Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0

Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0

1 / 11

R$ 36.900

R$ 39.890

  • Aceita troca
  • IPVA pago
  • Único dono

Publicado em 19/04 às 20:17

Publicado em 19/04 às 20:17-cód. 850047930-anúncio profissional

MEGA FEIRÃO LUCAR PRIME * TRANSFERÊNCIA GRÁTIS * ADESÃO DO SEGURO GRÁTIS * TAQUE CHEIO GRÁTIS Lucar Prime tem mais de 15 anos no mercado automotivo, sempre com respeito, responsabilidade e transparência com nossos clientes! CONSULTORES 24H NO WHATSAPP Luan silva (21) 9954… ver número
Robson (21) 9700… ver número
Thiago (21) 9790…

ver número * Pagamos até 100% da FIPE do seu usado (Mediante a critérios na avaliação) * Valor anunciado mais entrada sugerida de cinco mil reais para compor valor total do veículo * Sigam nossa loja nas redes sociais @LUCARPRIME, vejam nossos vídeos, novidades diárias e concorram à prêmios.

* Parcelamos sua entrada no cartão de crédito em até 12x OBS: A LUCAR PRIME vem informar que em hipótese alguma pega SINAL de seus CLIENTES sem ter aprovação do financiamento. Para reserva de nosso carro, SINAL sempre com valores entre R$500,00 até R$1.

000,00 com transparência e com datas estipuladas na venda para ambas as partes! Ligue agora e faça uma simulação e veja seu sonho se tornar realidade! Visite a nossa loja! Estrada Intendente Magalhães, N° 940 Vila Valqueire RJ. Em frente ao alô volks. *Taxas a partir de 0,99%a.

m, financiamento em até 60x fixas no cdc ou leasing entrada sugerida podendo ser parcelado no cartão de crédito. valor anunciado refere-se ao valor financiado, com pequena entrada para compor o valor total do veículo, para pagamento à vista entre em contato #Lucar Primes #Veiculos #Carro #uber #olx #99taxi

Localização

Dicas de segurança

  • Fique atento a preços abaixo do mercado e a excessos de facilidades.
  • Não faça pagamentos antes de verificar se o veículo existe.
  • Antes de fechar negócio, sempre busque pelo histórico do veículo.
  • Fique atento a preços abaixo do mercado e a excessos de facilidades.
  • Não faça pagamentos antes de verificar se o veículo existe.

Dicas de segurança

Não faça pagamentos antes de verificar se o veículo existe.Ver todas as dicas.

Irregularidades no anúncio?Denunciar

Pagamento do IPVA 2021 com desconto começa em 16 de dezembro

Pagar o tributo em dezembro garante redução no valor pela antecipação e por não ter o reajuste da UPF

A partir do dia 16 de dezembro, proprietários de veículos do Rio Grande do Sul já podem pagar o IPVA 2021 (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) com desconto.

Pagar o tributo antecipado até 30 de dezembro pode garantir ainda mais economia no bolso do cidadão, considerando o desconto de 3% pela antecipação e ainda ter o valor da Unidade de Padrão Fiscal (UPF/RS) nos patamares de 2020.

Na virada do ano, há atualização do valor, estimado em 3,54%.

As vantagens podem ser ainda maiores para os proprietários de veículos que tiverem os descontos de Bom Motorista e Bom Cidadão. Pagando antecipadamente em dezembro e com a soma de todos os descontos máximos disponíveis, é possível obter redução de 25,05% sobre o valor total do IPVA.

O total da frota no Rio Grande do Sul é de aproximadamente 7 milhões de veículos, sendo 53,1% tributáveis e 46,9% isentos. Entre as principais isenções estão veículos com mais de 20 anos (cerca de 2,5 milhões de veículos) e veículos cujo valor do imposto é inferior a 4 UPF (uma UPF vale R$ 20,30).

As alíquotas incidentes sobre o valor dos veículos permanecem as mesmas, sendo 3% para automóveis e camionetes, 2% para motocicletas e 1% para caminhões, ônibus, micro-ônibus e automóveis e camionetes para locação.

Para definir o valor do tributo, é utilizado como base de cálculo o preço médio de mercado. Para veículos novos, vale como referência o preço da nota fiscal.

Em média, o valor do imposto em 2021 terá redução estimada em 4,6% (depreciação da frota) para os cerca de 3,8 milhões de veículos tributáveis.

O valor do tributo estará disponível para consulta antes de 16 dezembro, data de início do calendário de pagamento.

A expectativa da Secretaria da Fazenda é arrecadar R$ 3,1 bilhões com o IPVA 2021, valor que é repartido automaticamente 50% para o Estado e 50% para o município do licenciamento do veículo. Pelas estimativas da Receita Estadual, o período de pagamento antecipado, até 30 de dezembro, deve representar arrecadação bruta de cerca de R$ 900 milhões.

Exemplo de economia com pagamento antecipado em dezembro:

  • Um veículo Ford/KA SE 1.0, ano 2019, cujo valor base do IPVA 2021 considerando uma atualização da nova UPF (hoje estimada em 3,54%) será de R$ 1.211,73.
  • Optando pelo pagamento ainda em 2020, o contribuinte não incorrerá na atualização monetária (estimada em 3,54%) e ainda tem o desconto de 3%, o que reduziria o pagamento para R$ 1.135,19.
  • Assim, o proprietário desse Ford/KA, cujo final da placa é 1 pode antecipar o pagamento do IPVA 2021 de 1º de abril (vencimento da placa 1) para 30 de dezembro.
  • O que é mais vantajoso financeiramente: quitar o IPVA antecipado de R$ 1.135,19 ou manter este valor numa aplicação financeira que rende Selic (atualmente em 2% ao ano) desde dezembro de 2020 até 1º de abril, para então quitá-lo?
  • Se preferir quitar o IPVA em 1º de abril e destinar, em 30 de dezembro, os R$ 1.135,19 para uma aplicação que rende Selic, o proprietário terá rendimento de R$ 5,81 até 1º de abril, desconsiderando o efeito de impostos e taxas que incidam sobre a aplicação financeira. Nessa data, resgatará a aplicação financeira (R$ 1.141) para quitar o valor de R$ 1.211,73 do IPVA 2021, o que exigirá desembolsar R$ 70,72 adicionais.
  • Alternativamente, em 30 de dezembro deste ano, esse proprietário poderia destinar os mesmos R$ 1.135,19 para quitar o IPVA 2021 e não precisaria desembolsar nenhum valor adicional em 1º de abril. Ou seja, o rendimento bruto auferido na aplicação financeira (R$ 5,81) em 1º de abril é inferior à economia capturada com a quitação antecipada do IPVA (R$ 76,54) em 30 de dezembro.
  • Se o proprietário desse veículo tiver o desconto máximo do Bom Motorista que é de 15%, referente ao período de três anos sem infrações de trânsito, e o desconto máximo do Bom Cidadão, inscrito no programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG) e com 150 ou mais notas fiscais com CPF, terá mais 5% de vantagem. Além disso, contará com mais 3% pela antecipação do pagamento do IPVA. No resultado final, se optar por quitar o IPVA até 30 de dezembro, este cidadão pagará um total de R$ 908,15.
Leia também:  Kleszcze – jakie przenoszą choroby?

Parcelamento

Outra possibilidade de pagamento do IPVA 2021 é o parcelamento com desconto. Para isso, o proprietário do veículo precisa pagar a primeira parcela até 29 de janeiro, com 3% de desconto. As próximas duas serão em fevereiro, até o dia 26 com redução de 2%, e março, até o dia 31 com desconto de 1%. Nesses casos, os valores já estarão atualizados pela variação da UPF.

Além dos descontos pela antecipação, os proprietários que optarem pelo parcelamento também podem obter os descontos de Bom Motorista e Bom Cidadão, se tiverem direito.

Para fazer o parcelamento é obrigatório o pagamento em três vezes dentro dos prazos estipulados. Por exemplo, se o proprietário resolver parcelar em fevereiro o imposto não será mais possível. É imprescindível o pagamento da primeira parcela ainda dentro do mês de janeiro.

 Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0

Calendário vai até abril, quando vencem as placas

Além do pagamento antecipado em dezembro ou a opção pelo parcelamento, também é possível pagar o IPVA antecipadamente e com desconto em uma única parcela no mês de janeiro (desconto de 3%), fevereiro (2%) ou março (1%).

O calendário final de pagamento do IPVA 2021 se encerra em abril, conforme o final da placa de cada veículo. No mês de abril o proprietário do veículo só contará com os descontos de Bom Motorista e Bom Cidadão, se tiver.

O vencimento em 2021 segue a seguinte ordem:

Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0

Desconto do Bom Motorista

Os descontos para bons motoristas variam em três faixas conforme o período sem infrações cometidas no trânsito. Para os condutores que não tiveram registro de infrações nos sistemas de informações do Estado no período entre 1º de novembro de 2017 a 31 de outubro de 2020 (três anos), a redução será de 15%.

Quem não teve multa depois de 1º de novembro de 2018 (dois anos) recebe desconto de 10% e, depois de 1º de novembro de 2019 (um ano), tem direito a um benefício de 5%.

De toda a frota tributável, 49,3% terão descontos, sendo cerca de 1 milhão de veículos com direito a 15% de redução no tributo por apresentarem três anos sem infrações de trânsito.

Desconto do Bom Cidadão (NFG)

Também em três faixas, a redução no valor do IPVA pelo Bom Cidadão resulta da participação do contribuinte (pessoa física) no programa da Nota Fiscal Gaúcha (NFG) e a solicitação de notas com CPF na hora da compra.

O desconto máximo de 5% será para quem tiver 150 notas ou mais, de 3% para quem tiver entre 100 a 149 notas e de 1% para o contribuinte entre 51 a 99 documentos fiscais devidamente registrados.

Ao todo, 15,3% da frota tributável terá direito ao benefício.

Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0

Serviço

  • Quem paga: todos os proprietários de veículos automotores fabricados a partir do ano 2002
  • Como pagar: para quitar o imposto, o proprietário deverá apresentar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Junto com o IPVA, é possível pagar taxa de licenciamento e multas de trânsito
  • Onde pagar: a partir de 16 de dezembro, no Banrisul, Bradesco, Santander, Sicredi, Caixa (agências lotéricas) e Banco do Brasil (somente para clientes).
  • Alíquotas do IPVA no RS:3% – automóveis e camionetas2% – motocicletas
  • 1% – caminhões, ônibus, micro-ônibus e automóveis e camionetas para locação.

A partir de R$999 – Dúvidas no Chat

Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0

Onix 1.0 LT FLEX
Gasto mensal:
R$ 1.656,00

DESVANTAGENS:

  • Tempo e dinheiro com burocracia
  • Preocupação com manutenção
  • Dor de cabeça para vender o carro depois

Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0

Onix 1.0 LT FLEX Gasto mensal: R$ 1.390,00

VANTAGENS:

  • Sem necessidade de entrada
  • Sem gastos com juros e financiamento
  • Seguro e documentação por nossa conta

Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0

“Serviço Diferenciado! Iniciei recentemente o uso do serviço e estou completamente satisfeito! Desde o primeiro contato, a qualidade do serviço foi impecável, onde sempre busca atender suas necessidades com rapidez, eficiência e flexibilidade.

Contratei seguindo o conceito de locação por um grande período (18 meses) e vi desde o primeiro mês que a tabela comparativa do site com os custos e ganhos de locação vs compra são perfeitamente válidos! Se deseja acessar um carro 0km sem preocupação, com todos os features embutidos (seguro, IPVA e etc) sem ter o problema de se descapitalizar ou estar sujeito as altas taxas de juros, este é o serviço mais que adequado. Recomendo!”

Daniel D. Ribeiro

“Tive a experiencia de contratar um Carro Fácil da Porto Seguro com a corretora Yosef Seguros, e posso garantir foi o melhor atendimento que já recebi na contração de serviços.

Desde o começo a Dayane me atendeu com total atenção e cuidado, me ajudou durante todo o processo na escolha do plano e do carro, inclusive com promoções e descontos que me fizeram optar por uma opção muito melhor do que a inicial. Sem dúvida é uma empresa que se preocupa com o cliente e não apenas com a venda.

Recomendo 100%, inclusive já indiquei para meus amigos e familiares. Feliz pelo serviço contratado e feliz por encontrar essa corretora!”

Tiago Leme Lombardi

“Tive uma ótima experiência contratando a Yosef Seguros e a Porto Seguro Carro Fácil, tanto no ótimo atendimento como na rapidez com que todo o processo foi concluído.

Vale ressaltar também a praticidade, comodidade e tranquilidade que se tem na locação do automóvel, tendo em vista que toda a parte burocrática e barreiras que se encontra ao comprar um carro zero km deixam de existir nessa modalidade.

E com uma boa administração financeira do valor que seria usado para adquirir um carro zero km você pode obter um ganho de capital considerável em relação ao investimento no carro novo. Acredito que está na hora do brasileiro parar de ver o carro como um bem durável (o que ele não é), e passar a vê-lo como um serviço de transporte e conforto.”

Leia também:  Bóle podbrzusza – przyczyny bólu w dole brzucha

Igor Ferreira Cruz

“Optei por assinar o Carro Fácil há 02 anos, comecei com um hoje temos dois contratos.Bem atendidos pela PRF Corretora, foi simples fazer a escolha, as contas com depreciação, seguro e IPVA são bem claras, a cada troca de carro que fazíamos perdíamos mais dinheiro, assim foi determinante escolher um carro por assinatura com as vantagens do Carro Fácil.

Recomendamos a todos o serviço e a corretora.”

Rodrigo Martins

“Fiz a adesão ao Carro Fácil após indicação de amigos, estou muito contente com tudo, preços, atendimento que recebi desde que assinei. Super recomendo aos amigos, os carros são zero km e ainda escolhemos cor e final de placa, não tenho mais preocupação com seguro e IPVA e revisões.”

Francielle Mello de Oliveira

Rio de Janeiro

Megacity in Rio de Janeiro, Brazil
This article is about the city. For the state, see Rio de Janeiro (state). For other uses, see Rio de Janeiro (disambiguation).

Municipality in Southeast, BrazilRio de JaneiroMunicipalityMunicípio do Rio de JaneiroFrom the top, clockwise: panorama of the buildings of the Rio Downtown; statue of Christ the Redeemer on Corcovado; Sugarloaf Mountain with Botafogo's beach; Barra da Tijuca beach with the Pedra da Gávea at background; Museum of Tomorrow in Plaza Mauá with Rio–Niterói Bridge at background and tram of Santa Teresa.
FlagCoat of armsNickname(s): Cidade Maravilhosa (Marvellous City) Princesa Maravilhosa (Marvellous Princess) Cidade dos Brasileiros (City of Brazilians)Location in the state of Rio de JaneiroRio de JaneiroLocation within BrazilShow map of BrazilRio de JaneiroLocation within South AmericaShow map of South AmericaCoordinates: 22°54′41″S 43°12′21″W / 22.911366°S 43.205916°W / -22.911366; -43.205916Coordinates: 22°54′41″S 43°12′21″W / 22.911366°S 43.205916°W / -22.911366; -43.205916Country BrazilRegionSoutheastState Rio de JaneiroHistoric countries Kingdom of Portugal United Kingdom of Portugal, Brazil and the Algarves Empire of BrazilSettled1555Founded1 March 1565[1]Named forSaint SebastianGovernment • TypeMayor-council • BodyMunicipal Chamber of Rio de Janeiro • MayorEduardo Paes (DEM) • Vice MayorNilton Caldeira (PL)Area • Municipality1,221 km2 (486.5 sq mi) • Metro4,539.8 km2 (1,759.6 sq mi)Elevation2 m (7 ft)Highest elevation1,020 m (3,349 ft)Lowest elevation0 m (0 ft)Population (2020 [2])[3] • Municipality6,747,815 • Rank2nd • Urban11,616,000 • Metro12,280,702 (2nd) • Metro density2,705.1/km2 (7,006/sq mi)Demonym(s)CariocaTime zoneUTC−3 (BRT)Postal Code20000-001 to 23799-999Area code(s)21Websiteprefeitura.rio
UNESCO World Heritage SiteOfficial nameRio de Janeiro: Carioca Landscapes between the Mountain and the SeaTypeCulturalCriteriaviDesignated2012 (36th session)Reference no.1100State PartyBrazilLatin America and Europe

Rio de Janeiro (/ˈriːoʊ di ʒəˈnɛəroʊ, – deɪ -, – də -/; Portuguese: [ˈʁi.u d(ʒi) ʒɐˈne(j)ɾu] (listen);[4]), or simply Rio,[5] is the second-most populous city in Brazil and the sixth-most populous in the Americas. Rio de Janeiro is the capital of the state of Rio de Janeiro, Brazil's third-most populous state, after São Paulo and Minas Gerais. Part of the city has been designated as a World Heritage Site, named “Rio de Janeiro: Carioca Landscapes between the Mountain and the Sea”, by UNESCO on 1 July 2012 as a Cultural Landscape.[6]

Founded in 1565 by the Portuguese, the city was initially the seat of the Captaincy of Rio de Janeiro, a domain of the Portuguese Empire. Later, in 1763, it became the capital of the State of Brazil, a state of the Portuguese Empire.

In 1808, when the Portuguese Royal Court transferred itself from Portugal to Brazil, Rio de Janeiro became the chosen seat of the court of Queen Maria I of Portugal, who subsequently, in 1815, under the leadership of her son, the prince regent, and future King João VI of Portugal, raised Brazil to the dignity of a kingdom, within the United Kingdom of Portugal, Brazil, and Algarves. Rio stayed the capital of the pluricontinental Lusitanian monarchy until 1822, when the War of Brazilian Independence began. This is one of the few instances in history that the capital of a colonising country officially shifted to a city in one of its colonies. Rio de Janeiro subsequently served as the capital of the independent monarchy, the Empire of Brazil, until 1889, and then the capital of a republican Brazil until 1960 when the capital was transferred to Brasília.

Rio de Janeiro has the second largest municipal GDP in the country,[7] and 30th largest in the world in 2008,[8] estimated at about R$343 billion (nearly US$201 billion).

It is headquarters to Brazilian oil, mining, and telecommunications companies, including two of the country's major corporations – Petrobras and Vale – and Latin America's largest telemedia conglomerate, Grupo Globo.

The home of many universities and institutes, it is the second-largest center of research and development in Brazil, accounting for 17 percent of national scientific output according to 2005 data.[9] Despite the high perception of crime, the city actually has a lower incidence of crime than most state capitals in Brazil.[10]

Rio de Janeiro is one of the most visited cities in the Southern Hemisphere and is known for its natural settings, Carnival, samba, bossa nova, and balneario beaches[11] such as Barra da Tijuca, Copacabana, Ipanema, and Leblon.

In addition to the beaches, some of the most famous landmarks include the giant statue of Christ the Redeemer atop Corcovado mountain, named one of the New Seven Wonders of the World; Sugarloaf Mountain with its cable car; the Sambódromo (Sambadrome), a permanent grandstand-lined parade avenue which is used during Carnival; and Maracanã Stadium, one of the world's largest football stadiums. Rio de Janeiro was the host of the 2016 Summer Olympics and the 2016 Summer Paralympics, making the city the first South American and Portuguese-speaking city to ever host the events, and the third time the Olympics were held in a Southern Hemisphere city.[12] The Maracanã Stadium held the finals of the 1950 and 2014 FIFA World Cups, the 2013 FIFA Confederations Cup, and the XV Pan American Games.

Leia também:  Jak organizm reaguje na stres?

History

Historical affiliations
Portuguese Empire 1565–1815 United Kingdom of Portugal, Brazil and the Algarves 1815–1822 Empire of Brazil 1822–1889 Republic of Brazil 1889–present

Founding of Rio de Janeiro on 1 March 1565
Rio de Janeiro, then de facto capital of the Portuguese Empire, as seen from the terrace of the Convento de Santo Antônio (Convent of St. Anthony), c. 1816
Map of the city of Rio de Janeiro in 1820, then capital of the United Kingdom of Portugal, Brazil and the Algarves, with the transfer of the Portuguese court to Brazil
Main articles: History of Rio de Janeiro and Timeline of Rio de Janeiro

Pre-Colonial period

The region of Rio was inhabited by the Tupi, Puri, Botocudo and Maxakalí peoples.[13]

Colonial period

Europeans first encountered Guanabara Bay on 1 January 1502 (hence Rio de Janeiro, “January River”), by a Portuguese expedition under explorer Gaspar de Lemos, captain of a ship in Pedro Álvares Cabral's fleet, or under Gonçalo Coelho.[14] Allegedly the Florentine explorer Amerigo Vespucci participated as observer at the invitation of King Manuel I in the same
expedition.

In 1555, one of the islands of Guanabara Bay, now called Villegagnon Island, was occupied by 500 French colonists under the French admiral Nicolas Durand de Villegaignon. Consequently, Villegagnon built Fort Coligny on the island when attempting to establish the France Antarctique colony.

Eventually this French settlement became too much of a threat to the established Portuguese colony and in 1560 the order was made to get rid of them. A years long military aggression was then initiated by the new Governor General of Brazil Mem De Sa, and later continued by his nephew Estacio De Sa.

On 20 January, 1567, a final defeat was imposed on the French forces and they were decisively expelled from Brazil for good.

The city of Rio de Janeiro proper was founded by the Portuguese on 1 March 1565 and was named São Sebastião do Rio de Janeiro, in honour of St.

Sebastian, the saint who was the namesake and patron of the Portuguese then-monarch Sebastião. Rio de Janeiro was the name of Guanabara Bay.

Until early in the 18th century, the city was threatened or invaded by several mostly French pirates and buccaneers, such as Jean-François Duclerc and René Duguay-Trouin.[15]

In the late 17th century, still during the Sugar Era, the Bandeirantes discovered gold and diamonds in the neighbouring captaincy of Minas Gerais, thus Rio de Janeiro became a much more practical port for exporting wealth (gold, precious stones, besides the sugar) than Salvador, Bahia, much farther northeast.

On 27 January 1763,[16] the colonial administration in Portuguese America was moved from Salvador to Rio de Janeiro.

The city remained primarily a colonial capital until 1808, when the Portuguese royal family and most of the associated Lisbon nobles, fleeing from Napoleon's invasion of Portugal, moved to Rio de Janeiro.

Portuguese court and imperial capital

The kingdom's capital was transferred to the city, which, thus, became the only European capital outside of Europe. As there was no physical space or urban structure to accommodate hundreds of noblemen who arrived suddenly, many inhabitants were simply evicted from their homes.

[17] In the first decade, several educational establishments were created, such as the Military Academy, the Royal School of Sciences, Arts and Crafts and the Imperial Academy of Fine Arts, as well as the National Library of Brazil – with the largest collection in Latin America[18] – and The Botanical Garden.

The first printed newspaper in Brazil, the Gazeta do Rio de Janeiro, came into circulation during this period.

[19] When Brazil was elevated to Kingdom in 1815, it became the capital of the United Kingdom of Portugal, Brazil and the Algarves until the return of the Portuguese Royal Family to Lisbon in 1821, but remained as capital of the Kingdom of Brazil.[20]

From the colonial period until the first independent era, Rio de Janeiro was a city of slaves. There was a large influx of African slaves to Rio de Janeiro: in 1819, there were 145,000 slaves in the captaincy.

In 1840, the number of slaves reached 220,000 people.[21] Between 1811 and 1831, 500,000 to a million slaves arrived in Rio de Janeiro through Valongo Wharf, which is now a World Heritage Site.

[22] The Port of Rio de Janeiro was the largest port of slaves in America.[23]

When Prince Pedro proclaimed the independence of Brazil in 1822, he decided to keep Rio de Janeiro as the capital of his new empire while the place was enriched with sugar cane agriculture in the Campos region and, especially, with the new coffee cultivation in the Paraíba Valley.[20] In order to separate the province from the capital of the Empire, the city was converted in Neutral Municipality in 1834, passing the province of Rio de Janeiro to have Niterói as capital.[20]

Botafogo Bay in 1869Botafogo Bay in 1889

As a political centre of the country, Rio concentrated the political-partisan life of the Empire. It was the main stage of the abolitionist and republican movements in the last half of the 19th century.

[20] At that time the number of slaves was drastically reduced and the city was developed, with modern drains, animal trams, train stations crossing the city, gas and electric lighting, telephone and telegraph wiring, water and river plumbing.

[20] Rio continued as the capital of Brazil after 1889, when the monarchy was replaced by a republic.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*