Como andar na moda (com imagens)

Você fica cheia de dúvidas quando tem que escolher uma roupa para sair? Não sabe ao certo como combinar as peças que tem no guarda-roupas ou tem medo de arriscar uma combinação diferente? Se vestir bem não requer muitas regras, mas existem algumas dicas que te ajudam a ficar de bem com a moda. Quer ver?

Como Andar na Moda (com Imagens)

Confira 6 dicas para você se vestir bem

Conheça o seu corpo

A primeira coisa é você ter consciência do seu corpo, saber com clareza seus pontos fortes e o que quer disfarçar, para saber o que valorizar na hora de se vestir.

  • Mulheres baixinhas, devem investir em roupas bem ajustadas e que ressaltem as linhas do corpo.
  • As que estão acima do peso, precisam valorizar o colo, marcar a cintura e usar peças do tamanho correto.
  • Quem tem quadril largo, deve apostar em blusas e acessórios que ressaltem a parte superior do corpo.
  • Se você tem ombros largos, use decotes em V e evite mangas bufantes.
  • Quem tem seios fartos pode apostar em decotes canoa para valorizar os ombros e saias evasê.
  • Para disfarçar a barriguinha, use tecidos bem estruturados e abuse de modelos transpassados ou envelope.

Como Andar na Moda (com Imagens)Fonte: @esteticacomharmonia

Entenda a ocasião

Cada tipo de evento pede por um tipo de roupa diferente. Claro que existem peças que podem ser usadas no trabalho e no lazer, mas também há aquelas que não caem bem em certos ambientes.

Se você tiver um evento que fuja do que está acostumada, descubra o dress code para saber quais peças poderá sacar do guarda-roupa.

Ainda assim, não caia na mesmice. Muitas vezes uma calça que você só usa para trabalhar pode ficar ótima com uma blusa mais arrumada para sair à noite. Ou aquele vestido coringa que você usa para ir ao shopping pode cair muito bem com um salto alto e virar uma ótima opção para ir ao teatro ou jantar fora.

Roupa social feminina: veja as peças que não podem faltar no seu guarda-roupa

Como Andar na Moda (com Imagens)Uma calça de alfaiataria com salto alto é uma excelente combinação para uma reunião

Como Andar na Moda (com Imagens)Pantacourt é uma peça coringa: ótima para trabalhar ou para sair

Como Andar na Moda (com Imagens)Vestido curto com rasteirinha é uma ótima opção para um passeio despretensioso

Defina seu estilo

Não, você não precisa ter apenas um estilo para a vida. Mas vale definir o estilo que vai querer usar naquela ocasião.

Se busca por algo street, já sabe que um destroyed jeans pode ser a primeira peça a escolher e a partir dela montar o restante do look. Já se quer algo romântico, uma peça com renda é um bom começo. E por aí vai…

Calça pantacourt: 56 modelos para você montar um look arrasador

Como Andar na Moda (com Imagens)Você pode buscar um estilo elegante e confortável

Como Andar na Moda (com Imagens)Pode apostar em uma moda casual, mas ainda assim cheia de estilo

Como Andar na Moda (com Imagens)E pode até subir no saltão e combinar estampas com muita personalidade

65 modelos de blusas para quem quer renovar o guarda-roupa

Aprenda a combinar as cores

As cores podem funcionar a seu favor na hora de montar o look. Basta você conhecer a palheta de cores e suas possíveis combinações. Veja abaixo como criar visuais com duas ou três cores diferentes que combinam entre si!

Como Andar na Moda (com Imagens)Fonte: www.vanduarte.com.br

Moda gestante: 30 looks para ser uma grávida fashionista!

Imprima a sua personalidade

Na moda, personalidade é tudo! Não adianta você copiar o look de uma famosa se não tiver a ver com você. Comprar peças muito sérias e compostas se o seu estilo é mais despojado, por exemplo, é jogar dinheiro fora. No fim das contas você não vai querer usá-las.

Isso não significa que você não possa ter algumas peças que fujam do seu porto-seguro. Vale ir testando sim e se você curtir, pode ir aos poucos investindo em outros estilos.

  • Confira dicas de roupas que disfarçam a barriguinha
  • Como Andar na Moda (com Imagens)

Sinta-se bem

A primeira regra para estar bonita é se sentir bonita. A moda está cada vez mais inclusiva e, hoje, há marcas e peças para todos os estilos de corpo e personalidades. Basta você encontrar aquele que mais combina com você.

Esqueça os corpos idealizados, as capas de revistas e ame o seu corpo como ele é. Se não gostar de algo, corra atrás para mudar ou use a moda a seu favor para valorizar outros pontos fortes.

  1. Looks com calça jeans: 100 estilos para você se inspirar
  2. 40 opções de kimono feminino para você criar um visual boho

Na hora de comprar as roupas:

  • Veja se a peça é de qualidade, não necessariamente cara, mas bem feita.
  • Garimpe coisas em brechós e lojas de departamento. Você pode se surpreender!
  • Tenha sempre algumas peças coringas, que combinam com tudo na hora da pressa.
  • Nunca compre por impulso! Compre se precisar da peça ou se ficar apaixonada por ela.
  • Invista em diferentes acessórios para que possa compor um look com facilidade.
  • Veja também:
  • 21 modelos de vestidos que ajudam a disfarçar a indesejável barriguinha
  • Ombros largos: 5 truques infalíveis para disfarçar na hora de se vestir

Passeio completo? Esporte fino? Como montar um dress code descolado!

*Imagens do Pinterest

10 Truques para ficar na moda sem gastar muito

Você não precisa gastar muito dinheiro para se vestir de maneira elegante e até mesmo luxuosa. Se está economizando para conseguir comprar um vestido de marca, pode parar. Existem muitas maneiras de montar belos looks sem gastar muito. Além disso, é importante saber que até mesmo as celebridades com frequência escolhem roupas de marcas populares.

Confira os conselhos que trazemos hoje e veja como é possível não gastar uma fortuna com roupas e acessórios e ainda assim ficar super na moda.

Como Andar na Moda (com Imagens)© Tanja Heffner / Unsplash, © Tradlands / Flickr

As marcas populares com frequência criam peças de roupa semelhantes às criações dos designers famosos. Não obstante, neste caso é muito mais difícil encontrar tecidos de qualidade. Nem todo mundo pode se permitir o luxo de comprar peças de caxemira, seda natural ou couro verdadeiro, mas entre os materiais mais acessíveis alguns parecem mais caros, e outros mais em conta.

As peças que parecem mais caras são de linho, camurça e algodão. Por outro lado, a viscose e o acrílico fazem com que a roupa pareça barata, até mesmo as roupas com um corte mais moderno.

“A simplicidade é a essência da elegância”.

Existe uma razão pela qual as casas de moda acrescentam às suas coleções os conjuntos com tons parecidos. A ideia dos estilistas é ’brincar’ com estampas e texturas, criando uma grande variedade de imagens caras e refinadas.

Você estará se aproximando do mundo da alta costura ao escolher roupas com uma gama de cores semelhantes. Além disso, este truque oferece uma grande vantagem: é mais fácil escolher que roupa vestir no dia a dia.

Como Andar na Moda (com Imagens)© Tradlands / Flickr, © a befendo / Unsplash, © Kyle Loftus / Unsplash

O estilista italiano Gianfranco Ferré fez com que a blusa branca se transformasse na base da imagem clássica, algo realmente novo no mundo da moda. O estilista disse que uma blusa branca nunca é igual e sempre oferece muitas possibilidades.

Ao escolher corretamente o estilo e o material, essa peça de roupa combina com qualquer idade. O branco realça o feminino e permite que a mulher pareça elegante em qualquer situação.

“Moda é quando uma mulher pega uma bolsa nova e sua vida muda”.

A bolsa é um dos principais acessórios. Ela é indispensável para o trabalho, para as férias ou mesmo para um evento. Se for de uma marca conhecida, atrai muitos olhares imediatamente e mostra que a pessoa tem bom gosto.

Mas, para as pessoas que não querem gastar muito dinheiro, a estilista russa Evelina Khromtchenko tem um conselho maravilhoso: nunca compre peças falsificadas; é melhor escolher algo simples, acessível e original. Olhe para as criações dos estilistas e verifique bolsas de segunda mão. Você pode encontrar um artigo único de maneira inesperada, e isso fará de você um ícone de estilo, ainda que em escala local.

Como Andar na Moda (com Imagens)© Frank Flores / Unsplash

É impressionante como uma camisa, uma jaqueta ou mesmo um agasalho podem mudar apenas ao trocar os botões. A roupa barata costuma ter botões de plástico, sem graça, mas basta um pequeno investimento para que ele seja trocado por outros feitos de vidro, madeira, metal, ou qualquer outro material que pareça mais resistente que o plástico.

Você pode encontrar botões em lojas de costura ou mesmo no armário de sua avó.

Como Andar na Moda (com Imagens)© Riki Ramdani / Unsplash

“As mulheres pensam em todas as cores, exceto na ausência de cor. No branco e no preto existe tudo isso. Sua beleza é absoluta. É a harmonia perfeita”.

A roupa desbotada ou escurecida raramente fica mais bonita do que no momento da compra. É sempre muito difícil se desfazer de algumas peças de roupa, mas isso é fundamental se você não quer prejudicar a própria imagem. E não estamos falando das roupas pretas ou coloridas, mas das brancas. Para que uma peça branca deixe uma pessoa mais bonita, é preciso que esteja bem lavada.

Leia também:  Como ajudar um paciente com alzheimer a se manter ativo

Como Andar na Moda (com Imagens)© Thought Catalog / Unsplash, © Davids Kokainis / Unsplash

Zak Posen, designer americano, tem certeza de que um vestido perfeitamente justo dá confiança e um encanto especial a uma mulher.

Portanto, é importante não brigar com o tamanho de uma roupa, mas colocar uma que realmente combine com o seu corpo.

Por outro lado, ele recomenda escolher a roupa sem prestar muita atenção no tamanho (P, M, G), e não ter medo de usar roupas um pouco mais largas. É nessas horas que conseguimos criar imagens fortes, ousadas e atraentes.

Outra recomendação valiosa de Posen: os cortes das roupas encontradas nas lojas raramente se moldam no nosso corpo, portanto preste atenção nas suas medidas.

Por exemplo, se uma mulher tem quadril largo e o vestido fica bom nessa área, mas fica muito largo na cintura, é melhor ajustar essa última parte.

Você não precisa ficar eternamente procurando um vestido perfeito em todos os aspectos; talvez ele não exista.

Além disso, se o seu corpo não for no estilo ampulheta, aprenda a equilibrar as proporções com ajuda da roupa. Em uma figura retangular, a roupa deve ressaltar a cintura, enquanto que em um corpo estilo pera a roupa deve ressaltar os ombros, e assim por diante.

Como Andar na Moda (com Imagens)© Christin Hume / Unsplash

“Devemos notar a presença de uma mulher pelo delicado aroma de seu perfume, até mesmo antes de vê-la.”

O perfume é capaz de revelar muitas coisas sobre uma pessoa, do ânimo ao caráter. Assim como a roupa e os acessórios, ele reflete o nosso estilo, os nossos gostos e a nossa personalidade.

Uma mulher com estilo sabe que deve usar perfume com moderação. Ela respeita o espaço pessoal das outras pessoas e não coloca muito perfume quando sabe que vai a um espaço fechado, por exemplo um avião, um trem ou uma reunião.

Como Andar na Moda (com Imagens)

O bege é uma cor única, mas muitas vezes subestimada. Por um lado, é clássica, neutra e combina com muitas cores. Por outro, acrescenta um elemento de luxo ao visual e sempre faz com que a pessoa fique na moda. Não é à toa que muitas pessoas continuam usando jaquetas bege.

Como Andar na Moda (com Imagens)

“As mãos são o cartão de visita de uma mulher. O pescoço é sua identidade. O peito é seu passaporte”.

Segundo o estilista alemão Karl Lagerfeld, até mesmo com uma calça jeans e uma camiseta você pode parecer luxuoso e elegante.

As roupas elegantes aparecem em todas as faixas de preço, mas o importante e o que mais varia é a pessoa em si, seu corpo, sua pele, a maquiagem utilizada e a maneira de se apresentar.

Até mesmo as roupas mais caras não são capazes de esconder os nossos complexos e as nossas incertezas.

O que você achou desses conselhos? Compartilhe a sua opinião nos comentários.

Imagem de capa Frank Flores / Unsplash

Relação entre a Moda e a Autoestima

Como consultora de moda e imagem, sempre tento passar para minhas clientes uma mensagem de estilo maior do que de tendência.

Sempre acreditei que “estar na moda” é captar a essência do que é tendência e transferir para seu estilo pessoal, sendo esse a parte mais importante na hora do look.

Quando conseguimos deixar nossa marca pessoal em cada peça do nosso guarda-roupa, a personalidade entra em jogo e nos sentimos ainda melhor com nossa imagem.

Como Andar na Moda (com Imagens)

Apesar de a roupa ser um item indispensável do nosso dia a dia, muitas vezes não damos tanta importância ao ato de se vestir, encaramos a moda como algo supérfluo e fútil.

Esquecemos que essa relação com a moda pode ser um grande divisor de águas para nossa autoestima e que podemos valorizar nosso corpo e revolucionar a maneira como nos vemos no espelho apenas com um look que combine com nosso estilo.

Ter um estilo próprio é muito mais do que ter um mundo de roupas. Quando conseguimos relacionar a moda com a autoestima, podemos usá-la a nosso favor e eleger peças que valorizem o corpo e nos deixem seguras no dia a dia.

Muitas vezes até a forma como nos vemos no espelho influencia nosso jeito de nos vestir, pois a imagem é um resultado de uma vida inteira de expectativas e experiências que tivemos no passado e de situações que já passamos ao longo da vida.

Experimente usar uma peça que levante sua autoestima, que te deixe confiante em seu dia a dia. Aproveite para eleger o corte perfeito, a modelagem que valorize seu corpo e uma cor que ilumine naturalmente seu tom de pele. Os acessórios também poderão ser seus maiores aliados na hora de se sentir de bem com sua autoestima e de fazer as pazes com o espelho e com seus looks.

Como Andar na Moda (com Imagens)

Aproveite para ousar, para usar e abusar de algo inusitado que nunca se imaginou usando. Crie novas possibilidades, apostando na moda como sua aliada, como um plus na sua relação consigo mesma. Tenho certeza que com essas dicas você se sentirá ainda mais bonita e com a energia renovada.

Como Andar na Moda (com Imagens)

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, resenhas com opiniões reais sobre produtos acessíveis e conteúdo sobre autoestima e feminismo.

Ana sabe que “estar na moda” é captar a essência do que é tendência e transferir para seu estilo, deixando sua marca em cada peça e independente do tipo de corpo. Hoje trabalha com consultoria de moda e imagem, marketing digital e com produção de conteúdo em seu blog Cinderela de Mentira.

bem-vindo

  • Como Andar na Moda (com Imagens) Vista o que faz você se sentir bem Descomplique a sua relação com o guarda-roupa,
    aprenda a comprar e a montar looks dentro do seu estilo para qualquer ocasião Como Andar na Moda (com Imagens)

Como Andar na Moda (com Imagens)

Roupa não é só roupa e essa é uma escolha que, pensada ou não, fazemos todos os dias. E já parou para pensar se o que veste faz você se sentir bem, feliz e confiante?

E no seu guarda-roupa, encontra peças que traduzem seus gostos, personalidade e estilo de vida, combinando umas com as outras e rendendo looks diferentes – sem aquela sensação de não ter o que vestir?

É exatamente nisso que a consultoria de estilo ajuda: unir quem você é com o que você veste. E o melhor: repassando toda a técnica e conhecimento para você mesma fazer tudo isso funcionar depois, sozinha, no dia a dia e nas próximas compras.

Roupa não é só roupa e essa é uma escolha que, pensada ou não, fazemos todos os dias. E já parou para pensar se o que veste faz você se sentir bem, feliz e confiante?

E no seu guarda-roupa, encontra peças que traduzem seus gostos, personalidade e estilo de vida, combinando umas com as outras e rendendo looks diferentes – sem aquela sensação de não ter o que vestir?

É exatamente nisso que a consultoria de estilo ajuda: unir quem você é com o que você veste. E o melhor: repassando toda a técnica e conhecimento para você mesma fazer tudo isso funcionar depois, no dia a dia e nas próximas compras.

Ao contrário do que muita gente pode pensar, meu trabalho não é exatamente sobre moda. Ele é sobre pessoas, sobre encontrar o caminho que faz cada um se sentir bem consigo mesmo e com o que vê no espelho. É bem-estar, autoconfiança. A moda aqui é uma coadjuvante pra chegarmos até lá.

A formação pela Oficina de Estilo uniu a maneira como eu sempre vi a moda – vida real, sem regras, sem julgamentos e respeitando a individualidade de cada um – com meu trabalho, e ainda agregando com cursos de Visagismo com Phillip Hallawell e aprofundando a técnica de Coloração pessoal com Luciana Ulrich. E não tem nada mais gratificante do que ver isso acontecendo todo dia na prática. Então, no que precisar, saiba que vou amar ajudar!

Ao contrário do que muita gente pode pensar, meu trabalho não é exatamente sobre moda. Ele é sobre pessoas, sobre encontrar o caminho que faz cada um se sentir bem consigo mesmo e com o que vê no espelho. É bem-estar, autoconfiança. A moda aqui é uma coadjuvante pra chegarmos até lá.

A formação pela Oficina de Estilo uniu a maneira como eu sempre vi a moda – vida real, sem regras, sem julgamentos e respeitando a individualidade de cada um – com meu trabalho, e ainda agregando com cursos de Visagismo com Phillip Hallawell e aprofundando a técnica de Coloração pessoal com Luciana Ulrich. E não tem nada mais gratificante do que ver isso acontecendo todo dia na prática. Então, no que precisar, saiba que vou amar ajudar!

Eu já estava em processo de mudanças no meu estilo, tinha eliminado o que não gostava e comprado roupas mais básicas, mesmo assim estava sentindo um vazio no meu armário e estava meio perdida no que comprar para adequar o guarda-roupa ao meu estilo. A Paula me ajudou a enxergar novas possibilidades no que já tinha e trouxe um guia de compras para continuar na caminhada pelo guarda-roupa ideal. Além de usar melhor e mais as minhas roupas, minha compra seguinte foi 100% certeira. Se você não quer jogar dinheiro fora, invista numa consultoria com a Paula Salvador. Cliente do Looks na Prática Eu adorei muito ter feito a consultoria, muito mais do que apenas uma mudança visual, a Paula conseguiu captar como nos sentimos a respeito das roupas. Além de facilitar muito o meu dia-a-dia ao me vestir, fugindo do básico de sempre, me vi fazendo combinações de cores que não usava ou peças que estavam esquecidas com muito mais facilidade, sem contar que mudou completamente o modo como enxergava as compras, visualizando que as vezes compramos muito do mesmo, o que não agrega e só acumula, além de ter adorado muito o guia de compras que me fez fazer escolhas muito mais inteligentes! 🙂 Cliente do Guarda-roupa funcional e Looks na Prática Na consultoria, tive a oportunidade de conhecer as cores que me favorecem, o que me ajudará a melhor escolher minhas peças na hora das compras. Foi muito proveitoso ter alguém comigo para ajudar a identificar em meu guarda-roupa o que ainda fazia parte da minha personalidade e o que deveria abrir mão, onde agora consigo visualizar com muito mais facilidade as peças que coordenam entre si, também agilizando a montagem de looks. Quando foi montado looks, pude notar que alguns detalhes a mais poderiam elevar a minha safistação visual. Um colar, um cinto, uma bolsa ou sapato do deixar o look mais interessante no todo. Fiquei feliz e grata por esses dias que pude aprender mais com essa pessoa maravilhosa e alta astral que você é. Só queria ter contratado o serviço antes de ter comprado tanta roupa hahaha Cliente do Guarda-roupa funcional e Looks na Prática A experiência foi maravilhosa! Apesar do processo todo ter sido online, senti como se Paula estivesse do meu lado em todas as etapas. Foi tudo muito organizado, muito bem explicado e exemplificado da melhor maneira possível, o que tornou tudo mais fácil já que estávamos longe uma da outra. Não sei descrever muito bem o que é essa consultoria, mas é muito mais do que moda e se vestir bem. Tem a ver com autoconhecimento, libertação dos padrões e se sentir bem consigo mesma. Sinto um carinho enorme por você, Paula! Você não imagina o quanto eu sou grata por ter te encontrado e por ter evoluído tanto. Muito obrigada mesmo

Leia também:  Como aplicar manta asfáltica: 14 passos (com imagens)

Frases sobre moda e estilo

Tocar

Se a moda não existisse, o estilo também não existiria. E o mundo seria mais triste.

Invente sua própria moda!

Na moda, ousadia é tão importante quanto o sal na cozinha quente. É a ousadia que permite que o mundo te veja como uma pessoa diferente e interessante, que inventa as próprias regras e que não está nem aí para os padrões de beleza e de estilo. Decida como você quer se vestir e confie no seu look!

A moda está sempre funcionando em ciclos. Tudo aquilo que já esteve em alta pode voltar a qualquer momento. É por isso que você pode apostar em peças de brechós ou em roupas que já foram usadas por alguém da sua família anos atrás. Inove ao apostar no antigo para compor a moda dos dias atuais!

25 frases mais marcantes sobre o mundo da moda

Ir além do básico, para a moda, é saber se tornar diferente das outras pessoas. Você pode usar jeans e camiseta se fizer isso com um toque especial, com um acessório diferenciado. Você pode demonstrar as suas preferências de estilo sem ter que comprar roupas muito inovadoras.

Embora a aparência nunca deva ser mais relevante do que a personalidade de uma pessoa, existe uma forma de unir o melhor dos dois mundos. É com a moda que alguém consegue expressar o próprio estilo e esbanjar autoconfiança. A aparência de uma pessoa pode ficar mais completa e mais verdadeira se ela usar a moda para demonstrar sua personalidade.

Para muitas pessoas, interessar-se por moda é um sinal de futilidade. O conceito de fútil é deturpado. Interessar-se por um mundo que traduz costumes, histórias e formas de pensar não é futilidade. Futilidade é seguir o senso comum e acreditar que moda só se refere a diferentes peças de roupa.

A moda é uma forma de transmitir mensagens. Você pode transmitir mensagens sobre quem você é e sobre o que você gosta, mas também pode transmitir mensagens sobre quem você ama e respeita. Use a moda para lutar por melhores condições de vida e para fazer a sua voz ser ouvida por todo mundo.

O dinheiro e a classe social não importam, a moda tem a ver com os sonhos das pessoas.

Os sapatos de salto foram uma genialidade que inventaram. Eles dão todo um glamour para as roupas, não importa se você está de calça, short ou vestido.

10 coisas que você precisa saber sobre o universo da moda!

A história do que se acredita ser o Amor…

Dois corações e todo sentimento do mundo

Não basta estar na moda, você tem que amar a moda.

Os óculos de sol não foram feitos apenas para proteger os olhos da claridade. Use e abuse deles no dia a dia. Eles dão um “tchan” no visual!

Para alguns, uma modinha; para outros, um estilo de vida.

Escolha acessórios que combinem com pelo menos uma peça de roupa que você esteja usando.

Personal Stylist: saiba mais sobre o profissional que te deixará na moda!

Você sabe se vestir bem? Consegue combinar as cores entre as peças e escolher quais realçam o seu tom de pele? E as peças que estão no guarda-roupa? Você consegue fazer um bom look com elas? É muita coisa para observar, certo? Por isso, contratar um Personal Stylist pode ser um excelente investimento para andar na moda e confortável todos os dias.

Personal Stylist x Consultor de Moda x Consultor de Imagem

Antes de falarmos um pouco sobre as inúmeras vantagens que a contratação de um Personal Stylist traz é preciso diferenciá-lo de outros profissionais. Vamos entender:

  • Consultor de imagem: ele também vai mexer no seu visual, mas de maneira mais abrangente e também se preocupa com outros aspectos como, por exemplo, a forma de se comportar, de se comunicar e seu convívio social;
  • Consultor de moda: aqui temos uma pessoa cuja preocupação principal é estar ligado nas novidades e tendências de moda. Esse profissional trabalha, normalmente, para lojas e indústrias da área dando dicas do que comprar e no que investir;

Mas e o Personal Stylist?

Ele vai cuidar da sua imagem, combinará peças do seu guarda-roupa com o seu estilo e se você não souber qual é, ele lhe ajuda a encontrá-lo. Além disso, um Personal Stylist vai unir os conhecimentos de moda com o seu dia a dia, selecionando roupas para trabalhar, outras para os momentos de lazer e montar todo um visual de acordo com o seu tipo físico.

Quais as vantagens de contratar um Personal Stylist?

Já falamos um pouco de alguns dos benefícios que esse profissional pode oferecer para a sua vida. Agora, vamos saber mais um pouco sobre eles e como, de fato, um Personal Stylist pode fazer a diferença não só no seu visual, mas também na sua autoestima.

Economize dinheiro

Quantas vezes você já comprou uma roupa que não tem nada a ver com o seu jeito de ser e com a sua personalidade? O Personal Stylist ajuda a escolher as roupas certas na hora das compras, aquelas que realmente combinam com você e com a sua rotina. Além disso, você vai perceber quais são aquelas peças que não têm nada a ver com o seu estilo!

Sempre terá o que vestir

Quem nunca olhou para o guarda-roupa repleto de roupas e pensou: “não tenho nada para vestir”! A Personal Stylist auxiliará você a fazer boas combinações com o que você tem. Ela ensinará o que pode e o que não pode ser combinado e, dessa forma, será possível acertar mais na hora de montar os looks.

Melhora sua autoestima

É certo que quando estamos bem vestidas, com um look que promove tanto conforto quanto beleza, nos sentimos bem.

Ao acertar no visual, ficamos mais confiantes, bonitas, alcançando aquele potencial que sempre tivemos guardado dentro de nós.

Olhar para o espelho todos os dias e gostar do que vê, eleva a nossa autoestima! Um Personal Stylist também pode nos ajudar a resolver problemas emocionais.

Esse profissional realmente pode nos trazer muitos benefícios! Mas, e você? Contrataria um Personal Stylist para lhe ajudar a montar um belo visual? Comente aqui embaixo!

Leia também:  Como caminhar em um pântano: 13 passos (com imagens)

Quarentena: veja dicas para usar esse período para repaginar sua imagem

O momento é de ficar em casa. O avanço dos casos de covid-19 no Brasil nos obriga a enfrentar um período de isolamento e evitar qualquer tipo de contato social. Isso tudo para prevenir que o sistema de saúde seja sobrecarregado com tantos casos da doença ao mesmo tempo.

  • Acompanhe a cobertura sobre o coronavírus produzida pelo UOL

É hora de se cuidar — e cuidar dos outros. Não é facil. Não será facil. Mas, é extremamente necessário.

Como também é necessário não esquecer de si. Não é porque a vida social pediu uma pausa que é preciso parar de se cuidar, se vestir, porque “ninguém vai me ver mesmo”, “só vou ficar em casa”.

É hora de aproveitar para refletir: “eu me visto pra quem? eu me cuido para quem?”. E chegar à conclusão de que você se cuida e se veste para si mesmo, para se agradar, vai contribuir (e muito!) para que os cuidados com sua imagem e estilo continuem, mesmo em uma época de reclusão e pouca exposição.

Então, o que você pode fazer neste quesito durante a quarentena? Trago dicas, confira!

Autoimagem

Vá para a frente do espelho. Olhe-se com cuidado, carinho e generosidade.

O que você mais gosta em você? E o que menos gosta? Consegue explicar por quê sente isso? E o que faz com esse sentimento no dia a dia? Ele te impede de vestir algo? Ele te estimula a usar determinadas peças? O que você faz para melhorar aquilo que não gosta? E o que você faz para manter ou melhorar aquilo que mais gosta?

Seja positivo ou negativo o saldo dessa conversa franca com o espelho, ele é muito necessário. Questões com o corpo norteiam a forma como nos vestimos e nos apresentamos para o mundo.

Ligados no modo automático da rotina diária, deixamos de lado essa autoanálise, e passamos a conviver com várias crenças limitantes na hora do vestir antes mesmo de tentar entender (e resolver) tais conflitos.

Por isso, aproveite este tempo para ser sincero consigo mesmo e pontuar problemas e possíveis soluções para a sua imagem.

(Foto: iStock)

Reflexão

Abra seu guarda-roupa. Olhe para tudo que tem dentro dele. Você se enxerga ali? As roupas e acessórios que ele abriga representam quem você é? Comunicam o que você deseja? Pode ser que você responda a estas perguntas de forma rápida, pode ser que demore mais tempo.

Tenha calma e reflita sobre uma coisa que ocupa boa parte do seu tempo, mas que damos pouca atenção se comparado com outras atividades.

Mas, o fato é: você se veste todos os dias! Então, como poderia deixar essa rotina mais leve, mais prática? Como eu poderia melhorar meu armário? Como deixá-lo mais funcional? Aproveite o momento para fazer um checklist do que você tem de mais, de menos, o que poderia ter, o que poderia desapegar. Guarde essa lista para um momento futuro. Você vai precisar!

Otimização

Depois dessa análise bastante criteriosa, que tal tirar do guarda-roupa o que não te traz mais felicidade? Porque é exatamente isso que, no final das contas, uma roupa deve te trazer! Peças de tamanhos errados que você pretende usar quando emagrecer ou engordar, peças compradas no impulso que você já tentou usar e na hora H acaba tirando, peças com defeito que você diz que uma hora vai mandar consertar (e esse dia nunca chega), peças que você ganhou e não gostou, mas que por algum motivo não se desfaz… Resumindo: peças PARADAS dentro do armário. Dê uma oportunidade para que elas sirvam para outra pessoa, que deixem outro alguém feliz, em outro lugar. Só assim, você vai conseguir melhorar o fluxo dentro do seu próprio guarda-roupa.

Arrumação

Agora é hora do trabalho braçal, que vai valer por uma atividade física — pode apostar! Tire tudo do armário, tudo que está pendurado, tudo que está nas gavetas, nas prateleiras e reorganize. Separe o que deve ficar pendurado e o que pode ser dobrado, o que você usa mais e deve ficar mais acessível, o que você usa menos e pode ficar mais escondido.

Lembrando que o que você não vê, você não usa! Faça uma triagem dos cabides também — eles são parte importante da arrumação e devem estar em dia.

Arrume os sapatos de forma que consiga enxergar tudo o que tem e possa usar tudo o que tem! Nessa hora, com certeza, você vai sentir necessidade de tirar mais peças — e isso é ótimo! O ideal é só deixar o que você realmente gosta e sente prazer em usar.

(Foto: iStock)

Vista-se

Não é porque você está trabalhando de casa que precisa ficar de pijama o dia todo. Aliás, isso é tudo o que você não precisa, não deve fazer. Vista-se como se fosse sair para o trabalho.

Claro, você não precisa ficar de salto alto dentro de casa se não quiser. Mas, se usar o salto vai te fazer bem e ajudar psicologicamente a realizar o trabalho que precisa, vai fundo! Dá pra mesclar conforto e adequação numa hora dessas também.

Faça uma trocas, misture peças formais com casuais e encontre o seu tom.

Aposto que você vai se sentir mais disposto, mais confiante para desenvolver as tarefas que precisa. Além disso, você estará preparado para participar de alguma reunião online e passará a mesma credibilidade de quando estava presencialmente. Existem vários estudos que dizem o quanto o fato de você se arrumar estimula a produtividade. E aí, como você está vestido hoje?

Cuidados

Sabe aquele monte de amostra grátis de produtos que temos na gaveta? Máscaras faciais que nunca temos tempo de fazer? Aquela base de fortalecimento para experimentar nas unhas? O sérum novo para passar na pele? Um esfoliante que comprou e esqueceu de usar? Pois a hora é agora! Inclusive é uma oportunidade para você repensar as marcas que tem usado, os processos, se estão funcionando no dia a dia, se precisam mudar.

Aproveite também para limpar a área onde guarda tudo isso, tirar os produtos vencidos e aqueles que você não se adaptou.

Energia parada não leva a nada! Procure ler mais sobre dicas de beleza também e organizar na agenda um momento para se cuidar, para se curtir.

Tomar um bom banho todos os dias e relaxar um pouco também pode fazer parte desse ritual, já que a correria do dia a dia deu uma freada.

Cara limpa x make

Intensificando a rotina de beleza e mantendo a pele bem hidratada, talvez você tenha vontade de dar umas férias para a maquiagem e deixar a cara limpa. Tudo bem. E tudo bem também se você achar que merece um corretivo, uma máscara de cílios e um gloss, mesmo para ficar em casa de boa.

Cada um sabe da sua necessidade. Talvez só não seja necessário fazer maquiagens mais elaboradas, cheias de camadas, contornos e sombras — mas se quiser fazer também para treinar e passar um pouco o tempo, nada mal. Quem sabe até gravar uns tutoriais para compartilhar com as amigas ou nas redes sociais.

Já pensou nisso? Se fizer bem, que mal tem?

(Reprodução Instagram)

Movimente-se

Sim, não dá pra ir na academia (nem no parque e nem na praça) para fazer exercícios. Mas, isso não pode ser desculpa para você passar o dia todo no sofá. É importante continuar a se movimentar neste período, para manter a saúde em dia (do corpo e da mente) e preservar a imunidade.

Aproveite para realizar as tarefas domésticas com disposição e já movimentar o corpo. Além disso, tem muito conteúdo online disponível com sugestões de exercícios para fazer em casa, sem a necessidade de aparelhos e outros apetrechos — ou mesmo improvisando com utensílios domésticos. Separe um canto da casa, coloque uma música, concentre-se e exercite-se.

Quando tudo isso passar, você irá agradecer por não ter aproveitado esses momentos.

Que tal essas dicas? Acha que dá para deixar a quarentena mais produtiva em relação à sua imagem e estilo?

Para mais informação de moda e estilo prático para o dia a dia, acesse o meu Instagram.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*