Como alterar sua senha do discord no windows ou mac

Uma das melhores coisas sobre o Discord é a facilidade e a liberdade que você precisa para entrar e fazer parte de várias comunidades de servidores para uma variedade de propósitos diferentes. Talvez você seja o tipo de pessoa que a usa estritamente para jogar, mesmo assim, você pode ter várias comunidades de jogos, guildas ou grupos com quem gosta de se comunicar diariamente.

Pode chegar um momento em que seu apelido atual não o define mais e você deseja fazer uma alteração. Você pode apenas adicionar algo para uma ocasião especial ou feriado. A vantagem do Discord é que ele permite que você altere seu apelido para o que quiser, desde que o proprietário do servidor tenha lhe dado as permissões adequadas.

“Eu tenho essas permissões, mas o que devo fazer para alterar meu apelido?”

Eu tenho você coberto, fam.

Alterar o alias de usuário do Discord

Existem algumas maneiras de alterar ou editar seu apelido atual do Discord. Observe que você pode alterar seu apelido e o que todo mundo vê na lista de usuários de cada servidor do qual você é membro. Além disso, alterar seu apelido não altera o nome de usuário da sua conta e as pessoas poderão localizá-lo usando-o, se assim o desejarem.

Das três opções para alterar seu apelido, começaremos com um método mais detalhado.

O longo caminho

Inicie o aplicativo Discord e, se solicitado, efetue login com seu email e senha. Se você não possui a versão para desktop do aplicativo Discord no seu computador, pode usar o aplicativo Web Discord no navegador da Internet. Use o URL www.discordapp.com e faça o login lá. Depois que tudo é carregado e lançado:

  1. Clique no ícone de roda dentada branca ao lado do seu nome de usuário no canto inferior esquerdo da tela. Isto é seu Configurações do Usuário ícone e ele abrirá seu Configurações do Usuário página.Como Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou Mac
  2. Clique no Editar no canto superior direito do seu Configurações do Usuário página, localizada abaixo da MINHA CONTA Cofre. Como Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou MacAqui, você poderá editar determinadas informações, como nome de usuário, email e senha.
  3. Seu nome de usuário atual será exibido no campo de texto logo abaixo NOME DE USUÁRIO. Como Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou MacExclua seu nome de usuário antigo e digite o novo. Se você perceber que seu email está desatualizado, você pode concluir a CORREIO ELETRÔNICO campo com uma nova entrada ou clique em Alterar a senha? para alterar sua senha também.
  4. Depois de concluir as alterações, você precisará confirmar sua identidade digitando sua senha antes de poder salvar suas informações recém-editadas.

    Siga isso clicando no Salve  botão no canto inferior direito do MINHA CONTA seção para salvar todas as informações modificadas.Como Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou Mac

O caminho mais curto

Uma maneira mais rápida de alterar seu nome de usuário do que acima, especialmente em um servidor que você não possui:

  1. Clique na barra de menus das configurações do servidor, na parte superior da janela Discord. Ele terá o nome do servidor e uma seta para baixo à direita.Como Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou Mac
  2. No menu suspenso, clique em Alterar apelido.Como Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou Mac

  3. Aqui, você pode inserir seu novo apelido no campo em que o atual está localizado. Depois de escrever e ficar satisfeito, clique no botão azul Salve  botãoComo Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou Mac

O caminho mais curto

Como Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou Mac

Você pode fazer isso para cada servidor ao qual tem acesso, desde que sua função atual nesse grupo de servidores permita que você a altere.

Gerenciar nomes em vários servidores

Se você é proprietário de um servidor, tem a opção de alterar e gerenciar os apelidos de qualquer pessoa que ingressar. Existem duas permissões dedicadas ao uso de apelidos:

A ativação de “Alterar apelido” permitirá que os usuários alterem seu apelido no servidor. Este também é o caso se você estiver em um servidor pertencente a outra pessoa. Se essa permissão não tiver sido verificada, você ficará com o apelido que tinha quando inseriu. A menos que o proprietário decida alterar seu apelido.

Ao ativar “Gerenciar apelidos” em seu servidor, os usuários têm permissão para acessar apenas as configurações do servidor “Membros”.

Isso permite que qualquer pessoa altere os apelidos de outros membros dentro desse servidor, desde que sejam membros.

Obviamente, se você é o proprietário, você tem esse poder inerentemente, mas a permissão deve ser concedida pelo proprietário do servidor se você estiver em um servidor diferente do seu.

Alterar os apelidos de outros membros é bastante simples:

  1. Basta acessar o Membros guia Configuração do servidor.Como Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou MacComo Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou Mac

  2. Na área “Membros do servidor”, passe o mouse sobre o membro cujo nome de usuário você deseja alterar. Isso aumentará três pontos verticais para a direita. Clique nos pontos para abrir mais opções e escolha Alterar apelido.

  3. Preencha o apelido do novo membro na caixa fornecida e clique em Salve  quando terminado.

  • Qualquer pessoa que acesse o servidor verá os apelidos recém-atualizados à direita na seção Membros.
  • Se o proprietário do servidor lhe negou uma função com a permissão “Alterar apelido”, você não terá acesso à sua alteração de apelido ou a qualquer membro. Mesmo com um comando de barra, o Clyde apenas fornecerá uma mensagem triste:
  • Lembre-se de que, mesmo que você esteja tentando manter um perfil baixo ou anônimo com um novo apelido, quem quiser pode clicar no perfil do usuário para descobrir o nome verdadeiro.

Curiosamente, você ainda pode fazer menções @ usando os apelidos novos e originais. As funções normais de discórdia que exigem que o nome de usuário de alguém seja conhecido continuarão sendo aplicadas normalmente.

Portanto, mesmo que o novo apelido não tenha nada a ver com o original, você ainda pode @ mencioná-los. Um exemplo seria “Konquezt” como o nome original, mas optando por “I M A Gawd” no servidor atual que você está tentando mencionar.

Visualmente, o nome seria exibido como “I M A Gawd”, mas você poderia digitar @Kon (ou o nome completo) e continuaria aparecendo. A discórdia sempre lembrará e se referirá ao nome de usuário original.

Esse recurso também se aplica ao procurar usuários na guia Membros da Configuração do servidor.

Leia também:  Como alterar a sensibilidade do touch em um dispositivo android

Free Download WordPress ThemesDownload Premium WordPress Themes FreePremium WordPress Themes DownloadDownload Nulled WordPress ThemesFree Download WordPress Themes

Como instalar o Discord no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE!

O Discord é um aplicativo que vem sendo muito utilizado, ele permite que você converse com seus contato por voz ou texto. Mas, o aplicativo vem sendo amplamente usado por usuários gamers, que gostam de conversar durante os jogos. E assim, saiba como instalar o Discord no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE.

O app Discord está disponível para dispositivos móveis utilizando Android ou iOS, como também, para Desktop para Linux, Mac e Windows.

Como Alterar sua Senha do DIscord no Windows ou Mac

Instalando o Discord no Ubuntu e derivados!

Para instalar o Discord no Ubuntu 19.04, Ubuntu 18.04, Ubuntu 18.10, Ubuntu 16.04 ou superior, execute o comando abaixo:

sudo snap install discord

Instalando o Discord no Fedora e derivados!

  • Para instalar o Discord no Fedora, execute os comandos abaixo. Lembrando que caso você já tenha o suporte ao Snap habilitado no Fedora, pule para o passo 3, o de instalação do pacote:
  • Passo 1 – Instalar o Snapd:
  • Após executar o comando acima, lembre-se encerrar a sessão ou reiniciar o computador! Em seguida, vamos criar um link simbólico para ativar o suporte ao Snap clássico:
  • Passo 2 – Criar link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

E agora, vamos executar o comando para instalar o Discord no Fedora ou derivados:

Passo 3 – Instalar o pacote de software:

sudo snap install discord

Instalando o Discord no Debian e derivados!

  1. Para instalar o Discord no Debian, execute os comandos abaixo.

    Caso você já tenha  Snap ativado e habilitado no seu Debian, pule para o passo 2, que seria da instalação:

  2. Passo 1 – Atualizar os repositório e instalar o Snapd:
  3. E agora, vamos executar o comando para instalar o Discord no Debian ou derivados:
  4. Passo 2 – Instalação do Software:

sudo snap install discord

Instalando o Discord no CentOS e derivados!

Para instalar o Discord no CentOS, execute os comandos abaixo. Vamos utilizar o repositório EPEL. Caso você já tenha o repositório adicionado pule para o passo 2.

Nota:Vale lembrar que uma vez que você adicione o  repositório e habilite o suporte ao Snap no CentOS, você não precisará mais fazer isso sempre que for instalar um pacote Snap.

Passo 1 – Adicionar o repositório de software EPEL ao CentOS:

sudo yum install epel-release

Passo 2 – Instalar o pacote responsável pela compatibilidade com pacotes Snap. Caso você já tenha o suporte habilitado no CentOS para o Snap, pule para o passo 5, o de instalação do Software:

Passo 3 – Habilitar o serviço no sistema:

sudo systemctl enable –now snapd.socket

Passo 4 – Ativar o suporte ao Snap clássico vamos criar um link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

Passo 5 – Agora, vamos executar o comando para instalar o Discord no CentOS ou derivados:

sudo snap install discord

Instalando o Discord no openSUSE e derivados!

Para instalar o Discord no openSUSE, execute os comandos abaixo. Vamos utilizar um repositório. Caso você já tenha o suporte ao Snap instalado e habilitado no openSUSE, pule para o passo 5:

Passo 1 – Adicionar repositório:

Para openSUSE 15.0:

sudo zypper addrepo –refresh https://download.opensuse.org/repositories/system:/snappy/openSUSE_Leap_15.0 snappy

Para openSUSE 15.1:

sudo zypper addrepo –refresh https://download.opensuse.org/repositories/system:/snappy/openSUSE_Leap_15.1 snappy

Para openSUSE Tumbleweed:

sudo zypper addrepo –refresh https://download.opensuse.org/repositories/system:/snappy/openSUSE_Leap_15.0 snappy

Nota: Caso você esteja utilizando uma versão diferente das propostas no momento da escrita deste artigo, basta trocar o final do link pela versão correspondente!

Passo 2 – Agora, vamos importar a chave do repositório e em seguida atualizar a nossa fonte de softwares:

sudo zypper –gpg-auto-import-keys refresh

sudo zypper dup –from snappy

Passo 3 – Vamos instalar o Snapd, e em seguida você precisa reiniciar a máquina para poder continuar:

sudo zypper install snapd

Passo 4 – Agora que você reiniciou a sua máquina, vamos habilitar e iniciar o serviço do Snap, a partir de agora, sempre que você precisar instalar um pacote Snap, basta ir direto para o comando de instalação:

sudo systemctl enable snapd

sudo systemctl start snapd

Caso você esteja usando a versão Tumbleweed, execute o comando abaixo:

sudo systemctl enable snapd.apparmor

sudo systemctl start snapd.apparmor

Passo 5 – E por fim, execute o comando de instalação do Discord:

sudo snap install discord

É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o Discord no Linux

"Burro" ataques de Malware MacOS Malware para usuários Slack e Discord

Pesquisadores de segurança descobriram ataques de malware MacOS que segmentam os usuários Slack e Discord falando sobre criptomoedas, a SC Media UK reporta em 2 de julho.

Remco Verhoef, fundador da empresa de segurança de rede DutchSec, postou sobre o malware no dia 30 de junho em um post no blog para o treinamento em segurança da informação e cibersegurança do Sans Institute.

De acordo com Verhoef, os ataques”personificam administradores” ou “pessoas-chave” em chats relacionados a cripto, e então compartilham “pequenos trechos” que são baixados e executados em binários maliciosos.

A SC Media UK observa que o malware pode roubar senhas de usuários e armazená-las na máquina local, o que Verhoef identifica como o servidor da provedora alemã CrownCloud, aparentemente baseado na Holanda.

Patrick Wardle, da Digital Security, postou no Objective-See em 29 de junho sobre os ataques de malware direcionados ao Mac, escrevendo que “aparentemente os atacantes estão pedindo aos usuários que se infectem” com um “binário machO”.

Wardle conclui sua postagem no blog nomeando o malware “OSX.Dummy” por uma variedade de razões que ele lista em tópicos:

  • “O método de infecção é burro
  • o tamanho maciço do binário é burro
  • o mecanismo de persistência é coxo (e, portanto, também burro)
  • as capacidades são bastante limitadas (e, portanto, bastante burras)
  • é trivial detectar a cada passo (aquele idiota)
  • … e, finalmente, o malware salva a senha do usuário para idiotice “

De acordo com o analista de inteligência em ameaças da Unidade 42 da Palo Alto Networks, Alex Hinchliffe, ataques como esse irão “melhorar com o tempo”, e a autenticação de múltiplos fatores deve ser usada para entrar na sala de bate-papo de uma organização.

Hoje, relatórios falaram de um novo ataque a usuários do Bitcoin (BTC) – monitorando 2,3 milhões de alvos – que consistem em ganhar controle das pranchetas do Windows para trocar o endereço BTC de um usuário do atacante. E na semana passada, um relatório de segurança cibernética da McAfee Labs declarou que as instâncias cripto aumentaram 629% no primeiro trimestre de 2018.

Как изменить пароль в Discord (на Windows или Mac)

X

В создании этой статьи участвовала наша опытная команда редакторов и исследователей, которые проверили ее на точность и полноту.

Команда контент-менеджеров wikiHow тщательно следит за работой редакторов, чтобы гарантировать соответствие каждой статьи нашим высоким стандартам качества.

  1. 1

    Введите https://www.discordapp.com в адресную строку браузера. Пароль в Discord можно сбросить в любом браузере, например в Safari или Firefox.

  2. 2

    Нажмите Вход в правом верхнем углу страницы.

  3. 3

    Введите свой адрес электронной почты в поле «E-mail». Это должен быть адрес, который вы использовали для регистрации в Discord.

  4. 4

    Нажмите на Забыли пароль?. Это ссылка под полем «Пароль». Вы увидите всплывающее окно, в котором вас попросят найти инструкции в своей почте.

  5. 5

    Откройте письмо от Discord. Чтобы найти его, необходимо открыть почтовое приложение или зайти на сайт электронной почты.

  6. 6

    Нажмите на Сбросить пароль в письме. После этого браузер перенаправит вас на страницу «Измените свой пароль».

  7. 7

    Введите новый пароль в пустое поле.

  8. 8

    Нажмите на Изменить пароль. Поздравляем, вы успешно сбросили пароль.

  1. 1

    Запустите Discord. Это синяя иконка с улыбающимся белым геймпадом в меню «Пуск» (Windows) или в папке «Программы» (Mac). Если хотите, можете ввести https://www.discordapp.com в адресную строку браузера и нажать Вход в правом верхнем углу, чтобы войти в аккаунт.

  2. 2

    Нажмите на иконку шестеренки внизу второй колонки, справа от наушников.

  3. 3

    Нажмите на Изменить. Это синяя кнопка справа от вашего имени пользователя.

  4. 4

    Нажмите на Изменить пароль под полем «Текущий пароль».

  5. 5

    Введите нынешний пароль в поле «Текущий пароль».

  6. 6

    Введите новый пароль в поле «Новый пароль».

  7. 7

    Нажмите Сохранить. Это зеленая кнопка внизу окна. Ваш пароль будет тут же изменен.

  • Пароль стоит менять каждые 6 месяцев и не использовать один и тот же пароль для входа на разные сайты.

Onde são armazenadas minhas contas de acesso? | Ajuda do Firefox

Será que o Firefox salvou meus logins? Será que salvou deste site? Como posso controlar quais logins são usados automaticamente nos sites? Vamos explicar como armazenar seus logins para que possa controlar o que acontece automaticamente.

Seus logins podem ser armazenadas no gerenciador de senhas do Firefox e nos cookies.

O gerenciador de senhas do Firefox armazena de forma segura, usuário e senhas usados no acesso a sites, preenchendo-os automaticamente para você na próxima visita.

Ao digitar o usuário e senha de um website que não estão armazenados no Firefox será aberta uma janela perguntando se deseja salvar a senha. Ao clicar em lembrar a senha, da próxima vez que visitar o site, o login será automático.

Um cookie é um pedaço de informação que um site armazena em seu computador. Alguns sites salvarão as suas informações de login em cookies.

Ao visitar um site e verificar a caixa que diz algo como: “Lembre-me”, o site irá salvar suas informações de login, como o seu nome de usuário e senha ou apenas seu nome de usuário, em um cookie.

A próxima vez que você visitar o site, o computador irá enviar o cookie de login para o site, e você estará logado automaticamente ou obrigado a digitar sua senha, mas não seu nome de usuário para entrar.

Nota: Você pode armazenar suas informações de login e cookies, no Gerenciador de senhas do Firefox e nos cookies.

Gerenciador de senhas do Firefox

Uma vantagem de usar o Gerenciador de senhas do Firefox é que ele armazena todos os seus logins – seus nomes de usuário e senhas – em um único lugar. Você pode encontrar seus logins no Gerenciador de senhas do Firefox e não se preocupar em esquecer onde estão.

Por outro lado, colocando todos os seus logins em um só lugar, sem proteção, pode ser arriscado. Teoricamente, quem tem acesso ao seu computador pode abrir e visualizar seus logins no Gerenciador de Senhas do Firefox e ir para uma farra de compras na Amazon! Felizmente, o Firefox permite que você use uma senha mestra para evitar que outras pessoas acessem seus logins sem sua permissão.

Cookies

Como reduzir o uso da CPU

Existem muitos programas que costumam consumir todo o poder de processamento das CPUs. É o caso de aplicativos de edição de vídeo e jogos de última geração. Evidentemente, não há como mudar o modo de funcionamento dos softwares, porém existem alguns truques que possibilitam um melhor aproveitamento do processador.

E para isso não é preciso instalar nenhum programa extra, pois o próprio Windows fornece configurações no “Gerenciador de Tarefas” para melhorar o gerenciamento da CPU. Hoje vamos ensinar como configurar o sistema para um gerenciamento eficiente do processador. Todavia, antes é importante analisar como está o desempenho do seu PC.

Meu processador está lento?

Há algumas formas de analisar se a CPU está com problemas para trabalhar com seus aplicativos. A primeira é o seu bom senso, ou seja, caso você utilize seu PC com frequência e note que ele está mais lento do que o normal, pode ter certeza que algo está sobrecarregando o processador.

A segunda etapa para verificar se o computador está com desempenho abaixo do esperado é conhecer os detalhes do seu processador e averiguar quais os softwares utilizados. Após ter conhecimento sobre o modelo da sua CPU, você pode saber o potencial dela.

Um processador de núcleo único (como o Pentium 4, o Celeron, o Sempron e o Athlon 64) não é o mais recomendado para trabalhar com softwares de última geração. Não que estes modelos não estejam preparados para o Windows 7 ou Vista, eles até são capazes de executar os sistemas mais recentes, no entanto, aplicativos como o AutoCAD 2011, o Adobe Premiere e outros tantos não são programas leves.

Sendo assim, se você executa um dos softwares acima em um processador básico, notará facilmente uma lentidão para o processamento das atividades. Neste caso, não há como resolver o problema se não trocando a CPU. Todavia, se você utiliza programas leves e do mesmo jeito seu processador está muito lento, talvez seja melhor partir para a próxima etapa de verificação.

A última, e talvez única, análise que realmente vai mostrar números sobre o desempenho do seu processador é facilmente realizada através do “Gerenciador de Tarefas”. Sendo assim, ao executar os aplicativos que você julga estarem afetando a CPU, execute os passos abaixo:

  1. Aperte as teclas Ctrl + Shit + Esc para abrir o “Gerenciador de Tarefas”;
  2. Acesse a aba “Processos”;
  3. Há algumas colunas identificando os processos, clique sobre a coluna “CPU” para visualizar quais aplicativos estão consumindo mais poder de processamento;

Detalhe: caso você clique e todos os processos estejam indicando “0” como valor de processamento, clique novamente para visualizar a coluna em ordem invertida.

Agora é preciso filtrar dentre os processos que apresentam maior porcentagem de uso da CPU, quais realmente estão afetando a usabilidade do computador. Caso algum processo esteja indicando valores acima de 97%, pode ter certeza que o aplicativo em questão é o grande causador dos seus problemas.

Atenção especial com os processos do sistema!

Dentre tantos processos, pode ser que você encontre alguns com nomes diferentes, como o “svchost.exe”, o qual tem múltiplas instâncias, ocupa uma quantidade de memória razoável e em alguns casos pode apresentar um pequeno uso da CPU.

Este é apenas um dos processos do sistema, mas claro que existem outros. Identificá-los é muito importante e também é fácil. A maioria dos serviços estará sendo executado pelos seguintes “Usuários”: SYSTEM, LOCAL SERVICE e SERVIÇO DE REDE. Você não deve efetuar quaisquer alterações nestes processos, muito menos encerrá-los.

Caso você tente fechar algum processo importante, o Windows exibirá um alerta, mas se você tentar e o sistema não informar nada, pode ser que alguma função deixe de funcionar.

Definindo a afinidade

A “afinidade” é uma regra que pode ser configurada para cada aplicativo. Através deste detalhe, o sistema tem como saber qual núcleo vai trabalhar com quais processos. Por padrão, o sistema configura para que todos os aplicativos utilizem os núcleos igualmente, mas isso nunca acontece. Claro que, computadores de núcleo único não possuem meios para a utilização desta regra.

A configuração manual da afinidade só é necessária quando algum aplicativo está causando a lentidão do sistema. No entanto, é importante ficar atento para um detalhe: limitar a afinidade de processamento de um software pode gerar resultados indesejados. Isso quer dizer que, se você configurar um jogo para ser executado apenas em um núcleo, terá uma experiência bem desagradável.

Sendo assim, a configuração da afinidade pode ser útil em casos que o processamento intenso não seja obrigatório. Esse é o típico caso de conversores de vídeo, editores de imagem e outros softwares que não necessitem apresentar resultados em tempo real. Enfim, abaixo você confere como alterar esta configuração:

  1. Aperte as teclas Ctrl + Shit + Esc para abrir o “Gerenciador de Tarefas”;
  2. Acesse a aba “Processos”;
  3. Clique com o botão direito sobre o item que você deseja configurar;
  4. Abra a opção “Definir afinidade…”;
  5. Uma nova janela vai exibir os núcleos do seu processador. Selecione um dos núcleos e clique em “OK”.

Nota: não defina todas as afinidades para um único núcleo. Além disso, procure criar uma configuração em que os processos sejam executados por diferentes núcleos.

Exemplo: se você definiu que um conversor de vídeo será executado no núcleo “CPU 0”, configure o navegador para ser executado no núcleo “CPU 1”.

Assim, será possível utilizar os dois softwares sem notar grandes problemas de desempenho.

Definindo a prioridade

Como o próprio nome diz, a prioridade serve para que o sistema saiba quais processos são mais importantes. A configuração de prioridade só é necessária quando determinado aplicativo causa lentidão ou o travamento da máquina. Normalmente não é recomendado alterar a prioridade, pois esta modificação pode gerar problemas diversos na utilização dos programas.

Veja como proceder para alterar a prioridade:

  1. Aperte as teclas Ctrl + Shit + Esc para abrir o “Gerenciador de Tarefas”;
  2. Acesse a aba “Processos”;
  3. Clique com o botão direito sobre o item que você deseja configurar;
  4. Posicione o mouse sobre a opção “Definir prioridade…”;
  5. Um menu é aberto, indicando as prioridades disponíveis. Selecione a prioridade desejada.

Atenção: Nunca escolha a prioridade “Tempo Real”. Esta configuração pode gerar a instabilidade do sistema.

Outros problemas..

Acompanhou todas as dicas e seu PC continua travando? Então você deverá analisar outros fatores. Os vírus geralmente afetam o desempenho geral do computador, sendo assim, é importante utilizar um software de segurança para verificar se não é este o caso.

Outro detalhe que pode atrapalhar na usabilidade do computador é a temperatura do processador. Para identificar se este é o problema, instale um programa de diagnóstico e verifique se a CPU não está quente.

Caso não esteja, vale abrir o gabinete e efetuar uma limpeza ou até trocar o cooler.

Alguns computadores vêm configurados para desligar quando a temperatura está muito alta, ou seja, talvez seu problema seja na parte de hardware.

Enfim, basicamente, estas dicas devem resolver seus problemas. Você conseguiu resolver os problemas no seu PC? Faltou algo em nosso artigo? Compartilhe suas experiências e informações com todos!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*