Como aprender palavras e frases básicas em árabe

 

Como Aprender Palavras e Frases Básicas em Árabe

Aqui você encontra mais de 50 palavras e expressões importantes em árabe.
Prepare-se para sua viagem para os Países Árabes!
 

Aprenda com a gente:

  • Como dizer Oi! e Tchau! em árabe?
  • Como se diz por favor e obrigado em árabe?
  • Como é sim e não em árabe?
  • Como digo „Eu me chamo …“ em árabe?
  • Como dizer „Eu não falo árabe“ em árabe?
  • Além disso aprenda também a contar em árabe.

Aprender árabe »   

Pacote completo de árabe: com % de desconto!

Como Aprender Palavras e Frases Básicas em Árabe

Preço normal:
Preço com desconto:

 

          Confira a oferta »          

 
 

مرحباmarḥaba Olá!
صباح الخيرṣabāha l-ḫair Bom dia!
يوم سعيدyawmun sa ʾīd Boa tarde!
مساء الخيرbasāʾa l-ḫair Boa noite!
ليلة سعيدةlailah saʿīdah Boa noite!
مع السلامةmaʿa s-salamah Tchau!
إلى اللقاءʾilā l-lāʾ Adeus!

 

نعمnaʿam sim
لاlā não
ربماrubbamā talvez
حسناḥasanan OK
شكراšukran Obrigado(a)!
عفواʿafwan De nada
المعذرةalmaʿṯrah Desculpe,…(Sg./ Pl.)
أنا آسفʾana āsif Perdão. (m/f)
عندي ليس عنديʿindī laisa ʿindī Eu tenho …/ Eu não tenho…
… ليس ليس عندنا…ʿindanā laisa ʿindanā Nós temos …/ Nós não temos…
يوجد… لا يوجد…yūğad lā yūğad Há …/ Não há…
إستعلاماتʾistiʿlāmāt informações
عربʿarab Árabe
أجانبʿağanib estrangeiro
فيزاfīzā visto
رسومrusūm taxas
أوʾaw ou

 

إسميʾismī Eu me chamo…
أنا منʾanā min… Eu sou de…
أنا عمري…..سنةʾanā ʿumrī…..sanah Eu tenho … anos.
أنا متزوج أنا لست متزوجاʾanā mutazawwiğ ʾ anā lastu mutazawwiğan Eu sou casado. / Eu não sou casado.
أنا أسافر وحدي أنا لا أسافر وحديʾanā ʾusāfiru waḥdī ʾanā lā ʾusāfiru waḥdī Eu viajo sozinho / Eu não viajo sozinho.
أنا أسافر مع…ʾanā ʾusāfiru maʿa … Estou viajando com…

 

أنا لا أتكلم العربيةʾanā lā ʾtakallamu l-ʿarabiyyah Eu não falo árabe.
أنا لا أفهم هذاʾanā lā ʾafhamu hāḏā Não entendo.
هل تتكلم….؟hal tatakallamu… ? Fala … ?
هل يتكلم أحد ما هنا….؟hal yatakallam ʾaḥadun mā hunā… ? Alguém aqui fala … ?
الإنجليزيةal-ʾinğlīziyyah Inglês
الفرنسيةal-faransiyyah Francês
من فضلك, أكتب هذا!min faḍlik, ʾuktub āḏā Podia escrever-me isso?
من فضلك, كرر هذا!min faḍlik, karrir hāḏā Podia repetir, por favor?
لحظة من فضلك!laḥÛah min faḍlik Um momento, por favor.

 

واحدwaḥid um
اثنانʾiṯnān dois
ثلاثةṯalāeah três
أربعةʾarbaʿah quatro
خمسةḫamsah cinco
ستةsittah seis
سبعةsabʿah sete
ثمانيةṯamaniyah oito
تسعةtisʿah nove
عشرةʿašarah dez
أحد عشرʾaḥad ʿaašar onze
اثنا عشرʾiṯbā ʿaašar doze
ثلاثة عشرṯalaṯata ʿaašar treze
أربعة عشرʾarbaʿata ʿaašar quatorze
خمسة عشرḫamsata ʿaašar quinze
ستة عشرsittata ʿaašar deze(a)sseis
سبعة عشرsabʿata ʿaašar deze(a)ssete
ثمانية عشرṯamaniyata ʿaašar dezoito
تسعة عشرtisʿata ʿaašar dezenove
عشرونʿišrūn vinte
واحد و عشرونwaḥidun wa ʿišrūn vinte e um
ثلاثونṯlāṯūn trinta
أربعونʾarbaūn quarenta
خمسونḫamsūn cinquenta
ستونsittūn sessenta
سبعونsabʿūn setenta
ثمانونṯamānūn oitenta
تسعونtisʿūn noventa
مئةmiʾah cem
ألفʾalf mil
مليونmilyūn um milhão
زوجzawğ alguns

     

Guia de conversação árabe

Guia de conversação árabe

Como Aprender Palavras e Frases Básicas em Árabe

Distribuição da língua árabe.

A seguir, frases lida principalmente com o árabe padrão moderno. Veja o livro de frases em árabe libanês , árabe Jordaniano ou em árabe egípcio para dialetos árabes relativas a essas regiões / países.

Árabe é a quarta língua mais falada no mundo e é uma das seis línguas oficiais das Nações Unidas.

Ele é falado em muitos destinos populares no Norte da África e do Oriente Médio. Há muitos dialetos regionais, mas a língua árabe padrão é mantido devido às necessidades religiosas e meios de comunicação a nível regional.

O árabe é escrito da direita para a esquerda. Ela tem seu próprio alfabeto, diferente do alfabeto romano utilizado para o Inglês.

Para fins de comunicação durante a viagem e usar este guia, é muito importante notar que o árabe é dividida em árabe clássico (usado principalmente em impressão) e árabe coloquial. Árabe coloquial é subdividida em dialetos coloquiais regionais. As principais regiões sendo o Egito, o Oriente, Golfo Pérsico e Norte da África.

Estes dialetos coloquiais regionais, por vezes, diferem o suficiente para ser mutuamente incompreensíveis. No entanto, o padrão árabe é ensinado em todas as escolas nos países de língua árabe, assim, mesmo se você não falar o dialeto local, todo mundo que foi para a escola será capaz de se comunicar em árabe padrão, se necessário.

Alfabeto[editar]

Guia de pronúncia[editar]

  • Pronúncia árabe varia muito de um lugar para outro, quase a ponto de torná-lo ininteligível, mesmo para falantes nativas do árabe.
  • Padrão árabe será compreendido pela maioria das pessoas educadas, pois é o que ouvem frequentemente em moldes de notícias.
  • Como uma regra geral:
  • a como ratos e, por vezes father
  • ā (ا) é uma versão mais longa de a
  • b (ب) como em Inglês
  • t (ت) como em Inglês
  • th (ث) como se falasse a palavra ten(m), mas com um n no final

Vogais[editar]

Consonantes[editar]

Ditongos comuns[editar]

Dígrafos comuns[editar]

Lista de frases[editar]

Básicos[editar]

Placas comuns
ABERTO 
فتح .(fatara)
FECHADO 
مغلق .(murrolock)
ENTRADA 
دخول .(doruli)
SAÍDA 
مخرج .(moreréj)
EMPURRE 
دفع في .(defafi)
PUXE 
سحب. (sarrabet)
BANHEIRO 
الحمام (delrraman)
HOMENS 
الرجال (tarijel)
MULHERES 
نساء (nuseul)
PROIBIDO 
ممنوع (manôô)

Bom dia. 
صباح الخير . (saban rarkirrer )
Olá. 
مرحبا . (merraban )
Obrigado. 
شكرا . (xequêro )
Como está? 
كيف حالك؟ .

(quei ferra laiqui)
Bem, obrigado/a 
حسنا، شكرا لكم . (barrasenan chequelelecum )
Tudo Bem. 
كل شيء على ما يرام . (cun chei arrendelmen uramo )
Qual é o seu nome? 
ما هو اسمك؟ . (marroa its mica)
chamo-me ______ . 
اتصل بي______ . (tectasalambia )
Muito prazer em conhecê-lo. 
لطيفة جدا لمقابلتك .

(lati fragi delimuca á latica )
Por favor. 
من فضلك . (nuan fodalaqui )
De nada. 
من دون جدوى . (medu jedua )
Sim. 
نعم . (narrola )
Não. 
ليس . (leissa )
Com licença 
إجازة . (ijeza )
Desculpe/Desculpe-me. 
آسف . (k-rressafar )
Perdão. 
مغفرة . (mer-fiar )
Adeus.

(formal
وداعا . (wédawâem )
Tchau. (informal
جانبي . (genibi )
Até logo. 
نقطة في لعبة الكريكت . (nuckta filor ata-caricta )
Não falo [bem] inglês. 
أنا لا أتكلم [جيد] الإنجليزية . (delêno atequelan [geit] delingiinzeia)
Fala português? 
تتحدث البرتغالية .

(datarra a porturralia? )
Há aqui alguém que fale português? 
. ()
Socorro! 
. ()
Boa tarde. 
. ()
Boa noite. 
. ()
Não entendo. 
. ()
Onde é o banheiro? 
. ()

Problemas[editar]

Deixa-me em paz. 
ترك لي وحده . (tari culi auarradarru)
Não me toque! 
لا تلمسني! . (lata mussuni! )
Eu chamo a polícia. 
I استدعاء الشرطة . (texulta uarrida tanachuta )
Polícia! 
الشرطة! . (texulta! )
Pára! Ladrão! 
توقف! لص! .

(tuorbifo! laça!)
Preciso da sua ajuda. 
أنا بحاجة لمساعدتكم . (tanabiraj alimussã adadicôm)
É uma emergência. 
. ()
Estou perdido. 
. ()
Perdi a minha mala [bolsa]. 
. ()
Perdi a minha carteira. 
. ()
Estou doente. 
. ()
Estou ferido/da. 
. ()
Preciso de um médico. 
.

()
Posso usar o seu telefone? 
. ()

Números[editar]


. ()

. ()

. ()

. ()

. ()

. ()

. ()

. ()

. ()

. ()
10 
. ()
11 
. ()
12 
. ()
13 
. ()
14 
. ()
15 
. ()
16 
. ()
17 
. ()
18 
. ()
19 
. ()
20 
. ()
21 
. ()
22 
. ()
23 
.

Leia também:  Como calcular o financiamento de um carro no excel

()
30 
. ()
40 
. ()
50 
. ()
60 
. ()
70 
. ()
80 
. ()
90 
. ()
100 
. ()
200 
. ()
300 
. ()
500 
. ()
1000 
. ()
2000 
. ()
1,000,000 
. ()
número _____ (trem, ônibus, etc.
. ()
metade 
. ()
menos 
. ()
mais 
.

()

Partes do dia[editar]

agora 
. ()
depois 
. ()
antes de 
. ()
manhã 
. ()
tarde 
. ()
noite 
. ()

Horas[editar]

uma hora da manhã 
. ()
duas horas da manhã 
. ()
meio-dia 
. ()
uma hora da tarde 
. ()
duas horas da tarde 
. ()
três e meia da tarde 
. ()
meia-noite 
. ()

Duração[editar]

_____ minuto(s) 
. ()
_____ hora(s) 
. ()
_____ dia(s) 
. ()
_____ semana(s) 
. ()
_____ mês(meses) 
. ()
_____ ano(s) 
. ()

Dias[editar]

hoje 
. ()
ontem 
. ()
amanhã 
. ()
esta semana 
. ()
a semana passada 
. ()
próxima semana 
. ()
domingo 
. ()
segunda-feira 
. ()
terça-feira 
. ()
quarta-feira 
. ()
quinta-feira 
. ()
sexta-feira 
. ()
sábado 
. ()

Meses[editar]

Janeiro 
. ()
Fevereiro 
. ()
Março 
. ()
Abril 
. ()
Maio 
. ()
Junho 
. ()
Julho 
. ()
Agosto 
. ()
Setembro 
. ()
Outubro 
. ()
Novembro 
. ()
Dezembro 
. ()

Escrever hora e data[editar]

21 de setembro de 2005, “vinte e um de setembro de dois mil cinco”

Cores[editar]

preto 
. ()
branco 
. ()
cinzento 
. ()
vermelho 
. ()
azul 
. ()
amarelo 
. ()
verde 
. ()
laranja 
. ()
roxo 
. ()
violeta 
. ()
cor de rosa 
. ()
marrom 
. ()

Transporte[editar]

Ônibus e trem[editar]

Quanto custa uma passagem para _____? 
. ()
Uma passagem para _____, por favor. 
. ()
Para onde vai o trem/ônibus? 
. ()
Onde pára o trem/ônibus para _____? 
. ()
Este trem/ônibus pára em _____? 
. ()
Quando sai o trem/ônibus para _____? 
. ()
Quando chega este trem/ônibus a _____? 
. ()

Direcões[editar]

Como vou _____ ? 
. ()
…à estação de trem? 
. ()
…à estação de ônibus? 
. ()
…ao aeroporto? 
. ()
…ao centro? 
. ()
…à pousada de juventude? 
. ()
…ao hotel _____? 
. ()
…a uma boate/bar/festa? 
. ()
…a um lan house? 
. ()

ao consulado brasileiro/português? 
. ()
Onde há muitos/muitas… 
. ()
…hotéis? 
. ()
…restaurantes? 
. ()
…bares? 
. ()
…lugares para visitar? 
. ()
…mulheres? 
. ()
Pode mostrar-me no mapa? 
. ()
rua 
. ()
Vire à esquerda. 
.

()
Vire à direita. 
. ()
esquerdo 
. ()
direito 
. ()
sempre em frente 
. ()
na direcção de _____ 
. ()
depois de _____ 
. ()
antes de _____ 
. ()
Procure o/a _____. 
. ()
cruzamento 
. ()
norte 
. ()
sul 
. ()
leste 
. ()
oeste 
. ()
subida 
.

()
descida 
. ()

Táxi[editar]

Táxi! 
. ()
Leve-me para _____, por favor. 
. ()
Quanto custa ir para _____? 
. ()
Leve-me lá, por favor. 
. ()
Siga aquele carro! 
. ()
Tente não atropelar nenhum pedestre. 
. ()
Pare de olhar para mim desta maneira! 
. ()
OK, então vamos. 
. ()

Alojamento[editar]

Tem quartos disponíveis? 
. ()
Quanto custa um quarto para uma/duas pessoa(s)? 
. ()
O quarto tem… 
. ()
…lençóis? 
. ()
…uma banheira? 
. ()
…um telefone? 
. ()
…um televisor? 
. ()
Posso ver o quarto primeiro? 
. ()
Tem algo mais calmo? 
. ()
…maior? 
. ()
…mais limpo? 
. ()
…mais barato? 
.

()
OK, fico com ele. 
. ()
Ficarei _____ noite(s). 
. ()
Pode sugerir outro hotel? 
. ()
Tem um cofre? 
. ()
…cadeados? 
. ()
O café de manhã/jantar está incluído? 
. ()
A que hora é o café de manhã/jantar? 
. ()
Por favor limpe o meu quarto. 
. ()
Pode acordar-me às _____? 
. ()
Quero fazer o registo de saída. 
.

()

Dinheiro[editar]

Aceita dólares americanos/australianos/canadianos? 
. ()
Aceita libras esterlinas? 
. ()
Aceita cartões de crédito? 
. ()
Pode trocar-me dinheiro? 
. ()
Onde posso trocar dinheiro? 
. ()
Pode trocar-me um cheque de viagem 
. ()
Onde posso trocar um cheque de viagem (um Traveler's Cheque)? 
. ()
Qual é a taxa de câmbio? 
. ()
Onde tem um caixa eletrónico? 
. ()

Alimentação[editar]

Uma mesa para uma/duas pessoa(s), por favor. 
. ()
Posso ver o menu, por favor? 
. ()
Posso ver a cozinha, por favor? 
. ()
Ha uma especialidade da casa? 
. ()
Há uma especialidade local? 
. ()
Sou vegetariano. 
. ()
Não como porco. 
. ()
Só como kosher. 
. ()
Pode fazê-lo mais “leve”, por favor? 
.

()
meia-porção 
. ()
uma porção 
. ()
refeição de preço fixo 
. ()
à la carte 
. ()
café de manhã 
. ()
almoço 
. ()
lanche 
. ()
jantar 
. ()
sacolão 
. ()
padaria 
. ()
Quero _____. 
. ()
Quero um prato de _____. 
. () Carne 
. ()
frango
. ()
bife 
. ()
peixe 
. ()
fiambre 
. ()
salsicha 
.

()
churrasco 
. () Vegetais (frescos)
. ()
batata 
. ()
cebola 
. ()
cenoura 
. ()
cogumelo 
. ()
pepino 
. ()
tomate 
. ()
salada 
. () Frutas (fresca) 
. ()
abacaxi/ananas 
. ()
banana 
. ()
cereja 
. ()
laranja 
. ()
limão 
. ()
maçã 
. ()
morango 
. ()
pêra . ()
pêssego 
.

() Outros . ()
pão 
. ()
torrada 
. ()
massa 
. ()
arroz 
. ()
grão integral 
. ()
feijão 
. ()
queijo 
. ()
ovos 
. ()
sal 
. ()
pimenta negra 
. ()
manteiga 
. () Bebidas 
. ()
Quero um copo de _____? 
. ()
Quero uma xícara de _____? 
. ()
Quero uma garrafa _____? 
. ()
café 
. ()
chá 
.

()
suco 
. ()
água com gás 
. ()
água 
. ()
cerveja 
. ()
leite 
. ()
refrigerante 
. ()
vinho tinto/branco 
. ()
com/sem 
. ()
gelo 
. ()
açúcar 
. ()
adoçante 
. () Pode me dar _____? 
. () Desculpe, garçom? 
. ()
Já acabei. 
. ()
Estou farto. 
. ()
Estava delicioso. 
. ()
Por favor retire os pratos. 
.

()
A conta, por favor. 
. ()

Bares[editar]

Servem álcool? 
. ()
Há serviço de mesas? 
. ()
Uma cerveja/duas cervejas, por favor. 
. ()
Um copo de vinho tinto/branco, por favor. 
. ()
Uma caneca, por favor. 
. ()
Uma lata/garrafa, por favor. 
. ()
uísque 
.

()
vodka 
. ()
rum 
. ()
água 
. ()
club soda 
. ()
água tónica 
. ()
suco de laranja 
. ()
Coca-Cola 
. ()
Tem aperitivos? 
. ()
Mais um/uma, por favor. 
. ()
Mais uma rodada, por favor. 
. ()
A que horas fecham? 
.

()

Compras[editar]

Tem isto no meu tamanho? 
. ()
Quanto custa? 
. ()
É muito caro. 
. ()
Aceita _____? 
. ()
caro 
. ()
barato 
. ()
Não tenho dinheiro suficiente. 
. ()
Não quero. 
. ()
Está a enganar-me. 
. ()
Não estou interessado. 
. ()
OK, eu levo. 
. ()
Dá-me um saco? 
. ()
Envia para outros países? 
.

() Preciso de… 
. ()
…pasta de dentes. 
. ()
…escova de dentes. 
. ()
…tampões. 
. ()
…sabonete. 
. ()
…xampú. 
. ()
…aspirina. 
. ()
…remédio para resfriado. 
. ()
…remédio para as dores de estômago. 
. ()
…uma lâmina. 
. ()
…um guarda-chuva 
. ()
…protector solar. 
. ()

um cartão postal 
. ()
…selos (de correio). 
. ()
…pilhas. 
. ()
…sacos plásticos. 
. ()
…corda. 
. ()
…fita adesiva. . ()
…papel de carta. 
. ()
…uma caneta. 
. ()
…livros em inglês. 
. ()
…uma revista em português. 
. ()
…um jornal em português. 
. ()

um dicionário de inglês-português. 
. ()

Dirigir[editar]

Quero alugar um carro. 
. ()
Posso fazer um seguro? 
. ()
Pare (num sinal
. ()
Ops! 
. ()
sentido único 
. ()
estacionamento proibido 
. ()
limite de velocidade 
. ()
posto de gasolina 
. ()
gasolina 
. ()
gasóleo/diesel 
. ()
sujeito a reboque 
. ()

Leia também:  Como apoiar um amigo que tentou cometer suicídio

Autoridade[editar]

A culpa é dele/dela! 
. ()
Não é o que está parecendo. 
. ()
Eu posso explicar tudo. 
. ()
Não fiz nada de errado. 
. ()
Eu juro que não fiz nada Seu Guarda. 
. ()
Foi um engano. 
. ()
Onde me leva? 
.

()
Estou detido? 
. ()
Sou um cidadão brasileiro/português. 
. ()
Quero falar com o consulado brasileiro/português. 
. ()
Quero falar com um advogado. 
. ()
Posso pagar a fiança agora? 
.

()
Você aceita um suborno/propina/cervejinha? 
. ()

Aprenda mais[editar]

Expressões em Árabe

  • Expressões em Árabe.
  • Uma coisa interessante que acontece na Arábia Saudita é que você não precisa necessariamente aprender árabe para se virar por aqui.
  • Uma vez que no país vivem muitos estrangeiros que vem a trabalho, a comunicação em inglês se torna necessária.

No ambiente de trabalho onde temos esse mix de nações, é comum que o idioma falado seja o inglês e não o árabe.

Na academia onde dou aulas, por exemplo, mesmo que a maioria das alunas sejam sauditas, as aulas são dadas em inglês, até mesmo pelas instrutoras sauditas.

No mercado, nas placas de sinalização, nos restaurantes, em praticamente todos os lugares temos escrito em árabe e em inglês.

Claro que em algumas situações, saber árabe seria de grande ajuda, pois nem todos os sauditas falam inglês. Mas o fato de a língua ter uma escrita totalmente diferente da nossa e de ser difícil encontrar cursos, o aprendizado fica comprometido. Ainda mais para quem não tem muito contato com os locais, pois geralmente as famílias de expatriados se isolam em seus compounds e grupos de amigos.

Eu juro pra vocês que tentei. Aprendi a escrever uma coisa ou outra, a ler as letras e incansavelmente procurei cursos de árabe, mas sem sucesso.

Outro grande entrave é que cursos para ensinar árabe até existem, aos montes, mas ou eles são árabe egípcio, libanês. O que é um pouco diferente.

Outros ensinam árabe para ler o Corão, no árabe clássico, que não é entendido na linguagem de rua.    

Então eu me perguntava como que tanto trabalhador aprende tão rápido a falar árabe? Me dei em conta que muitas pessoas falam árabe, inglês e tantas outras línguas, mas só falam… não sabem escrever. E no fundo, é isso isso que eles precisam mesmo: falar! E eles aprendem pela necessidade mesmo.

Minha dificuldade é que queria aprender certinho, da forma que a gente aprende na escola. A ler e a escrever corretamente. Mas deixei essa ambição de lado e fui à prática.

Comecei a aprender coisas necessárias, sem me importar com a escrita, apenas com a pronúncia. Eu gravo muito mais fácil uma palavra nova se eu puder lê-la.

No caso do árabe, preciso repetir as palavras muitas e muitas vezes pra gravar, e ainda assim as vezes esqueço.

Então aprendi coisas básicas. Por exemplo: dar direções para o motorista, pedir água, onde é o banheiro, etc. E sempre que escuto alguém falando árabe eu presto atenção pra ver se consigo pescar alguma palavra e pelo menos saber do que eles estão falando. E isso tem funcionado. Estou enganando bem.

Mas mesmo que você não se dedique a aprender árabe, algumas expressões são tão famosas e tão usadas por aqui, que você acaba aprendendo e usando também.

Eu vou listar as clássicas e caricatas expressões árabes para que você vá treinando por aí. A forma de transliterar para nosso alfabeto as vezes muda o jeito que cada um escreve, mas basicamente é isso aí abaixo. Yalla Habibi!

Yalla! – É uma expressão que a gente usa pra mandar a pessoa se apressar, andar logo. Anda! Vamos! Yallah!

Habibi/Habibti – Essa tem uma tradução fofinha, é como eles chamam uns aos outros, tipo querido. Habibi pra homem e habibti pra mulher.

Inshallah – A famosa! Lembram da Khadija da novela O Clone? Sempre falando em “ganhar muito ouro, Inshallah!”. É literalmente “se Deus quiser”.

O problema é que é usado naquelas perguntas que você quer um sim ou um não como resposta. Exemplo: – o relatório vai ficar pronto amanhã? – Inshallah!

E você corre sérios riscos desse relatório não sair amanhã. Eu vejo como uma fuga de responsabilidade às vezes. Quando falam isso, parece que colocam a responsabilidade nas mãos de Deus, tirando o deles da reta. Ora, se Deus quiser tudo bem, mas se eu quiser a garantia é mais certa, não é?

Salaam Aleikum – A frase clássica de saudação, é como um “oi” pra eles. Como se fosse: “A paz esteja contigo”, e a gente responde Alaikum As-Salaam: “e contigo também”.  

Ma’a salama – significa “com a paz” e é usado para despedidas. Aqui sempre que um expatriado vai embora, fazemos uma festinha de despedida e apelidamos de Ma’a salama.

Mashallah – É uma expressão de admiração. Por exemplo: “Nossa que cabelo bonito, mashallah!” Algumas pessoas também usam sempre o mashallah quando vão elogiar outras, como forma de demonstrar que não estão com inveja e que o elogio é sincero. Eles têm medo de olho grande!

Mafi Mushkila – Significa “sem problemas”. Mas geralmente quando vem um mafi mushkila é porque tem problema, se é que me entendem. E eles usam muito, muito mesmo essa expressão, acho que foi a primeira que aprendi.

Allahu akbar – “Deus é grande”, essa frase a gente ouve muito pois é a primeira frase que eles entoam quando fazem a chamada para a oração.

Aqui, cada mesquita tem um minarete com auto falante, e todas as rezas, inclusive a da madrugada, pode ser ouvida em todos os cantos da cidade.

Essa expressão também ganhou fama de forma triste e negativa, pois é o que os homens bomba falam antes de explodir.

Bismillah – “em nome de Deus” ou “Deus me ajude”. Essa expressão eu aprendi pois algumas alunas falam antes de fazer algum exercício difícil que eu passo pra elas.

Os números árabes foram a coisa mais fácil de aprender.

Como Aprender Palavras e Frases Básicas em ÁrabeFonte: acervo pessoal

1 e 9 são tranquilinhos, iguais aos nossos. O 2 e o 3, é só contar as voltinhas em cima. O 0 é só aquele pontinho mesmo. Agora o caso complica com o 5, pois já achei que muita coisa estava de graça quando lia na placa 5,55.

O resto tem que decorar mesmo.

Outra questão curiosa é que o alfabeto árabe saudita não tem letras como o “E”, “I”, “P” e “V”, por exemplo. Então sempre ocorrem alguns errinhos na transliteração. Meu nome, Gabriela, escrito em árabe muitas vezes é lido como “gabriila” ou “khabriila” ou até mesmo “jibriila”. No trabalho eles pegam no meu pé por isso.

Leia também:  Como brincar de maria sangrenta: 9 passos (com imagens)

Eles também tem dificuldade em falar o P quando vão falar em inglês. Então temos que treinar o ouvido pra entender que “broblem” significa “problem” (problema). Por isso que tem aquela piadinha dos “brimos árabes”.

A própria marca PEPSI está literalmente escrita BEBSI nas letras em árabe.

Mas eu continuo a luta aqui pra aprender sempre um pouquinho mais, quem sabe um dia eu chego lá.

Árabe – aulas e dicas da língua Árabe

A língua árabe, em sua forma atual e convencional, é oficial em 27 países no mundo todo, superada nesse quesito apenas pelas línguas francesa e inglesa. Isso faz do idioma um importante veículo de comunicação de uma população estimada em cerca de 280 milhões de falantes.

É importante enfatizar que as aulas a seguir irão tratar deste árabe moderno, oficial, que é derivado do árabe clássico ou corânico.

A forma clássica ou antiga da língua é até hoje praticada e ensinada principalmente a partir da religião islâmica, já que o Alcorão, seu principal texto, é escrito em tal modalidade da língua, e suas palavras são sagradas, devendo ser transmitidas a todos os adeptos da forma mais fiel possível.

Assim, todo o muçulmano conhece árabe clássico em nível satisfatório, mesmo que não seja falante de árabe e não viva em um país cuja língua oficial é o árabe.

Ao mesmo tempo, o árabe moderno, standard, é na verdade uma modalidade formal do idioma, que não reflete perfeitamente a linguagem coloquial das sociedades.

É muito parecido com o que acontece com a língua portuguesa no Brasil, onde a forma ensinada nas escolas chega a ser bastante diferente daquela praticada nas ruas ou nos lares dos brasileiros.

Talvez o maior problema seja o árabe falado em Marrocos, mais difícil de se compreender que as outras variedades, pois a vertente local recebeu uma grande quantidade de vocabulário francês e espanhol.

Há ainda a variedade hassania, falada ao sul de Marrocos, Saara Ocidental, Mauritânia, oeste da Argélia e Mali, que é muitas vezes considerada uma língua à parte. Essas diferenças entre árabe corânico, standard ou coloquial, entretanto, não chegam a travar a comunicação entre as diversas comunidades que partilham da língua. Quando há algum problema com as expressões locais, basta recorrer ao árabe standard, que é a forma que será abordada.

A escrita árabe deriva da escrita aramaica, a partir de sua variedade nabateia, usada na região do Sinai e Jordânia. Seu sistema é denominado “abjad” ou consonantário, onde os símbolos representam consoantes, e as vogais são supridas pelo próprio leitor, que deve ser uma pessoa já familiarizada com a língua.

Isso causa muitos problemas de transliteração (conversão de palavras do árabe para um outro sistema de escrita), como por exemplo, o recente problema com o falecido ditador líbio Muammar Gaddafi, cujo nome foi transcrito pela mídia em cerca de 30 formas diferentes.

O domínio da escrita depende de uma certa prática, e virá com o tempo. O sistema de escrita da língua hebraica segue a mesma lógica do árabe, e é outro grande exemplo de abjad. Devido à influência islâmica, muitos outros idiomas são escritos com o abjad árabe, como o persa, o curdo, o urdu, o uigur, entre outras.

No passado, línguas como o suaíle, o turco, o somali e o uzbeque também utilizavam este sistema.

Já a conversão do idioma para o alfabeto latino é um assunto que inicialmente trará dificuldades, pois não há um sistema de transposição do vocabulário para as normas ortográficas do português.

Existem sistemas de transliteração desenvolvidos para as línguas italiana, alemã, inglesa, francesa e espanhola, devido à influência dos países europeus na área.

Como Portugal não tem contato intenso com a região desde o século XVI e o Brasil praticamente nunca teve, muitas vezes se recorre a arcaísmos.

Como a maioria da informação na internet é proveniente de fontes em língua inglesa, e provavelmente é esta a forma de transliteração com a qual todos terão eventualmente contato, o autor desta série de aulas decidiu por seguir a transliteração em inglês da língua árabe, tentando sempre indicar a melhor forma de pronúncia quando necessário.

Elaborado por Emerson Santiago Silva.

Site em português ajuda a aprender árabe do Líbano

Aurea Santos
[email protected]

São Paulo – Aprender uma língua longe do país onde ela é falada pode ser muito complicado. Pensando nisso, em 2012, o libanês radicado na França, Antoine Rizk, criou o site Abjadiye (alfabeto em árabe do Líbano), para ajudar seus filhos a aprenderem seu idioma. Agora, o site ganhou uma versão em português do Brasil.

O portal foi criado originalmente com versões em inglês e francês, e foi a partir daí que Philippe Gebara, professor de filosofia do Rio de Janeiro, desenvolveu a versão brasileira. Neto de libaneses, ele morou no país de seus avós por oito meses, quando estudava para ser padre.

Gebara desistiu do seminário, mas os meses de aulas de árabe que teve enquanto se preparava para a carreira religiosa serviram de base para adaptar as lições para a língua portuguesa. Ele tomou conhecimento do site quando ainda estava no Líbano e entrou em contato com Rizk com a proposta para fazer a versão brasileira do Abjadiye.

“Também sou tradutor do inglês e do francês. Fiz a tradução porque vi que faltavam recursos aqui (para o aprendizado da língua). Era algo que me entusiasmava porque gosto da língua árabe e do dialeto libanês”, conta.

A versão nacional do site levou cerca de cinco meses para ficar pronta e foi concluída no segundo semestre do ano passado. O Abjadiye conta com 99 lições, divididas em três módulos. Neles, o aluno aprende como se apresentar, falar de comida, fazer compras, falar de nacionalidades, além de lidar com situações como ir ao banco, à farmácia ou ao consultório médico, entre outras.

“A grande dificuldade no mundo árabe é que se começa o aprendizado pelo árabe literário mas, na hora da prática, ele não serve para falar. No Oriente Médio, você precisa do árabe dialetal”, aponta Gebara.

Ele se refere ao fato de os cursos tradicionais do idioma ensinarem o árabe clássico, versão que é usada em jornais, livros e noticiários de TV, mas que é diferente do falado no dia a dia pela população dos países árabes.

Gebara aponta ainda que o site pode ser usado por crianças e adultos. “O curso tem uma abordagem comunicativa, com situações muito próximas do real. Ele se propõe a tirar os obstáculos para as pessoas que querem se aproximar do árabe. É um convite para as pessoas superarem esse mito de que o árabe é muito difícil”, completa.

O serviço do Abjadiye é pago, mas é possível fazer algumas lições gratuitamente para testá-lo. O endereço do site é www.abjadiye.com.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*