Carros Fiat Strada Manual a Gasolina

Mais um dos lançamentos adiados pela pandemia finalmente aconteceu: a Fiat nova Strada 2021 . A Strada 2021  chegou ao mercado com duas opções de cabine (Cabine Plus e Cabine Dupla) e duas opções de motorização: 1.3 Firefly e 1.4 Fire Evo.

A Fiat unificou as versões com as da Toro e serão Endurance, Freedom e Volcano, a top de linha, apenas em cabine dupla de quatro portas.

Os preços da Fiat Strada 2021 são:

Versão Strada 2021
Preço
Strada 2021 Endurance 1.4  Cabine Plus R$ 70.890
Strada 2021 Endurance 1.4 Cabine Dupla R$ 80.390
Strada 2021 Freedom 1.3 Cabine Plus R$ 78.390
Strada 2021 Freedom 1.3 Cabine Dupla R$ 83.390
Strada 2021 Volcano 1.3 Cabine Dupla R$ 86.890

A antiga geração continuará sendo vendida apenas na versão Hard Working com motor 1.4 Fire e cabine simples pelo preço de R$ 61.590.

  • Confira vídeo com a avaliação:
  • VEJA TAMBÉM:

Principais itens de série de cada versão da Strada 2021

Confira os equipamentos de série e os opcionais de todas as versões da Fiat Strada 2021.

Strada Endurance 1.4 Fire

Carros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a Gasolina

Controle de estabilidade, assistente de partida em rampas (Hill Holder), controle de tração (TC+) , direção hidráulica, preparação rádio (cabeamento), tomada 12v, computador de bordo, conta giros, GSI (Indicador de marchas), porta objetos nas portas, quebra-sol com espelho, cinto de segurança ajustável, DRL (luzes diurnas), porta-escada, revestimento vão de carga, moldura dos para-lamas, iluminação do vão de carga, amortecedor tampa traseira, rodas de aço 15 polegadas com pneus 195/65 R15, ar-condicionado e ajuste de volante e sistema de fixação de cadeirinha infantil Isofix (na Cabine Dupla).

Opcionais

  • Pack Worker (R$ 2.500):  agrega alarme, banco do motorista com regulagem de altura, terceiro brake light, travas elétricos e vidros elétricos dianteiros;
  • Pack Audio (R$ 1.500): acrescenta Rádio B7 Low, alto-falantes, USB frontal e controles de áudio no volante;
  • Pack Teck (R$ 3.490): acrescentapainel com tela TFT de 3,5”, multimídia com tela de 7 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, alto-falantes e câmera de ré.

Strada Freedom 1.3 Firefly

Primeira versão equipada com o motor 1.3 Firefly.

Todo os itens da Endurance, mais direção elétrica, ajuste do banco do motorista, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, retrovisores elétricos, chave com telecomando, alarme, quadro 3,5” TFT, sensor de pressão dos pneus, rádio, USB, comandos no volante, porta-luvas iluminado, alça de segurança para passageiro, rodas em liga leve 15”, detalhes externos na cor da carroceria, farol de neblina e terceira luz de freio.

Opcional:

  • Pack Teck: central multimídia Uconnect 7”, alto-falantes, câmera de ré e sensor de estacionamento.

Strada Volcano 1.3 Firefly

Equipamentos da Freedom e acrescenta vidros traseiros elétricos, bancos em couro/tecido, nova central multimídia, 2ª entrada USB, câmera de ré, volante em couro, tapetes, faróis em LED, sensor de estacionamento, capota marítima, barras longitudinais no teto, barra de proteção (santoantônio) e pneus 205/60 R15 de uso misto.

Único opcional são as rodas de liga leve de 16 polegadas por R$ 2.500

Fiat Strada 2021 Firefly: adeus, motor 1.8

Na Strada 2021, a Fiat adotou o 1.3 Firefly, o mesmo que equipa o Argo e o Cronos. Ele desenvolve 109 cv e 13,7 kgfm de torque com etanol. Com gasolina, os números são de 101 cv e 13,7 kgfm.

O motor 1.3 Firefly substitui o 1.8 E.torQ de 132 cv e 18,9 kgfm. A expectativa é de que o desempenho mais modesto seja compensado pela economia de combustível. A nova Strada 1.3 obteve classificação A no Inmetro.

Por enquanto, o câmbio é apenas manual de cinco marchas: em breve, ela deve ser oferecida com uma transmissão automática do tipo CVT.

A versão de entrada da Fiat Strada 2021, a Endurance, será vendida apenas com o antigo motor 1.4 Fire Evo de 88 cv e 12,5 kgfm.

Todas as configurações são equipadas com direção elétrica; a exceção é a Endurance 1.4, que tem direção hidráulica.

Consumo da Strada 2021

Versão
Gasolina: cidade e estrada
Etanol: cidade e estrada
Strada Endurance 1.4  Cab. Plus 11,8 km/l e 12,4 km/l  8,3 km/l  e 8,8 km/l
Strada Endurance 1.4 Cab. Dupla 11,7 km/l e  12,4 km/l 8,3 km/l e 8,9 km/l
Strada Freedom 1.3 Cab. Plus 12,8 km/l e 14,2 km/l 9 km/l  e 9,8 km/l
Strada Freedom 1.3 Cab. Dupla 12,1 km/l  e 13,3 km/l  8,4 km/l  e 9,4 km/l
Strada Volcano 1.3 Cab. Dupla 12,1 km/l  e 13,3 km/l 8,4 km/l e 9,4 km/l

Strada 2021: dimensões e capacidade de carga

Herlander Zola, direto da marca Fiat, explica que há uma demanda dos clientes por maior espaço na cabine simples, mas que apenas 6% das vendas da atual geração são da versão atual com cabine estendida. A expectativa de vendas para a nova Strada é de 65% para a Cabine Plus e 35% para a Strada 2021 Cabine Dupla.

Desta maneira, a Fiat dobrou a capacidade atrás dos bancos na Strada 2021 Cabine Plus, que contará com 150 litros de capacidade neste “compartimento”. Segundo Zola. A cabine estendida da geração atual comporta 300 litros atrás dos bancos, enquanto a cabine simples tem 75 l.

A nova Strada Cabine Plus mede 4,474 metros de comprimento, 1,732 m de largura, 1,608 m de altura e tem um entre-eixos de 2,737 m. Ela tem capacidade de carga de 720 kg (carga + passageiros) e a caçamba tem 1.354 litros de capacidade de caçamba.

A tampa da caçamba teve seu peso de manuseio amortecido em 60% por um novo sistema de mola e suporta cargas de até 400 kg.

Já a Strada 2021 Cabine Dupla tem  4,48 metros de comprimento com capacidade da carga para as versões com cabine dupla é de 650 kg e a caçamba comporta 844 litros de volume. Entre-eixos e largura são os mesmos da Cabine Dupla. Para facilitar o acesso ao banco de trás, as portas traseiras abrem em um ângulo de até 80°.

A nova Strada também evoluiu em altura do solo (214 mm) e ângulos de entrada (24°) e saída (28°).

Preços de revisões

O plano de revisões da Fiat Strada 2021, nas versões com motor 1.3, por exemplo, prevê o valor de R$ 1.284 para as três primeiras revisões. Quando se analisa o trio de revisões iniciais das versões com propulsor 1.4, o custo total é de R$ 1.336.

Garantia

A Fiat Strada 2021 passa a ter 3 anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem para veículos de uso pessoal. No caso de veículo com fins profissionais, a garantia contratual é de 3 anos ou 100 mil km (o que ocorrer primeiro).

Nova central multimídia Uconnect

A nova central multimídia Uconnect tem tela sensível ao toque de sete polegadas, traz recursos sofisticados como Apple CarPlay e Android Auto com projeção sem fio (wireless). É possível parear até dois smartphones simultaenamente.

1.5 MPI WORKING CE 8V GASOLINA 2P MANUAL

Carros Fiat Strada Manual a GasolinaCarros Fiat Strada Manual a Gasolina

A InstaCarro desenvolveu este Guia de Compra e Venda para te ajudar na hora de negociar carros usados. Vai vender STRADA usado? Faça uma avaliação gratuita do seu carro com a InstaCarro, receba ofertas de lojistas e tenha o dinheiro em sua conta em até 24 horas.

Ano Valor FIPE Mín. de mercado Max. de mercado
2006 R$ 0,00 R$ — R$ 1,00
2004 R$ 16.039,00 R$ — R$ 1,00
2003 R$ 14.878,00 R$ 9.811,00 R$ 13.555,00
2002 R$ 15.415,00 R$ 8.055,00 R$ 11.205,00
2001 R$ 14.628,00 R$ 7.361,00 R$ 10.240,00
2000 R$ 14.034,00 R$ 9.015,00 R$ 12.068,00

Se você já vendeu ou comprou carro usado provavelmente já ouviu falar na Tabela FIPE. Ela é uma das referências de precificação de carros usados.

Mas quase nunca é possível vender seu usado pelo valor da Tabela.

Selecione e compare diferentes anos

Carros Fiat Strada Manual a Gasolina Ano 1 1.5 MPI WORKING CE 8V GASOLINA 2P MANUAL FIAT STRADA200620042003200220012000Carros Fiat Strada Manual a Gasolina Ano 2 1.5 MPI WORKING CE 8V GASOLINA 2P MANUAL FIAT STRADA200620042003200220012000Carros Fiat Strada Manual a Gasolina Ano 3 1.5 MPI WORKING CE 8V GASOLINA 2P MANUAL FIAT STRADA200620042003200220012000

Por que não consigo vender meu carro pelo preço Tabela FIPE?

A tabela Fipe tem como objetivo auxiliar o consumidor a calcular o valor de carros, motos e caminhões. É considerada a maior referência no Brasil para quem quer comprar ou vender um veículo usado. Mas, afinal, por quê não consigo vender meu veículo pelo preço da tabela?

A resposta é simples: porque a tabela Fipe não leva em consideração características individuais de veículos e modelos que têm impacto direto no preço de revenda, como estado de conservação do carro, potencial de venda no mercado atual ou região.

O índice da tabela Fipe é baseado em uma coleta trabalhosa à nível nacional, mas não reflete inúmeras características dos carros, como as mencionadas acima. Assim, a tabela Fipe serve como uma forte referência para o valor do carro, mas não significa certeza do valor final de revenda.

Como precificar corretamente um carro tendo a FIPE como referência?

Se você estiver vendendo ou comprando um carro usado, considere a tabela Fipe como uma referência máxima de preço e saiba que a probabilidade de se alcançar esse valor é baixa.

Recomendamos que tenha um olhar crítico quanto às condições de uso e rodagem do veículo avaliado, pois elas serão determinantes para o preço final.

Analise, com cuidado e de forma imparcial, itens como motor, pintura, pneus e interior do carro.

Para te ajudar neste processo, a InstaCarro disponibiliza, neste Guia de Compra e Venda, valores reais de negociações para que você tenha uma melhor referência do valor final de revenda de diversos veículos. Caso já tenha um carro específico em mente, insira os detalhes dele abaixo e saiba agora mesmo o valor real no mercado atual.

Consulte gratuitamente o valor real do seu carro!

Leia também:  Hatch Ford Ka em Rio De Janeiro com final da placa 9,0

Carros Fiat Strada gasolina usados – Trovit

X

Ordenar por RelevânciaData (Mais recentes primeiro)Data (Mais antigos primeiro)Preço (do menor ao maior)Preço (do maior ao menor)

Preço

Sem mínimo R$2.000R$4.000R$6.000R$8.000R$10.000R$12.000R$14.000R$16.000R$18.000R$20.000R$22.000R$24.000R$26.000R$28.000R$30.000R$35.000R$40.000R$45.000R$50.000R$60.000R$70.000R$80.000R$90.000R$100.000R$500.000R$600.000R$700.000R$800.000R$900.000R$1.000.000R$1.100.000R$1.200.000R$1.300.000R$1.400.000R$1.500.000R$1.600.000R$1.700.000R$1.800.000R$1.900.000R$2.000.000

Até

Sem máximo R$2.000R$4.000R$6.000R$8.000R$10.000R$12.000R$14.000R$16.000R$18.000R$20.000R$22.000R$24.000R$26.000R$28.000R$30.000R$35.000R$40.000R$45.000R$50.000R$60.000R$70.000R$80.000R$90.000R$100.000R$500.000R$600.000R$700.000R$800.000R$900.000R$1.000.000R$1.100.000R$1.200.000R$1.300.000R$1.400.000R$1.500.000R$1.600.000R$1.700.000R$1.800.000R$1.900.000R$2.000.000

  • Marca
  • Modelo
  • Localização

Ano

Sem mínimo 1990199519972000200220052006200720082009201020112012201320142015201620172018

Até

Sem máximo 1990199519972000200220052006200720082009201020112012201320142015201620172018

Quilometragem

Sem mínimo 2500 Kms5000 Kms10000 Kms20000 Kms30000 Kms40000 Kms60000 Kms80000 Kms100000 Kms120000 Kms140000 Kms160000 Kms180000 Kms200000 Kms250000 Kms300000 Kms400000 Kms500000 Kms

Até

Sem máximo 2500 Kms5000 Kms10000 Kms20000 Kms30000 Kms40000 Kms60000 Kms80000 Kms100000 Kms120000 Kms140000 Kms160000 Kms180000 Kms200000 Kms250000 Kms300000 Kms400000 Kms500000 Kms

Tipo de combustível

  • Álcool  25
  • Diesel  2
  • Elétrico
  • Flex  7.851
  • Gasolina
  • Gnv  50
  • GNV

Tipo

  • Picape  7
  • Hatch  1
  • Utilitário  1

Transmissão

Número de portas

Sem mínimo 2345

Até

Sem máximo 2345

Data de publicação

  • Último dia  1
  • Última semana  13

Buscas similares “fiat strada gasolina”:

  • Carros Fiat Strada Manual a Gasolina FIAT Strada Adventure Ext. 1.8 Dual. Flex cd 2017 gasolina verde fiat strada adventure ext. 1.8 Dual. Flex CD VERDE N/Akm Lagarto
    Reportar problema
  • Carros Fiat Strada Manual a Gasolina Fiat Strada 1.4 Fire Flex 2p 2010 Ano 2010 Cor: Vermelho Tipo de combustivel: Gasolina e alcool Portas: 2 Transmissao Manual Motor 1.4 Tipo de…
    Reportar problema
  • Carros Fiat Strada Manual a Gasolina FIAT Strada/Strada Working 1.5 mpi 8V CS 2002 GASOLINA BRANCO FIAT Strada/Strada Working 1.5 mpi 8V CS BRANCO 273000km Curitiba
    Reportar problema
  • Carros Fiat Strada Manual a Gasolina Venha comprar seu carro! Fazemos Financiamento, Refinanciamento e Carta de Credito pelo Itau. Parcelamos a entrada no cartao em ate 18 vezes. Ace
    Reportar problema
  • Fiat strada volcano. 2021. Carro 0KM. Gasolina. 12.1km/L (Urbano). Álcool. 8.4 km/L (Urbano). Câmbio Manual. Direção Elétrica. Multimídia…
    Reportar problema
  • Fiat strada 1.5 mpi working ce 8v gasolina 2p manual. Branco. 2001/2002. 186000. 21900.00. Franca/SP
    Reportar problema
  • Preco de venda a vista para troca consulte-nos! Reservamos o direito de corrigir eventuais erros de digitacao e fotos. Por favor confira os dados
    Reportar problema
  • FIAT Strada 1.4 mpi fire flex 8v cs 2015 gasolina azul fiat strada 1.4 mpi Fire Flex 8V CS AZUL 34500km Curitibanos
    Reportar problema
  • FIAT Strada 1.4 mpi fire flex 8v cs 2015 gasolina branco fiat strada 1.4 mpi Fire Flex 8V CS BRANCO 670000km Curitibanos
    Reportar problema
  • Ola, que tal nossa Strada Freedom CD? Utilitario, com seu motor 1.4, super economico, confortavel e com um otimo custo X beneficio. De unico…
    Reportar problema
  • novo Strada 1.8 cab. DUPLA ADVENTURE LOCKER Cinza 2012 Álcool/Gasolina/GNV Içara/SC Com
    Reportar problema
  • R$ 17.990,00. Marca FIAT Modelo STRADA Versão 1.5 mpi working ce 8v gasolina 2p manual combustível gasolina (g) KM 282.025 Ano 2002/2002…
    Reportar problema
  • FIAT Strada Working 1.4 mpi Fire Flex 8V CD 2016 GASOLINA BRANCO FIAT Strada Working 1.4 mpi Fire Flex 8V CD BRANCO 70000km Imperatriz
    Reportar problema
  • FIAT Strada 1.4 mpi fire flex 8v ce 2008 gasolina branco fiat strada 1.4 mpi Fire Flex 8V CE BRANCO 82000km Curitibanos
    Reportar problema
  • FIAT Strada Trekking 1.6 16v flex cd 2014 gasolina prata fiat strada trekking 1.6 16V Flex CD PRATA 76000km Recife
    Reportar problema
  • FIAT Strada Working 1.4 mpi Fire Flex 8V CS 2020 GASOLINA BRANCO FIAT Strada Working 1.4 mpi Fire Flex 8V CS BRANCO 30535km Casimiro de Abreu
    Reportar problema
  • Fiat. Strada Fire 1.3 2p. 2003/2003. Gasolina.
    Reportar problema
  • R$ 52.990,00. Marca FIAT Modelo STRADA Versão 1.4 MPI WORKING CD 8V FLEX 3P MANUAL Combustível Gasolina e Álcool (Bi) KM 126.904 Ano 2015/2016…
    Reportar problema

Conheça as picapes mais econômicas vendidas no Brasil

Quais são as picapes mais econômicas? Esta pergunta passa pela cabeça de todo consumidor que quer comprar uma e sabe que vai precisar esvaziar o bolso mais vezes ao mês para manter o tanque cheio.

Afinal, picape é uma categoria de veículo que por ser mais pesado e precisar de um motor mais potente a economia de combustível não é das melhores. Pensando nisso, respondemos a questão acima por seguimento de picape compacta com cabine simples e dupla, picape média flex e a diesel e todas ano 2019.

Agora quem precisa de uma para trabalho ou lazer não precisa desanimar, pois, há uma forma de economizar, basta escolher o modelo com a maior autonomia entre elas. 

Confira ofertas de picapes aqui

  • Chevrolet Montana SL1 1.4 Manual 
  • Valor: R$ 54.290
  • Autonomia etanol: 7,7 km/l cidade e 9,0 km/l estrada
  • Autonomia gasolina: 11,4 km/l cidade e 13,2 km/estrada

Carros Fiat Strada Manual a Gasolina

A Chevrolet Montana apesar de ser a mais econômica da categoria, tem alguns pontos negativos que acabam por torná-la menos atraente para o consumidor. O primeiro deles é o visual, falta robustez e expressividade, deixando a picape sem qualquer apelo de um carro para lazer.

Em 2003 quando foi lançada, tinha um visual até a frente do seu tempo, mas não foi se modernizando com o passar dos anos, o que a tornou um esteticamente desinteressante. Outro ponto crítico da picape é o motor de 99 cavalos e 13 kgfm de torque que oferece um desempenho mediano.

Já o valor é um dos mais atrativos da categoria que casado com a autonomia um pouco acima da média, faz do modelo uma opção cogitável. 

Picape mais econômica compacta com cabine dupla

  1. Fiat Strada Freedom 1.4 Manual
  2. Valor: R$ 76.

    990

  3. Autonomia etanol: 7,4 km/l cidade e 8,5 km/l estrada
  4. Autonomia gasolina: 10,8 km/l cidade e 12,3 km/l estrada

Carros Fiat Strada Manual a Gasolina

A Fiat Strada além de ser a picape mais vendida do Brasil em 2018 e se manter firme no seu lugar, é a mais econômica da categoria de picape compacta com cabine dupla e também tem opções com cabine simples e estendida com uma boa autonomia, como a versão Working comercializada a partir de R$ 52.990. O visual é agradável, arrojado e conta com uma dose de agressividade.

Porém, como qualquer carro, a Strada tem algumas características negativas, a começar pelo motor 1.4 que é fraco para uma picape.

Os 86 cavalos e 12,5 kgfm de torque não oferece a potência esperada para um veículo de uso comercial que tem como principal função transportar carga na sua caçamba de 650 litros.

A segurança também é um fator que decepciona, no teste do Latin NCAP, a Strada conquistou apenas 1 estrela de 5 na categoria adulto e 3 na infantil.  

Avaliação Fiat Strada Adventure, a picape de 3 portas

Picape mais econômica média com motor flex

  • Fiat Toro Endurance / Freedom 1.8 automática 
  • Valor Endurance: R$ 98.990
  • Valor Freedom: R$ 109.990
  • Autonomia etanol: 6,4 km/l cidade e 7,8 km/l estrada
  • Autonomia gasolina: 9,5 km/l cidade e 11,2 km/l estrada

Carros Fiat Strada Manual a Gasolina

A Fiat Toro tem dimensões muito especificas, o que a coloca entre as picapes compactas e médias, mas como é necessário enquadrá-la em uma categoria, o lugar mais apropriado para ela é com as picapes médias. A grande aposta de marca italiana tem se destacado positivamente em vários aspectos, um deles é na economia de combustível, além de ser a que tem a melhor autonomia mesmo sendo automática, é a única picape flex que conquistou nota “A’ na Classificação PBE Relativa da Categoria. Além disso, a Toro tem um visual capaz de conquistar até os que nunca pensaram em ter uma picape. A segurança não é 5 estrelas, mas é 4. 

Por outro lado, o motor 1.8 de 139 cavalos e 19,3 kgfm de torque tem um bom desempenho, mas uma picape deste porte pede um motor mais potente, as versões com motorização 2.0 a diesel apresentam uma performance muito melhor, mas como é de se esperar são menos econômicas.

Leia também: Avaliação Fiat Toro, a picape que é mais do shopping do que da terra

Picape mais econômica média com motor a diesel

  1. Mitsubishi L200 Triton Sport GLX 2.4 Manual
  2. Valor: R$ 137.

    990

  3. Autonomia diesel: 10,1 km/l cidade e 13,2 km/l estrada

Carros Fiat Strada Manual a Gasolina

A picape da fabricante japonesa Mitsubishi, mesmo com um poderoso motor de 190 cavalos e 43,9 kgfm de torque apresenta uma autonomia melhor que outros carros a diesel até menos potentes. Além de ter um bom desempenho e uma boa autonomia, a L200 Triton ainda tem um design impactante. O defeito fica por conta dos itens de série, que são poucos para o valor que a picape é comercializada, a versão GLX, por exemplo, não tem sequer central multimídia.

Confira ofertas de picapes aqui

*Imagens meramente ilustrativas

Talvez você também se interesse: 

Avaliação Fiat Toro, a picape que é mais do shopping do que da terra
Avaliação Fiat Strada Adventure, a picape de 3 portas
Confira ofertas da Fiat Toro
Consulte o valor do seu carro na Tabela Fipe
Ficha técnicas de todas as versões da Fiat Toro

Fiat Strada Volcano 2021: veja preço, consumo e equipamentos da versão cabine dupla

Carros Fiat Strada Manual a Gasolina

Os prós e contras da nova Fiat Strada, a picape mais vendida do Brasil

A versão Volcano Cabine Duplaé a mais cara e uma das mais procuradas. O preço? R$ 85.964. Equipada com motor 1.

3 8V Firefly, o propulsor é capaz de entregar 109 cv e 101 cv, e 14,2 e kgfm 13,7 kgfm, com etanol e gasolina, respectivamente. Em todas as versões, independente do motor, o câmbio é manual de 5 marchas.

Nada de caixa automática (por enquanto). A picape irá receber o câmbio CVT ainda este ano.

Com etanol, a Strada Volcano 2021 faz 12,1 km/l e 13,3 km/l, na cidade e na estrada, respectivamente.

O que a versão topo de linha oferece?

Os principais itens de série são: Airbag lateral, ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico, ajuste do banco do motorista, alarme antifurto, apoios de cabeça com regulagem de altura, bancos de couro, rack de teto, capota marítima, central multimídia com tela de 7 polegadas, chave com telecomando, volante multifuncional com regulagem de altura, computador de bordo, controle eletrônico de estabilidade com assistente de partida em rampa e bloqueio de diferencial, câmera de ré, faróis de neblina, faróis baixos e altos de LEDs, ganchos para amarração de carga na caçamba, grade de proteção no vidro traseiro, protetor de caçamba, roda de liga-leve de 15 polegadas, Pneus 205/60 R15 de uso misto, santantonio, sensor de estacionamento e monitoramento da pressão dos pneus.

2 de 2
Fiat Strada 2021 — Foto: Fábio Aro/ Autoesporte

Fiat Strada 2021 — Foto: Fábio Aro/ Autoesporte

Fiat Strada 2021 – todos os preços

Fiat Strada Endurance Cabine Simples 1.4 FLEX 2P 2021 Flex: R$ 68.667

Fiat Strada Endurance Cabine Dupla 1.4 FLEX 4P 2021 Flex: R$ 79.859

Fiat Strada Freedom 1.3 FLEX 2P 2021 Flex: R$ 76.807

Fiat Strada Freedom Cabine Dupla 1.3 FLEX 4P 2021 Flex: R$ 82.911

Fiat Strada Volcano Cabine Dupla 1.3 FLEX 4P 2021 Flex: R$ 85.964

Preço sugerido: R$ 85.964

Vel. real a 100 km/h: 99 km/h

60 – 100 km/h (4ª): 10,6 s

80 – 120 km/h (5ª): 17,7 s

Motor: Dianteiro, transversal, 4 cil. em linha, 1.3, 8V, injeção eletrônica, flex

Potência: 109/101 cv a 6.250/6.000 rpm

Torque: 14,2/13,7 kgfm a 3.500 rpm

Câmbio: Manual de 5 marchas; tração dianteira

Suspensão: Indep. McPherson (diant.) e eixo rígido com feixe de molas semielípticas (tras.)

Freios: Discos ventilados (diant.) e tambores (tras.)

Tanque de combustível: 55 litros

Caçamba: 683 litros (fabricante)

Quer ter acesso a conteúdos exclusivos da Autoesporte? É só clicar aqui para acessar a revista digital.

Nova Fiat Strada 1.3 é mais fraca, mas bem mais econômica que a velha 1.8

Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês Nova Fiat Strada Volcano deverá custar na faixa dos R$ 85.000 Fernando Pires/Quatro Rodas

Depois de 22 anos bem sucedidos, a Fiat Strada vai mudar de geração.

A nova picapinha chega às concessionárias em julho (se a pandemia de Covid-19 permitir) para substituir quase toda linha atual, com exceção da versão de entrada Hard Working, que terá mais um tempo de vida.

Entretanto, a atual versão topo de linha Adventure com seu motor 1.8 E-torq de 132 cv e capacidade para transportar até quatro passageiros sairá de linha.

Entre-eixos da Strada Adventure é 1,6 cm maior que na nova geração Acervo/Quatro Rodas

Em seu lugar chegará a nova versão Volcano, com quatro portas e homologada para cinco passageiros, algo inédito no segmento.

O motor também muda. A nova Strada de topo será empurrada pelo propulsor 1.3 Firefly de 109 cv e 14,2 kgfm, o mesmo do hatch Fiat Argo.

Versão Volcano tem faróis de led de série Fernando Pires/Quatro Rodas

Mesmo oferecendo 23 cv a menos de potência, o novo motor é mais moderno e o motorista poderá perceber isso no consumo.

Em nossos testes, a nova Strada fez 12,9 km/l na cidade e excelentes 17 km/l na estrada, enquanto a antiga registrou consumo de 9,1 km/l no uso urbano e 11,8 km/l no rodoviário, sempre com gasolina. As diferenças são de 37% e 44%, respectivamente.

Continua após a publicidade

Mas é claro que a perda de potência se fez sentir nas acelerações e retomadas: enquanto a 1.3 vai de 0 a 100 km/h em 13,1 s, a velha Adventure 1.8 o faz em 12,3 s.

Nova central com Android Auto e Apple CarPlay sem fio deve equipar toda a nova linha Fiat Fernando Pires/Quatro Rodas

  • No interior, a central multimídia Mopar da Adventure também será aposentada.
  • Em seu lugar, vem a nova central R1 com tela de 7 polegadas e compatível com Android Auto e Apple CarPlay sem a necessidade de cabos, algo inédito para carros fabricados no Brasil.
  • Para ilustrar as diferenças das duas versões topo de linha, QUATRO RODAS decidiu colocar a limpo os atributos da Fiat Strada Adventure e da nova Fiat Strada Volcano.

Picape não terá mais o estilo aventureiro Marco de Bari/Quatro Rodas

Com plataforma nova e homologada para levar mais passageiros, a nova Fiat Strada tem entre-eixos 1,8 cm maior do que a antiga versão Adventure, 2,737 vs 2,719 m. Já a capacidade de carga é a mesma nas duas versões: 650 kg.

Confira na tabela as diferenças de motor, câmbio, consumo e dimensões entre as duas gerações da Fiat Strada.

Modelo Motorização Câmbio Potência e Torque (etanol/gasolina) Consumo (gasolina) Tempo 0-100 km/h Dimensões (comprimento, largura e altura) Entre-eixos Capacidade de carga Tanque de gasolina
Fiat Strada Adventure  1.8 E-torq Manual de 5 marchas 132/130 cv e 18,9/18,4 kgfm 9,1 km/l (cidade) e 11,8 km/l (estrada) 12,34 s 447,1 x 174 x 164,8 cm  271,9 cm  650 kg 58 l
Nova Fiat Strada Volcano 1.3 Firefly Manual de 5 marchas 109/101 cv e 14,2/13,7 kgfm 12,9 km/l (cidade) e 17 km/l (estrada) 13,1 s 448 x 173,2 x 159,5 cm 273,7 cm 650 kg 55 l

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de abril da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade

Fiat Strada 2021: andamos na nova versão da picape mais vendida do Brasil

O lançamento do ano. Era assim que a Fiat tratava a chegada da nova Strada. E não era para menos, já que é primeira picape compacta com cabine dupla e quatro portas da história nacional.

Dia 11 de março alguns poucos jornalistas foram até a cidade de Bragança Paulista para, de forma antecipada, conhecer tal evolução dela que é líder de vendas entre os utilitários no Brasil, e que entre as picapes compactas deteve 58,2% do mercado em 2019.

Hoje, 7 de abril, era para ser o lançamento oficial, que além da revelação dos preços ainda desvendaria formas e detalhes da versão com cabine simples, a Endurance, que não foi apresentada. E, por ora, só será por fotos.

Depois do Chevrolet Tracker, a Fiat Strada 2021 é mais uma vítima do Covid-19. Outro lançamento que você vê, mas ainda não pode ter. E não é somente pela paralisação da produção até o dia 23 de abril. Antes mesmo de a pandemia chegar ao País, a marca já vivia escassez de peças vindas da China, Alemanha e Itália.

Apesar dos mais de 70% de nacionalização, algumas partes ainda são feitas por fornecedores estrangeiros nesse momento. Diante das incertezas, não há data para o lançamento oficial tampouco sobre as vendas das primeiras unidades nos concessionários.

Mas fomos conhecer a novidade de perto, em sua versão mais equipada, que agora vem com motor 1.3 FireFly de 109 cv com etanol e 101 cv com gasolina, e apenas opção de câmbio manual de 5 marchas – conjunto herdado do Argo – e contamos tudo para você.

ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

Pontos Positivos

  • Bom espaço de cabine e caçamba
  • Consumo com gasolina
  • Suspensão melhorou em dinâmica

Pontos Negativos

  • Falta câmbio automático
  • Acabamento simples demais
  • Projeto não contempla versão 4×4

Apesar das perspectivas sombrias quanto à pandemia, e sem a certeza de quando o mercado se normalizará, a nova Strada em sua versão cabine dupla deverá valer-se de certa demanda reprimida para começar bem em vendas assim que for lançada.

Com a versatilidade de sempre, e o espaço e dinâmica que nunca teve, ela deve fazer sucesso nas garagens das casas, não só das empresas. A versão Volcano, em especial, deve servir até como opção a quem apostou em compactos, hatches ou sedãs, mais caros e queria aquele algo mais na faixa entre R$ 80.000 e 90.000.

Resta saber, apenas, a falta que uma versão automática no portfólio poderá impactar nas vendas.

  • Fiat Strada: conheça a nova versão da picape mais vendida do Brasil

Desde as primeiras imagens, vazadas e divulgadas, a sensação de que a Fiat faria da nova Strada cabine dupla uma mini-Toro era latente. E no conjunto é mesmo, mas nos detalhes não.

Na dianteira há uma semelhança maior com os compactos Mobi e Argo.

Seus faróis, que na Volcano têm iluminação com LED, são maiores e mais afilados com relação aos compactos e a grade dianteira ficou bem maior do que na dupla.

Ali, pela primeira vez, um carro da marca ornamenta das letras FIAT, o que deve ser um padrão nos futuros lançamentos. Um pequeno “easter egg” com o logo de quatro barras usado pela marca nos anos 1980 e 1990, na família Uno, está ali no canto direito baixo.

Olhando de lado, também há mais simplicidade do que na Toro. A semelhança com o Mobi vem do formato e inclinação do vidro do para-brisa e do arco formado pela porta dianteira. Seus para-lamas também são igualmente “estufados”, mas as molduras de rodas não são redondas como no compacto, e sim quadradas com cantos arredondados.

Um detalhe de design na junção dos para-lamas com as portas tenta disfarçar as semelhanças, sem sucesso. Na Volcano, as rodas são diamantadas de 15″ de série e vêm com pneus 205/60, do tipo ATR, de uso misto 70% para as asfalto e 30% na terra. As rodas de 16″ com pneus 205/55, que você já viu nas imagens reveladas antes do lançamento, são opcionais.

Na traseira, há uma mistura de sensações, entre a Toro e a antecessora. As lanternas, apesar de parecerem com as da picape meio-média, são exclusivas, assim com a assinatura de LED.

A tampa da caçamba também é única e, a exemplo da grade, traz o logo da marca em letras garrafais.

Sua abertura se dá de maneira convencional, ao contrário da Toro, que se abre para os lados em formato de dupla-folha.

Há uma mola que alivia o peso da tampa na abertura e no fechamento, como acontece com a VW Saveiro desde o lançamento, e com a Ford Ranger, a partir da linha 2020.

O compartimento também conta com capota marítima protetora nessa versão Volcano, e uma iluminação em LED que pode ser acionada de por um botão no topo do painel.

Com 1,17m de comprimento, 61 cm de altura e 1,05 m de largura, ela manterá os problemas da Toro de não comportar algo como uma motocicleta no compartimento.

A capacidade volumétrica é de 844 litros (na Toro é de 937 litros) e pode carregar até 650 kg de peso.

Um dos pontos altos do projeto anterior, que fez a nova Strada se tornar a referência para o trabalho pesado, está justamente sob a caçamba. Seu eixo rígido em formato ômega continua ali.

Conhecido mais pela robustez do que pela dinâmica propiciada, ele passou por uma reformulação, ganhou novos amortecedores e um feixe de mola único com espessura variável, que ajuda a manter a dirigibilidade em dia mesmo quando carregada. Sua geometria foi levemente alterada, algo que veríamos, mais tarde, na pista.

Vale lembrar que, apesar das aparências, a nova Strada é apenas 1 cm mais comprida que a antiga Strada Adventure cabine dupla, de três portas. E que seu entre-eixos está 1,5 cm mais curto, ela ficou 0,8 cm mais estreita e perdeu 4,5 cm na altura.

Imagem: Divulgação/Fiat

Apesar de medidas menos generosas em aspectos cruciais, a picape está mais habitável, especialmente na porção traseira, que na geração de cabine dupla anterior, dispunha de quatro lugares e mal acomodava crianças e suas mochilas do ensino fundamental. Agora sim, é uma picape familiar. Com ótimos ângulos de abertura das portas traseira, com até 80 graus de abertura.

E não seria pecado dizer que o espaço traseiro vai além do satisfatório. Três adultos de estatura média não sofreriam ali, e ainda contam com cintos de três pontos, três encostos de cabeça e Isofix para duas cadeirinhas. Só sente-se falta de algo além de uma única saída USB e de um acabamento mais refinado.

A forração das portas e painel dianteiro é toda com plástico rígido, com uma superfície granulada, sem nenhuma cobertura sensível ao toque. Seu painel de instrumentos é todo novo e exclusivo, mas não disfarça a inspiração nas peças de Fiat Uno e Fiat Mobi, com um cluster digital no meio do velocímetro.

No volante, de base levemente achatada há comandos multifuncionais do computador de bordo e os comandos do sistema de som, que tem como central uma tela multimídia de 7″ que aceita conexão via Android Auto e Apple CarPlay. Há mais uma saída USB por ali e 11 porta-objetos.

Seus bancos são de tecido, entremeados por um material sintético com formas geométricas. Sob o banco traseiro ficam as ferramentas necessárias para as trocas de pneu. Seu estepe, aliás, fica sob o assoalho da caçamba, algo aceitável para picapes. Já a posição de dirigir deveria permitir ajustes mais baixos.

  • O banco fica em uma posição elevada, imitando um SUV compacto, o que diminuiu um pouco a área de visão à frente para motoristas mais altos, e a falta de regulagem de distância do volante também atrapalha nesse entendimento.
  • Já a manopla de câmbio, criticada em Argo, Mobi e Uno pela falta de firmeza quando engatada continua igual à dos irmãos compactos, e é algo que transmite certa fragilidade, tudo o que não se quer em uma picape.

Imagem: Divulgação/Fiat

Na pista de testes, contudo, é que está a segunda parte dessa revolução. Quando você olha as dimensões da nova Strada vai pensar, de fato, que o pequeno 1.3 FireFly não dará conta do recado, mas a história não é bem essa. Com 1.174 kg de peso, a picape se dá bem com os 109 cv, quando abastecida com etanol. Não há sensação de estrangulamento do motor, nem lentidão exagerada.

Mas isso não é fruto apenas da potência, o torque de 14,2 mkgf disponíveis a apenas 3.500 rpm e as relações de marchas mais curtas, especialmente entre 1ª e 3ª marchas, fazem bem para os números. Segundo a Fiat, a picape cumpre de 0 a 100 km/h em 11,2 s. Se equipada com as rodas de aro 16″ esse tempo sobe para 11,5 s.

Outro ponto alto do conjunto vem dos números de consumo extraídos pelo Inmetro. Segundo o instituto, com gasolina ela consegue chegar aos 12,1 km/l rodando na cidade e 13,3 km/l na estrada. Com etanol, os números caem um bocado, mas ainda permanecem aceitáveis, rodando 8,4 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada.

A terceira boa notícia é para quem se atém à dinâmica aliada ao conforto. O uso de eixo rígido na traseira, aliado ao feixe de molas, geralmente, acarretam em uma mistura de desconforto a bordo com dinâmica prejudicada. Contudo, a Strada não podia jogar no fora àqueles que sempre a escolheram por trazer a robustez desse conjunto para trabalhar pelas maltratadas ruas brasileiras.

Então a engenharia passou três anos desenvolvendo uma nova geometria da suspensão, com amortecedores realocados no conjunto e um feixe de mola único, com densidades diferentes ao longo do seu curso.

Aliado a isso, segundo a Fiat, 90% de toda a estrutura de monobloco é composta por aços de alta e ultra alta resistência, algo que diminui a torção da carroceria, e de quebra permite com que o conjunto transmita menos as imperfeições do solo e as vibrações naturais do carro em movimento.

Em curvas, algo que a antecessora temia, agora Strada tem até certa familiaridade, valendo lembrar que não a testamos com carga na caçamba. A direção elétrica leve e o bom apoio das rodas traseiras no asfalto, em situações mais críticas, corroboram com a ideia inicial de transformá-la em um veículo utilitário com dinâmica de automóvel.

Todas as versões da Strada 2021 vêm de série com quatro airbags, controle de estabilidade, tração e assistente de partida em rampa. Na Volcano há, ainda, um controle de tração extra para situações 'fora de estrada'.

Por uma tecla no painel, você desliga o controle de estabilidade e pode bloquear o diferencial dianteiro, freando a roda que está sem aderência e jogar até 100% da força para a roda que está apoiada no chão. É mais ou menos como o sistema XDS+ que a Volkswagen usa na versão Cross da Saveiro.

Imagem: Divulgação/Fiat

Com o lançamento postergado, a Fiat não divulgou os preços da linha Strada 2021, e deve fazê-lo apenas no lançamento oficial que deve ocorrer em junho. Contudo, você pode esperar a versão Volcano como a avaliada com preço na casa dos R$ 88.000.

Com a mesma cabine dupla, e um pacote menos generoso de equipamentos – com a central multimídia de 7″, câmera de ré e os sensores de estacionamento como opcionais, e sem faróis de LED – a Freedom deve partir dos R$ 82.000, sua opção com cabine simples custará em torno dos R$ 74.000, sempre com motor 1.3 FireFly.

Já a versão de entrada da nova geração, chamada de Endurance, virá exclusivamente com o motor 1.4 Fire, que produz 88 cv com etanol e 85 cv com gasolina, e só trará de série a direção elétrica, ar-condicionado, controles de tração e estabilidade, protetor de caçamba e rodas de aço com calotas, de 15″.

Os preços devem partir dos R$ 66 mil na versão com cabine simples e chegar nos R$ 73 mil com cabine dupla. A versão Hard Working, com carroceria da geração anterior, ainda fará as vezes de modelo de entrada, e deve ter preço na casa dos R$ 60.000.

Enquanto o lançamento não acontece e as quarentenas vão sendo estendidas, as fábricas do grupo FCA estão paradas para a produção de veículos, com boa parte dos trabalhadores em casa.

No entanto, em Betim (MG) e Goiana (PE), parte dos funcionários se dedicam à manutenção e fabricação de respiradores, confecção de máscaras de proteção facial e adequação de instalações em hospitais de campanha, entre outras medidas de ajuda no combate à proliferação do vírus.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*