Picape em São Paulo com final da placa 5,6

A Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo divulgou, nesta quinta-feira (17), as alíquotas e o calendário de pagamento do IPVA (Imposto sobre a propriedade de veículos automotores) 2021 no estado.

De acordo com a pasta, o tributo ficará, em média, 6,77% mais barato para os proprietários de veículos. A estimativa tem como base levantamento feito pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) nos preços de venda praticados no varejo.

Os proprietários de veículos movidos à gasolina e os bicombustíveis recolherão 4% sobre o valor venal.

Veículos usados que utilizam exclusivamente álcool, eletricidade ou gás, ainda que combinados entre si, permanecem com a alíquota de 3%.

Saiba quais comprovantes de contas você precisa guardar Picape em São Paulo com final da placa 5,6

Já os veículos novos com essas mesmas especificações de combustível em Nota Fiscal, adquiridos a partir de 15 de janeiro de 2021 terão alíquota de 4%, de acordo com Lei 17.293/2020.

As picapes cabine dupla pagam 4%. Os utilitários (cabine simples), ônibus, micro-ônibus, motocicletas, motonetas, quadriciclos e similares recolhem 2% sobre o valor venal. Os caminhões pagam 1,5%.

A frota total no estado de São Paulo é de aproximadamente 26 milhões de veículos. Desses, 17,8 milhões estão sujeitos ao recolhimento do IPVA e 7,6 milhões estão isentos por terem mais de 20 anos de fabricação.

Cerca de 618 mil veículos são considerados isentos, imunes ou dispensados do pagamento (como taxistas, pessoas com deficiência, igrejas, entidades sem fins lucrativos, veículos oficiais e ônibus/micro-ônibus urbanos).

A Fazenda prevê arrecadar R$ 18,5 bilhões com o IPVA em 2021. Deste total, descontadas as destinações constitucionais (como o Fundeb), o valor restante é repartido 50% para os municípios de registro dos veículos, que devem corresponder ao local de domicílio ou residência dos respectivos proprietários, e os outros 50% para o estado.

Programa Proálcool completa 45 anos Picape em São Paulo com final da placa 5,6

É possível fazer a consulta pela Faixa de IPVA, que consta no Certificado de Registro e Licenciamento do veículo, no site: imprensaoficial.com.br/suplementos/fazenda/IPVA2021/index.asp

Será preciso informar o código de IPVA e o ano de fabricação do veículo.

Os contribuintes têm três opções para pagar o IPVA 2021:

  • Cota única no mês de janeiro, com desconto de 3%
  • Parcelamento do tributo em três vezes, de acordo com o final da placa do veículo (iniciando o primeiro pagamento em janeiro e as outras duas parcelas nos meses de fevereiro e março)
  • Pagamento no mês de fevereiro de maneira integral, sem desconto

Os caminhões têm prazos diferenciados: para o pagamento integral sem desconto, o vencimento é no dia 15 de abril (independente do final de placa); para os proprietários que optarem pelo parcelamento em três vezes, os vencimentos são em março, junho e setembro (veja as tabelas completas abaixo).

Mês Janeiro Fevereiro Março
Parcela 1ª parcela ou cota única COM desconto 2ª parcela ou cota única SEM desconto 3ª parcela
Placa Dia do vencimento Dia do vencimento Dia do vencimento
Final 1 07/01 09/02 09/03
Final 2 08/01 10/02 10/03
Final 3 11/01 11/02 11/03
Final 4 12/01 12/02 12/03
Final 5 13/01 18/02 15/03
Final 6 14/01 19/02 16/03
Final 7 15/01 22/02 17/03
Final 8 18/01 23/02 18/03
Final 9 19/01 24/02 19/03
Final 0 20/01 25/02 22/03
Mês Janeiro Março Abril Junho Setembro
Parcela Cota única COM desconto 1ª parcela Cota única SEM desconto 2ª parcela 3ª parcela
Placa Dia do vencimento Dia do vencimento Abril Junho Setembro
Final 1 07/01 09/03 15/04 15/06 15/09
Final 2 08/01 10/03 15/04 15/06 15/09
Final 3 11/01 11/03 15/04 15/06 15/09
Final 4 12/01 12/03 15/04 15/06 15/09
Final 5 13/01 15/03 15/04 15/06 15/09
Final 6 14/01 16/03 15/04 15/06 15/09
Final 7 15/01 17/03 15/04 15/06 15/09
Final 8 18/01 18/03 15/04 15/06 15/09
Final 9 19/01 19/03 15/04 15/06 15/09
Final 0 20/01 22/03 15/04 15/06 15/09

Para efetuar o pagamento do IPVA 2021, o contribuinte precisa ir a uma agência bancária credenciada, com o número do Renavam (Registro Nacional de Veículo Automotor) e efetuar o recolhimento nos terminais de autoatendimento, pela internet ou débito agendado, nos guichê de caixa ou outros canais oferecidos pela instituição bancária.

Também é possível realizar o pagamento em casas lotéricas e com cartão de crédito, nas empresas credenciadas à Secretaria da Fazenda e Planejamento.

O contribuinte que deixar de recolher o imposto fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Passados 60 dias, o percentual da multa fixa-se em 20% do valor do imposto.

Permanecendo a inadimplência do IPVA, o débito será inscrito e, como consequência, a multa passará a 40% do valor do imposto, além da inclusão do nome do proprietário no Cadin Estadual, impedindo-o de aproveitar eventual crédito que possua por solicitar a Nota Fiscal Paulista. A partir do momento em que o débito de IPVA estiver inscrito, a Procuradoria Geral do Estado poderá vir a cobrá-lo mediante protesto.

Após o prazo para licenciamento, conforme calendário do Detran, a inadimplência do IPVA impedirá de fazê-lo. Como consequência, o veículo poderá vir a ser apreendido, com multa aplicada pela autoridade de trânsito e sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

IPVA 2021: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro liberam calendário de pagamentos

Pontos-chave

  • Calendários de pagamento do IPVA 2021 foram divulgados em SP, MG e RJ;
  • Pagamentos em conta única possuem descontos;
  • Em MG não houve reajuste no valor do tributo.

Fim de ano chegou e isto significa que a temporada de pagamentos dos impostos anuais está se aproximando.

Uma deles é o IPVA 2021, e aqui você confere os calendários e as informações atualizadas sobre o pagamento deste tributo em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Picape em São Paulo com final da placa 5,6IPVA 2021: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro liberam calendário de pagamentos (Imagem: FDR)

IPVA 2021 São Paulo

A Sefaz SP divulgou no último dia 17, as alíquotas e o calendário de pagamentos do IPVA 2021, que terá uma redução de 6,77% em média para os motoristas. Esta diminuição é baseada na estimativa de preços do varejo, analisado pela Fundação Instituto de Pesquisa (Fipe).

Para 2021, a Fazenda estima arrecadar R$18,5 bilhões com o pagamento do tributo. A frota de veículos em todo o Estado de São Paulo é de cerca de 26 milhões de automóveis. Deste total, 17,8 milhões pagam o IPVA, 10,4 milhões tem direto a isenção por terem mais de 20 de anos de fabricação.

Pelo menos 618 mil veículos são classificados como isentos, imunes ou dispensados do pagamento, como taxistas, pessoas com deficiência, igrejas, entidades sem fins lucrativos, veículos oficiais e ônibus/micro-ônibus urbanos.

  • Alíquotas do IPVA 2021 SP

Os motoristas de veículos abastecidos com gasolina e os biocombustíveis irão recolher 4% do valor venal do bem.

Veículos usados que só utilizam álcool, eletricidade ou gás, mesmo que combinados entre si, continuam com a alíquota de 3%.

Licenciamento em outubro: veículos com placa final 8 têm até o final do mês para realizar o procedimento — GARAGEM 360

Quem é proprietário de automóveis e motocicletas com o final da placa 8 precisa realizar o licenciamento em outubro. O procedimento é obrigatório, sendo que em cada mês é necessário regularizar a situação de acordo com o último numeral da identificação. Cada estado cobra um valor diferente, sendo que em São Paulo é de R$ 87,38.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Licenciamento em outubro: caminhões

Os caminhões também precisam realizar o licenciamento em outubro. Porém, nesse caso, são os modelos com placa finalizadas em 3, 4 ou 5. O valor é o mesmo dos demais veículos.

Como realizar

Não é necessário nenhum boleto para pagar em São Paulo. Basta informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) ao caixa bancário. Também é possível selecionar essa opção nos terminais eletrônicos das agências ou no internet banking. É preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas.

No estado paulista, dá para retirar o documento com o comprovante de pagamento e um documento de identificação em mãos. O condutor deve ir à unidade do Detran.

SP onde o veículo está registrado ou em qualquer posto Poupatempo para solicitar a emissão do documento. Se preferir, pode receber o licenciamento em casa.

Para isso, tem que pagar o custo de envio pelos Correios, de R$ 11, no momento em que pagar a taxa de licenciamento. O prazo de postagem é de até sete dias úteis após a emissão.

LEIA MAIS: SUV elétrico da Jaguar, I-Pace emite som para alertar pedestres

Porta-malas: veja a capacidade dos principais SUVs do Brasil

Agenda de licenciamento 2018 – carros e motos

  • Final de placa 1: até o final de abril
  • Final de placa 2: até o final de maio
  • Final de placa 3: até o final de junho
  • Final de placa 4: até o final de julho
  • Final de placa 5 e 6: até o final de agosto
  • Final de placa 7 – até o final de setembro
  • Final de placa 8 – até o final de outubro
  • Final de placa 9 – até o final de novembro
  • Final de placa 0 – até o final de dezembro

Na galeria, confira também os modelos que já foram testados pelo Garagem360.

Leia também:  N/d Volkswagen em São Paulo a Gasolina

Nissan Sentra SL 2019. O teste completo está aqui: https://bit.ly/2Ont4Qa |Foto: Leo Alves/Garagem360 Nissan Sentra SL 2019. O teste completo está aqui: https://bit.ly/2Ont4Qa |Foto: Leo Alves/Garagem360 Nissan Sentra SL 2019. O teste completo está aqui: https://bit.ly/2Ont4Qa |Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Golf Variant Comfortline 2019. O teste completo está aqui: https://bit.ly/2pesb1r |Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Golf Variant Comfortline 2019. O teste completo está aqui: https://bit.ly/2pesb1r |Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Golf Variant Comfortline 2019. O teste completo está aqui: https://bit.ly/2pesb1r |Foto: Leo Alves/Garagem360 Toyota Corolla Altis 2019. O teste completo está aqui: https://bit.ly/2OjwrY7 |Foto: Leo Alves/Garagem360 Toyota Corolla Altis 2019. O teste completo está aqui: https://bit.ly/2OjwrY7 |Foto: Leo Alves/Garagem360 Toyota Corolla Altis 2019. O teste completo está aqui: https://bit.ly/2OjwrY7 |Foto: Leo Alves/Garagem360 A Chevrolet Spin Activ 7 2019. Confira a avaliação completa aqui: https://bit.ly/2QvLkbf |Foto: Leo Alves/Garagem360 A Chevrolet Spin Activ 7 2019. Confira a avaliação completa aqui: https://bit.ly/2QvLkbf |Foto: Leo Alves/Garagem360 A Chevrolet Spin Activ 7 2019. Confira a avaliação completa aqui: https://bit.ly/2QvLkbf |Foto: Leo Alves/Garagem360 Volvo V40: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hFu |Foto: Paulo Basso Jr./Garagem360 Volvo V40: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hFu |Foto: Paulo Basso Jr./Garagem360 Volvo V40: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hFu |Foto: Paulo Basso Jr./Garagem360 Honda Civic EX 2018: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hIf |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda Civic EX 2018: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hIf |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda Civic EX 2018: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hIf |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda City EXL 2018: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hC7 |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda City EXL 2018: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hC7 |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda City EXL 2018: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hC7 |Foto: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet S10 Midnight: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hlh |Foto: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet S10 Midnight: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hlh |Foto: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet S10 Midnight: o teste completo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-hlh |Foto: Leo Alves/Garagem360 Peugeot 208 Griffe: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-h2x|Foto: Leo Alves/Garagem360 Peugeot 208 Griffe: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-h2x|Foto: Leo Alves/Garagem360 Peugeot 208 Griffe: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-h2x|Foto: Leo Alves/Garagem360 Citroën C3 Exclusive: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-gWD|Foto: Leo Alves/Garagem360 Citroën C3 Exclusive: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-gWD|Foto: Leo Alves/Garagem360 Citroën C3 Exclusive: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-gWD|Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Up Pepper: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-gLN |Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Up Pepper: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-gLN |Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Up Pepper: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-gLN |Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Virtus MSI: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-gBn|Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Virtus MSI: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-gBn|Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Virtus MSI: o teste completo do modelo está aqui: https://wp.me/p8wO5A-gBn|Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda HR-V EX. O teste completo está aqui: https://goo.gl/xmNUUd |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda HR-V EX. O teste completo está aqui: https://goo.gl/xmNUUd |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda HR-V EX. O teste completo está aqui: https://goo.gl/xmNUUd |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda HR-V LX. O teste completo está em: https://goo.gl/bHzVn7 |Foto: Maria Beatriz Vaccari/Garagem360 Honda HR-V LX. O teste completo está em: https://goo.gl/bHzVn7 |Foto: Maria Beatriz Vaccari/Garagem360 Chevrolet Equinox Premier. O teste completo está aqui: https://goo.gl/Xwg6FU |Foto: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet Equinox Premier. O teste completo está aqui: https://goo.gl/Xwg6FU |Foto: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet Equinox Premier. O teste completo está aqui: https://goo.gl/Xwg6FU |Foto: Leo Alves/Garagem360 Audi A4 Ambition. O teste completo está aqui: https://goo.gl/NnCpVj |Foto: Paulo Basso Jr./Garagem360 Audi A4 Ambition. O teste completo está aqui: https://goo.gl/NnCpVj |Foto: Paulo Basso Jr./Garagem360 Audi A4 Ambition. O teste completo está aqui: https://goo.gl/NnCpVj |Foto: Paulo Basso Jr./Garagem360 Honda Fit EXL. O teste completo está aqui: https://goo.gl/x9CCEu |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda Fit EXL. O teste completo está aqui: https://goo.gl/x9CCEu |Foto: Leo Alves/Garagem360 Honda Fit EXL. O teste completo está aqui: https://goo.gl/x9CCEu |Foto: Leo Alves/Garagem360 Peugeot 2008 Griffe 1.6 AT. Confira o teste completo aqui: https://goo.gl/tJVePF |Foto: Leo Alves/Garagem360 Peugeot 2008 Griffe 1.6 AT. Confira o teste completo aqui: https://goo.gl/tJVePF |Foto: Leo Alves/Garagem360 Peugeot 2008 Griffe 1.6 AT. Confira o teste completo aqui: https://goo.gl/tJVePF |Foto: Leo Alves/Garagem360 Toyota Etios sedã X 1.5 AT. Confira o teste completo aqui: https://goo.gl/224eQW |Foto: Leo Alves/Garagem360 Toyota Etios sedã X 1.5 AT. Confira o teste completo aqui: https://goo.gl/224eQW |Foto: Leo Alves/Garagem360 Toyota Etios sedã X 1.5 AT. Confira o teste completo aqui: https://goo.gl/224eQW |Foto: Leo Alves/Garagem360 Volkswagen Polo Highline TSI. Confira o teste completo em https://goo.gl/NnhbMZ |Foto: Leo Alvez/Garagem360 Volkswagen Polo Highline TSI. Confira o teste completo em https://goo.gl/NnhbMZ |Foto: Leo Alvez/Garagem360 Volkswagen Polo Highline TSI. Confira o teste completo em https://goo.gl/NnhbMZ |Foto: Leo Alvez/Garagem360 Chevrolet Cruze LTZ. Confira o teste completo em https://goo.gl/SwXjZ3 | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet Cruze LTZ. Confira o teste completo em https://goo.gl/SwXjZ3 | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet Cruze LTZ. Confira o teste completo em https://goo.gl/SwXjZ3 | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda Civic Touring. Confira o teste completo em https://goo.gl/M4SS8t | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda Civic Touring. Confira o teste completo em https://goo.gl/M4SS8t | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda Civic Touring. Confira o teste completo em https://goo.gl/M4SS8t | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda WR-V. Confira o teste completo em https://goo.gl/SSmGTj | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda WR-V. Confira o teste completo em https://goo.gl/SSmGTj | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda WR-V. Confira o teste completo em https://goo.gl/SSmGTj | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Hyundai HB20. Confira o teste completo em https://goo.gl/Y4Vby1 | Crédito: Maria Beatriz Vaccari/Garagem360 Hyundai HB20. Confira o teste completo em https://goo.gl/Y4Vby1 | Crédito: Maria Beatriz Vaccari/Garagem360 Hyundai HB20. Confira o teste completo em https://goo.gl/Y4Vby1 | Crédito: Maria Beatriz Vaccari/Garagem360 Nissan March 1.6 SL. Confira o teste completo em https://goo.gl/ZTviFD | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Nissan March 1.6 SL. Confira o teste completo em https://goo.gl/ZTviFD | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Nissan March 1.6 SL. Confira o teste completo em https://goo.gl/ZTviFD | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda City EX. Confira o teste completo em https://goo.gl/uuGvA6 | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda City EX. Confira o teste completo em https://goo.gl/uuGvA6 | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda City EX. Confira o teste completo em https://goo.gl/uuGvA6 | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Honda Fit EXL. Confira o teste completo em https://goo.gl/YeQzHB | Crédito: Paulo Basso Jr/Garagem360 Honda Fit EXL. Confira o teste completo em https://goo.gl/YeQzHB | Crédito: Paulo Basso Jr/Garagem360 Honda Fit EXL. Confira o teste completo em https://goo.gl/YeQzHB | Crédito: Paulo Basso Jr/Garagem360 Honda HR-V. Confira o teste completo em https://goo.gl/fP9fRS | Crédito: Paulo Basso Jr/Garagem360 Honda Civic Sport. Confira o teste completo em https://goo.gl/TzMTr1 | Crédito: Paulo Basso Jr/Garagem360 Citroën C4 Picasso. Confira o teste completo em https://goo.gl/RasCRH | Crédito: Divulgação Chevrolet S10 LTZ flex. Confira o teste completo em https://goo.gl/8NRuLL | Crédito: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet Tracker LTZ. Confira o texto completo em https://goo.gl/ywckW3 |Foto: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet Tracker LTZ. Confira o texto completo em https://goo.gl/ywckW3 |Foto: Leo Alves/Garagem360 Chevrolet Tracker LTZ. Confira o texto completo em https://goo.gl/ywckW3 |Foto: Leo Alves/Garagem360

IPVA 2021: calendário de pagamento e valores por estado

Vale lembrar que todos os veículos de transporte terrestre utilizado por proprietários particulares e empresas estão submetidos ao imposto: desde os automóveis comuns até motocicletas, veículos de carga, utilitários, caminhonetes, caminhões, ônibus e até meios de transporte alternativos como quadriciclos.

Para calcular o valor do IPVA é necessário saber as alíquotas de cada estado: no caso de São Paulo, por exemplo, determina-se o índice de 4% sobre o valor venal do veículo — estimativa de preço do bem, que é calculada pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Dessa maneira, um automóvel que tem seu preço na Fipe tabelado em R$ 50 mil terá de pagar R$ 2 mil de IPVA em São Paulo (50.000 multiplicado por 0,04, a alíquota estadual).

Os governos estaduais podem realizar alterações anuais de eventuais benefícios, descontos e isenções e, por conta disso, é importante checar as informações da Secretaria da Fazenda de cada unidade da federação.

No caso de São Paulo, a legislação ficou mais desfavorável a novos proprietários de veículos movidos a energia limpa: automóveis elétricos ou movidos exclusivamente a álcool e GNV adquiridos a partir de 15/01/21 terão a alíquota de 4%, a mesma dos carros comuns. Aqueles que foram adquiridos antes dessa data serão cobrados com a alíquota de 3%.

Nem todos os governos estaduais anunciaram as datas para o pagamento do IPVA. Isso é definido, entretanto, de acordo com o final da placa de cada veículo.

Também é possível realizar o parcelamento do imposto em até três vezes na maioria dos estados. O número final da placa do veículo também determina a data limite para quitar as demais parcelas.

Veja a seguir as datas já anunciadas em cada estado, com os dias que vencem as parcelas:

Calendário IPVA Acre (pagamento em até três vezes)Finais de placas 1 e 2: 29 de janeiro, 26 de fevereiro, 31 de marçoFinais de placas 3 e 4: 26 de fevereiro, 31 de março e 30 de abrilFinal de placa 5: 31 de março, 30 de abril e 31 de maioFinal de placa 6: 30 de abril, 31 de maio e 30 de junhoFinal de placa 7: 31 de maio, 30 de junho e 31 de julhoFinal de placa 8: 30 de junho, 30 de julho e 31 de agostoFinal de placa 9: 30 de julho, 31 de agosto e 30 de setembroFinal de placa 0: 31 de agosto, 30 de setembro e 29 de outubro

Leia também:  Carros 2019 com Volante com regulagem de altura a Diesel Não blindado

Calendário IPVA Bahia (pagamento em até três vezes)Final de placa 1: 30 de março, 29 de abril e 28 de maioFinal de placa 2: 31 de março, 30 de abril e 31 de maioFinal de placa 3: 29 de abril, 27 de maio e 29 de junhoFinal de placa 4: 30 de abril, 28 de maio e 30 de junhoFinal de placa 5: 27 de maio, 29 de junho e 29 de julhoFinal de placa 6: 28 de maio, 30 de junho e 30 de julhoFinal de placa 7: 29 de junho, 29 de julho e 30 de agostoFinal de placa 8: 30 de junho, 30 de julho e 31 de agostoFinal de placa 9: 29 de julho, 30 de agosto e 29 de setembroFinal de placa 0: 30 de julho, 31 de agosto e 30 de setembro

Calendário IPVA Paraíba (pagamento em até três vezes)Final de placa 1: 29 de janeiro, 26 de fevereiro e 31 de marçoFinal de placa 2: 26 de fevereiro, 31 de março e 30 de abrilFinal de placa 3: 31 de março, 30 de abril e 31 de maioFinal de placa 4: 30 de abril, 31 de maio, 30 de junhoFinal de placa 5: 29 de maio, 30 de junho, 30 de julhoFinal de placa 6: 30 de junho, 30 de julho e 31 de agostoFinal de placa 7: 30 de julho, 31 de agosto e 30 de setembroFinal de placa 8: 30 de agosto, 30 de setembro e 29 de outubroFinal de placa 0: 29 de outubro, 30 de novembro e 29 de dezembro

Calendário IPVA Pernambuco (pagamento em até três vezes)Finais de placas 1 e 2: 9 de fevereiro, 9 de março e 6 de abrilFinais de placas 3 e 4: 12 de fevereiro, 12 de março e 9 de abrilFinais de placas 5 e 6: 19 de fevereiro, 17 de março e 14 de abrilFinais de placas 7 e 8: 23 de fevereiro, 24 de março e 20 de abrilFinais de placas 9 e 0: 26 de fevereiro, 31 de março e 28 de abril

Calendário IPVA Sergipe (pagamento em cota única, mas se pode parcelar em até 10 vezes no cartão)Final de placa 1: 31 de marçoFinal de placa 2: 31 de marçoFinal de placa 3: 30 de abrilFinal de placa 4: 31 de maioFinal de placa 5: 30 de junhoFinal de placa 6: 30 de julhoFinal de placa 7: 31 de agostoFinal de placa 8: 30 de setembroFinal de placa 9: 29 de outubroFinal de placa 0: 30 de novembro

  • Calendário IPVA Mato Grosso (pagamento pode ser realizado em até 6 parcelas)Final de placas 1, 2 e 3: data-limite para o pagamento da 1ª parcela 31 de marçoFinal de placas 4, 5 e 6: data-limite para o pagamento da 1ª parcela 30 de abrilFinal de placas 7, 8 e 9: data-limite para o pagamento da 1ª parcela 31 de maio
  • Final de placa 0: data-limite para o pagamento da 1ª parcela 30 de junho

Calendário IPVA Mato Grosso do Sul (pagamento pode ser realizado em até 5 parcelas)1ª parcela: 29 de janeiro2ª parcela: 26 de fevereiro3ª parcela: 31 de março4ª parcela: 30 de abril5ª parcela: 31 de maio

Calendário IPVA Espírito SantoProprietários de veículos convencionais e motocicletas terão desconto de 5% ao pagar em cota única, com vencimento em abril. Em caso de parcelamento, é possível dividir o valor em 4 vezes, com pagamento final em julho.

Calendário IPVA Minas Gerais (pagamento em até três vezes)Finais de placas 1 e 2: 18 de janeiro, 18 fevereiro e 18 de marçoFinais de placas 3 e 4: 19 de janeiro, 19 de fevereiro e 19 de marçoFinais de placas 5 e 6: 20 de janeiro, 22 de fevereiro e 22 de marçoFinais de placas 7 e 8: 21 de janeiro, 23 de fevereiro e 23 de marçoFinais de placas 9 e 0: 22 de janeiro, 24 de fevereiro e 24 de março

Calendário IPVA Rio de Janeiro (pagamento em até três vezes)Final de placa 0: 21 de janeiro, 22 de fevereiro, 24 de marçoFinal de placa 1: 22 de janeiro, 23 de fevereiro, 25 de marçoFinal de placa 2: 25 de janeiro, 24 de fevereiro, 26 de marçoFinal de placa 3: 26 de janeiro, 25 de fevereiro, 29 de marçoFinal de placa 4: 27 de janeiro, 26 de fevereiro, 30 de marçoFinal de placa 5: 28 de janeiro, 1º de março, 5 de abrilFinal de placa 6: 29 de janeiro, 2 de março, 6 de abrilFinal de placa 7: 1º de fevereiro, 3 de março, 7 de abrilFinal de placa 8: 2 de fevereiro, 4 de março, 8 de abrilFinal de placa 9: 3 de fevereiro, 5 de março, 9 de abril

Calendário IPVA São Paulo (pagamento em até três vezes)Final de placa 1: 7 de janeiro, 9 de fevereiro e 9 de marçoFinal de placa 2: 8 de janeiro, 10 de fevereiro e 10 de marçoFinal de placa 3: 11 de janeiro, 11 de fevereiro e 11 de marçoFinal de placa 4: 12 de janeiro, 12 de fevereiro e 12 de marçoFinal de placa 5: 13 de janeiro, 18 de fevereiro e 15 de marçoFinal de placa 6: 14 de janeiro, 19 de fevereiro e 16 de marçoFinal de placa 7: 15 de janeiro, 22 de fevereiro e 17 de marçoFinal de placa 8: 18 de janeiro, 23 de fevereiro e 18 de marçoFinal de placa 9: 19 de janeiro, 24 de fevereiro e 19 de marçoFinal de placa 0: 20 de janeiro, 25 de fevereiro e 22 de março

Calendário IPVA Rio Grande do Sul (é possível realizar o parcelamento em até três vezes)Final de placa 1: vencimento em 1º de abrilFinal de placa 2: vencimento em 5 de abrilFinal de placa 3: vencimento em 7 de abrilFinal de placa 4: vencimento em 9 de abrilFinal de placa 5: vencimento em 12 de abrilFinal de placa 6: vencimento em 14 de abrilFinal de placa 7: vencimento em 16 de abrilFinal de placa 8: vencimento em 19 de abrilFinal de placa 9: vencimento em 23 de abrilFinal de placa 10: vencimento em 26 de abril

O imposto pode ser pago em qualquer banco credenciado, de acordo com o estado. Para emitir o boleto, é possível acessar os sites do Detran local e da Secretaria da Fazenda estadual.

Instituições financeiras oferecem para clientes de alguns estados o pagamento por meio do serviço de internet banking.

Em Goiás, Roraima e no Rio Grande do Norte, veículos com mais de dez anos de fabricação estão isentos do IPVA. Os seguinte estados oferecem a isenção do imposto para veículos com mais de 15 anos de fabricação: Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe e Tocantins.

Em Mato Grosso, veículos fabricados há 18 anos estão livres do imposto. Já no Acre, Alagoas, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, o tempo para a isenção é de 20 anos de fabricação.

Em Santa Catarina, somente veículos fabricados antes de 1985 deixam de pagar o IPVA. Em Minas Gerais e Pernambuco, a cobrança é feita a partir de um cálculo progressivo de acordo com o ano de fabricação do veículo.

Por força de lei, certas categorias profissionais que utilizam o veículo como ferramenta profissional (como taxistas) estão isentos do pagamento. Mas é aconselhável verificar as condições em cada estado.

Pessoas com deficiência (PCD) também podem não pagar o imposto. Mas no caso do estado de São Paulo, cerca de de 80% das pessoas que pediram isenção em 2020 perderão esse benefício: agora, apenas motoristas com deficiência severa ou profunda ficarão livres do IPVA. Por conta dessas alterações anuais, é necessário verificar as regras de cada estado.

Os estados também definem descontos para quem realiza o pagamento com antecedência ou em menos parcelas: para isso, é necessário verificar as condições estabelecidas localmente.

2 de 2 (Foto: Oswaldo Corneti / Fotos Públicas ) — Foto: Auto Esporte

(Foto: Oswaldo Corneti / Fotos Públicas ) — Foto: Auto Esporte

Quando o pagamento não é registrado dentro do período determinado, há uma multa diária. Em São Paulo, por exemplo, a multa é de 0,33% por dia, e após o prazo de 60 dias, é fixada em 20% do valor do imposto.

Caso o motorista continue inadimplente após essa data, a multa será de 40% do valor do imposto e seu nome será enviado ao Cadin estadual e isso também pode impossibilitar o licenciamento do veículo.

Leia também:  Suv em Rio Grande Do Sul com Rodas de liga leve a Diesel

Para onde vai o dinheiro do IPVA?

O imposto anual é considerado uma das arrecadações mais importantes para a maioria dos estados. Em São Paulo, 20% do total arrecadado vai para o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

Do valor restante, 40% vai para o estado e 40% para o município de registro do veículo, que deve corresponder ao local de domicílio ou residência de seu proprietário. Isso vale para as demais unidades da federação.

Mais do que ser utilizado no orçamento público de mobilidade, o IPVA também é aplicado em outras áreas da administração, como saúde, educação e segurança.

Quer ter acesso aos conteúdos exclusivos da Autoesporte? É só clicar aqui para acessar a revista digital

Licenciamento final 2 – Final de Placa Atualizado 2021

O licenciamento final 2 vai até maio de 2021 e, por isso, é muito importante se organizar desde já. Quem perder esse prazo estará sujeito à multa por infração gravíssima, entre outras penalidades, a partir do dia 1º de junho. 

Entenda a importância do licenciamento e como fazê-lo de forma rápida e segura!

Por que o licenciamento é importante?

Principal documento veicular, o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) é de porte obrigatório, sujeito à multa leve e três pontos na carteira de habilitação, caso o condutor não o transporte consigo.

No entanto, deve ser renovado anualmente, por meio do processo de licenciamento, para demonstrar que houve a quitação de multas, do DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) e do IPVA (Propriedade de Veículos Automotores) no ano vigente. 

O proprietário que não realizar o licenciamento pode receber multa de R$ 293,47 e ter o seu veículo apreendido pelas autoridades de trânsito. Já quem o fizer está apto a circular em vias públicas, sem qualquer adversidade relacionada ao licenciamento. 

Como fazer o licenciamento placa final 2?

Existem três formas de fazer o licenciamento: presencialmente no Detran, via Correios ou pela internet. Com o objetivo de tornar todo o procedimento muito mais simples e garantir que você não precise se deslocar em nenhum momento, o DOK Despachante oferece o serviço de licenciamento online.

Para isso, basta preencher o formulário com seu e-mail, placa do veículo ou Renavam (Número do Registro Nacional de Veículos Automotores) e deixar o restante com nossa equipe especializada. Após realizar o pagamento, o seu documento renovado será entregue no endereço escolhido em até cinco dias úteis. 

Além disso, você pode consultar multas online e resolver todas as pendências do seu veículo com apenas alguns cliques! 

Como consultar o licenciamento final 2

Caso você esteja querendo apenas consultar o seu licenciamento e conferir pendências, no site do DOK esse recurso é disponibilizado de maneira fácil e super intuitiva. Nada de passar horas tentando preencher dados ou sites difíceis de mexer. No site do DOK é bem simples, veja:

  1. Abra o site
  2. Nos campos vazios inclua sua placa e seu email
  3. Clique em consultar 
  4. Prontinho

Por lá você consegue ver débitos pendentes, valores e as melhores formas de pagamento para você quitar e realizar seu licenciamento o mais rápido possível.  

Diferenças entre licenciamento 2021 e licenciamento 2019

A principal diferença está em seu valor, em 2019 o valor do licenciamento era de R$ 90,20 já em 2021 o valor passou a ser R$ 93,87, no estado de São Paulo.

Vale lembrar que todas as normas e multas relacionadas ao licenciamento continuam as mesmas e as formas de pagamento também, apenas com a vantagem de que esse ano você pode estar realizando seu licenciamento de casa com quem faz documentação veicular online há mais de 6 anos, o DOK Despachante.

Valor do licenciamento 2021 e documentos necessários

Como mencionado acima o valor do licenciamento em 2021 é de R$ 93,87 no estado de São Paulo, podendo ser pago parcelado em 12 vezes juntamente com outros débitos pendentes se houver.

Se você é de fora do estado de São Paulo, procure o valor do licenciamento no site do Detran do seu estado.

É importante lembrar que em alguns estados é necessário uma vistoria para que a renovação do documento seja realizada. 

No DOK Despachante não é exigido nenhum documento físico ou cópia para que você consiga realizar seu licenciamento. Nosso procedimento é feito online somente com as informações de placa do veículo ou Renavam e e-mail. Posteriormente pediremos endereço e contato telefônico para que você possa receber seu documento em casa sem preocupações.

Prazo para fazer o licenciamento Final 2 2021

Abaixo você vai encontrar uma tabela com as datas dos licenciamentos para todos os finais de placa. Para veículos que possuem o número 2 como último dígito da placa o prazo para realizar a renovação do licenciamento é até o dia 31 de maio de 2021. Para fazer o pagamento da taxa é necessário que todos os outros débitos estejam quitados como multas e IPVA. 

Licenciamento 2021 placa final 2 atrasado

Embora licenciar dentro do prazo seja o ideal, algumas situações podem gerar o licenciamento atrasado, como a falta de planejamento e de verba. Pensando nisso, o DOK Despachante disponibiliza a solução para o seu licenciamento em atraso!

Pague em até 12 vezes, em até seis cartões diferentes e receba o documento em até dez dias úteis. 

Tabela de licenciamento SP

A data-limite para a renovação varia de acordo com as placas e, por esse motivo, é preciso ficar atento ao prazo. Confira a tabela de licenciamento na íntegra para tirar todas as dúvidas! 

Carros e Motos

Caminhões

Finais de placa 1 e 2 Setembro
Finais de placa 3, 4 e 5 Outubro
Finais de placa 6, 7 e 8 Novembro
Finais de placa 9 e 0 Dezembro

Tabela de licenciamento PR

No Paraná os dois últimos dígitos são os que definem o prazo para o pagamento do licenciamento. Confira na tabela abaixo a data de cada um!

Dia do Vencimento Agosto Setembro Outubro Novembro
01 03 e 04 06 e 07 09
02 01 13 e 14
03 11 23 e 24 19
04 21 16 e 17 29
05 31 26 e 27 39
06 41 33 e 34 36 e 37
07 46 e 47
08 56 e 57 49
09 51 43 e 44 59
10 61 53 e 54 69
11 71 66 e 67 79
12 81 89
13 91 63 e 64 76 e 77
14 73 e 74 86 e 87
15 83 e 84 96 e 97
16 02 93 e 94 99
17 12 05 00
18 22 08 10
19 32 18 20
20 42 15 28
21 25 38
22 35 48 30
23 52 45 40
24 62 55 50
25 72 58 60
26 82 68 70
27 92 65 78
28 75 88
29 85 98 80
30 95 90

Onde pagar licenciamento final 2 2021 PR

O pagamento do licenciamento pode ser feito por internet banking, aplicativos de bancos credenciados e agências bancárias autorizadas pelo Detran PR. Os bancos são: Bancoob, Sicredi, Banco do Brasil e Banco Rendimento e seus autorizados.

Para realizar o pagamento nas agências bancárias basta informar o número de Renavam do veículo, outra opção, que serve para internet banking e aplicativo, é imprimir a guia de pagamento que fica disponível no portal online do Detran PR.

Também existe a opção de fazer o licenciamento por um despachante. Aqui no DOK é possível pagar em até 12 vezes com até 6 diferentes cartões de crédito!

Como pagar o licenciamento 2021

É possível fazer o pagamento pelo Detran do seu estado, no entanto essa opção requer deslocamento até a unidade. O DOK Despachante existe justamente para que você não perca tempo se deslocando para fazer algo que pode perfeitamente ser realizada online.

Ao entrar no site e fazer uma consulta do licenciamento, siga para a parte de pagamento e verifique as formas disponíveis.

Temos desde o pagamento à vista por boleto até parcelamento em 12 vezes com 6 cartões diferentes, agora você não vai ter desculpa para andar com seu carro prestes a ser apreendido. 

Licenciamento placa final 2 e IPVA 2021 é no DOK Despachante

  • Foi explicado que é possível consultar a atual situação do seu veículo por meio de uma consulta online feita no site no DOK Despachante, disponível de forma gratuita no site.
  • Você viu que não é possível licenciar um veículo sem efetuar o pagamento do DPVAT, IPVA e outros débitos, como eventuais multas. O DOK Despachante está à disposição para ajudar você a quitar sua dívida
  • Caso você tenha alguma dúvida sobre o licenciamento que não foi esclarecida aqui, entre em contato conosco.

Formado em Analise de Sistema e Marketing Digital no interior de São Paulo, revolucionou a maneira que pessoas fazem seu documento veicular colocando diversos serviços administrativos 100% online, criou o primeiro despachante online, estando preparado para mercado com frota de 26 milhões de veículos no estado de São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*