Carros usados a Diesel Não blindado

Carros, vans e utilitários

1 – 50 de 5.342 resultadosPagamento e entrega

Categoria sem OLX Pay

Tipos de anúncio

Todos os anúncios

Ordenar por

Mais Relevantes

  • Carros usados a Diesel Não blindado0 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 11:26 – Profissional
  • Carros usados a Diesel Não blindado14.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 11:22 – Profissional
  • Carros usados a Diesel Não blindado69.000 km | Câmbio: Manual | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 11:22 – Profissional
  • Carros usados a Diesel Não blindado63.000 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 11:17 – Profissional
  • Carros usados a Diesel Não blindado78.522 km | Câmbio: Manual | FlexRio de Janeiro, JacarepaguáProfissionalHoje às 11:16 – Profissional
  • Carros usados a Diesel Não blindado49.800 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, JacarepaguáProfissionalHoje às 11:15 – Profissional
  • Carros usados a Diesel Não blindado53.250 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, JacarepaguáProfissionalHoje às 11:15 – Profissional
  • Carros usados a Diesel Não blindado29.563 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, JacarepaguáProfissionalHoje às 11:14 – Profissional
  • Carros usados a Diesel Não blindado42.400 km | Câmbio: AutomáticoRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 11:10 – Profissional
  • Carros usados a Diesel Não blindado16.000 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 11:09 – Profissional
  • 60.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 11:04 – Profissional
  • 104.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da Tijuca
  • 60.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 11:00 – Profissional
  • 19.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:59 – Profissional
  • 4.000 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:59 – Profissional
  • 0 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:58 – Profissional
  • 25.000 kmRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:57 – Profissional
  • 80.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:57 – Profissional
  • 56.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:56 – Profissional
  • 13.000 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:56 – Profissional
  • 0 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:53 – Profissional
  • 28.000 km | Câmbio: Manual | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:53 – Profissional
  • 78.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:48 – Profissional
  • 30.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da Tijuca
  • 31.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:36 – Profissional
  • 55.963 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:36 – Profissional
  • 37.500 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:36 – Profissional
  • 18.500 km | Câmbio: Automático | DieselRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:34 – Profissional
  • 0 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:32 – Profissional
  • 89.000 km | Câmbio: Manual | Gás NaturalRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:28 – Profissional
  • 100.000 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaHoje às 10:27
  • 108.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Jacarepaguá
  • 2.900 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:18 – Profissional
  • 42.000 km | Câmbio: Automático | DieselRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:09 – Profissional
  • 19.987 km | Câmbio: Automático | DieselRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:07 – Profissional
  • 64.000 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:05 – Profissional
  • 13.000 km | Câmbio: Manual | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:02 – Profissional
  • 77.000 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 10:02 – Profissional
  • 169.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da Tijuca
  • 30.599 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 09:59 – Profissional
  • 45.000 km | Câmbio: Automático | DieselRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 09:56 – Profissional
  • 174 km | Câmbio: Manual | Gás NaturalRio de Janeiro, Barra da Tijuca
  • 0 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 09:54 – Profissional
  • 65.000 km | Câmbio: Manual | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 09:53 – Profissional
  • 60.000 km | Câmbio: AutomáticoRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 09:53 – Profissional
  • 68.000 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 09:52 – Profissional
  • 14.000 km | Câmbio: Automático | DieselRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 09:51 – Profissional
  • 64.000 km | Câmbio: Automático | FlexRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 09:51 – Profissional
  • 38.000 km | Câmbio: Automático | GasolinaRio de Janeiro, Barra da TijucaProfissionalHoje às 09:47 – Profissional
  • 87.000 km | Câmbio: Automático | DieselRio de Janeiro, Barra da Tijuca

Página 1 de 100

Conheça a nova viatura blindada da PM paulista que segura bala de fuzil

A Polícia Militar paulista vai comprar mil veículos blindados até meados do ano que vem para usar em ações especiais ou de riscos. Segundo a PM, serão adquiridas Chevrolet Trailblazer 2.8 turbodiesel.

Carros usados a Diesel Não blindado Viatura da PM que passou por blindagem e integra a frota da Rota em São Paulo. Polícia Militar vai ter mil veículos iguais – Rivaldo Gomes/Folhapress

Os carros deverão ser usados em operações em que há riscos de troca de tiros ou para entrar em locais em que os policiais podem ser surpreendidos —a blindagem de uma viatura em teste, inclusive, teria salvado um policial. Cada Trailblazer, já blindado, vai custar à gestão João Doria (PSDB) R$ 153.013.

  • A General Motors, que ganhou a licitação, terá de entregar o veículo com a blindagem produzida de acordo com orientações da PM.
  • Segundo a tabela Fipe, um Trailblazer com a mesma motorização é vendido por R$ 222 mil ao consumidor, sem ser blindado. 
  • O engenheiro responsável pela blindagem, o tenente Ubiratan Tolentino dos Santos, diz ter desenvolvido o projeto entre o fim de 2017 e o início deste ano. 

O desafio, afirma o oficial, foi aumentar o mínimo o peso dos carros com a blindagem. “Por isso, usaremos aramida [material de fibra sintética de alta resistência] e chapas de aço. Com isso, a viatura ficará cerca de 110 quilos mais pesada, o equivalente ao peso de uma ou duas pessoas”, diz.

O tenente evita detalhar os pontos de blindagem, alegando questões estratégicas, mas admite que a mudança também reduz a vida útil de freios e aumenta o consumo de combustível em até 7%, justamente pelo peso extra.

Segundo o especialista em blindagem Danilo Renê de Lima, diretor do Grupo Eleven Blindados, o tipo mais tradicional de blindagem de veículos, atualmente, é o 3A.

Este tipo de reforço de segurança, aplicado em carros de “não militares”, neutraliza até tiros de pistola calibre 44. “Mas esta, com certeza, não é a blindagem que a PM vai usar.

No caso da polícia, os carros no mínimo terão uma blindagem nível 3A plus, que aguenta até tiros de fuzis calibre 556”, explicou Lima, que há 19 anos está no mercado blindando veículos.

Leia também:  Carros Nissan Grand Livina 1.6 SL X-Gear 16V Flex 4P Manual com Ar quente, Computador de bordo

Um protótipo desenvolvido pela própria PM (foto ao lado) é usado há cerca de um mês pela Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar). As demais viaturas blindadas serão utilizadas pelo Choque, pela Força Tática e pelos Baeps (Batalhões de Ações Especiais de Polícia).

Carros usados a Diesel Não blindado

Carros usados a Diesel Não blindado

Carros usados a Diesel Não blindado Arte Agora

Desde janeiro deste ano, um protótipo blindado da PM faz o policiamento em São Vicente (65 km de SP). A segurança extra do Palio Weekend, segundo o tenente Ubiratan Tolentino dos Santos, salvou a vida de um policial em serviço. 

Carros usados a Diesel Não blindado Carro da Polícia Militar blindado, que está em testes desde o início do ano no litoral paulista; veículo evitou que motorista fosse atingido por tiro – Divulgação/PM

Santos afirma que dois PMs faziam ronda na cidade do litoral, quando entraram em uma área de risco e foram recebidos a tiros. “Um dos disparos acertou o para-brisa blindado da viatura. O motorista chegou a pressionar o pescoço, achando que havia sido atingido, mas a blindagem do carro salvou a vida dele”, conta. 

O veículo blindado, diz o oficial, foi usado em seguida como uma espécie de escudo para que mais policiais entrassem no local onde suspeitos de roubo de motos acabaram presos. 

“Somente esta ocorrência, em que uma vida foi preservada, já valeu todo o o projeto”, afirma o oficial.  A cidade do litoral sul paulista foi escolhida para os testes, segundo a PM, por exigir ao máximo do carro, principalmente por causa de umidade do ar e maior chance de corrosão.

Santos lembra da morte de um PM há cerca de 15 anos, na zona leste da capital paulista, para defender o projeto de blindagem. 

Segundo conta, o PM foi surpreendido ao entrar em uma rua sem saída, quando houve disparos de dois suspeitos de roubo a residência. “Se o carro fosse blindado, o caso poderia ter tido outro desfecho.”

Atirador de elite precisa entender de cálculo e ter resistência Carros usados a Diesel Não blindado

Carros Blindados

Ordenar por:
Destaques
Valor (Menor – Maior)
Valor (Maior – Menor)
Ano (Menor – Maior)
Ano (Maior – Menor)
Marca / Modelo

  • Carros usados a Diesel Não blindado
  • Guardar Veículo Enviar Proposta Carros usados a Diesel Não blindado R$ 99.990,00 Blindagem Blindarte Ar Condicionado, Freio ABS, Direção Hidráulica, Vidro Elétrico, Trava Elétrica, Alarme, CD Player, Air Bag Duplo,… Ver detalhes
  • Guardar Veículo Enviar Proposta Carros usados a Diesel Não blindado R$ 100.000,00 Blindagem AutoStar Air Bag Duplo, Freio ABS, Ar Condicionado, CD Player, Alarme, Trava Elétrica, Vidro Elétrico, Direção Hidráulica,… Ver detalhes
  • Guardar Veículo Enviar Proposta Carros usados a Diesel Não blindado R$ 117.000,00 Blindagem Inbra Ar Condicionado, Freio ABS, Direção Hidráulica, Vidro Elétrico, Trava Elétrica, Alarme, CD Player, Air Bag Duplo,… Ver detalhes
  • Guardar Veículo Enviar Proposta Carros usados a Diesel Não blindado R$ 125.000,00 Blindagem IRON Ar Condicionado, Freio ABS, Direção Hidráulica, Vidro Elétrico, Trava Elétrica, Alarme, Air Bag Duplo, Computador de… Ver detalhes
  • Guardar Veículo Enviar Proposta R$ 153.000,00 Blindagem ATS Ar Condicionado, Freio ABS, Direção Hidráulica, Vidro Elétrico, Trava Elétrica, Alarme, CD Player, Air Bag Duplo,… Ver detalhes
  • Guardar Veículo Enviar Proposta R$ 184.900,00 Blindagem Grafeno Blindagens Ver detalhes
  • Guardar Veículo Enviar Proposta R$ 190.900,00 Blindagem Grafeno Blindagens Ver detalhes
  • Guardar Veículo Enviar Proposta
    • Vermelho
    • Diesel
    • Automático

    R$ 203.000,00

    Blindagem BSS

    Ar Condicionado, Freio ABS, Direção Hidráulica, Vidro Elétrico, Trava Elétrica, Alarme, CD Player, Air Bag Duplo,…

    Ver detalhes

  • Guardar Veículo Enviar Proposta

    R$ 209.900,00

    Blindagem Grafeno Blindagens

    Ver detalhes

  • Guardar Veículo Enviar Proposta
    • Vermelho
    • Diesel
    • Automático

    R$ 209.900,00

    Blindagem Grafeno Blindagens

    Ver detalhes

  • Guardar Veículo Enviar Proposta

    R$ 210.000,00

    Blindagem RR Blindagem

    Ver detalhes

  • Guardar Veículo Enviar Proposta

    R$ 214.900,00

    Blindagem Grafeno Blindagens

    Ver detalhes

Um blindado por R$ 30 mil? Veja 90 opções no mercado de usados

– Muito depreciado, carro blindado custa mais barato do que o mesmo modelo sem blindagem

Carros usados a Diesel Não blindado

Processo de blindagem do carro

O Brasil é o país que mais vende carro blindado entre os que não vivem uma guerra declarada. E a procura continua grande; o número de blindadoras continua aumentando: segundo a Abrablin estão em funcionamento no País aproximadamente 70 empresas desse segmento.

A sensação de insegurança faz do blindado opção para boa parte dos usuários. O problema é o preço. A blindagem de um sedã custa entre R$ 45 e 50 mil, já a de um utilitário esportivo fica entre R$ 48 e 53 mil, além do valor do carro. Além disso, a depreciação do blindado é maior do que a de um carro comum: em alguns anos ele pode custar a metade do preço.

Mas se essa depreciação é ruim para quem compra um blindado zero, para quem busca um usado pode ser uma boa oportunidade. É possível encontrar no mercado de usados carros em boas condições a preços bem abaixo do mesmo carro não blindado.

Na hora de comprar um usado blindado, no entanto, você precisa observar alguns detalhes importantes (as condições de blindagem e as garantias), conforme vamos ver mais adiante.

Carros usados a Diesel Não blindado

Processo de blindagem do carro

A Agência AutoInforme fez um levantamento de carros usados blindados, com preços em torno de R$ 30 mil e encontrou algumas boas surpresas.

O Tracker, da Chevrolet, ano 2008, custa R$ 30,6 mil conforme cotação da Molicar. Esse mesmo carro, sem blindagem, do mesmo ano-modelo, custa mais caro: R$ 34 mil, quer dizer, o carro blindado, que te deixa mais seguro, é mais barato.

  • Outro exemplo é o Airtrek, da Mitsubishi 2006 que custa R$ 30,9 mil blindado e R$ 38 mil sem blindagem.
  • Quem busca um carro pequeno pode comprar o Ford Focus, ano 2008, com câmbio automático, por R$ 30,9 mil, ou um Golf, da Volkswagen, ano 2006, por R$ 30,6 mil.
  • Num segmento um pouco mais acima o mercado oferece um Subaru Impreza 2005 por R$ 29,6 mil ou o PT Cruiser, da Chrysler, 2005, por R$ 30,3 mil.
  • Um sedã Bora blindado 2008 pode ser encontrado por R$ 29,8 mil e um Vectra 2006 por R$ 28,2 mil.

Tem ainda Meriva 2008, Zafira 2005, Ecosport 2006, tudo nessa faixa de preço. Todos os carros citados têm blindagem N3.

Carros usados a Diesel Não blindado

Processo de blindagem do carro

  1. Cuidados ao comprar
  2. Na hora de comprar um blindado é necessário tomar alguns cuidados, o primeiro é conhecer a marca da blindagem, para ter certeza que a blindadora ainda está em funcionamento.
  3. José Eduardo Cortez, diretor comercial da GR Blindados, explica qual o procedimento que o comprador deve tomar:
  4. “Compareça até a blindadora e solicite uma vistoria completa, para garantir que todo o veículo foi e continua blindado, pois em alguns casos, o carro pode ter sido batido, peças trocadas por outras não blindadas, como uma das portas, por exemplo, o que deixaria o usuário sem proteção”.
  5. José Eduardo Cortez explica que o aço aplicado nas travessas e colunas do carro não perdem a blindagem com o tempo, já a manta usada nas portas e no teto, pode ser danificada em caso de enchentes e batidas e não pode ser reaproveitada, o que acaba acontecendo em algumas mecânicas que não são especializadas e com isso o motorista pode ser atingido pela bala.
  6. No caso dos vidros blindados, eles são formados por várias camadas e a única forma dele perder a garantia é se uma das placas se mover e criar bolhas.
  7. A GR Blindados oferece um livro com cerca de 30 fotos do serviço aos seus clientes, indicando todo o processo de blindagem feito no carro, uma garantia de que o serviço foi feito.
  8. Manutenção
  9. A manutenção do carro blindado deve ser feita sempre que faltar 10 mil quilômetros para a revisão, isto é, se a revisão normal seria feita aos 50 mil km, o carro blindado deve ir para a oficina aos 40 mil km.

As principais peças prejudicadas pela blindagem são os sistemas de freios e suspensão, que trabalham muito mais por causa do aumento do peso do carro. Num sedã médio a blindagem aumenta o peso total do carro em 200 kg.

Escolha o seu blindado usado

MARCA / MODELO ANO VALOR R$
.VECTRA SEDAN  ELEGANCE 2.0 8v . 2007 29.730
.VECTRA SEDAN  ELEGANCE 2.0 8v . 2006 28.246
 ASTRA HATCH (F.P)  ELEGANCE 2.0 8v . 2009 29.255
 ASTRA SEDAN (F.P)  ELEGANCE 2.0 8v . 2008 29.351
 ASTRA SEDAN (F.P)  ELEGANCE 2.0 8v . 2007 28.130
 ASTRA SEDAN   ADVANTAGE 2.0 8v () (Aut.) . 2008 29.100
 MERIVA ()  PREMIUM 1.8 8v . 2008 28.600
 MERIVA ()  PREMIUM 1.8 8v (Easytronic) . 2008 29.100
 OMEGA SEDAN  CD 3.6 SFI V-6 (AT) . 2005 30.700
 TRACKER 4X4  2.0 16V . 2008 30.600
 VECTRA SD (F.P)  ELITE 2.4 16v . 2006 29.377
 VECTRA SD (F.P)  ELITE 2.4 16v . 2005 28.576
 ZAFIRA   ELITE 2.0 8v (Aut.) () . 2005 30.862
 ZAFIRA ()  ELEGANCE 2.0 8v . 2007 29.600
 ZAFIRA ()  ELITE 2.0 8v . 2006 30.140
 ZAFIRA ()  ELITE 2.0 8v . 2005 29.020
 PT CRUISER TOURING  LIMITED 2.4 16v . 2005 30.326
 C3   EXCLUSIVE 1.6 16v . 2009 29.600
 C3   XTR 1.6 16v . 2008 29.044
 C4 PALLAS    EXCLUSIVE 2.0 16v . 2008 30.652
 XSARA PICASSO  EXCLUSIVE 2.0 16v (138cv) . 2009 28.498
 XSARA PICASSO  EXCLUSIVE 2.0 16v (Aut.) . 2009 29.700
 DOBLO ADVENTURE   1.8 8V . 5P 2006 30.362
 DOBLO   ELX 1.8 8V . 5P  (BLIDADON3) 2007 29.700
 DOBLO   HLX 1.8 8V . 5P 2007 30.900
 DOBLO   HLX 1.8 8V . 5P 2006 29.046
 LINEA (Dualogic)    ABSOLUTE 1.9 16v . 2008 30.738
 LINEA    HLX 1.9 16v . 2009 28.400
 LINEA    LX 1.9 16v . 2010 29.700
 PALIO ADVENTURE   LOCKER 1.8 8v . 2008 30.174
 PUNTO   HLX 1.8 8v . 2010 30.600
 PUNTO   HLX 1.8 8v . 2009 29.100
 PUNTO   SPORTING 1.8 8v . 2007 29.140
 SIENA  (NOVASERIE)  HLX 1.8 8V . 2010 29.200
 STILO   ABARTH 2.4 20v . 2005 30.834
 STILO    1.8 8v . 2010 29.800
 STILO    SPORTING 1.8 8v . 2007 30.174
 STRADA C.ESTEND   ADVENTURE LOCKER 1.8 8v . 2p 2008 30.118
 ECOSPORT   4WD 2.0 16v . 2006 30.101
 ECOSPORT   4WD 2.0 16v . 2005 28.268
 ECOSPORT   XLT 2.0 16v . 2006 30.425
 FIESTA SD (Kinet)   1.6 8v . 2010 28.808
 FOCUS HATCH  GHIA 2.0 16v (Aut.147cv) . 2008 30.900
 FOCUS SEDAN   GHIA 2.0 16v (Aut.147cv) . 2007 28.300
 KA   1.6 8v . 2p 2010 29.680
HONDA ACCORD SEDAN  EX-AT 3.0 V-6 24v . 2005 29.600
HONDA ACCORD SEDAN  LX-AT 2.0 16v . 2005 30.645
HONDA FIT  LXL-MT 1.4 8v . 2008 28.600
KIA MAGENTIS  SEDAN EX-AT 2.0 16v . 2008 30.400
KIA MAGENTIS  SEDAN EX-AT 2.0 16v . 2007 28.200
 AIRTREK 4X4-AT  2.4 16v . 2006 30.900
 AIRTREK 4X4-AT  2.4 16v . 2005 29.238
 GRANDIS  2.4 16v (Aut.) . 2005 30.000
 SENTRA  S 2.0 16V-CVT . 2008 29.884
 SENTRA  S 2.0 16V-CVT . 2007 28.090
 TIIDA HATCH    SL 1.8 16v-MT . 2008 30.080
 307 HATCH   FELINE 2.0 16v  (Aut.) . 2009 30.600
 307 HATCH   FELINE 2.0 16v  (Aut.) . 2008 29.682
 307 SEDAN   FELINE 2.0 16v  (Aut.) . 2008 30.652
 LOGAN  PRIVILEGE 1.6 16v (Hi-Flex) . 2008 29.270
 MEGANE GRAND TOUR  DYNAMIQUE 2.0 16v (Aut.) . 2008 28.200
 MEGANE SEDAN  DYNAMIQUE 2.0 16v (Aut.) . 2008 28.700
 MEGANE SEDAN  DYNAMIQUE 2.0 16v (Aut.) . 2007 28.200
SUBARU IMPREZA HB  R 4X4-MT 2.0 16v . 2008 29.656
SUBARU IMPREZA HB  R 4X4-MT 2.0 16v . 2007 28.056
. FOX (G2) (TotalFlex)   PRIME 1.6 8v . 2010 30.800
. FOX (G2) (TotalFlex)   PRIME 1.6 8v . 2009 28.952
. SAV.C.EST (G5/NF)  TROOPER 1.6 8v (TotalFlex) . 2p 2010 30.250
. SAV.C.EST (G5/NF)  TROOPER 1.6 8v (TotalFlex) . 2p 2009 28.435
CROSSFOX    1.6 8v . 2006 30.496
CROSSFOX    1.6 8v . 2005 28.804
SPACEFOX    1.6 8v (Comfortline) . 2009 30.307
SPACEFOX    1.6 8v (Comfortline) . 2008 28.762
VOYAGE (G5/NF) (T.F)  COMFORTLINE 1.6 8v . 2010 29.200
VOYAGE (G5/NF) (T.F)  COMFORTLINE 1.6 8v . 2009 28.300
 BORA  2.0Mi . 2008 29.800
 BORA   2.0 (TotalFlex) . 2008 30.766
 GOLF  2.0Mi 2006 30.680
 GOLF  2.0Mi . 2005 28.342
 GOLF  2.0Mi (Aut.) . 2006 30.680
 GOLF  2.0Mi (Aut.) . 2005 28.342
 GOLF  2.0Mi (Comfortline) . 2006 30.160
 GOLF (TotalFlex)  1.6 8v .. 2007 30.000
 GOLF (TotalFlex)  1.6 8v .. 2006 28.356
 PARATI (G4)  TRACK&FIELD 1.8 8v (TotalFlex) . 2007 30.904
 PARATI (G4)  TRACK&FIELD 1.8 8v (TotalFlex) . 2006 28.995
 POLO SEDAN  2.0 8v (Comfortline) . 2008 30.888
 POLO SEDAN  2.0 8v (Comfortline) . 2007 29.190
 POLO SEDAN   COMFORTLINE 1.6 8v (TotalFlex) . 2009 30.600
 POLO SEDAN   COMFORTLINE 1.6 8v (TotalFlex) . 2008 29.300

Fotos: GR Blindados

Blindados: melhores modelos

Há carros que são mais fáceis de blindar que outros. Isso ocorre por várias razões, como menor tendência à torção, sistema eletrônico sem grande complexidade, vãos livres de maior dimensão etc. Quanto mais recursos tecnológicos ele tiver, maior será o trabalho da blindadora. – e maior terá de ser o cuidado para que não aconteçam problemas.

Não são raros os casos em que a rede CAN (que transmite os dados entre a central e os vários módulos) acaba danificada pela blindagem. Com o tempo, surgem panes difíceis de ser rastreadas, por causa da interrupção dessas linhas, geralmente fruto do descuido de quem faz o serviço, aliado à complexidade do modelo.

Mas uma das principais restrições à blindagem é motorização. Carro 1.0 ou com motor pouco potente numa carroceria grande não apresenta desempenho suficiente para lidar com o aumento de peso e a eventual necessidade de fuga de um assalto.

Outro problema é o teto solar. Quanto maior, mais caro e mais complexo é o serviço, pois o vidro precisará ser blindado. Como ele é muito mais pesado que o original, a estabilidade do veículo ficará prejudicada, pois o excesso de peso numa área alta eleva demais o centro de gravidade. Essa dificuldade se acentua nos carros com teto panorâmico, como o Land Rover Evoque.

Falando nele, é consenso entre as empresas que o veículo mais adequado é o utilitário esportivo. Mais alto e robusto, o SUV suporta bem a blindagem e encara melhor uma colisão que se mostre necessária para escapar de uma situação de risco.

Modelos com câmbio manual não têm restrições técnicas, mas vão virar mico, já que nesse segmento quase todos os carros são automáticos: além de mais confortáveis, eles reduzem a possibilidade de o motorista deixar o motor morrer numa emergência. Uma versão sem ar-condicionado, então, nem pensar, pois os vidros estarão fechados o tempo todo.

Continua após a publicidade

  • No mercado, os preferidos são Toyota Corolla (barato, fácil de blindar, é simples e robusto e tem ótima liquidez na revenda), Honda Civic (é como o Corolla, mas com liquidez e porta-malas menores), VW Tiguan (não é um SUV luxuoso muito caro, motor de 211 cv, alta liquidez), Hyundai Tucson (barato e discreto, apesar do motor fraco) e Evoque (preferido no alto luxo, motor de 240 cv e câmbio de nove marchas).
  • Veja também:
  • Blindados: como nascem
  • Blindados: níveis de proteção
  • Blindados: modelos usados
  • Blindados: como dirigir

Continua após a publicidade

  • blindados
  • geral
  • quatro rodas
  • quatrorodas

Quanto consomem os tanques do Exército Brasileiro?

1 de 4
M60 é o tanque mais pesado usado pelo Exército Brasileiro (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação) — Foto: Auto Esporte

M60 é o tanque mais pesado usado pelo Exército Brasileiro (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Tanques de combate se dividem em várias classes, mas nenhuma delas é maior do que os Main Battle Tanks (MBT). São os chamados tanques principais de combate . O Brasil adotou recentemente centenas de modelos do tipo.

Os principais são o alemão Leopard 1 e o norte-americano M60 A3, uma versão modernizada do clássico Patton.

Diante do porte gigantesco das Viaturas Blindadas de Combate Carros de Combate (VBCCC na sigla das Forças Armadas), Autoesporte se deparou com uma curiosidade: quanto consomem esses veículos?

Perguntamos ao serviço de assessoria de imprensa do Exército Brasileiro, que nos respondeu de bate pronto. O Leopard 1 faz cerca de 0,4 km/l, enquanto o maior M60 A3 consome um pouco mais, estimados 0,3 km/l.

Ambos são movidos a diesel e têm tanques enormes para lidar com a sede (o M60 tem cerca de 1.400 litros e o Leopard pouco menos de 1.000 litros).

E a autonomia chega a 450 km no caso do Leopard 1, enquanto o Patton chega a 500 km.

2 de 4
Leopard 1 já foi produzido até pela Porsche e pesa pouco menos que o M60 (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Leopard 1 já foi produzido até pela Porsche e pesa pouco menos que o M60 (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação) — Foto: Auto Esporte

É uma média de consumo elevadíssima, mas os números não são muito diferentes de outros veículos pesados. E bota pesado nisso, enquanto o Leopard pesa cerca de 42 toneladas, o M60 chega a 52 toneladas. Não é mole levar nas costas uma blindagem pesada, com espessura mínima de 10 centímetros. Além de quatro pessoas e um canhão de 105 mm, entre outras tecnologias, exemplo da visão noturna.

Além disso, ambos têm motores enormes. O propulsor 10 cilindros original do Leopard tem 37 litros e gera aproximadamente 850 cv. Já o M60 Patton conta com motor V12 de 29 litros e 750 cv.

Curiosamente, os motores a diesel ainda são mais econômicos do que a turbina a gás do M1 Abrams, sucessor do M60 no Exército dos Estados Unidos.

Já o Leopard foi produzido na Alemanha por várias empresas, inclusive, a Porsche (!).

3 de 4
Força no bruta: tanto o M60 quanto o Leopard contam com enormes motores diesel (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Força no bruta: tanto o M60 quanto o Leopard contam com enormes motores diesel (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Quanto ao desempenho, o mais leve e potente Leopard 1 faz até 65 km/h na estrada. O M60 Patton chega a 45 km/h. Mas duvidamos que alguém não desse passagem para um desses megaveículos.

4 de 4
Os dois tanques contam com canhões de 105 mm (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Os dois tanques contam com canhões de 105 mm (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Acompanha tudo de Autoesporte? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais, o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*