Os 5 carros 1.6 mais econômicos

1Nissan March

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Divulgação

Consumo energético: 1,63 MJ/Km
Consumo urbano: 8,5/9,9 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 12,6/14,4 km/l (etanol/gasolina)

2Nissan Versa

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Nissan

Consumo energético: 1,63 MJ/Km
Consumo urbano: 8,4/10 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 12,6/14,4 km/l (etanol/gasolina)

3Peugeot 208 Sport

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Divulgação

Consumo energético: 1,65 MJ/Km
Consumo urbano: 8,5/10 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 12,3/14 km/l (etanol/gasolina)

4Peugeot 208 GT

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Roberto Assunção

Consumo energético: 1,70 MJ/Km
Consumo urbano: 8,2/9,5 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 12/13,4 km/l (etanol/gasolina)

5Ford New Fiesta manual

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Roberto Assunção

Consumo energético: 1,71 MJ/Km
Consumo urbano: 8/9,9 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 11,7/14,1 km/l (etanol/gasolina)

6Hyundai HB20

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Divulgação

Consumo energético: 1,72 MJ/Km
Consumo urbano: 8,1/9,9 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 11,6/13,8 km/l (etanol/gasolina)

7Hyundai HB20X

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Roberto Assunção

Consumo energético: 1,72 MJ/Km
Consumo urbano: 8,3/9,8 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 11,6/13,4 km/l (etanol/gasolina)

8VW Fox Highline/Pepper

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Divulgação

Consumo energético: 1,73 MJ/Km
Consumo urbano: 8,2/10 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 11,3/13,5 km/l (etanol/gasolina)

9Ford New Fiesta Poweshift

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Divulgação

Consumo energético: 1,75 MJ/Km
Consumo urbano: 7,7/10 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 11/14,3 km/l (etanol/gasolina)

10Peugeot 208 automático

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Divulgação

Consumo energético: 1,76 MJ/Km
Consumo urbano: 8,1/9,1 km/l (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário: 11,7/13 km/l (etanol/gasolina)

admin3

Os dez carros nacionais mais econômicos com motor 1.6 : Sindloc-MG – Sindicato das empresas locadoras de automóveis do estado de Minas Gerais

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Confira o ranking montado com base nos resultados de consumo energético do PBE Veicular, coordenado pelo Inmetro

1. Nissan March

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Consumo rodoviário: 12,6/14,4 km/l (etanol/gasolina)

2. Nissan Versa

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Consumo rodoviário: 12,6/14,4 km/l (etanol/gasolina)

3. Peugeot 208 Sport

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Consumo rodoviário: 12,3/14 km/l (etanol/gasolina)

4. Peugeot 208 GT

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Consumo rodoviário: 12/13,4 km/l (etanol/gasolina)

5. Ford New Fiesta manual

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Consumo rodoviário: 11,7/14,1 km/l (etanol/gasolina)

6. Hyundai HB20

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Consumo rodoviário: 11,6/13,8 km/l (etanol/gasolina)

7. Hyundai HB20X

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Consumo rodoviário: 11,6/13,4 km/l (etanol/gasolina)

8. VW Fox Highline/Pepper

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Consumo rodoviário: 11,3/13,5 km/l (etanol/gasolina)

9. Ford New Fiesta Poweshift

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Consumo rodoviário: 11/14,3 km/l (etanol/gasolina)

10. Peugeot 208 automático

  • Consumo energético: 1,76 MJ/Km
    Consumo urbano: 8,1/9,1 km/l (etanol/gasolina)
  • Consumo rodoviário: 11,7/13 km/l (etanol/gasolina)
  • Por Evandro Enoshita, do Motor Show.

Carro mais econômico do Brasil: os 10 melhores

O Inmetro divulgou os dados atualizados do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBE). O números atualizados, de 2020, apontam não só qual é o carro mais econômico do Brasil como também todos os mais eficientes do ponto de vista energético.

VEJA TAMBÉM: 

Se, para você, baixo consumo de combustível é essencial em um automóvel, não perca este listão! O AutoPapo enumerou os 10 carros mais econômicos do Brasil de acordo com as tabelas do PBE. Só foram listados carros com motor a combustão, já que os híbridos, além de naturalmente levarem vantagem, têm preços mais elevados.  Confira o ranking:

1.Chevrolet Onix Plus LT é o carro mais econômico do Brasil

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

De acordo com o PBE, o Chevrolet Onix Plus LT, equipado com motor 1.0 de aspiração natural e câmbio manual, é o carro mais econômico do país. O sedã tem um consumo energético de 1,34 MJ/km e ganhou nota A do Inmetro.

Consumo
Chevrolet Onix Plus LT
Consumo urbano com etanol 10,1 km/l
Consumo urbano com gasolina 14,3 km/l
Consumo rodoviário com etanol 12,5 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 17,7 km/l

2. Renault Kwid Life

Os 5 carros 1.6 mais econômicosFoto Renault | Divulgação

A versão Life é a mais básica da linha Kwid. Não vem equipada sequer com ar-condicionado. Porém, é a mais eficiente, segundo o PBE, com um um consumo energético de 1,39 MJ/km. O hatch também recebeu nota A. Tais índices o tornam o segundo carro mais econômico do país.

Consumo
Renault Kwid Life
Consumo urbano com etanol 10,3 km/l
Consumo urbano com gasolina 14,9 km/l
Consumo rodoviário com etanol 10,8 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 15,6 km/l

3. Chevrolet Onix LS e LT hatch

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Enquanto o sedã lidera o ranking, o hatch da gama Onix é o terceiro carro mais econômico do mercado brasileiro. O consumo energético é de 1,40 MJ/km, o que lhe garante nota A do Inmetro.

Consumo
Chevrolet Onix hatch LS / LT
Consumo urbano com etanol 9,9 km/l
Consumo urbano com gasolina 13,9 km/l
Consumo rodoviário com etanol 11,7 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 16,7 km/l

4. Fiat Mobi Drive

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

A versão Drive é a única da linha Mobi equipada com motor Firefly 1.0 de três cilindros e sistema start-stop. Exatamente por isso, é também a mais econômica: quando o propulsor está associado ao câmbio manual, o modelo alcança consumo energético é de 1,43 MJ/km. O subcompacto ganhou nota A.

Consumo
Fiat Mobi Drive
Consumo urbano com etanol 9,7 km/l
Consumo urbano com gasolina 13,8 km/l
Consumo rodoviário com etanol 11,5 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 16,4 km/l

5. Volkswagen up! Connect

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Na versão Connect, o Volkswagen up! tem motor 1.0 alimentado por injeção direta e turbocompressor, além de câmbio manual. Esse conjunto assegurou um consumo energético de 1,44 MJ/km, além de nota A.

Consumo
Volkswagen up! Connect
Consumo urbano com etanol 9,6 km/l
Consumo urbano com gasolina 14,1 km/l
Consumo rodoviário com etanol 11,1 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 16,0 km/l

6. Peugeot 208 Active

Os 5 carros 1.6 mais econômicos

O Peugeot 208 Active vem equipado com um motor 1.2 de três cilindros capaz de se destacar em economia de combustível. O hatch tem consumo energético de 1,46 MJ/km e nota A no PBE. Ele é o carro mais econômico do mercado com cilindrada maior que 1.0.

Consumo
Peugeot 208 Active
Consumo urbano com etanol 9,6 km/l
Consumo urbano com gasolina 13,9 km/l
Consumo rodoviário com etanol 10,7 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 15,5 km/l

7. Fiat Argo Drive 1.0

Os 5 carros 1.6 mais econômicosFiat Argo 1.0 Drive

A dupla formada por motor FireFly 1.0 sistema start-stop colocou mais um carro da Fiat na lista: o Argo Drive. Com um consumo energético de 1,48 MJ/km, ele também exibe nota A.

Leia também:  Sedan Toyota Corolla em São Paulo cor Prata
Consumo
Fiat Argo Drive 1.0
Consumo urbano com etanol 9,8 km/l
Consumo urbano com gasolina 14,2 km/l
Consumo rodoviário com etanol 10,8 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 14,5 km/l

8. Ford Ka hatch S 1.0 e Sedan SE 1.0

Os 5 carros 1.6 mais econômicosKa: ambos eram produzidos em Camaçari (BA)Os 5 carros 1.6 mais econômicos

  • Os 5 carros 1.6 mais econômicos

Com qualquer uma das duas opções de carroceria, o Ka mantém exatamente os mesmos números de consumo, desde que o motor seja 1.0, segundo o PBE. Hatch e sedã têm gasto energético de 1,49 MJ/km e nota B.

Consumo
Ford Ka hatch S 1.0 / Sedan SE 1.0
Consumo urbano com etanol 9,3 km/l
Consumo urbano com gasolina 13,3 km/l
Consumo rodoviário com etanol 10,8 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 15,6 km/l

9. Fiat Cronos Drive 1.3

O Fiat Cronos Drive com motor 1.3, sistema Start-Stop e câmbio manual é eficiente. Segundo o PBE, o consumo energético de 1,50 MJ/km e nota B em sua categoria.

Consumo
Fiat Cronos Drive 1.3
Consumo urbano com etanol 9,3 km/l
Consumo urbano com gasolina 13,0 km/l
Consumo rodoviário com etanol 11,1 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 15,6 km/l

10. Renault Logan Expression e Authentique

As aferições em km/l do Renault Logan 1.0, nas versões Expression e Authentique, foram ligeiramente inferiores às do Fiat Cronos Drive 1.3. Por isso, ele ficou abaixo do concorrente no ranking, embora ambos tenham empatado no consumo energético de 1,50 MJ/km e na classificação com nota B.

Consumo
Renault Logan Expression / Authentique
Consumo urbano com etanol 9,4 km/l
Consumo urbano com gasolina 14,0 km/l
Consumo rodoviário com etanol 10,2 km/l
Consumo rodoviário com gasolina 14,9km/l
  • Acompanhe o AutoPapo também no YouTube!

Fotos | Divulgação

SOBRE

Os 20 carros mais econômicos do Brasil

Em tempos de gasolina custando mais de R$ 4 o litro – e aumentando frequentemente -, todas as dicas para gastar menos combustível são bem-vindas. Seja otimizando a maneira de dirigir ou pesquisando preços nos postos da região, o fato é que cada vez mais pessoas têm procurado maneiras de economizar.

Para quem ainda não escolheu qual modelo comprar, a primeira dica para gastar menos gasolina é escolher um carro econômico. Uma boa fonte de consulta é o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que todos os anos faz um levantamento com o consumo dos carros que circulam no Brasil.

Preparamos uma lista com os 20 carros mais econômicos, segundo a pesquisa feita pelo Inmetro em 2017. Os modelos que lideram são os chamados híbridos, com motor elétrico e a gasolina. Levamos em consideração o consumo do litro da gasolina por quilômetro, rodando na cidade. O critério de desempate foi o consumo na estrada. Confira a lista!

1. Toyota Prius: 18,9 km/l na cidade

17 km/l na estrada

Motor: 1.8 ­16V (NGA e NGA Top)

Os 5 carros 1.6 mais econômicosModelo híbrido, Toyota Prius é o mais econômico de 2017

2. Ford Fusion: 16,8 km/l na cidade

15,1 km/l na estrada

Motor: 2.0­ 16V (Hybrid)

3. Volvo XC90 T8 2018: 16,4 km/l na cidade

18,9 km/l na estrada

Motor: 2.0­ 16V (T8 Excellen, T8 Inscript, T8 Momentum e T8 R­Design)

4. Lexus CT200H: 15,7 km/l na cidade

14,2 km/l na estrada

Motor: 1.8­ 16V (CT200H e F Sport)

Os 5 carros 1.6 mais econômicosDois modelos do Lexus CT200H dividem o quarto lugar: CT200H e F Sport

5. Volvo XC90: 15,3 km/l na cidade

15,8 km/l na estrada

Motor: 2.0­ 16V (T8 Excellence, T8 Inscription, T8 Momentum e T8 R­Design)

6. Renault Kwid: 14,9 km/l na cidade

15,6 km/l na estrada

Motor: 1.0 ­12V (Intens, Life, Zen)

7. Peugeot 208: 14,8 km/l na cidade

15,8 km/l na estrada

Motor: 1.2­ 12V (Active, Act Pack e Allure)

8. Volkswagen UP! TSI 2018: 14,3 km/l na cidade

16,3 km/l na estrada

Motor: 1.0­ 12V (Move rodas aro 14″)

9. Citroën C3: 14,3 km/l na cidade

Os 5 carros 1.6 mais econômicosC3 representa a Citroën entre carros mais econômicos

15,6 km/l na estrada

Motor: 1.2 ­12V (Origine, Attraction, Tendance, M Style)

10. Volkswagen UP! 2018: 14,2 km/l na cidade

15,3 km/l na estrada

Motor: 1.0­ 12V (Take e Move)

11. Fiat Argo: 14,2 km/l na cidade

15,1 km/l na estrada

Motor: 1.0 ­6V (Drive)

Os 5 carros 1.6 mais econômicosArgo foi o modelo mais econômico da Fiat em 2017

12. Renault Sandero: 14,2 km/l na cidade

14,1 km/l na estrada

Motor: 1.0­ 12V (Authentique e Expression)

Os 5 carros 1.6 mais econômicosSandero é mais um Renault entre os mais econômicos

13. Volkswagen UP! TSI 2018: 14,1 km/l na cidade

16,0 km/l na estrada

Motor: 1.0­ 12V (Move e High rodas aro 15″)

14. Fiat Mobi: 14,0 km/l na cidade

15,9 km/l na estrada

Motor: 1.0­ 6V (Drive GSR)

15. Volkswagen UP! 2018: 14,0 km/l na cidade

15,8 km/l na estrada

Motor: 1.0­ 12V (Run / High e Move IMotion)

Os 5 carros 1.6 mais econômicosEntre os 20 carros mais econômicos do Brasil, cinco modelos são de UP!

16. Renault Logan 2018: 14,0 km/l na cidade

14,9 km/l na estrada

Motor: 1.0 ­12V (Authentique e Expression)

17. Peugeot 208 2018: 13,9 km/l na cidade

15,5 km/l na estrada

Motor: 1.2 ­12V (Active, Act Pack e Allure)

Os 5 carros 1.6 mais econômicos208 é o modelo mais econômico da Peugeot

18. Volkswagen UP! TSI: 13,8 km/l na cidade

16,1 km/l na estrada

Motor: 1.0 ­12V (Move, High, Black, White, Red e Speed)

19. Renault Logan: 13,8 km/l na cidade

14,5 km/l na estrada

Motor: 1.0 ­12V (Authentique e Expression)

20. Fiat Mobi: 13,7 km/l na cidade

16,1 km/l na estrada

Motor: 1.0 ­6V (Drive)

Descubra quais são os carros 1.6 mais econômicos da VW

Por Cleiton Reis – 13/11/2019

É um fato que os brasileiros gostam de carros. Temos certeza que uma das principais características que você busca em um automóvel é a economia de combustível, certo? Você sabia que há vários modelos de carros 1.6 mais econômicos? Neste post, você conhece mais sobre como funcionam os 1.6 e conhece aqueles que se enquadram nessa categoria. 

Leia também:  Carros 2020 em São Paulo a Diesel com final da placa 9,0

E aí, ficou interessado? Então, acompanhe a leitura!

O que são cilindradas?

Você encontra vários modelos de automóveis no mercado. Os mais comuns são os de motor 1.0, 1.4, 1.6, 1.8 e 2.0. Esses números se referem às cilindradas do motor, ou seja, ao volume interno dos cilindros. 

Os cilindros são as peças onde há a combustão entre o combustível, a faísca e o ar. Eles são os responsáveis pela movimentação dos pistões e pela força que é colocada no veículo em movimento. Por isso, quanto maior a cilindrada, mais potente será o automóvel.  

Quais as principais características do motor 1.6?

O motor 1.6 tem mais arranque, é mais potente e não exige que você troque tanto as marchas. Portanto, quando o assunto é ultrapassagem, você não fica na mão. Enquanto um automóvel 1.0 é excelente para as estradas e ruas que não exigem muita força, o carro 1.6 oferece mais potência quando há um aclive (subida íngreme).

Se você pretende utilizar o automóvel para viajar ou quer levar a família e várias bagagens, o modelo 1.6 é o ideal. Quanto maior torque produzido pelo motor, maior é a capacidade cúbica. Isso ajuda – e muito – a manter a velocidade média nas viagens.

Você já deve ter escutado por aí que o automóvel 1.6 consome mais combustível. Na realidade, isso acontece por alguns motivos específicos e, além disso, há carros 1.6 mais econômicos. Veja alguns exemplos de fatores que podem aumentar o consumo do automóvel: 

Calibragem errada dos pneus

Os pneus são o único ponto de contato do veículo com o solo, têm um papel crucial nas questões de consumo de combustível e podem afetar até mesmo os carros 1.6 mais econômicos.

Sendo assim, se você procura por um modelo de automóvel e pretende comprar um carro 1.6, deve ficar atento à calibragem dos pneus.

Verifique qual é a recomendada pelo fabricante e faça a manutenção a cada 15 dias ou semanalmente.

Carro cheio

Outro fator que faz o automóvel consumir mais combustível, inclusive dos carros 1.6 mais econômicos, são os momentos que antecedem a viagem.

Se você pega a estrada com o carro cheio de bagagem e passageiros, precisa calibrar os pneus. Todos os modelos de automóveis possuem uma pressão que é recomendada quando o veículo está carregado.

Para descobrir qual é a sua, basta ver o manual do proprietário do veículo.

Combustível adulterado

É preciso ter cuidado com o combustível adulterado. Esse é um grave problema no Brasil e pode provocar danos ao motor, inclusive dos carros 1.6 mais econômicos. Dependendo do problema, você pode não sentir as mudanças na tocada do automóvel, e só perceber alguma coisa quando checar a média de consumo no computador de bordo ou quando encostar novamente na bomba de combustível.

Pé pesado

A maneira de dirigir também influencia no consumo, até mesmo dos carros 1.6 mais econômicos. É por isso que, muitas vezes, várias pessoas da mesma família obtêm médias distintas com um mesmo automóvel, mesmo que ele não tenha passado por manutenção. Em outras palavras, o motorista que conduz o veículo de forma mais suave gasta menos álcool, gasolina ou diesel.

Quais as principais diferenças entre os motores 1.0 e 1.4?

Veja também algumas diferenças entre os motores 1.0 e 1.4 e compare com os modelos 1.6.

Motor 1.0

O motor 1.0 precisa de menos combustível para rodar. Ele é mais econômico. No entanto, têm baixa performance em relação aos outros motores.

Esses automóveis são os mais indicados para quem roda na cidade e não percorre grandes distâncias.

Mas se você quer um carro mais potente, principalmente em subidas e pistas longas, deve pensar em um modelo 1.6 -ele é o mais indicado para este tipo de situação.

Motor 1.4

O motor 1.4 é considerado o mais querido entre os consumidores que buscam economia e que não querem perder tanto no desempenho. Ele é um meio termo entre esses dois fatores, pois garante um carro com maior desempenho do que um 1.0 e, ainda assim, é econômico. Perfeito para você que deseja rodar dentro da cidade, gastar menos, mas não quer perder a potência do veículo.

Qual é o tipo de combustível mais indicado para o 1.6?

O combustível mais indicado para o motor 1.6 é o recomendado pelo fabricante do automóvel. Além disso, antes de abastecer, observe o posto de combustível, converse com outras pessoas que abastecem no local e peça opiniões. Veja a procedência da gasolina e do etanol. 

Como é feita a manutenção do motor?

Limpe os bicos injetores

Se o automóvel apresentar dificuldade em dar a partida ou estiver com o consumo de combustível elevado, é sinal de que os bicos injetores precisam ser limpos.

As válvulas não entopem, mas há filtros internos que podem ser substituídos. O diagnóstico é feito com um equipamento especial na própria concessionária autorizada.

Se houver alguma diferença entre os injetores, é preciso fazer a equalização com uso de uma máquina específica.

Dê atenção à injeção indireta

A alimentação do combustível é pressurizada a 200 bar e os injetores devem ser verificados quando há sinais de problema. Algumas válvulas de injeção permitem reparos, como a troca de componentes.

Utilize o óleo recomendado

Sempre utilize o óleo recomendado no manual do proprietário do carro, isso vale independentemente da quilometragem rodada. Além disso, faça as trocas no prazo indicado e jamais complete o nível. Se houver vazamento, corrija e troque o óleo. Sempre que fizer a troca, faça o mesmo com o filtro, pois isso evitará que o lubrificante seja contaminado por impurezas do filtro antigo.

Tome cuidado com o radiador

É importante cuidar para que a água esteja na proporção correta do aditivo. Você deve fazer a manutenção do radiador periodicamente e observar a temperatura de trabalho do motor. Quando o motor operar acima ou abaixo da temperatura, quer dizer que há necessidade de revisão e manutenção preventiva.

Leia também:  Carros Peugeot Automático com Rodas de liga leve, Vidro elétrico com final da placa 5,6

Quais os carros 1.6 mais econômicos da Volkswagen?

Confira nossa lista dos carros mais econômicos da Volks e escolha o que mais se adequa às suas necessidades:

Polo MSI 2018

O Polo MSI 2018 é um dos carros 1.6 mais econômicos. Ele tem boas saídas, e retomadas condizentes. Necessita de giros mais altos para compensar o torque, mas nada fora do normal ou que incomode, e o melhor: não prejudica o consumo de combustível.

O automóvel possui marchas bem distribuídas, engates macios e precisos, além de ter uma tocada prazerosa e de não gerar vícios.

Consumo

Na cidade  – 9,8 km/litro com gasolina

Na estrada – 14,4 km/litro com gasolina

Novo Polo motor 1.6 MSI

Os 10 carros mais econômicos testados por QUATRO RODAS em 2018

Consumo de combustível é um dos assuntos mais comentados pelos leitores de QUATRO RODAS. Desta vez, reunimos os carros que se mostraram mais econômicos em nossos testes instrumentados ao longo de 2018.

Atenção: vale reforçar que esta é uma retrospectiva específica de 2018, por isso só estão presentes modelos testados ao longo deste ano. Modelos cujos dados foram auferidos em anos anteriores estão fora do ranking. Confira a lista:

10º – Volvo S90 T8 – 13,2 km/l

Sedã de luxo é mais eficiente do que parece Divulgação/Volvo

Um sedã com 407 cv e 4,96 m entre os 10 mais eficientes? Sim. Trata-se do Volvo S90, maior sedã da marca sueca que chega ao Brasil apenas na configuração híbrida T8. Tem motor 2.0 turbo de 320 cv a gasolina e outro elétrico com potência equivalente a 87 cv para ajudar a fazer ótimos 13,2 km/l na cidade.

9º – Fiat Cronos 1.3 Drive GSR – 13,4 km/l

8º – Fiat Cronos 1.3 Drive – 13,6 km/l

Versão Drive é a mais simples, com motor 1.3 Firefly divulgação/Fiat

Principal lançamento da Fiat em 2018, o Cronos registrou bons números de consumo. Tanto que foi o único modelo a entrar duas vezes em nossa lista. Era algo esperado: o motor 1.3 Firefly de 109 cv é muito eficiente. Mas a versão com câmbio manual conseguiu obter resultado ligeiramente melhor do que com câmbio automatizado GSR.

7º – Lexus NX 300h – 13,8 km/l

SUV híbrido garantiu seu lugar na lista Divulgação/Lexus

Primeiro SUV híbrido da Lexus no Brasil, o NX 300h combina motor 2.5 Atkinson a gasolina de 155 cv com um elétrico de 143 cv. Trabalhando em conjunto eles entregam potência máxima combinada de 195 cv.

Continua após a publicidade

6° – JAC T40 1.6 CVT – 14,2 km/l

Motor 1.6 é mais eficiente do que se imagina Christian Castanho/Quatro Rodas

O JAC T40 tem exatamente o mesmo conjunto mecânico do T50, mas não alcançou o irmão maior e mais pesado. Ainda assim, conseguiu um louvável sexto lugar.

5º – Renault Kwid Intense 1.0 (Longa Duração) – 14,6 km/l

Kwid: no topo do mirante de Maresias (SP). Compacto testado vai percorrer 60.000 km Renato Pizzutto/Quatro Rodas

Outro carro que entrou para a frota do Longa Duração e para o nosso ranking de mais eficientes foi o Renault Kwid. Seu motor 1.0 três cilindros sem variação da abertura das válvulas tem 70 cv e é bastante simples, mas os 786 kg do carro (na versão de topo Zen) colaboram para um bom consumo.

4º – VW Move 1.0 Up I-Motion – 15,0 km/l

Na linha 2018, o Up! ganhou para-choques que lhe deram um ar mais esportivo Divulgação/Volkswagen

O motor 1.0 três cilindros de 82 cv da Volkswagen é um dos mais eficientes do Brasil. Em 2018, testamos apenas a configuração com câmbio automatizado I-Motion e nem ela nos decepcionou: que obteve bons 15 km/l em regime urbano e 17,3 km/l no rodoviário.

3º – JAC T50 1.6 CVT – 15,1 km/l

Evolução do JAC T5, T50 chega reestilizado e com novo motor Christian Castanho/Quatro Rodas

O novo motor 1.6 16V a gasolina não tem o melhor casamento com o câmbio  CVT da JAC, mas isso não prejudicou o consumo. Além de ser o motor 1.6 aspirado mais potente do Brasil (tem 138 cv e 17,1 mkgf), também é o mais eficiente. Mas, claro, o fato de não ser flex joga a seu favor.

2° – Lexus CT200h 1.8 – 22,7 km/l

Híbrido tem mecânica semelhante a do Toyota Prius Divulgação/Lexus

Com conjunto mecânico semelhante ao do Prius, o Lexus CT200h é praticamente uma versão mais luxuosa. Mas algumas características “pesam” contra ele, como os 65 kg a mais em peso (rá!) e o maior arrasto aerodinâmico (0,29 Cx, contra 0,24 do Prius). Ainda assim, é um consumo e tanto.

1° – Toyota Prius 1.8 (Longa Duração) – 24,9 km/l

O Toyota Prius está na metade do teste de Longa Duração Henrique Rodriguez/Quatro Rodas

Em 2018 compramos o primeiro híbrido da frota do Longa Duração e você pode acompanhar nossa experiência com ele até os 60.000 km, quando o desmontaremos. Por enquanto, o modelo que combina motor 1.8 Atkinson com um elétrico leva, sem surpresas, o título de carro mais eficiente testado por QUATRO RODAS no ano.

Posição
Modelo
Consumo Urbano (km/l)

10º

Toyota Prius 1.8 (Longa Duração) 24,9
Lexus CT200h 1.8 22,7
JAC T50 1.6 CVT 15,1
VW Move 1.0 Up I-Motion 15,0
Renault Kwid Intense 1.0 (Longa Duração) 14,6
JAC T40 1.6 CVT 14,2
Lexus NX300h 13,8
Fiat Cronos 1.3 Drive 13,6
Fiat Cronos 1.3 Drive GSR 13,4
Volvo S90 T8 13,2

Continua após a publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*