Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

Nossa empresa possui o melhor estoque de semi-novos do mercado, e lembre-se, todos com garantia de 90 dias de motor e câmbio.

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

HR-V EXL CVT BLINDADO NIVEL III Gasolina e Álcool, placa Final 5, ano 2015/2016

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

SCENIC Gasolina, placa Final 2, ano 2004/2005

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

TRACKER PREMIER TURBO Gasolina e Álcool, placa Final 7, ano 2020/2021

SPIN 1.8 LT Gasolina e Álcool, placa Final 2, ano 2014/2014

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

YARIS SD XL PLUS AT Gasolina e Álcool, placa Final 1, ano 2018/2019

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

COMPASS LONGITUDE Diesel, placa Final 5, ano 2017/2018

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

POLO GTS Gasolina e Álcool, placa Final 4, ano 2019/2020

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

TUCSON GL Gasolina, placa Final 1, ano 2006/2006

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

TORO VOLCANO Diesel, placa Final 4, ano 2020/2021

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

ONIX JOY BLACK EDITION 2021 Gasolina e Álcool, placa Final 1, ano 2020/2021

CELTA SPIRIT Gasolina e Álcool, placa Final 0, ano 2010/2011

TRACKER PREMIER 1.4 TURBO Gasolina e Álcool, placa Final 3, ano 2017/2018

Mais Resultados

PASSAT VAR. 2.0 Gasolina, placa Final 1, ano 2011/2012

GOL 1.6 AT Gasolina e Álcool, placa Final 5, ano 2018/2019

AGILE LTZ Gasolina e Álcool, placa Final 2, ano 2010/2010

ELANTRA Gasolina e Álcool, placa Final 6, ano 2014/2015

CHEROKEE LIMITED Gasolina, placa Final 5, ano 2015/2015

GOLF CONFORTLINE Gasolina, placa Final 5, ano 2014/2014

ONIX 1.4 AT LT AT Gasolina e Álcool, placa Final 1, ano 2017/2017

AMAROCK CD Diesel, placa Final 4, ano 2015/2015

UP MPI MC Gasolina e Álcool, placa Final 7, ano 2019/2020

FOX 1.0 Gasolina e Álcool, placa Final 1, ano 2012/2013

COROLLA XEI 2.0 Gasolina e Álcool, placa Final 8, ano 2014/2015

TOYOTTA CROSS XR Gasolina e Álcool, placa Final , ano 2021/2022

PALIO ELX DUALOGIC Gasolina e Álcool, placa Final 8, ano 2010/2010

SANDERO AUTH 1.0 Gasolina e Álcool, placa Final 7, ano 2015/2016

TRAILBLAZER Diesel, placa Final 0, ano 2013/2013

VIRTUS CL Gasolina e Álcool, placa Final 4, ano 2019/2020

VERSA Gasolina e Álcool, placa Final 1, ano 2017/2018

SPACEFOX CL MA Gasolina e Álcool, placa Final 6, ano 2015/2015

Detran: Entenda tudo sobre o DETRAN SP e outros estados

O Detran SP faz parte do conjunto de Departamento Estadual de Trânsito que, por sua vez, faz parte do Sistema Nacional de Trânsito (SNT).

Cada estado tem seu respectivo Detran. Neste artigo vamos focar no Detran do estado de São Paulo, sua função, serviços prestados e mais.

A função do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran SP) é promover a educação para o trânsito, além de planejar, executar e controlar ações relacionadas à habilitação de condutores.

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

O órgão também é responsável pelos documentos e serviços relacionados a veículos. É o Detran que fiscaliza e administra o fluxo de veículos em faixas terrestres.

Por ser o órgão responsável pelo trânsito mais conhecido dos condutores, muitas pessoas acabam atribuindo alguns serviços ao Detran de forma indevida.

Continue lendo o artigo para saber o que é e o que não é função do Detran.

Como acessar o Detran de cada estado

Como falado no começo do texto, cada estado tem seu Detran e além dos pontos físicos, o órgão também oferece um portal para cada estado.

A forma para acessar o portal é simples, mas algumas pessoas ainda têm dúvidas. Vamos usar o estado de São Paulo como exemplo.

Para acessar o site do Detran SP basta entrar no www.detran.sp.gov.br, se quiser acessar o site do Detran de outro estado, é só substituir o “sp” do link pelas siglas do estado que você deseja, por exemplo:

Se precisa consultar algo no Detran de Minas Gerais, é só acessar www.detran.mg.gov.br.

O Detran oferece diversos serviços relacionados ao trânsito e ao veículo, porém alguns serviços são mais procurados.

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

Separamos em três categorias, que são as mais procuradas pelos condutores, para falarmos um pouco sobre o principais serviços oferecidos pelo Detran.

Habilitação

Um dos serviços mais procurados no Detran é referente a Carteira Nacional de Habilitação. O órgão oferece dezenas de serviços relacionados a CNH, abaixo listamos os principais.

  • Primeira habilitação: o Detran disponibiliza agendamento para as provas, aulas teóricas, simulado para prova teórica e acompanha todo o processo;
  • Renovação da CNH: após o condutor receber sua CNH permanente, ele deve renovar este documento a cada cinco anos, para provar que ainda está apto a dirigir. Esse processo é agendado e feito pelo Detran;
  • Segunda via da CNH: em caso de roubo, furto ou perda da CNH, o condutor deve pedir uma 2ª via diretamente no Detran;
  • Cassação e suspensão de CNH: caso a CNH esteja suspensa ou cassada, o condutor deve fazer o pedido de regularização ao Detran;
  • Alteração de dados: para alterar qualquer dado que esteja errado na CNH, como nome, data de nascimento, ou atualizar alguma informação, o pedido para alteração deve ser feito no Detran.

Documentação

A fiscalização e emissão de documentos relacionados a veículos também é função do Detran. Entre esses serviços, os principais são:

  • Licenciamento: o Certificado de Registo e Licenciamento de Veículos (CRLV) é um documento indispensável para os condutores, o condutor que circular sem este documento pode ser multado. Este documento é emitido pelo Detran. Também é possível pedir a segunda via desse documento no Detran SP;
  • Emplacamento: o primeiro emplacamento de um veículo 0 km é feito pelo Detran;
  • Transferência: tanto a transferência de propriedade (quando o proprietário vende seu veículo para outra pessoa) quanto a transferência de localidade (o condutor mudou de cidade e levou o veículo) devem ser feitas através do Detran.

O Despachante Dok dá todas as dicas que você precisa saber sobre o primeiro emplacamento. Além de acabar com suas dúvidas, você também pode regularizar a situação do seu veículo, inteiramente online.

Infrações

Apesar do Detran não ser o maior responsável pela emissão de multas, o órgão oferece serviços relacionados a infrações.

  • Liberação de veículo: caso o condutor tenha seu veículo ou CRV apreendido por cometer alguma infração, ele pode fazer a solicitação da liberação ao Detran;
  • Defesa de multas: se o condutor achar que foi multado de forma indevida, ele pode recorrer ao Detran para apresentar sua defesa. Também é possível apresentar recursos de 1ª instância (Jari) e 2ª instância (Cetran).

Com o Dok você pode parcelar suas multas e débitos em até 12x em 6 cartões de crédito diferentes!

Curso de Reciclagem

Condutores que tiverem sua Carteira Nacional de Habilitação cassada ou suspensa devem seguir um processo para só então voltarem a dirigir.

Uma parte desse processo é o Curso de Reciclagem. Esse curso não é acumulativo, ou seja, toda vez que um condutor tiver sua CNH suspensa, ele deverá passar pelo curso.

Esse curso é oferecido pelo Detran e Centro de Formação de Condutores (CFC) e deve ser solicitado pelo próprio condutor direto em um CFC credenciado.

Taxas do Detran

Confira abaixo a tabela 2020 atualizada dos valores das taxas dos principais serviços oferecidos pelo Detran SP.

Serviços Taxas Transferência de Propriedade

Transferência de Propriedade + Licenciamento

Licenciamento – CRLV

2º Via CRV

2º Via CRV + Licenciamento

2º Via CRLV

1º Registro no Estado

R$ 212,60
R$ 306,47
R$ 93,87
R$ 212,60
R$ 306,47
R$ 30,37
R$ 306,47

Como citado no começo deste artigo, existem muitos serviços que são atribuídos de forma indevida ao Detran.

  • Agora que já vimos qual é a função do Detran e quais são seus principais serviços, vamos ver o que não é de responsabilidade do órgão.
  • Multas por ultrapassar o excesso de velocidade, multas por radar, por estacionar em local proibido, por desrespeitar sinalização, por abandonar veículo em via pública e por não respeitar o rodízio (em caso da Capital) são de responsabilidade das prefeituras por meio dos órgãos de trânsito municipais e não do Detran.
  • O IPVA e o DPVAT também não são de responsabilidade do Detran, as pessoas confundem porque sem o pagamento desses dois tributos é impossível fazer o licenciamento, este último sendo realizado pelo Detran.
  • O IPVA é de responsabilidade da Secretaria Estadual da Fazenda e o DPVAT é da Seguradora Líder.
Leia também:  Carros Toyota usados com Air bag duplo

Com o avanço da tecnologia a tendência é cada vez mais vermos serviços sendo prestados de forma online e isso acontece também com o Detran.

Em 2020 o leque de serviços online oferecidos pelo Detran aumentou e você pode conferir a lista completa desses serviços na tabela abaixo:

Habilitação Veículos Infrações Agendamento

Renovação CNH

Primeira habilitação e ACC

Certidões e autenticidade da CNH

Pontos na CNH

CNH definitiva e 2ª vida da CNH

Seu endereço – consulta e atualização

Dirigir no exterior Suspensão e cassação da habilitação Acompanhamento de serviços da CNH Cartão para estacionamento em vaga especial
Seu documento Liberação de documento / veículo
Seu veículo – pesquisas e certidões Defenda-se
Transferência de veículo e mudança de endereço Consulte suas multas ou solicite uma 2a via
Registro de veículo 0 km
Compra e venda de veículo
Veículo financiado ou quitado
Veículo danificado ou recuperado

O Detran oferece três aplicativos compatíveis com smartphones e tablets. Sendo eles:

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

  • Aplicativo Detran SP: com esse aplicativo é possível solicitar a segunda via da CNH, consultar os pontos da carteira e multas. Para acessar é só utilizar a mesma senha do portal do Detran SP. Compatível para Android 3.0 ou superior e iOS 8.0 ou superior;
  • Simulado de Prova: esse aplicativo é ideal para quem vai tirar a primeira CNH ou precisa renovar. Com ele você pode testar seu conhecimento através do simulado online oficial do Detran SP em um teste com 30 questões. Compatível com Android 4.0 ou superior e iOS 8.0 ou superior;
  • Bem-te-vi: a proposta desse aplicativo é levar a educação do trânsito para crianças de 6 a 10 anos, com jogos e vídeos educativos. Compatível com Android 4.0.3 ou superior e iOS 8.0 ou superior.

Nem sempre as multas são aplicadas pelo Detran. Como já vimos, a maioria é aplicada pelas prefeituras através dos órgãos de trânsito.

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

Para saber se a multa foi aplicada ou não pelo Detran basta conferir a informação no cabeçalho do auto de infração e no texto de notificação de autuação.

Se a multa não foi aplicada pelo Detran e o condutor deseja recorrer, ele deve fazer isso no órgão que registrou a infração.

Você pode consultar suas multas e débitos diretamente aqui no Dok. É só preencher o formulário de consulta!

Através do portal do Detran SP é possível fazer consultas referentes ao veículo, documentação e débitos.

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

O condutor pode fazer a consulta de pontos na CNH, por exemplo. Pode também fazer consulta sobre o veículo, para saber endereço do registro, débitos, último licenciamento e mais.

Através do Detran também é possível fazer a consulta de multas, onde o condutor consegue ver notificações de autuação, pagamento de multas e débitos.

Para saber o passo a passo de como realizar a consulta no Detran, assista o vídeo abaixo:

Aprenda como Consultar DETRAN de forma fácil. Consulta detran pode ser feito online, no site do detran do seu Estado. Assista e entenda o passo a passo.

A consulta de IPVA é possível ser feita pelo site do Detran, por lá você consegue apenas visualizar os valores, caso seu IPVA já estiver atrasado deve ser gerado um novo boleto e este deve ser pago à vista. No DOK você consulta seu IPVA e já faz o pagamento, que pode ser feito em até 6 cartões e em até 12x.

O valor do IPVA no estado de São Paulo é 4% em cima da tabela fipe do veículo e o prazo para pagamento vai de janeiro a março. Caso haja atraso é possível estar gerando um novo boleto no site da Secretaria da Fazenda do estado. Se desejar parcelar, o DOK Despachante disponibiliza essa opção.

O Sefaz ou Secretaria da Fazenda é o órgão do estado de São Paulo responsável pela arrecadação do IPVA, através dele os valores são arrecadados e repassados à nação e aos municípios.

Em muitos estados o Detran é o responsável pela arrecadação do valor do IPVA e seu devido repasse à nação e aos municípios.

O governo brasileiro libera o parcelamento do IPVA em até 3 vezes, entre janeiro a março. Caso o condutor não consiga pagar dentro desse período é recomendável buscar um despachante para realizar o processo, podendo ser parcelado o valor em até 12x.

Tire todas as dúvidas

Aguarde, consultando seu documento =)

IPVA 2020 em SP para placas 8, 9 e 0 vence nesta semana

Nesta semana vence o IPVA 2020 no Estado de São Paulo para veículos com placas de finais 8, 9 e 0. O imposto pode ser pago à vista, com desconto de 3%. Caso o proprietário prefira, pode parcelar o pagamento em três vezes ou pagar a cota integral em fevereiro. Nesse caso, não há desconto.

As datas de pagamento variam de acordo com o final da placa do veículo. Veja na tabela abaixo e no site da Secretaria da Fazenda os detalhes para o pagamento.

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

Regulamentação

Em São Paulo, o IPVA é regido pela lei nº 13.296, de 23 de dezembro de 2008. O artigo 5º da lei determina que o responsável pelo pagamento do imposto é o proprietário do veículo. Seja pessoa física, jurídica, loja ou leiloeiro, se o veículo estiver em posse de uma dessas empresas.

No caso de veículos usados, o valor do IPVA 2020 em São Paulo é calculado a partir do preço médio divulgado pela Secretaria da Fazenda. A tabela é elaborada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

IPVA 2020 varia de acordo com a categoria

A alíquota do IPVA 2020 é aplicada sobre a base de cálculo atribuída ao veículo. E varia conforme a categoria: carga, transporte de passageiros, picapes e motocicletas, por exemplo.

O menor imposto é para veículos de carga, como caminhões. Nesse caso, o IPVA 2020 em São Paulo é de 1,5% sobre o valor venal.

A faixa seguinte, de 2%, abrange quatro categorias diferentes. São elas: ônibus e micro-ônibus; caminhonetes de cabine simples; motocicletas, ciclomotores, motonetas, triciclos e quadriciclos;
máquinas de terraplenagem, empilhadeiras, guindastes, locomotivas, tratores e similares.

Para veículos com motores a etanol, gás natural veicular (GNV), e eletricidade, “ainda que combinados entre si” (híbridos), o imposto é de 3%. Donos de modelos elétricos e híbridos registrados na capital podem reaver 50% do valor pago de IPVA.

A taxa mais alta, de 4%, é fixada para a maioria dos veículos. É o caso de carros com motor flexível – utilizam etanol, gasolina e/ou a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção.

Licenciamento anual

O licenciamento tem calendário diferente do IPVA 2020 no estado de São Paulo. Também regido pelo final da placa, os pagamentos começam em abril. No entanto, o proprietário pode antecipar o pagamento e fazê-lo entre janeiro e março. Em 2020, a taxa é de R$ 93,87 e há taxa de R$ 11 para envio do documento pelos Correios no caso do licenciamento antecipado.

O licenciamento só pode ser feito após o pagamento integral do IPVA. Portanto, ao longo de janeiro para quem pagar em cota única com desconto, fevereiro para cota única sem desconto, ou em março ao fim do parcelamento. Veja todos os detalhes no site do Detran-SP.

Leia também:  Carros usados em Pernambuco Não blindado

Carros 2020 em São Paulo com final da placa 7,8 Não blindado

Seguro DPVAT

O seguro obrigatório está mantido para 2020, mas com a redução proposta pelo governo e com decisão agora do Ministro Dias Toffoli.

A proposta do fim do DPVAT foi feita pela Presidência da República em novembro, mas foi rejeitada pelo STF, e agora aprovada.

O valor do seguro passa a ser de R$ 5,21 para veículos e comerciais leves e de R$ 12,25 para motos. Esses valores são, respectivamente, 68% e 86% menores que os cobrados em 2019.

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o

VLibras

Page 2

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o

VLibras

Page 3

Ao receber multa, verifique os seguintes dados:

  • A cor, a marca e o modelo registrados na notificação têm de ser os mesmos do seu veículo;
  • O intervalo entre a data em que foi cometida a infração e a data da postagem, indicada na notificação, não poderá exceder a 30 dias (vale para multas aplicadas depois da data da vigência do novo Código de Trânsito Brasileiro – 20 de janeiro de 1998). O prazo para a prescrição das infrações cometidas antes de 20 de janeiro de 1998, quando ainda vigorava o código antigo, não foi estabelecido naquele documento legal);
  • Se o veículo em questão ainda lhe pertence.

Se o usuário não concordar com as infrações que lhe foram imputadas na vigência do novo Código de Trânsito Brasileiro, tem o direito de impetrar recurso junto ao órgão autuador.

Até a data do vencimento, o pagamento poderá ser feito através da Notificação de Infração de Trânsito. Em caso de perda ou extravio, o pagamento da multa poderá ser efetuado por Guia de Recolhimento de Multas (GRM), extraída no site do Bradesco (www.bradesco.com.br) ou nos totens da instituição. Depois da data de vencimento, o pagamento só poderá ser feito através da GRM.

ATENÇÃO: a GRM só é válida se o pagamento for feito no mesmo dia.

Observação:

Os pagamentos de multas efetuados em dinheiro ou débito automático serão registrados no sistema do Detran-RJ on-line. Os pagamentos em cheque, em seis dias úteis.

Se for necessário agendar qualquer tipo de serviço junto ao Detran-RJ, tal como vistoria anual de veículo, o usuário deverá aguardar esses prazos.

Só depois que a quitação dos débitos for registrada no sistema de informática é que o serviço de teleatendimento estará liberado para fazer o agendamento.

Verifique sempre se há multas no Renavam e no CPF do proprietário (em caso de pessoa física) ou CNPJ (antigo CGC – no caso de pessoa jurídica).

Na GRM estão descritas as multas vencidas e a vencer. No caso das vencidas, o usuário pode escolher quais delas quer pagar, já que as multas vencidas podem ser quitadas separadamente.

Até a Data de Vencimento, o usuário tem 20% de desconto sobre o valor total, podendo o pagamento ser efetuado através da Notificação de Penalidade ou por Guia de Recolhimento de Multas (GRM), extraída no site do Bradesco ou nos totens localizados em suas agências.

Nada Consta de Multas

Se o usuário não possuir a Notificação de Infração de Trânsito com a descrição das multas (local, dia, hora e motivo), poderá requisitar o Nada Consta de Multas, onde constam essas informações.

Há duas maneiras de conseguir o Nada Consta: no prédio-sede do Detran-RJ, na Avenida Presidente Vargas, 817 – térreo, ou no Portal do Detran-RJ, em “multas » consultas » multas do veículo / nada consta”.

No caso de o usuário optar por ir à sede do Detran-RJ, levar o original do documento do veículo e do documento de identidade do proprietário. O Nada Consta não é válido para pagamento.

Page 4

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o

VLibras

Page 5

Há três maneiras de o usuário saber se há multas para o seu veículo ou o seu CPF: pela Internet, diretamente na sede do Detran-RJ ou nas agências do Bradesco.

Na página do Detran-RJ (www.detran.rj.gov.br), você vai encontrar o serviço de consulta a multas, através do qual pode-se saber o local, a data, o horário e o motivo da infração, basta acessar o ícone “C.N.H. – consulta Infração/Pontuação”, ou em “multas » consultas » multas do veículo / nada consta”, e digitar o Renavam do veículo e o CPF do proprietário.

Na sede do órgão, na Avenida Presidente Vargas, 817, térreo, acesso 6, o usuário pode pedir o Nada Consta de Multas e dispor das mesmas informações oferecidas pela home page do Detran-RJ. O proprietário do veículo deverá apresentar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) ou o Certificado de Registro de Veículo (CRV) e a carteira de motorista.

Também, pela Internet, você pode ter acesso à página do Bradesco (www.bradesco.com.br) e consultar a Guia de Recolhimento de Multas (GRM).

Depende da forma de pagamento: se em dinheiro, o sistema é on-line. Se em cheque, o sistema leva cinco dias úteis para pagá-la.

Na página do Detran-RJ (www.detran.rj.gov.br), você vai encontrar o serviço de consulta a multas, através do qual pode-se saber o local, a data, o horário e o motivo da infração, basta acessar o ícone “C.N.H. – consulta Infração/Pontuação”, ou em “multas » consultas » multas do veículo / nada consta”, e digitar o Renavam do veículo e o CPF do proprietário.

Na sede do órgão, na Avenida Presidente Vargas, 817, térreo, acesso 6, o usuário pode pedir o Nada Consta de Multas e dispor das mesmas informações oferecidas pela home page do Detran-RJ. O proprietário do veículo deverá apresentar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) ou o Certificado de Registro de Veículo (CRV) e a carteira de motorista.

Se você recebeu multas por infrações cometidas por outra pessoa que dirigia o seu veículo, pode transferir a pontuação negativa para a carteira de motorista do real infrator. A responsabilidade pelo pagamento da multa, no entanto, é do proprietário do veículo.

Você deve procurar a Junta Administrativa de Recurso de Infrações (Jari) do órgão autuador ou do município onde o veículo está emplacado, preencher o formulário para interposição de recurso – fornecido pela própria Jari – e anexar a documentação relacionada abaixo.

O formulário terá de ser assinado pelo proprietário e pelo real infrator.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que o proprietário do veículo multado tem prazo de 15 dias, a contar da data da notificação, para dar entrada no recurso para troca de real infrator no órgão autuador, independentemente de a multa estar paga ou não.

Se o recurso for impetrado no órgão autuador, o usuário poderá saber o resultado do julgamento no mesmo local onde entregou a documentação, a partir do 30º dia após a interposição do recurso. Se não houver o julgamento dentro desses 30 dias, o usuário tem o direito de pedir o efeito suspensivo da multa, para fins de vistoria.

Qualquer dúvida entre em contato com a Central de Atendimento: 3460-4040 / 3460-4041.

  • Cópia da Carteira de Identidade de quem está impetrando o recurso;
  • Cópia da carteira de motorista do infrator indicado;
  • Cópia do comprovante de residência do infrator indicado;
  • Cópia do CPF do infrator indicado;
  • Cópia de procuração, com firma reconhecida em cartório, no caso de o recurso ser impetrado por terceiros;
  • Notificação (original ou cópia do auto de infração ou Nada Consta).

Se a infração for cometida por veículo de empresa, o prazo para a indicação do real infrator também é o mesmo. Mas, atenção: se isso não for feito, será emitida mais uma multa para o proprietário do veículo (empresa), cujo valor será a da multa aplicada anteriormente, multiplicado pelo número de infrações iguais cometidas pelo veículo no período de 12 meses (Art. 257 §8º).

Leia também:  Carros Chevrolet em Bahia a Flex Não blindado

Para isso, você tem de ter cópia autenticada do Certificado de Registro de Veículo (CRV) totalmente preenchido (dados do comprador, data da negociação etc) e com firma reconhecida, por autenticidade, da assinatura do vendedor.

Procure a Junta Administrativa de Recurso de Infrações (Jari) do órgão autuador e impetre recurso de Transferência de Responsabilidade, anexando a cópia do CRV. Não deixe de fazer imediatamente a comunicação de venda do veículo. A comunicação pode ser feita gratuitamente na sede do Detran-RJ, nos postos de vistoria, Ciretran ou Serviço Auxiliar de Trânsito (SAT).

O serviço também pode ser feito em qualquer agência dos Correios, que cobram ao usuário R$ 4,60 pelo formulário e remessa ao Detran-RJ.

Procure saber primeiramente qual o órgão que aplicou a multa (veja no primeiro quadro dessa página como obter a informação). No caso de a infração ter sido aplicada pelas prefeituras do Rio de Janeiro ou de Niterói, Departamento de Estradas de Rodagem (DER) ou Polícia Rodoviária Federal (PRF), procure diretamente aqueles órgãos. 

Ao atingir 20 pontos negativos em sua carteira, o motorista será submetido a processo administrativo, que poderá culminar na suspensão do seu direito de dirigir de um mês a um ano. O motorista também terá de matricular-se em curso de reciclagem e só receberá a carteira de volta se, além de cumprir o prazo de suspensão determinado pelo Detran-RJ, for aprovado no curso.

Os pontos negativos são contados em período de 12 meses. Exemplo: você cometeu uma infração em 30 de outubro de 1998, outra em 30 de novembro de 1998 e mais uma em 30 de dezembro de 1998.

Se em 30 de outubro de 1999 você não tiver completado 20 pontos negativos, a pontuação referente à primeira multa deixa de ser considerada e a data inicial para a contagem de pontos pula para 30 de novembro de 1998.

Se em 30 de novembro de 1999 você ainda estiver abaixo dos 20 pontos negativos, a pontuação daquela segunda multa (que agora se transformou na primeira) também é desconsiderada e assim sucessivamente.

Mas, se no período de 12 meses, a contar da data da primeira infração que estiver valendo, você completar 20 pontos, a pontuação negativa não cai mais e é iniciado automaticamente o processo de suspensão do direito de dirigir.

Verifique no verso da notificação o órgão que aplicou a multa. Cada orgão autuador tem sua própria Junta Administrativa de Recurso de Infrações (Jari), onde você deverá impetrar recurso. O Detran-RJ mantém uma Jari exclusiva para recursos impetrados contra as multas emitidas pela Polícia Militar. Veja aqui os endereços das Jaris: Onde Recorrer

Você deverá solicitar ao órgão onde foi impetrado o recurso que envie ao Detran-RJ ofício comunicando o cancelamento da multa.

Verifique se já decorreu o prazo para a informação sobre o pagamento da multa chegar ao Detran-RJ, até 48 horas.

Se o pagamento está além desse prazo, vá à sede do Detran-RJ, na Avenida Presidente Vargas, 817, térreo, acesso 6, ou em qualquer CIRETRAN, com o original e cópia do comprovante de pagamento da multa, da identidade e do CPF para que, após a comunicação do usuário através de instrumento administrativo próprio, sejam tomadas providências junto ao setor competente, a fim de que sejam atualizadas as informações no sistema.

A exceção são as multas aplicadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pelo Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit) e as multas parceladas pela PMRJ. Nesses casos, o usuário deve solicitar a esses órgãos que comuniquem ao Detran o pagamento das referidas multas, para a devida regularização.

Sim, é possível. A multa está vinculada ao Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) e a responsabilidade pelo seu pagamento é do proprietário do veículo – quando chegar a época do licenciamento anual, o veículo só poderá ser licenciado se a multa for paga.

O Código de Trânsito Brasileiro diz que as Juntas Administrativas de Recursos de Infrações (Jari) têm 30 dias para julgar o processo.

Se o julgamento não for feito nesse prazo, o usuário tem o direito de pedir o efeito suspensivo da multa para que possa utilizar os serviços oferecidos pelo Detran-RJ.

Para isso, deverá apresentar o pedido à Jari onde o recurso foi impetrado. A concessão do efeito suspensivo fica a critério da autoridade de trânsito que aplicou a multa.

Licenciamento 2021 em SP tem reajuste de 40%; veja calendário e como pagar

O Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) divulgou hoje no Diário Oficial o calendário do licenciamento anual de veículos no Estado, referente ao exercício de 2021.

O calendário de pagamento começa em 1º de abril de 2021, organizado por mês, de acordo com o final da placa. A quitação pode ser antecipada, o que permite pagar menos.

Até 14 de janeiro, a taxa é de R$ 98,91 – reajuste de 5,36% em relação aos R$ 93,87 cobrados em 2020.

Após essa data, o valor sobe para R$ 131,80, alta de 40,4%, válido exclusivamente para automóveis zero-quilômetro. Os usados seguirão recolhendo R$ 98,91 ao longo deste ano.

Em 2021, não haverá cobrança de taxa do seguro DPVAT, conforme decisão do CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados).

Calendário do licenciamento 2021 SP

  • Veículos automotores, reboques e semirreboques
  • Placas com final 1Prazo até 30 de Abril
  • Placas com final 2Prazo até 31 de maio
  • Placas com final 3Prazo até 30 de junho
  • Placas com final 4Prazo até 30 de julho
  • Placas com final 5 e 6Prazo até 31 de agosto
  • Placas com final 7Prazo até 30 de setembro
  • Placas com final 8Prazo até 29 de outubro
  • Placas com final 9Prazo até 30 de novembro
  • Placas com final 0Prazo até 30 de dezembro
  • Caminhões ou caminhões tratores
  • Placas com final 1 e 2Prazo até 30 de setembro
  • Placas com final 3, 4 e 5Prazo até 29 de outubro
  • Placas com final 6, 7 e 8Prazo até 30 de novembro
  • Placas com final 9 e 0Prazo até 30 de dezembro

Como pagar o licenciamento 2021 SP

  1. Para pagar o licenciamento 2021 de São Paulo, o veículo deve ter todos os débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais quitados, incluindo o IPVA 2021.

  2. Automóveis com restrições judiciais ou administrativas têm de ter a situação regularizada para viabilizar o respectivo licenciamento anual.

  3. O pagamento poderá ser feito via internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico nos bancos conveniados (Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Safra, Itaú, Caixa Econômica Federal) e nas Lotéricas.

  4. Um dia após o recebimento, o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) ficará disponível para download e impressão no item Licenciamento Digital nos portais do Poupatempo, Detran-SP e Denatran, além dos aplicativos Poupatempo Digital, Detran-SP e CDT (Carteira Digital de Trânsito).
  5. O motorista poderá salvar o documento no próprio celular ou imprimir na sua casa, em papel sulfite comum.

Carros a GNV

Nos casos de veículos movidos a GNV (Gás Natural Veicular), para que o licenciamento seja expedido é necessária prévia aprovação em inspeção de segurança veicular com a respectiva expedição de CSV (Certificado de Segurança Veicular).

Caso não tenha sido transmitido eletronicamente o CSV, o proprietário ou seu representante legal deverá apresenta-lo presencialmente em um posto de atendimento do Detran-SP.

Penalidades para licenciamento vencido

Rodar com veículo cujo licenciamento está atrasado é infração gravíssima de acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), com multa de R$ 293,47, sete pontos no prontuário da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e remoção do veículo para a respectiva regularização.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*