acordo com cada disciplina diária. Se você vai ter aula de artes, não esqueça o caderno de desenho, o lápis de cor, régua e qualquer outro acessório que o professor faça uso em sala.

Veja também: Por que o hidrocor seca quando o deixamos sem tampa?

Para as aulas de matemática, leve sempre uma calculadora (se o colégio permitir), um compasso para as aulas de geometria, lápis e borracha para ficar mais fácil corrigir as equações.

Quando a aula é de português ou língua estrangeira, seu melhor amigo sempre será um dicionário e uma gramática. Ambos são essenciais para o aprendizado do idioma e para a escrita e redação corretas.

Se você vai estudar geografia, utilize mapas ou atlas que possam conduzir melhor o seu conhecimento. E assim por diante. Cada disciplina terá o seu material de apoio conforme exigido pelo professor.

Como proteger os materiais?

Não dá para simplesmente largar tudo dentro da mochila, não é mesmo? Cada objeto feito de um determinado tipo de material pode danificar os outros.

Por isso, nada de misturar as canetas com os papéis ou um compasso com a calculadora. Use sempre um estojo resistente para colocar as peças menores, como lápis, borrachas, tesouras e demais objetos pequenos. Pois, uma caneta sem tampa no fundo da sua mochila pode riscar todo o tecido ou acabar com a capa do seu caderno.

Outra proteção extremamente necessária é para as tecnologias que você carrega. Evite colocar o seu tablet, celular ou notebook dentro da mochila sem uma capa protetora especial (aquelas fofinhas e grossas), pois a tela dele pode sofrer algum impacto e acabar danificando todo o equipamento.

Veja também: Qual a melhor forma de separar um caderno de matérias? Veja agora

Tudo o que for líquido, mantenha na parte externa da mochila. Pode ser um bolso ou uma cavidade que não tenha contato com os livros e cadernos, pois em caso de vazamento, suas folhas estarão protegidas.

Como identificar minha mochila?

É importante identificar o seu material e sua mochila. Isso é útil para os casos de perda ou de esquecimento em algum lugar. Mas, atenção: não coloque seu telefone na identificação, mas sim, a sua sala de aula e o nome do professor. Assim, quem achar vai ter contato direto com alguém mais velho que vai saber o que fazer.

Evite peso desnecessário

Se possível, evite peso desnecessário. Perfume, maquiagem, cadernos velhos, livros já lidos. Deixe isso tudo em casa e carregue somente o básico, pois uma mochila pesada pode trazer problemas para a sua coluna.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*