Carros Toyota usados com Air bag duplo

Um zero-quilômetro está caro? Quando se vê muito modelo subcompacto com o mínimo de itens de conforto custar R$ 35 mil, bate um desespero. Mas há boas opções de automóveis mais completos e até espaçosos por bem menos que isso. São carros rodados, que exigem pesquisa e atenção, obviamente, mas que podem atender muito bem e custam até R$ 20 mil.

VEJA TAMBÉM:

10 carros usados até R$ 20 mil

Selecionamos alguns veículos em sites especializados, como Webmotors e OLX. Veja os 10 usados baratos para você comprar: qualquer um deles pode servir como primeiro carro ou até mesmo assumir a vaga de veículo da família. Confira!

10 – Peugeot 207 Escapade 2010

Carros Toyota usados com Air bag duploEscapade seguiu visual do hatch

  • Preços: entre R$ 17 mil e R$ 20 mil
  • Motor: 1.6 16V de 113/110 cv e 15,5/14,2 kgfm
  • Bom: acabamento, desempenho e equipamentos
  • Ruim: porta-malas
  • Atenção: suspensão e parte elétrica

Para quem sente saudades das stations wagons, a Escapade é uma opção de perua com desempenho interessante e visual aventureiro. Usa motor 1.6 16V de 113/110 cv, além dos itens indispensáveis do universo off-road Light. Estão lá os pneus de uso misto, a suspensão elevada, além do visual com molduras nas caixas de rodas, laterais e nos para-choques, faróis escurecidos e rack no teto.

Também tem bons equipamentos e, com sorte, se encontra exemplares com seis airbags e bancos de couro, que eram opcionais.

9 – Fiat Stilo 2007/2008

Carros Toyota usados com Air bag duplo

  1. Preços: entre R$ 16 mil e R$ 19 mil
  2. Motor: 1.8 8V de 114/112 cv e 18,5/17,8 kgfm
  3. Bom: retomadas, conforto e dirigibilidade
  4. Ruim: curso e acerto do câmbio manual
  5. Atenção: embreagem e fuja da transmissão Dualogic

O Stilo é um daqueles bons hatches que a Fiat não soube vender (tal qual Brava e Bravo). Mas esses carros são confortáveis, com posição de dirigir ergonômica e nível de equipamentos interessante: é possível até achar um com airbag duplo opcional por até menos que o limite de R$ 20 mil.

O desempenho do motor 1.8, de origem GM (Família I) é bem animador, especialmente em baixas rotações. Só não é melhor devido ao câmbio manual de cinco marchas mal escalonado, com curso longo e engates esponjosos.

8 – Renault Logan 2011

Carros Toyota usados com Air bag duploLogan quando foi lançado

  • Preços: entre R$ 17 mil e R$ 20 mil
  • Motor: 1.6 8V de 95/92 cv e 14,1/13,7 kgfm
  • Bom: espaço interno, desempenho em baixa e custo de peças
  • Ruim: acabamento e posição de dirigir
  • Atenção: vazamentos na transmissão e peças plásticas do interior

O Logan foi o modelo que inaugurou a era de sedãs com tamanho de médio e preço de compacto. Para quem não liga para beleza exterior – nem interior -, o “irmão” do Renault Sandero é um daqueles carros racionais, espaçosos, com porta-malas generoso e robustos: e, claro, custa até R$ 20 mil.

As versões com o propulsor 1.6 Hi-Torque tem desempenho áspero, mas bem melhor disposto que o motor 1.0 e mais barato de manter do que o 1.6 16V Hi-Flex. Além disso, oferece boa força em baixas rotações.

7 – Chevrolet Corsa 2011

Carros Toyota usados com Air bag duplo

  1. Preços: entre R$ 16 mil e R$ 20 mil
  2. Motor: 1.4 8V de 105/99 cv e 13,4/13,2 kgfm
  3. Bom: dirigibilidade, comportamento dinâmico e desempenho em baixa
  4. Ruim: acerto do câmbio e equipamentos
  5. Atenção: peças plásticas do interior e folgas no câmbio

A segunda geração do Corsa, lançada em 2002, nunca fez o sucesso que merecia por aqui. Até porque conviveu com o modelo da geração anterior (de 1994), bem mais barato. Mas o hatch é gostoso de dirigir, fácil de estacionar e com comportamento dinâmico bastante satisfatório para um modelo urbano.

A versão Maxx era a intermediária com melhor custo/benefício, mas não empolga na lista de itens de série. O motor 1.4 oferece bom desempenho em baixos giros.

6 – Nissan Tiida 2007/08

Carros Toyota usados com Air bag duploNissan Tiida Flex.

  • Preços: entre R$ 18 mil e R$ 20 mil
  • Motor: 1.6 16V de 124 cv e 17,5 kgfm
  • Bom: espaço interno, conforto e lista de equipamentos
  • Ruim: motor não é flex e peças caras
  • Atenção: trepidações no volante e parte elétrica

Outro hatch mal compreendido. Vinha do México e usava plataforma do primeiro Sentra vendido no Brasil e tinha nível de equipamentos bastante completo. O conforto no rodar era um dos destaques do hatch médio e, apesar da transmissão automática ter só quatro marchas, vale pela praticidade.

O motor 1.6 16V rende bem, mas fique atento ao custo de manutenção. As versões SL eram as mais completas com airbag duplo, teto-solar e ar-condicionado automático.

5 – Renault Mégane 2007

Carros Toyota usados com Air bag duplo

  1. Preços: entre R$ 15 mil e R$ 19 mil
  2. Motor: 2.0 16V de 138 cv e 19,2 kgfm
  3. Bom: conforto, lista de equipamentos e dirigibilidade
  4. Ruim: não é flex e escalonamento do câmbio
  5. Atenção: trepidação dos pedais e módulo da direção elétrica

Sedã com nível de conforto acima da média, foi mal posicionado pela Renault, que o lançou um mês antes do New Honda Civic de 2006 com preços bastante próximos. Mas virou boa opção de seminovo e tem lá suas modernidades, como o cartão chave com partida do motor por botão, direção elétrica e a alavanca do câmbio em forma de manche.

O motor 2.0 16V ainda compensa com desempenho condizente e rodar suave, além da conveniência da caixa automática de quatro marchas. Versão Dynamique tem duplo airbag frontal e regulagem de altura dos faróis.

4 – Toyota Corolla 2003

Carros Toyota usados com Air bag duplo

  • Preços: entre R$ 18 mil e R$ 20 mil
  • Motor: 1.8 16V de 136 cv e 17,5 kgfm
  • Bom: conforto, reputação da marca e comportamento dinâmico
  • Ruim: acabamento e equipamentos
  • Atenção: ruídos na suspensão traseira

Sim, é possível encontrar um Corolla por até R$ 20 mil: porém, para figurar em nossa lista de carros acessíveis, a unidade pretendida já terá muitos anos de uso. Ainda assim, a fama de veículo sólido vem de outras gerações e nessa linhagem (a nona geração mundial).

Assista ao vídeo e saiba mais sobre a atual geração do Toyota Corolla:

O cultuado sedã médio tinha o competente motor 1.8 de 136 cv, com mecânica simples e rodar confortável. A versão XEi oferecia caixa automática em 2003 – mas esses passam dos R$ 20 mil – e a lista de equipamentos poderia ser mais generosa.

3 – Volkswagen Polo 2004/2005

Carros Toyota usados com Air bag duploFoto Divulgacao/VW – Volkswagen Polo Next.

  1. Preços: entre R$ 17 mil e R$ 19 mil
  2. Motor: 1.6 8V de 103/101 cv e 14,5/14,3 kgfm
  3. Bom: desempenho, qualidade de construção e estabilidade
  4. Ruim: acabamento e custo de algumas peças
  5. Atenção: compressor do ar e ruídos na direção e na suspensão dianteira

O Polo representou um grande salto para a Volkswagen em 2002 devido à plataforma moderna, com soldas a laser e carroceria com rigidez exemplar. Some a isso o velho, mas competente, motor 1.6 e sua caixa manual de engates curtos e precisos e se tem um hatch com desempenho divertido para a cidade e para a estrada – é quase tão bom como o 2.0, só que consome menos.

Boris Feldman dirigiu a atual geração do Polo: assista ao vídeo!

O acabamento com muito plástico é que deixa a desejar e costuma ficar barulhento com o passar do tempo. Ainda assim, o acabamento é melhor que o do “irmão” Volkswagen Gol. As versões Sportline e Comfortline são as dicas, mas é preciso pesquisar para achar os modelos flex – passou a beber dos dois combustíveis em 2004. Pelo menos, neste ano ainda usa os simpáticos faróis duplos redondos.

2 – Ford Focus 2007

Carros Toyota usados com Air bag duplo

  • Preços: entre R$ 18 mil e R$ 20 mil
  • Motor: 1.6 8V de 103 cv e 14,6 kgfm
  • Bom: comportamento dinâmico, acerto da suspensão e desempenho
  • Ruim: custo de manutenção e isolamento acústico
  • Atenção: falhas na injeção e ruídos na direção

A primeira geração do hatch médio tem um dos melhores acertos de suspensão da história da indústria. Fora isso, o Focus ainda carregava uma pegada esportiva para rivalizar com o Volkswagen Golf. Mesmo o motor 1.6 Zetec Rocam a gasolina agrada com arrancadas convincentes e belíssimas retomadas.

  • Você viu? Ford Focus saiu de linha e não terá substituto direto

A dirigibilidade e estabilidade são outros pontos fortes que até se sobressaem à fama de custo de manutenção salgado do Ford. A versão GLX tinha boa lista de itens de série.

1 – Honda Civic 2005

Carros Toyota usados com Air bag duplo

  1. Preços: entre R$ 18 mil e R$ 20 mil
  2. Motor: 1.7 16V de 115 cv e 15,2 kgfm
  3. Bom: conforto, dirigibilidade e comportamento dinâmico
  4. Ruim: acerto da suspensão e não é flex
  5. Atenção: ruídos nos pedais e seminovos desalinhados
Leia também:  Carros cor Preto Quilometragem Até 88,000 km com Ar quente, Trio eletrico com final da placa 7,8

Também dá para ter um Civic por até R$ 20 mil, mas, novamente, é preciso voltar bastante no tempo para enquadrá-lo entre os carros dessa faixa de preço. O último ano desta geração do sedã médio, contudo, carrega as virtudes da linha. Dinâmica eficiente, nível de conforto superior, equilíbrio no rodar e lista de equipamentos interessante.

As versões LX ou LXL são as pedidas, ainda mais com o câmbio automático de quatro marchas que proporciona conforto extra e tem melhor liquidez. O motor 1.7 se vale de desempenho competente e suave, mas fique atento aos preços de peças.

E você, recomenda outros carros até 20 mil reais? Deixe sua sugestão nos comentários!

Fotos Divulgação

Os 10 carros mais seguros para as viagens de final de ano

20/12/2016

Carros Toyota usados com Air bag duplo

Com a chegada das festas de final de ano, o movimento nas estradas aumenta e a chance de acontecerem acidentes também. Foi pensando nisso que o programa independente de avaliações, o Latin NCAP, começou a realizar testes com inúmeros veículos para mostrar quais são os carros mais seguros para adultos e crianças.

Desde 2010, a entidade já testou mais de 50 carros, o que possibilitou a criação de um ranking, no qual os modelos são classificados por estrelas (máximo de 5) e pontuações (num total de 66).

Para fazer a avaliação, a Latin NCAP realiza um teste de colisão, no qual cada veículo se choca frontalmente com uma barreira que representa outro veículo, a 64 km/h. Esses testes de impacto utilizam 4 bonecos, que representam 2 adultos no banco da frente e 2 crianças no banco de trás, sentadas em cadeirinhas infantis.

Confira abaixo a lista dos carros mais seguros e boa viagem!

1. Volkswagen Golf + 7 Airbags

> Adultos: 16,56 pontos (máx. 17) > Crianças: 44,30 pontos (máx. 49)

Carros Toyota usados com Air bag duplo

Atualmente importado do México, com sete airbags (duplo frontal, 2 laterais, 2 de cortina e 1 de joelho para o motorista), o Volkswagen Golf 7 se consagrou como o carro mais seguro já avaliado pelo programa.

O carro da Volks obteve 5 estrelas na segurança do passageiro adulto e do passageiro infantil. De acordo com informações divulgadas pelo Latin NCAP, o bom desempenho do Golf quanto à proteção do passageiro criança deve-se ao uso das ancoragens Isofix para cadeirinhas infantis.

O carro ainda vem com controles de estabilidade e de tração e sistema Multicollision Brake, que freia o veículo após detectar uma colisão, diminuindo os danos. Como opcional, oferece o controle de cruzeiro adaptativo (ACC), que freia e acelera o veículo automaticamente.

2. Honda HR-V + 2 Airbag

> Adultos: 16,70 pontos (máx. 17) > Crianças: 43,30 pontos (máx. 49)

Carros Toyota usados com Air bag duplo

O HR-V da Honda detém o título de carro mais seguro do mercado feito no Brasil. Lançado em 2015, o veículo recebeu 5 estrelas para proteção de adultos e de crianças. Durante o teste de colisão, a estrutura do veículo mostrou um desempenho estável, bem como elementos avançados que permitiram oferecer bons níveis de segurança.

A cadeirinha para crianças de 3 anos foi capaz de impedir deslocamento excessivo para frente durante o impacto e ofereceu boa proteção. Além disso, o sistema de retenção para crianças de 18 meses teve bom desempenho.

3. Toyota Hilux + 3 Airbags

> Adultos: 15,71 pontos (máx. 17) > Crianças: 44,25 pontos (máx. 49)

Carros Toyota usados com Air bag duplo

  • Classificada com 5 estrelas tanto em proteção para adultos, quanto para crianças nos testes de impacto promovidos pelo Latin NCAP, aToyota Hilux passou a integrar o time dos carros vendidos no Brasil com nota máxima em segurança.
  • O Latin NCAP destacou que a estrutura do modelo é forte, com dispositivos importantes para a proteção dos ocupantes, como os 3 airbags de série (cabeça e peito do motorista, joelhos do motorista e cabeça e peito do passageiro), freios ABS em 4 canais e lembrete do uso de cintos de segurança para os passageiros dianteiros.

Segundo a entidade, a performance também foi boa no teste de impacto lateral. A nota em segurança infantil é resultado dos cintos de segurança de 3 pontos para todas as posições no banco de trás, além de ancoragens Isofix. 

4. Jeep Renegade + 2 Airbags

> Adulto: 16,12 pontos (máx. 17) > Crianças: 43,54 pontos (máx. 49)

Carros Toyota usados com Air bag duplo

O Jeep Renegade foi o primeiro modelo produzido no Brasil a obter nota máxima em todos os quesitos de segurança. Fabricado em Goiana (PE), o SUV conquistou 5 estrelas tanto na nota de proteção a adultos quanto crianças.

Segundo o Latin NCAP, a estrutura do veículo é forte, os airbags e cintos de segurança protegem corretamente os ocupantes no impacto frontal, proporcionando uma boa proteção no impacto lateral.

As cabeças do motorista e do passageiro foram bem protegidas pelos airbags do motorista e do passageiro no impacto frontal. Ambos os cintos de segurança estavam equipados com pretensores e limitadores de carga, oferecendo uma proteção adequada e boa ao peito do motorista e ao do passageiro respectivamente.

As áreas dos joelhos do motorista e do passageiro não mostraram estruturas críticas. A carroceria foi qualificada estável e capaz de suportar maiores cargas. O modelo também cumpriu com os requisitos da Norma UN95 de teste de impacto lateral. 

5. Honda City + 2 Airbags

> Adultos: 16,07 pontos (máx. 17) > Crianças: 41,81 pontos (máx. 49)

Carros Toyota usados com Air bag duplo

Reavaliado pelo Latin NCAP, o Honda City subiu de 4 para 5 estrelas na proteção a adultos e permaneceu com quatro na proteção para crianças.

Com airbag duplo, o sedã apresentou boa proteção para a cabeça, pernas e o peito do passageiro e do motorista, com proteção apenas marginal para as coxas. Para as crianças, a proteção foi considerada fraca, mesmo com sistema Isofix de engate.

De acordo com o Latin NCAP, a carroceria do modelo foi classificada como estável e capaz de receber ainda mais carga. O modelo também se saiu bem no teste de impacto lateral, dissipando a energia apenas com o teto e o piso. Assim como no HR-V, a cadeirinha para crianças de 3 anos foi capaz de impedir deslocamento excessivo para frente durante o impacto e ofereceu boa proteção.

6. Toyota Corolla + 3 Airbags

> Adultos: 15,83 pontos (máx. 17) > Crianças: 41,25 pontos (máx. 49)

Carros Toyota usados com Air bag duplo

O Toyota Corolla, que dispõe de 5 airbags (duplo frontal, dois laterais e para o joelho do motorista), obteve 5 estrelas para proteção de adultos e 4 para a de crianças. O veículo foi testado com colisão frontal e lateral, obtendo resultados bem satisfatórios.

Os airbags do tipo cortina estão presentes na versão mais cara, a Altis. O ponto fraco do modelo, no entanto, é a ausência dos controles de estabilidade e de tração. 

7. Honda Fit + 2 Airbags

> Adultos: 16,26 pontos (máx. 17) > Crianças: 39,48 pontos (máx. 49)

Carros Toyota usados com Air bag duplo

Terceiro modelo da Honda na lista, o Honda Fit ganhou 5 estrelas para proteção de adultos e 4 para crianças. O Latin NCAP destacou a atuação dos cintos, dos airbags e do Isofix do veículo.

O carro também oferece airbags laterais dianteiros para motorista e passageiro, porém apenas na versão topo, além de câmera de ré multivisão e pino de segurança para tapete do condutor.

 

8. Volkswagen Up! com Airbag duplo

> Adultos: 15,86 pontos (máx.17) > Crianças: 39,24 pontos (máx.49)

Carros Toyota usados com Air bag duplo

O Volkswagen Up! é o único modelo de entrada a figurar no ranking dos carros mais seguros produzidos no Brasil. De série, o veículo ainda dispõe de alerta visual e sonoro de não utilização do cinto de segurança e do sistema Isofix, ainda incomum nos carros mais acessíveis.

Os resultados dos testes indicaram que, tanto a cabeça quanto o pescoço, receberam boa proteção durante o impacto frontal. Os sistemas de retenção proporcionaram uma proteção adequada ao peito do motorista e ao do acompanhante.

A área dos pés permaneceu quase sem deformações depois do impacto. A carroceria foi considerada estável e capaz de resistir maiores cargas. O veículo também foi aprovado no teste de impacto lateral UN95.

9. Ford Focus III com Airbag duplo

> Adultos: 16,52 pontos (máx. 17) > Crianças: 38,06 pontos (máx.49)

Carros Toyota usados com Air bag duplo

Equipado de série com controles de estabilidade e de tração, auxiliado pelo Sistema de Estabilidade Preventivo, o Ford Focus III recebeu a pontuação máxima de 5 estrelas na segurança de adultos e 4 estrelas na segurança e crianças. No entanto, o resultado só é válido para as versões hatchback e sedan.

De acordo com o Latin NCAP, a cabeça e o pescoço do motorista obtiveram boa proteção no impacto frontal. Além disso, os sistemas de retenção ofereceram uma proteção adequada ao peito do motorista e ao do acompanhante.

A versão topo, Titanium, ainda oferece frenagem autônoma, que freia automaticamente o carro ao perceber que ele se aproxima rapidamente do veículo à frente. 

Leia também:  Hatch Ford em Araçatuba a Flex

10. Volkswagen Jetta + 2 Airbags

  1. > Adultos: 15,34 pontos (máximo 17) > Crianças: 39,20 pontos (máximo 49)
  2. O Volkswagen Jetta, foi avaliado em sua versão de entrada, que possui o básico airbag duplo, sensor de estacionamento e Isofix, e obteve a pontuação máxima de 5 estrelas para a proteção de adultos e 4 estrelas para a proteção de crianças.

De acordo com o Latin NCAP, durante o teste de colisão, a cabeça e o pescoço do motorista e do acompanhante obtiveram boa proteção no impacto frontal. Por fim, os sistemas de retenção ofereceram uma proteção adequada ao peito do motorista e ao do acompanhante.

Depois de conhecer os carros mais seguros, que tal fazer uma leitura rápida no post com os itens que podem ser revisados pelo motorista, para garantir ainda mais a proteção de todos durante as viagens de final de ano?

Caso tenha ficado com alguma dúvida, entre em contato conosco. Até a próxima!

Veja 10 carros seminovos e usados para comprar por até R$ 40 mil — GARAGEM 360

Atualmente, os carros novos mais baratos do Brasil estão na faixa dos R$ 40 mil. Porém, por esse preço leva-se as versões mais básicas e que oferecem poucos itens de conforto. Para ter mais equipamentos à disposição, a solução do consumidor é buscar no mercado de seminovos e usados.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Caso esteja em busca de algum modelo nessa faixa de preço, confira 10 opções listadas abaixo e que estão atualmente anunciadas no site da Volanty, empresa de classificados online. Há carros de 2013 a 2020 na seleção, motores 1.0 ou 1.6 e até um veículo automático.

10 carros seminovos e usados por até R$ 40 mil

1- VW Fox 1.6 2013 – R$ 29.900

De acordo com o anúncio, trata-se de um modelo na cor cinza com 72.619 km rodados. O modelo tem direção hidráulica, ar-condicionado, airbag duplo, freios ABS, e travas e vidros com acionamento elétrico. O anúncio pode ser visto aqui.

2- Renault Sandero Stepway 1.6 2014 – R$ 32.900

Com carroceria prata, este modelo tem 62.589 km rodados de acordo com o anúncio. Ele é equipado com direção hidráulica, airbag-duplo, freios ABS, ar-condicionado, além do acionamento elétrico para vidros e travas. Ele está disponível neste link.

Este exemplar é do último ano de fabricação do VW Polo de quarta geração, que ficou em linha no Brasil de 2002 a 2014. Com 66.797 km rodados, este modelo é preto e tem direção hidráulica, ar-condicionado, freios ABS, airbag duplo e acionamento elétrico para vidros e travas. Pode ser acessado aqui.

4- Hyundai HB20 Comfort 1.0 2015 – R$ 35.900

Pintado na cor branca, este modelo da Hyundai tem 76.067 km rodados. Além dos obrigatórios freios ABS e airbag duplo, ele conta com direção hidráulica, ar-condicionado e acionamento elétrico para vidros e travas. O anúncio está disponível aqui.

LEIA MAIS: Volvo lança empréstimo gratuito no Brasil de seus carros híbridos

Estapar e Enel X anunciam criação de rede para carregamento de elétricos

5- Chevrolet Onix Joy 2018 – R$ 36.900

Exemplar da primeira geração do Onix, este carro é branco e já rodou 62.067 km. Conta com direção elétrica, ar-condicionado, acionamento elétrico para vidros e travas, e também os obrigatórios freios ABS e airbag duplo. Está anunciado neste link.

Versão intermediária do Kwid, a Zen oferece de série quatro airbags, vidros elétricos dianteiros, rádio com bluetooth, direção elétrica e travas elétricas. A unidade anunciada é na cor branca e tem 26.383 km. O anúncio está disponível aqui.

7- Ford Ka SE 1.0 2018 – R$ 36.900

Com 54.562 km rodados, o modelo anunciado é preto. Ele é equipado com direção elétrica, som com bluetooth, airbag duplo, vidros e travas com acionamento elétrico, e os obrigatórios freios ABS e airbag duplo. O anúncio pode ser visto aqui.

8- Citröen C3 Tendance 1.6 AT 2016 – R$ 37.900

Equipado com o câmbio automático de quatro marchas, este modelo tem 60.201 km rodados, é pintado na cor branca, tem teto de vidro panorâmico, direção elétrica, som, ar-condicionado e acionamento elétrico para vidros e travas. Ele pode ser visto aqui.

Versão de entrada do Uno, este modelo prata tem 33.362 km rodados. A lista de equipamentos inclui direção hidráulica, ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas e rádio. Ele pode ser visto aqui.

10- Renault Logan Authentique 1.0 2020 – R$ 39.900

Pintado na cor branca, este modelo tem 39.100 km rodados. É equipado com direção elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas e rádio. O anúncio está disponível aqui.

Usado boa compra: Toyota Hilux SRV Top 2012

Pode chamá-la de Corolla das picapes: a Toyota Hilux é tão buscada entre os usados quanto o sedã. Até na baixa desvalorização eles têm algo em comum.

Se você busca um utilitário de bom desempenho, valores de manutenção razoáveis para a classe e não se importa de rodar na geração anterior, talvez a Toyota Hilux SRV top 2012 seja a sua pedida.

O modelo pode ser encontrado com preços entre R$ 85 mil e R$ 105 mil, vale a pena pesquisar bem para fazer o melhor negócio.

Custo-benefício e itens de série

Após receber um facelift em 2011, picape foi atualizada mecanicamente por volta de abril de 2012. As mudanças fazem diferença, cuidado para não pegar um ano/modelo diferente.

Top de linha, a configuração SRV traz ar-condicionado digital, direção hidráulica, bancos revestidos de couro, volante multifuncional, rodas de liga leve aro 16 calçadas em pneus 265/70, além de airbag duplo e freios ABS.

Oferecida a partir do facelift do ano anterior, a tela multimídia com 6,1 polegadas sensível ao toque tem navegador e câmera de ré, comodidades raras em carros mais antigos. É uma senhora ajuda na hora de encaixar os 5,26 metros de comprimento em uma vaga.

2 de 3
SRV top 2012/2013 sai bem mais cara que a pré-mudança mecânica, mas vale a pena (Foto: Divulgação) — Foto: Auto Esporte

SRV top 2012/2013 sai bem mais cara que a pré-mudança mecânica, mas vale a pena (Foto: Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Recomendamos a SRV Top justamente por ela ser a única com controles de estabilidade e de tração e também airbags laterais dianteiros e do tipo cortina. Graças a estes itens e ao conjunto mecânico competente, a Hilux SRV Top até que envelheceu bem.

Mérito a ser dividido com o projeto. Os 3,04 metros de entre-eixos se equilibram bem na tarefa de oferecer bom espaço para passageiros e carga. Quatro adultos altos vão com relativo conforto atrás, já que a inclinação do encosto traseiro ainda não é ideal. E a capacidade de carga de 1 tonelada está dentro do esperado.

Tal como a SW4 da mesma safra, a Hilux 2012 tem motor 3.0 turbodiesel mais forte. Graças à adoção de um novo sistema de controle de emissões motivada pela entrada em vigor do Proconve L6, a picape média ganhou em rendimento: são 171 cv e 36,7 kgfm de torque contra 163 cv e 35 kgfm das anteriores. O câmbio automático de quatro marchas também foi trocado por um de cinco velocidades.

As novidades foram capazes de entregar desempenho bem melhor do que o modelo anterior. Na pista de testes da Autoesporte, foram exigidos 11,8 segundos na arrancada de zero a 100 km/h face 12,7 segundos de antes. É um nível de desempenho até melhor do que a atual Hilux 2.8 turbodiesel de 177 cv, capaz de fazer o mesmo em 12,6 s.

3 de 3
Central multimídia da Hilux tem câmera de ré e navegador GPS (Foto: Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Central multimídia da Hilux tem câmera de ré e navegador GPS (Foto: Divulgação) — Foto: Auto Esporte

A picapona também agrada nas retomadas. A caixa de funcionamento ágil e suave a ajuda a recuperar de 60 a 100 km/h em 6,7 segundos. Por sua vez, as frenagens não fogem da média do segmento. Foram percorridos 29,9 metros para a Toyota parar totalmente vindo a 80 km/h.

Um dos quesitos mais importantes na atualidade é o consumo de combustível. Neste ponto, talvez a Hilux SRV pudesse ter se saído um pouco melhor no ciclo urbano, onde consumiu 8,3 km/l de diesel. A média melhora na estrada, situação na qual fez 12 km/l.

Leia também:  Hatch 2019 em Pernambuco Não blindado

Ao percorrer vias fora de estrada, a Hilux 2012 não decepciona. A tração é 4X4 temporária, daquelas que passam normalmente a força somente para o eixo traseiro. A mudança de transmissão é bem rápida e o 4X4 tem também reduzida. A altura do solo é elevada (29,2 centímetros) e se soma aos bons ângulos de ataque (30 graus) e de saída (26 graus).

Seguro, peças e desvalorização

Dentre as seguradoras consultadas, a média do valor de cobertura ficou em R$ 8 mil. Não dá para falar que a apólice é acessível, no entanto, a média do segmento não é muito diferente.

E pode ser até maior: uma Nissan Frontier LE com idade semelhante pode exigir R$ 900 a mais.

Vale lembrar que raras são mais baratas, a exceção fica por conta da Ford Ranger Limited 2013, cuja cobertura foi cotada por bem mais convidativos R$ 5.383.

Por sua vez, a cesta de peças tem valores mais competitivos do que o seguro e sai por aceitáveis (para a classe) R$ 7.517, sem pesar a mão em componentes de substituição mais frequente como filtros e amortecedores.

É na baixa desvalorização que a Hilux comprova que é um ótimo negócio. Em relação ao 2013, o modelo escolhido desvalorizou apenas 5,3% na tabela Fipe. É um dos índices mais baixos entre os usados pesquisados por Autoesporte.

Perfil do seguro: cotações foram feitas pela Limiar Seguros (11 2506-9242) com base no perfil de um homem de 40 anos, casado, morador da zona Sul de SP, sem bônus e c/ franquia reduzida.

Cesta de peças: Retrovisor direito, farol direito, para-choque dianteiro, lanterna traseira direita, filtro do ar-condicionado (elemento), filtro de ar do motor (elemento), jogo de quatro amortecedores, pastilhas de freio dianteiras, filtro de óleo do motor e filtro de combustível.

Conheça 30 modelos de carros PCD no Brasil em 2020 – Revista iCarros

Chevrolet Onix 1.0 Turbo

3/30

Chevrolet Onix Plus 1.0 Turbo

5/30

Chevrolet Tracker 1.0 Turbo

9/30

Hyundai Creta Attitude

14/30

Hyundai HB20 vision

16/30

Jeep Renegade 1.8 AT

17/30

Nissan Versa V-Drive Special Edition

18/30

Nissan Kicks Active CVT

19/30

Peugeot 208 Griffe Business

20/30

Hyundai HB20 Evolution

22/30

Renault Captur Life

24/30

Volkswagen Gol 1.6 MSI

25/30

O mercado automotivo para PCD (pessoas com deficiência) tem crescido cada vez mais no Brasil, sendo que o recorde de emplacamentos foi registrado em 2019 com 246 mil veículos. 

Leia mais: + Tudo o que você precisa saber sobre vagas PCD + Os carros PCD mais acessíveis do mercado brasileiro em 2020 + Carros PCD: o que muda com a nova lei em SP?

Por conta da isenção de dois impostos que encarecem os modelos: o IPI e o ICMS, as montadoras estão criando cada vez mais versões específicas para as necessidades deste público, sempre com o foco em não ultrapassar os R$ 70.000, valor limite para que possa ser aplicado o desconto de acordo com as regras do governo brasileiro. 

O cardápio de veículos tem sido cada vez maior, então selecionamos 30 veículos que estão recebendo uma grande oferta de procura desse público. 

Volkswagen T-Cross Sense  Preço tradicional: R$ 69.990 Valor para PCD: R$ 57.630 Motor: 1.0 12V turbo de 128(E)/115(G) cv Câmbio: automático de seis velocidades

Destaques do modelo: motor 1.0 TSI (200 TSI) de três cilindros. Tanque de 52 litros de capacidade, enquanto o porta-malas possui espaço para 373 litros, com a possibilidade de ser ampliado para 420 litros se o banco traseiro for reclinado. 

Peugeot 208 Griffe business  Preço tradicional: R$ 69.990 Valor para PCD: R$ 45.990 Motor: 1.6 de 118(E)/115(G) cv Câmbio: automático de seis velocidades Destaques do modelo:

É um dos modelos mais completos do mercado PCD com quatro airbags, sendo dois laterais e mais dois de cortina. O teto solar panorâmico é outra atração do veículo, assim como as rodas de liga-leve de 16 polegadas diamantadas. 

Renault Captur life Preço tradicional: R$ 69.990 Valor para PCD: R$ 54.945 Motor: 1.6 de 120(E)/118(G) cv Câmbio: CVT Destaques do modelo:

Com quatro airbags, esse modelo possui assistência de partida em rampa, além do controle eletrônico de tração e estabilidade. A partida por botão e chave do tipo cartão podem ser encontrados nesta versão do Captur. 

Etios X Plus   Preço tradicional: R$ 69.290 Valor para PCD: R$ 54.056 Motor: 1.5 16V de até 107 cv Câmbio: automático de 4 velocidades Destaques do modelo:

Controle de cruzeiro (ACC), central multimídia Toyota Play, as rodas de liga leve com aro de 15 polegadas, além dos controles de estabilidade e tração. 

Etios Sedã X Plus  Preço tradicional: R$ 69.690 Valor para PCD: R$ 56.709 Motor: 1.5 16V de até 107 cv Câmbio: automático de 4 velocidades Destaques do modelo:

Os principais atributos do Etios Sedã X Plus são os mesmos do Etios X Plus.  

Toyota Yaris XL Live   Preço tradicional: R$ 69.990 Valor para PCD: R$ 54.653 Motor: 1.3 16V Flex de até 101 cv Câmbio: CVT Destaques do modelo:

Controle de velocidade de cruzeiro (ACC), ajuste de altura do volante, regulagem dos faróis, rodas de ação, além do próprio câmbio CVT. 

Toyota Yaris sedan XL Live  Preço tradicional: R$ 69.990 Valor para PCD: R$ 54.653 Motor: 1.5 16V de 110(E)/105(G) cv Câmbio: CVT Destaques do modelo:

O Toyota Yaris XL Live possui atributos bem semelhantes aos do Toyota Yaris XL Live . O Corolla e SW4 também podem ser encontrados com descontos dos impostos para PCD 

Volkswagen Gol 1.6 MSI   Preço tradicional: R$ 64.150,00 Valor para PCD: R$ 48.089,16 Motor: 1.6 16V de 120(E)/110(G) cv Câmbio: automático de seis velocidades Destaques do modelo:

Alerta de frenagem de emergência e rodas de aço aro 15 de polegadas. A direção é hidráulica. 

Volkswagen Virtus Sense   Preço tradicional:  R$ 68.490 Valor para PCD: 54.045 Motor:  1.6 16V de 120(E)/110(G) cv Câmbio: automático de seis velocidades Destaques do modelo:

Direção elétrica, rodas de aço aro 15” com calotas, 4 airbags, freios ABS com EBD, controle eletrônico de estabilidade e tração, bloqueio eletrônico do diferencial, alerta de frenagem de emergência, assistente para partida em aclive e sensores de estacionamento traseiro.  

Ford Ka Sedã (duas opções de motor e câmbio)  Preço tradicional: R$ 50.480,00 – R$ 64.850,00 Valor para PCD: R$ 39.594,00 – R$ 46.621,00 Motor: 1.0 e 1.5, 85 e 136 cv com etanol, 80 e 128 cv com gasolina, 10,7 e 16,1 kgfm com etanol e 10,2 e 15,6 kgfm com gasolina Câmbio: Manual e Automático

Destaques dos modelos: abertura elétrica do porta-malas, ajuste de altura do banco de motorista e coluna de direção, apoio de cabeça central, faróis de neblina dianteiros, indicador de troca de marcha no painel, vidros elétricos com função de um toque para o motorista, sensor de estacionamento, câmera de ré. 

Ford Ecosport SE Direct 2020  Preço tradicional: R$ 69.990 – 80.490 Valor para PCD: R$  51.990 Motor: 1,5 L/ 137 CV Câmbio: Automático

Destaques do modelo: assistente de partida em rampa, controle de estabilidade e tração, tela multimídia de 7 polegadas com conectividade Apple Car Play e Android Auto, direção elétrica, trio elétrico, airbag duplo, freios ABS entre outros. 

Chevrolet Onix 1.0 Turbo (LS)  Preço tradicional: R$69.990,00 – R$77.790,00 Valor para PCD: R$54.655,25-R$70.081,08 Motor: 1.5L/ 115 CV Câmbio: Automático de 4 velocidades

Destaques do modelo: seis airbags frontais, laterais e de cortina; controle eletrônico de estabilidade; assistente de partida em rampa; limitador de velocidade em série; controles do rádio e do telefone no volante; entrada USB dupla para o banco traseiro; sistema de monitoramento de pressão dos pneus. 

Chevrolet Tracker 1.0 turbo  Preço tradicional: R$82.000,00 – 112.000 Valor para PCD: R$56.877,00 Motor: 1.0/116 CV, 16.8 kgfm de torque Câmbio: Automático de 6 velocidades

Destaques do modelo: Seis airbags frontais, laterais e de cortina; central multimídia de 8 polegadas com Apple CarPlay e Android Auto; controle eletrônico de estabilidade; assistente de partida em rampa; câmera de ré; volante multifuncional com regulagem de altura e profundidade; piloto automático. 

Jeep Renegade 1.8 2020

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*